Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP4.011.097.087 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 68 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 7 ir para página                  

  1 / 68 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1011295
Autor: Horr, M; Nunes, N; Biteli, E. G. F; Lopes, P. C. F; Gering, A. P; Moro, J. V; Rocha, F. D. L.
Título: Effects of inspired oxygen fractions in rabbits anesthetized with isoflurane or sevoflurane, maintained on spontaneous ventilation / Efeitos de frações inspiradas de oxigênio em coelhos anestesiados com isoflurano ou sevofluorano, mantidos em ventilação espontânea
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);71(3):944-952, May-June 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: It is important to identify the best inspired fraction of oxygen in a variety of situations, including sevoflurane or isoflurane anesthesia, in spontaneously breathing rabbits. For this, 64 rabbits were assigned to eight groups: GI100 (FiO2= 1,0 + isoflurane), GS100 (FiO2= 1,0 + sevoflurane), GI80 (FiO2= 0,8 + isoflurane), GS80 (FiO2= 0,8 + sevoflurane), GI60 (FiO2= 0,6 + isoflurane), GS60 (FiO2= 0,6 + sevoflurane), GI21 (FiO2= 0,21 + isoflurane), GS21 (FiO2= 0,21 + sevoflurane). The induction was performed with (2.5MAC) of the anesthetic. The vaporizer was setted at 1.5 MAC and FiO2 as attributed for each group. After the induction, the concentration was changed to 1 MAC. Measurements of parameters were performed 30 minutes after induction (T0), and then at 15 minute intervals (from T15 to T60). The arterial partial pressures of oxygen (PaO2), alveolar oxygen partial pressure (PAO2) and alveolar-arterial oxygen gradient [P(A-a)O2] were higher with the use of high FiO2. The GI80 showed higher levels of PaO2 FiO2 ratio and respiratory index (RI). In conclusion, the FiO2 of 0.21 is not indicated, because it causes hypoxemia. The isoflurane determines better ventilation when compared to sevoflurane, but isoflurane associated with 80% of oxygen promotes intrapulmonary shunt increase.(AU)

Tornou-se importante identificar a melhor fração inspirada de oxigênio em variadas situações, incluindo anestesia pelo sevoflurano ou isoflurano, em coelhos respirando espontaneamente. Para isso, 64 coelhos foram distribuídos em oito grupos: GI100 (FiO 2 = 1,0 + isoflurano), GS100 (FiO 2 = 1,0 + sevoflurano), GI80 (FiO 2 = 0,8 + isoflurano), GS80 (FiO 2 = 0,8 + sevoflurano), GI60 (FiO 2 = 0,6 + isoflurano), GS60 (FiO 2 = 0,6 + sevoflurano), GI21 (FiO 2 = 0,21 + isoflurano) e GS21 (FiO 2 = 0,21 + sevoflurano). A indução foi com 2,5 CAM do anestésico. Ajustou-se o vaporizador para 1,5 CAM, e a FiO 2 foi atribuída a cada grupo. Em seguida, a CAM foi reajustada para 1,0. Iniciaram-se as mensurações 30 minutos após a indução (M0), seguidas em intervalos de 15 minutos (de M15 a M60). As pressões parciais de oxigênio (PaO 2 ), a pressão parcial alveolar de oxigênio (P A O 2 ) e a diferença alvéolo-arterial de oxigênio [P(A-a)O 2 ] foram maiores com o emprego de altas FiO 2 . O GI80 apresentou maiores valores na relação entre PaO 2 e FiO 2 e índice respiratório (IR). Conclui-se que a FiO 2 0,21 não é indicada, pois provoca hipoxemia. No entanto, utilizada com isoflurano, determina melhor ventilação quando comparado ao sevoflurano, porém seu uso, associado a 80% de oxigênio, promove maior formação de shunt intrapulmonar.(AU)
Descritores: Coelhos/cirurgia
Oxigenação/métodos
Anestesia por Inalação/veterinária
-FRENCH GUIANA0
Isoflurano
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 68 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-848184
Autor: Maciel, Breno Lopes; Nunes, Fiama Chagas; Pereira, Nathália Haib Costa; Nascimento, Prince Daiane Felizardo Silva; Periañez, Carlos Alberto Henao; Caetano, Érica Patrícia Souza; Nakagawa, Larissa Maria Spanó; Simino, Giovana Paula Rezende; de Mattia, Ana Lucia.
Título: Oxigenoterapia relacionada com a saturação periférica de oxigênio em pacientes na sala de recuperação anestésica / Oxygenotherapy related to peripheral oxygen saturation in patients in the anesthetic recovery room / Oxigenoterapia relacionada con la saturación periférica de oxígeno en pacientes en la sala de recuperación anestésica
Fonte: Rev. SOBECC;22(2):60-67, abr.-jun 2017.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Analisar a saturação periférica de oxigênio na utilização da oxigenoterapia na primeira hora de pacientes em sala de recuperação pós-anestésica. Método: Estudo comparativo, prospectivo e quantitativo, em um hospital federal localizado em Belo Horizonte, Minas Gerais. A amostra foi constituída por 60 adultos, distribuídos em dois grupos, sem ou com oxigenoterapia, e teve como um dos critérios de inclusão a saturação periférica de oxigênio maior ou igual a 95% na entrada da sala de recuperação pós-anestésica. Resultados: Completados 60 minutos, 5 pacientes sem oxigenoterapia (16,7%) e 2 pacientes com oxigenoterapia (6,7%) apresentavam hipoxemia leve. Houve diferença marginalmente significativa entre os dois grupos para a saturação periférica de oxigênio normal (p=0,0563) e hipoxemia leve (p=0,0578). Conclusão: É importante a implantação de protocolos de recepção de pacientes na sala de recuperação pós-anestésica, incluindo a oxigenoterapia, com o objetivo de manter a saturação periférica de oxigênio, minimizando as complicações da hipoxemia.

Objective: Objective: To analyze the peripheral oxygen saturation in the use of oxygen therapy in the patient's first hour in a postanesthetic care unit. Method: Prospective, quantitative, and comparative study in a federal hospital located in Belo Horizonte, Minas Gerais. The sample consisted of 60 adults divided into two groups, with or without oxygen therapy, and one of the inclusion criteria was peripheral oxygen saturation, greater than or equal to 95% upon admittance to the postanesthetic care unit. Results: After 60 minutes, 5 patients without oxygen therapy (16.7%) and 2 patients with oxygen therapy (6.7%) showed mild hypoxemia. There was a marginally significant difference between the two groups for normal oxygen saturation (p=0.0563) and mild hypoxemia (p=0.0578). Conclusion: It is important to implement protocols for the admittance of patients to the postanesthetic care unit, including oxygen therapy, in order to maintain peripheral oxygen saturation, aiming to minimize the complications of hypoxemia.

Objetivo: Analizar la saturación periférica de oxígeno en la utilización de la oxigenoterapia en la primera hora de pacientes en sala de recuperación pos-anestésica. Método: Estudio comparativo, prospectivo y cuantitativo, en un hospital federal localizado en Belo Horizonte, Minas Gerais. La muestra fue constituida por 60 adultos, distribuidos en dos grupos, sin o con oxigenoterapia, y tuvo como uno dos criterios de inclusión la saturación periférica de oxígeno mayor o igual al 95% en la entrada de la sala de recuperación pos-anestésica. Resultados: Completados 60 minutos, 5 pacientes sin oxigenoterapia (16,7%) y 2 pacientes con oxigenoterapia (6,7%) presentaban hipoxemia leve. Hubo diferencia marginalmente significativa entre los dos grupos para la saturación periférica de oxígeno normal (p=0,0563) e hipoxemia leve (p=0,0578). Conclusión: Es importante la implantación de protocolos de recepción de pacientes en la sala de recuperación pos-anestésica, incluyendo la oxigenoterapia, con el objetivo de mantener la saturación periférica de oxígeno, minimizando las complicaciones de la hipoxemia.
Descritores: Oxigênio
Oxigenoterapia
Oxigenação
Pulmão
-Nível de Oxigênio
Cateteres
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR2499


  3 / 68 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-999568
Autor: Martínez, Jenny; Paredes, Patricio; Silva, Miguel; Montenegro, Carmita.
Título: Ventilación de alta frecuencia: experiencia inicial en la Unidad de Cuidados Intensivos del Hospital Pediátrico Baca Ortíz de Quito-Ecuador / High frequency ventilation: initial experience in the Unit of Intensive Care of the Hospital Pediatric Baca Ortíz of Quito-Ecuador
Fonte: VozAndes;27(1):45-48, 2016.
Idioma: es.
Resumo: La ventilación mecánica es necesaria para asegurar un adecuado intercambio gaseoso en la insufciencia respiratoria, especialmente en el Síndrome de Distress Respiratorio Agudo (SDRA), pero puede inducir daño pulmonar y contribuir al desarrollo de disfunción multiorgánica. Los cambios cíclicos de volumen pulmonar generan mayor distensión y/o colapso de áreas pulmonares, lo que sería un factor determinante para un eventual daño [1­3]. Es por ello que las estrategias ventilatorias protectoras buscan el empleo de bajos volúmenes corrientes, generalmente asociado a PEEP elevado e hipercapnia permisiva, perflándose en forma promisoria en pacientes que padecen dicha patología [4, 5]. Pero en ocasiones, ante el fracaso de esta modalidad terapéutica, cada vez más se ha desarrollado en las Unidades de Cuidados Intensivos Pediátricos el uso de la ventilación de alta frecuencia oscilatoria (VAFO). Así, ventilando por medio de la VAFO en una zona de seguridad situada entre los puntos de inflexión superior e inferior de la curva de presión volumen estática, se evitan los ciclos de colapso pulmonar seguidos de sobredistensión pulmonar

Mechanical ventilation is necessary to ensure adequate gaseous exchange in respiratory insufficiency, especially in Acute Respiratory Distress Syndrome (ARDS), but it can induce lung damage and contribute to the development of multi-organ dysfunction. Cyclic changes in lung volume generate more distension and / or collapse of pulmonary areas, which would be a determining factor for eventual damage [1-3]. That is why the ventilatory strategies Protectors seek the use of low running volumes, generally associated with elevated PEEP and permissive hypercapnia, profiling itself in a promising way in patients suffering from this pathology [4, 5]. But sometimes, given the failure of this modality therapeutic, has increasingly been developed in Units of Pediatric Intensive Care the use of high ventilation oscillatory frequency (HFOV). Thus, ventilating through HFOV in a safety zone located between the points of superior in fl ection and lower of the static volume pressure curve, cycle cycles are avoided Pulmonary collapse followed by pulmonary overdistension
Descritores: Ventilação de Alta Frequência
Oxigenação
Criança
-Pacientes
Unidades de Terapia Intensiva
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Carta
Responsável: EC147.1 - Biblioteca


  4 / 68 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-776284
Autor: Aristizabal, Raúl Eduardo; Martínez, José William; Montoya-Cañón, Mauricio; Valencia, Luis Alfonso; Calvo-Torres, Luis Felipe; Barbosa-Gantiva, Oscar; Hincapié, Vanesa.
Título: Relación del equilibrio ácido-base y supervivencia en adultos con diagnóstico de trauma en la unidad de cuidados intensivos del Hospital Universitario San Jorge. 2009-2010, Pereira, Colombia / Relation of acid-base equilibrium and survival in adults with diagnosis of trauma in intensive care unit in San Jorge University Hospital. 2009-2010, Pereira, Colombia
Fonte: Med. UIS;28(3):273-280, sep.-dic. 2015. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: INTRODUCCIÓN: El trauma es un problema de salud pública en Colombia, siendo la primera causa de mortalidad en jóvenes con una tasa de incidencia de 331,99 casos por 100 000 habitantes, de los cuales aproximadamente el 30% mueren en la unidad de cuidados intensivos. Estos pacientes de acuerdo a su severidad requerirán estabilización de signos vitales y monitoreo estrecho que incluye el estado ácido-base. Objetivo: Establecer la relación entre el desenlace y las variables del estado ácido base de los pacientes con diagnóstico de trauma de la unidad de cuidados intensivos del Hospital Universitario San Jorge de Pereira, Colombia. MATERIALES Y MÉTODOS: Se realizó un estudio tipo cohorte prospectivo en la unidad de cuidados intensivos, en pacientes con diagnóstico de trauma a los que se les tomó muestra de sangre arterial para gases sanguíneos al momento de su ingreso y se monitorearon a través del tiempo hasta el egreso. RESULTADOS: Se incluyeron 38 pacientes con trauma donde el 68,4% fueron hombres. El promedio de edad fue de 35±19 años y el 18,4% de los pacientes que ingresaron fallecieron. Se realizó un análisis univariado, el cual mostró relación individual entre el desenlace y las variables sodio, saturación arterial de oxígeno, presión alveolar de oxígeno y el puntaje de APACHE II; en el modelo de regresión de Cox se encontró relación con las variables presión alveolar de oxígeno, presión arterial de oxígeno, frecuencia cardiaca y relación arterio-alveolar de oxígeno. CONCLUSIÓN: Se encontró que las variables presión alveolar de oxígeno, presión arterial de oxígeno, frecuencia cardiaca y relación arterio-alveolar de oxígeno del análisis de los gases arteriales, tienen correlación con la supervivencia de los pacientes en estado crítico. Se hace una invitación para utilizar este examen paraclínico

INTRODUCTION: Trauma is a public health problem in Colombia and is the first cause of death in young people with an incidence rate of 331.99 cases per 100 000 inhabitants, of which approximately 30% die in the intensive care unit. These patients according to their severity will require stabilization of vital signs and close monitoring which includes the acid-base status. OBJETIVE: To establish the relationship between outcome and variables of acid-base equilibrium of those patients diagnosed with trauma in the intensive care unit of the Hospital Universitario San Jorge in Pereira, Colombia. MATERIALS AND METHODS: A prospective cohort study in type was performed on the intensive care unit with general trauma patients who were taking blood gases on admission to the unit and were monitored over time until discharge. RESULTS: The population of the study were 38 patients with trauma, 68.4% were men. Average age was 35±19 years and 18.4% of patients admitted died. The univariate analysis was found individual relationship with outcome and variables such as sodium, arterial oxygen saturation, alveolar oxygen pressure and APACHE II score. In the Cox regression model it was found a relationship between outcome and variables such as alveolar oxygen pressure, pressure oxygen pressure, heart rate and arterial-alveolar ratio of oxygen. CONCLUSION: Variables found that alveolar oxygen pressure, arterial oxygen pressure, heart rate and arterial-alveolar oxygen ratio of arterial blood gas analysis, correlate with survival of patients in critical condition. An invitation to use this paraclinical test is done
Descritores: Equilíbrio Ácido-Base
Ferimentos e Lesões
Oxigenação
Cuidados Críticos
Limites: Seres Humanos
Responsável: CO48.1 - Biblioteca Médica


  5 / 68 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-972759
Autor: Furian, M; Latshang, T D; Aeschbacher, S S; Ulrich, S; Sooronbaev, T; Mirrakhimov, E M; Aldashev, A; Bloch, K E.
Título: Oxigenación cerebral en habitantes de gran altura con y sin hipertensión pulmonar de altura / Cerebral oxygenation in high altitude inhabitants with and without high altitude pulmonary hypertension
Fonte: Cuad. Hosp. Clín = Cuad. - Hosp. clín;56(2):73-74, 2015.
Idioma: es.
Resumo: La Hipertensión pulmonar de gran altura (HAPH),una enfermedad crónica relacionada con laaltura, que causa hipoxemia y un deterioro enel rendimiento del ejercicio. Se ha evaluadola hipótesis que, la limitación hemodinámicae hipoxemia en pacientes con (HAPH), estánasociados con un deterioro en la oxigenación deltejido cerebral (CTO), comparados con habitantes...
Descritores: Oxigenação/estatística & dados numéricos
Doença da Altitude/prevenção & controle
Responsável: BO6.1 - Biblioteca


  6 / 68 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-908894
Autor: Cordeiro, André Luiz Lisboa; Oliveira, Lívia Freire de Lima; Queiroz, Thayna Caribé; Santana, Verena Lourranne Lima de; Melo, Thiago Araújo de; Guimarães, André Raimundo; Martinez, Bruno Prata.
Título: Associação da mecânica respiratória com a oxigenação e duração da ventilação mecânica no pós-operatório de cirurgia cardíaca / Association of respiratory mechanics with oxygenation and duration of mechanical ventilation after cardiac surgery
Fonte: Int. j. cardiovasc. sci. (Impr.);31(3), jul.-ago. 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Fundamentos: A ventilação mecânica (VM) e a circulação extracorpórea (CEC) estão associadas a um declínio da mecânica pulmonar que pode impactar as trocas gasosas. Objetivo: Avaliar o impacto da mecânica pulmonar sobre a duração da VM e trocas gasosas no pós-operatório de cirurgia cardíaca. Métodos: Estudo de coorte realizado com pacientes submetidos a cirurgia cardíaca. Todos os pacientes foram submetidos a avaliação da mecânica pulmonar (complacência estática e resistência das vias aéreas) e gasometria arterial assim que admitidos à unidade de terapia intensiva (UTI) e foram acompanhados até o momento da extubação e, em seguida, até a alta hospitalar. Para correlacionar as variáveis preditoras com o desfecho, foi utilizado o teste de Pearson. Valores de p < 0,05 foram considerados significativos. Resultados: O estudo incluiu 50 pacientes (46 mulheres, 52%), com idade média de 57,5 ± 13,5 anos. A duração da VM foi de 7,7 ± 3,0 horas, a complacência estática foi de 35,5 ± 9,1 cm H2O, a resistência foi de 6,0 ± 2,3 cm H2O, a duração média de estadia na UTI foi de 2,9 ± 1,1 dias e o índice de oxigenação foi de 228,0 ± 33,4 mmHg. Não houve uma correlação significativa entre a duração da VM e a complacência estática (p = 0,73), porém houve uma forte correlação entre a complacência estática e as trocas gasosas (r = 0,8, p < 0,001). Conclusão: A mecânica pulmonar apresenta forte correlação com as trocas gasosas e fraca correlação com a duração da VM no pós-operatório de cirurgia cardíaca

Background: Mechanical ventilation (MV) and extracorporeal circulation (ECC) are associated with a decline in pulmonary mechanics that may affect gas exchange. Objective: To evaluate the impact of pulmonary mechanics on MV duration and gas exchange in the postoperative period of cardiac surgery. Methods: This was a cohort study in patients undergoing cardiac surgery. All patients underwent evaluation of pulmonary mechanics (static compliance and airway resistance) and arterial blood gas analysis upon admission to the intensive care unit (ICU) and were followed up until extubation and hospital discharge. Results: The study included 50 patients (46 women, 52%) with a mean age of 57.5 ± 13.5 years. The MV duration was 7.7 ± 3.0 hours, static compliance was 35.5 ± 9.1 cm H2O, resistance was 6.0 ± 2.3 cm H2O, mean length of ICU stay was 2.9 ± 1.1 days, and oxygenation index was 228.0 ± 33.4 mmHg. No significant correlation was found between MV duration and static compliance (p = 0.73), but a strong correlation was found between static compliance and gas exchange (r = 0.8 and p < 0.001). Conclusion: Pulmonary mechanics have a strong correlation with gas exchange and a weak correlation with MV duration after cardiac surgery
Descritores: Oxigenação
Cuidados Pós-Operatórios
Respiração Artificial
Cirurgia Torácica
-Procedimentos Cirúrgicos Cardíacos/métodos
Estudos de Coortes
Circulação Extracorpórea/métodos
Unidades de Terapia Intensiva
Mecânica Respiratória
Análise Estatística
Terapêutica
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  7 / 68 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-883773
Autor: Oliveira, Silvana Souza; Neto, Mansueto; Aras Júnior, Roque.
Título: Terapia de expansão pulmonar na oxigenação arterial e nível de lactato no pós-operatório de cirurgia cardíaca / Expansion pulmonary therapy in blood oxygenation and lactate serum level in postoperative cardiac surgery
Fonte: Int. j. cardiovasc. sci. (Impr.);31(1):f:63-l:70, jan.-mar. 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Fundamentos: Complicações cardiovasculares e pulmonares ocorrem com frequência no período pós-operatório imediato e podem ser prevenidas e/ou tratadas através da utilização de técnicas de expansão pulmonar. Objetivo: Avaliar a eficácia das técnicas de expansão pulmonar nos níveis séricos de lactato arterial e oxigenação de pacientes nesta fase de recuperação cirúrgica. Método: Foi realizado um estudo prospectivo e analítico em pacientes no pós-operatório de cirurgia cardíaca, estáveis hemodinamicamente. Medidas de nível de lactato e pressão parcial de oxigênio foram obtidas através da coleta do sangue arterial antes e após as técnicas de expansão pulmonar, como manobra de recrutamento alveolar e respiração por pressão positiva intermitente. Resultados: Foram incluídos 40 pacientes com idade média de 51,1 ± 14,9 anos, sendo que 55% eram do sexo feminino. Pode-se observar diferença estatisticamente significativa (p < 0,05) na comparação dos valores do baseline e pós-intervenção para o lactato arterial, índice de oxigenação, fração inspirada e na saturação de oxigênio em ambos os procedimentos. Para o desfecho pressão arterial de oxigênio, somente o grupo que realizou respiração por pressão positiva intermitente obteve melhora significativa. Conclusão: As técnicas de expansão pulmonar utilizadas contribuíram na redução do nível de lactato arterial, na melhora da oxigenação e na saturação de oxigênio desta população, mas não alterou o tempo de internamento na unidade de terapia intensiva

Background: Cardiovascular and pulmonary complications often occur in the immediate post- surgery period and may be prevented and/or treated with lung expansion techniques. Objective: To evaluate the efficacy of lung expansion techniques in serum arterial lactate levels and oxygenation in patients in this surgical recovery phase. Method: A prospective and analytical study was carried out in postoperative cardiac surgery patients, hemodynamically stable. Measurements of artery lactate levels and partial pressure of oxygen were obtained from arterial blood samples drawn before and after lung expansion techniques, including alveolar recruiting maneuver and intermittent positive pressure breathing. Results: 40 patients with average age of 51.1 ± 14.9 years, 55% female, were included. It is possible to observe the statistically significant difference (p < 0.05) in the comparison between values of baseline and post-operative arterial lactate, oxygen level, oxygen saturation/fraction of inspired oxygen in both procedures. In relation to the outcome of oxygen blood pressure, only the group on intermittent positive pressure breathing achieved significant improvement. Conclusion: The lung expansion techniques used have contributed with the reduction of lactate level, improvement in oxygenation and oxygen saturation in this population, but did not alter intensive care unit length of stay
Descritores: L-Lactato Desidrogenase
Oxigenação
Modalidades de Fisioterapia
Cuidados Pós-Operatórios/métodos
Cirurgia Torácica/métodos
-Índice de Massa Corporal
Doenças Cardiovasculares/complicações
Doenças Cardiovasculares/mortalidade
Pneumopatias/complicações
Revascularização Miocárdica/métodos
Estudos Prospectivos
Respiração Artificial/métodos
Análise Estatística
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  8 / 68 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-880753
Autor: Flores, Lavinia Garcia; Pianca, Eduardo Gatti; Heck, Jayme da Rocha.
Título: Monitorização respiratória no transoperatório / Respiratory monitoring in the transoperatory
Fonte: Acta méd. (Porto Alegre);34:[7], 20130.
Idioma: pt.
Resumo: Este texto objetiva revisar o conceito de monitorização respiratória baseado no conhecimento da sua técnica, da fisiologia respiratória e no correto uso e interpretação das informações fornecidas pelos equipamentos utilizados.

This paper aims to review the concept of respiratory monitoring based on the knowledge of its technique, the respiratory physiology and the correct use and interpretation of information supplied by the equipment.
Descritores: Oxigenação
-Capnografia
Oximetria
Ventilação Pulmonar
Responsável: BR1323.1 - Biblioteca Central Irmão José Otão


  9 / 68 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-875263
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias em Saúde.
Título: Cateter PTIO2, cateteres com ponta metálica (tipo CODMAN ou PRESSIO) e cateter de fibra óptica (tipo CAMINO) para monitorização da pressão intracraniana em pacientes com traumatismo cranioencefálico grave / PTIO2 catheter, metal tip catheters (CODMAN or PRESSIO type) and fiber optic catheter (CAMINO type) for monitoring intracranial pressure in patients with severe head trauma.
Fonte: Brasília; CONITEC; 2014.
Idioma: pt.
Resumo: CONTEXTO: O traumatismo cranioencefálico (TCE) continua como uma das principais causas de mortalidade e invalidez ao redor do mundo. Após a agressão inicial, se o aumento da pressão intracraniana (PIC) decorrente de formações expansivas e do edema cerebral não for controlado, pode levar à isquemia por redução do fluxo sanguíneo encefálico, hérnias cerebrais, compressão e torção vascular, que, por sua vez, pode gerar mais lesão ao tecido cerebral e, em consequência, piorar o prognóstico. Entre aqueles que morrem em decorrência do TCE, a maioria é em consequência do aumento incontrolado da pressão intracraniana. TECNOLOGIA: Cateter PTIO2, cateteres com ponta metálica (tipo CODMAN ou PRESSIO) e cateter de fibra óptica (tipo CAMINO) para monitorização da pressão intracraniana em pacientes com traumatismo cranioencefálico grave. TRATAMENTO: O manejo dos pacientes com edema cerebral e elevação da PIC após trauma ainda constitui um grande desafio para a neurocirurgia. A PIC deve ser mantida abaixo de 20 mmHg por meio de sedação, hiperventilação leve e uso de manitol. Em pacientes refratários a estas medidas, pode ser tentada a craniotomia. Apesar de ter sido demonstrado que a craniotomia descompressiva pode melhorar a hemodinâmica cerebral em pacientes com aumento da PIC associada ao edema cerebral, sua eficácia no que se refere ao desfecho clínico do paciente não foi bem estabelecida. Além disso, indicações claras para a realização desse procedimento não estão bem determinadas. Atualmente, existem vários métodos invasivos e não invasivos para monitorizar a PIC, os quais possibilitam uma melhor monitorização da PIC e um delineamento das condutas a serem tomadas. Os métodos de monitorização invasiva, com colocação do cateter em posição intraventricular, permitem uma redução desta pressão pela retirada do líquido cefaloraquidiano (LCR). Alguns autores sugerem que pacientes submetidos à drenagem do LCR tem melhor prognóstico e melhora nos níveis da PIC. EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS: As evidências atualmente disponíveis sobre a eficácia da monitorização invasiva da PIC para guiar o tratamento da hipertensão intracraniana são conflitantes. Apesar da maioria dos estudos observacionais realizados mostrar uma associação entre o tratamento baseado na monitorização invasiva da PIC com um melhor desfecho clínico dos pacientes, o que levou à recomendação do procedimento nos "guidelines" sobre o manejo do trauma craniano severo (15), outros estudos observacionais mostram uma ausência de associação(32) ou uma associação negativa(29) entre a monitorização e o desfecho clínico. Além disso, o único ensaio clínico randomizado publicado até o momento, por Chesnut e colaboradores(56) em dezembro de 2012, também não mostra associação entre a monitorização invasiva da PIC e um melhor desfecho clínico dos pacientes. Logo, a real utilidade clínica da monitorização invasiva da PIC ainda é um assunto em debate e sua incorporação ao SUS deveria aguardar o surgimento de novas evidências de sua utilidade. DELIBERAÇÃO FINAL: Os membros da CONITEC presentes na 26ª reunião da CONITEC, realizada no dia 09/06/2014, deliberaram, por unanimidade, por não recomendar a incorporação na Tabela de Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais do SUS, do cateter PTIO2 e dos cateteres com ponta metálica (tipo CODMAN ou PRESSIO) e de fibra óptica (tipo CAMINO), para medida de oxigenação e de monitorização da pressão intracraniana, sem prejuízo da manutenção dos procedimentos existentes para essa monitorização. DECISÃO: PORTARIA SCTIE-MS Nº 48, de 16 de dezembro de 2014 - Torna pública a decisão de não incorporar na Tabela de Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais do SUS, do cateter PTIO2 e dos cateteres com ponta metálica (tipo CODMAN ou PRESSIO) e de fibra óptica (tipo CAMINO), para medida de oxigenação e de monitorização da pressão intracraniana, sem prejuízo da manutenção dos procedimentos existentes para essa monitorização.
Descritores: Lesões Encefálicas Traumáticas/reabilitação
Cateteres
Equipamentos e Provisões Hospitalares
Tecnologia de Fibra Óptica
Pressão Intracraniana
Oxigenação/métodos
Avaliação da Tecnologia Biomédica
-Brasil
Análise Custo-Benefício/economia
Monitoramento
Sistema Único de Saúde
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Relatório Técnico
Estudos de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 68 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-859191
Autor: Vera, Ellen Cristina Souza.
Título: Produção biotecnológica de biossurfactante por Lactococcus lactis CECT-4434 a partir de resíduos agroindustriais e avaliação de suas propriedades / Biotechnological production of biosurfactant by Lactococcus lactis CECT- 4434 from agroindustrial residues and evaluation of its properties.
Fonte: São Paulo; s.n; 2017. 132 p p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A bactéria Lactococcus lactis subsp. lactis CECT-4434 foi empregada para investigar o efeito da composição do meio de cultivo na produção biotecnológica de biossurfactante e, adicionalmente bacteriocina. Utilizou-se resíduos agroindustriais, tais como soro de leite e vinhaça de uva, para formular meios de cultivos mais econômicos e naturais, suplementados sacarose e extrato de levedura. Um planejamento fatorial fracionado 24, com adição de três ensaios nos pontos centrais foi empregado para avaliar a influência destas variáveis. A produção de biossurfactante foi influenciada positivamente pela concentração soro de leite, onde 15 % deste demonstrou melhor resultado reduzindo a tensão superficial em cerca de 18,1 mN/m, alcançando produção máxima de biossurfactante equivalente em surfactina de 11,02 mg/L. Em relação à síntese de bacteriocina, a fonte de carbono adicional (sacarose) interferiu de forma antagonista, ou seja, quanto menor a concentração de sacarose, maior a síntese de bacteriocina (com aumento da zona de inibição em 14,2% contra Staphylococcus aureus CECT-239). Observou-se que o ensaio conduzido em biorreator, sob microaeração com 5% de oxigênio dissolvido, promoveu maior produção de biossurfactante (11,6 mg/L) quando comparados aos estudos conduzidos com maior concentração de oxigênio entre 30 a 100%, com produção em média de 2,3 mg/mL. Destaca-se que nenhum estudo da influência do oxigênio dissolvido, principalmente em microaerofilia, para a produção de biossurfactante por bactérias láticas já havia sido realizado. Ademais, o biossurfactante produzido se mostrou altamente estável frente a valores extremos de pH e temperatura, além de demonstrar notável propriedade antimicrobiana e antiadesiva, inibindo Listeria monocytogenes NADC 2045 e Salmonella entérica CECT-724 em mais de 90%.

Lactococcus lactis subsp. lactis CECT-4434 was used to investigate the effect of the composition of the culture media on the biotechnological production of biosurfactant and bacteriocin additionally. Agroindustrial residues, such as whey and grape vinasse, were used to formulate more economical and natural culture media, supplemented with sucrose and yeast extract. A fractional factorial design 24, with addition of three runs at the central points was used to evaluate the influence of these variables. The biosurfactant production was positively influenced by the concentration of whey, where 15% showed a better result reducing the surface tension by 18.1 mN/m, reaching a maximum production of biosurfactant equivalent in surfactin of 11.02 mg/L. In relation to bacteriocin synthesis, the sucrose interfered in an antagonistic way, that is, the lower the sucrose concentration, the greater the bacteriocin synthesis (with an increase in the zone of inhibition in 14.2% against Staphylococcus aureus CECT-239). It was observed that the bioreactor conducted under microaeration with 5% dissolved oxygen promoted a higher biosurfactant production (11.6 mg/L) when compared to studies conducted with a higher concentration of oxygen between 30 and 100%, with production on average 2.3 mg/mL. It is noteworthy that no study of the influence of dissolved oxygen, mainly in microaerophilic, for the biosurfactant production by lactic acid bacteria had already been carried out. In addition, the biosurfactant produced proved to be highly stable against extreme values of pH and temperature, and demonstrated remarkable antimicrobial and antiadhesive properties, inhibiting Listeria monocytogenes NADC 2045 and Salmonella entérica CECT-724 in more than 90%.
Descritores: Biotecnologia
Lactococcus lactis/metabolismo
Resíduos/análise
-Bacteriocinas/farmacologia
Oxigenação/classificação
Salmonella enterica
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T576.163, V473p. 30100022319-F



página 1 de 7 ir para página                  
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde