Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP8.473.981.832 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 41 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 5 ir para página              

  1 / 41 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-777768
Autor: Gentile, Maria Beatriz.
Título: El recuerdo del “mal”: historizar la memoria / the memory of “evil”: to tell the history of memory
Fonte: Agora USB;15(2):365-374, jul.-dic. 2015.
Idioma: es.
Resumo: El presente texto aborda la pregunta: ¿Cómo avanzar en el conocimiento del pasado reciente desde la perspectiva de los sujetos?, ello presenta un desafío epistémico-metodológico quesupone abordar las formas de razonamiento capaces de involucrar al sujeto, en segundo lugar, el distinguir entre aquello que llamamos “saber histórico” como patrimonio del erudito,del investigador, donde lo histórico se coloca entre los hechos de la realidad como una aspecto más de ella, como objeto; y el saber histórico como una instancia superior donde seincorpora al sujeto como saber olvidado, es aquí donde la memoria social en la elaboración de la historia cobra un sentido diferente, porque los cambios sociales, la emergencia de nuevos actores y el mundo de sensibilidades e imaginarios implican transformaciones de los sentidos del pasado.

This paper addresses the following question: How can we advance in the knowledge of the past from the perspective of subjects? This presents an epistemological and methodological challenge posed to address forms of reasoning capable of involving the subject, secondly, distinguishing between what we call the “historical knowledge” as a heritage of the scholar,researcher, where the historical is placed between the facts of reality as an aspect of it , as an object; and the historical knowledge as a higher authority where the subject is incorporated as forgotten knowledge, and it is here where the social memory in the elaboration of historytakes a different sense, because the social changes, the emergence of new actors and sensibilities and imaginary world involve transformations of the ways of the past.
Descritores: Conflitos Armados
Conflitos Civis
-Fatores Antropológicos
Política
Responsável: CO421.1 - Biblioteca Jorge Velez Ochoa


  2 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-997342
Autor: Branco, Dimitra Castelo; Santos, Antônio Maria de Souza; Nascimento, Liliane Silva do.
Título: Saúde bucal da criança indígena: estudo em uma Reserva Indígena da Amazônia / Oral Health of indigenous children: study in an Amazon Indian Reserve
Fonte: Arq. odontol;54:1-10, jan.-dez. 2018. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Identificar e descrever a condição de saúde bucal de crianças pertencentes à etnia Gavião, habitantes da Reserva Indígena Mãe Maria, Bom Jesus do Tocantins, no Estado do Pará, considerando-se aspectos antropológicos do processo saúde-doença desse povo.Métodos: Um estudo transversal foi conduzido com 93 crianças indígenas de 2 a 8 anos, de ambos os sexos e habitantes da Reserva. Exames clínicos foram realizados, analisando-se a prevalência de cárie dentária e qualidade da higiene bucal e a determinação dos índices CPO-D e Índice de Higiene Oral Simplificado (IHOS). Para a avaliação socioeconômica, de hábitos de higiene e alimentares foram aplicados questionários em forma de entrevistas aos responsáveis. Testes do Qui-quadrado e de Wilcoxon foram utilizados para analisar a associação entre variáveis, considerando-se valor de p ≤ 0,05. Resultados: O CPO-D médio foi de 5. Verificou-se que 10,7% dos examinados estavam livres de cárie. O percentual do componente "cariado" foi maior que os demais componentes do índice para ambos os sexos. O IHOS médio encontrado foi de 2,3, não diferindo quanto ao sexo. Encontrou-se associação entre as varáveis: CPO-D/ceo-d e experiência de dor (p = 0,02); CPO-D/ceo-d e o IHOS (p = 0,0001) e entre idade e IHOS (p = 0,0001). Evidenciou-se, portanto, alta prevalência de cárie e qualidade regular de higiene bucal entre os estudados. Conclusão: As crianças indígenas estudadas possuem índice acima da média nacional e regional, no que tange a doença cárie, quando comparado aos resultados nacionais aos 12 anos de idade. Os impactos trazidos pelo contato com a sociedade branca podem ter relação com a condição atual de saúde bucal desse povo.

Aim: To identify and describe the oral health status of Gavião children, an ethnic group inhabitant of the Mãe Maria, Bom Jesus do Tocantins Indigenous Reserve in the State of Pará. Anthropological features of the health-disease process of this people were considered.Methods: A cross-sectional study was conducted with 93 indigenous children, 2 to 8 years of age, from both sexes, inhabitants of the Indian Reserve. Clinical exams were performed to assay the prevalence of dental caries and oral hygiene quality through that set forth in the Decayed, Missing and Filled Teeth Index (DMFT/dmft) and Simplified Oral Hygiene Index (SOHI). Questionnaires were applied to indigenous mothers to evaluate their socioeconomic conditions, as well as their hygiene and eating habits. Chi-square and Wilcoxon tests were used to analyze the association between variables, considering a p-value ≤ 0.05.Results: The average DMFT/dmft was 5. It was found that 10.7% of the children were free of caries. The percentage of "caries" component was higher than the other components of the index for both sexes. The average SOHI found was 2.3, with no difference in sex. An association was found between the variables: DMFT/dmft and pain experience (p = 0,02); DMFT/dmft and the SOHI (p = 0.0001), and between age and SOHI (p = 0.0001). Therefore, this study observed a high prevalence of caries and the regular quality of oral hygiene among the participants. Conclusion: The indigenous children who participated in this study showed a higher index than national and regional averages for caries, when compared to the national results of 12-year-old children. The impacts brought about by contact with a white society may be related to the current oral health condition of these people.
Descritores: Higiene Bucal
Fatores Socioeconômicos
Perfil de Saúde
Criança
Saúde Bucal
Fatores Antropológicos
Cárie Dentária/epidemiologia
População Indígena
Saúde de Populações Indígenas
-Estudos Transversais
Limites: Pré-Escolar
Criança
Responsável: BR365.1 - BIB - Biblioteca


  3 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-881160
Autor: de Souza, William Cordeiro; Siewert, Leandro; Grzelczak, Marcos Tadeu; Smolarek, André de Camargo; Mascarenhas, Luis Paulo Gomes.
Título: Prevalência de pré-hipertensão e de hipertensão arterial e sua associação com variáveis antropométricas e estado nutricional de pré-escolares / Prehypertension prevalence and blood pressure and its association withanthropometric variables and nutritional status of preschool children
Fonte: Rev. bras. hipertens;23(2):47-51, abr.-jun.2016.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A hipertensão vem aumentando gradativamente tanto em adultos quanto em crianças e adolescentes em fase escolar. Objetivo: Estimar a prevalência da pré-hipertensão (PH) e da hipertensão arterial (HA), assim como avaliar suas associações com as variáveis antropométricas e de estado nutricional de crianças pré-escolares. Materiais e métodos: A amostra foi constituída por99 escolares de ambos os sexos, com média de idade de 5,30,1anos. Para investigação do estado nutricional, foram avaliadas a massa corporal, a estatura e a circunferência do quadril (CQ). Por meio desses dados, foram calculados o índice de massa corporal (IMC) e o índice de adiposidade corporal (IAC). A pressão arterial sistólica (PAS) e a pressão arterial diastólica (PAD) foram obtidas de modo indireto, com o uso de esfigmomanômetro aneroide. Realizou-se o teste de Shapiro Wilk para verificação da normalidade dos dados. Após, foi realizada a estatística descritiva: média, desvio padrão e frequência percentual (%). O fator de correlação de Pearson (r) foi realizado para verificar as associações entre as variáveis. Recorreu-seao teste do χ2 para analisar a associação entre as frequências percentuais nos resultados obtidos. Resultados e discussão:Foi verificado que 18,19% dos avaliados apresentaram prevalência de HA, sendo 13,13% de PH e 5,06% de hipertensão. A PAS e PAD associaram-se significativamente (p=0,05) com massa corporal, IMC e IAC. Conclusão: Os resultados apresentados demonstraram que a PH e a HA apresentam associações significativas com massa corporal, IMC e IAC.

Introduction: Hypertension is increasing both in adults and in children and adolescents in school age. Objective: To estimate the prevalence of prehypertension (PH) and hypertension (HA) and to evaluate their associations with the anthropometric variables and nutritional status of preschool children. Methods: The sample consisted of 99 students from both genders, with an average age of 5.30.1 years.To investigate the nutritional status, body mass, height and hip circumference (HC) were evaluated. Through these data, we calculated the body mass index (BMI) and body adiposity index (BAI). Systolic blood pressure (SBP) and diastolic blood pressure (DBP) were obtained indirectly by aneroid blood pressure monitor. The Shapiro-Wilk test was used to verify the normality of the data. After this, descriptive statistics were conducted with: average, standard deviation and frequency percentage (%). The Pearson correlation factor (r) was used to verify associations between variables.It used the test χ2 to analyze the association between the percentage frequencies in the results. Results: It was found that 18.19% of the individuals had a prevalence of HA, being 13.13% of PH and 5.06% of hypertension.The SBP and DBP were significantly associated (p=0.05) with body mass, BMI and BAI. Conclusion: The results showed that the PH and HA have significant associations with body mass, BMI and BAI.
Descritores: Fatores Antropológicos
Pressão Arterial
Hipertensão/prevenção & controle
Avaliação Nutricional
Prevalência
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  4 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-878185
Autor: Souza, Andréia Santiago Sobreira Santos(edt); Santos, Franklin Santana(com).
Título: Histórias de morte e luto: um estudo sócioantropológico da vivência da morte em um grupo operativo no CRAS / Stories of death and grief: a study of socio-anthropological experience of death in a group operating in CRAS
Fonte: Rev. psicol. (Fortaleza, Online);6(2):50-58, Jul.-Dez. 2015.
Idioma: pt.
Resumo: O presente artigo inicia apresentando uma reflexão sócioantropológica sobre a relação saúde e doença, demonstrando a partir desses indicadores que a morte e luto, os quais queremos destacar, podem ser lidos através de múltiplos impulsionadores e bases epistemológicas. Aqui escolhemos a Antropologia e a Sociologia. Através da exposição de análises de textos dentro da abordagem sócio-antropológica gostaríamos de reforçar a necessidade desse olhar multidisciplinar, destacando seu caráter enriquecedor e clareador para o estudo da morte e do luto. Para tanto, nos propomos a narrar uma vivência em um grupo operativo numa unidade de Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), onde o assunto "morte" surgiu como fator disparador de experiências passadas, relacionadas a perdas e luto. A observação desse fenômeno coletivo nos instigou a refletir sobre a morte como uma construção social ainda atrelada a aspectos negativos e de superação (luto) desafadora, fora do âmbito de trabalho em saúde, necessariamente.(AU)

The following article starts by presenting an socio-anthropological reflection about the relation between health and disease, demonstrating through these indicators that death and grief which is what we want to point out, can be interpreted through multiple boosters and epistemological bases. Here we choose Anthropology and Sociology. By the exposition of the text analysis inside the social anthropological approach we'd like to reinforce the need to look at this in a broach multidisciplinary To do so, we decided to report/ describe an experience in operative group in one of the Social Assistance Center, where the subject "death" emerged as a factor that induces the memories of traumatic experience, related to losses and grief. The observation of these collective phenomena instigated us to reflect about death as a social construction still linked to negative aspects and of challenging overcoming (mourning), outside of the welfare work scope, necessarily.(AU)
Descritores: Fatores Antropológicos
Morte
Serviços de Saúde Mental
Fatores Sociológicos
-Luto
Doença
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR6.3 - Biblioteca de Ciências Humanas


  5 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-725823
Autor: Souza, Maximiliano Loiola Ponte de; Ferreira, Luciane Ouriques.
Título: Jurupari se suicidou?: notas para investigação do suicídio no contexto indígena / Jurupari committed suicide?: notes for suicide investigation in indigenous context
Fonte: Saúde Soc;23(3):1064-1076, Jul-Sep/2014.
Idioma: pt.
Resumo: No Brasil, há indícios de que alguns povos indígenas apresentam taxas de mortalidade por suicídio significativamente superiores às taxas nacionais e regionais. Por outro lado, evidências apontam para as dificuldades de se transpor categorias biomédicas ao contexto das sociedades indígenas, tendo em vista que estes se valem de referenciais simbólicos particulares para compreender o processo saúde-doença e a morte. O objetivo deste artigo foi refletir sobre as dificuldades para utilização do conceito de suicídio no contexto indígena, ponto crucial para abordagem deste tema através de uma perspectiva menos etnocêntrica. O caminho proposto para tal foi o de se recorrer ao chamado “estranhamento antropológico” do conceito biomédico de suicídio. Para tanto, nós fizemos a análise do mito do Jurupari amplamente difundido entre os povos indígenas da região do Alto Rio Negro, utilizando três perguntas norteadoras: Jurupari queria morrer?; Jurupari morreu?; Quem matou Jurupari? Para responder estas perguntas, recorreu-se a informações etnográficas sobre suicídio entre povos indígenas brasileiros. Através da análise realizada, demonstraram-se as dificuldades de transposição do conceito biomédico de suicídio para o contexto indígena. Isto foi feito na medida em que evidenciamos: 1) a amplificação das dificuldades de se falar de intencionalidade no contexto indígena; 2) as diferentes concepções indígenas sobre morte e morrer; 3) a complexa correlação entre suicídio e homicídio nos sistemas etiológicos nativos. Por fim, apresentaram-se, mesmo que de forma preliminar, algumas eventuais dificuldades como possíveis caminhos para abordagem do suicídio indígena, tanto por meio de estratégias qualitativas como quantitativas...

Several evidences shows that in Brazil, suicide mortality rates of some indigenous people are significantly higher than national and regional rates. Furthermore, evidence points to the difficulties to transport biomedical categories to the indigenous societies, because they use specific symbolic references to understand the health-disease process and the death. The aim of this paper was to reflect on the difficulties to use the concept of suicide in the indigenous context, an important principle to explore this theme from a less ethnocentric way. The proposed way for this was to resort to the so-called “anthropological strangeness” of the biomedical concept of suicide. To this end, we did an analysis of an indigenous myth that is widespread in the Upper Rio Negro region, the myth of Jurupari, using three guiding questions: Jurupari wanted to die?; Jurupari died?; Who killed Jurupari? To answer these questions we used the ethnographic information about suicide among Brazilian indigenous. Through the performed analysis, the difficulty to transport the biomedical concept of suicide to the indigenous context was demonstrated. This was down when we presented: i) the amplification of the difficulties to speak of intentionality in this context, ii) the different indigenous conceptions about death and dying, iii) the complex correlation between suicide and homicide in native's etiological systems. Finally, even in a preliminary way, some potential difficulties and possible ways to approach indigenous suicide by qualitative and quantitative strategies was presented...
Descritores: Fatores Antropológicos
Antropologia Cultural
Características Culturais
Diversidade Cultural
Morte
Grupos Populacionais
Individualidade
Suicídio
-Saúde Pública
Pesquisa Qualitativa
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  6 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-719604
Autor: André, Jacques.
Título: Jean Laplanche: o trabalho da obra / Jean Laplanche: el trabajo de la obra / Jean Laplanche: the work of the literary work
Fonte: Rev. psicanal;20(3):537-552, dez. 2013.
Idioma: pt.
Resumo: A obra de Jean Laplanche é mais um fazer trabalhar do que um simples retorno a Freud. Chegou a hora de fazer trabalhar a obra do próprio Jean Laplanche. Que status tópico é atribuído ao complexo de Édipo e à angústia de castração? Podemos, com Jean Laplanche, recusar-lhes a dignidade do inconsciente? Podemos pretender construir uma teoria psicanalítica unitária que abrace a totalidade da vida psíquica? Como prolongar a pista de uma homologia entre a situação antropológica fundamental e a situação analítica? Da discussão à exploração, passando pela divergência, este texto prolonga anos de conversas e debates com Jean Laplanche

Jean Laplanche's work is rather a way of working than a simple return to Freud. It's time to put on Jean Laplanche's work to work by itself. What's the topic status given to the Oedipus complex and to the castration anxiety? Can we, with Jean Laplanche, refuse the dignity of unconscious? Can we intend to build an unitary psychoanalytic theory that embraces the totality of the mental life? How to extend the path of a homology between the fundamental anthropological situation and the analytical situation? From discussion to exploration, going through divergence, this paper extends years of talks and debates with Jean Laplanche

La obra de Jean Laplanche es más un hacer trabajar que un simples volver a Freud. Llego el momento de hacer trabajar a la obra del propio Jean Laplanche. Que status tópico es atribuido al complejo de Edipo y hacía la angustia de castración? Podemos, con Jean Laplanche, recusarles a la dignidad del inconsciente? Podemos pretender construir una teoría psicoanalítica unitaria que abrace a la totalidad de la vida psíquica? Como prolongar la pista de una homología entre la situación antropológica fundamental y la situación analítica? De la discusión hacía la exploración, pasando por la divergencia, este texto prolonga años de conversaciones y debates con Jean Laplanche
Descritores: Angústia de Castração/psicologia
Ego
Inconsciente (Psicologia)
-Fatores Antropológicos
Teoria Freudiana/história
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR18.1 - Biblioteca FAMED/HCPA


  7 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-719603
Autor: Calich, José Carlos.
Título: Jean Laplanche e a fidelidade infiel a Freud: uma homenagem / Jean Laplanche y la fidelidad infiel a Freud: un homenaje / Jean Laplanche and the infidel fidelity to Freud: a tribute
Fonte: Rev. psicanal;20(3):527-536, dez. 2013.
Idioma: pt.
Resumo: O artigo, uma homenagem a Jean Laplanche, se propõe a apresentar alguns elementos de sua trajetória pessoal e psicanalítica, introduzindo e contextualizando sua teoria da sedução generalizada e alguns de seus principais conceitos: o método de fazer Freud trabalhar, a centralidade do sexual, alteridade, mensagem enigmática, situação antropológica fundamental, inconsciente encravado e pseudoinconsciente do mitosimbólico, todos parte de seus Novos fundamentos para a psicanálise. Da mesma forma são apresentadas as polêmicas sobre a origem da pulsão e sobre a centralidade do complexo de Édipo decorrentes de sua teoria

The manuscript, a tribute to Jean Laplanche, intends to present some elements of his personal an psychoanalytic trajectory, introducing and contextualizing his general seduction theory and some of his main concepts: the method of making Freud work, the centrality of sexual, alterity, enigmatic message, fundamental anthropological situation, unconscious enclave, and pseudo-unconscious of the symbolic myth, all part of his New foundations for psychoanalysis. The controversies on the origins of drive and on the centrality of the Oedipus complex due to his theories are likewise presented

El artículo, un homenaje a Jean Laplanche, se propone presentar algunos elementos de su trayectoria personal y psicoanalítica, introduciendo y contextualizando su teoría de la seducción generalizada y algunos de sus principales conceptos: el método de hacer Freud trabajar, la centralidad del sexual, alteridad, mensaje enigmático, situación antropológica fundamental, inconsciente enclavado y pseudoinconsciente del mito-simbólico, todos parte de sus Nuevos fundamentos para el psicoanálisis. Del mismo modo son presentadas las polémicas sobre el origen de la pulsión y sobre la centralidad del complejo de Edipo derivadas de su teoría
Descritores: Teoria Freudiana
Psicanálise
-Fatores Antropológicos
Psicanálise/métodos
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR18.1 - Biblioteca FAMED/HCPA


  8 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-652588
Autor: Santos, Iraci dos; Caldas, Célia Pereira; Erdmann, Alacoque Lorenzini; Gauthier, Jacques; Figueiredo, Nébia Maria Almeida de.
Título: Cuidar da integralidade do ser: perspectiva estética/sociopoética de avanço no domínio da enfermagem / Caring for the whole person: the contributions of aesthetics/sociopoetics perspectives to the field of nursing / Cuidar en la integralidad del ser: perspectiva estética/sociopoética de progresso en el campo de la enfermería
Fonte: Rev. enferm. UERJ;20(1):9-14, jan.-mar. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho teve como objetivo propor a aplicação da perspectiva estética/sociopoética para cuidar da integralidade do ser/cliente da enfermagem. Artigo teórico sobre espiritualidade, estética, sociopoética, transcendência e arte de cuidar, considerando pressupostos antropológicos ou visões do ser humano: unidimensional; bidimensional; tridimensional; e sua composição – corpo, alma, espírito, integrados e animados pelo pneuma (ðíåõìá – sopro em Grego). Nesta última visão o cuidado integral acontece quando cada dimensão recebe a abordagem apropriada. Dependente da visão adotada, o cuidado será desenvolvido e institucionalizado nas instituições de saúde. Entretanto, os profissionais encontram-se mais preparados para reconhecerem as duas primeiras dimensões, pois sua formação é predominantemente teórico-científica e procedimental tecnológica. Assim, considerando a propriedade da arte de enfermagem, ao enfermeiro torna-se imprescindível o conhecimento estético e dos princípios filosóficos da sociopoética os quais expressam sua subjetividade ao lidar com a humanidade das pessoas e se tornam visíveis na ação do cuidar.

This study proposes applying the aesthetics/sociopoetics perspective to care for the nursing client as a whole person. It is a theoretical article on spirituality, aesthetics, sociopoetics, transcendence and the art of caring, considering anthropological assumptions or the one-dimensional, two-dimensional, three-dimensional views of humanness and its composition – body, soul and spirit, integrated and animated by the pneuma (ðíåõìá – breath, in Greek). On this latter view, comprehensive care occurs when each dimension is addressed appropriately. Depending on the view adopted, care will be provided in health care institutions. However, health personnel are better prepared to recognize the first two dimensions, because their training comprises predominantly scientific theory and technological procedure. Thus, given the properties of nursing as an art, a knowledge of esthetics and of the philosophical principles of social-poetics become imperative for nurses, as they express the nurse's subjectivity when dealing with people's humanity, and become visible in the act of caring.

Este trabajo tuvo como objetivo proponer la aplicación de la perspectiva estética / sociopoética para cuidar de la integralidad del ser /cliente de la enfermería. Es un trabajo teórico sobre espiritualidad, estética, sociopoética, trascendencia y arte de cuidar, considerando presupuestos antropológicos o visiones del ser humano: unidimensional, bidimensional, tridimensional y compuesto de cuerpo, alma, espíritu, unidos y animados por el Pneuma (ðíåõìá – soplo en Griego). En este último punto de vista el cuidado integral se produce cuando cada dimensión recibe el enfoque adecuado. Dependiendo del punto de vista adoptado, la atención se desarrollará en las instituciones de salud. Sin embargo, los profesionales están más preparados para reconocer las primeras dos dimensiones, ya que en su formación predomina la teoría científica y los procedimientos tecnológicos. Por lo tanto, teniendo en cuenta la peculiaridad del arte de la enfermería, es imprescindible que la enfermera conozca los principios estéticos y filosóficos de la sociopoética que expresan su subjetividad en el trato con la humanidad de la gente y se hacen visibles en el acto de cuidar.
Descritores: Assistência Integral à Saúde/métodos
Cuidados de Enfermagem/métodos
Enfermagem Holística/métodos
Saúde Holística
-Fatores Antropológicos
Estética
Teoria de Enfermagem
Filosofia em Enfermagem
Poesia como Assunto
Espiritualidade
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  9 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-646101
Autor: Silva, Cristhian Teófilo da.
Título: Crianças e adolescentes indígenas em perspectiva antropológica: repensando conflitos éticos interculturais / Indigenous children and adolescents in an anthropological perspective: Rethinking about intercultural ethical conflicts
Fonte: Rev. bioét. (Impr.);20(1), jan.-abr. 2012.
Idioma: pt; en.
Resumo: Este artigo apresenta abordagens antropológicas à realidade cultural de crianças e adolescentes indígenas e seus direitos culturais diferenciados no Brasil, voltando-se às recentes tentativas de regulamentação. Objetiva explicitar a perspectiva antropológica sobre as representaçães diferenciadas que os povos indígenas possuem acerca das crianças e adolescentes e os problemas sociais enfrentados por estas, de modo a problematizar os conflitos éticos interculturais e as tentativas de normatização dos mesmos em projetos de lei. Também enfatiza como temas relacionados ao trabalho infantil, à pobreza e ao infanticídio entre populaçães indígenas sofrem distorçães ao serem objetivados pela moralidade não indígena universalista e cristianizada. Aponta, por fim, como nos âmbitos antropológico e da bioética surgem iniciativas de intervenção sobre práticas consideradas moralmente recrimináveis, mas que têm sido aceitas pelas populaçães indígenas.
Descritores: Adolescente
Fatores Antropológicos
Antropologia Cultural
Bioética
Criança
Características Culturais
Direitos Humanos
Índios Sul-Americanos
Saúde Pública
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  10 / 41 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Luz, Madel Therezinha
Texto completo
Id: lil-620714
Autor: Campello, Maria Freire; Luz, Madel Therezinha.
Título: Sujeitos em terapia: estudo socioantropológico das práticas clínicas homeopáticas e psicanalíticas / Subjects in therapy: socio-anthropologic study on homeopathy and psychoanalysis clinical practice
Fonte: Rev. homeopatia (Säo Paulo);74(3,n.esp):45-45, 2011.
Idioma: pt.
Descritores: Fatores Antropológicos
Psicanálise
Responsável: BR926.1 - Biblioteca Artur de Almeida Rezende Filho



página 1 de 5 ir para página              
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde