Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP8.946.819.793.761.729 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-586047
Autor: Willrich, Janaína Quinzen; Kantorski, Luciane Prado; Chiavagatti, Fabieli Gopinger; Cortes, Jandro Moraes; Pinheiro, Guilherme Weiss.
Título: Periculosidade versus cidadania: os sentidos da atenção à crise nas práticas discursivas dos profissionais de um Centro de Atenção Psicossocial / Periculosity and citizenship: the meanings of attention to the crisis in the discursive practices of the Psychosocial Healthcare Centers professionals
Fonte: Physis (Rio J.);21(1):47-64, 2011.
Idioma: pt.
Resumo: A crise, considerada a expressão da doença psíquica, refere-se a situações em que, no curso do desenvolvimento de vida, ocorrem vivências conflitivas que geram rupturas com a realidade socialmente aceita e com os laços afetivos que sustentam a pessoa. Esta pesquisa objetiva conhecer os sentidos presentes nas práticas discursivas dos profissionais acerca da atenção à crise nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS). Caracteriza-se por uma abordagem qualitativa que utiliza a perspectiva teórica do Construcionismo Social. Os dados utilizados fazem parte do banco de dados da pesquisa Avaliação dos Centros de Atenção Psicossocial da Região Sul do Brasil (CAPSUL). No presente estudo, analisamos 27 entrevistas realizadas com profissionais do Centro de Atenção Psicossocial de Alegrete e três diários de campo com o registro de 390 horas de observação. A análise dos dados identificou sentidos - periculosidade e cidadania - que foram discutidos na busca de compreender sua influência na construção de práticas de atenção à crise.

The crisis, considered the expression of mental illness, refers to situations in which, during the development of life, there are conflicting experiences that generate ruptures with the socially accepted reality and the emotional ties that sustain the person. This study aims at getting to know the meanings present in the discursive practices of professionals concerning the attention to the crisis in the Psychosocial Healthcare Centers (CAPS). It is characterized by a qualitative approach that uses the theoretical perspective of social constructionism. The data used are part of the database research Evaluation of Psychosocial Healthcare Centers in Southern part of Brazil - CAPSUL. In this study, 27 interviews with professionals from the Psychosocial Healthcare Center of Alegrete city and three field diaries with the record of 390 observation hours were analyzed. Data analysis identified the meanings - periculosity and citizenship - which were discussed in an attempt to understand their influence on the construction of attention practices to the crisis.
Descritores: CITIZEN PARTICIPATION
Enfermagem Psiquiátrica/ética
Hospitais Psiquiátricos/ética
Hospitais Psiquiátricos
Hospitais Psiquiátricos/tendências
Inter-Relação por Periculosidade
Pessoal de Saúde/ética
-Desinstitucionalização/ética
Desinstitucionalização/história
Desinstitucionalização/tendências
Políticas de Controle Social/ética
Políticas de Controle Social/história
Políticas de Controle Social/tendências
Psicotrópicos/farmacologia
Serviços Comunitários de Saúde Mental/ética
Serviços Comunitários de Saúde Mental
Serviços de Saúde Mental/ética
Serviços de Saúde Mental
Serviços de Saúde Mental/tendências
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde