Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP3.001.005.030.050.010.017 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 20 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 20 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1047528
Autor: Morel, Ana Paula Massadar.
Título: Lekil kuxlejal: Bem Viver na saúde autônoma do movimento zapatista / Lekil kuxlejal: Good Living in the autonomous health of the zapatista movement / Lekil kuxlejal: Buen Vivir en la salud autónoma del movimiento zapatista
Fonte: RECIIS (Online);13(4):725-735, out.-dez. 2019.
Idioma: pt.
Resumo: O Exército Zapatista de Liberação Nacional (EZLN) e suas bases de apoio são formados predominantemente por indígenas que vivem na região de Chiapas, no México. O movimento constrói uma profunda experiência de autonomia, o que passa por diferentes dimensões da vida coletiva. Neste artigo, pretendemos, a partir de um trabalho de campo realizado na região, nos focar na saúde autônoma. A concepção de saúde está estritamente relacionada com a noção de terra, já que para ter saúde é preciso pertencer a um cosmos, permeado pelo respeito recíproco entre os mais diferentes seres, em uma luta constante para engrandecer o ch'ulel (espírito) e, com isso, caminhar rumo ao lekil kuxlejal (Bem Viver). Para colocar em prática esses princípios, o cuidado em saúde é protagonizado pelos promotores autônomos de saúde e pelas assembleias comunitárias.

The Zapatista Army of National Liberation (EZLN, in Spanish) and its bases are formed predominantly by indigenous languages living in the region of Chiapas, Mexico. The movement builds a profound experience of autonomy, which goes through different dimensions of collective life. In this article, we intend, from a fieldwork carried out in the region, to focus on autonomous health. The conception of health is closely related to the notion of land, since in order to have health it is necessary to belong to a cosmos, permeated by mutual respect between the most different beings, in a constant struggle to ennoble the ch'ulel (spirit) and thus to walk to the lekil kuxlejal (Good Living). To put these principles into practice, healthcare is carried out by autonomous health promoters and communal assemblies.

El Ejército Zapatista de Liberación Nacional (EZLN) y sus bases de apoyo son formados predominantemente por indígenas que viven en la región de Chiapas, México. El movimiento construye una experiencia profunda de autonomía, que atraviesa diferentes dimensiones de la vida colectiva. En este artículo, nos proponemos, a partir de un trabajo de campo realizado en la región, enfocar la salud autónoma. La concepción de salud guarda una estrecha relación con la noción de tierra, ya que para tener salud es necesario pertenecer a un cosmos, impregnado por el respeto mutuo entre los seres más diferentes, en una lucha constante para engrandecer el ch'ulel (espíritu) y, de este modo, caminar hasta el lekil kuxlejal (Buen Vivir, también llamado Vivir Bien). Para poner en práctica estos principios, la asistencia en salud se lleva a cabo por los promotores autónomos de salud y por las asambleas comunitarias.
Descritores: Colonialismo
Capitalismo
População Indígena
Antropologia Médica
Antropologia Cultural
-Organização Comunitária
Racismo
Direitos dos Povos Indígenas
Cultura Indígena
AMERICAN NURSES' ASSOCIATIONABDOMINAL INJURIESABDOMEN
Promoção da Saúde
México
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  2 / 20 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1047483
Autor: Amado, Luiz Henrique Eloy.
Título: Autoritarismo e resistência indígena no Brasil / Authoritarianism and the indigenous resistance in Brazil / Autoritarismo y resistencia indígena en Brasil
Fonte: RECIIS (Online);13(4):702-706, out.-dez. 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Esta nota resulta de reflexões iniciais sobre a atual conjuntura brasileira no que tange aos desafios postos aos povos indígenas, diante de um governo declaradamente anti-indígena. Considerando a perspectiva histórica da política indigenista brasileira, observam-se elementos que nos instigam a analisar a relação do Estado com os povos originários e a capacidade que o movimento indígena brasileiro tem de articulação visando à resistência. São necessários saberes e práticas que exigem, cada vez mais, o rompimento com o pensamento autoritário e colonialista tão presente no contexto brasileiro.

This text is product of the initial attempts to think about the current Brazilian conjuncture regarding the challenges posed to indigenous peoples since they are confronted with a government who have declared to be anti-indigenous. From the historical perspective of Brazilian governmental policy towards indigenous, we observe elements that push us to analyze the relationship of the State with the indigenous peoples and the Brazilian indigenous movement' capacity for interacting to resist. Knowledge and practices that demand more and more a break with the authoritarian and colonialist thinking so present in the Brazilian context are indispensable.

Esta nota resulta de reflexiones iniciales a cerca de la coyuntura brasileña actual por lo que se refiere a los desafíos que los pueblos indígenas tienen que enfrentar frente a un Gobierno que expresa clara y determinadamente ser antiindígena. Observando la perspectiva histórica de la política indigenista brasileña, hay elementos que instigan el análisis de la relación del Estado con los pueblos indígenas y la capacidad que el movimiento indígena brasileño tiene de articularse para resistir. Son necesarios saberes y prácticas que exigen cada vez más el rompimiento con el pensamiento autoritario y colonialista tan presente en el contexto brasileño.
Descritores: Autoritarismo
Brasil
Ecossistema Amazônico
População Indígena
Violência Étnica
-Incêndios Florestais/estatística & dados numéricos
Violações dos Direitos Humanos
Política Ambiental
Cultura Indígena
Mercúrio
Mineração
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  3 / 20 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1021175
Autor: Souza, Maria Leidiane Barboza; Ribeiro, Vivian Florêncio; Baptista, Tadeu João Ribeiro; Araujo, Patrícia do Socorro Chaves de.
Título: Brincadeiras indígenas do povo tembé do alto rio guamá: diálogo entre a tradição e a modernidade / Indigenous churches of the people tembé of the high river guamá: dialogue between tradition and modernity / Indigenous churches of the people tembé of the high river guamá: dialogue between tradition and modernity
Fonte: Licere (Online);22(02):452-475, junho.2019. ilus, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do estudo foi analisar as brincadeiras de raízes indígenas do povo Tembé do Alto Rio Guamá, considerando a existência de uma relação ambivalente entre tradição e modernidade. Para tanto, delimita o olhar sobre as brincadeiras tradicionais direcionadas pela abordagem qualitativa. Num primeiro momento, foi realizado um levantamento bibliográfico e, posteriormente, trabalho em campo para coleta de dados que aconteceu por meio de entrevistas guiadas com participação indígenas. Analisou-se a influência social e cultural do uso das tecnologias no cotidiano das crianças indígenas, onde as mesmas têm se apropriado da identidade de sua comunidade, substituindo silenciosamente os hábitos tradicionais que geravam interação com a comunidade e o meio ambiente. Relacionando as brincadeiras que fazem parte da cultura indígena com as brincadeiras atuantes de culturas externas buscou-se respostas para os seguintes questionamentos: As brincadeiras de raiz do povo Tembé do Alto Rio Guamá tem se modificado com a influência tecnológica dos povos externos? De que forma é possível manter a tradição das brincadeiras tradicionais frente aos avanços da tecnologia no mundo moderno?

The objective of the study was to analyze the indigenous roots of the Tembé people of the high Rio Guamá, considering the existence of an ambivalent relationship between tradition and modernity. To do so, it delimits the look on the jokes directed by the qualitative approach. At first, a bibliographical survey was carried out and, later, fieldwork for data collection that happened through guided interviews with indigenous participation. It was analyzed the social and cultural influence of the use of technologies in the daily life of indigenous children, where they have appropriated the identity of their community, silently replacing the traditional habits that generated interaction with the community and the environment. Relating the jokes that are part of the indigenous culture to the playful acts of external cultures, we sought answers to the following questions: Have the root games of the Tembé people of the high Rio Guamá been modified by the technological influence of the external peoples? In what way is it possible to maintain the tradition of traditional games against the advances of technology in the modern world?
Descritores: Qualidade de Vida
População Indígena
Rede Social
Estilo de Vida Saudável
Cultura Indígena
Transculturação
FREUDIAN THEORYABDOMEN, ACUTE
Atividades de Lazer
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  4 / 20 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1022283
Autor: Marani, Vitor Hugo; Santos, Luciana Leticia Sperini Rufino dos; Lara, Larissa Michelle; Starepravo, Fernando Augusto.
Título: I Jogos mundiais dos povos indígenas: análise a partir do modelo dos múltiplos fluxos / First world indigenous games: analyses from the multiple streams framework
Fonte: Licere (Online);22(02):500-523, junho.2019. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo analisa a primeira edição dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas (JMPI), realizados em 2015, no Brasil, a partir de como procederam as discussões e as formulações das políticas voltadas a esse evento esportivo. De cunho qualitativo, o estudo utilizou do modelo de análise dos Múltiplos Fluxos que verifica os fatores que influenciam na formulação da agenda política, por meio da análise documental das leis e decretos nacionais que dispõem sobre o esporte voltado aos povos indígenas, bem como relatórios emitidos pelo Ministério do Esporte do Brasil, em parceria com a UNESCO. Os resultados apontam para a incorporação dos JMPI à agenda política a partir da convergência entre o fluxo de problemas, desenhado a partir da ausência de políticas públicas voltadas às demandas indígenas, da falta de valorização e de divulgação da cultura indigenista e do feedback dos Jogos dos Povos Indígenas Brasileiros; o fluxo das políticas, instaurado por meio de documentos internacionais publicados em defesa da cultura indígena e dos jogos tradicionais de diferentes povos; e, o fluxo da política, por meio das representações do Ministério do Esporte Brasileiro, do Comitê Intertribal e as lideranças estrangeiras, culminando na abertura da janela de oportunidade para a organização do evento esportivo.

The study examines the first edition of the World Indigenous Games, held in Brazil in 2015, based on how the discussions and formulations of the policies related to this sporting event proceeded. In a qualitative way, the study used the Multiple Streams framework, which verifies the factors that influence the formulation of the political agenda, through a documental analysis of national laws and decrees that regulate the sport focused on indigenous peoples, as well as reports issued by the Ministry of Sports (Brazil), in partnership with UNESCO. The results point to the incorporation of the World Indigenous Games into the political agenda based on the convergence between the problem stream, drawn from the absence of public policies focused on indigenous demands, lack of appreciation and dissemination of indigenous culture and feedback from the Brazilian Indigenous Games; the policy stream, established through international documents published in defense of indigenous culture and traditional games of different peoples; and the political stream, through the representations of the Brazilian Ministry of Sports, the Intertribal Committee and the foreign leadership, culminating in the opening of the "launch window" for the organization of the sporting event.
Descritores: Formulação de Políticas
Política Pública
Esportes
População Indígena
Direitos dos Povos Indígenas
Cultura Indígena
Transculturação
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  5 / 20 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1008609
Autor: Souza, Cícera Andréia de; Moura, Bianca Teles de; Lima, Luciano Gulart de; Nejeliski, Danieli Maehler.
Título: Brinquedos e jogos tradicionais da Trifronteira / Traditional tri border toys and games
Fonte: Licere (Online);22(02):218-236, junho.2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O presente estudo tem como objetivo apresentar os resultados de uma investigação acerca dos brinquedos e jogos tradicionais da Trifronteira (Dionísio Cerqueira-SC, Barracão-PR e Bernardo de Irigoyen-AR) no período da fundação das três cidades, entre os anos 1950 e 1960. A pesquisa foi desenvolvida através de entrevistas semiestruturadas realizadas com 33 pessoas (10 do sexo masculino e 23 do sexo feminino) com idade igual ou superior a 55 anos, que viveram a infância no referido período e local. Como resultado, os brinquedos mais citados foram a boneca de pano e o carrinho de descida. Com relação à produção, constatou-se que 86% dos brinquedos eram produzidos artesanalmente com as ferramentas disponíveis e com resíduos das atividades realizadas nos espaços de trabalho em casa. Com relação aos jogos, destacaram-se a peteca, esconde-esconde e caçador, muito praticados no turno inverso a escola, ao ar livre.

This study aims to present the results of an investigation about to traditional toys and games at Tri Border (Dionísio Cerqueira-SC, Barracão-PR and Bernardo de Irigoyen-AR) during the foundation of the three cities, between the 1950s and 1960s. Research was conducted through an interview with 33 people (10 males and 23 females) aged 55 years or over who lived their childhood in that period and place. As a result, the most cited toys were the cloth doll and the cart. Regarding production, it was found that 86% of the toys were produced by hand with the tools available and with residues of the activities carried out in the work spaces at home. Regarding the games, the peteca, hide-and-seek and hunter stood out, much practiced in the inverse shift to school, in the open air.
Descritores: Jogos e Brinquedos
Diversidade Cultural
Cultura Indígena
FREE RADICALSTEMEFOS
História
Relações Interpessoais
Limites: Seres Humanos
Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  6 / 20 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1008299
Autor: Pereira, Arliene Stephanie Menezes; Gomes, Daniel Pinto; Castro, Simone Oliveira de.
Título: Práticas de lazer do povo indígena Tremembé / Practices of leisure of indigenous people Tremembé
Fonte: Licere (Online);22(02):132-159, junho.2019. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Verifica, descreve e traça um perfil, através do método etnográfico, das práticas de lazer do povo indígena Tremembé de Almofala, no município de Itarema, estado do Ceará. Para a coleta dos dados utilizaram-se entrevistas estruturadas, relatos, fotos e vídeos, abrangendo 78 pessoas de 04 a 87 anos, indígenas residentes na praia de Almofala. Através da análise dos dados foi apontado como principais resultados o perfil, a singularidade e a descrição do lazer, bem como traços da cultura inseridos nesse processo; verificando que ainda há uma grande diversidade dessas práticas, com o sentimento de grupo envolvido em várias das atividades.

It verifies, describes and traces a profile, through the ethnographic method, of the leisure practices of the Tremembé indigenous people of Almofala, in the municipality of Itarema, state of Ceará. For the data collection, structured interviews, reports, photos and videos were used, covering 78 people from 04 to 87 years old, indigenous residents in the beach of Almofala. Through the analysis of the data, the profile, singularity and description of the leisure as well as traces of the culture inserted in this process were pointed out as main results; verifying that there is still a great diversity of these practices, with the group feeling involved in several of the activities.
Descritores: População Indígena
Fatores Sociológicos
Cultura Indígena
Atividades de Lazer
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  7 / 20 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1020203
Autor: Farias, João Maurício; Hennigen, Inês.
Título: A Tekoá Ka'aguy Porã: Espaço Ancestral e Produção de Subjetividade Mbya-Guarani / The Tekoá Ka'aguy Porã: Ancestral Space and Mbya-Guarani Subjectivity Production / La Tekoá Ka'aguy Porã: Espacio Ancestral y Producción de Subjetividad Mbya-Guaraní
Fonte: Psicol. ciênc. prof;39(spe):53-66, 2019. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Neste artigo trazemos algumas discussões apresentadas na dissertação "Retomada Mbya-Guarani no Yvyrupá: produção de subjetividade, agenciamentos e criação de estratégias de luta", que teve como objetivo pesquisar processos de subjetivação, produção de composições e estratégias de enfrentamento/resistência em meio ao movimento dos indígenas Myba-Guarani de retomada de área em Maquiné-RS, Brasil. Entendeu-se que, para tanto, o método da cartografia se mostrava interessante, pois propicia traçar os percursos dos atores sociais no terreno da experiência. A partir de análise de materiais como diários de campo, fotos produzidas por indígenas e postadas em um grupo de WhatsApp que agregava apoiadores, audiovisuais de divulgação veiculados na internet, abordamos aqui, um dos pontos desenvolvidos na dissertação: o espaço sociocosmológico Mbya que se atualizou naquela região - a tekoá Ka'aguy Porã - entendendo-o como espaço ancestral (retomado na Retomada) para a efetuação do modo de vida - o tekó - Mbya-Guarani. Buscamos traçar aproximações, articulações e torções conceituais para pensar a produção de subjetividade deste povo indígena. Ao final, tecemos considerações sobre o que entendemos ser potentes aberturas e contribuições para a Psicologia Social, assim como para as ciências sociais e para a pesquisa com povos indígenas....(AU)

In this article we present some discussions derived from the dissertation "Mbya-Guarani Retrieval in Yvyrupá: production of subjectivity, agency and creation of strategies of struggle", whose objective was to investigate subjectivation processes, production of coping/resistance strategies of the Myba-Guarani natives in the area of Maquiné/RS, Brazil. It was understood that, for this, the method of cartography was interesting, since it allows tracing the paths of social actors in the field of experience. Based on an analysis of materials such as field diaries, indigenous photos posted in a WhatsApp group that aggregated supporters, broadcasting aids on the Internet, we approach here one of the points developed in the dissertation: the Mbya sociocosmological space that was updated in that region - the tekoá Ka'aguy Porã - understanding it as ancestral space (taken up in the Retrieval) for the realization of the way of life - the tekó - Mbya-Guarani. We seek to draw approximations, articulations and conceptual twists to think about the production of subjectivity of this indigenous people. In conclusive terms, we make considerations about what we understand to be potent openings and contributions to social psychology, as well as to the social sciences and to research with indigenous peoples.....(AU)

En este artículo traemos algunas discusiones presentadas en la disertación "Retomada Mbya-Guaraní en Yvyrupá: producción de subjetividad, agenciamientos y creación de estrategias de lucha" que tuvo como objetivo investigar procesos de subjetivación, producción de composiciones y estrategias de afrontamiento/resistencia en medio del movimiento de los indígenas Myba-Guarani de retomada de área en Maquiné/RS, Brasil. Se entendió que, para tanto, el método de la cartografía se mostraba interesante, pues propicia trazar los recorridos de los actores sociales en el terreno de la experiencia. A partir de análisis de materiales como diarios de campo, fotos por indígenas y publicadas en un grupo de WhatsApp que agregaba apoyadores, audiovisuales de divulgación vehiculados en internet, abordamos aquí uno de los puntos desarrollados en la disertación: el espacio sociocosmológico Mbya que se actualizó en aquella - la tekaá Ka'aguy Porã - entendiéndolo como espacio ancestral (retomado en la Retomada) para la realización del modo de vida - el tekó - Mbya-Guaraní. Buscamos trazar aproximaciones, articulaciones y torsiones conceptuales para pensar la producción de subjetividad de este pueblo indígena. Al final, hacemos consideraciones sobre lo que entendemos ser potentes aperturas y contribuciones a la psicología social, así como a las ciencias sociales ya la investigación con pueblos indígenas....(AU)
Descritores: Psicologia
Psicologia Social
Cultura Indígena
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR1552.1 - Biblioteca Central


  8 / 20 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-647100
Autor: Bernardes, Anita Guazzelli; Marques, Camilla Fernandes; Mázaro, Laíza Piva.
Título: A diferença tornada tradicional: formas de objetivação de populações indígenas / The difference makes traditional: forms of objectivation of indigenous populations
Fonte: Estud. pesqui. psicol. (Impr.) = Estud. pesqui. psicol;11(3):913-932, dez. 2011. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo tem como temática a análise de formas de objetivação das populações indígenas mediante a construção de políticas públicas voltadas para essas populações. A reflexão apoia-se nas ferramentas conceituais foucaultianas sobre verdade e política, para examinar práticas discursivas de atenção à saúde indígena a partir de ações em saúde voltadas para essas populações. A reflexão é feita com base na análise de periódicos científicos publicados posteriormente à Política Nacional de Atenção Integral à Saúde dos Povos Indígenas. Os periódicos foram selecionados na base de dados BVS. Foram utilizados 10 artigos e legislações em saúde como fontes de informação. A escolha desses 10 artigos se deu segundo o critério de um indicador epistemológico - tradicional. O tradicional é considerado um indicador epistemológico que constitui a possibilidade de conformação de um discurso indígena. A objetivação de populações indígenas como diferença retira dessas existências a própria condição de diferença, na medida em que se estabelece o tradicional como "ser" dessa diferença. (AU)

This paper analyzes forms of objectivation of indigenous populations considering the construction of public policies for them. This reflection has been grounded on Foucauldian conceptual tools about truth and politics, in an attempt to examine discursive practices of indigenous health care in health actions directed to indigenous populations. The reflection is based on the analysis of journals published after the National Policy for Integral Attention to Indigenous Peoples Health Care. The journals were selected from BVS database. Ten articles and health regulations were used as sources of information. These ten articles were selected according to a criterion of an epistemological indicator - the traditional. The traditional has been considered as an epistemological indicator that constitutes the possibility of conformation of an indigenous discourse. The objectivation of indigenous populations as difference takes from these existences the difference condition in itself, for it establishes the traditional as the " being" of that difference. (AU)
Descritores: Política Pública
Cultura Indígena
-Símbolo Étnico
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR1691.1 - Biblioteca CEH/A


  9 / 20 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1008420
Autor: Quintero Corredor, Cindy Pamela(com); Monje Carvaja, Jhon Jairo(com).
Título: LA MEMORIA BIOCULTURAL DE LA ETNIA SÁLIBA, RESGUARDO EL SUSPIRO, MUNICIPIO DE OROCUÉ, CASANARE / THE BIOCULTURAL MEMORY OF THE SÁLIBA ETHNIC GROUP, EL SUSPIRO RESERVATION, MUNICIPALITY OF OROCUÉ, CASANARE
Fonte: Rev. luna azul;47:[83]-[97], 01 julio 2018.
Idioma: en; es.
Resumo: Este documento contiene resultados de una investigación con la etnia sáliba del resguardo El Suspiro en Orocué, Casanare, orientada a generar elementos para la recuperación de su memoria biocultural. La metodología usó herramientas de la investigación acción participativa para tener acceso a una aproximación más ajustada de su cultura, espiritualidad y producción agrícola en gran parte erosionadas en la memoria colectiva de sus integrantes, principalmente por momentos y elementos de la modernidad en contacto con las comunidades no indígenas de la zona. Se usaron acercamientos vivenciales con inmersión por largos períodos en la comunidad y participación de actividades festivas, de producción, de espiritualidad y de cotidianidad para ayudar a tener una percepción más ajustada de su realidad y apoyar los resultados de la investigación.

This document contains results of a research project carried out with the Sáliba ethnic group of El Suspiro reservation in Orocue, Department of Casanare, aimed at generating elements for recovery of their biocultural memory. The methodology used tools of participatory action research -PAR-, to have access to a closer approximation of this ethnic group culture, spirituality and agricultural production, largely eroded in the collective memory of its members, mainly by moments and elements of modernity in contact with nonindigenous communities in the area. Experiential approaches with immersion for long periods in the community, participation in festive activities, production, spirituality and daily life were used to help having a more accurate perception of their reality and support the results of the research.
Descritores: Cultura Indígena
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: CO54.1 - Centro de Biblioteca e Información Científica


  10 / 20 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-997233
Autor: Soares, Khellen Cristina Pires Correia; Debortoli, José Alfredo Oliveira.
Título: Lazer e experiência cultural: territorialidade e alteridade do povo Akwe-Xerente / Leisure and cultural experience: territoriality and otherness of the Akwe-Xerente people
Fonte: Licere (Online);22(01):122-147, mar.2019.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho é um recorte da tese de doutorado intitulada Cultura e Lazer na vida cotidiana do povo Akwe-Xerente. Este texto busca uma discussão entre lazer e experiência cultural, aproximando do modo de vida e de constituição da territorialidade e alteridade Akwe-Xerente. Uma aproximação com a antropologia permitiu que a metodologia fosse construída a partir do diálogo entre a pesquisa bibliográfica e de campo; em uma perspectiva etnográfica foi desenvolvida a observação participante e realizadas entrevistas. Através do "olhar de perto e de dentro" buscamos a compreensão do que os indígenas vivenciam que se aproxima das perspectivas de lazer lançadas até o momento. Assim, o objetivo é apresentar as práticas culturais de lazer do povo Akwe-Xerente, mais especificamente o Dasipê e a utilização das tecnologias, trazendo para a discussão questões que permeiam a alteridade e territorialidade deste povo. Estas práticas culturais de lazer fazem parte da vida cotidiana e participam da força geradora que define essa cultura. A tessitura deste habitar é composta por fios da tradição e outros fios da modernidade, revelando o processo híbrido da experiência cultural.

This project work is a cut of the doctoral thesis entitled Culture and Leisure in the daily life of the Akwe-Xerente people. This text seeks a discussion between leisure and cultural experience, approaching the way of life and the constitution of territoriality and distinctiveness from Akwe-Xerente.Through an approach with anthropology, the methodology was constructed from the dialogue between bliographical and field research, from an ethnographic perspective. The present study constitutes a dialogue of the understanding of leisure as dimension of culture and complex social practice, based on the analysis of the daily life of the Akwe-Xerente people, by means of what is revealed as alterity and territoriality of this people. Through the "close and inward look" we seek to understand what indigenous people experience that approaches the perspectives of leisure that have been released so far,considering the way of life of this people, describing the relationships that are established with time, work, nature, traditional knowledge,the knowledge of the surrounding society and how all these elements bring perspectives of dialogue with the field of study of leisure.
Descritores: Cultura
População Indígena
Atividades de Lazer
-Territorialidade
Cultura Indígena
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde