Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP3.001.037.028.014 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 16 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 16 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1122838
Autor: Oliveira, Rosana Rosseto de; Costa, Josane Rosenilda da; Rossi, Robson Marcelo; Rodrigues, Ana Lúcia; Mathias, Thais Aidar de Freitas.
Título: Mortalidade infantil e fatores associados: estudo por tipologias sócio-ocupacionais / Infant mortality and associated factors: a study according to socio-occupational typologies
Fonte: Ciênc. cuid. saúde;14(2):1165-1174, 20/06/2015.
Idioma: pt.
Resumo: Analisar a mortalidade infantil em municípios da Região Metropolitana de Maringá, segundo Tipologias Sócio-Ocupacionais. Estudo ecológico com população constituída por todos os óbitos infantis, de residentes em Maringá, Sarandi e Paiçandu, de 2004 a 2008. Foram utilizados dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade e Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos. As divisões do território por Tipologias Sócio-Ocupacionais foram definidas a partir da variável "ocupação do chefe da família". As demais variáveis foram categorizadas para posterior análise de regressão logística. Para as Tipologias Sócio-Ocupacionais cuja ocupação e ganho do chefe de família são inferiores, os coeficientes de mortalidade infantil são mais elevados, destacando-se a Tipologia Agrícola Médio Inferior (18,2 óbitos por mil nascidos vivos) e a Operário (16,4 óbitos por mil nascidos vivos). Associação forte com a ocorrência do óbito infantil foi observada com Apgar no 1º e 5º minutosinferior a sete (OR=23,2, e 71,8; p<0,001, respectivamente), peso ao nascer inferior a 2500g (OR=20,7; p<0,001), menos de 37semanas gestacionais (OR=22,7;p<0,001) e anomalia congênita (OR=23,5; p<0,001). A segregação espacial resultou em condições heterogêneas de acesso e resolutividade aos serviços de saúde, mostrando necessidade de ações de saúde direcionadas aos aglomerados urbanos formados pelas Tipologias Sócio-OcupacionaisAgrícola Médio Inferior e Operário.

Analyzing infant mortality in the Maringá Metropolitan area, according to Socio-OccupationalTypologies. This is an ecological study with all infant deaths from residents of Maringá, Sarandi and Paiçandu municipalities, from 2004 to 2008. We used data from the BrazilianMortality Information System and Brazilian Information System on Live Births. The divisions of the territory by Socio-Occupational Typologies were defined from the variable "occupation of the family head". The other variables were categorized for subsequent logistic regression analysis. For Socio-Occupational Typologies whose occupation and won of the head of household are lower infant mortality rates are higher, mainly for the Agricultural Medium Low Tipology (18.2 deaths per thousand live births) and Manual Worker (16.4 deaths per thousand live births). Strong association with infant death was observed with Apgar at 1st and at 5th minute less than seven (OR=23.2, and 71.8, p<0,001, respectively), birth weight less than 2500g (OR=20.7 p<0,001), less than 37 gestational weeks (OR=22.7, p<0,001) and congenital anomalies (OR=23.5, p<0,001). The socio-spacial segregation resulted in heterogeneous conditions of access and resoluteness tohealth services, showing the need for targeted health actions to different urban areas formed by Socio-OccupationalTypologies.
Descritores: Concentração Demográfica
Mortalidade Infantil
-Características da População
Características da Família
Área Urbana
Nascido Vivo
Renda
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  2 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Lautert, Liana
Id: lil-463447
Autor: Braga, Cristina; Lautert, Liana.
Título: Caracterização sociodemográfica dos idosos de uma comunidade de Porto Alegre, Brasil / Characterization of elders residents in one community in Porto Alegre, Brazil
Fonte: Rev. gaúch. enferm;25(1):44-55, abr. 2004. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Esta pesquisa objetivou conhecer as condições de vida e o perfil sócio demográfico de 220 idosos residentes na área adstrita de uma Unidade Básica de Saúde de Porto Alegre. A coleta dos dados foi realizada por meio de visitas domiciliares. A idade média dos entrevistados é 70,4 anos; 62,73 por cento é do sexo feminino. As condições de moradia e de companhia demonstraram que 86,36 por cento mora em casa própria com, em média, três moradores. Quanto a sua saúde, 60 por cento referiu que a considera muito boa e boa, 23,73 por cento relatou desconhecer doenças. Entre os que referiram algum problema de saúde, destacam-se os distúrbios cardiocirculatórios (48,18 por cento) e os osteomusculares (22,73 por cento)
Descritores: Concentração Demográfica
Condições Sociais
-Problemas Sociais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR18.1 - Biblioteca FAMED/HCPA


  3 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-699954
Autor: Carvalho, Alexandre Xavier Ywata de; Laureto, Camilo Rey; Pena, Marina Garcia; Albuquerque, Pedro Henrique Melo; Rodrigues Junior, Waldery.
Título: Um estudo das metodologias e funcionalidades dos índices de segregação / Un estudio de las metodologías y funcionalidades de los índices de segregación / A study of methods and functionality of segregation indicators
Fonte: Rev. bras. estud. popul;30(2):567-594, jul.-dez. 2013. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Os índices de segregação têm o intuito de avaliar a distribuição, mais especificamente, a dispersão ou a concentração de certo grupo em determinado espaço, como uma região geográfica. Enquanto uma análise mais qualitativa dos fatores definidores da mobilidade das pessoas foca em questões sociais, econômicas e culturais, os índices de segregação procuram determinar os fatores da mobilidade geográfica de forma quantitativa para, posteriormente, associar a fatores qualitativos. Este trabalho tem por objetivo tratar da metodologia dos índices de segregação, da forma como eles são construídos e a aplicação das medidas propostas. Assim, o foco é abordar os índices de segregação do tipo uniformização (evenness), exposição (exposure), concentração (concentration), agrupamento (clustering) e centralização (centralization) e, em seguida, construir uma aplicação empírica utilizando dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais). A análise consiste em avaliar a segregação espacial do rendimento anual recebido pelos trabalhadores formais nos municípios da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP).

Segregation indicators measure the evenness of distribution, that is, the contrasting dispersion or concentration of a certain group in a given space, such as a geographical area. Whereas the qualitative analysis of people's mobility focuses on social, economic and cultural factors, segregation indicators aim at determining geographic mobility by quantitative factors than can later connect to qualitative factors. This article deals with segregation indicators and describes how they are derived and how each one functions. The following types of indicators are described: evenness, exposure, concentration, clustering and centralization. The empirical analysis is based on data from the Annual (Brazilian) Report on Social Information (RAIS) and the analysis is based on the spatial segregation of annual formal labor income in the São Paulo Metropolitan Region.

Los índices de segregación tienen el propósito de evaluar la distribución o, más específicamente, la dispersión o concentración de un grupo dado en un determinado espacio, como una región geográfica. Mientras un análisis más cualitativo de los factores definidores de la movilidad de las personas aborda cuestiones sociales, económicas y culturales, los índices de segregación intentan determinar los factores de la movilidad geográfica de forma cuantitativa para, posteriormente, asociarlos a factores cualitativos. Este trabajo tiene como objetivo tratar de la metodología de los índices de segregación, de la forma como son construidos, y de la aplicación de las medidas propuestas. De este modo, el enfoque es abordar los índices de segregación del tipo uniformización (evenness), exposición (exposure), concentración (concentration), agrupamiento (clustering) y centralización (centralization), para luego construir una aplicación empírica utilizando datos de la Relación Anual de Informaciones Sociales (Rais). El análisis consiste en evaluar la segregación espacial del ingreso anual recibido por los trabajadores formales en los municipios de la Región Metropolitana de São Paulo (RMSP).
Descritores: Demografia
Concentração Demográfica
-Aglomeração
Renda
Indicadores e Reagentes
Limites: Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  4 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-541040
Autor: Moreno Leal, Leonardo Aníbal.
Título: Distribución numérica y topográfica de los odontólogos de Bogotá inscritos en el directorio telefónico 2008 / Numerical and topographic distribution of dentists in Bogota, registered on the telephone guide
Fonte: Rev. Fed. Odontol. Colomb;71(222):18-24, mar.-abr. 2008. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Este es un artículo que presenta los resultados de un estudio realizado por odontólogos del grupo de investigación de la Federación Odontológica Colombiana y Cundinamarca, con base en el registro de odontólogos en las páginas amarillas del directorio telefónico año 2008. Se determinó que los odontólogos se encuentran ubicados mayoritariamente en la zona comprendida entre las calles 45 y 127 y entre las carreras 7 y 14, esta última denominada Avenida Caracas y posteriormente desde la calle 86, autopista Norte.
Descritores: Demografia
Odontólogos/estatística & dados numéricos
-Estudos Transversais
Colômbia/epidemiologia
Epidemiologia Descritiva
Faculdades de Odontologia/estatística & dados numéricos
Concentração Demográfica
Análise Estatística
Sociedades Odontológicas/organização & administração
Responsável: AR29.1 - Biblioteca


  5 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-354821
Autor: Zamosc, Leon.
Título: Estadistíca de las áreas de predominio étnico de la sierra ecuatoriana: Población rural, indicadores cantonales y organizaciones de base / Estadistíca of the areas of ethnic predominance of the Ecuadorian mountain range: Rural population, cantonal indicators and organizations of base.
Fonte: Quito; ABYA-YALA; mar. 1995. 98 p. tab, graf.
Idioma: es.
Descritores: Censos
Serviços de Saúde Comunitária
Concentração Demográfica
Demografia
Equador
Índio
Idioma
Pobreza
Áreas de Pobreza
Zona Rural
População Rural
Planejamento Social
-Estatística
Responsável: EC1.1 - BICME - Banco de Información Científico-Médica
EC1.19; 2286, i1


  6 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-354820
Autor: Sánchez Parga, José.
Título: Población y pobreza indígena / Population and indigenous poverty.
Fonte: Quito; Centro andino de acción popular; oct. 1996. 148 p. tab.
Idioma: es.
Descritores: Censos
Serviços de Saúde Comunitária
Concentração Demográfica
Demografia
Equador
Escolaridade
Habitação
Índio
Idioma
Transtornos Nutricionais
Pobreza
Áreas de Pobreza
-Grupos Étnicos
Responsável: EC1.1 - BICME - Banco de Información Científico-Médica
EC1.19; 2288, i2


  7 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-354770
Autor: Suárez Torres, José.
Título: Situación de la salud en el Ecuador / Situation of the health in Ecuador.
Fonte: Quito; Ecuador. Ministerio de Salud Pública; 1988. 220 p. mapas, tab, graf.
Idioma: es.
Descritores: Cacau
Colonialismo
Concentração Demográfica
Economia Médica
Equador
Características da População
Física Médica
História Moderna 1601-
História Natural das Doenças
Petróleo
Estatísticas de Saúde
Levantamentos Sanitários sobre Abastecimento de Água
-Saúde Pública
Responsável: EC1.1 - BICME - Banco de Información Científico-Médica
EC1.19; 445, i7


  8 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-334209
Autor: Andrade, Thompson Almeida; Serra, Rodrigo Valente.
Título: O recente desempenhno das cidades médias no crescimento populacional urbano brasileiro / The recent performance of medium cities in Brazilian urban populational growth.
Fonte: Rio de Janeiro; IPEA; mar. 1998. 27 p. tab, graf. (IPEA. Texto para Discussäo, 554).
Idioma: pt.
Resumo: Analisa a dinâmica demográfica das cidades médias brasileiras nas últimas décadas. Procura verificar de que forma tais centros urbanos têm contribuído para o processo de expansäo da populaçäo do país. Busca montar um pano de fundo para outros estudos que seräo feitos no âmbito do projeto do Nemesis, que intenta estudar o desempenho dos centros de porte intermediário do sistema urbano brasileiro nos contextos econômico e social do desenvolvimento do país. Faz uma apresentaçäo da expansäo do sistema urbano brasileiro, tanto em termos do aumento no número das cidades, quanto no número de habitantes, por classes de tamanho urbano. Centra-se em um conjunto de cidades médias estudadas na década de 70. Análisa a performance demográfica com o objetivo de investigar qual teria sido o seu papel nas mudanças observadas no processo de desconcentraçäo da populaçäo brasileira. Examina a relaçäo entre a dinâmica populacional das cidades médias estudadas e o processo de reversäo da polarizaçäo industrial no Brasil.
Descritores: Dinâmica Populacional
Urbanização
-Brasil
Cidades
Indústrias
Concentração Demográfica
Área Urbana
Reforma Urbana
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR939.1 - Biblioteca Karl A Boedecker
BR939.1; I64t,1998,n.554,P.Seriada


  9 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-203056
Autor: Riquer Fernández, María Florinda(coord).
Título: Aspectos sociodemográficos de la población rural y urbana / Sociodemographic aspects of rural and urbane population.
Fonte: México, D.F; Consejo Nacional de Población; sept. 1995. 70 p. ilus. (Situación de la Mujer en México. Aspectos Sociales, 18).
Idioma: es.
Resumo: Se presenta un diagnóstico nacional de aspectos sociodemográficos de la población rural y urbana en México, con el propósito de describir la estructura y dinámica poblacional a través del tiempo. El documento contiene los siguientes apartados: I. Antecedentes II. El incremento poblacional como problema político III. Dinámica y estructura poblacional: los años recientes IV. Políticas y programas en población V. Propuestas para la acción.
Descritores: Concentração Demográfica
População Rural
População Urbana
Mulheres
Responsável: MX10.1 - CDI - Centro de Documentación Institucional
MX10.1


  10 / 16 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-198305
Autor: Fernandez, Fernando A. S; Freitas, Simone R; Cerqueira, Rui.
Título: Density dependence in within-habitat spatial distribution: contrasting patterns for a rodent and a marsupial in southeastern Brazil
Fonte: Ciênc. cult. (Säo Paulo);49(1/2):127-9, jan.-abr. 1997. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: We investigated the relationship between population densities of two species of small mammals and the degree of aggregation in their spatial distributions within a habitat at the Restinga de Barra de Maric , in Rio de Janeiro State. The distribution of the redent Akodon cursor was more clumped at low than at high densities. On the other hand, the aggregation of the marsupial Philander opossum was independent of its abundance. Population density must be included as a variable in quantitative analyses of habitat preferences of those species which, like A. cursor but not P. opossum, show different degrees of habitat selectivity at different population densities.
Descritores: Concentração Demográfica
Roedores
-Densidade Demográfica
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde