Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP8.946.585.595 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 32 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 32 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1179704
Autor: Bueno, Flávia Thedim Costa.
Título: Saúde global e integração regional: a resposta sul-americana à emergência da síndrome congênita do vírus Zika / Global health and regional integration: the South American response to the emergency of the congenital Zika syndrom.
Fonte: São Paulo; s.n; 2020. 282 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Em 2015, um aumento incomum do número de bebês nascidos com problemas neurológicos foi detectado no Nordeste do Brasil, suscitando a suspeita de um vínculo entre a infecção pelo vírus Zika em mulheres grávidas e as malformações em seus bebês. O Brasil declarou Emergência Nacional em novembro de 2015 e os dados foram reportados à Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), de acordo com o Regulamento Sanitário Internacional (RSI). Em fevereiro de 2016, a Organização Mundial de Saúde declarou uma Emergência de Saúde Pública de Interesse Internacional (ESPII), apesar de muitos atores da comunidade internacional ainda não estarem convencidos do vínculo entre o vírus Zika e as malformações. Naquele momento de grande turbulência política no Brasil, que desaguou no impeachment da Presidente Dilma Rousseff, assuntos internacionais não eram uma prioridade e a América do Sul perdia paulatinamente a sua centralidade, o que contribuiu para uma crise sem precedentes da integração regional. Como todos os países da região relataram casos de Zika, esperava-se que organizações regionais, como OPAS, União Sul-americana de Nações (Unasul) e Mercado Comum do Sul (Mercosul), colocassem em prática seus planos de resposta a emergências. O objetivo desta tese é avaliar se houve circulação internacional de políticas públicas na resposta à ESPII em nível regional; e se havia um sistema regional de vigilância e resposta, identificando os principais fatores que influenciaram a resposta regional. A metodologia qualitativa foi empregada por meio de levantamento bibliográfico, análise de documentos e entrevistas com os atores-chave do governo brasileiro e das organizações em foco. Concluiu-se que a OPAS destacou-se em relação às outras organizações regionais por ser a mais antiga, por ter grande permeabilidade nos países e por oferecer apoio técnico, facilitando suas ações mesmo em meio a crises políticas. Já a resposta da Unasul e do Mercosul foi prejudicada pela crise política. Nesse contexto, dois processos diferentes foram identificados na resposta regional à ESPII. O primeiro foi a difusão da tese brasileira de que havia um vínculo entre a infecção de gestantes pelo vírus Zika e as malformações congênitas em bebês. O segundo processo foi a circulação do arcabouço normativo do RSI. Estas descobertas comprovam que havia um mecanismo regional de resposta a emergências que operou no caso do Zika na América do Sul. A OPAS, como guardiã do RSI na região, atuou com destaque no reconhecimento de emergências e na ativação de seus mecanismos. Não foi confirmada a hipótese de que um equipamento regional foi operado pela UNASUL.

In 2015, an uncommon increase in the number of babies born with neurological problems was detected in Northeast Brazil, raising suspicious there was a link between infection by the Zika virus in pregnant women and their babies´ malformations. Brazil declared a National Emergency in November 2015, and data was reported to the Pan-American Health Organization (PAHO), according to the International Health Regulations (IHR). In February 2016, the World Health Organization declared the situation a Public Health Emergency of International Concern (PHEIC), even though many actors of the international community were still not convinced that the Zika virus was the agent behind the malformations. At that moment of great political turmoil in Brazil, which lead to the impeachment of President Dilma Rousseff, international affairs were not a priority and the central role of South America was lost progressively, resulting in an unprecedented crisis of the regional integration process. As all countries in the region reported Zika cases, it was expected regional organizations, such as PAHO, the Union of South American Nations (Unasur) and the Common Market of the South (Mercosur) to put in practice their emergency response plans. The aim of this thesis is to assess whether there was international circulation of public policies in the response to the PHEIC at the regional level and whether there was a regional health surveillance and response system in place, identifying the main factors that influenced the regional response. Qualitative methodology was conducted through bibliographic survey, document analysis and interviews with key actors from the Brazilian government and the organizations focused in this thesis. The following conclusions were reach: on the one hand, PAHO stood out in relation to the other regional organizations for being the oldest, having great permeability in the countries and offering countries technical support, facilitating its actions, even during a political crisis. On the other, Unasur and Mercosur had a poor performance in responding due to the political crisis. In this context, two different processes were identified as operating in the regional response to the PHEIC. The first one was the diffusion of the Brazilian thesis of the link between the infection of pregnant women by the Zika virus and the congenital malformations in babies. The second, was the circulation of the IHR normative framework. The above findings show that there was a regional emergency response mechanism that operated in the Zika case in South America. PAHO, being the body that enforces the application of the IHR in the region, acted prominently in both emergency recognition and the activation of its mechanisms. The hypothesis of a regional gear operated by Unasur was not confirmed.
Descritores: Saúde Global
Organização Internacional
Zika virus
Infecção por Zika virus
-América do Sul
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  2 / 32 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-756884
Autor: Neves Junior, Wilson Lopes.
Título: O Conselho de Saúde Sul-Americano (Unasul-Saúde) e seus primeiros anos de institucionalização (2008-2013) / The Board of South American Health (UNASUR-Health) and their first years of institutionalization (2008-2013).
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2014. x,94 p. mapas, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Este estudo busca refletir sobre o desenvolvimento do processo de integração regional ocorrido na América do Sul, tendo a saúde atuado como elemento colaborador desse processo de integração. Para isso, foi preciso reconhecer o funcionamento e as instâncias da União de Nações Sul-Americanas - Unasul, e dentro desta, o Conselho Sul-Americano de Saúde, identificado nesta dissertação como Unasul-Saúde, órgão responsável por consolidar a integração da América do Sul no âmbito da saúde,conforme escrito no seu Plano Quinquenal. Observam-se, na dinâmica de trabalho e desenvolvimento de projetos da Unasul-Saúde, ações que se referenciam as teorias do institucionalismo, do regionalismo e da integração regional. Além disso, reconhece-se na globalização neoliberal um dos elementos da contemporaneidade que atinge as nações como um todo. Este fator também contribuiu para que os países sul-americanos modificassem suas agendas externas e desenvolvessem políticas em forma de cooperação.Ao analisar a institucionalidade da Unasul-Saúde destaca-se a procura por se criar políticas de saúde para enfrentar: as necessidades da região, em face das doenças;as questões referentes aos medicamentos e à formação de recursos humanos. Ao mesmo tempo, a Unasul-Saúde tem buscado de maneira preponderante gerar estruturas institucionais que propiciem suporte a essa demanda de projetos destinados à região sulamericana.Após a análise do andamento das atividades que têm sido desenvolvidas no âmbito da Unasul-Saúde, conclui-se que a integração regional, tendo a saúde como elemento de integração, ainda carece de um empenho maior por parte dos Estados-Membros e das instâncias do setor de saúde para enfrentar as iniquidades e as assimetrias da região...

This study AIMS to reflect on the development of the regional integration process that occurred in South American, having the health as a collaborator element ofthis integration process . It was Necessary to Recognize the operation and the instancesof Union of South American Nations - UNASUR, and Within this , the South American Council of Health, Identified in this research like UNASUR - Health - the agencyresponsible for consolidate the South America integration in the field of health , as iswritten in its Five-Year PlanIt is observed, in the dynamics of work and project development of the Unasul-Health, actions that make reference to the Theories Institutionalist, Regionalist and Regional integration. Besides, it is recognized in neo-liberal globalization one of thecontemporary elements that reaches the nations as a whole. This factor also contributed to the changing of the external agenda of the South American countries and, also, the development of policies in the form of cooperation.By analyzing the institutionalization of Unasul-Health, stands out the demand to create health policies in order to address: the needs of the region, considering the diseases; issues related to medicines and human resources training. At the same time, Unasul-Health has been searching a way to generate institutional structures that may support this demand of projects intended to South American Region. After analysing the progress of the activities that has been developed in the framework of Unuasul-Health, it was concluded that regional integration, having healt has an integration element, still lacks of further engagement of the States members and, also, of the health sector bodies, in order to deal with the inequities and asymmetries of the region...
Descritores: Atenção à Saúde
Mercosul
Organização Internacional
Relações Interinstitucionais
-América do Sul
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Bibliografia
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  3 / 32 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-986165
Autor: La-Rotta, Ehideé Isabel Gómez; Pfeiffer, Claudia Regina Castellanos; Corrêa Filho, Heleno Rodrigues; Corrêa, Carlos Roberto Silveira; Aoki, Francisco Hideo; Garcia, Clerison Stelvio.
Título: Nomeação e institucionalização da saúde do trabalhador: um campo em disputa / Naming and institutionalization of the health of the worker: a disputed field / Designación e institucionalización de la salud del trabajador: un campo en disputa
Fonte: Trab. educ. saúde;17(2):e0017928, 2019. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Considerando a dispersão de sentidos que constitui a nomeação da área 'Saúde do Trabalhador', buscou-se compreender o que está em jogo nas constantes mudanças da nomenclatura nesse campo. Essas alterações ocorrem em uma linha do tempo, mas concomitantemente. Seu marco inaugural foi encontrado na estabilidade do nome 'medicina do trabalho', nome institucionalizado pela Organização Internacional do Trabalho, no início da segunda metade do século XX. Desse primeiro gesto de nomeação, seguem outros, estabelecidos em relações tensas e contraditórias de substituição, recobrimento e concorrência como: saúde ocupacional, saúde e segurança no trabalho, e, mais contemporaneamente, em meio a estas variações, encontrou-se o acréscimo do termo 'Saúde do Trabalhador'. O penúltimo nome é o mais estável e acionado pelas instâncias internacionais e empresariais.

Abstract Based on the dispersal of meanings that constitutes the naming of the 'Health of the Worker' field, we sought to comprehend what is at stake in the constant changes in nomenclature in this field. These changes occur within a timeline, but they happen concomitantly. Its inaugural landmark was found in the stability of the name 'occupational medicine,' a name institutionalized by the International Labour Organization in the beginning of the second half of the 20th century. This first gesture of naming was followed by other gestures, established in tense and contradictory relationships of replacement, recovering and concurrence, such as: occupational health, health and safety at work, and, more recently, among these variations, we found the addition of the term 'Health of the Worker.' The second-to-last name is the most stable one, and it is used by international and entrepreneurial organizations.

Resumen Partiendo de la dispersión de sentidos que constituye la designación del área 'Salud del Trabajador', se buscó comprender lo que está en juego en los constantes cambios de la nomenclatura en este campo. Estos cambios se producen en una línea de tiempo, pero de forma concomitante. Su marco inaugural se encuentra en la estabilidad del nombre 'medicina del trabajo', institucionalizado por la Organización Internacional del Trabajo a comienzos de la segunda mitad del siglo XX. A este primer gesto de designación le siguen otros, establecidos en relaciones tensas y contradictorias de sustitución, enmascaramiento y competencia, tales como: salud ocupacional, salud y seguridad en el trabajo, y más recientemente, en medio de estas variaciones, se encontró el agregado del término 'Salud del Trabajador'. El penúltimo nombre es el más estable y utilizado por las instancias internacionales y empresariales.
Descritores: Trabalho
Saúde Pública
Saúde do Trabalhador
Organização Internacional
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  4 / 32 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-970171
Autor: Carballo, Yoana Paola.
Título: La elaboración de política pública en los países periféricos y su diálogo con los organismos internacionales y el conocimiento especializado: notas para su discusión desde el caso uruguayo / The elaboration of public policy in peripheral countries and their dialogue with international organizations and the specialized knowledge: notes for the discussion from the Uruguayan case
Fonte: Textos contextos (Porto Alegre);17(2):437-445, 2018.
Idioma: es.
Resumo: El artículo plantea notas sobre los procesos de elaboración de política pública en los países periféricos centrando la atención particularmente por un lado, en la participación de los organismos internacionales mediante lo que se denomina la asistencia internacional para el desarrollo, fenómeno que emerge luego de la segunda posguerra y se extiende hasta nuestros días; y por otro lado, en el papel relevante y sustantivo que el conocimiento especializado adquiere en los proceso de elaboración de política pública, donde las ciencias sociales ocupan un lugar destacado. De esta manera, trabajamos en este debate a partir del supuesto que la configuración de procesos de política pública significativos para los países periféricos se explica por una trama de relaciones entre actores nacionales e internacionales que lejos de ser lineal y simple es compleja y dinámica. Como tratamiento ilustrativo del debate esbozaremos algunas observaciones sobre el caso uruguayo y el proceso de reforma en el esquema de protección social en los últimos diez años mediante la implementación el Plan de Equidad Social (PES) a partir del 2008.

The article presents notes on the processes of elaboration of public policy in peripheral countries, focusing particularly on the one hand on the participation of international organizations through what is called international assistance for development, a phenomenon that emerged after the second postwar period and extends to our days; Andon the other hand in the relevant and substantive role that specialized knowledge acquires in the process of developing public policy, where social sciences occupy a prominent place. In this way, we work in this debate based on the assumption that the configuration of significant public policy processes for peripheral countries is explained by a network of relationships between national and international actors that, far from being linear and simple, is complex and dynamic. As illustrative treatment of the debate, we will outline some observations on the Uruguayan case and the reform process in the social protection scheme in the last ten years through the implementation of the Social Equity Plan (PES) as of 2008.
Descritores: Política Pública
-Ciências Sociais
Organização Internacional
Responsável: BR1323.1 - Biblioteca Central Irmão José Otão


  5 / 32 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1000808
Autor: Giberti, Eva comp; Grassi, Adrian comp.
Título: El poder, el no poder y la adopción: perspectivas éticas / Power, non-power and adoption: ethical perspectives.
Fonte: Buenos Aires; LUGAR; 1996. 147 p.
Idioma: es.
Descritores: Adoção
Organização Internacional
Responsável: AR338.1 - Biblioteca
AR338.1; 362.75, G37%07/4245


  6 / 32 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-788109
Autor: Salerno, Rosina.
Título: International public health organizations need to guide innovation in public health
Fonte: Rev. panam. salud pública = Pan am. j. public health;38(6):504-505, nov.-dic. 2015.
Idioma: en.
Descritores: Saúde Pública
Organização Internacional
Política Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 32 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-979716
Autor: Maya Díaz, Jorge; Gatica Medina, Mayra; Hernández, Yancy Edith; Morales Velázquez, Nancy.
Título: La andragogía aplicada en la capacitación de la Norma Oficial Mexicana 087-ECOL-95 / The andragogy applied in the training of the Norma Oficial Mexicana 087-ECOL-95
Fonte: Rev. enferm. Inst. Mex. Seguro Soc;9(2):85-89, May.-Ago. 2001. graf, tab.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: los establecimientos de atención médica generan residuos con riesgos potenciales a la salud, situación que desde 1977 la Organización Internacional del Trabajo hace hincapié y recomienda los procesos para la clasificación de los desechos hospitalarios; en México a través de la NOM 087-ECOL-95 se establecen los procesos para los Residuos Peligrosos Biológico Infecciosos (RPBI). En el IMSS desde 1997 a pesar de la difusión de esta norma, no se han obtenido los resultados deseados, por lo cual se identificará el impacto de la capacitación con los principios de la andragogía sobre la separación de los RPBI. Material y métodos: estudio cuasi-experimental que consistió en una estrategia educativa interactiva. El universo de trabajo fue siete enfermeras y ocho contenedores, retomando al grupo como su propio control. Resultados: en la medición basal se observó que 75% de los contenedores de residuos municipales estaban contaminados; posterior a la capacitación, 37.5% mejoró, quedando en 50% una semana posterior a la intervención. Discusión: los principios de la andragogía son de gran importancia para la transmisión y aceptación de los conocimientos. Concordamos que la reintegración continúa cognitiva y afectiva es esencial para el aprendizaje del adulto como ser social.

Introduction: the establishments of medical attention generate residuals with potential risks to the health, situation that from 1977 the International Organization of the Work makes stress and it recommends the processes for those undone hospital; in México through the NOM 087-ECOL-95 the processes settle down for the Infectious Biological Dangerous Residuals (RPBI). In the IMSS from 1997 in spite of diffusing the NOM-087-ECOL-95, the wanted results have not been obtained, reason why the impact of the training will be identified with the principles of the adult learning on the separation of the RPBI. Material and methods: a study quasi-experimentaI that consisted in an interactive educationaI strategy. The work universe was of seven nurses and eigth containers, recapturing to the group like its own control. Results: in the basal mensuration 75% of containers of polluted municipal residuals were observed, later tothetraining37.5% of improvement, prevailing in 12.5% a later week to the intervention. Conclusions: the principles of the adult learning are of great importance for the transmission and acceptance of knowledge. We agree that the reinstatement continuous cognitive and affective it is essential for the adult's learning as social being.
Descritores: Organização Internacional
Classificação de Resíduos
Normas Jurídicas
Educação em Enfermagem
Educação Continuada em Enfermagem
Ensaios Clínicos Controlados não Aleatórios como Assunto
Práticas Interdisciplinares
Resíduos de Serviços de Saúde
-Capacitação em Serviço
México
Limites: Humanos
Responsável: MX346.1 - CENAIDS - Centro Nacional de Investigación Documental en Salud


  8 / 32 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-971767
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria-Executiva. Departamento de Economia da Saúde, Investimentos e Desenvolvimento. Coordenação-Geral de Programas e Projetos de Cooperação Técnica.
Título: Manual de normas e orientações para a cooperação técnica internacional com a Opas/OMS.
Fonte: Brasília; Ministério da Saúde; jun. 2013. 60 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Cooperação Técnica
Organização Pan-Americana da Saúde
Organização Mundial da Saúde
Cooperação Internacional
Organização Internacional
Administração em Saúde
-Brasil
Sistema Único de Saúde
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Manual de Referência
GOVERNMENT PUBLICATIONS
Responsável: BR599.1 - Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI)
BR599.1; 339.94:614(81)(035), B823m, MT, 1 reimpr. 2013, 50. 10001031214


  9 / 32 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-874887
Autor: Moneró, Tatiana Oliveira.
Título: Aplicação do GHS na indústria de saneantes: roteiro para classificação de produtos saneantes / GHS implementation for sanitizer industries Classification Guide for cleaning products.
Fonte: São Paulo; s.n; 2016. 131 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Saúde Ambiental para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Com o aumento gradativo da tecnologia e da necessidade de consumo humana, a cada dia são desenvolvidos novos produtos e novas substâncias. Além dos benefícios desta modernização, surgem as preocupações relacionadas com o uso excessivo de produtos químicos. Muitos produtos químicos possuem potencial de causar efeitos adversos à saúde humana e ao meio ambiente e, por isso, de uns anos pra cá, passou a ser essencial e obrigatória a comunicação dos riscos advindos desses produtos dentro do ambiente de trabalho. O GHS, um sistema globalmente harmonizado de classificação e rotulagem de produtos químicos foi criado pela ONU para trazer critérios e elementos harmonizados para a comunicação desses perigos. A identificação dos perígos do GHS é um procedimento complexo e muito difícil para as empresas, com destaque para aquelas de menor porte, como é o exemplo do setor de saneantes, que é, em sua maioria, constituido por micro e pequenas empresas. Além de terem a obrigação de seguir os requisitos estabelecidos pelo GHS, os fabricantes de saneantes seguem as exigências da Anivsa para comercialização de seus produtos. Combinando os requisitos da Anvisa com os do GHS, percebe-se que algumas classes e categorias de perigo do GHS não se aplicam para saneantes. Com isso, o propósito desse trabalho foi desenvolver um roteiro para classificação do GHS destinado especificamente ao setor de saneantes. Para o desenvolvimento do roteiro foram elaborados fluxogramas de decisões lógicas com requisitos do GHS e exigências da Anvisa. O trabalho atingiu o seu objetivo como um todo, criando um modelo de roteiro para aplicação do GHS para o setor de saneantes. Após a aplicação do roteiro em um produto exemplo e após as discussões levantadas, percebeu-se que alguns detalhes poderiam ser melhor incorporados no roteiro. Apesar do roteiro possuir suas limitações e algumas imperfeições, acredita-se que possa contribuir de alguma forma para o setor. Ao invés dos profissionais consultarem o GHS como um todo, um guia simplificado, resumido e com particularidades do setor, pode fazer com que as indústrias tenham uma maneira mais fácil de aplicar o GHS e, assim, contribuir para que as classificações sejam realizadas de uma maneira correta

With the technology gradual increase and the need of human consumption every day new products and new substances are developed. In addition to the benefits of this modernization, there are concerns about the excessive use of chemicals. Many chemicals have potential to cause adverse effects on human health and the environment and, therefore, a few years ago the risk communication of these products in a workplace became essential and mandatory. The GHS, a globally harmonized system of classification and labeling of chemicals was created by the UN to bring harmonized criteria and elements to communicate these dangers. The GHS hazard identification is a complex and difficult procedure for the industries, especially those ones that are small, as sanitizer sector for example, which is mostly composed of micro and small companies. In addition to have the GHS obligation the sanitizer manufacturers follow the Anvisa regulation as well. Combining the Anvisa requirements with GHS ones, it is clear that some GHS hazard classes and categories do not apply for cleaning products. Thus, the purpose of this study was to develop a GHS classification guide intended specifically for sanitizer industry. To build the guide flowcharts were developed with logical decisions with GHS and Anvisa requirements. This study reached its goal as a whole, creating a guide model for GHS implementation in sanitizer industries. After the guide application in a product sample and the discussions, it was noted that some details could be better incorporated into the script of the guide. Although the guide has some limitations and imperfections, it can contribute in some way to the industry. Instead of a professional consulting GHS as a whole, a simplified, summarized and with the sanitizer particularities guide may give to the industries an easier way to apply the GHS contributing to the correct classifications
Descritores: Compostos Químicos/classificação
Risco à Saúde Humana
Cooperação Internacional
Organização Internacional
Controle da Publicidade de Produtos
Rotulagem de Saneantes
-Saúde Global
Comunicação em Saúde
Fatores de Risco
Comunicação
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; MTR2229


  10 / 32 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-771686
Autor: Weil Parodi, Weronika.
Título: Sobre los principios éticos recogidos en las pautas del Consejo de organizaciones internacionales de las ciencias médicas (CIOMS): Un análisis acerca de su aplicación a la realidad de la investigación en Chile / The ethical principles set out in the guidelines Council for International Organizations of Medical Sciences. An analysis of their actual implementation in research in Chile
Fonte: Rev. clín. periodoncia implantol. rehabil. oral (Impr.);8(3):256-259, dic. 2015.
Idioma: es.
Resumo: El presente trabajo hace una introducción al conocimiento de las pautas éticas para la investigación biomédica que propone el Consejo de organizaciones internacionales de las ciencias médicas para luego analizar las condiciones de su aplicación a la realidad de la investigación en Chile. Concluye que en Chile contamos con condiciones muy favorables para la implementación de dichas pautas, las cuales debieran canalizarse, maximizando las instancias que la institucionalidad vigente en Chile ofrece.

The present work provides an introduction to ethical guidelines for biomedical research proposed by the Council for International Organizations of Medical Sciences (CIOMS). Later, the conditions for implementing these in Chile are examined. It concluded that Chile has very favourable conditions for implementing these guidelines, which should be put into widespread use, maximising the opportunities offered by the current institutional in Chile.
Descritores: Bioética
Comissão de Ética
Ética em Pesquisa
Organização Internacional
Pesquisa Biomédica/ética
-Chile
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde