Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP4.011.087.698 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 3 [refinar]
Mostrando: 1 .. 3   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 3 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-656937
Autor: Pérez Flores, Julián; Aguilar Vega, María Elena; Roca Tripepi, Robert.
Título: Assays for the in vitro establishment of Swietenia macrophylla and Cedrela odorata / Ensayos para el establecimiento in vitro de Swietenia macrophyllay Cedrela odorata
Fonte: Rev. colomb. biotecnol;14(1):20-30, ene.-jun. 2012. ilus, graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: Recalcitrance and contamination in Mahogany (Swietenia macrophylla King) and Spanish cedar (Cedrela odorata L.) stem tissues are the main causes of its ineffective in vitro propagation. The objectives of this research were: a) to evaluate sodium hypochlorite (NaOCl) and plant preservative mixture (PPM®) as surface disinfectants and/or added to the culture medium for the in vitro establishment of nodal explants taken from 10-year-old Mahogany and Spanish cedar plants, and b) to evaluate the in vitro response of such explants treated with N6-benzylaminopurine (BAP) (0, 2.2, 4.4, 8.8, 17.7 μM), silver nitrate (AgNO3) (0, 3 mg l-1), activated charcoal (0, 1 g l-1) and vented caps. All the experiments were arranged in a completely randomized design. The NaOCl at 15%, for 20 min, as a surface sterilization or PPM® at 2 ml l-1 into the culture medium, were the best treatments to reduce contamination for both species. For Mahogany explants, BAP at 17.7 μM resulted in higher percentages of bud breaks than Spanish cedar (64% and 25%, respectively). Leaves on elongated shoots dropped off by 20 days after starting the explants in culture and neither the activated charcoal nor the AgNO3 alone or combined prevented leaf abscission. The AgNO3 decreased contamination, but also increased leaf abscission. Bud breaks was two-fold higher for nodal explants established in vessels with vented caps than with normal caps. Mahogany nodal explants were easier to surface sterilize and more buds broke from BAP treated explants than Spanish cedar treated explants in the in vitro establishment.

La contaminación y la recalcitrancia de tejidos de tallo de Caoba (Swietenia macrophylla King) y Cedro español (Cedrela odorata L.) son las causas principales de su inefectiva micro-propagación. Los objetivos de la investigación fueron: a) evaluar el hipoclorito de sodio (NaClO) y una mezcal preservadora de plantas (PPM®) como desinfectantes superficiales y/o agregados al medio de cultivo para el establecimiento in vitro de explantes nodales de Caoba y Cedro español de 10 años de edad; b) evaluar la respuesta in vitro de tales explantes tratados con N6-benzylaminopurine (BAP) (0, 2.2, 4.4, 8.8, 17.7 μM), nitrato de plata (AgNO3) (0, 3 mg l-1), carbón activado (0, 1 g l-1) y tapas porosas. Los experimentos fueron establecidos bajo un diseño completamente al azar. La contaminación se redujo en ambas especies con NaOCl al 15% durante 20 min como desinfección superficial o con PPM® (2 ml l-1) agregado al medio de cultivo. El mayor porcentaje de brotación de explantes se obtuvo con BAP a 17.7 μM en caoba (64%) comparado con cedro (25%). Los brotes se defoliaron a los 20 días de cultivo y ni el carbón activado ni el AgNO3, solos o combinados evitaron la defoliación. El AgNO3 disminuyó la contaminación, pero incrementó la defoliación. La brotación fue dos veces mayor en los explantes nodales establecidos en recipientes con tapas porosas que cuando se utilizaron tapas normales. Los explantes nodales de Caoba respondieron mejor a la desinfección superficial y a los tratamientos de BAP comparados con los de Cedro español en el establecimiento in vitro.
Descritores: Contaminação
Desinfecção
Técnicas In Vitro
Recuperação e Remediação Ambiental/análise
Recuperação e Remediação Ambiental/estatística & dados numéricos
Recuperação e Remediação Ambiental/métodos
-Poluição do Ar
Contaminação Biológica/análise
Contaminação Biológica/estatística & dados numéricos
Contaminação Biológica/métodos
Contaminação Biológica/prevenção & controle
Contaminação Física/análise
Contaminação Física/estatística & dados numéricos
Contaminação Física/métodos
Contaminação Física/prevenção & controle
Poluição Ambiental
Responsável: CO326 - Departamento de Biología


  2 / 3 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Mizukami, Sally
Id: lil-523827
Autor: Massumoto, Celso; Silva, Luciana A. G; Mizukami, Sally; Campos, Maria F; Machado, Clarisse; Chamone, Dalton.
Título: Positividade de culturas microbianas durante o processamento da medula óssea e de células-tronco periféricas / Positivity of microbial culture during the processing of bone marrow and peripheral blood stem cells
Fonte: Rev. bras. anal. clin;30(1):7-8, 1998. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Durante o processamento da medula óssea (MO) e de células tronco periféricas (CTP) é possível que ocorra a contaminação microbiana devida à grande manipulação do produto. Foram analisadas 33 coletas de MO e 230 de CTP entre março de 93 e maio de 96. Oito MO das 33 foram tratadas com o agente farmacológico mafosfamida. Antes de cada congelamento foram retiradas amostras para avaliação da esterilidade. Das 230 CTP, foram verificadas 3 contaminações (1,3%), das 25 MO não-tratadas com mafosfamida observou-se 1 (4%) e, entre as 8 MO tratadas com mafosfamida, encontrou-se 1 (12,5%) cultura positiva. Dentre as culturas positivas de CTP foram identificados os seguintes organismos: Candida parapsilosis (n=1), Staphylococus simulans (n=1) e Staphylococus auricularis (n=1). Das culturas de MO identificou-se Staphylococus auricularis (n=1) e na MO tratada verificou-se Staphylococus coagulase negativa (n=1). Medidas que assegurem a qualidade e esterilidade do produto devem ser estabelecidas.
Descritores: Medula Óssea
Contagem de Colônia Microbiana
Infecções Bacterianas/microbiologia
Contaminação Física
Células-Tronco
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  3 / 3 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-522810
Autor: Gatti, L. L; Santos, C. V; Lima, W. P.
Título: Relação entre enteroparasitoses, região ungueal e mãos contaminadas, em crianças e adolescentes da Instituição Filantrópica de Marília / Relationship between intestinal parasitesm, nail region and contaminated hands in children and adolescents from the Instituição Filantrópica de Marília
Fonte: Rev. bras. anal. clin;31(4):205-206, 1999. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Foram analisadas amostras de fezes, material da região ungueal e a água após a lavagem das mãos de 58 crianças e adolescentes, entre 12 a 17 anos de idade, da Instituição Filantrópica de Marília, no período de 01 de agosto a 30 de setembro de 1988. Dos 58 pacientes analisados, 17 (29,3%) não apresentaram nenhum tipo de infecção parasitária; 41 (70,7%) apresentaram-se parasitados por protozoários com a prevalência de 35,1% do tipo Giardia lamblia em 5 (11,8%) e Entamoeba coli em 10 (23,3%); os demais, ou seja, 64,9% apresentaram-se parasitados por helmintos do tipo Ascaris lumbricoides em 10 (23,3), Ancilostomideos em 3 (8,3%) e Hymenolepis nana em 13 (33,3%). Diante dos resultados obtidos, pode-se verificar que o foco das infecções apresentadas, não teve correlação com a região ungueal ou com as mãos contaminadas, uma vez que os cistos, larvas e ovos pesquisados foram encontrados apenas nas fezes analisadas.
Descritores: Contaminação Física/prevenção & controle
Higiene/análise
Enteropatias Parasitárias
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde