Base de dados : LILACS
Pesquisa : VS1.001.003.001.001.002.002.004 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 16 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 16 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-2696
Autor: Paula, Isabella Batista; Brito, Rosélia de Sousa; Marinho, Silvio Carvalho.
Título: Boas práticas: ferramenta primordial para manter a qualidade dos supermercados de São Luis - MA / Good practices: a primordial tool to maintain the quality of supermarkets in São Luis - MA
Fonte: Hig. aliment;30(260/261):43-49, 30/10/2016. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste trabalho consistiu em relatar as boas práticas como ferramenta primordial para manter a qualidade dos supermercados de São Luís ­ MA. Foram avaliadas cinco redes de supermercados diferentes, através da aplicação de checklist baseado na Resolução nº 216/2004 ANVISA-MS, nos diversos setores, tais como, padaria/confeitaria, hortifruti, açougue, peixaria, frios e laticínios e mercearia. Com a análise realizada pode-se verificar que todos os supermercados avaliados apresentam inconformidades, sendo propostas ações corretivas para saná-las.

The objective of this study is to report food safety as a primary tool for maintaining the quality of supermarkets in Sao Luis - MA. We evaluated the sanitary conditions of five supermarket chains different by applying a "checklist" based on Resolution No. 216/2004 ANVISA-MS in various industries such as bakery / confectionery, grocery, butcher, fishmonger, cold meats and dairy and grocery store. The analysis was able to verify that all supermarkets have non-conformities, corrective actions being proposed to remedy them.
Descritores: Higiene dos Alimentos
Inspeção de Alimentos/estatística & dados numéricos
Comércio
Segurança Alimentar e Nutricional
Boas Práticas de Distribuição
-Qualidade dos Alimentos
Armazenamento de Produtos
Comercialização de Produtos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  2 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-671847
Autor: Reis, Christina Rodrigues Meira; Ramos, Iara Júnia Marques; Zocratto, Keli Bahia Felicíssimo; Ribeiro Branco, Kelly Moreira Grillo.
Título: Influência do armazenamento do instrumental odontológico na manutenção da esterilidade / The effects of dental instrument storage as ragards the maintenance of sterility
Fonte: Arq. odontol;48(2):89-95, 2012. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Comparar dois ambientes bastante utilizados por acadêmicos de odontologia para armazenamento de materiais estéreis (escaninho dos alunos e armários da Central de Material de Esterilização-CME), bem como descrever suas características. Materiais e Métodos: A fim de analisar as condições de armazenamento do material clínico estéril presente nos dois locais supracitados, foram utilizados 40 bastões de vidro. Destes, armazenaram-se quinze nos escaninhos e outros quinze nos armários da CME. Cadaambiente recebeu mais cinco amostras como controle positivo. Após 7 dias de armazenamento, as amostras foram recolhidas para análise laboratorial. Aferiram-se a temperatura e a umidade da CME, utilizando um relógio Termo-Higrômetro. Além disso, foi aplicado um questionário estruturado relacionado às condições de armazenamento do material clínico estéril para 15 alunos do 8º período de um curso de graduação em Odontologia. Os dados foram analisados por meio das análises uni e bivariada, com nível de significância de5%. Resultados: A CME, de fluxo contínuo e unidirecional, apresentou-se com ventilação natural e armáriosde madeira com revestimento. A temperatura no local oscilou entre 27,5 e 29,6ºC. A umidade do ar variou de56,0 a 65,0%. A maioria dos alunos relatou armazenar materiais estéreis na CME (60%). Quanto à limpeza doescaninho, 6,7% dos acadêmicos relataram realizá-la. Na análise microbiológica, observou-se crescimento de colônias cremosas e filamentosas, com predomínio dessas em ambos os ambientes. Ao compará-los, observou se que o crescimento de ambas as colônias foi maior nos escaninhos, sendo a diferença estatisticamente significativa (p<0,05). Conclusão: Considerando-se que na CME houve menor crescimento das colôniasbacterianas e sua estrutura física se aproxima às exigências do Conselho Federal de Odontologia, o localapresentou-se mais apropriado ao armazenamento de material estéril.
Descritores: Desinfecção/normas
Desinfecção
Esterilização
-Armazenamento de Produtos
Responsável: BR365.1 - BIB - Biblioteca


  3 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965688
Autor: Coradi, Paulo Carteri; Milane, Lélia Vanessa; Camilo, Lucas Jandrey; Andrade, Maria Gabriela de Oliveira.
Título: Drying and storage of corn grains for ethanol production in Brazil / Secagem e armazenamento de grãos de milho para produção de etanol no Brasil
Fonte: Biosci. j. (Online);32(5):1175-1190, sept./oct 2016. ilus, graf.
Idioma: en.
Resumo: The aim of the present research was to evaluate the effects of drying air temperature and storage conditions used in Brazil on the quality of corn grains (Zea mays L.) for ethanol production. The experiment was set up in a completely randomized design in a (3x2x2) factorial arrangement (drying air temperatures of 80, 100 and 120 ºC vs. ambient storage conditions of 23 ºC / 60% RH and cooled to 10 ºC / 40% RH vs. storage time of zero and six months). The corn grains were harvested with a water content of 18.0% (w.b.). Then, they were dried in a convection/forced-air oven at different temperatures, until water content reached 12% (w.b.). After that, the grains were stored. It was concluded that the increase in drying air temperature reduced lipid content and starch percentage, decreasing ethanol yield to 38.74 L ton-1 of grains. Storage under refrigeration at 10 °C was favorable for the maintenance of lipid levels (+2%), starch percentage (6%) and ethanol yield (33 L ton-1 of grains). Thus, considering production conditions and weather in Brazil, grains should be dried at air temperatures up to 80 °C, and storage must be performed under refrigerated air up to 10 °C for quality assurance of maize grains in the dry season and, therefore, increased ethanol production in the industry.

O objetivo do presente trabalho foi avaliar os efeitos da secagem e as condições de temperatura do ar e armazenamento utilizadas no Brasil na qualidade de grãos de milho (Zea mays L.) para a produção de etanol. O experimento foi instalado em delineamento inteiramente casualizado, em arranjo fatorial (3x2x2) (secagem a temperatura do ar de 80, 100 e 120 ºC vs. condições de ambiente de armazenamento de 23 ºC / 60% RH e resfriamento de 10 ºC / 40% RH vs. tempo de armazenamento de zero e seis meses). Os grãos de milho foram colhidos com um teor de água de 18,0% (w.b.). Em seguida, os grãos foram secos em estufa de convecção / forçada de ar a diferentes temperaturas, até que o teor de água atingiu 12% (w.b.). Em seguida, os grãos foram armazenados. Concluiu-se que o aumento da temperatura do ar de secagem reduziu os teores de lípidos e a percentagem de amido, diminuindo o rendimento de etanol a 38,74 L ton-1 de grãos. O armazenamento sob refrigeração, a 10 °C foi favorável para a manutenção dos níveis de lípidos (+2%), percentagem de amido (6%) e rendimento de etanol (33 L ton-1 de grãos). Assim, considerando as condições de produção e clima no Brasil, os grãos devem ser secos nas temperaturas do ar de até 80 °C e o armazenamento deve ser realizado sob refrigeração do ar até 10 °C para garantir a qualidade dos grãos de milho na estação seca e, portanto, um aumento da produção de etanol na indústria.
Descritores: Produtos Agrícolas
Zea mays
Etanol
Biocombustíveis
-Armazenamento de Produtos
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  4 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-947316
Autor: Neves, Graciele; Serigatto, Edenir Maria; Dalchiavon, Flávio Carlos; Silva, Celice Alexandre.
Título: Viabilidade e longevidade de sementes de Tabebuia aurea Benth. & Hook. submetidas a diferentes métodos de armazenamento / Viability and longevity of seeds Tabebuia aurea Benth. & Hook. under different storage methods
Fonte: Biosci. j. (Online);30(3):737-742, may/june 2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: As sementes de Tabebuia aurea (sin. Handroanthus aureus Mattos), apresentam baixas taxas metabólicas, o que favorece o seu armazenamento em condições de temperaturas negativas e quando armazenadas em temperatura ambiente, há uma progressiva queda em sua viabilidade. Portanto, o objetivo é verificar a viabilidade e longevidade das sementes de Tabebuia aurea submetidas a diferentes métodos de armazenamento. Foram utilizadas no experimento 6100 sementes. Em geladeira foram armazenadas 2400 sementes, das quais 1200 foram acondicionadas em saco plástico transparente e 1200 em saco de papel Kraft. Outras 3600 sementes foram acondicionadas em temperatura ambiente, sendo 1200 sementes em saco plástico transparente, 1200 em saco de papel Kraft e 1200 em bandeja aberta. Para cada tratamento foram utilizadas quatro repetições de 25 sementes, por 12 meses, com delineamento inteiramente casualizado. As médias de germinação, plântulas normais e índice de velocidade de germinação foram transformados em (x +1)-1/2. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5%. Também foram modeladas regressões polinomiais para as variáveis estudas em função dos períodos de armazenamento das sementes. As sementes armazenadas em geladeira à 13 ºC mantiveram elevada germinação, plântulas normais e índice de velocidade de germinação durante os 360 dias de avaliação. O método indicado para o armazenamento de sementes de Tabebuia aurea é em geladeira, à 13 ºC, tanto em saco plástico quanto de papel.

Seeds Tabebuia aurea (syn. Handroanthus aureus Mattos), The seeds of Tabebuia aurea (syn. Handroanthus Mattos aureus), have low metabolic rates, which favors their storage conditions and freezing temperatures when stored at room temperature, there is a progressive decline in viability. Therefore, this study aims to determine the viability and longevity of seeds of Tabebuia aurea subjected to different storage methods. There were used 6100 seeds. In 2400 seeds were stored refrigerator, which in 1200 placed in transparent plastic bag and 1200 in Kraft paper bags. 3600 Other seeds were placed in room temperature and 1200 seeds in clear plastic bag, 1200 in Kraft paper bags and tray open in 1200. For each treatment, four replicates of 25 seeds for 12 months, with design was completely randomized. The average germination, normal seedlings and speed germination index were transformed into (x+1)-1/2. The data were submitted to ANOVA and means compared by Tukey test at 5%. Also regressions polynomials were modeled for the variables study in function of the periods of storage of the seeds. The seeds stored in the refrigerator at 13 °C maintained a high germination rate and normal seedling germination rate during the 360 days of evaluation. The method suitable for the seed storage of Tabebuia aurea is in the refrigerator at 13 °C, both in plastic and paper.
Descritores: Sementes
Germinação
Bignoniaceae
Tabebuia
-Armazenamento de Produtos
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  5 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-947029
Autor: Motta, Ludymila Brandão; Lopes, José Carlos; Zanotti, Rafael Fonsêca; Bernardes, Paula Mauri; Silva, Josimar Aleixo da.
Título: Cryostorage of sunflower seeds / Crioarmazenamento de sementes de girassol
Fonte: Biosci. j. (Online);30(2):312-319, mar./apr. 2014.
Idioma: en.
Resumo: Sunflower seeds present a great economic importance due to the high oil content. The aim of this study to evaluate the effect of storage sub-zero temperatures and the quick and slow thawing methods on the physiologic quality of seeds of Helianthus annuus, cultivars BRS 122 and BRS 324. The experiment was set up in a randomized complete design, in a factorial 2x6 (cultivars x procedures) with four replications; means were compared by the Tukey test at 5%. Were evaluated: first count and percentage of germination, mean time of germination, germination speed index, dry mass seedling, root and shoot length and stability of membranes, through electrical conductivity test solution soaking of seed. Sunflower seeds tolerate storage in sub zero temperatures up to six months; the seeds of cultivars BRS and BRS 324 122 present different answers in relation to the type of freezing and thawing.

As sementes de girassol apresentam grande importância econômica devido ao grande conteúdo de óleo. Objetivou-se neste trabalho avaliar o efeito do armazenamento em temperaturas sub-zero e os métodos de descongelamento rápido e lento sob a qualidade fisiológica de sementes de Helianthus annuus cultivares BRS 122 e BRS 324. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, num fatorial 2x6 (cultivares x procedimentos), com quatro repetições; as médias foram comparadas pelo teste de Tukey em nível de 5%. Foram avaliados: primeira contagem e porcentagem de germinação, tempo médio de germinação, índice de velocidade de germinação, massa seca de plântulas, comprimento de raiz e parte aérea e estabilidade das membranas, através de teste de condutividade elétrica da solução de embebição das sementes. As sementes de girassol toleram o armazenamento em temperaturas sub-zero até seis meses; as sementes dos cultivares BRS 122 e BRS 324 apresentam respostas diferentes em relação ao tipo de congelamento e descongelamento.
Descritores: Sementes
Criopreservação
Armazenamento de Produtos
Congelamento
Helianthus
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  6 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-946725
Autor: Loureiro, Marinalva das Neves; Figueiredo, Rossana Maria Feitosa de; Queiroz, Alexandre José de Melo; Oliveira, Emanuel Neto Alves de.
Título: Armazenamento de buriti em pó: efeito da embalagem nas características físicas e químicas / Storage buriti powder: effect of packaging on the characteristics physical and chemical
Fonte: Biosci. j. (Online);29(5):1092-1100, sept./oct. 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A secagem é um dos métodos mais utilizados na conservação de alimentos, principalmente frutos, que quando associado a uma embalagem adequada pode conservar as características do produto por longos períodos. Objetivou-se com o estudo avaliar o efeito de diferentes embalagens (polietileno e laminada) nas características físicas e químicas de buriti em pó obtido por secagem em estufa (50, 60 e 70 ºC) e armazenados a temperatura ambiente por 90 dias. A secagem da polpa de buriti foi realizada em estufa com circulação de ar, nas temperaturas de 50, 60 e 70 ºC em camada fina (4 mm). Após a secagem as amostras foram trituradas em moinho de facas e acondicionadas em dois tipos de embalagens (polietileno de baixa densidade e laminada). As embalagens contendo o pó de buriti foram termosseladas e armazenadas por um período de 90 dias à temperatura (26 ºC) e umidade relativa (78%) ambiente. Após o processamento e a cada 15 dias foram realizadas análises físicas e químicas do pó (teor de água, acidez total titulável, sólidos solúveis totais, pH, açúcares redutores, luminosidade, intensidade de vermelho e intensidade de amarelo). As amostras apresentaram aumento no teor de água e redução nos valores de pH, sólidos solúveis totais, acidez total e açúcares redutores para todas as temperaturas de secagem em ambas as embalagens utilizadas no armazenamento. Não se observou diferença significativa entre os valores de luminosidade, intensidade de vermelho e intensidade de amarelo em todo o período de armazenamento. A embalagem laminada foi mais eficiente na manutenção da estabilidade das amostras, no tocante aos parâmetros de teor de água e acidez total titulável.

Drying is one of the methods most commonly used in food preservation, especially fruits, which when combined with a suitable packaging can retain the characteristics of the product for extended periods. The objective of the study was evaluate the effect of different packaging (low density polyethylene and laminated) on the characteristics physical and chemical buriti powder obtained by drying in an oven (50, 60 and 70 ºC) and stored at room temperature for 90 days. Drying the buriti pulp was performed in an oven with circulating air at temperatures of 50, 60 and 70 °C, in thinlayer (4 mm). After drying the samples were ground in mill of knives and packed into two kinds of packages (low density polyethylene and laminated). The packages containing the buriti powder were closed and stored for a period of 90 days at room temperature (26 ºC) and relative humidity (78%) environments. After processing and each 15 days were analyzed physical and chemical powder (moisture content, total titratable acidity, total soluble solids, pH, reducing sugars, luminosity, redness and yellowness). The samples showed an increase in moisture content, and reduction in amounts of pH, soluble solids, acidity and reducing sugars for all drying temperatures in both packaging used in storage. There was no significant difference between the values of luminosity, redness and yellowness throughout the storage period. The laminated packaging was more effective in maintaining the stability of the samples with respect to the parameters of moisture content and total titratable acidity.
Descritores: Embalagem de Produtos
Arecaceae
Armazenamento de Produtos
Responsável: BR396.4


  7 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-879460
Autor: Martins, Werner Souza; Sucasas, Lia Ferraz de Arruda; Borghesi, Ricardo; Oetterer, Marília.
Título: Production, storage, and destination of seafood industry waste in five states of Brazil / Produção, armazenagem e destinação do resíduo da industrialização de pescado em cinco estados brasileiros
Fonte: Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online);54(3):238-246, 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Large quantities of waste are generated throughout the seafood supply chain. Although this material has a great potential for use (e.g. pharmaceutical industry, animal feed production), if not managed properly it represents an environmental risk. In order to meet the volume, destination, and method of storage of waste of Brazilian seafood supply chain, we got information from 29 companies that have Official Veterinary Inspection (SIF). After the industrialization of seafood only 44% on average of the total raw material is used for human consumption and 59.2% of the unused portion is discarded in landfill.(AU)

Grandes quantidades de resíduo são geradas ao longo da cadeia produtiva do pescado. Embora este material apresente um grande potencial de aproveitamento (e.g. indústria farmacêutica, produção de ração), se não for corretamente destinado, representa risco ambiental. A fim de conhecer o volume, a destinação e o método de armazenamento do resíduo produzido pela indústria do pescado no Brasil, 29 empresas de processamento de pescado, sob Serviço de Inspeção Federal (SIF), foram estudadas em todo o país. Identificou-se que cerca de 44% do total produzido é matériaprima utilizada para consumo humano, e 59,2% representa resíduo sem finalidade útil, descartado em lixões.(AU)
Descritores: Indústria Pesqueira
Resíduos Industriais/análise
Armazenamento de Produtos
-Brasil
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  8 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-786795
Autor: Grilo, Evellyn Câmara; Costa, Priscila Nunes; Gurgel, Cristiane Santos Sânzio; Bezerra, Dalila Fernandes; Bellot, Paula Emília Nunes Ribeiro; Dimenstein, Roberto.
Título: Influência do tempo de armazenamento sobre a concentração de alfa-tocoferol e gama-tocoferol em óleos vegetais / Influence of the storage time on the concentration of alpha-tocopherol and gamma-tocopherol in vegetable oils
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;74(3):216-224, jul.-set. 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O alfa- e o gama-tocoferol estão entre os homólogos da vitamina E, que possui importante papel como antioxidante. As fontes dietéticas mais ricas em vitamina E são os óleos vegetais. Este trabalho avaliou os níveis de alfa- e gama-tocoferol nos óleos de canola, girassol, milho e soja, e averiguou sua variação com o tempo de armazenamento. Os óleos vegetais foram adquiridos nos supermercados da cidade de Natal/RN, e mantidos sob temperatura ambiente e ao abrigo da luz. As análises foram realizadas em diferentes momentos durante o armazenamento (tempo 0 e após 30, 60 e 90 dias). Cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) foi usada para determinar as concentrações dos analitos. A análise estatística foi realizada utilizando-se o teste de variância (ANOVA) e as diferenças foram consideradas estatisticamente significativas quando p < 0,05. Ao final do tempo de armazenamento (90 dias) foi verificada diminuição significativa nos níveis de alfa- e gama-tocoferolde 38,7 % e 36,0 %, no óleo de canola; 42,2 % e 22,2 %, no óleo de soja; 28,3 % e 29,2 %, no óleo de girassol;39,0 % e 17,9 %, no óleo de milho, respectivamente. As concentrações de alfa- e gama-tocoferol nos óleos vegetais reduziram significativamente após armazenamento, sob as condições empregadas no estudo.

The alpha- and gamma-tocopherol are among the homologues of vitamin E which plays a key role as anantioxidant. The richest dietary sources of vitamin E are vegetable oils. This study aimed at evaluating thealpha- and gamma-tocopherol contents in oils from canola, sunflower, corn and soybeans, and to verify their variations after storage time. The vegetable oils were purchased at supermarkets in Natal / RN, and they were keptat room temperature and protected from light. The tests was made at different times during storage (time 0 and after 30, 60 and 90 days). The high performance liquid chromatography (HPLC) was used to determinetheir concentrations. The statistical analysis was performed using analysis of variance (ANOVA) test and thedifferences were considered statistically significant when p < 0.05. By the end of the storage time (90 days), thealpha- and gamma-tocopherol contents showed a significant decrease of 38.7 % and 36.0 % for canola oil; 42.2 %and 22.2 % in soybean oil; 28.3 % and 29.2 % in sunflower oil; 39.0 % and 17.9 % in corn oil, respectively.The concentrations of alpha- and gamma-tocopherol in vegetable oils significantly decreased after the storageperiod under the conditions used in this study.
Descritores: alfa-Tocoferol
gama-Tocoferol
Óleos Vegetais
Armazenamento de Produtos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  9 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-782977
Autor: JESUS, A.S.; BLANK, A.F.; ALVES, M.F.; ARRIGONI-BLANK, M.F.; LIMA, R.N.; ALVES, P.B..
Título: Influence of storage time and temperature on the chemical composition of the essential oil of Hyptis pectinata L. Poit / Influência do tempo de armazenamento e da temperatura na composição química do óleo essencial de Hyptis pectinata L. Poit
Fonte: Rev. bras. plantas med;18(1,supl.1):336-340, 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Hyptis pectinata, popularly known as “sambacaitá”, is a native medicinal herb used by local people for treating disease. Its pharmacological, antimicrobial, and medicinal properties have been reported in several studies. The essential oil of the leaves is rich in terpene compounds responsible for its properties. Because there are factors that can influence the chemical composition of essential oils, the objective of this study was to evaluate the influence of storage on Hyptis pectinata essential oil for 360 days at two different temperatures. The essential oil was distilled from dried leaves of seven-month-old plants using the hydrodistillation method, and the chemical composition was determined using GC-MS and GC/FID. The effects of storage on the essential oil Hyptis pectinata were tested over the course of a year (0, 15, 30, 60, 90, 120, 150, 180, 240, 300, and 360 days), using two temperatures: room (±32ºC) and freezer (-20ºC). The predominant compounds in the essential oil are β–caryophyllene, caryophyllene oxide, and germancrene D. The concentration of the chemical constituents of the essential oil varied depending on the storage temperature, and over the 360 days. The storage of the essential oil at room temperature over one year resulted in higher concentrations of β-elemene, α-copaene, germacrene D, caryophyllene oxide, and (E,E)-α-farnesene and lower content of α-humulene and β-caryophyllene, compared to the results obtained from storing the essential oil in a freezer. These results indicate that the essential oil should be stored in a freezer, which provides greater stability to the concentration of the chemical constituents.

RESUMO Hyptis pectinata, conhecida popularmente como Sambacaitá é uma erva medicinal nativa utilizada pela população local para o tratamento de enfermidades, cujas propriedades farmacológicas, antimicrobianas e medicinais foram relatadas em diversos estudos. O óleo essencial das folhas é rico em compostos terpênicos responsáveis pelas suas propriedades. Devido à existência de fatores que podem influenciar a composição química dos óleos essenciais, o objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do armazenamento do óleo essencial Hyptis pectinata durante 360 dias em duas temperaturas diferentes. O óleo essencial foi destilado a partir de folhas secas de plantas de sete meses de idade, utilizando o método de hidrodestilação e a composição química foi determinada usando CG-EM e CG-DIC. Os efeitos do armazenamento no óleo essencial Hyptis pectinata foram testados ao longo de um ano (0, 15, 30, 60, 90, 120, 150, 180, 240, 300 e 360 dias), utilizando duas temperaturas: ambiente (±32ºC) e freezer (-20ºC). Os compostos predominantes no óleo essencial foram o β-cariofileno, óxido de cariofileno e germancreno D e houve variação na concentração dos constituintes químicos do óleo essencial, dependendo da temperatura de armazenamento, bem como ao longo dos 360 dias. O armazenamento do óleo essencial, à temperatura ambiente ao longo de um ano resultou em maiores concentrações de β-elemeno, α-copaeno, germacreno D, óxido de cariofileno e (E, E) -α-farneseno e menores teores de α-humuleno e β-cariofileno, quando comparado com os resultados obtidos a partir de armazenamento do óleo essencial no freezer. Estes resultados indicam que o óleo essencial deve ser estocado no freezer, o que propicia maior estabilidade na concentração dos constituintes químicos.
Descritores: Química
Hyptis/classificação
Óleos Voláteis/análise
Armazenamento de Produtos
Temperatura Ambiente
-Produtos Agrícolas
Plantas Medicinais/classificação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 16 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-745403
Autor: Oliveira, Adriana Cristina de; Mussel, Ivone Coutinho; Paula, Adriana Oliveira.
Título: Armazenamento dos produtos para saúde estéreis em unidades assistenciais: estudo descritivo / Storage fo sterile procucts in healthcare units: a descriptive study
Fonte: Rev. SOBECC;19(4):188-194, out.-dez. 2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Analisar as condições dos locais de guarda dos produtos para saúde estéreis em unidades assistenciais de hospitais de grande porte de Belo Horizonte, Minas Gerais. Método: Conduziu-se um estudo exploratório, descritivo, entre maio e setembro de 2013. Utilizou-se um instrumento validado para a realização da análise descritiva. Resultados: Foram visitadas 33 unidades assistenciais, entre elas Centros de Terapia Intensiva (39,4%), Centros Cirúrgicos (33,3%) e Unidades de Pronto Atendimento (27,3%). Os locais de acondicionamento do produto foram identificados (81,8%), feitos de revestimento lavável (93,9%) e armazenados em armários fechados (75,8%). A validade da esterilização foi observada em 97% das instituições pesquisadas. Foram encontradas áreas não exclusivas para guarda de artigos esterilizados. Conclusão: Observou-se uma escassez de estudos na literatura sobre o tema. Constatou-se que as recomendações dos órgãos regulamentadores em saúde, quanto às condições de armazenamento do produto estéril nas unidades assistenciais, não estão sendo observadas em sua totalidade...
Descritores: Almoxarifado Central Hospitalar/organização & administração
Segurança do Paciente
Armazenamento de Produtos
Esterilização
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR442.1 - Biblioteca Setorial de Pós-Graduação



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde