Base de dados : LILACS
Pesquisa : VS2.002.002.001.001.001.002 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 5 [refinar]
Mostrando: 1 .. 5   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 5 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1290669
Autor: Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Medicamentos, Insumos y Drogas. Dirección de Farmacovigilancia, Acceso y Uso de Medicamentos. Unidad Funcional de Uso Racional de Medicamentos.
Título: Manual de buenas prácticas de dispensación / Dispensation good practice manual.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Medicamentos, Insumos y Drogas. Dirección de Farmacovigilancia, Acceso y Uso de Medicamentos. Unidad Funcional de Uso Racional de Medicamentos; Dic. 2017. 32 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La presente publicación describe un conjunto de normas, establecido con el objetivo de asegurar un uso adecuado de los medicamentos, estableciendo criterios, metodologías y requisitos para el cumplimiento de las buenas prácticas de dispensación de productos farmacéuticos establecidas en el Reglamento de Establecimientos Farmacéuticos aprobado por Decreto Supremo Nº 021-2001-SA
Descritores: Assistência Farmacêutica
Qualidade dos Medicamentos Homeopáticos
Atenção à Saúde
Boas Práticas de Dispensação
Dispensários de Medicamentos
Medicamentos de Venda Assistida
Tipo de Publ: Manual de Referência
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  2 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1255042
Autor: Packeiser, Priscila Becker; Castro, Mauro Silveira de.
Título: Avaliação do processo de dispensação de medicamentos na saúde indígena por meio da simulação de atendimento / Drug dispensing process evaluation in Brazilian indigenous health care using simulation
Fonte: Clin. biomed. res;41(1):39-47, 2021. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A atuação do farmacêutico no atendimento da população indígena ainda é pouco explorada no Brasil. Em 2016, foi realizado curso de capacitação em parceria com o Ministério da Saúde e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul para profissionais farmacêuticos atuantes na saúde indígena visando atender as necessidades e especificidades desta população específica. Uma das etapas do curso foi a realização da simulação da dispensação de medicamentos como forma de aprimoramento e consolidação dos conhecimentos. Métodos: Estudo transversal e retrospectivo que avaliou as gravações das simulações de dispensação de medicamentos a pacientes indígenas através de formulário específico. Resultados: A pontuação geral dos participantes variou de 2,4 a 8,3 pontos. Os casos de infecção pediátrica foram os que apresentaram o pior desempenho entre os participantes. A média de tempo para realização da dispensação foi de 8,8 minutos. Em relação ao conhecimento técnico, os participantes apresentaram uma média de 4,4 pontos. Conclusão: O baixo desempenho dos participantes nas simulações reflete o despreparo dos farmacêuticos para realizarem a dispensação de medicamentos a pacientes indígenas. As limitações quanto as barreiras linguísticas e culturais foram identificadas de forma marcante na avaliação das simulações. (AU)

Introduction: The pharmacist's role in providing care to the indigenous population is still little explored in Brazil. In 2016, a training course sponsored by the Ministry of Health and the Federal University of Rio Grande do Sul was offered for pharmaceutical professionals working in indigenous health care to meet the needs and specificities of this population. One of the course sections was based on drug dispensing simulation as a way of improving and consolidating knowledge. Methods: This cross-sectional, retrospective study evaluated recordings of drug dispensing simulations with indigenous patients using a specific form. Results: The overall score of the participants ranged from 2.4 to 8.3 points. The cases of pediatric infection had the worst performance among the participants. The mean dispensing time was 8.8 minutes. Regarding technical knowledge, the participants had a mean score of 4.4 points. Conclusion: The poor performance of the participants in the simulations reflects pharmacists' lack of preparation to dispense medications to indigenous patients. Limitations regarding language and cultural barriers were markedly identified in the evaluation of simulations. (AU)
Descritores: Simulação de Paciente
Saúde de Populações Indígenas
Dispensários de Medicamentos
-Estudos Transversais
Educação à Distância/métodos
Responsável: BR18.1 - Biblioteca FAMED/HCPA


  3 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1179410
Autor: Beltrán Delgado, Mailin; Perdomo Delgado, Johann; González Pla, Evelyn Anie; Pérez Romero, Marilda; Rosales Pérez, Maribel; Delgado Iznaga, Emilio.
Título: Producción y consumo de fitofármacos y apifármacos durante la pandemia de COVID-19 en Cuba, marzo a junio de 2020 / Production and consumption of phytopharmaceuticals and apipharmaceuticals during the COVID-19 pandemic in Cuba, March to June 2020
Fonte: Rev. peru. med. integr;5(3):95-99, 2020. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Objetivos. Determinar el aporte del personal de los servicios farmacéuticos comunitarios al aseguramiento de la producción de fitofármacos y apifármacos elaborados a nivel localdispensarial, incluidos en el protocolo de actuación nacional para la COVID-19, así como el consumo de estas formulaciones. Materiales y métodos. Se realizó un estudio retrospectivo, observacional, descriptivo y longitudinal, donde se analizaron los informes mensuales de producción, en el período comprendido entre marzo y junio. De estos se obtuvo la información de los diez fitofármacos y apifármacos seleccionados. Se determinaron los planes de producción para cada una de estas formulaciones y su cumplimiento, así como el consumo de estos. Resultados. Entre marzo y junio se produjeron en el país 7 401 001 unidades de los diez fitofármacos y apifármacos seleccionados, el 125,5% de lo planificado. De ellos, la mayor producción correspondió al orégano jarabe 10% (1 725 156 unidades) y al Imefasma jarabe (1 648 037 unidades). El aloe jarabe (50%) y la cebolla jarabe (10%) fueron los dos fitofármacos con mayor porcentaje de producción con respecto al plan. La Habana fue la provincia con el mayor volumen de producción (1 315 008 unidades); la menor producción correspondió al municipio especial Isla de la Juventud (18 107 unidades). De las 7 401 001 unidades producidas en el período, se consumieron 6 754 910 (91,3%). Conclusiones. Desde los servicios farmacéuticos se aseguró la producción, a nivel local-dispensarial, de los diez fitofármacos y apifármacos seleccionados para el enfrentamiento de la pandemia de COVID-19 en Cuba. Se sobrepasó la producción de todos estos fitofármacos y apifármacos y su consumo fue alto.

Objectives. To determine the contribution of the staff of the community pharmaceutical services to ensuring the production of phytopharmaceuticals and apipharmaceuticals produced at the local-dispensary level, included in the national action protocol for COVID-19, as well as the consumption of these formulations. Materials and methods. It was carried out a retrospective, observational, descriptive, and longitudinal study, where the monthly reports of production were analyzed, in the period from March to June. From these, the information of the ten selected phytopharmaceuticals and apipharmaceuticals was obtained. The production plans for each of these formulations and their compliance were determined, as well as their consumption. Results. Between March and June, 7,401,001 units of the ten selected phytopharmaceuticals and apipharmaceuticals were produced in the country, 125.5% of what was planned. Of these, the highest production corresponded to oregano syrup 10% (1,725,156 units) and Imefasma syrup (1,648,037 units). Aloe syrup (50%) and onion syrup (10%) were the two phytopharmaceuticals with the highest percentage of production with respect to the plan. Havana was the province with the highest production volume (1 315 008 units); the lowest production corresponded to the special municipality Isle of Youth (18 107 units). Of the 7,401,001 units produced in the period, 6,754,910 (91.3%) were consumed. Conclusions. From the pharmaceutical services, it was ensured the production, at a local-dispensary level, of the ten phytopharmaceuticals and apipharmaceuticals selected for the confrontation of the COVID-19 pandemic in Cuba. The production of all these phytopharmaceuticals and apipharmaceuticals was surpassed and their consumption was high.
Descritores: Infecções por Coronavirus/epidemiologia
Apiterapia
Fitoterapia
-Cuba
Dispensários de Medicamentos
Medicina Tradicional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1053548
Autor: Maia, Jacione Lemos Botelho; Batista, Rosângela Fernandes Lucena; Rosa, Mário Borges; Melo, Jorgileia Braga de; Silva, Francimary Martins; Carneiro, Sueli.
Título: Fatores associados a erros de dispensação de medicamentos: contribuição à melhoria de sistemas de medicação / Factors associated with medication dispensing errors: contributions to improve medication systems / Factores asociados a errores de dispensación de medicamentos: contribución para mejorar los sistemas de medicación
Fonte: Rev. enferm. UERJ;27:e44633, jan.-dez. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: identificar tipos de erros na dispensação de medicamentos (ED), analisar fatores associados e propor medidaspara prevenção de acidentes. Método: estudo transversal realizado com 5.604 medicamentos dispensados em hospital universitário brasileiro, em 2016/2017. Após obtenção dos dados, pela aplicação de checklist e abertura dos kits de dispensação, utilizou-se regressão hierarquizada ajustada para identificação dos fatores associados ao ED. Resultados: os ED ocorreram em 236 medicamentos e os métodos de cálculo mostraram as taxas: 4,2%, 7,3% e 24,9%. Os principais erros foram de conteúdo por desvio de qualidade e de omissão. No modelo final da regressão, permaneceram associadas ao aumento da chance de ED as variáveis: turno da noite e presença de fonte de interrupção/distração. Conclusão: a frequência de ED foi mais baixa quando se utilizou o método de cálculo do Ministério da Saúde. Os fatores relacionados ao turno noturno e ao uso de fontes de interrupção/distração podem estar associados a ED, especialmente a omissão.

Objective: to identify types of medication dispensing (DE) errors, to analyze its associated factors and to propose action for preventing accidents. Method: a cross-sectional study was performed with 5,604 drugs dispensed in a Brazilian teaching hospital, in 2016/2017. After data collection, by applying a checklist and opening dispensing kits, adjusted hierarchical regression was applied to identify factors associated with DE. Results: DE occurred in 236 medications and calculation methods led to the rates: 4.2%, 7.3%. and 24.9%. The main dispensing errors were related to content, due to quality deviation, and omission. In the final regression model, the following variables remained associated with an increased chance of DE: overnight shift and the presence of interruption/distraction sources. Conclusion: the frequency of DE was low when using the calculation method of the Brazilian Ministry of Health. Factors related to the night shift and the use of interruption/distraction sources can be associated with DE, especially those related to omission.

Objetivo: identificar los tipos de errores en la dispensación de medicamentos (ED), analizar los factores asociados y proponer medidas de prevención de accidentes. Método: estudio transversal realizado con 5,604 medicamentos dispensados en un hospital universitario brasileño, en 2016/2017. Después de obtidos los datos, aplicando un checklist y abriendo los kits de dispensación, se utilizó la regresión jerárquica ajustada para identificar los factores asociados con la DE. Resultados: ocurrió ED en 236 medicamentos y los métodos de cálculo mostraron las tasas: 4.2%, 7.3% y 24.9%. Los principales errores fueron de contenido debido a la desviación de calidad y la omisión. En el modelo de regresión final, las variables: turno nocturno y presencia de fuentes de interrupción/distracción permanecieron asociadas con mayor probabilidad de ED. Conclusión: la frecuencia de DE fue menor cuando se utilizó el método de cálculo del Ministerio de Salud. Los factores relacionados con el turno nocturno y el uso de fuentes de interrupción/distracción pueden estar asociados con DE, especialmente la omisión.
Descritores: Dispensários de Medicamentos
Segurança do Paciente
Erros de Medicação
Erros de Medicação/efeitos adversos
Erros de Medicação/prevenção & controle
Sistemas de Medicação
-Estudos Transversais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  5 / 5 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1096752
Autor: Quadros, Maida Rosane Rodrigues.
Título: Dispensação de medicamentos: proposta de implantação do sistema de distribuição por dose unitária / Dispensing of medicines: proposal for the implementation of the unit dose distribution system.
Fonte: Canoas; s.n; 1997. 69 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Luterana do Brasil para obtenção do grau de Bacharel.
Resumo: Dentro do contexto hospitalar a farmácia desempenha um importante papel no que se refere à produção, controle e dispensação de medicamentos. Para que essas atividades sejam desenvolvidas em perfeita sincronia, é necessário dotá-la de uma área física condizente com suas necessidades, devendo possuir uma boa localização, terá que contar com pessoal treinado e ter uma infra-estrutura material adequada. Entre as funções básicas da farmácia hospitalar, tem-se o sistema de distribuição de medicamentos que, de acordo com sua eficiência e eficácia, irá garantir o sucesso das terapêuticas e profilaxias instauradas. Este trabalho mostra um estudo entre os sistemas de distribuição coletiva, o sistema de distribuição por prescrição individual e o sistema de distribuição por dose unitária, comparando suas vantagens e desvantagens.Como o sistema de distribuição por dose unitária mostrou-se mais vantajoso para a redução de custos, como também um alto nível de qualidade, foi detalhado como deve ser feita a implantação deste sistema no que se refere a etapas, condições indispensáveis, estrutura física e organizacional, avaliação e correção do sistema
Descritores: Farmácias
Farmacologia
Preparações Farmacêuticas
Dispensários de Medicamentos
-Preparações Farmacêuticas/provisão & distribuição
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR1751.1 - Biblioteca
BR1751.1; 615, Q1d



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde