Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP2.026 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 670 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 67 ir para página                         

  1 / 670 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-639203
Autor: Dawidowski, Adriana; Pereiro, Natalia; Schang, M. Victoria; Gómez Saldaño, Ana M; Figar, Silvana; Matejic, Patricia; Marchetti, Marcelo; González Bernaldo de Quiros, Fernán.
Título: Epidemia de gripe A en buenos aires en 2009 y la comunicación de laprevención colectiva / The 2009 Buenos Aires flu H1N1 epidemy and communication of community prevention measures
Fonte: Rev. salud pública (Córdoba);14(1):24-32, jun. 2010. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo: Analizar longitudinalmente la construcción de la participación social en la prevención de la gripe A en 2009, evaluando sincrónicamente discursos sobre prevención y evolución de la epidemia en clase media urbana de Buenos Aires. Métodos: Triangulación cuali-cuantitativa: 1) Evolución de enfermedad tipo Influenza en un Hospital de Comunidad que atiende clase media porteña; 2) Evolución de casos a nivel país; 3) Representación de la prevención en medios gráficos nacionales. Resultados: El brote epidémico en clase media porteña precedió al total país, período en el que el porcentaje en tapa de notas sobre gripe A era 3,9%. Las medidas que previenen colectivamente la difusión viral (higiene de manos, superficies y contención de estornudos) se comunicaron posteriormente al pico epidémico. Conclusiones: La comunicación contribuyó a construir tardíamente la participación social. Esto evidencia la necesidad de promover la participación temprana de la sociedad en la prevención colectiva frente a riesgo epidémicos.
Descritores: Surtos de Doenças/estatística & dados numéricos
Influenzavirus A
Meios de Comunicação/estatística & dados numéricos
Prevenção de Doenças
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: AR32.1 - Biblioteca Prof. Dr. J. M. Allende


  2 / 670 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-756148
Autor: Dell´Agnolo, Cátia Millene; Brischiliari, Sheila Cristina Rocha; Saldan, Gabriela; Gravena, Angela Andréia França; Lopes, Tiara Cristina Romeiro; Demitto, Marcela de Oliveira; Pelloso, Sandra Marisa.
Título: Avaliação dos exames citológicos de papanicolau em usuárias do sistema único de saúde / Evaluaciónde frootis de papanicoLaou en los usuarios del sistema único de salud / Evaluation f papp smears in users of the unified health system
Fonte: Rev. baiana saúde pública;38(4), out-dez. 2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Mundialmente, entre todos os tipos de câncer, na população feminina, o câncer de colo uterino é um dos mais frequentes, ocupando o segundo lugar em incidência. O objetivo do presente trabalho é estimar a prevalência de exames colpocitológicos realizados no município de Maringá, Paraná, e sua distribuição segundo a faixa etária das mulheres e os resultados dos exames. Trata-se de um estudo descritivo, retrospectivo, de coorte, constando da análise de todos os exames colpocitológicos realizados em 24 Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município de Maringá, no período de 2006 a 2010. Foram estudados 41.197 exames, a média de idade foi de 41,66±14,18 anos, variando de 12 a 93 anos. Cerca de 75,4% das mulheres (12.579) estavam na faixa etária dos 25 aos 59 anos; 12,7% (2.129) tinham entre 12 e 24 anos e as demais, 11,9% (1.993), possuíam acima de 60 anos de idade. Foi observado que 48,4% dos exames estavam normais; 22,7% apresentavam alterações celulares benignas e 26,7%, atipias celulares. Em 498 mulheres, o laudo citopatológico foi positivo para neoplasia. Uma melhor qualidade de informação poderá permitir avaliações de cobertura, áreas de maior acometimento, de forma a possibilitar a implementação de medidas, visando a prevenção de neoplasias intraepiteliais cervicais.

Entre todos los tipos de cáncer en mujeres en todo el mundo, el cáncer de cuello uterino es el más frecuente, ocupando el segundo lugar en incidencia. El objetivo del estudio fue estimar la prevalencia de citología cervical realizado en Maringá, Paraná, Brasil. Se trata de una cohorte descriptivo, retrospectivo, que consiste en el análisis de toda la citología cervical realizado en 24 Unidades Básicas de Salud (UBS) de Maringá, de 2006 a 2010. Hubo 41.197 pruebas, la edad promedio fue de 41,66±14,18 años, de 12 a 93 años. Aproximadamente el 75,4% de las mujeres (12.579) tenían entre 25 a 59 años, 12,7% (2.129) tenían entre 12 y 24 años y el restante, 11,9% (1.993), tenían más de 60 años de edad. El 48,4% de los exámenes fueron normales, el 22,7% tenían cambios celulares benignos y 26,7%, células atípicas. En 498 mujeres, el informe citología fue positivo para malignidad. Una mejor calidad de información puede permitir evaluaciones de la cobertura, las zonas más afectadas, con el fin de permitir la aplicación de medidas destinadas a la prevención de la neoplasia intraepitelial cervical.

Among all types of cancer in women, around the world, cervical cancer is the most frequent, ranking second in incidence. The objective of the study was toestimate the prevalence of cervical cytology performed in Maringá, Paraná, Brazil. This is a descriptive, retrospective cohort, consisting of analysis of all cervical cytology performed on 24 Basic Health Units (BHU) of Maringá, from 2006 to 2010. There were 41,197 tests, the average age was 41.66±14.18 years, ranging from 12 to 93 years. Approximately 75.4% of women (12,579) were aged 25 to 59 years; 12.7% (2,129) were between 12 to and 24 years and the remaining 11.9% (1,993) were over 60 years of age. Were observed that 48.4% of the exams were normal, 22.7% had with benign cellular changes and 26.7% showed, atypical cells. In 498 women, the report cytology was positive for malignancy. A better quality of information may permit assessments of coverage, areas most affected, in order to enable the implementation of measures aimed at preventing cervical intraepithelial neoplasm.
Descritores: Sistema Único de Saúde
Neoplasias do Colo do Útero
Saúde da Mulher
Prevenção de Doenças
Teste de Papanicolaou
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  3 / 670 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-784416
Autor: Fernanda do Prado Tostes, Maria; Maran, Edilaine; Sorrilha Raimundo, Larissa; Denise Mai, Lilian.
Título: Prática da profilaxia antimicrobiana cirúrgica como fator de segurança do paciente / La práctica de la profilaxis antimicrobiana quirúrgica como un factor de la seguridad del paciente / Practice of surgical antibiotic prophylaxis and patient safety factor
Fonte: Rev. SOBECC;21(1), jan.-mar. 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Identificar a prática da profilaxia antimicrobiana cirúrgica adotada pelos profissionais atuantes em centro cirúrgico. Método: Estudo descritivo com abordagem quantitativa. Participaram 30 profissionais de centro cirúrgico localizado na região Noroeste do Paraná, Brasil. A coleta de dados ocorreu em 2012 por observação direta. Para análise, utilizou-se a estatística descritiva. Resultados: Constatou-se que em 81 (81%) das cirurgias, limpas, potencialmente contaminadas e contaminadas, a profilaxia antimicrobiana cirúrgica foi realizada. Entretanto, na maioria delas (54/66,6%), o antimicrobiano não foi administrado dentro de uma hora antes da incisão cirúrgica. Adicionalmente, em seis (18,1%) cirurgias potencialmente contaminadas e em uma (33%) contaminada, em que seu uso é indispensável, o antimicrobiano não foi utilizado. Conclusão: Evidenciou-se que esta prática descumpre as recomendações vigentes, o que afeta a sua eficácia em prevenir infecção de sítio cirúrgico e compromete a segurança do paciente.

Objetivo: Identificar la práctica de la profilaxis antimicrobiana quirúrgica adoptada por los profesionales que trabajan en un quirúrgico. Método: Estudio descriptivo con un enfoque cuantitativo. Participaron 30 profesionales del centro quirúrgico situado en el Noroeste de Paraná, en Brasil. La recolección de datos se produjo en 2012 por medio de la observación directa. Para el análisis, se utilizó la estadística descriptiva. Resultados: Se encontró que en 81 de las cirugías (81%) limpias, posiblemente contaminadas y contaminadas, se realizó la profilaxis antimicrobiana quirúrgica. Sin embargo, en la mayoría de ellas (54 ? 66,6%), el antimicrobiano no fue administrado en una hora antes de la incisión quirúrgica. Además, en seis (18,1%) cirugías potencialmente contaminadas y en una (33%) contaminada, en el que es necesario su aplicación, no se utilizó el agente antimicrobiano. Conclusión: Se evidenció que esta práctica viola las recomendaciones actuales, lo que afecta a su eficacia en la prevención de la infección del sitio quirúrgico y pone en peligro la seguridad del paciente.

Objective: To identify the practice of surgical antimicrobial prophylaxis adopted by professionals working in the operating room. Method: A descriptive study with a quantitative approach. Participated in 30 surgical center professionals located in the Northwest of Paraná, Brazil. Data collection occurred in 2012 by direct observation. For analysis, we used descriptive statistics. Results: It was found that in 81 (81%) surgeries, clean, potentially contaminated and contaminated, surgical antibiotic prophylaxis was performed. However, in most of them (54/66.6%), the antibiotic was administered within one hour prior to the surgical incision. Additionally, in six (18.1%) potentially contaminated surgery and one (33%) contaminated, where its use is necessary, the antimicrobial was not used. Conclusion: It was evident that this practice violates the current recommendations, which affects their effectiveness in preventing surgical site infection and compromises patient safety.
Descritores: Centros Cirúrgicos
Prevenção de Doenças
Anti-Infecciosos
-Infecção da Ferida Cirúrgica
Cefalosporinas
Segurança do Paciente
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR2499


  4 / 670 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-722072 LILACS-Express
Autor: Ressel, Lúcia Beatriz; Stumm, Karine Eliel; Peripolli Rodrigues, Andressa; Carbonell dos Santos, Carolina; Frescura Junges, Carolina.
Título: Exame preventivo do câncer de colo uterino: a percepção das mulheres / Preventive exam of uterine cervix cancer: the perception of women
Fonte: Av. enferm;31(2):65-73, jul.-dic. 2013.
Idioma: es.
Resumo: Conhecer as percepções das mulheres atendidas em uma Unidade Básica de Saúde acerca do exame preventivo do câncer de colo uterino. Pesquisa exploratória, descritiva, com abordagem qualitativa, desenvolvida com 15 mulheres assistidas em uma Unidade Básica de Saúde do interior do Rio Grande do Sul, utilizando-se um roteiro para entrevista semiestruturada. Os dados foram submetidos à análise temática. As mulheres apresentam um conhecimento acerca do exame, mesmo sendo superficial e confuso. Os profissionais têm, ao seu alcance, a educação em saúde como estratégia para o empoderamento das usuárias, considerando suas subjetividades pessoais adquiridas. A falta de conhecimento adequado faz com que muitas mulheres tenham dúvidas sobre o verdadeiro sentido da realização do exame preventivo de câncer de colo uterino.

To know the woman perceptions assisted in a Basic Health Unit about the preventive exam of uterine cervix cancer. Exploratory research, descriptive, with qualitative approach, developed with 15 women who frequent a Basic Health Unit of a country town of the state Rio Grande do Sul, using a script for the half-structured interview. The women show some knowledge about the exam, even being superficial and confusing. The health professionals have, at their reach, the health education as strategy for the women empowerment, considering their personal subjectivity acquired. The lack of a proper knowledge makes that a lot of women have doubts about the real value that exist in the preventive exam of uterine cervix.

Conocer las percepciones de las mujeres atendidas en una Unidad Básica de Salud (UBS) acerca del examen preventivo del cáncer de cuello uterino. Investigación exploratoria, descriptiva, con abordaje cualitativo, realizado con 15 mujeres atendidas en una UBS del interior del Rio Grande do Sul, utilizándose un guión para entrevista semiestructurada. Los datos fueron sometidos al análisis temático. Las mujeres presentan un conocimiento acerca del examen, aunque sea superficial y confuso. Los profesionales tienen, a su alcance, la educación en salud como estrategia para el empoderamiento de las usuarias, considerando sus subjetividades personales adquiridas. La falta de conocimiento adecuado hace con que muchas mujeres tengan dudas sobre el verdadero sentido de la realización del examen preventivo del cáncer de cuello uterino.
Descritores: Neoplasias do Colo do Útero
Saúde da Mulher
Enfermagem
Prevenção de Doenças
Limites: Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: CO136.1 - Biblioteca


  5 / 670 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1119852
Autor: Alencar, Danieria de Sá.
Título: Projeto de intervenção: fortalecimento das ações de vigilância da leishmaniose visceral com enfoque na prevenção, monitoramento e controle do reservatório canino no munícipio de Salgueiro ­ PE / Intervention project: strengthening of visceral leishmaniasis surveillance actions with a focus on prevention, monitoring and control of the canine reservoir in the municipality of Salgueiro - PE.
Fonte: Serra Talhada; s.n; 2017. 22 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Escola de Governo em Saúde Pública de Pernambuco para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A leishmaniose visceral é uma doença infecciosa grave de evolução lenta, a sua transmissão se dá através da picada de um vetor flebotomíneo infectado. Essa doença é considerada um grave problema de saúde pública, acomete pessoas de todas as idades e, se não diagnosticada e tratada, pode ser fatal. Objetivo: Fortalecer as ações de Vigilância da Leishmaniose Visceral com enfoque na prevenção, monitoramento e controle do reservatório canino no município de Salgueiro ­ PE. Metodologia: Trata-se de um estudo de intervenção com período da intervenção Março/ 2018 a Dezembro/2018. Será realizado no município de Salgueiro-PE, em que será dividido em três etapas de desenvolvimento: o primeiro momento da etapa é a apresentação da proposta do projeto; a segunda é a formação da equipe que vai trabalhar com ações educativas; e a terceira etapa Incentivar a atual gestão de saúde a multiplicar as ações educativas, bem como iniciar o controle de população canina errante por meio de esterilização. Resultados Esperados: Intensificação da Educação em Saúde na Unidade Básicas de Saúde; a conscientização e participação comunitária em relação as medidas de prevenção e controle dos focos de transmissão; diminuição da população canina e consequentemente de LVH em humanos.(AU)
Descritores: Vigilância em Saúde Pública
Leishmaniose Visceral
-Saúde Pública
Educação Profissional em Saúde Pública
Prevenção de Doenças
Capacitação Profissional
Responsável: BR1903.1 - Biblioteca Nelson Chaves
BR1903.1; 614:616.993.161(813.42), A368f


  6 / 670 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1119809
Autor: Lucena, Israely Gomes de.
Título: Fortalecimento das ações de prevenção e promoção da saúde dos adolescentes nas unidades básicas de saúde de Terra Nova - Pernambuco / Strengthening of prevention and health promotion actions for adolescents in basic health units in Terra Nova - Pernambuco.
Fonte: Serra Talhada; s.n; 2017. 21 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Escola de Governo em Saúde Pública de Pernambuco para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução: A adolescência é uma fase da vida marcada por um complexo processo de crescimento, desenvolvimento biopsicossocial, de vulnerabilidades e potencialidades. Diante disto, considerando a fragilidade existente nas estratégias e ações de participação, que visem os adolescentes integralmente, pelas Unidades Básicas de Saúde, tendo também em vista o número de casos de gravidez na adolescência, de Doenças Sexualmente Transmissíveis e HIV, além da prevalência de doenças crônicas, como asma e Diabetes Mellitus, faz-se necessário uma qualificação na atenção a saúde dos adolescentes pelas Unidades Básicas de Saúde. Objetivos: Neste projeto foram estabelecidos os objetivos, etapas, estratégias e atividades necessárias a alcançar o objetivo de fortalecer as ações de prevenção e promoção à saúde do adolescente, na Estratégia de Saúde da Família, em Terra Nova ­ Pernambuco, frente à sensibilização dos gestores e a realização de ações educativas com os profissionais da Estratégia de Saúde da Família e com os adolescentes. Metodologia: Trata-se de um estudo de intervenção, realizado no município de Terra Nova-PE, no período de janeiro/2018 a julho/2018. A população envolvida será composta pelos adolescentes, profissionais da ESF, profissionais do Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF) e Coordenação do Programa Saúde na Escola (PSE). Resultados esperados: Com o desenvolvimento desse projeto de intervenção, espera-se, a qualificação dos profissionais de saúde da estratégia de Saúde da família de Terra Nova para realização do trabalho com qualidade com os adolescentes, com ações educativas, como também a sensibilização dos gestores para que possam ver esse projeto como elemento colaborador de sua gestão, além da oferta da assistência integral a saúde do adolescente.(AU)
Descritores: Saúde do Adolescente
Promoção da Saúde
-Estratégia Saúde da Família
Assistência à Saúde
Prevenção de Doenças
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Responsável: BR1903.1 - Biblioteca Nelson Chaves
BR1903.1; 614-053.6(813.42), L931f


  7 / 670 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-964403
Autor: Perú. Ministerio de Salud; .Dirección General de Epidemiología.
Título: Plan nacional de prevención y respuesta frente al cólera. Perú 2013-2014 / National plan for prevention and response to cholera. Peru 2013-2014.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud; 20130000. 36 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El documento contiene la organización e implementación de las acciones integrales de promoción, prevención y control de cólera en el ámbito del sector salud frente a una potencial epidémica de cólera en el país.
Descritores: Prevenção de Doenças
-Cólera
Gastroenteropatias
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  8 / 670 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: biblio-845386
Autor: Pasarón Pérez, María Victoria; Martínez Abreu, Judit; Macías Castro, Concepción de la Caridad; Viera Santiago, Marisela; Bravo Calzadilla, Mabel; Morán García, Nancy de la Caridad.
Título: Nivel de conocimientos en pacientes con traumatismo dental / Level of knowledge in patients with dental trauma
Fonte: Rev. medica electron;39(1):24-32, ene.-feb. 2017.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: el traumatismo de los dientes es uno de los accidentes más dramáticos que le suceden a una persona y su frecuencia en la clínica odontológica es cada día mayor, por lo que se requieren conocimientos en la población para su manejo inmediato y adecuado. Objetivo: determinar el nivel de conocimientos de pacientes con traumatismos dentales. Materiales y Métodos: se realizó un estudio descriptivo y transversal en la población del Área de Salud Pueblo Nuevo, Policlínico Docente “Carlos Verdugo” en el período comprendido del 2009 al 2014. La población estudiada fueron los pacientes que acudieron a consulta de urgencia, con traumatismos en dientes anteriores (215 pacientes), previo consentimiento informado. Resultados: mayor afectación del sexo masculino (65,1 %), así como mayor frecuencia de traumatismos en dientes permanentes que en dientes temporales. La escuela y el estomatólogo fueron las principales fuentes de información acerca del tema (7 % en ambos casos). El nivel de conocimientos que predominó fue el bajo (83,7 %), la población considera que se puede esperar días, como el criterio de actuación ante un trauma dentario. Conclusiones: predominó el sexo masculino, el traumatismo dental fue más frecuente en edades de 4 hasta 11 años y en dientes permanentes. Las fuentes de información reconocidas fueron el estomatólogo y la escuela. Se apreció un desconocimiento general, sobre todo en el manejo inmediato de esta afección (AU).

Introduction: dental trauma is one of the most dramatic accidents a person can suffer and its frequency in dental clinic is higher and higher; therefore it is required the population knowledge on its immediately and adequate handling. Aim: to determine the knowledge level of patients with dental trauma. Materials and methods: a descriptive, cross-sectional study was carried out in the population of Pueblo Nuevo Health Area, Teaching Policlinic "Carlos Verdugo", in the period from 2009 to 2014. Results: male sex was the most affected one (65.1 %), and the frequency of trauma in permanent teeth was higher than in deciduous ones. School and dentist were the main information sources on the theme (7 % in both cases). The predominant knowledge level was low (83.7 %). Population considers that waiting several days could be the behavioural criteria in the case of dental trauma. Conclusions: male sex was the predominant one; dental trauma was more frequent in 4-11 years age. The recognized information sources were the dentist and school. A general lack of knowledge was appreciated, above all in the immediate handling of the affection (AU).
Descritores: Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Saúde Bucal/educação
Saúde Bucal/tendências
Traumatismos Dentários/prevenção & controle
-Atenção Primária à Saúde/métodos
Epidemiologia Descritiva
Estudos Transversais
Diagnóstico Bucal
Prevenção de Doenças
Reabilitação Bucal/métodos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: CU424.1 - Centro Provincial de Información de Ciencias Médicas


  9 / 670 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1119256
Autor: Maciel, Ethel Leonor Noia.
Título: AIDS and TB: do we finally have good news on the front? / AIDS e TB: finalmente boas notícias na frente de combate?
Fonte: DST j. bras. doenças sex. transm;31(1):34-35, 31-03-2019.
Idioma: en.
Descritores: Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
HIV
Prevenção de Doenças
-Vírus
Saúde
Doença
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Carta
Responsável: BR2499


  10 / 670 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1119252
Autor: Orlandi, Vania; Fronza, Dilson; Horvath, Josana Aparecida Dranka; Yonegura, Winny Hirome Takahashi; Gomes, Douglas Soltau.
Título: Clinical and epidemiological profile of patients who seek post-exposure prophylaxis after sexual exposure to HIV and their adherence to the medication regimen in a specialized center in Cascavel, Paraná, Brazil / Perfil clínico e epidemiológico de pacientes que buscam profilaxia pós-exposição sexual ao HIV e sua adesão à medicação em Cascavel, Paraná, Brasil
Fonte: DST j. bras. doenças sex. transm;31(1):14-18, 31-03-2019.
Idioma: en.
Resumo: Introduction: Post-Exposure Prophylaxis (PEP) is part of a new strategy for the prevention of Human Immunodeficiency Virus transmission adopted by the Brazilian Ministry of Health. The approach involves the use of antiretroviral medication for 28 days after potential exposure to HIV in order to prevent the establishment of infection. Objective: To evaluate the epidemiological profile of patients who seek PEP after consensual sexual activity in a specialized center for infectious diseases in Cascavel, Paraná, Brazil. Methods: This study involved retrospectively evaluating a cohort based on the medical records of patients who received PEP between November 2011 and July 2016. Results: A total of 153 medical records were analyzed and it was observed that more men (77.12%) than women (22.9%) sought PEP. The average age of women and men was 30.05 years and 29.06 years, respectively. Since the implementation of PEP in 2001, the annual demand for the treatment has steadily increased. The majority of patients (96.76%) sought care within the 72-hour deadline for the start of prophylaxis. Although 85.62% of total cases received recommendations for the use of prophylaxis, it was possible to verify adherence to the medication regimen for the recommended time in only 45.90% of cases. Among the patients who adhered to treatment, no cases of seroconversion were observed. A gradual decrease in attendance of follow-up appointments was noted, with approximately 45% of patients abstaining after 30 days of initial care, increasing to nearly 80% after 12 weeks. Conclusion: Despite the apparent efficacy of prophylaxis, keeping track of patients undergoing prophylactic treatment remains difficult. Improved knowledge on the epidemiological profile of the population in question may be expected to guide public policies aimed at the prevention of Acquired Immunodeficiency Syndrome.

A profilaxia pós-exposição (PPE) faz parte das novas estratégias de prevenção da transmissão do vírus da imunodeficiência humana adotadas pelo Ministério da Saúde do Brasil. A abordagem constitui-se do uso de medicação antirretroviral por 28 dias após potencial exposição ao vírus, impedindo que o mesmo se estabeleça no organismo. Objetivo: Avaliar o perfil epidemiológico de pacientes que buscam PPE por atividade sexual consensual em um centro especializado em doenças infecciosas de Cascavel, Paraná, Brasil. Métodos: O trabalho consistiu na avaliação de uma coorte retrospectiva baseada na coleta de dados de prontuários de atendimentos para PPE sexual de novembro de 2011 a julho de 2016. Resultados: Foram analisados 153 prontuários e observou-se procura superior por PPE por indivíduos do sexo masculino (77,12%) em relação ao feminino (22,9%). A média de idade foi de 30,05 anos entre as mulheres e 29,06 entre os homens. Observou-se tendência de demanda anual ascendente de procura pelo serviço desde a implantação da PPE em 2011. A grande maioria dos pacientes (96,76%) buscou atendimento dentro do prazo limite de 72 horas para o início da profilaxia. Do total de casos, 85,62% recebeu recomendação para o uso da medicação profilática, em apenas 45,90% desses foi possível verificar a aderência à medicação pelo tempo recomendado. Entre os pacientes que aderiram à profilaxia não foram registrados casos de soroconversão. Verificou-se redução gradativa do comparecimento às consultas de acompanhamento, houve abstenção de aproximadamente 45% após 30 dias do atendimento inicial, chegando a quase 80% passadas 12 semanas. Conclusão: Apesar da aparente eficácia da profilaxia, ainda existe dificuldade em manter o acompanhamento dos pacientes para os quais o tratamento foi instituído. Espera-se que o melhor conhecimento das informações acerca do perfil da população em questão possa contribuir para o direcionamento de políticas públicas voltadas à prevenção da síndrome da imunodeficiência adquirida.
Descritores: Papillomaviridae
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Prevenção de Doenças
-Sexo
Perfil de Saúde
Antirretrovirais
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR2499



página 1 de 67 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde