Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP4.011.087.718.439.245 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 6 [refinar]
Mostrando: 1 .. 6   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 6 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-590838
Autor: Tribst, Alline Aatigiani Lima; Faria, José de Assis Fonseca.
Título: Inovações sobre sistemas de embalagens para alimentos processados termicamente / Innovations for packaging systems thermally processed foods
Fonte: Bol. Centro Pesqui. Process. Aliment;28(2):255-270, jul.-dez. 2010.
Idioma: pt.
Resumo: Esta revisão de literatura teve como objetivo avaliar os diferentes sistemas de embalagem disponíveis para alimentos termicamente processados e como as embalagens afetam o tipo de processo utilizado e a qualidade final do produto obtido. Foram abordados os principais processos térmicos utilizados e os seus requerimentos em termos de resistência (mecânica e térmica) da embalagem, além das vantagens e limitações dos principais materiais utilizados. Também foram tratados os desenvolvimentos recentes e importantes para superar parcialmente as limitações de cada tipo de material e reduzir os custos envolvidos, além das propriedades de barreira exigidas para que o alimento não sofra alterações, especialmente de ordem físico-química por oxidação, umidade e migração de materiais da embalagem, durante o seu armazenamento. Concluiu-se que existem várias opções de embalagens para alimentos termicamente tratados e que, enquanto embalagens tradicionais passam por constantes pesquisas para se manterem competitivas, as de plástico ou flexíveis são muito estudadas visando o desenvolvimento de sistemas compatíveis com o processamento térmico e baixo custo.
Descritores: Embalagem de Alimentos
Indústria de Vidros
Tratamento Térmico
Responsável: BR16.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde


  2 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-437729
Autor: Tovalín, Horacio; Talavera, Fernando; Mendoza, Francisco; Rodríguez, Martín; Chatterjee, Nilesh.
Título: Un estudio, basado en la comunidad, de las condiciones de salud ocupacional en seis actividades industriales / A community-based survey of occupational health conditions in six industrial activities
Fonte: Cienc. Trab;7(18):132-139, oct.-dic. 2005. mapas, tab.
Idioma: es.
Resumo: Objetivos del estudio: Este estudio basado en la comunidad, examinó las condiciones de salud ocupacional y seguridad en seis industrias mexicanas y comparó los resultados obtenidos con informes de salud ocupacional del gobierno. Diseño: Entrevistas personales estructuradas para recopilar información acerca de las condiciones de trabajo, lesiones y enfermedades de los trabajadores de 32 fábricas centinelas en cuatro ciudades industriales en México. De estas fábricas se tomó una muestra dirigida de 3.651 trabajadores actualmente empleados. Principales resultados: Los daños a la salud reportados con mayor frecuencia fueron lesiones ocupacionales y enfermedades pulmonares. La frecuencia de lesiones graves y mortales y de casi todas las otras enfermedades, fueron mayores en las industrias más grandes del cemento, automotriz y vidrio. Los trabajadores en las industrias de tamaño medio y pequeño de alimentos, calzado y textil reportaron menor frecuencia de equipo de seguridad y capacitación en seguridad. Conclusiones: La prevalencia de lesiones y enfermedades entre los trabajadores e industrias estudiadas fue más alta que aquellos datos reportados por organismos oficiales. Una opción factible en términos de recursos invertidos y calidad de la información reunida es la implementación de estudios periódicos de prevalencia de enfermedades ocupacionales y lesiones en la comunidad. Este tipo de estudio permite evaluar la eficacia de las políticas y programas oficiales de salud para el mejoramiento de las condiciones de salud y seguridad ocupacional, y para detectar cambios en la salud asociados con los impactos en la economía global.
Descritores: Acidentes de Trabalho
Indústria do Cimento
Indústria Alimentícia
Indústria de Vidros
Saúde do Trabalhador
Medidas de Segurança
Indústria Têxtil
Condições de Trabalho
-México
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adolescente
Adulto
Feminino
Meia-Idade
Responsável: CL32.2 - Biblioteca


  3 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Venezuela
Texto completo
Id: lil-315005
Autor: Jiménez, Marcela P.
Título: Nueva generación de muñones estéticos de resina reforzada con fibras de vidrio: presentación de un caso clínico / New generation of esthetic cores made of glass fiber-reinforced resins
Fonte: Acta odontol. venez;39(3):69-84, 2001. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Una de las aplicaciones más recientes de las resinas reforzadas con fibra de vidrio es su uso como sistemas de postes y muñones para restaurar dientes tratados endodónticamente. Estos nuevos postes endodónticos a base de resina reforzada con fibras pueden ser clasificados según su forma de presentación y tipo de fibra incluida en la matriz de resina. Hasta el presente, se han reportado dos tipos de postes hechos de estos nuevos materiales: 1) postes prefabricados y 2) postes individualizados. A su vez estos postes pueden contener fibras de carbón, vidrio o polietileno. Aunque el uso de resinas reforzadas con fibras como sistema restaurador para muñones artificiales ha sido promocionado por muchos fabricantes, existe escasa información que respalde el uso de estos materiales en la práctica odontológica. El objetivo principal de este artículo es proveer una revisión de la literatura publicado recientemente sobre estos materiales y su uso en la odontología como sistemas para postes y muñones artificiales
Descritores: Resinas Compostas
Estética Dentária
Vidro
Indústria de Vidros
Técnica para Retentor Intrarradicular
-Materiais Biocompatíveis
Carbono
Cerâmica/química
Coroas
Polietileno
Polimetil Metacrilato
Dente não Vital
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: AR29.1 - Biblioteca


  4 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-283171
Autor: Queiróz, Maria de Fátima F; Maciel, Regina Heloísa.
Título: Condiçöes de trabalho e automaçäo: o caso do soprador da indústria vidreira / Work conditions and automation: the case of glassblower
Fonte: Rev. saúde pública = J. public health;35(1):1-9, 2001. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Investigar como o controle de tarefas e o uso de diferentes tecnologias e de estrutura organizacional determinam o processo de saúde-doença. Métodos: O estudo foi desenvolvido em duas indústrias vidreiras ó automática e manual ó, no Município de São Paulo, Brasil, entre 1996 e 1997. A metodologia utilizada teve como base a análise ergonômica do trabalho. A pesquisa foi realizada utilizando-se estudo de caso e comparações entre dois grupos de trabalhadores, incluindo observação direta dos postos de trabalho, entrevistas e um questionário respondido por 41 trabalhadores: 14 da sopragem manual de vidro e 27 da operação da máquina automática. O questionário estruturado versava sobre queixas de saúde e características do trabalho e do posto. Resultados: A comparação entre os dois grupos de trabalhadores apontou diferenças estatisticamente significativas em relação às respostas sobre o nível de ruído, as ferramentas de trabalho, a variação de postura no posto de trabalho e as queixas de dores nos braços. Foram detectados fatores de risco, tais como repetição dos movimentos para os trabalhadores da indústria manual e fatores da organização do trabalho nas duas indústrias, tais como ritmo, participação em decisões importantes e treinamento. Conclusões: O uso da metodologia ergonômica mostrou-se adequada. O estudo confirmou a exposição dos trabalhadores a intensidades elevadas de ruído e a altas temperaturas. Na indústria manual, o trabalhador parece desempenhar um papel que o faz se sentir mais importante, pois ele realiza uma parte significativa do trabalho total, diferentemente do trabalhador da indústria automática que está "vigiando" um processo em que a máquina é a produtora
Descritores: Automação
Ergonomia
Condições de Trabalho
-Brasil
Indústria de Vidros
Processo Saúde-Doença
Riscos Ocupacionais
Inquéritos e Questionários
Trabalhadores
Limites: Seres Humanos
Masculino
História do Século XX
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  5 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-235865
Autor: Queiróz, Maria de Fátima Ferreira.
Título: Estudo comparativo de dois postos de trabalho na indústria automática e na indústria manual do vidro / A comparative study of work places in two glass insdustries: an automatic and a manual.
Fonte: Säo Paulo; s.n; 1999. 174 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de Säo Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Saúde Ambiental para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Estuda em indústrias vidreiras, caracterizando por uma metodologia ergonômica - os postos de trabalho de sopro de vidros em duas indústrias que realizam respectivamente processo manual e automatizado; apresentando também um recorte do processo de saúde-doença desses trabalhadores. A metodologia utilizada teve como base a análise ergonômica da atividade aplicada nos dois postos e englobou a observaçäo direta da situaçäo de trabalho, o diálogo com os trabalhadores e aplicaçäo de questionário. A amostra constituiu-se de 41 trabalhadores sendo que 27 trabalhavam na máquina automática e 14 na sopragem manual. As variáveis coletadas eram relacionadas a características da populaçäo e do processo de trabalho. A análise mostra que o trabalho no posto da indústria automática constitui-se de tarefas relacionadas ao controle de funcionamento da máquina e o trabalho na indústria manual de produçäo. A comparaçäo entre indústrias apontou diferenças estatisticamente significativas em relaçäo às respostas sobre ruído alto, ferramentas de trabalho ruins, variaçäo de postura no posto de trabalho e a queixa de dor nos ombros. Também foram detectados fatores de risco com repetitividade no trabalho para os trabalhadores da indústria manual e fatores da organizaçäo do trabalho, tais como ritmo, jornada, sistemas de turno, participaçäo em decisöes relevantes, treinamento de funcionários, nas duas indústrias. A metodologia mostrou-se adequada para o reconhecimento dos aspectos críticos dos postos, possibilitando uma comparaçäo aprofundada entre os processos estudados principalmente no que se refere às vivências dos trabalhadores. Na indústria manual, o trabalhador parece desempenhar um papel que o faz sentir mais importante no trabalho, pois ele realiza uma parte significativa do trabalho total, diferentemente do trabalhador da indústria automática que está "vigiando" um processo onde a máquina é a produtora
Descritores: Ergonomia
Condições de Trabalho
-Segurança de Equipamentos
Indústria de Vidros
Riscos Ocupacionais
Ambiente de Trabalho
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1/620.82*31; BR67.1/Mtr 787


  6 / 6 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-222266
Autor: Alvarado Castellanos, Juan J; Dellacha, Carlos; Bujniewicz, Miguel.
Título: Carga térmica y trabajo / Thermical load and work
Fonte: Salud ocup. (Buenos Aires);10(48):8-13, jul.-sept. 1992.
Idioma: es.
Resumo: El trabajo con exposición a carga térmica requiere un perfil aptitudinal más exigente que el habitual. Se describen los tipos de energía calórica que intervienen en el trabajo, los internos o metabólicos y los externos o ambientales. Existen distintas medidas para controlar la carga térmica, actuando sobre las fuentes de calor, adoptando medidas administrativas, y más específicamente se describen las correspondientes al área médico sanitaria. (Aptitid psicofísica, adaptación, aclimatación, balance hidrosalino, exámenes periódico y educación sanitaria).
Descritores: Aptidão
Exposição Ocupacional
Indústria de Vidros
Temperatura Alta/efeitos adversos
Temperatura Ambiente
Trabalhadores
-Adaptação Fisiológica
Responsável: AR3.1 - Biblioteca Centro Médico de Mar del Plata



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde