Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP9.120.010.020 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 9 [refinar]
Mostrando: 1 .. 9   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 9 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-970768
Autor: Carboni, Rosadélia Malheiros; Reppetto, Maria Angela; Nogueira, Valnice de Oliveira.
Título: Erros no exercício da enfermagem que caracterizam imperícia, imprudência e negligência: uma revisão bibliográfica / Errors in nursing practice that characterize malpractice, recklessness and neglect: a bibliographic review / Los errores en la pratica de enfermería que carecterizan la ineptitud, la imprudencia y la negligencia: una revisión de la literatura
Fonte: Rev. Paul. Enferm. (Online);29(1/3):100-107, nov. 14, 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Fatores relacionados ao ambiente, ao cliente e ao próprio profi ssional podem implicar em danos decorrentes de imperícia, negligência e imprudência, portanto o estudo objetivou buscar o conhecimento sobre\r\no que já foi publicado acerca dos erros no exercício da enfermagem que caracterizam imperícia, negligência\r\ne imprudência. Pesquisa bibliográfi ca com 29 referências entre 1997 e 2009, em bases de dados LILACS\r\ne BDENF, home page do COREN-SP e ANVISA e bibliotecas presenciais, realizada de janeiro a julho de\r\n2010. Encontrados erros, como: contenção exagerada de paciente agitado, administração errônea de\r\nmedicamentos, documentação insufi ciente do ocorrido durante a jornada de trabalho. Estes erros podem\r\ngerar desde danos remediáveis até óbito. Os protocolos criados para minimizar e ou anular as chances de\r\nerros são bastante pertinentes como também a adesão e a participação efetiva das entidades de classe\r\nda enfermagem na luta desta causa.

Factors related to the environment, the customer and the professional may result in damages for\r\nmalpractice, negligence and recklessness. The study had to objective to gather knowledge about what\r\nhas been published about the errors in nursing practice that characterize malpractice, negligence and\r\nrecklessness. It was bibliography's research with 29 references between 1997 and 2009 in the databases\r\nLILACS and BDENF home page COREN-SP and ANVISA and classroom libraries, conducted from January\r\nto July 2010. It found errors, such as containment of agitated patients exaggerated, wrong administration\r\nof medications, insuffi cient documentation of what happened during the workday. The errors may have\r\nirreparable consequences such as death.The protocols designed to minimize or cancel and chances for \r\nerror are very relevant as well as adherence to and effective participation of professional associations of\r\nnursing in the fight for this cause.

Factores relacionados con el medio ambiente, el cliente y el profisiónale puede resultar en daños y\r\nperjuicios con la ineptitud, la imprudencia y la negligencia. El estudio tuvo como objetivo reunir el\r\nconocimiento acerca de lo que se ha publicado acerca de los errores en la práctica de enfermería que\r\ncaracterizan a la ineptitud, la imprudencia y la negligencia. Es una pesquisa bibliográfica con 29 referencias entre 1997 y 2009 en las bases de datos LILACS y BDENF página de inicio COREN SP y ANVISA\r\ny bibliotecas de aula, realizado de enero a julio de 2010. Se encuentran errores, como la contención\r\nde pacientes agitados exagerada, la administración incorrecta de los medicamentos, la documentación\r\ninsuficiente de lo que sucedió durante la jornada laboral. Los errores pueden causar daño ya subsanado\r\nhasta la muerte. Los protocolos diseñados para minimizar o anular y las posibilidades de error son muy\r\npertinentes, así como la adhesión y la participación efectiva de las asociaciones profesionales de la\r\nenfermería en la lucha por esta causa.
Descritores: Enfermagem
Imperícia
Imprudência
Culpa
Imperícia
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR30.1 - Biblioteca


  2 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-968904
Autor: Garza-Elizondo, María Eugenia; Zarate-Saldaña, María Socorro; Salinas-Martínez, Ana María; Núñez-Rocha, Georgina Mayela; Villarreal-Ríos, Enrique.
Título: Atribuciones del paciente respecto al origen de los accidentes de tránsito y violencia / Transit accidents origin and violence, patient attributions
Fonte: Rev. enferm. Inst. Mex. Seguro Soc;11(1):5-11, Enero-Abril 2003. tab.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: En la actualidad las lesiones producidas por accidentes de tránsito o por violencia son un serio problema de seguridad en las comunidades, como tal originan un incremento en la demanda de los servicios de atención traumatológica. Objetivo: Determinar, en personas que sufren un accidente de tránsito y violencia, las atribuciones que les dan, al origen y evolución de sus síntomas; así como los pesos culturales de éstas; independiente del tipo de accidente, edad, sexo, escolaridad, remuneración económica y presencia de adicciones. Material y métodos: Se seleccionaron en forma consecutiva a 60 víctimas de lesiones de accidentes de tránsito o por violencia, que fueron atendidos en un hospital de tercer nivel de atención en Monterrey, México. Los datos se obtuvieron mediante la técnica de listado libre; se analizaron mediante frecuencias y pesos culturales. Resultados: Los individuos atribuyeron el origen de los accidentes viales a la imprudencia y ésta fue dependiente del género; las mujeres lo atribuyeron más al cansancio. El origen del evento con violencia más mencionado fue alcohol y drogas y varió por edad, género, presencia de adicción y remuneración económica. Evolución satisfactoria fue la atribución más común al hecho de sentirse mejor; las mujeres y quienes recibían remuneración económica, señalaron a la atención médica; mientras el grupo de pacientes que sufrieron violencia, la más mencionada fue gracias a Dios no perdí la vida. Discusión y conclusiones: Predominaron como atribuciones la imprudencia en accidentes viales, mientras que en los de violencia, fueron las drogas, alcohol e imprudencia. Ya se ha reportado la presencia de drogas ilegales, alcohol y medicamentos como factores importantes en lesiones por accidentes.

Introduction: At present injuries produced by a transit accident or violence event represents a very serious safety problem for communities. As expected they also increase utilization of specialized health care. Objective: To determine cultural weights and attributions of origin and evolution of syntoms in patients with a transit accident or violence event, independent of type of accident, age, sex, education, income and illegal drug usage. Material and methods: Sixty victims of a transit accident or violence event attending a social security tertiary hospital were consecutively selected, in Monterrey, Mexico. Information was obtained through the free listing technique. Analysis consisted of frequency distributions and estimation of cultural weights (value of cognitive significance plus a combination of frequency and order of attribute mention). Results: Individuals attributed their transit accident to carelessness and it was dependent of sex; women attributed the event more frequently to worn-out. Individuals with a violence event attributed it to alcohol and drugs and varied according to age, sex, usage of illegal drugs and income. Satisfactory evolution was the most common attribution for feeling better; women and persons with an income mentioned more frequently medical care. The most common feeling better attribution for a violent event was Thanks God my life was not lost. Discussion and conclusions: Carelessness predominated for a transit accident origin and ilegal drugs and alcohol for a violence origin. Literature also reports illegal drugs, alcohol and medicines as important factors related to accidents.
Descritores: Centros de Traumatologia
Violência
Ferimentos e Lesões
Traumatologia
Acidentes de Trânsito
Transtornos Relacionados ao Uso de Álcool
Comportamento Perigoso
Imprudência
Usuários de Drogas
Exposição à Violência
Uso Indevido de Medicamentos
Hospitais Especializados
-México
Limites: Seres Humanos
Responsável: MX346.1 - CENAIDS - Centro Nacional de Investigación Documental en Salud


  3 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-663522
Autor: Campos, Juarez de Queiroz; Devesa, Lícia de Queiroz Campos; Presoto, Lúcia Helena.
Título: Administração de saúde: dicas para evitar problemas ético-legais / Administration health: tips for avoiding ethical and legal problems.
Fonte: São Paulo; Jotacê; 1997. 112 p.
Idioma: pt.
Descritores: Aborto
Eutanásia
Imprudência
Infanticídio
Imperícia
Charlatanismo
Declarações
Responsável: BR75.1 - Biblioteca
BR75.1; 614, C157ads. 2136


  4 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-526939
Autor: Carvalho, Bruno Ramalho de.
Título: Onde está o erro médico? / Where is the medical error?
Fonte: Femina;37(3):173-175, mar. 2009.
Idioma: pt.
Descritores: Responsabilidade Civil
Ética Médica
Erros Médicos/ética
Erros Médicos/tendências
Imprudência
Imperícia
Imperícia
Relações Médico-Paciente
Má Conduta Profissional
Responsável: BR1365.1 - Biblioteca Biomédica A - CB/A


  5 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-477741
Autor: Bitencourt, Almir Galvão Vieira; Neves, Nedy Maria Branco Cerqueira; Neves, Flávia Branco Cerqueira Serra; Brasil, Israel Soares Pompeu de Souza; Santos, Lívia Siqueira Costa dos.
Título: Análise do erro médico em processos ético-profissionais: implicações na educação médica / Medical error analysis in ethics investigations: implications on medical education
Fonte: Rev. bras. educ. méd;31(3):223-228, set.-dez. 2007. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste trabalho é avaliar as características dos Processos Ético-Profissionais (PEP) com denúncia de infração por erro médico e discutir a importância da educação médica na sua prevenção. O principal artigo do Código de Ética Médica que caracteriza o erro médico é o artigo 29. Trata-se de um estudo descritivo em que foi feita uma revisão de todos os PEP julgados no Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb) de 2000 a 2004. Dos 372 médicos processados no Cremeb no período, 42,7 por cento (n = 159) foram denunciados no artigo 29. Destes, a maioria (78,6 por cento) era do gênero masculino, e a idade média era de 44 anos. As especialidades mais freqüentes foram: Ginecologia-Obstetrícia (24,8 por cento), Cirurgia Geral (9,4 por cento) e Anestesia (7,4 por cento). A maioria das denúncias de erro médico se deu em atendimento público (80,1 por cento, n = 109) e relacionada a atos cirúrgicos (66 por cento, n = 97). Foi identificada negligência em 67,3 por cento (n = 107) das denúncias, imprudência em 23,3 por cento (n = 37) e imperícia em 8,8 por cento (n = 14). Apenas 23,9 por cento (n = 38) foram considerados culpados, enquanto 31,4 por cento (n = 50) foram absolvidos por falta de provas e 44 por cento (n = 70) por comprovada inocência. Conclui-se que o erro médico é uma freqüente causa de denúncias contra médicos no Cremeb, sendo a maioria por negligência, o que justifica a necessidade de discutir e valorizar este tema cada vez mais na graduação médica.

The objective of this work was to evaluate the characteristics of Professional Ethics Investigations with denouncement of a medical error and to discuss the importance of medical education for its prevention. The main article of the Brazilian Code of Medical Ethics characterizing the medical error is article 29. In this descriptive study we reviewed all investigations carried out in the Regional Council of Medicine of the State of Bahia (Cremeb) from 2000 to 2004. From the 372 doctors investigated by the Cremeb during the period, 42.7 percent (n = 159) were denounced according to article 29. From these, most were male (78.6 percent) and the medium age was of 44 years. The most frequent specialties were: Gynecology-obstetrics (24.8 percent), General Surgery (9.4 percent) and Anesthesiology (7.4 percent). Most of the accusations referred to medical errors occurred in public services (80.1 percent, n = 109) and were related to surgical interventions (66.0 percent, n = 97). Negligence was identified in 67.3 percent (n = 107) of the accusations, imprudence in 23.3 percent (n = 37) and inability in 8.8 percent (n = 14). Only 23.9 percent (n = 38) were considered guilty as charged while 31.4 percent (n = 50) were absolved due to lack of proofs and 44.0 percent (n = 70) for proven innocence. We conclude that medical errors, mostly due to negligence, are a frequent cause of accusations against doctors at Cremeb, a fact showing the need of this subject being more discussed and valued in the medicine course.
Descritores: Educação Médica
Ética Médica
Imprudência
Processo Legal
Imperícia
Imperícia
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR430.1 - Biblioteca


  6 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: lil-429298
Autor: Ramos Domínguez, Benito Narey.
Título: Calidad de la atención de salud: error médico y seguridad del paciente / Quality of health care: medical error and the patient safety
Fonte: Rev. cuba. salud pública;31(3), jul.-sept. 2005.
Idioma: es.
Resumo: El propósito de este trabajo es incentivar el interés por el diagnóstico oportuno y la prevención del error médico (EM), para lo cual se hizo una revisión de la literatura nacional e internacional y se realizaron entrevistas a profesionales conocedores de este tema. Se señala la creciente preocupación por el EM en todas las latitudes, debido al número de eventos adversos que se producen, y para algunos autores representa la octava causa de mortalidad general y la sexta causa de mortalidad hospitalaria. Se analizan los antecedentes, definición, clasificación, epidemiología, factores causales y forma de enfrentar el problema. Se plantea la posibilidad y necesidad de la prevención del EM, con un enfoque amplio y eminentemente científico, que permita su control o disminución, para elevar la calidad de la atención médica y la seguridad del paciente
Descritores: Erros Médicos/efeitos adversos
Imprudência
Imperícia
Satisfação do Paciente
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  7 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-428186
Autor: Proença, José Marcelo Martins.
Título: Responsabilidade legal do médico - civil penal e administrativa / Legal responsability of the professional of healht - civil, penal, and administrative
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;15(4):332-340, jul.-ago. 2005.
Idioma: pt.
Resumo: O artigo informa sobre as responsabilidades dos profissionais de saúde em razão de sua conduta profissional, sinalizando a interpretação dos tribunais judiciais brasileiros sobre o assunto. Nesse contexto, a matéria é dividida em três tópicos distintos: implicações do Direito Civil, implicações do Direito Penal e implicações administrativas. No âmbito do Direito Civil, a atividade médica pode gerar a propositura de ações indenizatórias, em razão de uma conduta culposa que tenha gerado danos ao paciente, dependendo a condenação da comprovação de existência do nexo de casualidade. Ao lado da responsabilidadde civil dos profissionais de saúde, a atuação médica pode ensejar a instauração de inquéritos policiais e processos penais para apuração de eventual crime. O objetivo, nesse campo, é o de impor ao profissional uma penalidade pelo desvalor da ação ou da omissão. A penalidade pode ser de restrição da liberdade de ir e vir(prisão),monetária(multa) ou de outra natureza, chamada de pena alternativa (como a de prestar gratuitamente serviços à coletividade). O terceiro tópico tratado deriva dos Códigos de Ética Profissional, que regulam as profissões liberais. Ao lado das responsabilidades civil e penal , o profissional da área da saúde pode, em razão de sua conduta (omissiva ou comissiva), sujeitar-se a processo ético. Nesse caso, as penalidades possíveis são: advertência confidêncial, em aviso reservado, censura confidencial, em aviso reservado, censura pública, em publicação oficial, suspensão do exercício profissional até 30 dias, ou cassação do exercício profissional. Todas as disciplinas legislativas citadas poderão incidir em razão de um único ato médico, sujeitando-se o profissional a três processos distintos, ação de indenização na esfera civil, visando ao ressarcimento dos danos ocasionados, processo criminal, para a averiguação da prática de determinado crime, e processo ético administrativo, para a apuração de eventual transgressão de norma ética profissional.
Descritores: Responsabilidade Civil
Imprudência
Imperícia/classificação
Imperícia
Limites: Masculino
Feminino
Seres Humanos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  8 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-349720
Autor: Coutinho, Léo Meyer.
Título: Responsabilidade profissional: arts. 29 - 45 / Professional responsibility: arts. 29 - 45
Fonte: In: Coutinho, Léo Meyer. Código de ética médica comentado. Florianópolis, OAB, 2003. p.90-137.
Idioma: pt.
Descritores: Ética Médica
Prova Pericial
Responsabilidade Legal
Imperícia
Saúde do Trabalhador/legislação & jurisprudência
-Socorro de Urgência
Legislação como Assunto
Imprudência
Imperícia
Prática Profissional/ética
Prescrições de Medicamentos
Plantão Médico/ética
Responsabilidade pela Informação/legislação & jurisprudência
Serviços Médicos de Emergência/ética
Técnicas Reprodutivas/ética
Transplante
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: BR125.1 - Biblioteca
BR125.1; R W50, C871c, 2003, 3 ed


  9 / 9 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-344078
Autor: França, Genival Veloso de.
Título: Responsabilidade profissional: arts. 29 - 45 / Professional responsibility: arts. 29 - 45
Fonte: In: França, Genival Veloso de. Comentários ao código de ética médica. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2002. p.46-85.
Idioma: pt.
Descritores: Ética Médica
Prova Pericial
Responsabilidade Legal
Imperícia
Prescrições de Medicamentos
Saúde do Trabalhador/legislação & jurisprudência
-Socorro de Urgência
Legislação como Assunto
Imprudência
Imperícia
Prática Profissional/ética
Plantão Médico/ética
Responsabilidade pela Informação/legislação & jurisprudência
Serviços Médicos de Emergência/ética
Técnicas Reprodutivas/ética
Transplante
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: BR125.1 - Biblioteca
BR125.1; W50, F814c, 2002, 4 ed



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde