Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP4.011.072.583.064 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 23 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 23 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1023011
Autor: Boccalatte, Luis Alejandro.
Título: Cambio curricular en Medicina y experiencia pedagógica en el Laboratorio de Práctica Orientada: puntos fuertes, debilidades y estrategias de mejora / Curriculum change in Medicine and experience Pedagogical in the Laboratory of Practice Oriented: strengths, weaknesses and improvement strategies
Fonte: Rev. Hosp. Ital. B. Aires (2004);38(2):52-55, jun. 2018.
Idioma: es.
Descritores: Ensino/tendências
Aprendizagem Baseada em Problemas/métodos
Currículo/tendências
Educação de Graduação em Medicina/métodos
-Estudantes de Medicina
Mentores/educação
Aprendizagem Baseada em Problemas/organização & administração
Aprendizagem Baseada em Problemas/tendências
Educação de Graduação em Medicina/organização & administração
Educação de Graduação em Medicina/tendências
Centros Médicos Acadêmicos/tendências
Qualidade Total
Autoaprendizagem como Assunto
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Carta
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  2 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Lacaz, Francisco Antônio de Castro
Texto completo
Id: lil-650762
Autor: Lacaz, Francisco Antonio de Castro.
Título: Qualidade de vida n(d)o trabalho: um conceito político e polissêmico / Quality of life of/at work: a political and polysemic concept
Fonte: Trab. educ. saúde;7(3):565-572, nov. 2009-fev. 2010.
Idioma: pt.
Resumo: Neste texto objetiva-se chamar atenção para a historicidade e a polissemia do conceito de Qualidade de Vida n(d)o trabalho (QVT) ou, melhor dizendo, Qualidade do Trabalho (QT) e seu caráter político, na medida em que envolve interesses de classe contraditórios; na perspectiva de colocá-lo num patamar de discussão que questiona a abordagem 'clínica' comumente adotada pelo capital e que coloca como principal estratégia a mudança de 'hábitos' dos indivíduos. Assim, desloca-se a discussão para a categoria 'controle' sobre os processos de trabalho, na perspectiva dos coletivos de trabalhadores, o que permite articular o conceito à noção de que atingir a QVT envolve um embate político que é dado pela correlação de forças capital-trabalho, em sociedades concretas. Neste sentido, mesmo que se considere incompatível pensar em QVT numa realidade de precariedade do trabalho (e de direitos), advoga-se que a introdução no debate de um outro 'olhar' sobre a questão, o qual também tem um forte caráter político, contra-hegemônico, pode contribuir para o enfrentamento do 'discurso único' e da prática a ele acoplada, as quais são defendidas como sendo 'o' modelo de abordagem da QVT por parte das empresas e dos intelectuais da própria academia que as assessoram.

In this paper we aim to draw attention to the historicity and the polysemy of the concept of Quality of Life at (of) work (QWL), or rather, Quality of Work (QW) and its political nature, as it involves contradictory class interests, with the idea of placing it at a level of discussion that questions the 'clinical' approach commonly adopted by capital and that designates individuals´ change of' habits as the main strategy. Thus, the discussion shifts to the category 'control' over the work processes in the point of view of workers' collectives allowing a relation between the concept and the notion that achieving QWL involves a political struggle that is originates from the correlation of the capital-labor strengths in concrete societies. In this sense, even if it is deemed incompatible to think of QWL as a reality of precarious work (and rights), this article advocates that the introduction of another 'vision' concerning this issue, which also has a strong political and counter-hegemonic character, can contribute to addressing the 'speech' and the skills that come along with it, the ones which are defended as being 'the' model approach of QWL by businesses and the intellectuals from the academy that advise them.
Descritores: Qualidade de Vida
Trabalho
Qualidade Total
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  3 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-963768
Autor: Lescowicz, Gustavo Henrique; Melo, Roberto Ferreira de; Rateke, Elayne Cristina de Morais; Martinello, Flávia.
Título: Dez anos da RDC 302/2005: avaliação da implantação em laboratórios de análises clínicas do estado de Santa Catarina / Ten years of RDC 302/2005: evaluation of implantation in laboratories of clinical analysis of Santa Catarina state
Fonte: Rev. bras. anal. clin;50(2):161-170, nov. 23, 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar dez anos após a publicação se os laboratórios de análises clínicas do estado de Santa Catarina atendem aos requisitos da RDC 302/2005. A população de laboratórios foi obtida no CNES. Métodos: Como ferramenta de pesquisa foi elaborado um questionário baseado na RDC 302/2005 e enviado aos laboratórios. Resultados: Dos 523 laboratórios clínicos aptos a participar do estudo, o contato foi exitoso com apenas 198 e, desses, somente 20 participaram. Os participantes relataram que a RDC 302/2005 é essencial para o funcionamento dos laboratórios. O tempo para iniciar a implantação da RDC levou, em média, um ano, e o tempo para a conclusão delongou mais um ano. Doze laboratórios relataram cumprir todos os requisitos da resolução. No entanto, apenas dois laboratórios cumprem integralmente os 38 requisitos da RDC pesquisados. Os requisitos de rotulagem de reagentes, registro de temperatura de equipamentos, gerenciamento de resíduos, comunicação de valores críticos, arquivamento de laudos e dados brutos e notificação de resultados que indiquem doença notificável foram cumpridos por todos os laboratórios. O registro da temperatura de transporte das amostras foi o requisito menos cumprido pelos laboratórios. As principais dificuldades relatadas para implantação dos requisitos foram nas áreas de gestão e garantia de qualidade, aplicação dos conhecimentos de biossegurança e resistência dos colaboradores ao processo de mudança. Conclusão: A formação dos profissionais voltada para conceitos e ferramentas de gestão, de sistema de qualidade e padronização de processos se faz necessária para os laboratórios e pode ser o início da solução para as dificuldades apresentadas pelos laboratórios pesquisados.
Descritores: Controle de Qualidade
Gestão da Qualidade
Qualidade Total
Serviços de Laboratório Clínico
-ISO 9000
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  4 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-995991
Autor: Barbosa, Laís Oliveira; Mansour, Samir Nicola.
Título: Projeto de implantação da gestão da qualidade com base na norma PALC e metodologia ONA em um laboratório de análises clínicas / Project of quality management implementation based on the PALC standard and ONA methodology in a clinical analysis laboratory
Fonte: Rev. bras. anal. clin;50(4):365-370, 20190410. Tab..
Idioma: pt.
Resumo: O laboratório clínico tem a responsabilidade e compromisso de assegurar que os resultados dos exames reflitam de forma fidedigna a situação clínica apresentada pelos pacientes, por isso é necessário a implantação de um sistema da qualidade e a busca por um certificado de acreditação. O presente trabalho tem como principal objetivo analisar os processos da fase pré-analítica, analítica e pós-analítica em relação aos critérios estabelecidos na metodologia ONA e na norma PALC, identificando as melhores práticas para elaborar um projeto de implantação de um sistema de gestão de qualidade em um laboratório de análises clínicas através de uma análise comparativa com os processos do laboratório clínico. A metodologia usada foram pesquisas em bibliografias especializadas nas plataformas SciELO, PubMed, Lilacs e livros para avaliar a implantação de um sistema de qualidade no laboratório de análises clínicas. Como resultados após comparação das metodologias ONA e PALC, definimos a PALC como a melhor metodologia para o laboratório de análises clínicas, mostrando as ações necessárias para garantir que o processo seja realizado de forma correta.
Descritores: Organização e Administração
Análise por Ativação
Qualidade Total
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  5 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-986530
Autor: Stein, Bruna de Paoli; Imeton, Thaysi Smoeller; Geraldo, Alexandre; Bueno, Ednéia Casagranda; Stringari, Flavia Bastos; Martinello, Flávia.
Título: Avaliação da Gestão da Qualidade de uma Agência Transfusional / Quality Management Assessment of a Transfusion Agency
Fonte: Rev. bras. ciênc. saúde;21(3):203-210, 2017. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: O controle da qualidade, quando implantado, deve assegurar o uso dos hemocomponentes livre de possíveis reações transfusionais. Inúmeras regulamentações na área de hemoterapia vêm direcionando as metodologias que devem ser utilizadas pelas agências transfusionais de forma a minimizar os riscos ao paciente/receptor. Objetivo: Este estudo teve como objetivo realizar a avaliação da gestão da qualidade de uma agência transfusional localizada no município de Balneário Camboriú-SC. Materiais e Métodos: Como metodologia central foi utilizado o Ciclo PDCA, do inglês Plan, Do, Check, Act, com o objetivo de planejar e organizar as ações do gerenciamento da qualidade, observar as melhorias e quando necessário auxiliar na atuação sobre as inconformidades encontradas. Resultados: As informações da rotina hemoterápica da instituição foram obtidas por meio de 15 visitas técnicas. Através dos Roteiros de Inspeção Técnica em Serviços de Hemoterapia foram detectadas conformidades em 80% dos requisitos, destacando-se as questões de biossegurança, área física e reagentes, enquanto as não-conformidades foram observadas principalmente no item Gestão da Qualidade. Neste sentido, foram utilizadas as Ferramentas da Qualidade para correções das não-conformidades. Após a execução de 11 ações de melhoria, o percentual de conformidades no item Gestão da Qualidade foi de 100%. Conclusão: Inconformidades foram encontradas na agência transfusional avaliada, entretanto, não foram observados riscos nos serviços de saúde fornecidos à população através dos itens avaliados. (AU)

Introduction: Quality control, when implemented, should ensure the use of blood components without the presence of transfusion reactions. Numerous regulations in hemotherapy area have driven the approaches used by transfusion agencies to minimize the risks for the patient/ receptor. Objective: To carry out the evaluation of the quality management of a transfusion agency located in the city of Camboriú, SC, Brazil. Material and Methods: The PDCA Cycle (Plan, Do, Check, Act) was used to plan and organize the quality management actions, to observe the improvements and, where necessary, to assist in the resolution of detected issues. Results: Information from the hemotherapic routine of the institution was obtained through 15 technical visits. Technical Inspection Checklists in the Hemotherapy Service indicated a compliance of 80% with the norms. related to biosafety , physical area and reagents, while most of the non-conformities were observed in the Quality Management sector. Thus, Quality Tools were used for correction of nonconformities. After the execution of 11 improvement actions, the compliance percentage of the Quality Management item was found to be 100%. Conclusion: Despite the nonconformities found in the transfusion agency under study, no significant risks in the health care provided to the population were observed. (AU)
Descritores: Gestão da Qualidade
Serviço de Hemoterapia
-Qualidade Total
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR8.1 - Biblioteca Central


  6 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-983528
Autor: São Paulo (Cidade). Secretaria da Saúde. Hospital Municipal Maternidade Escola Dr. Mário de Moares Altenfelder Silva.
Título: Manual da qualidade.
Fonte: São Paulo; SMS; 2016. 172 p. tab.
Idioma: pt.
Descritores: Qualidade da Assistência à Saúde
-Gestão da Qualidade
Qualidade Total
Gestão da Qualidade Total
Tipo de Publ: Manuais
Responsável: BR45.1 - Biblioteca
BR45.1


  7 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-775375
Autor: Carlesso, Franciele; Tavares, Rejane Giacomelli.
Título: Diagrama de Ishikawa e 5W2H como ferramentas de gestão da qualidade em laboratórios de análises clínicas / Ishikawa diagram and 5W2H as quality management tools in clinical analysis laboratory
Fonte: Rev. bras. anal. clin;46(1-4):74-79, 2014. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: As ferramentas da qualidade são técnicas gerenciais utilizadas para definir, mensurar, analisar e propor soluções de problemas que interferem nas instituições empresariais e comerciais , como por exemplo, no laboratório de análises clínicas facilitando a solução e resolução destes, diminuindo os custos para a instituição e assegurando aos clientes a prestação de serviços mais qualificados. Objetivos: Analisar a aplicação das ferramentas da qualidade Diagrama de Ishikawa e 5W2H para otimização dos processos gerenciais em um laboratório de análises clínicas. Métodos: Analisaram-se registros de reclamações de clientes atendidos em um laboratório de análises clínicas da Região do Vale dos Sinos, no período de junho a agosto de 2013. Utilizou-se o Diagrama de Ishikawa para a identificação e a análise das reclamações e o 5W2H para a proposição de soluções dos mesmos.Resultados: Foram relatadas sete reclamações (uma da área técnica e seis relacionadas com recepção e coleta). Por meio da utilização das ferramentas foi possível mapear e identificar os problemas, planejar e identificar oportunidades de melhorias nos processos, a fim de promover a garantia da qualidade. Discussão: as ferramentas da qualidade, além de permitirem a avaliação do setor, contribuem também para o bom desempenho dos processos e para o alcance e evolução da qualidade em análises clínicas. É necessário haver comprometimento de toda a organização, onde o trabalho de treinamento e reciclagem deve ser constante. Conclusão: As ferramentas utilizadas permitiram a melhor visualização dos problemas, facilidade na busca de ações corretivas e preventivas, além de maior confiabilidade.
Descritores: Administração de Serviços de Saúde
Instrumentos para a Gestão da Atividade Científica
Laboratórios/organização & administração
Gestão da Qualidade
Qualidade Total
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  8 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-687022
Autor: Cárcamo Quezada, César.
Título: Los eventos adversos: ¿objetivos o consensuados? / Adverse events: objective or by consensus? / Os eventos adversos: objetivos ou consensos?
Fonte: Acta bioeth;18(2):231-235, nov. 2012.
Idioma: es.
Resumo: Un evento adverso no es un problema objetivo, ya que no es la medición ni su cuantificación lo que constituye a un problema como un dominio de explicaciones y afirmaciones, sino que la aplicación de criterios compartidos de validación de las explicaciones causales por una comunidad de observadores en sus experiencias. Proponemos que un evento adverso es un problema solo si podemos distinguirlo consensuadamente como tal, por tanto se trata de una construcción social. La pregunta crítica no es dónde trazar la línea, sino quién la puede trazar. Diferentes interpretaciones de un mismo incidente son siempre posibles. En efecto, al poner la objetividad entre paréntesis nos damos cuenta de que lo real está especificado por una operación de distinción y que existen tantos dominios de realidad como tipos de operaciones de distinción. Como resultado, los hechos objetivos desaparecen y no podemos pretender que tenemos un acceso privilegiado a una realidad objetiva que podemos usar para validar nuestras afirmaciones, siendo liberados para construir una cultura que no mire hacia atrás buscando encontrar quién tiene la razón, sino que busque en una mirada hacia adelante cómo producir un cambio hacia un actuar basado en una ética de la responsabilidad.

An adverse event is not an objective problem, since its measure or quantification does not constitute the problem as a field with explanations and statements, but the application of shared validation criteria of causal explanations by a community of observers in their experience. We propose that an adverse event is a problem only if we can distinguish it by consensus, therefore, it is a social construction. The critical question is not where to trace the limit, but who can do it. Different interpretations of the same incident are always possible. In fact, when putting objectivity in hold we realize that reality is specified by an operation of distinction and that there are so many reality fields as types of operation of distinction. As a result, the objective facts disappear and we cannot pretend that we have a privilege access to an objective reality that we can use to validate our statements, being liberated to build a culture that does not look behind trying to find who is right, but rather to look ahead such as changing towards acting based on an ethics of responsibility.

Um evento adverso não é um problema objetivo, já que não é a medição nem sua quantificação o que constitui um problema como um domínio de explicações e afirmações, senão que a aplicação de critérios compartilhados de validação das explicações causais por uma comunidade de observadores em suas experiências. Propomos que um evento adverso seja um problema somente se pudermos distinguí-lo consensualmente como tal, portanto se trata de uma construção social. A pergunta crítica não é onde traçar a linha, senão quem a pode traçar. Diferentes interpretações de um mesmo incidente são sempre possível. Com efeito, ao colocar a objetividade entre parênteses nos damos conta de que o real está especificado por uma operação de distinção e que existem tantos domínios de realidade como tipos de operação de distinção. Como resultado, os fatos objetivos desaparecem e não podemos pretender que temos um acesso privilegiado a uma realidade objetiva que podemos usar para validar nossas afirmações, sendo liberados para construir uma cultura que não olhe para trás buscando encontrar quem tem a razão, senão que busque numa mirada para adiante como produzir um câmbio para um atuar baseado numa ética da responsabilidade.
Descritores: Gestão da Qualidade
Conhecimento
Erros Médicos
Risco
-Qualidade Total
Responsável: CL305.1 - Centro de Documentación


  9 / 23 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-678770
Autor: Zacharias, Oceano J.
Título: ISO 9000:2000: conhecendo e implementando: uma estratégia de gestão empresarial / ISO 9000:2000: knowing and implemented: a business management strategy.
Fonte: São Paulo; Abimaq; 2001. 155 p. graf.
Idioma: pt.
Descritores: ISO 9000
Controle de Qualidade
Setor Privado/organização & administração
Qualidade Total
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; 658.562, Z16i


  10 / 23 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-670778
Autor: Talavera Tejada, Micaela.
Título: Calidad total / Total quality
Fonte: Actas peru. anestesiol;9(1):32-35, ene.-jul. 1996.
Idioma: es.
Descritores: Controle de Qualidade
Qualidade da Assistência à Saúde
Qualidade Total
Limites: Seres Humanos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde