Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP2.036.342 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 406 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 41 ir para página                         

  1 / 406 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1290271
Autor: Santana, Alef Diogo da Silva; Araújo, Ednaldo Cavalcante de; Abreu, Paula Daniella de; Lyra, Jorge; Lima, Marcos Soares de; Moura, Jefferson Wildes da Silva.
Título: Health vulnerabilities of transgender sex workers: an integrative review / Vulnerabilidades en términos de salud de las personas transgénero que ofrecen servicios profesionales de sexo: una revisión integradora / Vulnerabilidades em saúde das pessoas transgênero profissionais do sexo: revisão integrativa
Fonte: Texto & contexto enferm = Texto e contexto enfermagem;30:e20200475, 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CAPES.
Resumo: ABSTRACT Objective: to identify the health vulnerabilities of transgender sex workers. Method: an integrative review conducted in July 2020 in the PubMed, Web of Science, SCOPUS, CINAHL, IBECS and LILACS databases, with no language or time restrictions. The following descriptors indexed in DeCS and MESH and their respective synonyms were used: "Transgender persons", "Sex workers" and "Health vulnerability". The data were analyzed based on thematic analysis. Results: a total of 547 articles were retrieved and, after the selection and analysis process, 34 were included in this review. Four thematic classes emerged: "Knowledge, prevention and exposure to STIs in sex work"; "Use (and abuse) of illegal substances and alcohol"; "The social and structural dimension of vulnerabilities: from weakened support networks to violence reproduced against dissident bodies"; and "Psychosocial diseases, discrimination and challenges of transgender sex workers". Conclusion: the health vulnerabilities experienced by transgender sex workers are marked by discrimination, social exclusion, stigma, incarceration contexts, physical, psychological and sexual violence and use of illegal substances and alcohol, in addition to difficulties in accessing essential services such as health, education and leisure.

RESUMEN Objetivo: identificar las vulnerabilidades en términos de salud de las personas transgénero que ofrecen servicios profesionales de sexo. Método: revisión integradora realizada en julio de 2020 en las siguientes bases de datos PubMed, Web of Science, SCOPUS, CINAHL, IBECS y LILACS, sin restricciones de idioma o de tiempo. Se utilizaron los descriptores indexados en DeCS y en MESH y sus respectivos sinónimos: "Personas transgénero", "Profesionales del sexo" y "Vulnerabilidad en términos de salud". Los datos se analizaron sobre la base del análisis temático. Resultados: se recuperó un total de 547 artículos y, luego del proceso de selección y análisis, 34 de ellos fueron incluidos en esta revisión. Surgieron cuatro clases temáticas: "El conocimiento, la prevención y la exposición a las ITS en el trabajo sexual"; "El uso (y abuso) de sustancias ilícitas y del alcohol"; "La dimensión social y estructural de las vulnerabilidades: de las redes de apoyo debilitadas a las diversas formas de violencia reproducidas contra los cuerpos disidentes"; y "Las enfermedades psicosociales, la discriminación y los desafíos de las personas transgénero que ofrecen servicios profesionales de sexo". Conclusión: las vulnerabilidades en términos de salud experimentadas por las personas transgénero que ofrecen servicios profesionales de sexo están marcadas por la discriminación, la exclusión social, el estigma, los contextos de encarcelamiento, la violencia física, psicológica y sexual y el uso de sustancias ilícitas y de alcohol, además de las dificultades para acceder a los servicios esenciales como salud, educación y recreación.

RESUMO Objetivo: identificar as vulnerabilidades em saúde das pessoas transgênero profissionais do sexo. Método: revisão integrativa realizada em julho de 2020 nas bases PubMed, Web of Science, SCOPUS, CINAHL, IBECS e LILACS, sem restrição de idioma e tempo. Utilizaram-se os descritores indexados no DECS e MESH e seus respectivos sinônimos: "Pessoas transgênero", "Profissionais do sexo" e "Vulnerabilidade em Saúde". Os dados foram analisados a partir da análise temática. Resultados: foram resgatados 547 artigos e, após o processo de seleção e análise, 34 compuseram esta revisão. Quatro classes temáticas emergiram: "O conhecimento, prevenção e exposição às ISTs no trabalho sexual"; "O uso (e abuso) de substâncias ilícitas e o álcool"; "A dimensão social e estrutural das vulnerabilidades: das redes de apoio fragilizadas às violências reproduzidas contra os corpos dissidentes." e "As doenças psicossociais, discriminação e desafios das pessoas trans profissionais do sexo". Conclusão: as vulnerabilidades em saúde vivenciadas pelas pessoas trans profissionais do sexo são marcadas pela discriminação, exclusão social, estigma, contextos de encarceramento, violência física, psicológica e sexual, uso de substâncias ilícitas e álcool, além das dificuldades de acesso aos serviços essenciais como saúde, educação e lazer.
Descritores: Enfermagem
Vulnerabilidade em Saúde
Profissionais do Sexo
Pessoas Transgênero
Minorias Sexuais e de Gênero
Limites: Humanos
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  2 / 406 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1292812
Autor: São Paulo (Cidade). Secretaria da Saúde. Coordenação de Epidemiologia e Informação.
Título: Gestação na adolescência no município de São Paulo: 2013 a 2017 / Teenage pregnancy in the city of São Paulo: 2013 to 2017.
Fonte: São Paulo; SMS; mar. 2019.
Idioma: pt.
Resumo: A adolescência considerada entre 10 a 19 anos representa uma etapa de complexos processos de desenvolvimento social, biológico e psicológico. Devido à preocupação com esta população, em janeiro de 2019, foi instituída a "Semana Nacional de Prevenção à Gravidez na Adolescência" mediante uma Lei Federal nº 13.798, considerada também uma das prioridades ao cuidado à saúde do Município de São Paulo. Assim, é com olhar a esta população que se objetiva realizar este boletim para se traçar um perfil e, com ele buscar novas estratégias para promoção da saúde e prevenção de agravos. Foi realizado um estudo descritivo ecológico compreendendo os anos de 2013 a 2017, contendo dados gerais desta população, características das gestações e partos, mortalidade materna, infantil e fetal referentes às gestantes adolescentes, dados do SIM, SINASC e Comitês de Mortalidade Materna e Infantil do Município de São Paulo. Estudos como este podem ser utilizados para subsidiar e fomentar discussões sobre o tema entre gestores e profissionais da saúde para traçar estratégias e contribuir para melhorar a qualidade do serviço a essa população.
Descritores: Gravidez na Adolescência
Mortalidade Infantil
Mortalidade Materna
Vulnerabilidade em Saúde
Limites: Humanos
Feminino
Adolescente
Responsável: BR59.2 - Núcleo de Documentação


  3 / 406 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1291572
Autor: Souza, Jeane Barros de; Tomasi, Yaná Tamara; Schleicher, Maira Lidia; Walker, Fernanda; Heidemann, Ivonete Teresinha Schulter Buss.
Título: Possibilidades para promover a saúde de imigrantes haitianos: percepções de estudantes de enfermagem / Posibilidades para promover la salud de los inmigrantes haitianos: percepciones de estudiantes de enfermería / Possibilities to promote the health of haitian immigrants: perceptions of nursing students
Fonte: Rev. enferm. Cent.-Oeste Min;11:4158, 20210000.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivos: Conhecer as percepções dos estudantes de enfermagem sobre as possibilidades de promover a saúde de imigrantes haitianos no Brasil. Método: Pesquisa qualitativa, tipo ação participante, fundamentada no Itinerário de Pesquisa de Paulo Freire, que possui três fases interligadas: Investigação Temática; Codificação e Descodificação; Desvelamento Crítico. Realizou-se um Círculo de Cultura, em 2019, com a participação de 12 estudantes de enfermagem, de uma universidade pública do Sul do Brasil. Resultados: No Círculo de Cultura, discutiram-se as temáticas: saúde física e mental; ser universitário e trabalhador; adaptação no Brasil. Conclusão: Há invisibilidade de discussões sobre a saúde dos imigrantes na formação do enfermeiro, tendo diversas possibilidades de promover a saúde desse público: criação de espaços de lazer e interação na universidade; políticas de permanência; valorização do trabalho dos haitianos; organização de casa de apoio; cartilha informativa na língua nativa, com vista a ampliar a qualidade de vida dos imigrantes no Brasil(AU)

Purposes: To understand how nursing students perceive the possibilities to promote the health of Haitian immigrants in Brazil. Method: This is a qualitative, participatory action research, based on Paulo Freire's Research Itinerary, which has three interconnected phases: Thematic Research; Encoding and Decoding; Critical Unveiling. A Culture Circle was held in 2019, with the participation of 12 nursing students, from a public university in southern Brazil. Results: The Culture Circle discussed the topics: physical and mental health; being a university student and worker; adaptation in Brazil. Conclusion: The health of immigrants is not usually discussed in the training of nurses, even though there are several possibilities to promote the health of this public: creation of leisure and interaction spaces at the university; permanence policies; valuing the work of Haitians; support home organization; information booklet in their native language, with a view to increasing the quality of life of immigrants in Brazil.(AU)

Objetivos: Comprender percepciones de estudiantes de enfermería sobre las posibilidades de promover salud de inmigrantes haitianos en Brasil. Método: Investigación cualitativa, tipo acción participante, basada en Itinerario de Investigación de Paulo Freire, que tiene tres fases interconectadas: Investigación Temática; Codificación y decodificación; Revelación crítica. En 2019 se realizo un Círculo de Cultura, con participación de 12 estudiantes de enfermería, de una universidad pública del sur de Brasil. Resultados: En Círculo Cultural se discutió los temas: salud física y mental; ser estudiante y trabajador universitario; adaptación en Brasil. Conclusión: Existe invisibilidad de discusiones sobre salud de inmigrantes en la formación de enfermeros, con varias posibilidades para promover salud de este público: creación de espacios de ocio e interacción en universidad; políticas de permanencia; valorar el trabajo de los haitianos; apoyar la organización del hogar; folleto informativo en lengua nativa, con miras a mejorar la calidad de vida de inmigrantes en Brasil(AU)
Descritores: Qualidade de Vida
Estudantes de Enfermagem
Emigração e Imigração
Vulnerabilidade em Saúde
Promoção da Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1259.1 - DIBIB - Divisão de Biblioteca


  4 / 406 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1290221
Autor: Santana, Alef Diogo da Silva; Melo, Lucas Pereira de.
Título: Pandemia de covid-19 e população LGBTI+. ( In)visibilidades dos impactos sociais / Pandemia de covid-19 y poblacion LGBTI+. (In)visibilidades de los impactos sociales / Covid-19 pandemic and LGBTI+ people. (In)visibilities of social impacts
Fonte: Sex., salud soc. (Rio J.);(37):e21202, 2021.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O objetivo do artigo é refletir criticamente sobre os impactos sociais da pandemia de covid-19 e as medidas de enfrentamento no cotidiano de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgênero, Intersexuais e outras identidades (LGBTI+) no contexto brasileiro. Inicialmente é realizado um resgate histórico das necessidades sociais e de saúde que pessoas LGBTI+, evidenciando a importância da compreensão da LGBTIfobia como um determinante social da saúde, além de retomar alguns marcos que resultaram na criação e implementação da Política Nacional de Saúde Integral LGBT. A partir disso considera-se como algumas vulnerabilidades são potencializadas com a emergência da pandemia e se mostram enlaçadas por estruturas de poder e iniquidades sociais. Por fim, algumas recomendações são aventadas, tendo em vista o caráter generalizado da covid-19.

Resumen El objetivo es reflexionar críticamente sobre los impactos sociales de la pandemia de covid-19 y las medidas de enfrentamiento en la vida diaria de Lesbianas, Gays, Bisexuales, Transgénero, Intersexuales y otras identidades (LGBTI+) en el contexto brasileño. Inicialmente se ha realizado un rescate histórico de las necesidades sociales y de salud de las personas LGBTI +, mostrando la importancia de comprender la LGBTIfobia como un determinante social de la salud, además de retomar algunos hitos que resultaron en la creación e implementación de la Política Nacional de Salud Integral LGBT. A raíz de eso se han considerado algunas vulnerabilidades las cuales son potencializadas con la llegada de la pandemia y que se muestran enlazadas por estructuras de poder e inequidades sociales. Por fin, se proponen algunas recomendaciones, dado el carácter generalizado de la covid-19.

Abstract This article aims to reflect critically about the social impacts of covid-19 pandemic, and the strategies to deal it on the everyday life of Lesbian, Gays, Bisexuals, Transgender, Intersex, and other identities. In the first section, the historical aspects of the social and health necessities experienced by LGBTI people are pointed out. In addition, the comprehension of LGBTIphobia as a social determinant of health is highlighted, and the relevance, in the Brazilian context, of the health policy specific to LGBTI people. In the second section, the reflection addressed how vulnerabilities are deepened in a pandemic context, and how the power structures and social inequalities are intertwined. Finally, some recommendations are addressed due the generalized character of covid-19.
Descritores: Equidade em Saúde
Vulnerabilidade em Saúde
Determinantes Sociais da Saúde
Minorias Sexuais e de Gênero
COVID-19
-Sistema Único de Saúde
Brasil
Homofobia
Política de Saúde
Acesso aos Serviços de Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  5 / 406 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1287541
Autor: Batista, Adriana Maria Figuerêdo; Ribeiro, Rita de Cássia Lisboa; Barbosa, Kiriaque Barra Ferreira; Fagundes, Andhressa Araújo.
Título: Condições de trabalho de caminhoneiros: percepções sobre a saúde e autocuidado / Health perception and relationship with work activities among truck drivers
Fonte: Physis (Rio J.);31(2):e310206, 2021. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Os caminhoneiros estão expostos a situações nocivas à saúde o que favorece a elevada prevalência de morbimortalidade. Buscou-se conhecer a percepção de saúde e sua relação com as condições de trabalho entre caminhoneiros do estado de Sergipe, Brasil. Pesquisa qualitativa, com entrevistas semiestruturadas de 15 caminhoneiros e roteiro constando duas questões norteadoras: a primeira avaliando a sua saúde atribuindo notas de 0 a 10 e a segunda sobre a sua opinião a respeito da relação do seu próprio estado de saúde com a profissão. Na análise do conteúdo emergiram três categorias: autopercepção da saúde, determinantes de risco laboral e cuidados com a saúde. A autopercepção da saúde obteve notas 7,5±1,4, revelando percepção da saúde limitada a ausência de doença, resignados com a vulnerabilidade associada à rotina laboral extenuante. O entendimento sobre a relação entre saúde e trabalho mostrou-se associado aos determinantes do risco laboral, embora percebessem sua influência na saúde, mostraram-se pouco estimulados quanto ao autocuidado e apontaram como incompatível às rotinas laborais. Conhecer a percepção dos caminhoneiros sobre suas condições de trabalho possibilita o enfrentamento da vulnerabilidade da saúde laboral, viabilizando levantar discussões sobre a necessidade de reformulação e cumprimento das políticas trabalhistas com intuito de reduzir os impactos ocupacionais.

Abstract Truck drivers are exposed to harmful health situations, favoring the high prevalence of morbidity and mortality. We sought to know the perception of health and its relationship with working conditions among truckdrivers in the state of Sergipe, Brazil. Qualitative research, with semi-structured interviews of 15 truck drivers and script consisting of two main questions: the first evaluating their health assigning scores from 0 to 10 (0 as unhealthy and 10 totally healthy); and the second about his opinion about the relationship of his own state of health with the profession. In the content analysis, three categories emerged: self-perceived health, determinants of labor risk and health care. Self-perceived health obtained scores of 7.5±1,4, revealing a perception of health limited to the absence of disease, resigned to the vulnerability associated with strenuous work routine. The understanding of the relationship between health and work was associated with the determinants of occupational risk, although they perceived its influence on health, they were little stimulated in terms of self-care and pointed out as incompatible with work routines. Knowing the perception of truck drivers about their working conditions enables them to face the vulnerability of occupational health, making it possible to raise discussions about the need to reformulate and comply with labor policies in order to reduce occupational impacts.
Descritores: Percepção
Autocuidado
Condições de Trabalho
Riscos Ocupacionais
Saúde do Trabalhador
Vulnerabilidade em Saúde
-Autoimagem
Brasil
Comportamentos Relacionados com a Saúde
Saúde do Homem
Limites: Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  6 / 406 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1287545
Autor: Affonso, Márcio Vinicius de Gouveia; Pereira, Camilo Eduardo Almeida; Silva, Wellington Barros da; Silva, Marcos Valério Santos da.
Título: O papel dos Determinantes Sociais da Saúde e da Atenção Primária à Saúde no controle da COVID-19 em Belém, Pará / The role of Social Determinants of Health and Primary Health Care in controlling COVID-19 in Belém
Fonte: Physis (Rio J.);31(2):e310207, 2021. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Esse estudo tem como objetivo refletir sobre os Determinantes Sociais da Saúde na cidade de Belém (PA) e a atuação da Atenção Primária à Saúde no enfrentamento à pandemia de COVID-19. A partir da utilização de dados secundários e da caracterização do município, foi possível refletir sobre os aspectos de habitação, saneamento básico e renda da população na distribuição dos casos de COVID-19 na cidade. Evidenciou-se que as desigualdades sociais entre os Distritos Administrativos são preponderantes, todavia não houve a elaboração de um plano de ação que considerasse os impactos de COVID-19 nas populações em vulnerabilidade social. Ao investigar o papel da Atenção Primária à Saúde no controle da pandemia, percebe-se que a baixa cobertura da Estratégia Saúde da Família aliada às ações desarticuladas entre município e estado podem ter contribuído para o agravamento epidemiológico da COVID-19 em Belém. O plano de contingência não conseguiu implementar políticas contundentes para o controle da doença, focando na medicalização e nas ações hospitalocêntricas para os casos graves, enquanto as unidades de saúde foram subutilizadas, faltando estabelecer um fluxo coordenado de cuidados para os pacientes com a COVID-19, uma doença fortemente atrelada às iniquidades sociais.

Abstract This study aims to reflect on the Social Determinants of Health in the city of Belém (PA) and the performance of Primary Health Care in coping with the COVID-19 pandemic. From the use of secondary data and the characterization of the municipality, it was possible to reflect on the aspects of housing, basic sanitation and income of the population in the distribution of COVID-19 cases in the city. It was evidenced that social inequalities between Administrative Districts are predominant, however there was no elaboration of an action plan that considered the impacts of COVID-19 on populations in social vulnerability. When investigating the role of Primary Health Care in pandemic control, it is perceived that the low coverage of the Family Health Strategy combined with the disjointed actions between municipality and state may have contributed to the epidemiological worsening of COVID-19 in Belém. The contingency plan failed to implement forceful policies for the control of the disease, focusing on medicalization and hospital-centered actions for severe cases, while health units were underutilized, lacking to establish a coordinated flow of care for patients with COVID-19, a disease strongly linked to social inequities.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Fatores Socioeconômicos
Vulnerabilidade Social
Determinantes Sociais da Saúde
COVID-19/prevenção & controle
COVID-19/epidemiologia
-Brasil
Comportamentos Relacionados com a Saúde
Estratégia Saúde da Família
Disparidades nos Níveis de Saúde
Vulnerabilidade em Saúde
Política de Saúde
Acesso aos Serviços de Saúde
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  7 / 406 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1286368
Autor: Oliveira, Pryscila Ravene Carvalho; Rodrigues, Vitória Eduarda Silva; Oliveira, Ana Karoline Lima de; Oliveira, Francisco Gerlai Lima; Rocha, Gabriela Araújo; Machado, Ana Larissa Gomes.
Título: Fatores associados à fragilidade em idosos acompanhados na Atenção Primária à Saúde / Factores asociados a la fragilidad en ancianos acompañados en la Atención Primaria de Salud / Factors associated with frailty in elderly patients followed up in primary health care
Fonte: Esc. Anna Nery Rev. Enferm;25(4):e20200355, 2021. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Objetivo Verificar a associação entre os marcadores de fragilidade e as características sociodemográficas e clínicas em idosos na Atenção Primária à Saúde. Método Pesquisa transversal, realizada com 356 idosos cadastrados em unidades de saúde da família, no Nordeste do Brasil. Os instrumentos de coleta utilizados foram o Índice de Vulnerabilidade Clínico-Funcional e outro de perfil socioeconômico e de saúde. Analisaram-se os dados pela estatística inferencial, utilizando o teste do Qui-quadrado, com nível de significância 0,05. Resultados A média de idade foi de 72,85 anos (±8,965); 63,8% eram do sexo feminino, 39% apresentaram risco de fragilização e 22,5% demonstraram fragilidade. Houve associação entre fragilidade, sexo, faixa etária, estado civil, escolaridade, renda, presença de doença cardíaca e hipertensão. Conclusões e implicações para a prática Os marcadores de fragilidade nos idosos evidenciaram associação entre as características sociodemográficas e clínicas, indicando a necessidade de rastreio precoce no nível primário de atenção à saúde.

Resumen Objetivo Verificar la asociación entre los marcadores de fragilidad y las características sociodemográficas y clínicas en ancianos en Atención Primaria de Salud. Método Investigación transversal realizada con 356 ancianos registrados en unidades de salud familiar en Nordeste de Brasil. Los instrumentos de recolección utilizados fueron el Índice de Vulnerabilidad Clínico-Funcional y otro de perfil socioeconómico y de salud. Los datos se analizaron mediante estadística inferencial utilizando la prueba de Chi-cuadrado, con nivel de significancia de 0.05. Resultados La edad media fue de 72,85 años (± 8,965), el 63,8% eran mujeres, el 39% tenían riesgo de fragilidad y el 22,5% eran frágiles. Hubo asociación entre fragilidad, sexo, edad, estado civil, educación, ingresos, presencia de cardiopatía e hipertensión. Conclusiones e implicaciones para la práctica Los marcadores de fragilidad en ancianos se asociaron con características sociodemográficas y clínicas, lo que indica la necesidad de rastreo precoz en el nivel primario de atención a la salud.

Abstract Objective to verify the association between frailty markers and sociodemographic and clinical characteristics in elderly people in Primary Health Care. Method cross-sectional research, carried out with 356 elderly people registered in family health units in the Northeast of Brazil. The collection instruments used were the Index of Clinical-Functional Vulnerability and another of socioeconomic and health profile. The data were analyzed by inferential statistics, using the chi-square test, with a significance level of 0.05. Results the mean age was 72.85 years (±8.965); 63.8% were female, 39% were at risk of frailty and 22.5% were frail. There was an association between frailty, gender, age group, marital status, education, income, presence of heart disease and hypertension. Conclusions and implications for practice the markers of frailty in the elderly showed an association between sociodemographic and clinical characteristics, indicating the need for early screening at the primary health care level.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Fatores Socioeconômicos
Perfil de Saúde
Fatores Epidemiológicos
Saúde do Idoso
Fragilidade/epidemiologia
-Qualidade de Vida
Acidentes por Quedas
Índice de Massa Corporal
Doença Crônica
Prevalência
Estudos Transversais
Idoso Fragilizado
Polimedicação
Depressão
Diabetes Mellitus
Vulnerabilidade em Saúde
Sarcopenia
Autoavaliação Diagnóstica
Cardiopatias
Hipertensão
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR442.1 - Biblioteca Setorial de Pós-Graduação


  8 / 406 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1287942
Autor: Juárez-Ramírez, Clara; Théodore, Florence L; Gómez-Dantés, Héctor.
Título: La vulnerabilidad y el riesgo: reflexiones a propósito de la pandemia del covid-19 / Vulnerabilidade e risco: reflexões sobre a pandemia de Covid-19 / Vulnerability and risk: reflections on the COVID-19 pandemic
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;55:e03777, 2021. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN A finales de diciembre 2019 se identificó el virus SARS-COV-2 como responsable de la pandemia de Covid-19. La rápida expansión de la transmisión puso al descubierto fallas estructurales de las sociedades modernas y de los sistemas de salud para prevenir y contener una amenaza sanitaria. La discusión científica se ha concentrado en la búsqueda de una vacuna, pero menos en comprender la respuesta social ante la amenaza globalizada actual y el temor a los rebrotes. En este ensayo reflexionamos, desde las ciencias sociales, sobre la importancia de vincular tres conceptos: vulnerabilidad-percepción-riesgo. Esto es necesario para desarrollar estrategias preventivas adecuadas a las circunstancias poblacionales, especialmente con la población más vulnerable, a favor de la equidad en salud.

RESUMO No final de dezembro de 2019, o vírus SARS-COV-2 foi identificado como responsável pela pandemia de Covid-19. A rápida propagação da transmissão expôs falhas estruturais das sociedades modernas e dos sistemas de saúde na prevenção e contenção de uma ameaça sanitária. A discussão científica tem se concentrado na busca por uma vacina, mas menos na compreensão da resposta social à atual ameaça global e ao medo de novos surtos. Neste ensaio refletimos, a partir das ciências sociais, sobre a importância de associar três conceitos: vulnerabilidade-percepção-risco. Isso é necessário para desenvolver estratégias preventivas adequadas às circunstâncias da população, principalmente junto à população mais vulnerável, em prol da equidade na saúde.

ABSTRACT At the end of December 2019, SARS-COV-2 virus was identified as responsible for the COVID-19 pandemic. The rapid spread of transmission exposed structural failures of modern societies and of the health systems in preventing and containing a health threat. Scientific discussion has focused on the search for a vaccine, but less on understanding the social response to the current global threat and fear of outbreaks. In this essay, we reflect, based on the social sciences, on the importance of linking three concepts: vulnerability-perception-risk. This is necessary to develop preventive strategies appropriate to population circumstances, especially with the most vulnerable population, in favor of health equity.
Descritores: Controle de Doenças Transmissíveis
COVID-19
-Assunção de Riscos
Vulnerabilidade em Saúde
Responsável: BR41.1 - Biblioteca Wanda de Aguiar Horta


  9 / 406 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1149687
Autor: Heideman, Ivonete Teresinha Schülter Buss; Souza, Jeane Barros de; Santos, Davydson Gouveia; Oliveira, Daniela Rosa de; Marques, Lorraine Cichowicz.
Título: Empoderamento: reflexões no contexto das vulnerabilidades e das práticas de enfermagem / Empoderamiento: reflexiones en el contexto de vulnerabilidades y prácticas de enfermería / Empowerment: reflections in the context of vulnerabilities and nursing practices
Fonte: Rev. baiana enferm;35:e36399, 2021. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo compartilhar a vivência de um círculo de cultura sobre empoderamento no contexto das vulnerabilidades em saúde e das práticas de enfermagem. Método relato de experiência, envolvendo docentes e discentes de um Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, de uma universidade pública do Sul do Brasil. Realizou-se o círculo de cultura, com utilização de caça-palavras, vídeos musicais, confecção de conceitos sobre empoderamento no contexto das mulheres, indígenas e negros, percorrendo as etapas do itinerário de pesquisa de Paulo Freire. Resultados os participantes demonstraram conhecimento dos pressupostos freireanos, destacando a relevância do empoderamento, constituído pelo processo dinâmico de conscientização. Nas situações de vulnerabilidades em saúde, o enfermeiro age em prol do empoderamento dessas populações, por meio de atividades educativas e emancipatórias, baseando-se nas condições de saúde e realidade desses públicos. Conclusão o círculo de cultura promoveu a reflexão-ação-reflexão sobre as situações de vulnerabilidade em saúde e também sobre a práxis da enfermagem.

Objetivo compartir la experiencia de un círculo cultural sobre el empoderamiento en el contexto de las vulnerabilidades en salud y las prácticas de enfermería. Método informe de experiencia, en el que participan profesores y estudiantes de un Programa de Posgrado en Enfermería, de una universidad pública en el sur de Brasil. El círculo cultural se llevó a cabo utilizando búsqueda de palabras, videos musicales, haciendo conceptos sobre el empoderamiento en el contexto de las mujeres, indígenas y negros, pasando por las etapas del itinerario de investigación de Paulo Freire. Resultados los participantes demostraron el conocimiento de los supuestos de Freire, destacando la pertinencia del empoderamiento, constituido por el dinámico proceso de concienciación. En situaciones de vulnerabilidades en salud, las enfermeras actúan a favor del empoderamiento de estas poblaciones, a través de actividades educativas y emancipadoras, basadas en las condiciones de salud y la realidad de estas audiencias. Conclusión el círculo cultural promovió la reflexión-acción-reflexión sobre las situaciones de vulnerabilidad en salud y también sobre la praxis de enfermería.

Objective to share the experience of a culture circle about empowerment in the context of health vulnerabilities and nursing practices. Method experience report, involving professors and students of a Postgraduate Program in Nursing, of a public university in southern Brazil. The culture circle was held using word-hunting, music videos, making concepts about empowerment in the context of women, indigenous and black, going through the stages of Paulo Freire's research itinerary. Results the participants demonstrated knowledge of Freire's assumptions, highlighting the relevance of empowerment, constituted by the dynamic process of awareness. In situations of health vulnerabilities, nurses act in favor of the empowerment of these populations, through educational and emancipatory activities, based on the health conditions and reality of these people. Conclusion the culture circle promoted reflection-action-reflection on situations of health vulnerability and on nursing praxis.
Descritores: Educação em Enfermagem
Vulnerabilidade em Saúde
Empoderamento
-Enfermagem
Pesquisa Qualitativa
Limites: Humanos
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  10 / 406 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1149705
Autor: Couto, Pablo Luiz Santos; Gomes, Antônio Marcos Tosoli; Pereira, Samantha Souza da Costa; Vilela, Alba Benemérita Alves; Flores, Tarcísio da Silva; Porcino, Carle.
Título: Situações de vulnerabilidades em saúde vivenciadas por trabalhadoras sexuais em tempos de pandemia da covid-19 / Situaciones de vulnerabilidades en salud experimentadas por las trabajadoras sexuales en tiempos de pandemia de covid-19 / Situations of health vulnerabilities experienced by sex workers in times of covid-19 pandemic
Fonte: Rev. baiana enferm;35:e37327, 2021.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo refletir sobre as situações de vulnerabilidades em saúde vivenciadas por trabalhadoras sexuais durante a pandemia decorrente da infecção pelo SARS-CoV-2. Método trata-se de estudo reflexivo, fundamentado no referencial teórico conceitual da vulnerabilidade em quatro dimensões: ontológica, epidemiológica, simbólica e político-programática. Resultado a saúde das profissionais do sexo, na experiência cotidiana do trabalho sexual, tem sido um desafio para os governos entre todos os grupos associados a estigmas e populações vulneráveis, justamente por serem marginalizados socialmente. Isso se configura como importante para a compreensão desse fenômeno em meio à crise financeira, econômica e de saúde que pessoas de diferentes nações sofrem diante do progresso da SARS-CoV-2. Conclusão as situações de vulnerabilidade em saúde decorrente da infecção pelo SARS-CoV-2 que expõem as profissionais do sexo são consolidadas, principalmente, pela ausência do Estado na proteção sócio legal e na garantia dos direitos humanos, para que essas mulheres adquiram condições de enfrentamento e prevenção.

Objetivo reflexionar sobre las situaciones de vulnerabilidades en salud experimentadas por las trabajadoras sexuales durante la pandemia resultante de la infección por SARS-CoV-2. Método se trata de un estudio reflexivo, basado en el marco teórico conceptual de vulnerabilidad en cuatro dimensiones: ontológica, epidemiológica, simbólica y política-programática. Resultado la salud de las trabajadoras sexuales, en la experiencia diaria del trabajo sexual, ha sido un desafío para los gobiernos entre todos los grupos asociados con estigmas y poblaciones vulnerables, precisamente porque están socialmente marginadas. Esto es importante para entender este fenómeno en medio de la crisis financiera, económica y de salud que sufren personas de diferentes naciones ante el progreso del SARS-CoV-2. Conclusión las situaciones de vulnerabilidad a la salud resultantes de la infección por SARS-CoV-2 a que exponen las trabajadoras sexuales se consolidan, principalmente, por la ausencia del Estado en la protección social-jurídica y en la garantía de los derechos humanos, para que estas mujeres adquieran condiciones de enfrentamiento y prevención.

Objective to reflect on the situations of health vulnerabilities experienced by sex workers during the pandemic resulting from SARS-CoV-2 infection. Method this is a reflective study, based on the conceptual theoretical framework of vulnerability in four dimensions: ontological, epidemiological, symbolic and political-programmatic. Result the health of sex workers, in the daily experience of sexual work, has been a challenge for governments among all groups associated with stigmas and vulnerable populations, precisely because they are socially marginalized. This is important for understanding this phenomenon in the midst of the financial, economic and health crisis that people from different nations suffer before the progress of SARS-CoV-2. Conclusion the situations of health vulnerability resulting from the SARS-CoV-2 infection that expose sex workers are consolidated, mainly, by the absence of the State in the social-legal protection and in the guarantee of human rights, so that these women acquire conditions of coping and prevention.
Descritores: Infecções por Coronavirus
Vulnerabilidade em Saúde
Profissionais do Sexo
-Pandemias
Limites: Humanos
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde



página 1 de 41 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde