Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP6.016.052.053 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 152 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 16 ir para página                         

  1 / 152 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-707671
Autor: Díaz, RV; Sosa, Liliana; Guillén, R; Pistilli, Norma; Páez, Malvina; Almirón, M; Zárate, J.
Título: Prevalencia de anemia en varias comunidades de la etnia Nivaclé del Chaco paraguayo / Prevalence of anemia in several communities of the Nivaclé ethnic group of the Paraguayan Chaco
Fonte: Mem. Inst. Invest. Cienc. Salud (Impr.);11(1):15-21, jun. 2013. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: La anemia es la concentración de la hemoglobina por debajo de los valores límites establecidos. Las comunidades indígenas de la etnia Nivaclé que habitan el Chaco paraguayo viven bajo condiciones de extrema pobreza, careciendo de asistencia sanitaria y de programas de control de enfermedades. Este estudio descriptivo de corte transversal realizado de junio de 2001 a marzo de 2002, tuvo como objetivo establecer la prevalencia y distribución de anemia en hombres y mujeres de 15 a 65 años, de la etnia Nivaclé que habitan en el Chaco paraguayo. Se incluyó a todos los indígenas voluntarios sanos presentes en el momento del estudio que aceptaron participar, previo consentimiento informado. La concentración de hemoglobina se determinó en 379 indígenas Nivaclé. La OMS considera que existe anemia en los adultos (a partir de 15 años), cuando la concentración de hemoglobina es inferior a 130 g/L para el sexo masculino y menor a 120 g/l para el femenino. La prevalencia de anemia en mujeres n= 217 fue de 49,8 % (con media hemoglobina de 117,67 ± 12,16 g/L); y en los hombres n= 162 resultó de 33,3 % (promedio de hemoglobina de 132,62 ± 11,65 g/L). La elevada prevalencia de anemia observada, especialmente en mujeres, se debería a una pobre nutrición, lo que conlleva a una mala salud que justifica la incorporación de estrategias de atención primaria de salud que se adapten a la cultura y a las condiciones de estas comunidades.
Descritores: Anemia
Anemias Nutricionais
Saúde de Populações Indígenas
-Índios Sul-Americanos
Responsável: PY3.1 - Biblioteca


  2 / 152 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1018139
Autor: martinez de Nuñez,.
Título: Prevenci[on y lucha Contra la anemia carencial mediante una alimentación alternativa.
Fonte: Asunción; EDUNA-EFACIM; jun.1996. 469-524 p.
Idioma: es; en.
Resumo: La pobreza es uno de los más graves problemas que afectan al desarrollo Latinoamericano, en nuestro pais, la desnutrición es un problema de salud pública grave, contribuye a aumentar la mortalidad infantil, el hombre es una realidad es muchos más casos de lo que se cree, la consecuncia es anemia carencial o nutricional
Descritores: Anemias Nutricionais
Responsável: PY37.1 - Biblioteca
616.152 892#M361p


  3 / 152 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-987579
Autor: Perú. Ministerio de Salud; .Dirección General de Intervenciones Estratégicas en Salud Pública.
Título: Lineamientos para la prevención, reducción y control de la anemia en niñas y niños hasta los 35 meses de edad de los usuarios del programa nacional Cuna Más en el Perú / Guidelines for the prevention, reduction and control of anemia in girls and boys up to 35 months of age of users of the National Cuna Más program in Peru.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud; 20170700. 16 p. tab.
Idioma: es.
Resumo: El documento contiene la finalidad, ámbito de aplicación, justificación, lineamientos y responsabilidades para la prevención, reducción y control de anemia en niñas y niños hasta los 35 meses de edad de los usuarios del programa nacional cuna más en el Perú.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Prevenção Primária
Anemia
-Anemias Nutricionais
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  4 / 152 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-43921
Autor: Yepez Miño, Rodrigo; Estévez Montalvo, Edmundo.
Título: El hierro en la alimentación del hombre: fundamentos bioquímicos, clínicos y epidemiológicos / Iron in human nutrition: biochemical, clinical and epidemiologic basis.
Fonte: s.l; Universidad Central del Ecuador. Facultad de Ciencias Médicas; 1987. 244 p. ilus, tab.
Idioma: es.
Descritores: Anemias Nutricionais/epidemiologia
Estado Nutricional
Ferro/fisiologia
Anemia Hipocrômica/epidemiologia
-Equador
Ferro/sangue
Troca Materno-Fetal
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Gravidez
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/1158.00; US1.1; WH160.Y47 1987


  5 / 152 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-663142
Autor: Ferraz, Sabrine Teixeira.
Título: Anemia ferropriva na infância: estratégias para prevenção e tratamento / Iron-deficiency anemia in childhood: strategies for prevention and treatment
Fonte: Pediatr. mod;48(3), mar. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: A anemia por deficiência de ferro é a principal deficiência nutricional no mundo e estima-se que metade das crianças e jovens nos países em desenvolvimento seja afetada por esta patologia. Nas últimas duas décadas, a importância da deficiência de ferro e da anemia como um problema de Saúde Pública vem sendo reconhecida pelas autoridades de Saúde e governantes. Esta revisão foi elaborada para contribuir no planejamento de estratégias de controle da anemia ferropriva por profissionais da atenção básica em saúde. O artigo descreve aspectos relacionados aos grupos de risco, às consequências de deficiência de ferro em crianças e, também, estratégias como a suplementação de ferro e a fortificação e modificação dietética, além do tratamento. O combate a essa patologia deve ser uma prioridade, com esforços na realização de políticas públicas adequadas, promovendo o comprometimento das pessoas e reformulando os serviços de saúde
Descritores: Anemia Ferropriva
Anemias Nutricionais/diagnóstico
Atenção Primária à Saúde
Deficiência de Ferro/prevenção & controle
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Gravidez
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  6 / 152 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Silveira, Fernando Ricardo Xavier da
Biazolla, Eder Ricardo
Bezerra, Ana Cristina Barreto
Id: biblio-872252
Autor: Navarro, Maria Fidela de Lima; Duarte, Alvaro; Silveira, Fernando Ricardo Xavier da; Biazolla, Éder Ricardo; Bezerra, Ana Cristina Barreto; Zanata, Régia Luzia; Luz, Denise Tibério; Siqueira, Érika.
Título: Brasileiros comem cada vez mais e com pior qualidade / Brazilian people eat more and with worst quality
Fonte: Rev. Assoc. Paul. Cir. Dent;53(1):8-20, jan.-fev. 1999. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: As mudanças nos hábitos alimentares, com a substituição crescente das tradicionais refeições por "fast food, não só fizeram explodir a obesidade no país como aumentaram os riscos de cáries dentárias. Paradoxalmente, cresce a incidência no Brasil de certas deficiências nutricionais
Descritores: Cárie Dentária
Comportamento Alimentar
-Halogenação
Anemias Nutricionais
Saúde Bucal
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  7 / 152 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-868147
Autor: Rocha, Élida Mara Braga.
Título: Anemia e insegurança alimentar em crianças em idade pré-escolar / Anemia and food insecurity in preschool children.
Fonte: São Paulo; s.n; 2017. 110 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Nutrição para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Introdução: No Brasil, a anemia por deficiência de ferro permanece como problema de saúde pública relevante, especialmente para mulheres e crianças. Nessa questão, a situação de insegurança alimentar (IA) pode vir a ser associada a diversos aspectos de desigualdades estruturais e em saúde, visto que seu conceito permite abordar diversos tipos de iniquidades nutricionais. Objetivos: Avaliar a anemia e a insegurança alimentar e nutricional de famílias de crianças em idade pré-escolar: analisar a influência da vulnerabilidade socioeconômica sobre a prevalência da anemia; identificar os padrões alimentares e sua relação com segurança alimentar e estado nutricional; e investigar a relação entre insegurança alimentar e concentração de hemoglobina de pré-escolares. Métodos: A pesquisa foi do tipo transversal. A população investigada foi de pré-escolares inscritos em creches públicas de Taubaté (SP), em 2014, distribuídas em dois grupos diferenciados pelas características socioeconômicas da região onde estão localizadas: região vulnerável e região abastada. O tamanho da amostra foi calculado partindo do pressuposto que a diferença na concentração de hemoglobina (Hb) entre crianças da região vulnerável e abastada fosse equivalente a 1/3 de desvio padrão da média de Hb da população saudável. As variáveis socioeconômicas e demográficas foram coletadas por questionário semi-estruturado. A concentração de Hb foi obtida por meio de punção digital, considerando anemia Hb

Introduction: In Brazil, iron deficiency anemia remains a relevant public health problem, specially for women and children. In this respect, the situation of food insecurity (FI) may prove to be associated with various aspects of structural inequalities and health, as its concept allows addressing various types of nutritional inequities. Objective: Evaluate anemia, food and nutrition insecurity of families of children in preschool age; analyze the influence of socioeconomic vulnerability on the prevalence of anemia; identify dietary patterns and their relation to food security and nutritional status; and investigate the relationship between food insecurity and concentration of preschool hemoglobin. Methods: The study was crosssectional. The investigated population was enrolled preschool children in public day care centers in Taubaté (SP) in 2014, divided into two different groups by socioeconomic characteristics of the region where they are located: vulnerable region and wealthy region. The sample size was calculated on the assumption that the difference in hemoglobin (Hb) between children of vulnerable and wealthy region was equivalent to 1/3 of Hb mean standard deviation of the healthy population. Socioeconomic and demographic variables were collected by semi-structured questionnaire. The Hb concentration was obtained by finger prick, considering anemia Hb
Descritores: Anemia
Segurança Alimentar e Nutricional
Consumo de Alimentos
Vulnerabilidade em Saúde
Hemoglobinas/deficiência
Anemias Nutricionais
-Família
Estado Nutricional
Fatores Socioeconômicos
Limites: Humanos
Pré-Escolar
Adulto
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; DR1330


  8 / 152 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-713189
Autor: Alleo, Luciana Galve.
Título: Prevalência de anemia e relação entre a concentração de hemoglobina em mães e crianças atendidas nas Unidades Básicas de Saúde de Santa Isabel / Prevalence of anemia and relationship between hemoglobin concentration in mothers and children in the first year of life attended in Basic Health Units of Santa Isabel.
Fonte: São Paulo; s.n; 2013. 69 p. tab, graf, mapas.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução - A anemia ferropriva constitui um problema de saúde pública da maior relevância dadas a elevada frequência com que ocorre e as consequências dela decorrentes. Programas de intervenção foram implantados para seu controle: a fortificação universal de farinhas de trigo e milho com ferro e a suplementação profilática com sulfato ferroso (PNSF), especialmente para lactentes. Ao mesmo tempo, houve a aproximação dos serviços públicos de saúde da população com a transformação de Unidades Básicas de Saúde em Estratégia da Saúde da Família em todo o território nacional. Objetivos - Estimar as prevalências de anemia na criança no primeiro ano de vida e na mãe biológica e a relação entre elas; identificar a prática alimentar familiar e da criança. Metodologia - Estudo transversal desenvolvido em UBS no universo de crianças no primeiro ano de vida e suas mães (122 pares), que compareceram às oito UBSs que mantêm uma rotina de puericultura. Os dados antropométricos, socioeconômicos, de consumo alimentar foram obtidos através de entrevista e informações de prontuários. O sangue para diagnóstico de anemia foi colhido por punção digital e leitura em hemoglobinômetro portátil. Resultados - A prevalência de anemia entre as mulheres ([Hb].
Descritores: Anemia Ferropriva
Anemias Nutricionais/epidemiologia
Promoção da Saúde
Mães
-Estudos Transversais
Família
Dieta
Ferro na Dieta
Nutrição Materna
Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Lactente
Limites: Humanos
Feminino
Lactente
Adulto
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; MTR, 2016. CM. 54718/2013


  9 / 152 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-668331
Autor: Oliveira, Vaneide Firmo; Amor, Ana Lúcia Moreno.
Título: Associação entre a ocorrência de parasitos intestinais e diferentesvariáveis clínicas e epidemiológicas em moradores da comunidade Ribeira I, Araci, Bahia, Brasil / Association between the occurrence of intestinal parasites and different epidemiological
Fonte: Rev. bras. anal. clin;44(1):15-25, 2012. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O presente estudo teve como objetivo determinar a prevalência de parasitos intestinais correlacionando-a com anemia, estado nutricional e outras variáveis clínicas e epidemiológicas em moradores da comunidade Ribeira I em Araci, Bahia, Brasil. O período de pesquisa foi de outubro de 2005 a julho de 2006. Tratou-se de um estudo de corte transversal, seccional descritivo com demanda aleatória de 31,4% (n = 344) da população residente no distrito. Os dados obtidos evidenciaram alta frequência de indivíduos parasitados (78,5%), principalmente por protozoários (89,0%), e maior prevalência de poliparasitados, constatando provável contaminação ambiental e hábitos favoráveis àdisseminação das infecções parasitárias. Em decorrência dos achados parasitológicos, medidas de combate às infecções foram tomadas: atendimento médico na localidadepara avaliação dos laudos laboratoriais, dispensação de medicamentos antiparasitários e palestras educativas na comunidade. Contudo, faz-se relevante a realização de mais ações que modifiquem o saneamento básico precário e hábitos de higiene pessoalinadequados, evitando quadro de reinfecção por parte da população.
Descritores: Anemia
Doenças Parasitárias/epidemiologia
Higiene
Anemias Nutricionais
Estado Nutricional
Parasitos
Prevalência
Limites: Humanos
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  10 / 152 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-614250
Autor: Lazarte, Sandra; Issé, Blanca.
Título: Prevalencia y etiología de anemia en el embarazo: estudio observacional descriptivo en el Instituto de Maternidad de Tucumán / Prevalence and etiology of anemia in pregnancy: a descriptive observational study in the Maternity Institute of Tucumán
Fonte: Rev. argent. salud publica;2(8):28-35, sept. 2011. tab.
Idioma: es.
Resumo: INTRODUCCIÓN: En Argentina, la anemia por deficiencia de hierro (ADH) constituye la patología de mayor prevalencia en el grupo materno-infantil. OBJETIVO: Determinar la prevalencia y etiología de anemia en embarazadas que efectuaron su control prenatal en el primer o segundo trimestre del embarazo en la Maternidad de Tucumán, entre octubre de 2009 y mayo de 2010. MÉTODOS: Se efectuó un estudio observacional descriptivo. Se realizó hemograma, análisis de ferremia,transferrina, ferritina, vitamina B12, ácido fólico y electroforesis de hemoglobina a 122 embarazadas. RESULTADOS: La prevalencia de anemia fue del 7,4% (9/122; intervalo de confianza [IC]95% = 2,8%-12%). De las gestantes, 4 tenían ADH y 5, anemia no ferropénica. El 29,5 % (IC 95% = 21-37%) de la población estaba en alguna etapa de ADH (manifiesta, latente o silente);un 4,4% tenía deficiencia de vitamina B12, mientras que el ácido fólico era normal. No se detectaron anemias hereditarias. CONCLUSIONES: El diagnóstico de ADH debería comprender la determinación de hemoglobina y ferritina para poder brindar a la gestante el tratamiento adecuado.

INTRODUCTION: In Argentina, iron deficiency anemia (IDA) is the most prevalent disease in the mother childgroup. OBJECTIVE: To determine the prevalence and etiology of anemia in pregnant women who made their prenatal control in the 1st or 2nd trimester of pregnancy at the Maternity Institute of Tucumán, between October 2009 and May 2010. METHODS: A descriptive observational study was conducted. The analysis included blood count, serum iron, transferrin, ferritin, vitamin B12, folic acid and hemoglobin electrophoresis in 122 pregnant women. RESULTS: The prevalence of anemia was 7,4% (9/122 ; confidence interval[CI] 95% = 2,8-12,0%). 4 pregnant women had IDA, and 5, non-IDA. 29,5% (CI 95% = 21-37%) of the population was in some stage of IDA (evident, latent, silent), 4,4% had vitaminB12 deficiency, and folic acid level was normal. Hereditary anemia was not found. CONCLUSIONS: The diagnosis of IDA should include the determination of hemoglobin and ferritin, in order to provide an appropriate treatment for pregnant women.
Descritores: Anemia Hemolítica Congênita/patologia
Anemia/etiologia
Distribuição de Qui-Quadrado
Consentimento Livre e Esclarecido/ética
Deficiência de Ferro/etiologia
Anemias Nutricionais
Gravidez
Primeiro Trimestre da Gravidez
Segundo Trimestre da Gravidez
Estatísticas não Paramétricas
-Epidemiologia Descritiva
Estudos Observacionais como Assunto
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Adolescente
Adulto
Responsável: AR392.1 - Biblioteca



página 1 de 16 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde