Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP1.021.152.178 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 333 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 34 ir para página                         

  1 / 333 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Cunha, Isabel Cristina Kowal Olm
Texto completo
Id: biblio-1097442
Autor: Cunha, Isabel Cristina Kowal Olm.
Título: Revista Enfermagem em Foco: novos desafios novas possibilidades / Nursing in Focus: new challenges new possibilities
Fonte: Enferm. foco (Brasília);10(5):1-1, 20190000. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Para atingir metas tão desafiadoras o Conselho Editor conta com Vocês, leitores e autores! A leitura atenta, divulgação ampliada e socialização do conhecimento produzido, por meio da submissão de artigos de qualidade, são fundamentais para o sucesso e o crescimento da Revista Enfermagem em Foco! (AU)

To achieve such challenging goals, the Editorial Board counts on You, readers and authors! Careful reading, expanded dissemination and socialization of the knowledge produced, through the submission of quality articles, are fundamental to the success and growth of the Revista Enfermagem em Foco! (AU)

Para lograr objetivos tan desafiantes, el Comité Editorial cuenta con usted, lectores y autores. La lectura cuidadosa, la difusión ampliada y la socialización del conocimiento producido, mediante la presentación de artículos de calidad, son fundamentales para el éxito y el crecimiento de Revista Enfermagem em Foco! (AU)
Descritores: Publicação Periódica
-Enfermagem
Editorial
Conselhos de Saúde
Responsável: BR1898.2 - Biblioteca


  2 / 333 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1097448
Autor: Silva, Manoel Carlos Neri da; Tyrrel, Maria Antonieta Rubio; Ramalhos, Nádia Mattos; Freire, Neyson Pinheiro.
Título: Conselho Federal de Enfermagem (cofen): marcas na sua trajetória internacional no Mercosul / Federal nursing council: brands in their international trajectory in mercosur
Fonte: Enferm. foco (Brasília);10(5):7-12, 20190000.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo tem como objeto de estudo as marcas da trajetória de internacionalização do Cofen no Mercosul. Os objetivos são descrever e refletir fatos e acontecimento da trajetória do Cofen. É um texto de abordagem descritiva, natureza qualitativa baseado em documentos oficiais do Cofen, dos países membros do CREM e das organizações internacionais de Enfermagem, caracterizando áreas temáticas sobre a origem, a evolução da internacionalização do Cofen como membro do CREM, bases regulamentares e propostas estratégicas do CREM, estratégias de ação que traduzem as marcas da trajetória do Cofen e perspectivas dos países do Mercosul para o ano 2020. Em suma, muitos são os benefícios e ganhos adquiridos e por adquirir nessa experiência internacional, e estes vêm ao encontro dos propósitos definidos na missão do CREM, como marcas de desenvolvimento da Enfermagem Latino-americana, com destaque para o aprimoramento/capacitação profissional, avanços teórico-científicos e obtenção de valores sociais e culturais. (AU)

Objective: To reflect on the marks of the internationalization trajectory of the Federal Council of Nursing in the Common Market of the South - Mercosur and describe the facts and events of this trajectory. Methodology: Reflective article, based on the experience and official documents of the Federal Nursing Council, of the member countries of the Regional Nursing Council of Mercosul-CREM and of international nursing organizations. Results: Characterizing thematic areas on the origin, the evolution of Cofen's internationalization as a member of CREM, regulatory bases and strategic proposals of CREM, action strategies that reflect the marks of Cofen's trajectory and perspectives of Mercosur countries for the year 2020. Conclusion: There are many benefits and gains acquired and to be acquired in this international experience, and these meet the purposes defined in the CREM mission, such as Latin American Nursing development marks, with emphasis on professional improvement / training, theoretical advances -science and obtaining social and cultural values. (AU)

Objectivo: Reflectir sobre las marcas de la trayectoria de internacionalización del Consejo Federal de Enfermería- Cofen en el Mercosur, y describir y reflexionar sobre hechos y acontecimientos desta trayectoria. Metodologia: artículo de reflexión con base en la experiencia en documientos oficiales del Cofen, de los países miembros que integran o Consejo Regional de Enfermería del Mercosur ­ CREM, y de organizaciones internacionales de enfermería. Resultados: caracterizando áreas temáticas presenta origen, evolución de la misión del Cofen como miembro del CREM, bases reglamentares y propuestas estratégicas del CREM, estrategias de acción que traducen las marcas evolutivas del Cofen bien como las perspectivas de los países del Mercosur para el año 2020. Conclusión: Muchos son los beneficios y conquistas adquiridas por esa experiencia internacional y estas están de acuerdo con los propósitos definidos en la misión del CREM, como marcas del desarrollo de la Enfermería con destaque para el perfeccionamiento/ capacitación profesional, avances teórico-científicos y la obtención de valores sociales y culturales. (AU)
Descritores: Legislação de Enfermagem
-Enfermagem
Conselhos de Saúde
Mercosul
América Latina
Responsável: BR1898.2 - Biblioteca


  3 / 333 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1055964
Autor: Junglos, Carlos; Amadigi, Felipa Rafaela; Machado, Rosani Ramos; Sorato, Jacks.
Título: Motivações, importância, desafios e perpectivas do controle social em saúde / Motivaciones, importancia, desafíos y perspectivas del control social en salud / Motivations, importance, challenges and perspectives of social control in health
Fonte: Cogitare enferm;24:e66874, 2019.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: compreender as motivações, importância, desafios e perspectivas para atuação como conselheiros locais de saúde no Sistema Único de Saúde. Método: estudo qualitativo-descritivo, do tipo exploratório, realizado com 15 conselheiros locais de saúde, de uma capital do sul do Brasil, de janeiro a março de 2017, por meio de entrevistas semiestruturadas sustentadas no método do Discurso do Sujeito Coletivo. Resultados: as motivações se vincularam à possibilidade de contribuição social para a comunidade; à importância, a identificação do conselho local de saúde como espaço coletivo e fiscalizador; aos desafios - pouca participação das reuniões e influência da política partidária; às perspectivas - centraram-se na necessidade de uma maior participação, interesse comunitário e gestão em saúde mais eficiente. Conclusão: o conhecimento, a conscientização e o empoderamento são fundamentais para que se consiga ampliar a atuação e a participação para um melhor exercício do controle social em saúde.

RESUMEN: Objetivo: comprender las motivaciones, la importancia, los desafíos y las perspectivas para desempeñarse como consejeros locales en el Sistema Único de Salud. Método: estudio cualitativo-descriptivo, del tipo exploratorio, realizado con 15 consejeros locales de salud de una capital del sur de Brasil, de enero a marzo de 2017, por medio de entrevistas semiestructuradas sustentadas en el método del Discurso del Sujeto Colectivo. Resultados: las motivaciones se vincularon con la posibilidad de aporte social para la comunidad; con la importancia y la identificación del consejo local de salud como un espacio colectivo y fiscalizador; con los desafíos (escasa participación en las reuniones y la influencia de la política partidaria; con las perspectivas: se centraron en la necesidad de mayor participación, interés comunitario y gestión más eficiente en materia de salud. Conclusión: el conocimiento, la concientización y el empoderamiento son fundamentales para que se logre ampliar el desempeño y la participación a fin de mejorar la ejecución del control social en materia de salud.

ABSTRACT Purpose: To understand the motivations, importance, challenges and perspectives for acting as local health counselors in the Unified Health System. Method: A qualitative and descriptive study of the exploratory type conducted with 15 local health counselors, from a southern Brazilian capital, from January to March 2017, through semi-structured interviews based on the Collective Subject Discourse method. Results: The motivations were linked to the possibility of social contribution to the community; the importance of identifying the local health council as a collective and supervisory space; the challenges (poor attendance at meetings and influence of party politics; perspectives) focused on the need for greater participation, community interest and more efficient health management. Conclusion: Knowledge, awareness and empowerment are fundamental to increase the performance and participation for a better exercise of social control in health.
Descritores: Conselhos de Saúde
Políticas Públicas de Saúde
Participação Social
-Controle Social Formal
Sistema Único de Saúde
Limites: Humanos
Responsável: BR501.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde / Sede Botânico


  4 / 333 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1014584
Autor: Pereira, Ilma de Paiva; Chai, Cássius Guimarães; Dias, Rosane da Silva; Loyola, Cristina Maria Douat; Pacheco, Marcos Antônio Barbosa.
Título: Ministério Público, Conselhos Municipais de Saúde e as práticas do diálogo interinstitucional / Public Prosecutor's Office, Municipal Health Councils and practices of interinstitutional dialogue
Fonte: Saúde Soc;28(2):111-123, abr.-jun. 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Este estudo tem como objetivo analisar o relacionamento entre o Ministério Público e os Conselhos Municipais de Saúde (CMS), buscando refletir de que maneira aquela instituição pode contribuir para a efetividade do controle social exercido no Sistema Único de Saúde (SUS) no estado do Maranhão. Foi utilizada metodologia qualitativa, dividida em pesquisa documental e entrevistas semiestruturadas. Da pesquisa participaram promotores de justiça e conselheiros de saúde que atuam nos CMS de uma região de saúde naquele estado. Os resultados evidenciaram que o controle institucional no SUS realizado pelo Ministério Público do Maranhão é marcado por práticas frágeis e não uniformes, apesar das possibilidades, capacidades e atribuições conferidas pela Constituição Federal de 1988. Os CMS pesquisados apresentam deficiências e limitações conhecidas do Ministério Público, que ainda não orientou sua política institucional para o fortalecimento do controle social a partir do diálogo interinstitucional. A democratização e a efetivação da política de saúde nos municípios da região de saúde pesquisada dependem, entre outras coisas, do aprimoramento da interlocução entre o Ministério Público e os CMS, tendo o potencial de qualificar e fortalecer o controle social no SUS.

Abstract This study aims to analyze the relationship between the Public Prosecutor's Office and the Municipal Health Councils (CMS), reflecting on how that institution can contribute to the effectiveness of the social control exercised in the Brazilian Brazilian National Health System (SUS) in the state of Maranhão, Brazil. A qualitative method, divided into documentary research and semi-structured interviews, was used. Prosecutors and health counselors working directly with the CMS of a health region in that state participated in this study. Results showed the SUS institutional control carried out by the Public Prosecutor's Office in Maranhão is marked by fragile and irregular practices, despite the possibilities, capacities, and attributions granted by the 1988 Federal Constitution. The CMS researched showed deficiencies and limitations known to the Public Prosecutor's Office, which has not yet oriented its institutional policy to strengthen social control through interinstitutional dialogue. The democratization and implementation of health policies in the municipalities of the health region researched depend, among other things, on improving the interlocution between the Public Prosecutor's Office and the CMS. Such dialogue has the potential to qualify and strengthen social control in SUS.
Descritores: Controle Social Formal
Sistema Único de Saúde
Conselhos de Saúde
Ministério Público
Participação Social
Política de Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  5 / 333 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-895264
Autor: Costa, Rafaela Rocha da; Alberto, Maria de Fatima Pereira.
Título: Discursos sobre família e a formação para o trabalho social no centro de referência da assistência social / Speeches about family and training for social work in the centre of reference of social assistance / Discursos sobre la familia y la formación para el trabajo social en el centro de referencia de la asistencia social
Fonte: Pesqui. prát. psicossociais;12(1):193-208, abr. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: O presente trabalho objetiva analisar os discursos dos profissionais de Psicologia e Serviço Social dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) sobre família e a formação recebida para o trabalho social com famílias. Adotou-se uma estratégia de campo dividida em análise de documentos, aplicação de questionários e roteiro de entrevista aberta, submetido à Análise do Discurso. A partir desses instrumentos, emergiram dados sobre as lacunas na formação para o trabalho social com as famílias. O discurso regular foi o da família tradicional e, para os que fogem a esse modelo, identificou-se o interdiscurso da família desestruturada, cuja história foi contada a partir dos valores pessoais socialmente construídos de que o modelo aceito é o nuclear. Trabalhar com outros modelos parece causar estranhamento, o que se expressa nos discursos de uma prática profissional higienista, assistencialista, eugenista e que patologiza o cotidiano.

This study aims to analyze the discourses of professionals of Psychology and Social Service of the Social Assistance Reference Centers (CRAS) about family and received training for social work with families. It was adopted a strategy for the field divided into analysis of documents, questionnaires and open interview script submitted to discourse analysis. From these instruments emerged data on gaps in training for social work with families. Regular speech was the traditional family and, for those who flee to this model, we identified the interdiscourse of unstructured family whose story was told from the personal values socially constructed accepting the nuclear model as standard. Working with other models seems to cause estrangement, that is expressed in the speeches of a professional practice, assistance, hygienist and eugenicist who pathologizes the everyday.

Este trabajo tiene como objetivo analizar los discursos de los profesionales de la Psicología y el Servicio Social de los Centros de Referencia de la Asistencia Social (CRAS) sobre la familia y la formación recibida para el trabajo social con familias. Se adoptó una estrategia de campo dividida en análisis de documentos, cuestionarios y guión de entrevista abierta sometidos al análisis del discurso. A partir de estos instrumentos surgieron datos sobre las deficiencias en la formación para el trabajo social con las familias. El discurso regular fue el de la familia tradicional, y para los que huyen de ese modelo, se identificó el interdiscurso de la familia no estructurada, cuya historia fue contada a partir de los valores personales socialmente construidos de que el modelo aceptado es el de la familia nuclear. Trabajar con otros modelos causa cierto extrañamiento, lo que se expresa en los discursos de una práctica higienista, asistencialista, eugenista y que patologiza el cotidiano.
Descritores: Serviço Social
Família
-Psicologia
Política Pública
Conselhos de Saúde
Assistentes Sociais
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  6 / 333 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1095122
Autor: Secretaría de Salud HN.
Título: Decálogo sobre cómo actuar en caso de tener síntomas de coronavirus (COVID-19) / Decálogo sobre cómo actuar en caso de tener síntomas de coronavirus (COVID-19).
Fonte: Tegucigalpa; Secretaría de Salud HN; 2020. 1 p. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Infecções por Coronavirus/prevenção & controle
Conselhos de Saúde
-Saúde Pública/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Responsável: HN1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  7 / 333 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1009718
Autor: Vieira, Kátia Cristina dos Santos(org).
Título: Participação popular na Estratégia Saúde da Família: espaço potencial de construção de saúde / Popular participation in the family health strategy: potential space of health construction
Fonte: BIS, Bol. Inst. Saúde (Impr.);19(supl):71-75, 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Os Conselhos Locais de Saúde (CLS) devem atuar como interlocutores entre a comunidade e a direção da unidade de saúde para melhor atender às necessidades da comunidade local. Entretanto, a simples implantação dos CLS não garante uma gestão participativa no SUS. Observando o cenário de uma USF, do município de Santo André, no qual muitos usuários tinham dificuldade em identificar seus representantes, questionou-se como tem se dado essa representatividade. Considerou-se necessário fortalecer o espaço do CLS. Implementou-se algumas ações, como: conversa com a população sobre a função do CLS, confecção de um cartaz sobre essa instância, incentivo da comunidade para participar das reuniões mensais, um mural na USF para divulgar informações referentes ao CLS. Essas ações foram disparadoras do processo de reaproximação desses sujeitos na busca da construção de um espaço para o exercício da cidadania e de um serviço de saúde de qualidade.
Descritores: Participação da Comunidade
Estratégia Saúde da Família
Conselhos de Saúde
Planejamento em Saúde
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: BR1764.1 - Núcleo de Informação e Documentação


  8 / 333 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1074001
Autor: Instituto de Saúde.
Título: Relações entre instituições prestadoras de serviços e seus usuários, política de promoção da participação popular: implantação dos conselhos de comunidade nos centros de saúde / Relations between rendering institutions of services and its users. politics of promotion of the participation: implantation of the advice of community in the health centers.
Fonte: São Paulo; s.n; dez. 1988. 298 p.
Idioma: pt.
Resumo: Em anos recentes a Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo vem reforçando o caráter participacionista dos movimentos de saúde e pondo em prática algumas das diretrizes, formuladas inicialmente no governo Montoro, relacionadas à promoção da participação popular. Os Regimentos dos Conselhos de Saúde foram oficializados em 1982 depois de várias discussões como os representantes dos movimentos. A expansão dos Conselhos de Saúde fazia parte da PROPOSTA MONTORO 82 - SAÚDE: "Serão formalizados canais efetivos de organização e participação da população em todos os níveis de decisão, execução e controle das açoes de saúde. A esse respeito ...
Descritores: Centros de Saúde
Conselhos de Saúde
Participação da Comunidade
-Promoção da Saúde
Tipo de Publ: GOVERNMENT PUBLICATIONS
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WA540, I59r, 1988


  9 / 333 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1068811
Autor: Neder, Carlos Alberto Pletz.
Título: Participação e Gestão Pública: a experiência dos movimentos populares de saúde no município de São Paulo / Participation and Public Management: experience of the popular movements for health in the municipal of São Paulo.
Fonte: São Paulo; s.n; 2001. 275 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: As lutas sociais nos bairros periféricos, por acesso a serviços públicos de saúde, favoreceram a constituição de movimentos populares de saúde em diversas regiões do Munícipio de São Paulo. O presente estudo propôs-se a conhecer o estágio atual de organização dos setores populares na área da saúde e a contribuir para o desenvolvimento de sua práticas particpativas...
Descritores: Conselhos de Saúde
Participação da Comunidade
Políticas, Planejamento e Administração em Saúde
-Qualidade de Vida
Limites: Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1764.1 - Núcleo de Informação e Documentação
BR1764.1; T, B, N282p


  10 / 333 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Cohn, Amelia
Texto completo
Id: biblio-1044811
Autor: Cohn, Amélia; NU. CEPAL..
Título: Participação social e conselhos de políticas públicas / Texto para Discussão (TD) 1547: Participação social e conselhos de políticas públicas.
Fonte: Brasília; CEPAL. Escritório no Brasil;IPEA; 2011. 25 p. (Textos para Discussão / CEPAL-IPEATexto para Discussão / IPEA, 29)1547)).
Idioma: pt.
Projeto: Trabalho realizado no âmbito do acordo CEPAL-IPEA..
Resumo: Questiona o caráter democrático dos conselhos setoriais previsto na CF/88 e dos conselhos de implantação das políticas setoriais criadas após essa Constituição. Trata da efetividade dos conselhos setoriais em ser fóruns de negociação de conflitos de interesse e da capacidade de tomar decisões que representem mais do que apenas a somatória de interesses particulares ali representados. Aborda também a participação da sociedade em conselhos de políticas setoriais, quando se trata de interesses de grupos não-organizados politicamente, como é o caso das políticas de assistência social para a população de baixa renda, que se difere, por exemplo, dos trabalhadores sindicalizados. Apresenta a preocupação da crescente despolitização da sociedade frente às políticas públicas, tendo como contrapartida uma crescente tecnificação das políticas públicas, em detrimento da sua dimensão social e política no processo de tomada de decisões.
Descritores: Conferências de Saúde
Conselhos de Saúde
Estado
Participação Social
Responsável: BR1541.1 - Biblioteca
BR1541.1; 330.908, C399 TD29



página 1 de 34 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde