Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP6.051 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 826 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 83 ir para página                         

  1 / 826 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-2367
Autor: Batista, Priscila de Lima; Stangarlin, Lize; Medeiros, Laissa Benites; Serafim, Ana Lúcia; de Jesus, Naína Lopes de Souza; Peixoto, Caroline dos Santos; Moreira, Mariane Rossato.
Título: Refeições servidas em unidade de alimentação e nutrição: uma avaliação da saúde dos trabalhadores / Meals served at a food and nutrition service: an evaluation of workers' health / Comidas de la unidad de alimentación y nutrición: uma evaluación de la salud de los trabajadores
Fonte: Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) = Braz. j. health promot;28(4):578-596, 30/12/2015. Ilustrações, tabelas.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar a composição nutricional das refeições servidas em uma Unidade de Alimentação e Nutrição em relação aos parâmetros nutricionais estabelecidos pelo Programa de Alimentação do Trabalhador e avaliar os fatores de risco associados às Doenças Crônicas Não Transmissíveis existentes nos beneficiados. Métodos: Realizou-se estudo observacional, transversal e descritivo em uma Unidade de Alimentação e Nutrição, localizada em uma empresa do setor de prestação de serviços automotivos, no município de Curitiba-PR, em outubro de 2014. Para a coleta de dados, obtiveram-se informações referentes à composição nutricional das refeições servidas no período do almoço, durante um mês. Realizou-se avaliação antropométrica e aplicou-se um questionário para avaliar o estilo de vida de 19 funcionários da empresa. Resultados: Na média geral, o valor energético total (1.311,7 Kcal), proteínas (19%), gorduras totais (32%), fibras (21,14 g), sódio (1828,6 mg) e o percentual proteico-calórico (12%) das refeições estavam acima dos limites estabelecidos pelo Programa de Alimentação do Trabalhador. Constatou-se que 53% dos funcionários estavam com sobrepeso, 21% eram fumantes, 58% não praticavam atividade física e 32% apresentavam alguma patologia, sendo o diagnóstico de hipertensão arterial relatado por todos os funcionários. Conclusão: As refeições servidas na Unidade de Alimentação e Nutrição avaliada estavam inadequadas aos parâmetros estabelecidos para a alimentação do trabalhador, o que pode acarretar prejuízo à saúde dos beneficiários quando associado aos principais fatores de riscos encontrados, como sobrepeso, sedentarismo e prevalência de hipertensão arterial, além do não cumprimento à legislação trabalhista brasileira.

Objective: To evaluate the nutritional composition of meals served at a Food and Nutrition Service in relation to the nutritional parameters established by the Worker's Food Program, and to evaluate the risk factors associated to the non-communicable chronic diseases found among the beneficiaries of the service. Methods: An observational, cross-sectional and descriptive study conducted at the Food and Nutrition Service, located at a company that provides automotive services in the municipality of Curitiba, Paraná (PR), in October 2014. For data collection, information regarding the nutritional composition of meals served at midday was gathered. An anthropometric evaluation was conducted, and a questionnaire was applied to evaluate the lifestyle of 19 company employees. Results: In general, the total energy value (1,311.7 Kcal), proteins (19%), total fats (32%), fibers (21.14 g), sodium (1,828.6 mg), and the percentage of calories from proteins (12%) in the meals served were above the limits established by the Worker's Food Program. It was found that 53% of the employees were overweight, 21% were smokers, 58% did not practice physical activity, and 32% presented some pathological condition, with the diagnosis of arterial hypertension reported by all the employees. Conclusion: The meals served at the Food and Nutrition Service evaluated did not meet the parameters established for worker's nutrition, which could harm the health of beneficiaries, when associated to the main risk factors found among them, such as excess weight, sedentary lifestyle, and prevalence of arterial hypertension, besides the lack of compliance with Brazilian labor laws.

Objetivo: Evaluar la composición nutricional de las comidas de la Unidad de Alimentación y Nutrición respecto los parâmetros de nutrición establecidos en el Programa de Alimentación Del Trabajador y evaluar los factores de riesgo asociados a las Enfermedades Crónicas No Trasmisibles de los beneficiados. Métodos: Se realizó un estudio observacional, transversal y descriptivo en una Unidad de Alimentación y Nutrición localizada en una empresa del sector de servicio automotriz, en el município de Curitiba-PR en octubre de 2014. Para la recogida de datos se obtuvieron informaciones respecto la composición nutricional de las comidas servidas en el almuerzo durante un mes. Se realizó la evaluación antropométrica y se aplicó un cuestionario para evaluar el estilo de vida de 19 empleados de la empresa. Resultados: En la media general, el valor energético total (1.311,7 Kcal), proteínas (19%), las grasas totales (32%), las fibras (21,14 g), el sodio (1828,6 mg) y el porcentual proteicocalórico (12%) de las comidas estaban por encima de los limites establecidos en el Programa de Alimentación del Trabajador. Se constató que el 53% de los trabajadores tenían sobrepeso, el 21% eran fumadores, el 58% no practicaban actividad física, el 32% presentaban alguna patología y el diagnostico de hipertensión arterial fue relatado por todos los trabajadores. Conclusión: Las comidas de la Unidad de Alimentación y Nutrición evaluada eran inadecuadas para los parámetros establecidos para la alimentación del trabajador lo que puede perjudicar a la salud de los beneficiarios al asociarlas a los principales factores de riesgo encontrados como el sobrepeso, el sedentarismo y la prevalência de hipertensión arterial además del no cumplimiento de la legislación brasileña de trabajo.
Descritores: Programas e Políticas de Nutrição e Alimentação
Estado Nutricional
Doença Crônica
Alimentação Coletiva
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  2 / 826 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-1101767
Autor: Ares, Gastón; Bove, Isabel; Díaz, Rodrigo; Moratorio, Ximena; Benia, Wilson; Gomes, Fabio.
Título: Argumentos de la industria alimentaria en contra del etiquetado frontal de advertencias nutricionales en Uruguay / Food industry arguments against front-of-package nutrition labels in Uruguay / Argumentos da indústria alimentícia contra a rotulagem frontal de advertência nutricional no Uruguai
Fonte: Rev. panam. salud pública = Pan am. j. public health;44:e20, 2020. tab.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN Objetivo. Identificar los argumentos de la industria alimentaria en contra del etiquetado frontal de advertenciasnutricionales en Uruguay. Métodos. Se realizó un análisis de contenido de los comentarios de la industria alimentaria recibidos durante la consulta pública implementada durante el proceso de diseño del decreto que reglamenta la inclusión de rotulación nutricional frontal basada en advertencias en Uruguay mediante una codificación inductiva. Resultados. La mayoría de los comentarios manifestaron la preocupación por la elevada prevalencia de obesidad y enfermedades no transmisibles en el país y destacaron el compromiso con la implementación de acciones que contribuyan a combatir esta problemática de salud. Sin embargo, 81% de los comentarios planteó desacuerdo con la propuesta de decreto elevada a consulta pública y realizó críticas generales sobre su validez. El contenido de los comentarios se relacionó con siete dimensiones: falta de justificación de la medida, violación de compromisos internacionales, críticas al sistema de advertencias, discriminación a alimentos industrializados envasados, críticas al modelo de perfil de nutrientes, otras críticas a aspectos específicos del proyecto de decreto y efectos económicos negativos. En cada dimensión se discute la pertinencia y consistencia técnica y normativa de los contenidos vertidos por los representantes de la industria. Conclusiones. Bajo un aparente acuerdo con la necesidad de adoptar medidas, se evidenció, sin embargo, una fuerte oposición a la política y en particular al sistema de advertencias por parte de la industria alimentaria. Los resultados del análisis aportan insumos para facilitar el proceso de implementación de regulaciones similares en otros países.(AU)

ABSTRACT Objective. To identify the food industry's arguments against front-of-package nutrition labels in Uruguay. Methods. Content analysis and inductive coding were applied to the comments made by the food industry during the public consultation on the draft decree regulating the inclusion of front-of-package nutrition labels (warnings) in Uruguay. Results. Most of the comments expressed concern about the high prevalence of obesity and noncommunicable diseases in the country and emphasized a commitment to implementing actions to help combat these health problems. However, 81% of the comments disagreed with the draft decree presented for public consultation; these included general criticisms of its validity. The content of the comments related to seven areas: lack of rationale for the measure; violation of international commitments; criticisms of the warning system; discrimination against industrialized packaged food; criticisms of the nutrient profile model; other criticisms of aspects specific to the draft decree; and adverse economic effects. For each area, there is discussion of the technical and normative relevance and consistency of the content presented by the industry representatives. Conclusions. Despite apparent agreement about the need to adopt measures, it is clear that the food industry is strongly opposed to the policy and, in particular, to the warning system. The results of this analysis may help to facilitate the process of implementing similar regulations in other countries.(AU)

RESUMO Objetivo. Identificar os argumentos da indústria alimentícia contra a rotulagem frontal de advertência nutricional no Uruguai. Métodos. Realizou-se uma análise do conteúdo dos comentários de representantes da indústria alimentícia obtidos em uma consulta pública conduzida no Uruguai durante o processo de elaboração do decreto para regulamentar a inclusão de rotulagem frontal de advertência nutricional com uso de códigos indutivos. Resultados. Os comentários, na sua maioria, revelaram preocupação com a alta prevalência de obesidade e doenças crônicas não transmissíveis no país e destacaram o compromisso com a implementação de ações para combater estes problemas de saúde. No entanto, verificou-se que, em 81% dos comentários, os participantes discordavam da proposta do decreto apresentada na consulta pública e teceram críticas gerais quanto à sua validade. Observaram-se sete dimensões distintas no conteúdo dos comentários: falta de justificação da medida, descumprimento de compromissos internacionais, críticas ao sistema de advertência, discriminação de alimentos industrializados em embalagens, críticas ao modelo de perfil nutricional, outras críticas relativas a aspectos específicos do projeto do decreto e repercussão econômica negativa. Para cada dimensão, foram discutidas a relevância e a coerência técnica e normativa do conteúdo dos comentários feitos pelos representantes da indústria. Conclusões. Apesar de uma suposta concordância quanto à necessidade de adotar medidas, observou-se uma firme oposição da indústria alimentícia à política e, em particular, ao sistema de advertência nutricional propostos. Os resultados desta análise servem para facilitar o processo de implementação de regulamentações semelhantes em outros países.(AU)
Descritores: Programas e Políticas de Nutrição e Alimentação
Informação Nutricional
Rotulagem Nutricional
Rotulagem de Alimentos/normas
-Uruguai
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 826 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1143437
Autor: Colares, Silviani da Silva; Ferraz, Fabiane; Perry, Ingrid Dalira Schweigert; Soratto, Jacks.
Título: Gestão do cuidado de estudantes com necessidades alimentares especiais vinculados ao Programa Nacional de Alimentação Escolar / Care management of students with special food needs linked to the National School Food Program
Fonte: Physis (Rio J.);30(4):e300407, 2020. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O estudo objetiva analisar os mecanismos de gestão do cuidado voltados aos estudantes com necessidades alimentares especiais (NAE) vinculados às Secretarias Municipais de Educação do Estado de Santa Catarina. Trata-se de estudo de métodos mistos, com estratégia incorporada concomitante, realizado com 134 nutricionistas que prestam assistência a estudantes com NAE. Utilizou-se questionário enviado por correio eletrônico como instrumento de coleta de dados, que foi avaliado por meio da análise de conteúdo temática e por estatística descritiva. Os resultados indicaram que o atestado ou laudo médico para oferta da alimentação especial foram os principais documentos comprobatórios; a licitação tipo pregão foi o meio de obtenção de alimentos especiais; os manipuladores de alimentos predominaram no recebimento de orientação referente às NAE; falta de produtos e fornecedores foram indicados como dificuldades; e garantia de atendimento destacada como facilidade na gestão das NAE. Quanto às características da gestão, destacam-se a ausência de solicitação de ficha técnica (79,9%), de oferta de alimentação especial (62%), de material informativo (92,5%) e da disponibilização de utensílios (63,4%). A assistência nutricional nos municípios catarinenses possui mecanismos de gestão diversos, que atendem às necessidades dos estudantes com NAE, mas ainda possui algumas fragilidades que dificultam a efetivação da assistência integral.

Abstract To analyze the care management mechanisms aimed at students with Special Food Needs (SFN) linked to the Municipal Education Secretariats of the state of Santa Catarina. It is a study of mixed methods, with a concomitant incorporated strategy, carried out with 134 nutritionists who assist students with SFN. A questionnaire sent by electronic mail was used as a data collection instrument, being analyzed through thematic content analysis and descriptive statistics. The results indicated that the medical certificate or report for offering special food was the main supporting document; the public auction was the means of obtaining special foods; food handlers predominated in receiving guidance regarding SFN; lack of products and suppliers was indicated as difficulties, and guarantee of service highlighted as ease in the management of SFN; as for the management characteristics, the absence of a request for a technical sheet (79.9%), special food supply (62%), information material (92.5%) and availability of utensils (63.4%) stand out. The nutritional assistance in cities has different management mechanisms, which meet the needs of students with SFN, but still have some weaknesses that hinder the implementation of comprehensive care.
Descritores: Programas e Políticas de Nutrição e Alimentação
Alimentação Escolar
Gestão em Saúde
Necessidades Nutricionais
-Brasil
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  4 / 826 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-1101757
Autor: Bortolini, Gisele Ane; Oliveira, Thais Fonseca Veloso de; Silva, Sara Araújo da; Santin, Rafaella da Costa; Medeiros, Olivia Lucena de; Spaniol, Ana Maria; Pires, Ana Carolina Lucena; Alves, Maria Fernanda Moratori; Faller, Lívia de Almeida.
Título: Ações de alimentação e nutrição na atenção primária à saúde no Brasil / Feeding and nutrition efforts in the context of primary healthcare in Brazil / Medidas relativas a la alimentación y la nutrición en la atención primaria de salud en Brasil
Fonte: Rev. panam. salud pública = Pan am. j. public health;44:e39, 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO No Brasil, o Sistema Único de Saúde (SUS), público e universal, oferece ações de promoção, proteção e recuperação da saúde. A atenção primária à saúde (APS) é a porta preferencial de acesso dos indivíduos ao SUS e tem como papel coordenar e ordenar as ações e os serviços de saúde disponibilizados na rede. No âmbito da APS, as ações de alimentação e nutrição devem estar alinhadas às diretrizes da Política Nacional de Alimentação e Nutrição (PNAN) e podem ser potencializadas a partir de ações de vigilância alimentar e nutricional. Dados de sistemas de informação disponíveis em todas as unidades básicas de saúde e em inquéritos populacionais indicam que mais da metade da população adulta no Brasil apresenta excesso de peso e que o consumo de alimentos ultraprocessados vem aumentando. Essa situação exige que as equipes de saúde se organizem de forma a priorizar ações para indivíduos com agravos crônicos com base em estratificação de risco, estabilização da condição e potencialização do autocuidado apoiado, com foco em alimentação e atividade física. Ao mesmo tempo, dependendo do perfil epidemiológico, as equipes devem empreender ações de combate à desnutrição, prevenção da anemia e hipovitaminose A, considerando a múltipla carga da má nutrição no país. O presente artigo tem como objetivo apresentar o panorama atual das ações de alimentação e nutrição implementadas no âmbito da APS no SUS.

ABSTRACT In Brazil, the promotion, protection, and recovery of health are among the initiatives provided by the public and universal Unified Health System (SUS). The primary healthcare level (PHC), the preferred point of access to the system, plays the role of coordinating and ordinating health care services and actions in the network. In the context of PHC, feeding and nutrition efforts must be aligned with National Feeding and Nutrition Policy (PNAN) guidelines and may be supported by feeding and nutritional surveillance actions. Data from PHC information systems and population surveys show that excess weight affects more than half the adult population of Brazil, and that consumption of ultra-processed foods is on the rise. This scenario requires that health care teams be prepared to prioritize initiatives for users with chronic diseases, using risk stratification, stabilization of the disease, and enhancement of supported self-care with a focus on diet and physical activity. At the same time, considering the country's epidemiological profile, teams must carry out initiatives to fight undernutrition and prevent anemia and hypovitaminosis A to address the multiple burden of malnutrition. The present article describes the current scenario of feeding and nutrition initiatives implemented at the PHC level in Brazil via the SUS.

RESUMEN En Brasil, el Sistema Único de Salud (SUS), que es público y universal, ofrece medidas de promoción, protección y recuperación de la salud. La atención primaria de salud es la puerta preferida de acceso de la población al SUS, y su función es coordinar y ordenar las medidas y los servicios de salud disponibles en la red. En el ámbito de la atención primaria de salud, las medidas de alimentación y nutrición deben estar en consonancia con las directrices de la política nacional de alimentación y nutrición, y pueden potenciarse a partir de medidas de vigilancia alimentaria y nutricional. Los datos de los sistemas de información disponibles en todas las unidades básicas de salud y en encuestas poblacionales indican que más de la mitad de la población adulta en Brasil presenta exceso de peso y que ha aumentado el consumo de alimentos ultraprocesados. Esa situación exige que los equipos de salud se organicen con objeto de priorizar ciertas medidas para las personas con trastornos crónicos, según la estratificación del riesgo, la estabilización del trastorno y la potenciación del autocuidado apoyado, con enfoque en la alimentación y la actividad física. Al mismo tiempo, según el perfil epidemiológico, los equipos deben emprender actividades de lucha contra la desnutrición y de prevención de la anemia y de la carencia de vitamina A, teniendo en cuenta la múltiple carga de la malnutrición en el país. El objetivo del presente artículo es presentar el panorama actual de las medidas relativas a la alimentación y nutrición que se llevan a cabo en el ámbito de la atención primaria de salud en el SUS.
Descritores: Política Pública/tendências
Programas e Políticas de Nutrição e Alimentação
Diabetes Mellitus/epidemiologia
Hipertensão/epidemiologia
Obesidade/epidemiologia
-Brasil/epidemiologia
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 826 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1120490
Autor: Rodrigues, Jorgas Marques.
Título: Participação cidadã e acessibilidade dos usuários em situação de pobreza aos serviços básicos de saúde / Citizen participation and accessibility of users in situations of poverty to basic health services.
Fonte: Salvador; s.n; 2008. 99P p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Bahia para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Na Reforma Administrativa do Estado, entendimento sobre cidadania e Direitos Políticos dos cidadãos pelos beneficiários do Programa Bolsa Família é considerado um aspecto relevante para a melhoria da acessibilidade aos serviços públicos e aprimoramento do exercício da cidadania ativa, partindo-se do princípio de que cidadãos mais cônscios quanto aos seus direitos políticos exigem do poder público, serviços de melhor qualidade. Questiona-se em que medida a participação cidadã dos usuários em situação de pobreza, contribui para facilitar a acessibilidade aos serviços básicos de saúde? Este trabalho tem como objetivo geral avaliar em que medida a participação cidadã dos usuários interfere na sua acessibilidade aos serviços básicos de saúde na cidade de Salvador/Ba. Como objetivos específicos: avaliar como se dá a participação cidadã dos beneficiários do Programa Bolsa Família na vida associativa e nos serviços básicos de saúde em Salvador; identificar, de que maneira os serviços básicos de saúde atendem aos grupos populacionais com menor renda. Parte-se da Hipótese de que a falta de participação cidadã interfere negativamente na acessibilidade dos usuários do Programa Bolsa Família - PBF aos serviços básicos de saúde. Neste estudo interessa o princípio da participação cidadã e sua relação com a acessibilidade aos serviços básicos de saúde, considerando-se os usuários dos Serviços de Saúde e os beneficiários do PBF. Um estudo exploratório com abordagem quantitativo, realizado na Unidade Básica de Saúde Adroaldo Albergaria, no Distrito Sanitário do Subúrbio Ferroviário da Cidade de Salvador­ Bahia. A amostra correspondeu a um percentual de 11,6 do total de usuários cadastrados no PBF, com um nível de confiança de 95%, margem de erro de 5,2% totalizando 315 usuários pesquisados. O plano de análise dos dados quantitativos é focado em informações referentes à participação cidadã e às dificuldades de acessibilidade aos serviços básicos de saúde do usuário em situação de pobreza. O foco da análise é sobre a dimensão estrutural por entender ser esta passível de melhoria, a partir da capacidade de gestão. Observou-se baixa predisposição (14,0%) à participação dos beneficiários do PBF na vida associativa e como principais motivos (23,0%) por desconhecerem e (18,7%) por ninguém ter chamado, (61,3%) disseram jamais terem participado de discussão dos problemas de saúde na comunidade e depositam maior grau de confiança nas instituições, as religiosas (34,4%), relativos aos seus direitos políticos (42,6%) não sabem e (7,8%) disseram "não" tê-los e para o uso gratuito dos serviços de saúde (9,5%) entendem como uma recompensa do governante por ter sido eleito pelo povo. Frente às dificuldades de acessibilidade (79%), os pesquisados relatam existir e com um equilíbrio aos fatores: estrutural, social, econômico e cultural. Apesar da presença do Estado Democrático de Direito (EDD), a participação dos segmentos populacionais socialmente excluídos, na gestão da esfera pública é ainda frágil e incipiente e os dispositivos constitucionais assegurarem os direitos políticos e a participação cidadã, isto não se verificou no estudo empírico, confirmando a hipótese previamente enunciada, e ainda, os grupos com menor poder de pressão ante o executivo e legislativo têm menos oportunidade de obterem atendimento nas suas demandas.(AU)
Descritores: Enfermagem em Saúde Comunitária
Participação da Comunidade
Serviços Básicos de Saúde
Acesso aos Serviços de Saúde
-Programas e Políticas de Nutrição e Alimentação
Serviços de Saúde/provisão & distribução
Limites: Humanos
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde


  6 / 826 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-783671
Autor: Santos, Sérgio Ribeiro dos; Costa, Maria Bernadete de Sousa; Bandeira, Geovanna Torres de Paiva.
Título: As formas de gestão do programa nacional de alimentação escolar (PNAE) / Forms of management of the national school meals program / Formas de gestión del programa nacional de alimentación escolar (PNAE)
Fonte: Rev. salud pública;18(2):311-320, mar.-abr. 2016. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) é um programa suplementar a educação que objetiva fornecer alimentação escolar para os alunos de toda a rede de ensino matriculados em escolas públicas e filantrópicas da educação básica, do ensino médio, educação de jovens e adultos e educação integral. Os princípios do programa são a universalidade e a ampliação do atendimento estudantil, a fim de atender a Lei Orgânica de Segurança Alimentar e Nutricional (LOSAN) e o Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional. Assim, o objetivo deste estudo é discutir as formas de gestão do PNAE para garantir o direito dos estudantes à alimentação escolar. O presente estudo faz uma reflexão de como estar sendo gerido os recursos da alimentação escolar, se é do tipo centralizada, descentralizada, semi-descentralizada e terceirizada. Conclui-se que o conhecimento das diferentes formas de administrar os recursos federais destinados à alimentação para comunidade escolar permite realizar uma escolha consciente com relação a aplicação e execução do PNAE.(AU)

The National School Meals Programme (PNAE in Portuguese initials) is a supplementary program to education that aims to provide school meals for pupils across the school system enrolled in public and philanthropic schools of primary education, secondary education, youth education, adult education and comprehensive education. The principles of the program are the universality and the expansion of student services in order to meet the Organic Law on Food and Nutritional Security (LOSAN), as well as the Food Security and Nutrition System. The objective of this study is to discuss forms of PNAE management to ensure that the students' right to school meals. This study is a reflection on how the resources of school meals are being managed, be it with a centralized, decentralized, semi-centralized or outsourced model. We conclude that the knowledge of the different forms of managing federal resources for food for school communities allows for making an informed choice regarding implementation and enforcement of PNAE.(AU)

En Brasil, el Programa Nacional de Alimentación Escolar (PNAE), es un programa de educación complementaria que tiene como objetivo proporcionar comidas escolares para alumnos de todo el sistema escolar matriculados en las escuelas públicas y filantrópicas de la educación básica, secundaria, de jóvenes y adultos y la educación integral. Los principios del programa son la universalidad y la expansión de los servicios a los estudiantes con el fin de cumplir la Ley Orgánica de Seguridad Alimentaria y Nutricional (LOSAN) y la Seguridad Alimentaria y la alimentación del Sistema. El objetivo de este trabajo es discutir formas de gestión del PNAE para garantizar el derecho de los estudiantes a la alimentación escolar. Este estudio es una reflexión sobre cómo se está manejando los recursos de la alimentación escolar, ya sea del tipo centralizado, descentralizado, semidescentralizado o tercerizado. Llegamos a la conclusión de que el conocimiento de las diferentes formas de gestión de los recursos federales para los alimentos a la comunidad escolar permite tomar una decisión informada con respecto a la aplicación y el cumplimiento del PNAE.(AU)
Descritores: Programas e Políticas de Nutrição e Alimentação
Alimentação Escolar
Gestão em Saúde
Universalização da Saúde
-Brasil
Nutricionistas/organização & administração
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 826 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: biblio-902253
Autor: Aguirre Becerra, Humberto; García Trejo, Juan Fernando; Vázquez Hernández, María Cristina; Alvarado, Aurora Mariana; Romero Zepeda, Hilda.
Título: Panorama general y programas de protección de seguridad alimentaria en México / Overview and Protection Programs of Food Security in Mexico
Fonte: Rev. medica electron;39(supl.1):741-749, 2017.
Idioma: es.
Resumo: Proporcionar seguridad alimentaria a la población representa un desafío global, especialmente para los países en vías de desarrollo debido a su insostenible crecimiento poblacional, bajo nivel de ingresos y tasa acelerada de urbanización. En México, un alto porcentaje de la población no tiene acceso a una canasta básica y por ende posee algún grado de inseguridad nutricional. Existen programas gubernamentales que han procurado mitigar este problema al proveer una cantidad suficiente de alimentos, sobretodo en poblaciones vulnerables como comunidades indígenas, rurales, niños y mujeres. Por otra parte, los alarmantes índices de obesidad y sobrepeso que han elevado la morbilidad de enfermedades crónicas como hipertensión y diabetes en la población, reflejan un problema relacionado con el hambre oculta, aquella donde hay una deficiencia de micronutrientes al enfocarse en una dieta alta en contenido energético, evidenciando la falta de calidad nutritiva en los alimentos y desinformación en la población mexicana. El presente artículo muestra la situación de seguridad alimentaria en México y algunos programas gubernamentales que procuran mitigar este problema, de los cuales solo algunos prestan poca atención a los aspectos nutricionales, restringiendo el derecho a una alimentación de calidad (AU).

Providing food security to the population represents a global challenge, especially for developing countries due to the unsustainable population growth, low incomes and accelerated urbanization rate. In México, a high percentage of the population does not have access to a basic basket and therefore has some degree of food insecurity. Government programs have tried to mitigate this problem by providing sufficient food, especially in vulnerable populations such as indigenous communities, rural communities, children and women. On the other hand, the alarming rates of obesity and overweight that have raised the morbidity of chronic diseases such as hypertension and diabetes in the population, reflect a problem related to hidden hunger, the one where there is a deficiency of micronutrients, focusing on a diet high in energy content, evidencing the lack of nutritional quality in foods and disinformation among Mexican population. This article shows the situation of food security in Mexico and some government programs intending to mitigate this problem, but only a few of them pay little attention to nutritional aspects, restricting the right to a qualitative nutrition (AU).
Descritores: Programas e Políticas de Nutrição e Alimentação
Segurança Alimentar e Nutricional
-Crescimento Demográfico
Desnutrição/etiologia
Fome Oculta
Obesidade Pediátrica/etiologia
México
Obesidade/economia
Obesidade/etiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adulto
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CU424.1 - Centro Provincial de Información de Ciencias Médicas


  8 / 826 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-764907
Autor: Anizelli, Camilla Pastore; Brecailo, Marcela Komechen; Freitas, Angélica Rocha de; Vieira, Daniele Gonçalves; Olinto, Beatriz Anselmo.
Título: Condições de vida e aquisição de gêneros alimentícios de crianças beneficiárias do programa bolsa família / Condiciones de vida y adquisición de alimentos para los niños beneficiarios del programa bolsa família / Living conditions and acquisition of foodstuffs for children benefiting from the bolsa família program
Fonte: Rev. baiana saúde pública;39(1), jan.-mar. 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O Programa Bolsa Família (PBF) visa reduzir a pobreza, as desigualdades sociais e combater a fome entre as famílias pobres vitimadas pela desigualdade social, que não estão inseridas no mercado de trabalho por razões diversas. O objetivo do trabalho foi investigar a disponibilidade de alimentos e as condições de vida de crianças de dois a seis anos, beneficiárias do PBF, em um bairro no município de Guarapuava (PR). Tratou-se de um estudo tranversal analítico, com visita domiciliar a 33 crianças de dois a seis anos, beneficiadas pelo PBF. As crianças apresentaram vulnerabilidade social, evidenciada principalmente pela renda per capita. A aquisição mensal pela família de frutas, hortaliças e leites foi baixa, e a de doces foi alta. Portanto, é necessário avançar em medidas que permitam aos beneficiários sua liberdade de escolha em alimentação, mas articulá-las a outros programas de intervenção, gerando uma melhoria na qualidade de vida e bem-estar dessa população.

El Programa Bolsa Familia (PBF) es un Programa Federal que tiene como objetivo reducir la pobreza, la desigualdad social y el hambre en las familias pobres, víctimas de la desigualdad social, que no se insertan en el mercado laboral, por diversas razones. El objetivo de este estudio fue investigar la disponibilidad de alimentos y las condiciones de vida de los niños de 2-6 años de edad, beneficiadas por lo PBF, en Guarapuava-PR, Brasil. Se realizó un estudio analítico transversal con visitas domiciliarias a 33 niños de 2-6 años. Los niños están en vulnerabilidad social, evidenciado principalmente por el ingreso per cápita. La adquisición mensual por la familia de las frutas, verduras y leche era baja, y el caramelo era alto. Por lo tanto, sería necesario avanzar en medidas que permitan a los beneficiarios a su libertad de elección en los alimentos, pero vincularlos a otros programas de intervención, lo que genera una mejora en la calidad de vida y el bienestar de esta población.

The Programa Bolsa Família (PBF) aims to reduce poverty, social inequality and fight hunger among poor families victimized by social inequality, which are not inserted in the labor market for various reasons. The aim of this study was to investigate the food availability and life conditions of children from two to six years old, beneficiated by PBF, in Guarapuava (PR), Brazil. This was a cross-sectional analytical study with home visits to 33 children from two to six years old, beneficiated by PBF. It was showed social vulnerability, primarily evidenced by per capita income. The family monthly acquisition of fruits, vegetables and milk was low, and the candy one was high. Therefore, it is necessary to advance in measures to allow the beneficiaries their freedom of choice in food, but link them to other intervention programs, generating an improvement in quality of life and well-being for this population.
Descritores: Qualidade de Vida
Programas e Políticas de Nutrição e Alimentação
Pré-Escolar
Vulnerabilidade Social
Limites: Humanos
Pré-Escolar
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  9 / 826 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-906428
Autor: Suzart, André Souza; Ferreira, Aldo Pacheco; Lemos, Gyselle Cynthia Silva Meireles; Correa, Gefter Thiago Batista; Bonfatti, Renato José; Oliveira, Maria Helena Barros.
Título: Repercussões do programa bolsa família na segurança alimentar e nutricional: um estudo de caso / Repercussions of bolsa família program on food and nutrition security: a case study / Repercusiones del programa bolsa familia en la seguridad alimentaria y nutricional: un estudio de caso
Fonte: Rev. baiana saúde pública;41(3):699-715, jul. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: O Programa Bolsa Família (PBF) constitui uma das estratégias do Estado brasileiro para assegurar o direito humano à alimentação adequada, promover a segurança alimentar e nutricional e contribuir para a construção da cidadania da população socialmente vulnerável. O objetivo deste estudo é investigar os impactos do PBF quanto aos aspectos de segurança alimentar e nutricional. Trata-se de estudo transversal de base populacional. A população de estudo foi composta por 28.774 famílias beneficiárias residentes no município de Vitória da Conquista, Bahia. A amostra constituiu-se de 230 famílias e usou-se como referência o mês de outubro de 2014. Os resultados apontaram para a emergência de melhores perspectivas para o futuro, mitigando as situações de pobreza para acesso a melhores condições de vida. A pesquisa visualizou também elaborações que levam ao questionamento das reais possibilidades da superação da pobreza, uma vez que as situações de carência e vulnerabilidade social e a experiência com os serviços públicos precários, com ênfase para Assistência Social, Saúde e Educação, demandam ações mais estruturadas, que superem a esfera de um programa de renda mínima. Concluiu-se que os impactos do PBF, mesmo evidenciando maior prevalência de insegurança alimentar moderada ou severa, ressaltou que algumas famílias, mesmo em extrema pobreza, conseguiram manter-se em segurança alimentar, denotando também que o programa pode contribuir mais efetivamente para o bem-estar nutricional dos beneficiários, quando combinado com outras ações de políticas públicas.

Bolsa Família Program constitutes one of Brazilian State strategies for ensuring the human right to adequate food, promoting food and nutrition security, and contributing to the social construction of citizenship of the vulnerable population. The objective of this study is to investigate the impacts of Bolsa Família Program on the aspects of food and nutrition security. This is a cross-sectional population-based study. The study population consisted of 28,774 beneficiary families living in Vitoria da Conquista, Bahia. The sample comprised 230 families and used as reference the month of October 2014. The results highlighted the emergence of better prospects for the future, mitigating poverty situations to access healthier living conditions. The research also visualized elaborations which lead to the questioning of the real possibilities of overcoming poverty, since the situations of need and social vulnerability and the experience with poor public services with emphasis on Social Welfare, Health, Education, demand more structured actions that exceed the sphere of a minimum income program. In conclusion, the impacts of Bolsa Família Program, even showing a higher prevalence of moderate or severe food insecurity, pointed out that some families, even in extreme poverty, were able to maintain food security, also denoting that the program can contribute more effectively to the nutritional well-being of the beneficiaries when combined with other public policy actions.

El Programa Bolsa Familia constituye una de las estrategias estatales brasileñas para garantizar el derecho humano a la alimentación adecuada, promover la seguridad alimentaria y nutricional y contribuir para la construcción de la ciudadanía de la población socialmente vulnerable. El objetivo de este estudio es investigar el impacto del Programa Bolsa Familia en los aspectos de seguridad alimentaria y nutricional. Tratase de un estudio transversal de base poblacional. La población del estudio consistió en 28.774 familias beneficiarias residentes en la ciudad de Vitoria da Conquista, Bahia. La muestra comprendió 230 familias y fue utilizado como referencia el mes de octubre de 2014. Los resultados apuntan a la emergencia de mejores perspectivas para el futuro, mitigando las situaciones de pobreza para acceder a mejores condiciones de vida. La investigación también visualizó elaboraciones que llevan al cuestionamiento de las posibilidades reales de superación de la pobreza, ya que las situaciones de necesidad y vulnerabilidad social y la experiencia con los servicios públicos precarios, con énfasis en Bienestar Social, Salud y Educación, exigen más acciones estructuradas que excedan el ámbito de un programa de ingreso mínimo. Concluyóse que los impactos del Programa Bolsa Familia, aunque evidenciando mayor prevalencia de inseguridad alimentaria moderada o severa, subrayó que algunas familias, incluso en extrema pobreza, lograron mantenerse en seguridad alimentaria, denotando, también, que el programa puede contribuir más efectivamente para el bienestar nutricional de los beneficiarios, cuando combinado con otras acciones de políticas públicas.
Descritores: Programas e Políticas de Nutrição e Alimentação
Política Nutricional
Abastecimento de Alimentos
-Política Pública
Condições Sociais
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  10 / 826 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1121364
Autor: Tramontt, Cláudia Raulino.
Título: Impacto de uma intervenção educativa para implementação do guia alimentar para a população brasileira na atenção básica em saúde / Impact of an educational intervention to implement the dietary guidelines for the Brazilian population in primary health care.
Fonte: São Paulo; s.n; 2020. 175 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Introdução: A implementação do Guia Alimentar para a população brasileira (GAB) é uma estratégia para qualificação do trabalho em saúde pública para ampliação do escopo de ações de promoção da alimentação adequada e saudável. Objetivo: Avaliar o impacto de uma intervenção educativa baseada no GAB no conhecimento, auto-eficácia (AE), eficáciacoletiva (EC) e orientação alimentar de equipes multiprofissionais atuantes na Atenção Primária em Saúde (APS). Métodos: Ensaio comunitário controlado, envolvendo 24 profissionais de saúde de diferentes áreas, divididos em grupo controle (GC) e intervenção (GI). O GI recebeu uma oficina educativa de 16 horas sobre o GAB, guiada por protocolo validado. Foram produzidos três manuscritos sobre a avaliação do impacto da intervenção educativa. Artigo 1: Conhecimento, AE e EC para utilização do GAB foram avaliados via escala autoadministrada, variando de 0 a 16 pontos, previamente validada, preenchida antes e após dois meses da intervenção educativa. Teste t pareado foi utilizado para comparação intragrupo no T0 versus T1, e os efeitos da intervenção intergrupos foram estimados por análises de regressão linear. Artigo 2: A orientação alimentar desempenhada pelos participantes baseada no GAB foi aferida mediante observação direta das práticas dos profissionais, durante dois meses antes e depois da intervenção, coletada por instrumento previamente validado. Utilizou-se teste de Kruskal-Wallis para comparação intragrupo no T0 versus T1, e os efeitos da intervenção intergrupos foram estimados por análises de regressão linear generalizada, com 95% de IC. Artigo 3: Recorte transversal do momento pós intervenção para avaliação da correlação entre conhecimento, AE e utilização das recomendações do GAB na prática dos profissionais de saúde. Resultados: Artigo 1: os participantes do GI obtiveram 59 e 52,8% pontos a mais no conhecimento e na AE, respectivamente, em relação ao GC, no entanto, esse aumento não foi significativo para garantir o impacto da intervenção na análise de regressão linear intergrupos no conhecimento, AE e EC (ß= 1,18; IC -1.80 a 4.17; ß=3,57; IC= -4.15 a 11.29 e ß= -2.11, IC= -5.92 to 10.12, respectivamente). Artigo 2: A regressão com interação tempo e grupo, mostrou efeito positivo da intervenção educativa no escore de orientação alimentar baseadas no GAB no GI no modelo bruto (ß = 1,36 e p = 0,017) e ajustado por categoria profissional (ß = 1,36 e p = 0,020). A abordagem sobre o GAB aumentou significativamente nos profissionais não nutricionistas (p= 0,007) e em atividades não relacionadas diretamente à temática da alimentação/nutrição (p=0,028), no GI na variação de tempo (T1-T0). Não foram encontradas diferenças significativas no GC. Artigo 3: Correlação positiva e moderada entre AE orientação alimentar baseadas no GAB dos profissionais (r=0,45; p=0,03) foi encontrada. Conhecimento obteve fraca correlação com orientações alimentares baseadas no GAB (r= 0,34; p=0,11). Diferença significativa foi obtida entre as médias do escore de orientação alimentar no grupo de baixa AE (AE<63,36) comparada ao de alta AE (p=0,02). Conclusões: Embora a intervenção educativa não tenha demonstrado impacto significativo no conhecimento, AE e EC dos profissionais de saúde, ela foi capaz de impactar as práticas e o desenvolvimento da autonomia dos profissionais de saúde, que pareceram reconhecer a interdisciplinaridade da nutrição e passaram a disseminar recomendações baseadas no GAB em vários cenários e situações da APS.

Introduction: The implementation of the Dietary Guidelines for the Brazilian population (GAB) is a strategy for qualifying public health work to expand the scope of actions to promote adequate and healthy food. Objective: To evaluate the impact of an educational intervention based on GAB on knowledge, self-efficacy (EC), collective efficacy (EC) and dietary counseling of multiprofessional teams working in Primary Health Care. Methods: Controlled community trial, involving 24 health professionals from different areas, divided into a control group (CG) and intervention (IG). The GI received a 16-hour educational workshop on the GAB, guided by a validated protocol. Three manuscripts were produced on the evaluation of the impact of educational intervention. Article 1: Knowledge, AE and EC for using the GAB were assessed via a self-administered scale, ranging from 0 to 16 points, previously validated, completed before and after two months of the educational intervention. Paired t-test was used for intragroup comparison at T0 versus T1, and the effects of intergroup intervention were estimated by linear regression analysis. Article 2: The dietary counseling performed by the participants based on the GAB was assessed through direct observation of the professionals' practices, for two months before and after the intervention, collected by a previously validated instrument. Kruskal-Wallis test was used for intragroup comparison at T0 versus T1, and the effects of intergroup intervention were estimated by generalized linear regression analysis, with 95% CI. Article 3: Cross-section of the postintervention moment to assess the correlation between knowledge, AE and use of GAB recommendations in the practice of health professionals. Results: Article 1: IG participants obtained 59 and 52.8% more points in knowledge and in AE, respectively, in relation to CG, however, this increase was not significant to guarantee the impact of the intervention in the linear regression analysis intergroups in knowledge, AE and EC (ß = 1.18; CI -1.80 to 4.17; ß = 3.57; CI = -4.15 to 11.29 and ß = -2.11, CI = -5.92 to 10.12, respectively). Article 2: The regression with time and group interaction, showed a positive effect of the educational intervention on the GAB food-based GI score in the crude model (ß = 1.36 and p = 0.017) and adjusted by professional category (ß = 1, 36 and p = 0.020). The GAB approach increased significantly in non-nutritionist professionals (p = 0.007) and in activities not directly related to the theme of food / nutrition (p = 0.028), in the GI in time variation (T1-T0). No significant differences were found in the CG. Article 3: Positive and moderate correlation between AE dietary guidance based on the professionals' GAB (r = 0.45; p = 0.03) was found. Knowledge obtained a weak correlation with dietary guidelines based on GAB (r = 0.34; p = 0.11). Significant difference was obtained between the means of the food orientation score in the low LA group (LA <63.36) compared to the high LA group (p = 0.02). Conclusions: Although the educational intervention demonstrated no significant impact on the knowledge, AE and EC of health professionals, it was able to impact the practice and autonomy development of health professionals, who seemed to recognize the interdisciplinarity of nutrition and began to disseminate recommendations based on the Guidelines in various scenarios and situations of primary care.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Prática Profissional
Programas e Políticas de Nutrição e Alimentação
Guias Alimentares
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência



página 1 de 83 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde