Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP2.031.197 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 387 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 39 ir para página                         

  1 / 387 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1146233
Autor: Weber, Mônica Ludwig; Vendruscolo, Carine; Adamy, Edlamar Kátia; Silva, Clarissa Bohrer da.
Título: Melhores Práticas na perspectiva de Enfermeiros da Rede de Atenção à Saúde / Best practices for nurses in the health care network
Fonte: Enferm. foco (Brasília);11(3):87-92, dez. 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: compreender e estimular o desenvolvimento de melhores práticas entre enfermeiros de uma Rede de Atenção à Saúde. Metodologia: pesquisa-ação, alicerçada no referencial metodológico de Paulo Freire. Realizaram-se três Círculos de Cultura, com 10 enfermeiros atuantes no Oeste de Santa Catarina, entre os meses de junho a agosto de 2018. As informações foram analisadas à luz dos atributos da Atenção Primária à Saúde. Resultados: o ideário das melhores práticas converge com estratégias como a interlocução, integração e apoio entre enfermeiros e demais profissionais da Rede, constituindo a base para uma Atenção Primária resolutiva. Os desafios para a sua realização perpassam a mudança do modelo de atenção, refletindo, sobretudo, na efetivação dos atributos essenciais na Atenção Primária. Conclusões: o estudo provocou a reflexão e, em certa medida, a reconstrução da práxis dos enfermeiros, que se percebem como protagonistas, no âmbito do sistema de saúde. (AU)

Objective: to understand and encourage the development of best practices among nurses in a Health Care Network. Methodology: action research, based on Paulo Freire's methodological framework. Three Culture Circles were held, with 10 nurses working in the West of Santa Catarina, between the months of June to August 2018. The information was analyzed in the light of the attributes of Primary Health Care. Results: the ideal of best practices converges with strategies such as interlocution, integration and support between nurses and other professionals of the Network, constituting the basis for resolving Primary Care. The challenges for its realization permeate the change in the model of care, reflecting, above all, in the realization of the essential attributes in Primary Care. Conclusions: the study provoked reflection and, to a certain extent, the reconstruction of the praxis of nurses, who perceive themselves as protagonists, within the scope of the health system. (AU)

Objetivo: comprender y fomentar el desarrollo de mejores prácticas entre enfermeras en una Red de Atención Médica Metodología: investigación de acción, basada en el marco metodológico de Paulo Freire. Se realizaron tres Círculos de Cultura, con 10 enfermeras que trabajan en el oeste de Santa Catarina, entre los meses de junio a agosto de 2018. La información se analizó a la luz de los atributos de La Atención Primaria de Salud. Resultados: el ideal de las mejores prácticas converge com estrategias como la interlocución, integración y apoyo entre enfermeras y otros profesionales de la Red, que constituy en la base para resolver la Atención Primaria. Los desafíos para su realización impregnan el cambio en el modelo de atención, reflejando, sobre todo, en la realización de los atributos esenciales en Atención Primaria. Conclusiones: el estudio provoco la reflexión y, en cierta medida, la reconstrucción de la praxis de las enfermeras, que se perciben a si mismas como protagonistas, dentro del alcance del sistema de salud. (AU)
Descritores: Serviços Básicos de Saúde
-Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Enfermagem
Conhecimento
Educação Continuada
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR1898.2 - Biblioteca


  2 / 387 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1051626
Autor: Palada Avila, Silvia Lizzeth.
Título: Mortalidad del menor de un año en el modelo de gestión descentralizado Madre Feliz (MAFE) de la red de salud de Taulabe Comayagua año 2012 / Mortality of children under one year of age in the Madre Feliz decentralized management model (MAFE) of the Taulabe Comayagua health network in 2012.
Fonte: Tegucigalpa; s.n; 2018. 151 p. tab., graf..
Idioma: es.
Tese: Apresentada a Universidad Nacional Autónoma de Honduras para obtenção do grau de Maestría.
Descritores: Mortalidade Infantil
Programas Nacionais de Saúde/organização & administração
-Redes Comunitárias/provisão & distribução
Serviços Básicos de Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Responsável: HN1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  3 / 387 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1047748
Autor: Santos, Amanda Basílio Bastos dos; Melo, Enaldo Vieira de; Dias, Júlia Maria de Gonçalves; Didou, Rayssa da Nóbrega; Araujo, Rodrigo Almeida Santiago de; Santos, Willas de Oliveira; Araújo, Lorena Barreto.
Título: Grau de conhecimento das gestantes do serviço público sobre parto humanizado / Level of knowledge of pregnant women in the public service about humanized birth
Fonte: ABCS health sci;44(3):172-179, 20 dez 2019. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: INTRODUÇÃO: A conscientização das gestantes é fundamental para experiências positivas de parto. OBJETIVO: Avaliar o grau de conhecimento das gestantes em dois serviços públicos sobre parto humanizado. Caracterizar epidemiologicamente a população estudada. MÉTODOS: Estudo descritivo realizado entre julho e agosto de 2017. Amostra com 297 gestantes foram selecionadas 200 após aplicação dos critérios de exclusão. Utilizados testes estatísticos de associações de variáveis (Qui-quadrado e Exato de Fisher). RESULTADOS: A média de idade das gestantes foi 26,6 anos. A maioria era procedente do interior do estado (72,5%), com renda até um salário mínimo (90,5%), e com mais de oito anos de estudo (62,5%). 71% iniciaram pré-natal até o primeiro trimestre e o pré-natal foi conduzido por médico em 72% dos casos. 71% preferiam parto normal e 44% tinha medo de cesárea. Profissional pré-natalista não ofereceu informações para 66,5%. 30,5% conhecia parto humanizado, destas 83,6% apresentaram conceito adequado. Houve associação entre conhecimento sobre parto humanizado e procedência (Aracaju) (p=0,03), maior renda (p=0,02), menor ocorrência de aborto (p=0,04), médico pré-natalista (p=0,04) preferência pelo parto vaginal (p=0,04). Dentre as que não conheciam o parto humanizado houve associação de respostas corretas com a maior renda (p=0,03) e anos estudados (p=0,02) e médico pré-natalista (p=0,01). CONCLUSÃO: A maioria desconhecia o parto humanizado, era procedente do interior com menor renda, preferência por parto normal, sem informações quanto aos tipos de parto pelo profissional executante (na maioria médicos), quem conhecia adequadamente. Conceitos adequados sobre parto humanizado mesmo na ausência de informação prévia associaram-se às variáveis socioeconômico e pré-natal.

INTRODUCTION: The awareness of pregnant women is fundamental to positive birth experiences. OBJECTIVE: To analyze the level of knowledge on humanized birth of pregnant women from two public services and characterize the sample epidemiologically. METHODS: Descriptive study using questionnaire between June and August 2017. Sample with 297 pregnant women being selected 200 after applying the exclusion criteria. Association test of variables were used (Chi-square and Fisher's exact test). RRESULTS: Mean age was 26.6 years. Majority were from countryside (72.5%), income up to a minimum wage (90.5%) and more of eight years of education (62.5%). 71% started prenatal care in the first trimester and it was conducted by physician in 71% of cases. 71% preferred vaginal delivery and 44% related fear of cesarean. Prenatal professional in charge did not provide information for 66.5%. 30.5% have heard about humanized childbirth, among these, 83.6% showed adequate concepts. Associations were observed between prior knowledge of humanized childbirth and origin (Aracaju) (p=0.03), higher income (p=0.02), lower abortion incidence (p=0.04), prenatal physician (p=0.04) and preference for normal childbirth (p=0.04). Among women without previous knowledge on humanized childbirth there association of correct concept with higher income (p=0.03), schooling (p=0.02) and prenatal physician (p=0.01). CONCLUSION: The majority did not know about humanized delivery, were from the countryside with lower income, preference for normal birth, were not informed on the types of delivery by the professional practitioner (in majority doctors), whom knew properly. Adequate concepts about humanized childbirth, even in the absence of prior information, were associated to socio-economic and prenatal variables.
Descritores: Serviços Básicos de Saúde
Parto Humanizado
Parto Obstétrico
Gestantes
Humanização da Assistência
Serviços de Saúde
-Atenção Primária à Saúde
Funções Essenciais da Saúde Pública
Comunicação em Saúde
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1342.1 - Biblioteca da Escola de Enfermagem BENF


  4 / 387 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1049329
Autor: Garcia, Mariana Coelho Moura; Barra, Jhayne Fonda; Silva, Érika Andrade e; Coelho, Angélica da Conceição Oliveira.
Título: Avaliação da acessibilidade na atenção primária à saúde na perspectiva dos gerentes / Evolution of accessibility in primary health care from the perspective of managers
Fonte: HU rev;45(3):283-288, 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: O sistema público brasileiro está alicerçado pela atenção primária à saúde, que se caracteriza como o primeiro contato preferencial dos usuários com o serviço de saúde. Nesse contexto, destaca-se a avaliação do serviço como uma ferramenta de gestão que busca detectar possíveis fragilidades e potencialidades do serviço. Objetivo: Avaliar a presença e extensão do atributo acessibilidade na perspectiva dos gerentes da atenção primária à saúde. Material e Métodos: Estudo transversal de caráter avaliativo. Os dados foram coletados entre 42 gerentes das unidades de atenção primária à saúde, por meio do questionário auto aplicável Primary Care Asssessment Tool ­ Brasil, versão para profissionais. A análise estatística foi realizada através do software Statiscal Package for the Social Sciences (versão 22). O teste U de Mann Whitney foi utilizado para comparação dos escores entre os modelos de atenção (eSF e eAB), áreas (rural e urbana), formação e qualificação profissional, com nível de significância de 5%. Resultados: A acessibilidade mostrou-se insatisfatória em todas as análises, com melhor avaliação das equipes de Saúde da Família (p=0,375), na área rural (p=0,528), entre os profissionais que possuem especialização em saúde da família (p=0,685) e residência em saúde da família (p=0,196). Conclusão: O estudo apontou fragilidades estruturais do serviço no que diz respeito à acessibilidade e identificou a importância de investimentos na qualificação dos profissionais como fator que promove melhor acesso ao serviço.

Introdution: The Brazilian public system is enabled by Primary Health Care, wich presents as the first preferential contact of users with the health service. Given this importance, select a service evaluation as a search management tool that can detect potential service weaknesses and potentials. Objective: To assess the presence and extension of the accessibility attribute from the perspective of primary health care managers. Material and Methods: Evaluative cross-sectional study. Data were collected from 42 managers of primary health care units, through the self-administered questionnaire Primary Care Assessment Tool-Brazil, version for professionals. Statistical analysis was performed using the Statiscal Package for Social Sciences software (version 22). The Mann Whitney U test was used to compare the scores the attention models (eSF na eAB), areas (rural and urban), training and professional qualification, with a significance level of 5%. Results: Accessibility was unsatisfactory in all analyzes, with better evaluation of Family Health teams (p=0,375) in the rural areas (p=0,528) among professionals who havespecialization in Family health (p=0,685) and Family health residency (p=0,196). Conclusion: The study pointed out structural weaknesses of the service regarding accessibility, and identified the importance of investments in the qualification of professionals as a factor that promotes better access to the service.
Descritores: Equipe de Assistência ao Paciente
Atenção Primária à Saúde
Análise Estatística
Inquéritos e Questionários
Pessoal de Saúde
Agentes Comunitários de Saúde
Serviços Básicos de Saúde
Capacitação de Recursos Humanos em Saúde
Serviços de Saúde
Pesquisa sobre Serviços de Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  5 / 387 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Barbosa, Maria Alves
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-968436
Autor: Maia, Ludmila Grego; Silva, Luiz Almeida da; Guimarães, Rafael Alves; Pelazza, Bruno Bordin; Pereira, Ana Cláudia Souza; Rezende, Wender Lopes; Barbosa, Maria Alves.
Título: Internações por condições sensíveis à atenção primária: um estudo ecológico / Hospitalizations due to primary care sensitive conditions: an ecological study
Fonte: Rev. saúde pública (Online);53, jan. 2019.
Idioma: en; pt.
Resumo: OBJETIVO: Avaliar a tendência das internações por condições sensíveis à atenção primária e sua relação com a cobertura da Estratégia Saúde da Família. MÉTODOS: Estudo ecológico de séries temporais utilizando registros do Sistema de Informação Hospitalar referentes ao período de 2005 a 2015, com dados para o estado de Goiás. As análises de tendência foram realizadas por regressão linear generalizada pelo método de Prais-Winsten com variância robusta, que permitiu verificar se a tendência de internações por condições sensíveis à atenção primária foi estacionária (p > 0,05), declinante (p < 0,05 e coeficiente de regressão negativo) ou ascendente (p < 0,05 e coeficiente de regressão positivo) em cada região de Goiás e por grupo diagnóstico estratificado por sexo. A correlação de Pearson foi utilizada para verificar o grau de associação entre cobertura da Estratégia Saúde da Família e a taxa de internações por condições sensíveis à atenção primária. RESULTADOS: As internações por condições sensíveis à atenção primária foram responsáveis por 1.092.070 (30,0%) internações em Goiás. A taxa média de internações por condições sensíveis à atenção primária foi estaticamente menor que a taxa por outras condições no período analisado (167,6% versus 386,2%; t = −13,18; p < 0,001). Verificou-se uma tendência decrescente das taxas de internações por condições sensíveis à atenção primária em Goiás e na maioria das regiões de saúde. As tendências variaram entre os sexos nos grupos de causas. Observou-se correlação negativa entre a cobertura da Estratégia Saúde da Família e a taxa de internações por condições sensíveis à atenção primária no estado e também na maioria das regiões de saúde. CONCLUSÕES: As internações por condições sensíveis à atenção primária tiveram tendência de redução significativa ao longo do período analisado. Apesar dessa diminuição progressiva, essa taxa permanece elevada e a tendência de redução não foi linear para todas as causas. Estes resultados possibilitam direcionar políticas públicas, ao desenhar um panorama geral das internações por condições sensíveis à atenção primária por sexo e região no estado.(AU)

OBJECTIVE: To evaluate the trend of hospitalizations due to primary care sensitive conditions and its relationship with the Family Health Strategy coverage. METHODS: Ecological study of time series using the records from the Hospital Information System, from 2005 to 2015, with data for the state of Goiás, Brazil. Trend analyses were performed by the generalized linear regression method of Prais-Winsten with robust variance, which allowed to verify if the trend of hospitalizations due to primary care sensitive conditions was stationary (p > 0.05), declining (p < 0.05 and negative regression coefficient), or ascending (p < 0.05 and positive regression coefficient) in each region of Goiás and for each diagnosis group, stratified by sex. Pearson correlation was used to verify the degree of association between the Family Health Strategy coverage and the rate of hospitalizations due to primary care sensitive conditions. RESULTS: Hospitalizations due to primary care sensitive conditions accounted for 1,092,070 (30.0%) of hospitalizations in Goiás. The average hospitalizations rate due to primary care sensitive conditions was statically less than the rate for other conditions in the analyzed period (167.6% against 386.2%; t = −13.18; p < 0.001). There has been a downward trend in hospitalizations trend due to primary care sensitive conditions in Goiás and in most health regions. The trends varied between sexes in the groups of causes. We observed a negative correlation between the Family Health Strategy coverage and the hospitalizations trend due to primary care sensitive conditions in the state and also in most health regions. CONCLUSIONS: Hospitalizations due to primary care sensitive conditions had a significant reduction trend over the analyzed period. Despite this progressive decrease, this rate remains high and the reduction trend was not linear for all causes. These results allow for directing public policies, while drawing a general overview of hospitalizations due to primary care sensitive conditions by sex and region in the state.(AU)
Descritores: Atenção Primária à Saúde/organização & administração
Triagem/organização & administração
Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde
Serviços Básicos de Saúde
-Brasil
Estudos Ecológicos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 387 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1128280
Autor: Mendonça, Raquel de Deus; Lopes, Mariana Souza; Carvalho, Maria Cecília Ramos de; Freitas, Patrícia Pinheiro de; Lopes, Aline Cristine Souza.
Título: Adherence to healthy lifestyles in the Programa Academia da Saúde / Adesão a estilos de vida saudáveis no Programa Academia da Saúde
Fonte: Rev. bras. ativ. fís. saúde;25:1-9, set. 2020. tab, fig.
Idioma: en.
Resumo: This study aims to measure healthy lifestyles according to the time of participation in the Programa Academia da Saúde (PAS). We used baseline data from a randomized controlled community trial with a representative sample of PAS users from Belo Horizonte, Brazil (n = 3,414). The data on healthy lifestyles collected were: daily fruit and vegetables intake (≥5 servings); physical activity engagement (≥180min/week); body mass index (18.5kg/m² ≥ BMI ≤ 24.9kg/m²), smoking and drinking habits.The time of participation in the PAS was calculated by the difference between the date of registration in the program and the date of the data collection. Logistic regression models were used to evaluate associations between healthy lifestyles and time of participation in the PAS. Almost half of the participants (43.3%) had three healthy lifestyle factors. The prevalence of having all five factors varied according to the time of participation in the service; the lowest rates were in the first quartile (4.9%) and the highest rates in the fourth quartile (8.1%). Those who have attended the service for the longest time (fourth quartile) were more likely to have a healthy BMI (OR = 1.43; 95%CI: 1.14-1.80; p = 0.002) and to avoid smoking (OR = 1.62; 95%CI: 1.06-4.49; p = 0.01), compared to those who have attended the program for less time (first quartile). The prevalence of healthy lifestyles in PAS users was low. However, a longer permanence in the program seems to favor positive changes on BMI and on smoking habits

Este estudo avaliou estilos de vida saudáveis segundo o tempo de participação no Programa Academia da Saúde (PAS). Para tanto, foram utilizados dados da linha de base de um ensaio comunitário controlado e aleatorizado com amostra representativa (n = 3.414) do PAS de Belo Horizonte, Brasil. Os dados sobre estilos de vida coletados foram: consumo diário de frutas e hortaliças (≥ 5 porções); prática de atividade física (≥180min/semana); índice de massa corporal (18,5kg/m² ≥ IMC ≤ 24,9kg/m²), não fumar e não ingerir bebidas alcoólicas. O tempo de participação no PAS foi calculado pela diferença entre data de ingresso no serviço e da coleta de dados. Modelos de regressão logística foram ajustados para avaliar as associações entre estilo de vida e tempo de participação no PAS. Quase a metade dos participantes (43,3%) apresentou adesão a três fatores de estilo de vida saudável. As prevalências de todos os cinco fatores variaram segundo o tempo de participação no Programa; as menores prevalências foram no primeiro quartil (4,9%) e maiores do quarto quartil (8,1%) de tempo. Aqueles que participavam do PAS a mais tempo apresentaram maiores probabilidades de ter um IMC saudável (OR = 1,43; IC95%: 1,14-1,80; p = 0,002) e de não fumar (OR = 1,62; IC95%: 1,06-4,49; p = 0,01), comparados aos que participavam do Programa a menos tempo (primeiro quartil). A adesão aos estilos de vida saudáveis entre os usuários do PAS foi baixa. No entanto, maior tempo de participação no serviço pode favorecer mudanças positivas no IMC e no hábito de fumar
Descritores: Verduras
Índice de Massa Corporal
Serviços Básicos de Saúde
Frutas
Atividade Motora
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  7 / 387 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1120490
Autor: Rodrigues, Jorgas Marques.
Título: Participação cidadã e acessibilidade dos usuários em situação de pobreza aos serviços básicos de saúde / Citizen participation and accessibility of users in situations of poverty to basic health services.
Fonte: Salvador; s.n; 2008. 99P p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Bahia para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Na Reforma Administrativa do Estado, entendimento sobre cidadania e Direitos Políticos dos cidadãos pelos beneficiários do Programa Bolsa Família é considerado um aspecto relevante para a melhoria da acessibilidade aos serviços públicos e aprimoramento do exercício da cidadania ativa, partindo-se do princípio de que cidadãos mais cônscios quanto aos seus direitos políticos exigem do poder público, serviços de melhor qualidade. Questiona-se em que medida a participação cidadã dos usuários em situação de pobreza, contribui para facilitar a acessibilidade aos serviços básicos de saúde? Este trabalho tem como objetivo geral avaliar em que medida a participação cidadã dos usuários interfere na sua acessibilidade aos serviços básicos de saúde na cidade de Salvador/Ba. Como objetivos específicos: avaliar como se dá a participação cidadã dos beneficiários do Programa Bolsa Família na vida associativa e nos serviços básicos de saúde em Salvador; identificar, de que maneira os serviços básicos de saúde atendem aos grupos populacionais com menor renda. Parte-se da Hipótese de que a falta de participação cidadã interfere negativamente na acessibilidade dos usuários do Programa Bolsa Família - PBF aos serviços básicos de saúde. Neste estudo interessa o princípio da participação cidadã e sua relação com a acessibilidade aos serviços básicos de saúde, considerando-se os usuários dos Serviços de Saúde e os beneficiários do PBF. Um estudo exploratório com abordagem quantitativo, realizado na Unidade Básica de Saúde Adroaldo Albergaria, no Distrito Sanitário do Subúrbio Ferroviário da Cidade de Salvador­ Bahia. A amostra correspondeu a um percentual de 11,6 do total de usuários cadastrados no PBF, com um nível de confiança de 95%, margem de erro de 5,2% totalizando 315 usuários pesquisados. O plano de análise dos dados quantitativos é focado em informações referentes à participação cidadã e às dificuldades de acessibilidade aos serviços básicos de saúde do usuário em situação de pobreza. O foco da análise é sobre a dimensão estrutural por entender ser esta passível de melhoria, a partir da capacidade de gestão. Observou-se baixa predisposição (14,0%) à participação dos beneficiários do PBF na vida associativa e como principais motivos (23,0%) por desconhecerem e (18,7%) por ninguém ter chamado, (61,3%) disseram jamais terem participado de discussão dos problemas de saúde na comunidade e depositam maior grau de confiança nas instituições, as religiosas (34,4%), relativos aos seus direitos políticos (42,6%) não sabem e (7,8%) disseram "não" tê-los e para o uso gratuito dos serviços de saúde (9,5%) entendem como uma recompensa do governante por ter sido eleito pelo povo. Frente às dificuldades de acessibilidade (79%), os pesquisados relatam existir e com um equilíbrio aos fatores: estrutural, social, econômico e cultural. Apesar da presença do Estado Democrático de Direito (EDD), a participação dos segmentos populacionais socialmente excluídos, na gestão da esfera pública é ainda frágil e incipiente e os dispositivos constitucionais assegurarem os direitos políticos e a participação cidadã, isto não se verificou no estudo empírico, confirmando a hipótese previamente enunciada, e ainda, os grupos com menor poder de pressão ante o executivo e legislativo têm menos oportunidade de obterem atendimento nas suas demandas.(AU)
Descritores: Enfermagem em Saúde Comunitária
Participação da Comunidade
Serviços Básicos de Saúde
Acesso aos Serviços de Saúde
-Programas e Políticas de Nutrição e Alimentação
Serviços de Saúde/provisão & distribução
Limites: Humanos
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  8 / 387 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1098726
Autor: Batista, Bruno Dias; Andrade, Mayara Evangelista de; Gadelha, Marília Moreira Torres; Silva, Jéssica Mayara Almeida; Fernandes, Petra Kelly Rabelo de Sousa; Fernandes, Marcelo Costa.
Título: Discurso de homens sobre o acesso à saúde na atenção básica / El discurso de hombres sobre el acceso a la salud en la atención primaria / Discourse of men about access to health in primary health care
Fonte: Rev. baiana enferm;33:e29268, 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo conhecer os discursos de homens sobre o acesso à saúde na Atenção Básica. Método estudo descritivo, realizado em dezembro de 2016 com 20 usuários da Atenção Básica do município de Cajazeiras, Paraíba, Brasil. Adotou-se como recurso metodológico a Análise de Discurso. Resultados dos discursos emergiram as categorias: dificuldade em discernir as funções da Atenção Básica; exaltação do modelo biomédico; prática da medicalização; fatores de afastamentos do serviço; ausência de ações e programas destinados aos homens; e divergência entre masculinidade e feminilidade. Conclusão os discursos masculinos ratificaram a necessidade de reorientação de saberes e práticas dos serviços de saúde para ampliar o acesso da população masculina na Atenção Básica.

Objetivo conocer los discursos de hombres sobre el acceso a la salud en la Atención Primaria. Método estudio descriptivo realizado con 20 usuarios de la Atención Primaria de la ciudad de Cajazeiras, Paraíba, Brasil, en diciembre 2016. El Análisis del Discurso fue el recurso metodológico adoptado. Resultados las siguientes categorías emergieron de los discursos: dificultad en reconocer las funciones de la Atención Primaria; exaltación del modelo biomédico; práctica de medicalización; factores de distanciamiento del servicio; ausencia de acciones y programas destinados a los hombres; y diferencias entre masculinidad y feminidad. Conclusión los discursos masculinos ratificaron que es necesario reorientar saberes y prácticas de los servicios de salud para ampliar el acceso de la población masculina a la Atención Primaria.

Objective getting to know the discourses of men about the access to health care in Primary Healthcare. Method descriptive study carried out December 2016 with 20 users from the Primary Healthcare of the city Cajazeiras, Paraíba, Brazil. The Discourse Analysis was the methodological resource adopted. Results the following categories emerged from the discourses: difficulties in discerning the functions of Primary Healthcare; praise for the biomedical model; practice of medicalization; factors related to service leave; absence of actions and programs destined to men; and differences between masculinity and femininity. Conclusion male discourses ratified that knowledge and practices of health services need to be re-oriented to broaden the access of the male population to Primary Healthcare.
Descritores: Serviços Básicos de Saúde
Saúde do Homem
Enfermagem de Atenção Primária
Acesso aos Serviços de Saúde
-Atenção Primária à Saúde
Análise de Gênero na Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  9 / 387 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1120656
Autor: Lima, Aline Soares de.
Título: O trabalho da enfermeira na atenção básica: uma revisão sistemática / The work of nurses in primary care: a systematic review.
Fonte: Salvador; s.n; 2011. 134P p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Bahia para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Trata-se de um estudo de revisão sistemática para caracterizar o estado da arte na produção do conhecimento sobre o trabalho da enfermeira na atenção básica à saúde. Para tanto, sintetizamos o conhecimento produzido sobre o trabalho da enfermeira através da identificação, seleção e avaliação crítica de estudos científicos contidos em bases de dados eletrônicas, mediante a combinação de descritores. Adotamos como critérios para escolha dos artigos aqueles publicados em periódicos nacionais e internacionais relativos ao trabalho da enfermeira na atenção básica no período de 2000 a 2009; contendo resumo; escritos em língua portuguesa, inglesa ou espanhola; em formato completo; disponíveis online ou em bibliotecas locais, como as da Universidade Federal da Bahia e da Universidade Estadual de Feira de Santana. A seleção dos artigos se fez inicialmente através da leitura do título e do resumo. Assim, foram validados aqueles artigos considerados adequados e excluídos os repetidos entre as diferentes bases de dados pesquisadas ou que não retratavam, especificamente, o tema em estudo. A amostra final foi constituída por 68 artigos, sendo 55 nacionais e 13 internacionais. Os resultados evidenciam aspectos como o aumento de publicações ao longo da década adotada como parâmetro para o estudo; um maior índice de enfermeiras ocupando postos de trabalho não apenas no Brasil, mas também em outros países do mundo; o pouco tempo de permanência destas profissionais nos cargos que ocupam; e o aumento da busca por capacitação, através de cursos de especialização. Em relação ao trabalho da enfermeira, os artigos indicam práticas não comprometidas com os pressupostos estabelecidos pela Atenção Básica no Brasil, caracterizadas como ações desarticuladas, fragmentadas, superficiais e limitadas ao atendimento à demanda espontânea e com características predominantemente preventivistas. Alguns achados revelam uma falta de especificidade do trabalho, outros ponderam que esta especificidade se revela através da consulta de enfermagem e supervisão do processo de trabalho dos auxiliares e técnicos de enfermagem, e outros afirmam a falta de um consenso entre as profissionais do que seria ou não próprio/específico à prática profissional. Em relação ao valor social e econômico do trabalho, os artigos identificam-no como atribuição de valor intrínseco à falta de especificidade profissional e baixa remuneração salarial, sem maiores aprofundamentos. As condições de trabalho demonstram que a falta de articulação nas ações é um fator que causa estresse, sobrecarga e cansaço às enfermeiras, prejudicando sua saúde física e emocional. Quanto aos vínculos de trabalho das enfermeiras predominam os contratos precários, favorecendo a pouca vinculação e baixa responsabilização das trabalhadoras com os serviços onde atuam e com os seus usuários. Assim, apesar das limitações, esse estudo contribui para a divulgação do conhecimento, fornecendo subsídios para a construção de novos temas de pesquisa sobre o trabalho da enfermeira na Atenção Básica, além de revelar a necessidade de aprofundamento de tantos outros aspectos tratados de forma muito incipiente nos artigos revisados.(AU)
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Serviços Básicos de Saúde
Enfermagem do Trabalho
-Papel do Profissional de Enfermagem
Revisões Sistemáticas como Assunto
Limites: Humanos
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  10 / 387 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1120697
Autor: Santana, Geovana Raimunda Silva.
Título: Avaliação da capacidade de gestão terceirizada de unidade básica de saúde / Evaluation of the third party management capacity of a basic health unit.
Fonte: Salvador; s.n; 2008. 129P p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Bahia para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Este estudo avalia a capacidade de gestão terceirizada nas dimensões organizacional, operacional e da sustentabilidade em uma unidade básica com pronto-atendimento, no município de Salvador, Bahia. O arcabouço teórico está embasado na reforma do aparelho do Estado e no triângulo de governo de Matus. É um estudo de caso avaliativo, com abordagem qualitativa e quantitativa, no modelo de pesquisa interessada, cujo objetivo é apontar problemas e corrigir os rumos da gestão. A matriz dos indicadores foi construída com base nos princípios da integralidade, resolutividade e controle social instituídos pelo Sistema Único de Saúde, e os princípios da transparência, flexibilidade e autonomia de gestão que regem o novo gerencialismo público. Esses princípios sustentam a opção da adoção de modelos de gestão oriundos do privado em serviços públicos como os de saúde, considerados como não exclusivos do Estado e podendo ser executados para o setor público pelo setor privado. Os dados primários foram obtidos através de entrevistas estruturadas com informantes-chaves e os dados secundários através de análise documental e pesquisa em jornal. Os resultados demonstram fragilidade nas dimensões organizacional e de sustentabilidade e um desempenho razoável na dimensão operacional pela organização que terceiriza a gestão. Também apontam para o não cumprimento dos princípios orientadores dos indicadores selecionados. Nesse sentido, os resultados indicam que é necessária uma intervenção imediata para superar as fragilidades da gestão, sem a qual existirá comprometimento da Unidade Básica de Saúde (UBS) em assegurar a oferta de ações e serviços de saúde à população no longo prazo.(AU)
Descritores: Enfermagem Primária
Atenção Terciária à Saúde
Centros de Saúde
Eficiência Organizacional
Gestão em Saúde
-Serviços Básicos de Saúde
Serviços de Saúde
Limites: Humanos
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde



página 1 de 39 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde