Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP3.001.005.030.050.010.040 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1254878
Autor: Teixeira, Naira Juliani.
Título: (Auto)cuidado, cura e sustentabilidade entre bruxas e bruxos contemporâneos em São Paulo / (Self-)care, healing and sustainability among contemporary female and male witches in São Paulo.
Fonte: São Paulo; s.n; 2021. 128 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A etnografia como um método foi fundamental para a escolha do tema, desenvolvimento e objetivo da tese. Considerando a combinação do trabalho de campo, realizado junto aos bruxos em São Paulo, especialmente os que frequentaram o Santuário da Grande Mãe, templo de wicca situado no bairro da Vila Mariana, com a bibliografia interdisciplinar utilizada, pode ser caracterizada como transdisciplinar a pesquisa. O norte desta é a relação das bruxas e bruxos contemporâneos em São Paulo com a sustentabilidade. Ligado a esta podem estar o (auto)cuidado e a cura, questões significativamente presentes nos discursos, encontros e rituais públicos. O objetivo e contribuição da pesquisa é mostrar que existem, além daquelas socialmente reconhecidas como tal, diferentes formas de expressão da ideia de sustentabilidade, tendo como base os discursos e práticas rituais de pessoas cuja religiosidade e espiritualidade estão, em tese, intrinsecamente ligadas à natureza e que à sua maneira se apropriam de e se identificam com a figura da bruxa, ainda presente e até em evidência na sociedade. A bruxaria contemporânea e seus praticantes, ambos conceituados aqui, estão inseridos numa cultura de (auto)cuidado e cura, a qual é encarada mais seriamente por quem assume o papel de sacerdote/sacerdotisa. O cuidado e a cura se referem a aspectos físicos, mentais, emocionais e espirituais nos âmbitos individual, coletivo e planetário, interligados numa perspectiva holística. A noção de sustentabilidade tem a ver com o tipo de relação que o ser humano estabelece com a natureza para que a vida humana e outras da Terra sejam preservadas. Para ser saudável, essa relação deve ser conduzida com cuidado e responsabilidade. Entre os bruxos são comuns referências a povos tradicionais e antigos que em tese tinham uma relação respeitosa com a natureza, seus ciclos e a mulher, vistos como sagrados. Ao entrarem em contato com mitos desses povos em rituais, parecem acreditar que estão resgatando ensinamentos para lidarem consigo, com os outros e a natureza de forma mais integrada e equilibrada. Alguns discursos assinalaram que praticar bruxaria é insuficiente se não houver ativismo, principalmente na esfera ambiental. Certos praticantes enxergam a sustentabilidade como uma área específica na qual alguns deles estudam, trabalham e/ou como uma ideia incorporada em seus cotidianos, discursos e encontros através de determinadas práticas socialmente reconhecidas como sustentáveis. Se aproximar de integrantes de um caminho religioso e/ou espiritual conectado à natureza possibilitou ampliar o olhar sobre a sustentabilidade, trazendo nesta pesquisa diferentes formas de expressão da referida noção.

Ethnography as a method was fundamental to the choice of the thesis topic, development and objective. Considering the combination of fieldwork, carried out with witches in São Paulo, especially those who attended the "Santuário da Grande Mãe", a Wicca temple located in the neighborhood of Vila Mariana, with the interdisciplinary bibliography used, the research can be characterized as transdisciplinary. The north of the research is the relation between contemporary female and male witches in São Paulo and sustainability. Linked to this might be (self-)care and healing, significantly present issues in the speeches, meetings and public rituals. The research objective and contribution is to show that there are, beyond those socially recognized as such, different forms of expression of the sustainability idea, based on speeches and ritual practices of people whose religiosity and spirituality are, in theory, intrinsically linked to nature, and that in their way they appropriate and identify themselves with the witch figure, still present and even in evidence in society. Contemporary witchcraft and its practitioners, both conceptualized here, are inserted in a (self-)care and healing culture, which is taken more seriously by those who assume the role of priest/priestess. Care and healing refer to physical, mental, emotional and spiritual aspects at the individual, collective and planetary levels, interconnected in a holistic perspective. The sustainability notion has to do with the type of relationship that human beings establish with nature so that human and other life on Earth are preservnjed. To be healthy, this relationship must be conducted with caution and responsibility. Among witches, references to traditional and ancient peoples who in theory had a respectful relationship with nature, its cycles and women, seen as sacred, are common. When they come into contact with the myths of these peoples in rituals, they seem to believe that they are rescuing teachings to deal with themselves, others and nature in a more integrated and balanced way. Some speeches pointed out that practicing witchcraft is insufficient if there is no activism, especially in the environmental sphere. Certain practitioners see sustainability as a specific area in which some of them study, work and/or as an idea incorporated in their daily lives, speeches and meetings through certain practices socially recognized as sustainable. Getting closer to members of a religious and/or spiritual path connected to nature made it possible to broaden the view on sustainability, bringing in this research different ways of expressing the referred notion.
Descritores: Autocuidado
Comportamento Ritualístico
Bruxaria
Terapias Espirituais
Indicadores de Desenvolvimento Sustentável
Paganismo
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde