Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP4.016.132.553.894 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 27 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 27 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-947139
Autor: Fernandes, Milton Marques; Carvalho, Daniel Fonseca; Ceddia, Marcos Bacis; Francelino, Marcio Rocha.
Título: Valoração ambiental do efeito externo da erosão em duas sub - bacias com diferentes percentuais de mata atlântica / Valuation of environmental effects of erosion in external two sub - watersheds with different percentages of forest atlantic
Fonte: Biosci. j. (Online);30(2):411-420, mar./apr. 2014. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A equação universal de perda de solo (USLE) vem sendo utilizada para valorar os serviços ambientais de praticas conservacionistas e uso do solo em sub-bacias na quantificação da erosão e aporte de sedimentos. Neste sentido este trabalho objetivou comparar os resultados de perda de solo e de valoração ambiental obtido a partir da USLE com os valores mensurados no exutório de duas sub-bacias. A perda total de solo foi calculada utilizando técnicas de geoprocessamento e transformada em aporte de sedimentos e comparado ao aporte de sedimento observado no exutório da sub-bacias. A produção de sedimentos calculada e observada foi valorada considerando o custo de remoção de sedimentos do sistema de captação de água das microbacias. De forma geral, o modelo utilizado não apresentou bom ajuste para a quantificação do aporte de sedimentos nas sub-bacias Glória e Palmital, superestimando os valores medidos nas respectivas áreas. De acordo com a valoração ambiental pelo custo de retirada de sedimentos observou-se que a microbacia com maior cobertura florestal reduz o aporte de sedimentos e gera mais serviços ambientais reduzindo os custos de retirada de sedimentos na captação de água.

The Universal Soil Loss Equation (USLE) has been used to appraise the environmental services of the conservation practices and land use in sub - watersheds in the quantification of erosion and sediment delivery. In this sense this study compares the results of soil loss and environmental valuation obtained from the USLE model with the values measured in the discharge of water of both watersheds. The total soil loss was calculated using GIS techniques and transformed into sediment delivery and then compared to the production of sediment observed in the discharge watersheds. The sediment production rate was calculated and valued considering the cost of sediment removal from water catchment system. In general, the model used did not show goodfit for quantification of sediment delivery in sub - watersheds Gloria and Palmital, overestimating the values measured in the respective areas. According to evaluation by environmental cost of removing sediment was observed that the more sub ­ watershed forest cover reduces the accumulation of sediments creates more environmental services and reducing the costs of removal of sediment in the water uptake.
Descritores: Bacias
Erosão do Solo
Conservação de Terras
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  2 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-677561
Autor: Roa Fuentes, Camilo Andrés; Prada Pedreros, Saúl; Álvarez Zamora, Ricardo; Rivera Rondón, Carlos A; Maldonado-Ocampo, Javier A.
Título: Abundancia relativa y dieta de Grundulus bogotensis (Characiformes: Characidae) en el altiplano Cundiboyacense, Colombia / Relative abundance and diet of Grundulus bogotensis (Characiformes: Characidae) in the Cundiboyacense plateau, Colombia
Fonte: Univ. sci;18(1):73-82, ene.-abr. 2013. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Se comparó la abundancia relativa de Grundulus bogotensisentre dos cuencas y la dieta entre poblaciones de tres cuencas delaltiplano Cundiboyacense. Entre marzo y junio de 2006 se realizaronmuestreos en 10 localidades utilizando un equipo de electropesca. Laabundancia relativa de cada localidad se expresó como el número deindividuos capturado por hora en un tramo de 100m. Se utilizó untest de Kruskal-Wallis para determinar diferencias significativas en laabundancia relativa entre cuencas. Para cuantificar la dieta se utilizóel método volumétrico y para determinar el grado de similaridadentre cuencas se recurrió a tres análisis multivariados: análisis deescalonamiento multidimensional no métrico (NMDS), análisisde similaridad (ANOSIM) y análisis de porcentaje de similaridad(SIMPER). Se capturaron en total 675 individuos, empleando 600minutos de esfuerzo de captura. La abundancia de la especie en lacuenca del río Bogotá fue significativamente menor respecto a ladel río Suárez. La composición de la dieta y volumen de ítems entrecuencas fue similar. El material consumido fue de origen autóctonoy los ítems más importantes fueron los insectos inmaduros y losmicrocrustáceos. La abundancia relativa de las poblaciones de G.bogotensis en la cuenca del río Bogotá fue menor que en la cuenca delrío Suárez. La cuenca del río Suárez probablemente soporta la mayorabundancia de la especie en todo su rango de distribución y los datossugieren condiciones favorables para la sobrevivencia de la Guapuchaen el lago de Tota. El análisis de la dieta indicó una similaridad mayoral 60% en la utilización del recurso alimentar en las tres cuencas...

To compare the relativeabundance of Grundulus bogotensis in two river basinsand the diet of the populations of three basins in theCundiboyacense plateau, we sampled 10 localities usingelectrofishing equipment between March and June 2006.The relative abundance in each locality was expressedas the number of fish caught per hour on a 100mstretch; any significant differences in relative abundanceamong basins were identified via a Kruskal-Wallis test.To quantify the diet, we used the volumetric method.Similarities between the basins were determined usingthree multivariate analyzes: nonmetric multidimensionalscaling, analysis of similarity and similarity percentages.In the end, we collected a total of 675 individuals during600 minutes of capture effort. The abundance of thisspecies in the Bogotá river basin was significantly lowercompared to that of the Suárez basin. The dietarycomposition, of autochthonous origin, primarilyimmature insects and microcrustaceans and the volumeof items proved similar between the basins. In conclusion,the dietary analysis indicated a similarity exceeding 60%in the feed resource use for the three basins. The relativeabundance of populations of G. bogotensis in the Bogotáriver basin was lower than in the Suárez river basin, thelatter having, possibly, the greatest abundance of thisspecies throughout its range. The data suggests the mostfavorable conditions for the survival of the species inLake Tota...

Comparar a abundância relativa de Grundulus bogotensisentre duas bacias e a dieta entre populações de três bacias do planaltoCundiboyacense. Entre março e junho de 2006 foram realizadascoletas em 10 localidades utilizando equipamento de pesca elétrica. Aabundância relativa da espécie em cada localidade foi expressa comoo número de indivíduos capturados por hora em um trecho de 100mde extensão. Foi utilizado o teste de Kruskal-Wallis para determinardiferenças significativas na abundância relativa entre as bacias.Para quantificar a dieta foi utilizado o método volumétrico e paradeterminar o grau de similaridade entre bacias foram utilizadas trêsanálises multivariadas: análise de escalonamento multidimensionalnão métrico (NMDS), análise de similaridade (ANOSIM) e análise deporcentagem de similaridade (SIMPER). No total foram capturados675 indivíduos, empregando 600 minutos de esforço de captura. Aabundância desta espécie na bacia do rio Bogotá foi significativamentemenor que na bacia do rio Suárez. A composição da dieta e volumedos itens de alimento entre bacias foram similares. Os recursosconsumidos foram de origem autóctone e os itens mais abundantesforam insetos imaturos e microcrustáceos. A abundância relativa daspopulações de G bogotensis na bacia do rio Bogotá foi menor do quena bacia do rio Suárez. A bacia do rio Suárez provavelmente suporta amaior abundância da espécie em toda a área de distribuição e os dadossugerem condições favoráveis para a sobrevivência da Guapucha noLago de Tota. A análise da dieta indicou uma similaridade maior a60% na utilização do recurso alimentar nas três bacias...
Descritores: Análise de Situação
Bacias/análise
Espécies em Perigo de Extinção/estatística & dados numéricos
-Colômbia
Responsável: CO185.1 - Biblioteca Alfonso Borrero Cabal, S. J.


  3 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-643300
Autor: Prota, Mariza Guimarães.
Título: Análise do processo participativo na gestão dos recursos hídricos no Estado de São Paulo: um estudo de caso do Comitê da Bacia Hidrográfica do Tietê - Jacaré / Analise of the partipative process in the water resources management in the São Paulo State a case study of Tiete Jacare Watershed Commitee.
Fonte: São Paulo; s.n; 2011. 217 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Saúde Ambiental para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O modelo atual de gestão dos recursos hídricos no Brasil é descentralizado, participativo e integrado, e tem como unidade de planejamento a bacia hidrográfica. Baseia-se na atuação de comitês de bacia, sendo que cada comitê possui composição e regras de funcionamento próprias, regidas por seu estatuto. Os princípios básicos desta gestão foram ditados pela Constituição Brasileira de 1988 e detalhados pela Política Nacional de Recursos Hídricos, instituída por meio da Lei Federal nº 9433/97. Porém, já em 1991, São Paulo promulgou sua Política Estadual de Recursos Hídricos, através da Lei Estadual nº 7663/91, que também prevê a implementação de instrumentos de gestão. Atualmente, decorridos quase 20 anos da promulgação da lei estadual, críticas são feitas a este modelo de gestão. Esta pesquisa analisou o processo de participação nos comitês de bacia do Estado de São Paulo por meio de um estudo de caso no Comitê da Bacia Hidrográfica do Tietê Jacaré, adotando como metodologia a aplicação de questionários aos seus membros da gestão 2009 - 2011. Os resultados encontrados, além de apontar para a necessidade de revisão do estatuto deste comitê, evidenciaram as distorções causadas pelas divergências entre a legislação estadual e a federal, principalmente quanto aos segmentos participantes e atores envolvidos. Mostraram também a necessidade de uma maior divulgação das questões de recursos hídricos nesta bacia e no Estado de São Paulo, como um todo.
Descritores: Bacias
Participação da Comunidade/métodos
Inquéritos e Questionários
Direito das Águas
-Brasil
Legislação Ambiental
Política Hídrica
Recursos Hídricos
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; MTR, 1888. CM. 53636/2012


  4 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-518444
Autor: Aquino, Pedro De Podestà Uchôa de; Schneider, Mariana; Silva, Maria Júlia Martins; Fonseca, Claudia Padovesi; Arakawa, Henrique Breda; Cavalcanti, Douglas Rodrigues.
Título: Ictiofauna dos córregos do Parque Nacional de Brasília, bacia do Alto Rio Paraná, Distrito Federal, Brasil Central / The fishfauna of Parque Nacional de Brasília, upper Paraná River basin, Federal District, Central Brazil
Fonte: Biota neotrop. (Online, Ed. port.);9(1):217-229, Jan.-Mar. 2009. ilus, graf, mapas, tab.
Idioma: pt.
Resumo: The aims of this study were to survey the stream fishes of Parque Nacional de Brasília, Federal District, and identify its community structure variation. We sampled streams in the Bananal and Santa Maria/Torto sub-basins at Upper Paraná River. Lotic systems in this region are well preserved, as indicated by environmental integrity and the maintenance of native biological components. A total of 8,614 individuals were collected belonging to four orders, nine families, and twenty-eight species (being 11 new to science). The predominant order was Characiformes, followed by Siluriformes. Poecilia reticulata was the only nonnative fish specie found. Astyanax sp. and Hyphessobrycon balbus displayed widest spatial distribution. The most abundant species was Knodus moenkhausii with 64.5% of individuals. Highest fish richness and abundance were found in the wider and deeper stretches.

O objetivo do presente estudo foi realizar o inventário da fauna íctica dos córregos do Parque Nacional de Brasília no Distrito Federal e caracterizar a estrutura da comunidade íctica ao longo dos cursos d'água. Foram amostrados córregos das sub-bacias do Bananal e Santa Maria/Torto na região hidrográfica do Alto Rio Paraná. Esses cursos d'água apresentam bom estado de preservação, evidenciado na integridade de suas características ambientais naturais e na manutenção dos componentes biológicos nativos. Um total de 8.614 indivíduos, distribuídos em quatro ordens e nove famílias, foram coletados. A ordem com maior número de espécies foi a Characiformes, seguida por Siluriformes. Das 28 espécies encontradas 11 são novas para a ciência. Apenas a espécie exótica Poecilia reticulata foi encontrada. Astyanax sp. e Hyphessobrycon balbus foram as espécies com maior distribuição na área de estudo e Knodus moenkhausii apresentou a maior abundância (64,5% dos indivíduos). Nos trechos com maiores larguras e profundidades foram encontrados maiores valores de riqueza de espécies e abundância de indivíduos.
Descritores: Fauna Aquática
Bacias
Biodiversidade
Classificação
Ecossistema
Peixes
Água Doce
Responsável: BR1561.1 - Biblioteca Virtual AMMG


  5 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-518439
Autor: Brandão-Gonçalves, Lucas; Lima-Junior, Sidnei Eduardo; Suarez, Yzel Rondon.
Título: Hábitos alimentares de Bryconamericus stramineus Eigenmann, 1908 (Characidae), em diferentes riachos da sub-bacia do Rio Guiraí, Mato Grosso do Sul, Brasil / Feeding habits of Bryconamericus stramineus Eigenmann, 1908 (Characidae), in different streams of Guiraí River Sub-Basin, Mato Grosso do Sul, Brazil
Fonte: Biota neotrop. (Online, Ed. port.);9(1):135-143, Jan.-Mar. 2009. ilus, graf, mapas, tab.
Idioma: pt.
Projeto: Fundect.
Resumo: Feeding habits of Bryconamericus stramineus were described in different streams of Guiraí River Sub-basin in Mato Grosso do Sul State, Mid-West of Brazil. Fishes were sampled bi-monthly between October/06 and August/07 in seven streams and the samples were separated in two seasons: dry and wet. A total of 960 individuals were captured. B. stramineus showed an insectivore feeding habit, consuming seventeen food items. The feeding tactic of preys capture varied between the seasons and the locations. During the wet season the most important items were Hymenoptera, Diptera and Coleoptera, while Megaloptera and Diptera were the most important during dry season. In all analyzed streams, B. stramineus showed a diet basically composed by insects; the other items spent sometimes, corroborating the literature.

Os hábitos alimentares de Bryconamericus stramineus foram estudados em riachos da sub-bacia do rio Guiraí, no estado de Mato Grosso do Sul, centro-oeste do Brasil. As amostragens foram realizadas bimestralmente em sete riachos na bacia do rio Guiraí, Alto Rio Paraná, de outubro/2006 a agosto/2007. Foram capturados 960 exemplares. As amostragens foram divididas em estação chuvosa e estação seca. B. stramineus apresentou hábito alimentar insetívoro; a espécie utilizou 17 itens alimentares, sendo que a tática de consumo das presas variou entre as estações a as localidades. Durante a estação chuvosa nos estômagos prevaleceram as Ordens Hymenoptera, Diptera e Coleoptera, durante a seca predominaram as Ordens Megaloptera e Diptera. Em todos os riachos analisados, B. stramineus apresentou dieta basicamente composta por insetos, sendo os demais itens consumidos ocasionalmente, confirmando a literatura.
Descritores: Bacias
Comportamento Alimentar
Peixes
Água Doce
Ecossistema/análise
Ecossistema/classificação
Estações do Ano
Responsável: BR1561.1 - Biblioteca Virtual AMMG


  6 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-518435
Autor: Súarez, Yzel Rondon; Lima-Junior, Sidnei Eduardo.
Título: Variação espacial e temporal nas assembléias de peixes de riachos na bacia do rio Guiraí, Alto Rio Paraná / Spatial and temporal variation in stream fish assemblages of Guiraí River Basin, Upper Paraná Basin
Fonte: Biota neotrop. (Online, Ed. port.);9(1):102-111, Jan.-Mar. 2009. graf, mapas, tab.
Idioma: pt.
Projeto: Fundect.
Resumo: This paper aims to characterize the fish assemblages and to quantify the importance of spatial and temporal variations on the organization of stream fish assemblages of Guiraí River Basin, Upper Paraná River Basin. The samples were taken every two months in seven streams, from October 2006 to August 2007. To examine these data, we used analysis such as cluster, similarity, variance, canonical correspondence and regression tree. We collected 64 species and the spatial variations of the assemblages were more evident than the temporal ones. The most important variables in determining the occurrence of the species were altitude of the region, stream width and depth and water velocity. This result indicates there is an interaction of regional factors (altitude) with local ones (depth, velocity and width) to define the species composition of each stream. The turnover in species composition was significantly influenced by stream depth and altitude. The differentiation on richness and species composition between upper and lower sites should allow richness increment at regional level (hydrographic basin), decreasing the niches overlap and maintenance of sub-populations (for wide-distributed species) which should to resist more to the antropic action over the habitat structure.

O presente trabalho procura caracterizar as comunidades de peixes relacionando a variação espacial e temporal com a organização das comunidades de peixes em riachos da bacia do rio Guiraí, Alto Rio Paraná. As amostragens foram realizadas bimestralmente em sete riachos, entre outubro/2006 e agosto/2007 e, para a análise destes dados, utilizamos análises de agrupamento, de similaridade, de variância, de correspondência canônica e árvore de regressão. Foram coletadas 64 espécies de peixes e a variação espacial das comunidades estudadas se mostrou mais evidente que a variação temporal. As variáveis mais importantes na determinação da ocorrência das espécies foram a altitude do trecho amostrado, largura e profundidade do riacho e velocidade da água, o que indica que há interação de fatores em escala regional (altitude) com fatores locais (profundidade, velocidade e largura) na definição da composição de espécies em cada um dos riachos amostrados. O turnover na composição de espécies foi significativamente influenciado pela profundidade e altitude dos riachos. A diferenciação na riqueza e composição de espécies entre os trechos superiores e inferiores da bacia pode permitir o incremento da riqueza em nível regional (bacia hidrográfica) através da diminuição da sobreposição de nichos, permitindo a manutenção de subconjuntos populacionais (para as espécies de distribuição ampla) que podem resistir melhor às alterações antrópicas na estrutura dos habitats.
Descritores: Biodiversidade
Bacias/análise
Fauna Aquática/análise
Fauna Aquática/classificação
Ecossistema/análise
Ecossistema/efeitos adversos
Peixes/classificação
Responsável: BR1561.1 - Biblioteca Virtual AMMG


  7 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-518429
Autor: Kaufmann, Vander; Pinheiro, Adilson.
Título: Relações entre diversidade íctia e fatores hidrodinâmicos de um riacho na bacia do rio Uruguai / Relationship between ichthyofaunal diversity and hydrodynamic factors in a stream of Uruguay river basin
Fonte: Biota neotrop. (Online, Ed. port.);9(1):47-53, Jan.-Mar. 2009. graf, mapas, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Physical, chemical and environmental factors in watercourses can exert influence on the structure and diversity of species of aquatic biota. Among the physical factors there are hydrodynamic conditions. Disposal variations result into complex dynamics of fish populations and communities. This study aims at assessing the correlation between hydrodynamic variables in the Fortaleza stream, affluent of Uruguay River, and species diversity. The methodology included the collection of hydrodynamic (average depth of the water column, average water flow speed and discharged water in the pluvial metric section) and biological (fish collection in the areas of influence on pluvial metric sections) data. Shannon diversity indices, equitability and the similarity index were calculated with biological data. It has been collected a sample with 527 fishes. There were 25 species, being 4 exotic ones and 4 species not-yet-classified. Such species included 4 orders, 7 families and 13 genera classified. The Shannon index ranged from 1.43 to 2.68 nats/individual. The equitability index was always above 0.8 indicating that individuals are well distributed among different species. The similarity index of Jaccard ranged between 20 and 80%. The lowest figures were obtained from the sample area located near the source. The correlations between the Shannon index and hydrodynamic features resulted in R² coefficients ranging between 0.59 and 0.83. These results show that diversity of species is influenced by the hydrodynamic characteristics. Nevertheless, either depth of water column or discharge average speed is not significant enough to explain the spatial variability of the diversity of species.

Fatores físicos, químicos e ambientais em um curso de água podem influenciar a estrutura e a diversidade das espécies da biota aquática. Entre os fatores físicos têm-se as condições hidrodinâmicas. Variações do escoamento resultam em dinâmicas complexas das populações e comunidades de peixes. Este trabalho tem por objetivo avaliar as correlações entre as variáveis hidrodinâmicas no Arroio Fortaleza, afluente do rio Uruguai, e a diversidade das espécies. A metodologia compreendeu a coleta de dados hidrodinâmicos (profundidade média da coluna de água, velocidade média do escoamento e vazão escoada na seção fluviométrica) e biológicos (coleta de peixes nas áreas de influência das seções fluviométricas). Com os dados biológicos foram calculados os seguintes índices: o de diversidade de Shannon, o de equitabilidade e o de similaridade. Coletaram-se 527 exemplares, de 25 espécies, dentre elas 4 exóticas e 4 ainda não classificadas. Essas 25 espécies estão classificadas em 4 ordens, 7 famílias e 13 gêneros. O índice de Shannon variou entre 1,43 e 2,68 nats/indivíduo. O índice de equitabilidade foi sempre superior a 0,8, indicando que os indivíduos estão bem distribuídos entre as diferentes espécies. O índice de similaridade de Jaccard variou entre 20 e 80%. Os menores valores foram obtidos para a área amostral situada próximo da nascente. As correlações entre o índice de Shannon e as características hidrodinâmicas resultaram em coeficientes R² variando entre 0,59 e 0,83. Estes resultados evidenciam que a diversidade das espécies é influenciada pelas características hidrodinâmicas. No entanto, a profundidade da coluna de água ou a velocidade média do escoamento não são suficientemente significativas para explicar a variabilidade espacial da diversidade das espécies isoladamente.
Descritores: Biodiversidade
Fatores Biológicos
Bacias/análise
Peixes
Fauna Aquática/análise
Fauna Aquática/classificação
Fatores Físicos e Químicos
Responsável: BR1561.1 - Biblioteca Virtual AMMG


  8 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-509784
Autor: Echaniz, Santiago Andrés; Vignatti, Alicia María; Bunino, Pablo César.
Título: El zooplancton de un lago somero hipereutrófico de la región central de Argentina: cambios después de una década / The zooplankton of a hipereutrophic shallow lake of the central region of Argentina: changes after one decade
Fonte: Biota neotrop. (Online, Ed. port.);8(4):63-71, Oct.-Dec. 2008. ilus, graf, tab.
Idioma: es.
Resumo: La ecología de los cuerpos de agua está influenciada por los aportes de nutrientes desde la cuenca. Los ambientes lénticos de escasa profundidad generalmente presentan elevados niveles de eutrofia, lo que permite alojar una fauna zooplanctónica altamente productiva. Según el modelo de los estados alternativos de los lagos someros, el zooplancton de estos ambientes se caracteriza por una composición taxonómica, un espectro de tallas y por consiguiente una biomasa que dependen de la fauna íctica presente. A pesar de que en Argentina estos ambientes son abundantes y de su importancia dada por su productividad, diversidad e interés recreativo y turístico, sólo recientemente han comenzado a estudiarse considerando estas relaciones. Esta contribución tiene por objetivo dar información colectada durante 2006, mediante muestreos mensuales de agua y zooplancton, sobre los factores de importancia limnológica, su variación e influencia sobre la transparencia del agua y la abundancia y biomasa zooplanctónica de un lago somero urbano hipereutrófico de la provincia de La Pampa y comparar la situación registrada con un estudio similar realizado entre 1995 y 1996. La laguna se caracteriza por sus bajas salinidad y transparencia y por el descenso de estos parámetros entre los dos períodos estudiados. La concentración de nutrientes es mayor que la verificada en lagunas similares de la provincia de Buenos Aires. Si bien durante los dos períodos el número de especies fue el mismo, se verificaron cambios en la composición taxonómica, registrándose en 2006 menor número de cladóceros y mayor de rotíferos y la ausencia de especies de Daphnia, lo que puede contribuir al descenso de la transparencia verificada en este período. Las especies halladas fueron de talla pequeña, típico del zooplancton sometido a predación por peces. Entre ambos períodos se verificó un descenso en la abundancia de la comunidad zooplanctónica, sobre todo en cladóceros y rotíferos.

The water bodies ecology is influenced by the contributions of nutrients from the basin. The shallow lentic ecosystems generally presents high levels of eutrophy, which allows to sustain a highly productive zooplanktonic fauna. According to the model of the alternative states of shallow lakes, zooplankton of these environments is characterized by a taxonomic composition, a spectrum of sizes and therefore a biomass that depends on the fishes present. Although in Argentina these ecosystems are abundant and of their importance given by their productivity, diversity and by their recreational and tourist interest, only recently they have begun to be studied. This contribution must by objective give information collected during 2006, by means of monthly samplings of water and zooplankton, on the factors of limnologic importance, their variation and influences on the water transparency and the abundance and zooplanktonic biomass of a shallow urban hipereutrophic lake of La Pampa province and to compare the situation registered with a similar study made between 1995 and 1996. The lagoon is characterized by low salinity and transparency and the reduction of these parameters between both periods studied. The nutrients concentration is greater than the verified in similar environments of Buenos Aires province. Although during both periods the species number was the same, it was verified changes in the taxonomic composition, registering in 2006 smaller number of cladocerans and greater of rotifers and the absence of Daphnia species, which can contribute to the reduction of the water transparency in this period. The found species were of small size, typical characteristic of zooplankton under fish predation. Between both periods a reduction in the abundance of the zooplankton community was verified, mainly between the cladocerans and rotifers.
Descritores: Bacias/análise
Classificação
Peixes
Fauna Aquática/análise
Lagos
Rotíferos
Zooplâncton
Responsável: BR1561.1 - Biblioteca Virtual AMMG


  9 / 27 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-509782
Autor: Lourenço, Luzia da Silva; Súarez, Yzel Rondon; Florentino, Alexandro Cezar.
Título: Aspectos populacionais de Serrapinnus notomelas (Eigenmann, 1915) e Bryconamericus stramineus Eigenmann, 1908 (Characiformes: Characidae) em riachos da bacia do rio Ivinhema, Alto Rio Paraná / Populational aspects of Serrapinnus notomelas (Eigenmann, 1915) e Bryconamericus stramineus Eigenmann, 1908 (Characiformes: Characidae) in streams of Ivinhema River Basin, Upper Paraná Basin
Fonte: Biota neotrop. (Online, Ed. port.);8(4):43-49, Oct.-Dec. 2008. graf, mapas.
Idioma: pt.
Resumo: O conhecimento dos parâmetros populacionais para as espécies de peixes neotropicais é um grande desafio da ictiologia. No presente trabalho analisamos a relação peso/comprimento, parâmetros de crescimento, mortalidade, recrutamento e avaliamos a influência da variação sazonal da precipitação sobre o peso médio dos indivíduos e o padrão de recrutamento para duas espécies de peixes em riachos da bacia do rio Ivinhema, Estado de Mato Grosso do Sul - Brasil. As amostragens foram realizadas mensalmente de janeiro a dezembro/2002, com esforço padronizado entre os locais. A equação que descreve a relação peso total/comprimento padrão para Serrapinnus notomelas é (Peso = 0,0000191 * LS3,106) e para Bryconamericus stramineus é (Peso = 0,0000080 * LS3,193), sendo a constante b significativamente maior que três. O comprimento assintótico para S. notomelas foi de 42,1 mm e para B. stramineus foi de 54,7 mm. Serrapinnus notomelas apresentou maior mortalidade natural (Z = 1,08) do que B. stramineus (Z = 0,93) e maior taxa de crescimento (S. notomelas k = 0,60 e B. stramineus k = 0,54), sendo que S. notomelas apresentou uma menor longevidade (4,99 anos) do que B. stramineus (5,54 anos). O Índice de performance de crescimento (›) calculado para S. notomelas foi de 3,027, enquanto para B. stramineus foi de 3,208. Constatamos variação sazonal significativa no peso médio ajustado para ambas as espécies estudadas. O padrão de recrutamento para S. notomelas e B. stramineus também segue um padrão sazonal, com dois picos de recrutamento no ano, sendo que S. notomelas apresentou um pico de recrutamento em março e outro em junho, enquanto B. stramineus apresentou um pico em abril e outro em outubro.

The knowledge of population parameters for Neotropical fish species is a great challenge to ichthyology. In this paper we analyzed the weight/length relationship, parameters of growth, mortality, recruitment and evaluate the influence of seasonal variation of rainfall on the mean weight of individuals and the pattern of recruitment for two fish species in streams of the Ivinhema River Basin-MS. The samples were done monthly from January to December 2002, with standardized effort between the sites. The equation that describe the weight/length relationship for Serrapinnus notomelas is (weight = 0.0000191 * length standard3.106) and for Bryconamericus stramineus is (weight = 0.0000080 * length standard3.193), being the constant b significantly higher than three. The asymptotic length for S. notomelas was 42.1 mm and for B. stramineus was 54.7 mm. Serrapinnus notomelas presented larger natural mortality (Z = 1.08) than B. stramineus (Z = 0.93) and higher growth rate (S. notomelas k = 0.60 and B. stramineus k = 0.54); and S. notomelas presented a lower longevity (4.99 years) than B. stramineus (5.54 years). The Index of growth performance (›) calculated for S. notomelas was 3.027, while for B. stramineus was 3.208. We verified significant seasonal variation in the adjusted mean weight for both studied species. The recruitment pattern for S. notomelas and B. stramineus also follows a seasonal pattern, with two recruitment picks in the year, and S. notomelas presented a recruitment pick in March and other in June, while B. stramineus presents a pick in April and other in October.
Descritores: Água Doce/análise
Bacias/análise
Coleta de Dados
Ecossistema
Ecossistema/análise
Peixes/classificação
Peixes/crescimento & desenvolvimento
Responsável: BR1561.1 - Biblioteca Virtual AMMG


  10 / 27 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Venezuela
Texto completo
Id: lil-493031
Autor: De Anda, José; Maniak, Ulrich.
Título: Modificaciones en el régimen hidrológico y sus efectos en la acumulación de fósforo y fosfatos en el lago de Chapala-México / Alterations of the hydrologic regime and their effects in phosphorus and phosphates in lake Chapala, Mexico
Fonte: Interciencia;32(2):100-107, feb. 2007. mapas, graf.
Idioma: es.
Resumo: Como consecuencia de la disminución en los caudales de ingreso y de la contaminación, así como de la pérdida de volumen debido a la extracción, desde hace varios años el Lago de Chapala sufre un proceso de entrofización cultural debida al exceso de nutrientes, lo cual se manifiesta en el crecimiento de vegetación acuática en la desembocadura del río Lerma y en el mismo lago. La aplicación de técnicas no convencionales basadas en un modelo de celdas para obtener un balance de masa para el fósforo (P) y fosfatos (PO4-³) demostraron que la principal fuente de este nutriente en el lago es el río Lerma, debido a que este recibe descargas municipales, agrícolas e industríales a lo largo de la cuenca con un tratamiento limitado. Este trabajo propone un método riguroso de evaluación de la acumulación de P y PO4-³ en el Lago de Chapala. Se demuestra que el lago perdió su capacidad de remover P total desde el año de 1983 y PO4-³ a partir del periodo 1977-1978. Igualmente se determinó que la cantidad promedio de PO4-³ en el lago representan el 67,6 por ciento del fósforo total, lo cual mantiene en altos niveles la disponibilidad biológica de este nutriente en la columna de agua.
Descritores: Bacias
Ecossistema
Eutrofização
Lagos
Fósforo
Rios
Balanço Hídrico
-Hidrologia
México
Tipo de Publ: Revisão
Estudo Comparativo
Responsável: VE1.1 - Biblioteca Humberto Garcia Arocha



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde