Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP1.021.152.178 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 376 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 38 ir para página                         

  1 / 376 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1287553
Autor: Silva, Rita de Cássia Costa da; Novais, Maykon Anderson Pires de; Zucchi, Paola.
Título: Social participation: a look at the representativeness of health councils in Brazil, from Resolution 453/2012 / Participação social: um olhar sobre a representatividade nos conselhos de saúde no Brasil, a partir da Resolução 453/2012
Fonte: Physis (Rio J.);31(2):e310210, 2021. tab.
Idioma: en.
Projeto: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Resumo: Abstract The text addresses the representativeness in health councils in Brazil, based on guidelines proposed by the National Health Council. This study aimed to verify the adequacy of the councils to the criteria described in Resolution 453/2012, which demonstrate the representativeness of the segments that make up the collective. A descriptive cross-sectional study was conducted during May and June 2017. The study population was composed of health councils registered in the Health Councils Monitoring System, with public access and available on the Internet. The results obtained were organized considering the geographical distribution of the councils. The regions with the highest rates of non-compliance with the parity criterion were identified. It has been demonstrated that the guidelines for reformulating the councils are aligned with the notion of representativeness, but they are not a guarantee for the effectiveness of the representation. Future studies may deepen the analyses on representativeness in health councils in Brazil, and identify which mechanisms are adopted by entities to ensure the effectiveness of representation, as well as whether representation is renewed. It is recommended that the rules ordering the functioning of councils be permanently updated to promote social participation in health.

Resumo O texto aborda a representatividade nos conselhos de saúde no Brasil, a partir de diretrizes propostas pelo Conselho Nacional de Saúde. O objetivo do estudo foi verificar a adequação dos conselhos aos critérios descritos na Resolução 453/2012, que demonstram a representatividade dos segmentos que compõem o coletivo. Foi realizado estudo descritivo, do tipo transversal, durante os meses de maio e junho de 2017. A população do estudo foi composta pelos conselhos de saúde cadastrados no Sistema de Acompanhamento dos Conselhos de Saúde, de acesso público e disponível na internet. Os resultados obtidos foram organizados considerando a distribuição geográfica dos conselhos. Foram identificadas as regiões com maiores índices de descumprimento do critério de paridade. Ficou demonstrado que as diretrizes para reformulação dos conselhos estão alinhadas a noção de representatividade, porém, não são garantia para a efetividade da representação. Estudos futuros poderão aprofundar as análises sobre a representatividade nos conselhos de saúde no Brasil, e identificar quais mecanismos são adotados pelas entidades para garantir efetividade da representação, bem como se ocorre renovação da representação. É recomendável que as normas que ordenam o funcionamento dos conselhos sejam permanentemente atualizadas para favorecer a participação social na saúde.
Descritores: Sistema Único de Saúde
Saúde Pública
Participação da Comunidade
Conselhos de Saúde/legislação & jurisprudência
Política de Saúde
-Brasil
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  2 / 376 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1129262
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde.
Título: Relatório de gestão CNS/MS: exercício 2011 / CNS/MS management report: financial year 2011.
Fonte: Brasília; Ministério da Saúde; 06 mar. 2011. 203 p. tab..
Idioma: pt.
Resumo: O Relatório de Gestão do Conselho Nacional de Saúde ­ CNS é uma ferramenta de controle e avaliação, que busca a transparência das ações realizadas. Assim, a apresentação desse Relatório é uma forma de prestação de contas com a sociedade, mostrando a ela como o Conselho utilizou os recursos públicos, o planejamento em médio prazo e principalmente as ações e os objetivos alcançados em 2011. Os resultados apresentados são decorrentes das atividades realizadas pelo Conselho Nacional como um todo, e pelas suas subdivisões. Serão apresentadas as reuniões e deliberações do Plenário e da Mesa Diretora. No tocante a presidência, foram elencadas as reuniões em que o presidente esteve representando o Conselho. Quanto a Secretaria-Executiva, foram reunidas as suas principais atividades, juntamente com as da área de Comunicação. Na parte destinada as Comissões e aos Grupos de Trabalho, destacou-se as reuniões e eventos realizados. É importante frisar que 2011 foi um ano diferenciado para o Controle Social e para o Conselho. Em virtude do Decreto Nº 7.446 de 1 de março que reduziu os limites para o empenho de diárias e passagens, alguns eventos e o número de reuniões foram reduzidas. Mesmo com essa redução a Secretaria-Executiva conseguiu se organizar para realizar as principais atividades programas. Foram realizados 6 eventos, 10 reuniões da Mesa Diretora, 12 Reuniões Ordinárias, 69 reuniões de Comissões, além das reuniões dos Grupos de Trabalho e outras atividades.
Descritores: Administração em Saúde Pública/economia
Planejamento Estratégico/economia
Conselhos de Saúde/organização & administração
Tipo de Publ: GOVERNMENT PUBLICATIONS
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 376 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1129371
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde.
Título: Relatório da oficina permanente rumo à 13ª Conferência Nacional de Saúde: primeira etapa / Report of the permanent workshop towards the 13th national health conference: first stage.
Fonte: Brasília; Ministério da Saúde; maio 2006. 22 p.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Conferência Nacional de Saúde, 13, Brasília, maio 2006.
Resumo: A Secretária Executiva do Conselho Nacional de Saúde iniciou os trabalhos, cumprimentando e agradecendo a participação de todos, ressaltando a presença dos Conselhos Estaduais de Saúde de 21 estados, na primeira etapa da Oficina Permanente Rumo a 13ª Conferência Nacional de Saúde. A iniciativa do Conselho Nacional de Saúde na realização dessa atividade é construir a 13ª Conferência Nacional de Saúde, com participação de todos os atores sociais. Para esta primeira etapa, foram convidados de um a quatro representantes dos Conselhos Estaduais de Saúde e suas respectivas Secretarias Executivas, com objetivo de reunir informações, opiniões, críticas e discutir e debater questões pertinentes às conferências de saúde já realizadas, para que, em conjunto, possam elaborar subsídios para a construção do Regimento Interno da 13º Conferência Nacional de Saúde, prevista para dezembro de 2007. Nas próximas etapas da Oficina Permanente pretende-se reunir os Coordenadores e os Relatores de Conferências anteriores, a academia, o Ministério Público, Associações de Prefeitos e Secretários Municipais, entre outros.
Descritores: Conferências de Saúde/organização & administração
Conselhos de Saúde/organização & administração
Recursos Financeiros em Saúde/economia
Tipo de Publ: GOVERNMENT PUBLICATIONS
Congresso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 376 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1281184
Autor: Oliveira, Ana Maria Caldeira.
Título: Vigilância sanitária, participação social e cidadania / Health surveillance social participation and citizenship.
Fonte: São Paulo; s.n; 2010. 198 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Este trabalho apresenta uma pequena amostra do cotidiano da experiência viva da participação social desenvolvida no Conselho Municipal de Saúde de Belo Horizonte - espaço público legalmente instituído e vinculado ao SUS-BH. O objetivo geral do estudo é descrever e analisar as representações sociais dos conselheiros de saúde sobre a temática da vigilância sanitária. A pesquisa qualitativa de representação social foi adotada como metodologia, sendo utilizadas principalmente as técnicas de entrevista e de observação participante. Os dados obtidos com a realização das entrevistas foram analisados pela técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. O estudo apresenta e analisa os obstáculos que se interpõem ao bom funcionamento desse fórum, além de expor uma convivência conflituosa entre os representantes dos segmentos usuário, trabalhador e gestor. Através dos discursos, os conselheiros de saúde demonstram conhecer a vigilância sanitária e a reconhecer sua importância para as práticas de Saúde Pública. E, assim, demonstram também estarem aptos para participarem do processo de formulação da Política Municipal de Vigilância Sanitária. O estudo reafirma a necessidade de se assegurar o direito constitucional da participação da sociedade na gestão pública, pois somente o exercício pleno da cidadania, realizado através da participação dos cidadãos no ciclo das políticas públicas, garantirá a finalidade precípua de que essas políticas atendam ao interesse público

This study presents a small sample of the daily living experience of social participation developed in the City Health Council of Belo Horizonte, state of Minas Gerais, Brazil a public forum officially created and linked to SUS-BH. The general purpose of the study is to describe and analyze the social representations of the Health Counselors about the Sanitary Surveillance theme. The qualitative research of social representation was the adopted methodology, and the techniques of interviews and participant observation were mostly used. The data obtained from interviews were analyzed by the Discourse of Collective Subject method. The study presents and analyzes the obstacles that stands for the proper functioning of this forum, and besides exposes a conflicted relationship between the users, workers and managerial segments. Using verbal communication, the Health Counselors demonstrated their knowledge about the Sanitary Surveillance work and their recognition of its importance for the Public Health practices. This way the Counselors demonstrated their aptitude to participate in the process of developing the Citys Sanitary Survaillance Policy. The study reinforces the necessity of assurance of the constitutional rights of societys participation in the public management, since only with the full exercise of citizenship, by the means of the participation of the citizen in the public policies cycle, will guarantee the main objective that these policies are in accordance to public interest
Descritores: Vigilância Sanitária
Participação da Comunidade
Conselhos de Saúde
Política de Saúde
-Prática de Saúde Pública
Pesquisa Qualitativa
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  5 / 376 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1043381
Autor: Silva, Berenice Temoteo da; Lima, Isabel Maria Sampaio Oliveira.
Título: 15a Conferência Nacional de Saúde: um estudo de caso / 15th National Health Conference: a case study
Fonte: Saúde Soc;28(3):97-114, jul.-set. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O objetivo deste artigo é analisar a participação do Conselho Nacional na construção e realização da 15ª Conferência Nacional de Saúde (CNS), bem como os principais componentes desse evento, o desenho institucional, no que se refere a sua dinâmica participativa, e as propostas e diretrizes aprovadas, e relacionar esse fenômeno político à conjuntura brasileira. Este estudo de caso sobre a 15ª CNS teve como fonte de produção de dados entrevistas com 27 conselheiros nacionais e a revisão documental de atas, notícias e outras fontes do Conselho relacionadas à 15ª Conferência. O Conselho Nacional desenvolveu estratégias para politizar a elaboração das diretrizes e intensificou a participação da sociedade por meio das conferências livres. O debate em torno da saúde em 2015 envolveu milhares de pessoas no país - afinal, foram realizadas 4.706 conferências municipais, 26 estaduais, a conferência distrital e a nacional. As principais pautas da 15ª Conferência foram a defesa da democracia e o financiamento público da saúde. A 15ª CNS ainda prevaleceu com o formato burocrático. Além das inovações na forma das conferências, é necessário ampliar a permeabilidade dos tomadores de decisão à participação social e democratizar o processo de planejamento e a gestão em saúde.

Abstract This article aims to analyze the participation of the National Council in the construction and realization of the 15th National Health Conference (CNS), as well as the main components of this event, the institutional design regarding its participatory dynamics, and the approved proposals and guidelines, relating this political phenomenon to the Brazilian context. This case study on the 15th CNS had, as data sources, the interviews with 27 national counselors and the documentary review of minutes, news and other sources of the Council related to the 15th Conference. The National Council developed strategies to politicize the elaboration of guidelines and intensified society participation through free conferences. The Health debate in 2015 involved thousands of people in the country - after all, 4,706 municipal and 26 state, district and national conferences were held. The main agendas of the 15th Conference were the defense of democracy and the public financing of health. Nonetheless, the bureaucratic format still prevailed in the 15th CNS. In addition to innovations in the form of conferences, one must increase the permeability of decision-makers to social participation and democratize the health planning and management process.
Descritores: Relatos de Casos
Congressos como Assunto
Conselhos de Saúde
Participação Social
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  6 / 376 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1252194
Autor: Morais, Aissa Siqueira de; Teixeira, Carmen Fontes.
Título: Posicionamento dos representantes dos usuários no Conselho Estadual de Saúde da Bahia diante do agravamento do subfinanciamento do SUS em 2016-2018 / Positioning of user representatives in the State Health Council of Bahia in view of the worsening of SUS sub-financing in 2016-2018
Fonte: Saúde Soc;30(1):e200479, 2021. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O objetivo desse trabalho é analisar o posicionamento dos representantes dos usuários no Conselho Estadual de Saúde da Bahia (CES-BA) diante das decisões do Governo Federal relativas ao financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS) no período 2016-2018. O referencial teórico se baseia na noção de participação incorporada no arcabouço jurídico político do SUS, que institui a criação de Conselhos de Saúde e a realização de Conferências de Saúde como espaços de formulação, monitoramento e avaliação de políticas de saúde nos diversos níveis organizativos do sistema. A coleta de dados foi realizada por meio de revisões documentais e entrevistas aos representantes do segmento usuários no conselho. Os resultados contemplam a caracterização do perfil político-associativo das entidades representadas no CES-BA e o posicionamento dos conselheiros sobre as mudanças no financiamento do SUS no período 2016-2018. Discute-se a baixa representatividade de alguns grupos populacionais no CES-BA e a percepção acerca da Emenda Constitucional 95 e da influência dos partidos políticos na dinâmica dos conselhos. A conclusão ressalta a importância relativa da qualificação técnica diante da experiência acumulada pelos conselheiros e a necessidade de articulação destes com as bases sociais que pretendem representar, especialmente na atual conjuntura política brasileira.

Abstract The objective of this study is to analyze the orientation of user representatives in the Health Council of the Bahia (CES-BA) in face of the decisions of the Federal Government finance the Unified Health System (SUS) in the period 2016-2018. The theoretical reference is based on the notion of participation incorporated in the SUS legal code, which instituted Health Councils and the holding of Health Conferences as spaces for formulating, supervising and evaluating health policies at the various organizational levels of the system. Data were collected via document review and interviews with representatives of the segment "users" at CES-BA. The results include the characterization of the political-associative profile of the entities represented in the State Health Council and the orientation of the counselors on changes in SUS financing in the 2016-2018 period. It discusses the low representativeness of some population groups at CES-BA and the perception of councilors about Constitutional Amendment 95 and the influence of political parties on the dynamics of councils. The conclusion shows the relative importance of technical qualification in the face of the experience accumulated by the councilors and the need to articulate them with the social bases they intend to represent, especially in the current political situation of the country.
Descritores: Sistema Único de Saúde
Conselhos de Saúde
Participação Social
Financiamento da Assistência à Saúde
Política de Saúde
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  7 / 376 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1253861
Autor: Marinho, Mirna Neyara A. de Sá Barreto; Duarte, Rafael Bezerra; Bezerra, Ana Karoline Barros; Castro Júnior, André Ribeiro de; Alencar, Olga Maria de; Silva, Maria Rocineide Ferreira da.
Título: Conselho federal de enfermagem no transcurso da COVID-19: comunicação digital à luz da teoria habermasiana / Federal council of nursing on the COVID-19 tour: digital communication in the light of habermasian theory
Fonte: Nursing (Säo Paulo);24(277):5847-5856, jun.2021.
Idioma: pt.
Resumo: Objective: To analyze the articles published by the Federal Nursing Council during the COVID-19 pandemic in the light of the Habermasian communicative action theory. Method: Qualitative documentary study, carried out from May to July 2020, using pandemic news published by the municipality as the primary source. The material was organized through thematic content analysis and discussed based on the theory and related literature. Results: The council produced technical note materials as instruments to guide professionals and approved resolutions and regulations. The performance of the system was focused on the acquisition and distribution of protective equipment through regional offices, lawsuits, the creation of an observatory and an emotional support channel for professionals. Conclusion: Communication with awareness and knowledge to nursing professionals was prioritized, empowering them in work processes in the pandemic context.(AU)

Objetivo: Analizar los artículos publicados por el Consejo Federal de Enfermería durante la pandemia de COVID-19 a la luz de la teoría de la acción comunicativa habermasiana. Método: Estudio documental cualitativo, realizado de mayo a julio de 2020, utilizando como fuente primaria las noticias sobre pandemias publicadas por el municipio. El material fue organizado a través de análisis de contenido temático y discutido con base en la teoría y literatura relacionada con el tema. Resultados: El consejo elaboró materiales de notas técnicas como instrumentos para orientar a los profesionales y aprobó resoluciones y reglamentos. La actuación del sistema se centró en la adquisición y distribución de equipos de protección a través de oficinas regionales, juicios, la creación de un observatorio y un canal de apoyo emocional a los profesionales. Conclusión: Se priorizó la comunicación con conciencia y conocimiento a los profesionales de enfermería, empoderándolos en los procesos de trabajo en el contexto pandémico.(AU)

Objetivo: Analisar as matérias publicadas pelo Conselho Federal de Enfermagem no transcurso da pandemia COVID-19 à luz da teoria da ação comunicativa habermasiana. Método: Estudo documental qualitativo, realizado durante o período de maio a julho de 2020, utilizando-se como fonte primária as notícias relacionadas à pandemia publicadas pela autarquia. O material foi organizado através da análise de conteúdo temática e discutido com base na teoria e literatura relacionada à temática. Resultados: O conselho produziu materiais notas técnicas como instrumentos norteadores aos profissionais e aprovou resoluções e normativas. A atuação do sistema esteve focada na aquisição e distribuição de equipamentos de proteção por intermédio dos regionais, ações judiciais, criação do observatório e de um canal de apoio emocional aos profissionais. Conclusão: Priorizou-se uma comunicação com sensibilização e conhecimento aos profissionais de enfermagem, empoderando-os nos processos de trabalho no contexto pandêmico.(AU)
Descritores: Enfermagem
Comunicação em Saúde
COVID-19
-Conselhos de Saúde
Pandemias
Limites: Humanos
Responsável: BR21.2 - BVS Enfermería


  8 / 376 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Texto completo
Id: lil-655164
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde.
Título: Plenárias Nacionais de Conselhos de Saúde: relatórios finais XIII e XIV / Plenary national health councils: final reports XIII and XIV.
Fonte: Brasília; Ministério da Saúde; 2007. 92 p. (Série D. Reuniões e Conferências).
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Plenárias Nacionais de Conselhos de Saúde, Brasília, 2007.
Resumo: A realização das Plenárias Nacionais de Conselhos de Saúde está se consolidando cada vez mais em espaços democráticos de mobilização e articulação entre os conselheiros de saúde visando a superação das dificuldades enfrentadas pelo Controle Social nos Estados e Municípios. O Relatório da XIII Plenária Nacional de Conselhos de Saúde traz uma síntese da Trajetória Histórica das Plenárias Nacionais, desde o I Congresso Nacional realizado na Bahia, em 1995 até a XI Plenária Nacional, dando ênfase às pautas e às principais Resoluções. Esta Plenária teve como destaque: Educação Permanente para o Controle Social; Desafios do Controle Social; A Gestão como Estratégica de Implementação do SUS ­ da Concepção à Prática e o Debate sobre o Modelo de Atenção do SUS. A XIV Plenária Nacional de Conselhos de Saúde, realizada em abril de 2007, teve como pauta: O Controle Social no Pacto pela Saúde e a Terceirização de Gerência e Gestão do SUS. O Relatório aqui apresentado da Plenária busca alternativas para a efetivação do controle social nas três esferas de governo, apresentando as dificuldades enfrentadas pelos conselheiros e algumas alternativas que podem ser implementadas visando o seu fortalecimento. Há uma discussão muito intensa sobre as Terceirizações, tendo em vista os seus avanços na Gestão do SUS, que além dos problemas de gerência, autonomia, estabilidade, dentre outros, há a inexistência do controle social através dos Conselhos de Saúde, ou seja, há um retrocesso na participação da sociedade.
Descritores: Sistema Único de Saúde
Políticas de Controle Social
Conselhos de Saúde/organização & administração
Educação Continuada
Financiamento da Assistência à Saúde
Tipo de Publ: Congresso
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR59.2; 614.2(81), B83cs, 13ª/14ª. 1549


  9 / 376 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-784430
Autor: Barroso, Karen de Almeida; Silva, George Sobrinho.
Título: O controle social na atenção primária e a atuação dos conselhos municipais / Social control in primary health and the actions of municipal councils
Fonte: Arq. ciências saúde UNIPAR;19(3):213-219, set.-dez. 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O controle social é um mecanismo pelo qual se garante a participação dos usuários na organização, funcionalidade e busca pela qualidade dos serviços de saúde no Brasil. O objetivo deste trabalho foi de conhecer a atuação dos conselheiros municipais de saúde no controle social junto à organização da atenção primária à saúde. Trata-se de um estudo transversal descritivo de abordagem quantitativa realizado com 40 conselheiros de saúde de quatro municípios da microrregião sanitária de Diamantina, Minas Gerais. Utilizando-se um questionário semiestruturado na coleta de dados e sua análise se deu por meio da estatística descritiva. Como resultados observou-se que os conselheiros eram preponderantemente do gênero feminino (72,5%), com curso superior (52,5%) e com vínculos trabalhistas ligados aos serviços públicos de saúde dos respectivos municípios (35,0%). Os conselheiros relatam conhecer os serviços de atenção primária, seus problemas, porém há baixa participação em reuniões nas respectivas unidades de saúde onde são usuários. O estudo evidenciou uma fragilidade do exercício do controle social na atenção primária à saúde e a necessidade de maior aproximação dos conselheiros com estes serviços.

Social control is a mechanism used to ensure the participation of users from the public health services in its organization, functionality and in the search for quality services in Brazil. The objective of this study was to know the performance of municipal health counselors in social control in the primary health care. This is a descriptive cross-sectional study with a quantitative approach carried out with 40 health counselors from four municipalities in the health micro-region of Diamantina, Minas Gerais, Brazil. A semi-structured questionnaire was used to collect data. The data was analyzed using descriptive statistics. As a result, it could be observed that the counselors were predominantly female (72.5%), college graduates (52.5%) and having labor bonds with the public health services in their municipalities (35.0%). The counselors reported knowing the meaning of primary care, their services and issues, but there is low participation in meetings in their health services where they are users. The study showed a weakness of social control in primary health care and the need for further approximation of directors with these services.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Estudos Transversais
Conselhos de Saúde
Participação Social
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 376 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Texto completo
Id: lil-468903
Autor: Brasil. Ministério da Saude. Secretaria de Atenção à Saúde. Conselho Nacional de Saúde.
Título: Relatório das oficinas de comunicação / Comunication Workshop Report.
Fonte: Brasília; Ministério da Saúde; abr. 2007. 104 p. graf, tab. (Série D. Reuniões e Conferências).
Idioma: pt.
Resumo: A comunicação e a informação em saúde têm sido apontadas nos debates das últimas conferências nacionais como ferramentas fundamentais para o efetivo exercício do controle social. Durante a 12.ª Conferência Nacional de Saúde, realizada em 2003, discutiu-se a necessidade do Conselho Nacional de Saúde (CNS) definir estratégias, para elaboração de políticas articuladas de comunicação e informação na perspectiva de dar maior visibilidade às diretrizes do SUS, à política de saúde, às ações e à utilização de recursos, no sentido de ampliar a participação e o controle social. Por meio da Comissão Intersetorial de Comunicação e Informação em Saúde (Cicis), o CNS procura subsidiar a construção da Política Nacional de Comunicação, Informação e Informática em Saúde para o exercício do controle social. Na intenção de discutir e formular as diretrizes dessa política, o Conselho Nacional de Saúde tem promovido vários debates com os conselhos de saúde, em seminários e oficinas.
Descritores: Sistema Único de Saúde/organização & administração
Políticas de Controle Social
Conselhos de Saúde/organização & administração
Comunicação em Saúde
-Brasil
Tipo de Publ: GOVERNMENT PUBLICATIONS
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR599.1; 10001021962, MT; BR599.1; 10001021963, AG, e.2; BR599.1; 10001021964, AG, e.3; BR276.2; 614, C755r



página 1 de 38 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde