Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP4.021.202.133.709.665.546 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 24 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 24 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-913571
Autor: Marinho, Renato Fernandes 1, Nayara Castro1, Rodrigo Gurgel-Gonçalves2, Iriani Rodrigues Maldonade3 and Eleuza Rodrigues Machado; Sá, Lana Cristina Evangelista Ferreira; Castro, Nayara; Gurgel-Gonçalves, Rodrigo.
Título: High frequency of Ascaris lumbricoides in public playgrounds in CENTRAL Brazil
Fonte: Rev. patol. trop;46(2):209-214, jun. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Public playgrounds may be sources of parasite infections. This study analyzed the occurrence of intestinal parasites in playgrounds in the Federal District of Brazil (DF). Seventy sand samples were collected in 14 playgrounds distributed around the DF in 2015-2016 and were processed using the Willis and Hoffman methods. All playgrounds were contaminated with parasites. The parasites identified were Ascaris lumbricoides (33%), Strongyloides sp. (6%), Ancylostomidae (4%), Giardia sp. (4%), Trichuris sp. (3%) Toxocara sp. (3%) and Hymenolepis nana (1%). Results show the potential risk of transmission of parasitic diseases (mainly ascariasis) in playgrounds in central Brazil.
Descritores: Parasitos
Areia
Contaminação
Ascaris lumbricoides
Enteropatias Parasitárias
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  2 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-999783
Autor: Zampieri, Bruna Del Busso; Oliveira, Raphaela Sanches de; Pinto, Aline Bartelochi; Andrade, Vanessa da Costa; Barbieri, Edison; Chinellato, Roberta Merguizo; Oliveira, Ana Júlia Fernandes Cardoso de.
Título: Comparison of bacterial densities and resistance in different beach compartments: should water be our main concern? / Comparação de densidade e resistência bacterianas em diferentes compartimentos de praia: a água deve ser nossa principal preocupação?
Fonte: Mundo saúde (Impr.) = Mundo saude (Impr);40(A):461-482, 2017. Mapas, ilus, tab, graf.
Idioma: en; pt.
Resumo: Coastal regions are very important, since they provide food, enable economic and leisure activities however, the increase in urbanization of coastal areas are accompanied by great volumes of organic effluent, which is sometimes discharged in natura in water bodies, increasing the risk of the presence of pathogenic resistant bacteria in marine environments. In fact, recent studies showed higher bacterial densities in sediments than in water, since its present more favorable conditions for bacterial survivor (e.g. sun protection and predation). In addition, bivalves tend to accumulate suspended bacteria from the water, since they are filter feeding organisms. Thus, the present study evaluated densities and resistance to antibiotics of Enterococcus sp., Escherichia coli and Aeromonas sp. in water, sediment and mussels samples. Samples were collected at Praia dos Sonhos (Itanhaém) and Ubuqueçaba Island (Santos). Bacterial densities were determined by Membrane Filter Technique and the isolated strains were submitted to antibiotic sensibility test. Bacterial densities were lower in water and higher in sediments and mussels samples. Bacterial strains from Santos presented higher frequencies of resistance than those isolated from Itanhaém (less impacted area). Aeromonas strains were more resistant to Cefalotin and Cefuroxin, Enterococcus to Gentamicin and Streptomicin, and E. coli to Vancomicin and Eritromicin. The results obtained point to the need to establish public policies, laws and monitoring programs about the microbiological quality of mollusks and sediments, including the use of Enterococcus sp as microbiological indicator as well as about the resistance of the bacteria present in these environments

As regiões costeiras são muito importantes, uma vez que proporcionam alimentos, permitem atividades econômicas e de lazer, no entanto, o aumento da urbanização das áreas costeiras é acompanhado por grandes volumes de efluentes orgânicos, que às vezes são descarregados in natura em corpos d'água, aumentando o risco da presença de bactérias patogênicas e resistentes em ambientes marinhos. De fato, estudos recentes mostraram maiores densidades bacterianas nos sedimentos do que na água, pois apresentam condições mais favoráveis para a sobrevivência bacteriana (e.g. proteção solar e de predação). Além disso, os bivalves tendem a acumular bactérias suspensas da água, pois são organismos que alimentam-se por filtração. Assim, o presente estudo avaliou densidades e resistência a antibióticos de Enterococcus sp., Escherichia coli e Aeromonas sp. em amostras de água, sedimentos e mexilhões. As amostras foram coletadas na Praia dos Sonhos (Itanhaém) e na Ilha Ubuqueçaba (Santos). As densidades bacterianas foram determinadas pela técnica de filtro de membrana e as cepas isoladas foram submetidas ao teste de sensibilidade aos antibióticos. As densidades bacterianas foram menores na água e maiores nas amostras de sedimentos e mexilhões. As cepas bacterianas de Santos apresentaram maiores frequências de resistência do que as isoladas de Itanhaém (área menos impactada). As cepas de Aeromonas foram mais reistentes à Cefalotina e Cefuroxime, Enterococcus à Gentamicina e Estreptomicina, e E. coli à Vancomicina e Eritromicina. Os resultados obtidos apontam para a necessidade de estabelecer políticas públicas, leis e programas de monitoramento relativos à qualidade microbiológica de moluscos e sedimentos, incluindo o uso de Enterococcus sp. como indicador microbiológico, bem como sobre a resistência das bactérias presentes nesses ambientes
Descritores: Esgotos
Qualidade da Água
Areia
Bivalves
Enterococcus
Aeromonas
Escherichia coli
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR599.1 - Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI)


  3 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-757684
Autor: Pinto, Aline Bartelochi; Pereira, Cristina Rocha; Oliveira, Ana Júlia Fernandes Cardoso de.
Título: Densidade de Enterococcus sp em águas recreacionais e areias de praias do município de São Vicente-SP, Brasil e sua relação com parâmetros abióticos / Density of Enterococcus sp in recreational waters and beach sandin São Vicente-SP, Brazil and its relationship to abiotic parameters
Fonte: Mundo saúde (Impr.) = Mundo saude (Impr);36(4):587-593, out.- dez. 2012. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: As cidades litorâneas atraem inúmeros turistas pela sua beleza cênica e atrativos recreacionais, incrementando a fonte de renda dos municípios. Dessa forma, é evidente a necessidade de programas de monitoramento da qualidade de suas praias, a fim de assegurara saúde dos banhistas. Apesar de haver um monitoramento eficaz para as águas recreacionais marinhas, ainda não existem, no Brasil, programas que atestem a qualidade das areias das praias. Nesse sentido, o presente estudo objetivou analisar a densidade de bactérias do gênero Enterococcus nas areias e águas de duas praias do município de São Vicente-SP, Brasil correlacionando com parâmetros abióticos (temperatura, salinidade, granulometria, matéria orgânica e variação de maré). Amostras de água e areia foram coletadas durante o mês de fevereiro de 2006 nas praias do Gonzaguinha e da Ilha Porchat, e as densidades das bactérias,determinadas com base na técnica de membrana filtrante. Temperatura e salinidade foram medidas in situ com o auxílio de um termômetro e um refratômetro, enquanto que granulometria e matéria orgânica foram determinadas em laboratório, de acordo com os métodos descritos por Suguio e Dean. Houve diferenças significativas entre as densidades encontradas na água e nas areias(p=0.004), sendo aproximadamente 20 vezes superior na areia das praias do Gonzaguinha. Resultado semelhante foi obtido para as amostras das praias da Ilha Porchat, sendo as densidades encontradas nas areias cerca de três vezes superior às encontradas nas amostras de água. Em ambas as praias, salinidade e temperatura correlacionaram-se de maneira negativa com as densidades obtidas, o que sugere que há um efeito deletério desses parâmetros sobre a população bacteriana. O presente estudo demonstra que há uma grande necessidade de estabelecimento de programas de monitoramento para areias de praias, visto que atualmente a avaliação da qualidade das praias é parte importante de programas de gerenciamento costeiro integrado.

Coastal cities attract a large number of tourists for their beautiful landscape and recreational activities, increasing the municipalities'income source. Thus, a need is clear for the establishment of beach quality monitoring programs to ensure bathers health. Although there is an effective monitoring program for recreational waters in Brazil there are no programs to certify the quality of beach sands. In this sense, the aim of this work was to analyze the density of bacteria from the genus Enterococcus in both sand and water from two beaches from São Vicente, São Paulo (Brazil) and correlate these densities to abiotic parameters such as: temperature, salinity, particle size, organic matter and tides). Water and sand samples were collected during February 2006 on the beaches of Gonzaguinha e Ilha Porchat and bacterial densities were determined by membrane filter technique. Temperature and salinity were measured in situwith a thermometer and a refractometer while particle size and organic matter were determined according to methods described by Suguio and Dean. There were significant differences between densities found in water and sand (p=0.004), being approximately 20times higher in Gonzaguinha's beach sands. Similar results were found for Ilha Porchat beach samples, being the densities found insand 3 times greater than those found in water. Both beaches showed a negative correlation between bacterial densities and salinity and temperature, suggesting a deleterious effect of these parameters on the bacterial community. On the other hand, no correlation was found between organic matter and particle size and bacterial densities. This work demonstrates that there is a great necessity for monitoring beach sand since the evaluation of beach quality is an important part of integrated coastal management programs.
Descritores: Costa
Indicadores de Contaminação
Saúde Pública
Areia
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR599.1 - Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI)


  4 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-653356
Autor: Chen, Anne Agnesini; Mucci, José Luiz Negrão.
Título: Frequência de contaminação por helmintos em área de recreação infantil de creches no município de Várzea Paulista, São Paulo, Brasil / Frequency of helminth contamination in child day care playgrounds in the city of Varzea Paulista, Sao Paulo, Brazil
Fonte: Rev. patol. trop;41(2):195-202, abr.-jun. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Com o objetivo de descrever a contaminação parasitária de áreas de recreação infantil, foram realizadas coletas de 40 amostras de areia em seis creches do município de Várzea Paulista-SP, Brasil, no período de 12 a 18 de novembro de 2009. As amostras foram processadas pela técnica de centrífugo-flutuação em soluções de dicromato de sódio e sacarose. Em todas as creches, foram encontrados ovos de Ascaris lumbricoides e Toxocara spp.; ovos e larvas de Ancylostoma spp. foram observados em 50por cento dos locais estudados e Trichuris spp., em uma (16,67por cento) das instituições. É alta a contaminação por helmintos nas areias de áreas de recreação infantil em instituições que atendem menores até 4 anos de idade no município de Várzea Paulista-SP. Este quadro indica a necessidade de que os gestores adotem medidas para reduzir o risco de exposição dessas crianças a estes parasitos mque podem comprometer-lhes a saúde.
Descritores: Areia/análise
Creches
Saúde Ambiental
Vigilância Sanitária
Helmintos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  5 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-626153
Autor: Figueiredo, Maria Isabel de Oliveira; Wendt, Emília Welter; Santos, Hélvio Tassinari dos; Moreira, Cleci Menezes.
Título: Levantamento sazonal de parasitos em caixas de areia nas escolas municipais de educação infantil em Uruguaiana, RS, Brasil / Survey of parasite eggs in sandboxes of municipal kindergarten schools in Uruguaiana, Brazil
Fonte: Rev. patol. trop;41(1):36-46, jan.-mar. 2012. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho teve como objetivos verificar a presença de parasitos em caixas de areia das praças de todas as sete escolas municipais de educação infantil do município de Uruguaiana-RS e avaliar a influência da sazonalidade na viabilidade dos parasitos no período de julho de 2008 a junho de 2009. Das 130 amostras de areia submetidas à técnica de Willis (1921) modificada porGolvan (1977), 49 (37,7por cento) apresentaram positividade para ovos e larvas de helmintos, ficandocomprovado que, em todas as escolas, a areia estava contaminada por algum parasito. Nestes locais, foram encontrados ovos dos seguintes parasitos: Ancilostomídeos – 19,2por cento, Toxocara spp. – 7,7por cento, Dipylidium caninum – 3,1por cento, Ascaris spp. – 3,1por cento, Trichuris spp. – 0,8por cento e larvas da famíliaRhabdiasidae – 3,9por cento. Nas estações primavera e verão, foram observados os maiores percentuaisde helmintos nas amostras de areia das praças, época em que também foram observados valores mais elevados relativos à temperatura do ar e da areia e à umidade relativa do ar, o que demonstra a importância da sazonalidade na viabilidade dos parasitos. Nesta pesquisa, a areia das praças apresentou contaminação ambiental de caráter zoonótico. Barreiras físicas para evitar que os animais domésticos tenham acesso às áreas destinadas à recreação infantil e o manejo adequado da areia sãonecessários para evitar a excessiva contaminação e minimizar os riscos de infecção por geoparasitos em crianças frequentadores desses ambientes.
Descritores: Poluição Ambiental
Helmintos/parasitologia
Parasitos
Areia
-Brasil
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  6 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-620514
Autor: Viana, Mônica de Oliveira.
Título: Bioprospecção de bactérias com potencial biotecnológico para biorremediação e monitoramento de praias impactadas da Baía de Guanabara, RJ / Bioprospecting of bacteria with biotechnological potential for bioremediation and monitoring of impacted beaches of Guanabara Bay, RJ.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2011. xix,92 p. ilus, mapas, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A bioprospecção de microrganismos que possam ser utilizados na biorremediação de ecossistemas degradados é o primeiro passo nas pesquisas que visam utilizar a atividade microbiana para converterem substâncias tóxicas em compostos menos nocivos. A Baía de Guanabara constitui um bioma extremamente produtivo, apesar da grande quantidade e diversidade de poluentes lançados em suas águas, comprometendo a saúde ambiental. Portanto é de suma importância o monitoramento da qualidade de suas praias para a saúde pública, sendo que a mesma sofre influência de poluentes vindos das águas e do continente, portanto é esperado o encontro de microrganismos com potencial para uso nos processos de biorremediação nos ecossistemas degradados. O presente estudo teve como objetivo avaliar o potencial de biorremediação de bactérias isoladas das praias da Baía de Guanabara e correlacionar com a qualidade microbiológica dos ambientes monitorados. Foi feita a avaliação da qualidade sanitária de areia e água de quatro praias da Baía de Guanabara, duas na Ilha de Governador e duas na Ilha de Paquetá, com duas campanhas nas quatro estações do ano no período de 2009-2010. A metodologia utilizada nas análises colimétricas (E. coli e coliformes totais) foi a técnica de membrana filtrante, expressando os resultados em UFC/g e UFC/mL. Nas análises micológicas, foi avaliada a ocorrência dos fenótipos de fungos filamentosos e de leveduras nas matrizes areia e água. Os microrganismos foram isolados, identificados, guardados em coleção de cultura e investigados em pesquisas biotecnológicas de biorremediação, quanto à resistência aos metais mercúrio e cromo e quanto à atividade emulsificante em derivados de petróleo. Foi avaliado a presença de genes envolvidos nos processos de biorremediação, sendo eles os genes merA, ChrA, ChrB, e os codificantes de monoxigenases e dioxigenases. Foram avaliados os resultados colimétricos em relação à nova resolução da SMAC N° 468/2010, e os valores micológicos em relação aos valores propostos no trabalho de Rego (2010). No período de 2009-2010 a praia da Bica apresentou os maiores índices colimétricos. Em água, foi encontrado em média 173,5 UFC/mL, o que está 47 vezes acima do limite permitido na legislação, assim como em areia, matriz na qual a praia da Bica e a praia de Tubiacanga foram classificadas como impróprias, em relação aos níveis de CT e E. coli, na maioria dos períodos analisados. Na matriz areia foi encontrado maior ocorrência de bactérias e de fungos, com a prevalência do fenótipo “Negra com borda branca” (NBB), que tem freqüência de 64 por cento pertencente ao gênero Aspergillus, entre os fungos filamentosos. Na avaliação da presença de genes relacionados a resistência, foram encontrados dois isolados contendo os genes mer A e três isolados contendo os genes NAH e PHE. Foi observado 30 por cento e 10 por cento de correlação entre bactérias com alta resistência ao mercúrio e ao cromo, respectivamente, e altos índices observados nas matrizes ambientais.
Descritores: Areia/análise
Praias
Coliformes/análise
Monitoramento Ambiental
Metais Pesados/análise
Poluição das Praias/análise
-Colimetria/análise
Análise Microbiológica
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; T363.7098153, V614b


  7 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-619284
Autor: Soares, Wálace Ânderson Almeida; Ferraresi, Gabriela Nenna; Quináglia, Gilson Alves; Umbuzeiro, Gisela de Aragão.
Título: Toxidade do resíduo areia de fundição utilizando o teste com a bacteria luminescente Vibrio Fischeri / Toxicity of foundry sand wastes using the luminescent bacteria vibro fischeri assay
Fonte: Rev. bras. toxicol;23(1/2):17-21, 2010. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Wastes foundry sand can be contaminated by metals, depending on the kind of metal that is molten in the casting industry and/or organics from chemical bindings used in these process. Because of the complexity of these mixtures it is difficult to characterize using only chemical analyses. In order to obtain information about the ecological hazard of those samples, biological tests can be used. The acute toxicity test with the luminescent bacteria Vibrio fischeri is a good choice due to its simplicity, low cost and rapid response. In this work virgin and used foundry sands from four different mold-making industries were analyzed. The aqueous extract of the nine virgin sands tested showed negative results for the luminescent bacteria. Ten out of the eighteen used sand samples were positive and they all belonged to the organics chemical-bounded sand process. The samples derived from the green sand mold-making process showed negative responses. Our work confirms that the Vibrio fischeri acute test can be used as an additional tool to evaluate the ecotoxicological hazard of foundry sands and that the toxicity seems to be related to the mold-making process.

O resíduo areia de fundição gerado pelas indústrias que fabricam peças metálicas pode conter diferentes metais,dependendo do tipo de metal fundido, e compostos orgânicos, provenientes dos ligantes químicos utilizados, de composição muitas vezes desconhecida. A complexidade destas amostras dificulta sua caracterização por análisesquímicas. Como ferramenta complementar a estas análises, pode-se utilizar testes ecotoxicológicos, como ode toxicidade aguda com a bactéria luminescente Vibrio fischeri. Neste trabalho foram comparados os resultados de amostras de areias virgens e areias de fundição descartadas de quatro diferentes processos de moldagem e macharia frente ao Vibrio fischeri com o objetivo de verificar a aplicabilidade deste teste para caracterização das areias. Os solubilizados das nove amostras de areias virgens apresentaram resultados negativos para o teste. Das dezoito amostras do resíduo areia de fundição testadas, dez apresentaram resultados positivos, correspondendo às areias que utilizam ligantes químicos orgânicos. As amostras provenientes dos processos denominados “areias verdes” apresentaram resultados negativos. Estes resultados, comparados com estudos existentes na literatura, sugerem que o teste com Vibrio fischeri pode ser utilizado como ferramenta adicional para a caracterização desses resíduos. Pode-se observar uma relação entre o ligante empregado no processo de moldagem e macharia e as amostras que apresentaram resultados positivos.
Descritores: Aliivibrio fischeri
Areia
Resíduos Sólidos
Testes de Toxicidade
Responsável: BR275.1 - Biblioteca


  8 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-619105
Autor: Pinto, Aline Bartelochi; Oliveira, Ana Julia Fernandes Cardoso de.
Título: Diversidade de microrganismos indicadores utilizados na avaliaçãoda contaminação fecal de areias de praias recreacionais marinhas:estado atual do conhecimento e perspectivas / Diversity of indicator microorganisms in the evaluation of sea recreational beach sand fecalcontamination: current knowledge and perspectives / Diversidad de los microorganismos indicadores utilizados en la evaluación de la contaminación fecal de las arenas de playas marinas recreacionales: conocimiento actual y perspectivas
Fonte: Mundo saúde (Impr.) = Mundo saude (Impr);35(1):105-114, jan. 2011.
Idioma: pt.
Resumo: Embora a qualidade de águas recreacionais marinhas já seja monitorada por programas implantados em vários estados brasileiros,incluindo o Estado de São Paulo, pouca atenção tem sido dada às areias de praias, as quais têm sido desconsideradas do ponto de vista da saúde pública. Entretanto, esse panorama vem mudando nos últimos anos devido ao aumento dos casos de micoses e infecções bacterianas contraídas por pessoas que frequentam as praias e utilizam suas areias como local de recreação. Isso tem ocasionado maiores preocupações com a contaminação desse ambiente, também mensurável pelo aumento do número de trabalhos científicos sobre a microbiota de sedimentos e areias depraias recreacionais. Atualmente, sabe-se que, de maneira geral, esses sedimentos contêm mais microrganismos do que a própria coluna de água, sendo, portanto, fontes potenciais de contaminação de humanos por microrganismos patogênicos. Os resultados de trabalhos realizados emvários países são preocupantes e têm demonstrado a necessidade da determinação de padrões e limites para que sejam implantados programasde monitoramento da qualidade microbiológica das areias de praias. Tal preocupação é especialmente destacada no Brasil, país de clima tropical onde milhares de praias, utilizadas para recreação, se estendem por quase oito mil quilômetros de litoral. No contexto da Baixada Santista,estudos realizados têm mostrado que, em determinadas situações, as areias de praias podem conter mais microrganismos de que suas águas, opode oferecer riscos à saúde de seus usuários.

Although the quality of sea recreational waters is already monitored by programs implanted in some Brazilian states, including the State São Paulo, little attention has been given to beach sands, which have been disregarded from the point of view of public health. However, this panorama is changing in recent years due to an increasing number of cases of mycoses and bacterial infections affecting people who frequent beaches and use sands as recreation places. This has caused greater concerns with the contamination of this environment, also measurable by the increase of the number of scientific works on sediments and recreational beach sands microbiota. Currently one knows that in general these sediments contain more microorganisms than the water and are therefore potential sources of contamination of human beings by pathogenic microorganisms. The results of works carried through in some countries are worrying, and have demonstrated the necessity of establishing standards and limits so that monitoring programs of the microbiological quality of beach sands are implanted. Such concern is especially high in Brazil, a country of a tropical climate where thousands of beaches, used for recreation, extend for almost eight thousand kilometers of the coast. In the context of Baixada Santista, studies carried through have shown that in certain situations beach sands can contain more microorganismsthan waters and may be a risk to the health of users.

Aunque la calidad de las aguas marinas recreacionales sea supervisada ya por programas implantados en algunos estados brasileños, incluyendo el estado São Paulo, poca atención se ha dado a las arenas de las playas, que se han desatendido desde el punto de vista de la salud pública. Sin embargo, este panorama está cambiando estos últimos años debido a un número cada vez mayor de casos de micosis y infecciones bacterianas que afectan a la gente que usa las playas y las arenas como lugares de recreo. Esto ha causado mayores preocupaciones con la contaminación de este ambiente, también mensurable por el aumento del número de trabajos científicos sobre los microorganismos de sedimentosy de las arenas de playas recreacionales. Se sabe hoy que en general estos sedimentos contienen más microorganismos que el agua y que son por lo tanto fuentes potenciales de contaminación de seres humanos por microorganismos patógenos. Los resultados de los trabajos ejecutados en algunos países son alarmantes, y han demostrado la necesidad de establecer estándares y límites para implantar programas de supervisión de la calidad microbiológica de las arenas de las playas. Tal preocupación es especialmente alta en el Brasil, un país de clima tropical en donde millares de playas, usados para el recreo, se extienden en casi ocho mil kilómetros de la costa. En el contexto de Baixada Santista, los estudiosejecutados han demostrado que en ciertas situaciones las arenas de la playa pueden contener más microorganismos que las aguas y que pueden ser un riesgo a la salud de usuarios.
Descritores: Praias
Contaminação
Escherichia coli
Indicadores de Contaminação
Areia
Responsável: BR599.1 - Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI)


  9 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-612975
Autor: Matesco, Viviana Cauduro; Rott, Marilise Brittes; Mentz, Márcia Bohrer.
Título: Comparação entre métodos de centrífugo-flutuação utilizados para a recuperação de ovos de helmintos em amostras de areia / A comparative study between commonly used laboratory flotation methods for recovering helminth eggs from sand samples
Fonte: Rev. patol. trop;40(4):323-330, out.-dez. 2011. graf.
Idioma: pt.
Resumo: A deposição de fezes de animais no ambiente constitui um problema de saúde pública que deve ser avaliado e controlado. Neste contexto, os geohelmintos desempenham um papel patogênico importante tanto no ser humano quanto nos animais. Este estudo objetivou comparar a eficiência detrês métodos de centrífugo-flutuação utilizados na rotina de laboratório para a recuperação de ovos de helmintos do solo em 50 amostras coletadas aleatoriamente em areias próximas ao estuário Guaíba, zona sul do município de Porto Alegre, RS, Brasil. As amostras de areia foram submetidas aosmétodos de Faust et al. modificado, Kazacos modificado e Ruiz et al.. Os resultados foram expressos em número e/ou percentual de amostras positivas e de recuperação de ovos entre os métodos utilizados. Do total de amostras analisadas, 7/50 (14por cento) foram positivas para ovos de Toxocara spp. e1/50 (2por cento) apresentou também ovos de ancilostomídeos. Dentre os métodos utilizados, o de Kazacosrecuperou ovos de helmintos em quatro das sete amostras positivas. As taxas de recuperação pelos demais métodos foram as seguintes: Ruiz et al. (3/7) e Faust et al. (2/7), utilizando-se amostras de 6g, e (1/7) com amostras de 30g. Os dados do presente estudo não mostraram diferenças entre osmétodos utilizados para a recuperação de ovos de helmintos do ambiente.
Descritores: Saúde Ambiental
Helmintos
Areia
Toxocara/parasitologia
Zoonoses
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  10 / 24 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Tortora, Joäo Carlos de Oliveira
Id: lil-612617
Autor: Pereira, Adriana; Tórtora, João Carlos de Oliveira.
Título: Indicadores de contaminação biológica: uma análise das areias de praia e brinquedos de áreas recreativas da zona sul do Rio de Janeiro / Biological indicators of contamination: an analysis of the sand beach toys and recreational areas in the south zone of Rio de Janeiro
Fonte: J. bras. med;99(3):28-32, Out.-Dez. 2011. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Areia e brinquedos de praias e praças da Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro foram analisados, constatando-se a sua contaminação com material fecal humano e animal. O número de coliformes fecais esteve 2,3 a 240 vezes acima do permitido (até 800/100g) e o de fungos 2,5 a cinco vezes (2.000/100g). Também foram encontrados larvas e ovos de helmintos e cistos de protozoários de origem humana e animal. A mesma contaminação, embora em menor nível, foi detectada nos brinquedos. Cabe ao Poder Público o monitoramento e a manutenção da qualidade da areia das áreas de lazer do município, o que, efetivamente, não é feito. Esta opção de lazer para residentes e turistas é feita, baseada na balneabilidade atestada pelo monitoramento da água. Porém, o nível e os tipos de contaminantes biológicos encontrados nas areias mostram o risco potencial à saúde do usuário.

Samples of sand and toys of beaches and squares of the South Zone of Rio de Janeiro City were submitted to microbiological analysis. Both showed contamination with human and animal fecal material. The fecal coliforms were 2.3 to 240 times above the permitted standard (800 to 100g) and fungi were 2.5 to 5 higher (2,000 to 100g). Larvae and eggs of helminthes and cysts of protozoa of man and animal origin were also found. The same contamination, although at lower levels, was found in toys. The Government must monitor and maintain the quality of the sand of recreational areas of the city but it is not done. The choice of seashore leisure activities for residents and tourists is made solely based on attested by the bathing water monitoring. However, the level and types of biological contaminants found in the sands show the potential risk for the health of users.
Descritores: Areia/análise
Coliformes/efeitos adversos
Contaminação Biológica/análise
Microbiologia Ambiental
Infecções Bacterianas/etiologia
Monitoramento Ambiental/métodos
Jogos e Brinquedos
Indicadores de Contaminação
Poluição das Praias/análise
Poluição das Praias/efeitos adversos
-Doenças Parasitárias/etiologia
Solo/parasitologia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1365.1 - Biblioteca Biomédica A - CB/A



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde