Base de dados : LILACS
Pesquisa : VS2.001.003.001.005.001 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 5 [refinar]
Mostrando: 1 .. 5   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 5 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-782608
Autor: Queiroz, Dayanna Joyce Marques; Moura, Everlane Ferreira; Cunha, Manuela Alves da; Medeiros, Anna Cecília Queiroz de.
Título: Avaliação da contaminação por bromato em pães do tipo francês / Analysis on the occurrence of bromate contamination in French type bread
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;73(2):233-237, abr.-jun. 2014. graf.
Idioma: pt.
Resumo: O setor de panificação no Brasil tem realizado esforços para acompanhar as tendências de um mercadoexigente e competitivo, e uma das alternativas tem sido os agentes oxidantes. O bromato de potássio(KBrO3) é um agente oxidante que fortalece as cadeias de glúten. Apesar de benefícios tecnológicose econômicos, sua toxicidade como aditivo alimentar tem sido demonstrada. No Brasil o emprego doKBrO3 é proibido em qualquer quantidade nas farinhas e nos produtos de panificação. Foram investigadasamostras de pão Francês provenientes de 25 pontos comerciais, que foram analisadas em triplicatas,totalizando-se 75 ensaios. A determinação de bromatos foi realizada em duas etapas: primeiramente pelaprova de triagem utilizando-se o método analítico qualitativo, para identificar amostras positivas paraagentes oxidantes e, posteriormente, a determinação de BrO3- usando o reativo fucsina-bissulfito. Em todasas amostras foram detectados agentes oxidantes. Na análise confirmatória de bromato, foi identificadaa presença deste aditivo em amostras de seis estabelecimentos dos 25 analisados, correspondendo àfrequência de 24 % nas amostras examinadas. Este estudo mostra que apesar da proibição do emprego deKBrO3 em produtos de panificação, há ainda o uso deste componente pelos estabelecimentos comerciais,e isto representa risco à saúde da população...
Descritores: Aditivos Alimentares
Bromatos/toxicidade
Contaminantes Químicos em Alimentos
Contaminação de Alimentos
Potássio/toxicidade
Pão/análise
Limites: Humanos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  2 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-847720
Autor: Bueno, Lígia.
Título: Estudo e fabricação de dispositivos inteligentes (línguas e narizes eletrônicos) visando à discriminação de contaminação em alimentos / Study and development of smart devices (electronic nose and tongues) aiming at discrimination of contamination in food samples.
Fonte: São Paulo; s.n; 2016. 151 p. tab, graf, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Instituto de Química para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A proposta da presente tese foi desenvolver dispositivos inteligentes (língua e nariz eletrônicos/ colorimétrico) de baixo custo para discriminar amostras de alimentos contaminados quimicamente e biologicamente. Um dispositivo "optoeletrônico" à base de membranas poliméricas coloridas com indicadores de pH foi utilizado para discriminar compostos voláteis emitidos por micro-organismos (aminas liberadas pelos processos de deterioração dos alimentos e que são produto da descarboxilação de aminoácidos em alimentos predominantemente proteicos). As aminas avaliadas nesse estudo foram: isobutilamina, isopentilamina e trietilamina. O limite de detecção de 5 ppm das aminas foi alcançado utilizando o dispositivo "optoeletrônico" e, esse sistema, também foi testado em amostras reais de carne contaminadas obtendo uma boa discriminação das amostras com e sem as aminas. Aminas biogênicas (cadaverina, tiramina e putrescina) também foram testadas obtendo uma separação pelo gráfico de escores. Em uma segunda etapa o dispositivo também foi avaliado para discriminar quatro espécies de bactérias (Klebsiella pneumoniae, Proteus vulgaris, Proteus mirabilis e Escherichia coli) incubadas a 37°C e 25°C. Em ambos os casos o dispositivo inteligente utilizou um smartphone para registrar as imagens que atuou como detector para extração dos dados de RGB das imagens. A partir dessas informações (valores de RGB), as ferramentas quimiométricas PCA (do inglês Principal Component Analysis, Análise de Componentes Principais) e HCA (do inglês Hierarchical Cluster Analysis, Análise de Agrupamentos Hierárquicos) foram utilizadas para discriminar as amostras e a k-NN (do inglês kth Nearest Neighbor, k- vizinhos mais próximos) para validar o método. Em uma terceira etapa, uma língua eletrônica voltamétrica foi fabricada para discriminar amostras de leite adulteradas com melamina, ureia e formaldeído contendo concentrações finais de 0,95; 4,16 e 10,0 mmol L-1, respectivamente. Essa língua voltamétrica foi composta por três eletrodos metálicos: platina, ouro e cobre e dados voltamétricos foram utilizados como dados de entrada para as ferramentas quimiométricas (PCA e HCA). Foram testados três tipos de leite (integral, desnatado e semidesnatado) de três diferentes marcas e todos eles puderam ser discriminados com sucesso. O trabalho também apresenta a utilização de MIPs (polímeros molecularmente impressos - do inglês, molecularly imprinted polymers) como alternativa para detecção e discriminação de alimentos contaminados fazendo uso da impressão (cavidades) de substâncias químicas contaminantes ou das proteínas específicas de cada micro-organismo presente no processo de deterioração dos alimentos

The present thesis aimed at development of low cost smart devices (electronic tongue and colorimetric nose) to discriminate chemically and biologically contamination in food samples. An "optoelectronic" plastic-based device with colored membranes contained pH indicator was used to discriminate volatile compounds released by microorganisms, due to the deterioration process of protein in food by the organisms. The amines evaluated in this study were: isobutylamine, isopentylamine and triethylamine, achieving a detection limit of 5 ppm. Such system was also tested in real meat samples contaminated with individual amines obtained a good discrimination of samples with and without studied compounds. Biogenic amines (cadaverine, tyramine and putrescine) were also tested and discriminated. In a second step, the device was also evaluated to discriminate four bacteria species (Klebsiella pneumoniae, Proteus vulgaris, Proteus mirabilis and Escherichia coli) incubated at 37 ° C and 25 ° C. In both cases, a smartphone was used as detector to extract RGB values of the samples. From extracted information (RGB values), the chemometric tools PCA (Principal Component Analysis) and HCA (Hierarchical Cluster Analysis) were used to discriminate samples and k-NN (kth Nearest Neighbor) was evaluated to validate the method. In a third stage, a voltammetric electronic tongue was developed to discriminate adulterated milk samples with melamine, urea and formaldehyde. This voltammetric electronic tongue was fabricated using three working electrodes: platinum, gold and copper and the voltammetric data was used as input data for chemometric tools (PCA and HCA). Three types of milk (whole, skimmed and semi-skimmed) from three different brands were tested and all of them could be successfully discriminated
Descritores: Nariz Eletrônico/estatística & dados numéricos
Contaminação de Alimentos/prevenção & controle
-Bactérias
Poluentes Biológicos
Fenômenos Químicos/análise
Colorimetria/instrumentação
Contaminantes Químicos em Alimentos
Doenças Transmitidas por Alimentos/prevenção & controle
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T 543, B928e. 30100025800-Q


  3 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-834298
Autor: Arisseto, Adriana Pavesi; Vicente, Eduardo; Furlani, Regina Prado Zanes; Toledi, Maria Cecília de Figueiredo.
Título: Estimate of dietary intake of chloropropanols (3-MCPD and 1, 3-DCP) and health risk assessment / Estimativa da ingestão de cloropropanóis (3-MCPD e 1,3-DCP) e avaliação do risco à saúde
Fonte: Cienc. tecnol. aliment;33(supl. 1):125-133, Fev. 2013. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: Chloropropanols, including 3-monochloropropane-1,2-diol (3-MCPD) and 1,3-dichloropropan-2-ol (1,3-DCP), comprise a group of chemicalcontaminants with carcinogenic and genotoxic properties. They have been found in a variety of processed foods and food ingredients, suchas hydrolyzed vegetable protein, soy sauce, cereal-based products, malt-derived ingredients, and smoked foods. This study aimed to assessthe dietary exposure to 3-MCPD and 1,3-DCP in Brazil and verify whether the presence of these substances in foods could represent healthrisks. The intake was calculated by combining data on food consumption, provided by the Consumer Expenditure Survey 2008-2009, withthe levels of contaminant occurrence determined by gas chromatography-mass spectrometry. The exposure to 3-MCPD ranged from 0.06 to0.51 µg.kg bw–1.day–1 considering average and high consumers, while the intake of 1,3-DCP was estimated to be 0.0036 µg.kg bw–1.day–1 inthe worst case scenario evaluated. Based on these results, it was verified that the Brazilians' exposure to chloropropanols does not present asignificant health risk. However, the consumption of specific foods containing high levels of 3-MCPD could exceed the provisional maximumtolerable daily intake of 2 μg.kg bw–1 established for this compound and, therefore, represent a potential concern.

Os cloropropanóis, entre eles o 3-monocloropropano-1,2-diol (3-MCPD) e o 1,3-dicloropropan-2-ol (1,3-DCP), compreendem um grupo de contaminantes químicos com propriedades carcinogênicas e genotóxicas, encontrados em diversos alimentos processados e ingredientes alimentícios, como proteína vegetal hidrolisada, molho de soja, produtos à base de cereais, ingredientes derivados de malte e alimentos defumados. Este trabalho teve como objetivo avaliar a exposição ao 3-MCPD e 1,3-DCP pela dieta no Brasil e verificar se a presença destes compostos em alimentos pode representar um risco à saúde da população. A ingestão foi calculada combinando-se dados sobre o consumo alimentar, fornecidos pela Pesquisa de Orçamento Familiares 2008-2009, com os níveis de ocorrência dos contaminantes, determinados por cromatografia gasosa – espectrometria de massas. A exposição ao 3-MCPD variou de 0,06 a 0,51 µg.kg pc–1.dia–1 considerando médios e grandes consumidores, enquanto que a ingestão de 1,3-DCP foi estimada em 0,0036 µg.kg pc–1.dia–1 no pior cenário avaliado. Com base nesses resultados, verificou-se que a exposição aos cloropropanóis não representa um risco significativo à saúde da população brasileira.Entretanto, o consumo de determinados alimentos contendo altos níveis de 3-MCPD poderia ultrapassar a ingestão diária máxima tolerável provisória de 2 μg.kg pc–1 estabelecida para este composto e, assim, representar uma preocupação potencial.
Descritores: Carcinógenos/toxicidade
Contaminantes Químicos em Alimentos
Mutagênicos/toxicidade
-Ingestão de Alimentos
Alimentos Industrializados
Limites: Humanos
Responsável: BR25.1 - Biblioteca


  4 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-729887
Autor: Mallet, A.C.T.; Cardoso, M.G; Souza, P.E.; Machado, S.M.F.; Andrade, M.A.; Nelson, D.L.; Piccoli, R.H.; Pereira, C.G.
Título: Chemical characterization of the Allium sativum and Origanum vulgare essential oils and their inhibition effect on the growth of some food pathogens / Caracterização química e efeito inibitório dos óleos essenciais de Allium sativum e Origanum vulgare frente ao crescimento de alguns patógenos de alimentos
Fonte: Rev. bras. plantas med;16(4):804-811, oct.-dic. 2014. graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: This study sought to evaluate the chemical composition of the Allium sativum and Origanum vulgare essential oils and their effect on the growth inhibition of microorganisms, such as P. aeruginosa, S. Choleraesuis, A. flavus, A. niger and P. simplicissimum, important food contaminants. The main constituents of the oregano essential oil were 4-terpineol (27.03%), γ-terpinene (20.04%), and β-cymene (6.34%), and the main constituents of the garlic essential oil were diallyl trisulfide (38, 81%), diallyl disulfide (25.23%), and methyl allyl trisulfide (12.52%). Inhibition zones were formed in in vitro tests on the bacteria S. Choleraesuis and P. aeruginosa, except for A. sativum against P. aeruginosa. The inhibition of mycelial growth caused by the oregano essential oil occurred with the concentrations of 0.10, 0.03 and 0.05 mg mL-1 for the A. flavus, A. niger and P. simplicissimum fungi, respectively. The CMI for the garlic oil began at the 0.03 mg mL-1 concentration for all species of fungi. The oils presented an inhibitory effect against the microorganisms studied and constitute an alternative for microbiological control in food.

Objetivou-se avaliar a composição química e o efeito inibitório dos óleos essenciais de Allium sativum e Origanum vulgare frente ao crescimento dos micro-organismos Pseudomonas aeruginosa, Salmonella Choleraesuis, Aspergillus flavus, Aspergillus niger e Penicillium simplicissimum, importantes patógenos causadores de contaminações em alimentos. Para quantificação e identificação dos constituintes químicos dos óleos, utilizou-se cromatógrafo gasoso acoplado a espectrômetro de massas. Os principais constituintes do óleo essencial de orégano foram o 4-terpineol (27,03%), γ-terpineno (20,04%), β-cimeno (6,34%), e do alho, o dialil trissulfeto (38,81%), dialil dissulfeto (25,23%), metil alil trissulfeto (12,52%). Os resultados dos testes in vitro sobre as bactérias S. Choleraesuis e P. aeruginosa indicaram a formação de halo de inibição e revelaram o efeito inibitório para os referidos óleos, exceto para o óleo de A. sativum frente a P. aeruginosa. Para os fungos A. flavus, A. niger e P. simplicissimum a inibição do crescimento micelial provocada pelo óleo essencial de orégano ocorreu a partir das concentrações de 0,10, 0,03 e 0,05 µg mL-1, respectivamente, sendo que a CMI para o óleo de alho iniciou-se a partir da concentração 0,03 µg mL-1 para todas as espécies de fungos. Foi possível verificar que os óleos possuem efeito inibitório sobre os microrganismos estudados, sendo, portanto, uma alternativa no controle microbiológico de alimentos.
Descritores: Química
Alho/metabolismo
Noxas/efeitos adversos
Óleos Voláteis/química
Origanum/farmacologia
-Contaminantes Químicos em Alimentos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 5 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Id: lil-501186
Autor: Nicaragua. Servicio de Información Mesoamericano sobre Agricultura Sostenible.
Título: Transgénicos: un peligro para la vida / Transgenics: a danger to life.
Fonte: Managua; ICCO;IVOS;UNITE; jul. 007. 36 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El Servicio de Información Mesoamericano sobre Agricultura Sostenible (SIMAS) pone a disposición una nueva publicación para mostrar cuales son las verdaderas intensiones de esta nueva invasión que se muestra en forma de cultivos transgénicos y los enormes peligros que esto tiene para la biodiversidad y para la salud humana. Con el contenido de este documento se pretende estimular la agricultura sostenible y agroecológica. Esto es un llamado para que las organizaciones y familias campesinas, organizaciones de la sociedad civil, universidades e instituciones del Estado, colaboren para establecer normas y leyes que protejan nuestra biodiversidad y nuestro derecho como ciudadanos a consumir alimentos sanos que formen parte de nuestra cultura
Descritores: Biodiversidade
Contaminação de Alimentos
Microbiologia de Alimentos
Contaminantes Químicos em Alimentos
Doenças Transmitidas por Alimentos
Plantas Geneticamente Modificadas
Responsável: NI1.1 - BNS - Biblioteca Nacional de Salud
NI1.1; NWA240, 1975, 1



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde