Base de dados : LILACS
Pesquisa : VS2.004.001 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 13 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 13 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-848197
Autor: de Oliveira, Adriana Cristina; Mati, Maria Leticia.
Título: Indicações e limitações dos diferentes detergentes utilizados no processamento de produtos para a saúde / Indications and limitations of different detergents used in the processing of health products / Indicaciones y limitaciones de los detergentes diferentes utilizados en el procesamiento para la salud
Fonte: Rev. SOBECC;22(2):106-114, abr.-jun 2017.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Identificar estudos que abordem indicações e limitações dos diferentes detergentes utilizados no processamento de produtos para a saúde. Método: Revisão integrativa que incluiu publicações presentes nas bases de dados Scientific Eletronic Library Online, Science Direct, Scopus, Web of Science e PubMed, no período de 2000 a 2016, nos idiomas inglês e português. Resultados: Foram identificados nove estudos. Os detergentes alcalinos apresentam boa remoção de sujidades, são indicados para uso em equipamento automatizado, adequados em processos que utilizem água dura e compatíveis com instrumentais cirúrgicos de aço inoxidável. Podem danificar o produto para a saúde e reagir com alumínio, zinco, metais não ferrosos, borracha e látex. Detergentes enzimáticos são compatíveis com diversos materiais e, devido à presença de enzimas, removem diferentes sujidades do instrumental. Conclusão: Embora os detergentes alcalino e enzimático possuam similaridades, a escolha do produto exige o conhecimento da sua ação, observando as características de uso, compatibilidade com o produto para a saúde e qualidade da água.

Objective: To identify studies that address indications and limitations of different detergents used in the processing of medical devices. Method: Integrative review that included publications in Scientific Electronic Library Online, Science Direct, Scopus, Web of Science and PubMed, from 2000 to 2016, in English and in Portuguese. Results: Nine studies were identified. Alkaline detergents remove dirt well, its use is indicated for automated equipment, and they are suitable in processes that use hard water, compatible with surgical stainless steel instruments. They may damage the medical device and react with aluminum, zinc, non-ferrous metals, rubber and latex. Enzymatic detergents are compatible with various materials and, due to the presence of enzymes, remove different types of dirt from the instrument. Conclusion: Although alkaline and enzymatic detergents present similarities, the choice of the product requires knowledge of its action, observing the characteristics of use, compatibility with the medical device and water quality.

Objetivo: Identificar los estudios que abordan indicaciones y limitaciones de diferentes detergentes utilizados en el procesamiento de productos de salud. Método: Revisión integrada que incluye publicaciones presentes en las bases de datos Scientific Electronic Library Online, Science Direct, Scopus, Web of Science y PubMed, de 2000 a 2016, en los idiomas Inglés y Portugués. Resultados: Se identificaron nueve estudios. Los detergentes alcalinos tienen buena eliminación de impurezas, están indicados para su uso en equipos automatizados, los procedimientos adecuados utilizando agua dura compatibles e instrumental acero inoxidable quirúrgico. Pueden dañar la salud del producto, y reaccionar con aluminio, zinc, metales no ferrosos, caucho y látex. Detergentes enzimáticos son compatible con diversos materiales y, debido a la presencia de enzimas, eliminan diferentes suciedades de los instrumentales. Conclusión: Aunque detergentes alcalinos y enzimáticos presenten similitudes, la elección del producto requiere el conocimiento de su acción, observando las características de uso, compatibilidad con el producto para la salud y la calidad del agua.
Descritores: Detergentes
Equipamentos e Provisões
Saneantes
-Esterilização
Desinfecção
Eficácia
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR2499


  2 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-796316
Autor: Kobayashi, Elizabete Mayumy; Hochman, Gilberto.
Título: De patológicos a higiênicos: os lares modernos e a imprensa no Brasil pós-Segunda Guerra Mundial / From pathological to hygienic: the modern homes and the printed press in Brazil in the post-Second World War / De patológicos a higiénicos: los hogares modernos y la prensa en Brasil después de la Segunda Guerra Mundial
Fonte: Interface comun. saúde educ;20(59):967-979, oct.-dic. 2016. ilus.
Idioma: pt.
Projeto: CNPq.
Resumo: Este artigo discute a patologização dos lares brasileiros como estratégia dos publicitários e anunciantes para convencer as donas de casa de que a solução dos problemas com insetos era o consumo de produtos industrializados. Eletrodomésticos, inseticidas e produtos de limpeza eram oferecidos como capazes de transformar as casas “doentes” em ambientes higiênicos e saudáveis. Nos anos de 1940 a 1960, o Brasil buscava consolidar seu parque industrial e seu mercado consumidor, o que tornava necessário substituir as soluções caseiras e tradicionais por produtos ditos modernos. O argumento deste trabalho é que essa oferta de soluções modernas para os problemas de manutenção de um lar salubre encontrou uma cultura da higiene já estabelecida nas classes médias urbanas brasileiras.

This paper discusses pathologization of the Brazilian homes as a strategy of media advertising to convince housewives that manufactured products were the most efficient resources to deal with domestic insects. Appliances, insecticides and cleaning products were offered as being capable of turning “sick” houses into hygienic and healthy environments. From 1940s to 1960s Brazil tried to consolidate its industrial park. As part of this process a market of so-called modern consumer goods were supposed to replace homemade and traditional solutions. This study argues that those modern solutions aimed at maintaining a healthy house found a culture of hygiene already established among Brazilian urban middle classes.

En este artículo se analiza la “patologización” de los hogares brasileños como estrategia publicitaria para convencer a las amas de casa respecto a que los insectos domésticos podían ser eficazmente combatidos con el consumo de productos electrodomésticos, insecticidas y artículos de limpieza. De las décadas del ’40 a los ‘60 Brasil buscó consolidar su parque industrial y un mercado de consumo que apuntaba a remplazar las soluciones caseras y tradicionales por nuevos y modernos productos que prometían convertir hogares percibidos como enfermos en ambientes higiénicos y saludables. El argumento central del trabajo subraya que esta oferta de soluciones modernas frente a los desafíos de gestionar un ambiente hogareño sano operó sobre una cultura de la higiene que ya estaba bien establecida entre las clases medias urbanas brasileñas.
Descritores: Higiene
Imprensa
Saneantes
-Brasil
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação


  3 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-964349
Autor: Oshio, Leonardo Toshio; Guerra, Martha de Oliveira.
Título: Métodos em toxicologia do sistema reprodutor masculino e fertilidade em roedores / Methods in toxicology of the male reproductive system and fertility in rodents
Fonte: Rev. interdisciplin. estud. exp. anim. hum. (impr.);1(3):148-152, Setembro 2009.
Idioma: pt.
Resumo: A influência de fatores ambientais na fertilidade masculina vem sendo cada vez mais discutida. A despeito de diferenças regionais e étnicas da população humana e falta de padronização de técnicas de contagem de espermatozóides, diversos estudos demonstraram que, ao longo dos anos, houve redução da fertilidade masculina humana; tal redução se deve provavelmente à modificação do estilo de vida, fatores ocupacionais e da exposição a substâncias e a agentes físicos. Dentre as substâncias potencialmente capazes de causar infertilidade destacam-se novos medicamentos, produtos químicos como plásticos, agentes de limpeza e pesticidas. Além da perda de fertilidade, a radiação ionizante e os quimioterápicos podem ocasionar alterações genéticas nas células germinativas com conseqüentes manifestações neoplásica e de malformações, além de infertilidade nos descendentes. Diante do exposto, ressaltamos a necessidade de estudos pré-clínicos em animais de laboratório, a fim de apontar substâncias com capacidade de alterar a reprodução e a fertilidade dos mamíferos e, a partir daí, calcular-se o risco para o ser humano. Nesse sentido, os testes para avaliação da toxicidade reprodutiva são de extrema importância e precisam ser gradativamente aprimorados.

The influence of environmental factors on male fertility has been increasingly discussed. Despite regional and ethnic differences in human population and lack of standardization of techniques for sperm count, several studies have shown that over the years, a reduction of human male fertility, such a reduction is probably due to modification of lifestyle, occupational factors and exposure to substances and physical agents. Among the substances that can potentially cause infertility stand out new drugs and chemicals such as plastics, cleaning agents and pesticides. Besides the loss of fertility, ionizing radiation and chemotherapy may cause genetic changes in the germ cells with subsequent manifestations of cancer and malformations, and infertility in the offspring. Given the above, we emphasize the need for preclinical studies in laboratory animals, to point substances capable of altering the reproduction and fertility in mammals and, from there, calculate the risk to humans. In this sense, tests to evaluate reproductive toxicity are extremely important and must be gradually improved.
Descritores: Exposição Ocupacional
Testes de Toxicidade
Estresse Ocupacional
Infertilidade Masculina/epidemiologia
Estilo de Vida
-Plásticos/efeitos adversos
Roedores
Contagem de Espermatozoides
Exposição a Praguicidas
Saneantes
Animais de Laboratório
Limites: Animais
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-983095
Autor: Díaz, Rubén Alberto.
Título: La Limpieza del hogar.
Fonte: La Plata; Servicop; 2017. 131 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Guía práctica para ser usada en hogares, centro de atención medica, asilos, hospedajes de todo tipo. Contiene las bases para llevar a cabo la correcta limpieza de cada uno de los lugares, en los cuales se necesita asear de manera correcta
Descritores: Produtos para Limpeza Geral
Serviço Hospitalar de Limpeza
Saneantes
-Limpeza Urbana
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Livros de Texto
Responsável: AR381.1 - Centro de Documentación de Excelencia en Salud
AR381.1; AMBIENTE110


  5 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-939600
Autor: São Paulo (Cidade). Secretaria da Saúde. Coordenação de Vigilância em Saúde.
Título: Orientações sobre produtos saneantes domisanitários.
Fonte: São Paulo; SMS; 2007. 61 p. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Controle e Fiscalização de Saneantes
Risco Sanitário
Vigilância Sanitária
Rotulagem de Saneantes
Embalagem de Saneantes
Saneantes
-Segurança de Produtos ao Consumidor
Detergentes
Desinfetantes
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Aulas
Responsável: BR58.1 - Biblioteca
BR58.1; 614.3, S239o. 2172


  6 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Spanó, Júlio César Emboava
Barbin, Eduardo Luiz
Id: lil-724349
Autor: Hasse, Milena Goveia Mathies; Gonçalves, Juliana Freitas; Spano, Julio Cesar Emboava; Silveira, Luiz Fernando Machado; Martos, Josué; Barbin, Eduardo Luiz.
Título: Efeito solvente das soluções de hipoclorito de sódio, comercializadas na região de Pelotas/RS, sobre o tecido pulpar bovino / Solvent effect of sodium hypochlorite solutions commercialized in Pelotas / RS, on bovine pulp tissue
Fonte: Dent. press endod;4(2):45-51, maio-ago. 2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: avaliar a dissolução de tecido pulpar bovino nas soluções de hipoclorito de sódio comercializadas na região de Pelotas/RS. Métodos: foram testados o líquido de Dakin, a solução de Milton, licor de Labarraque e soda clorada duplamente concentrada, aviadas em farmácias de manipulação e adquiridas em lojas de materiais odontológicos. Avaliaram-se, também, as águas sanitárias das marcas Qboa, Clorofina e Brilhante, adquiridas em estabelecimentos comerciais, e uma solução aviada em farmácia de manipulação. Para a realização dos testes de dissolução tecidual, utilizou-se uma bomba peristáltica contendo 15ml de solução de hipoclorito de sódio, na qual foram inseridos fragmentos de polpa bovina, previamente seccionados, em frações de 10mm de sua porção central. Os dados de dissolução pulpar, segundo diferentes delineamentos, foram submetidos ao teste de normalidade de Anderson-Darling, que direcionou para os testes paramétricos ou não-paramétricos. Resultados: os hipocloritos a 5% exibiram a maior capacidade de solver o tecido pulpar bovino, enquanto o líquido de Dakin exibiu a menor, e os produtos a 2,5% e de 2,0 a 2,5% exibiram capacidade intermediária de dissolução pulpar bovina. A capacidade de solver o tecido pulpar bovino não foi observada na totalidade das amostras testadas
Descritores: Polpa Dentária
Dissolução
Saneantes
Hipoclorito de Sódio
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR510.1 - Biblioteca Central


  7 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-712307
Autor: Mucio Correia, Laiane; dos Santos Campos, Ana Paula; Ferreira Martins, Beatriz; Felix de Oliveira, Madga Lúcia.
Título: Vigilância de efeitos adversos de saneantes em trabalhadores hospitalares: um relato de experiência / Surveillance of adverse effects of sanitizers among hospital workers: an experience report / Vigilancia de efectos adversos de saneantes en trabajadores hospitalarios: un relato de experiência
Fonte: Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) = Braz. j. health promot;26(3), set. 2013. ilus.
Idioma: pt; en.
Resumo: Relatar como acontece a vigilância epidemiológica da intoxicação por saneantes utilizando o método de busca ativa de trabalhadores hospitalares que sofreram efeitos adversos. Síntese dos dados: Relato das atividades de extensão universitária desenvolvidas no Centro de Controle de Intoxicações do Hospital Universitário Regional de Maringá (CCI/ HUM), no período de 2010 a 2011, a partir da aplicação da tríade educação-vigilânciaassistência. Participaram do estudo 25 trabalhadores hospitalares que sofreram efeitos adversos de saneantes. A coleta de dados se deu através de pesquisa documental, análise dos relatórios mensais e fichas de notificação de efeitos adversos. Em seguida, utilizou-se uma entrevista semiestruturada com os sujeitos do estudo. Os dados foram comparados com a literatura, e os resultados, apresentados em três momentos: descrição do processo de busca ativa, exposição do cenário de concepção e execução da experiência, e análise conclusiva da experiência. As principais queixas dos trabalhadores entrevistados consistiram em congestão nasal, ardência ocular, dor na garganta e cefaleia. Com relação ao uso de equipamento de proteção individual (EPI), todos os trabalhadores referiram utilizá-los, porém, oito foram encaminhados ao serviço de medicina do trabalho e receberam orientações para utilização de EPI específico. Cinco deles confirmaram adesão às orientações e todos permaneceram na mesma função. Conclusão: A vigilância epidemiológica e sanitária de efeitos adversos de saneantes em trabalhadores e pacientes do HUM tem a função de identificar, analisar e prevenir os efeitos indesejáveis advindos do uso de saneantes no âmbito hospitalar, além de investigar as notificações...

To report the epidemiological surveillance of intoxication from sanitizers using the method of active case finding of hospital workers who experienced adverse effects. Data Synthesis: Experience report of university extension activities developed at the Center for Intoxication Control of the Regional University Hospital of Maringá in the period from 2010 to 2011. The activities focused on the application of the Surveillance-Education-Assistance triad. In all, 25 hospital workers who experienced adverse effects of sanitizers participated in the study. Data collection occurred through documentary research, analysis of monthly reports, and Notification Forms for Adverse Effects. After that, a semistructured interview was conducted with the subjects. Data were compared with the literature, and the results were presented in three moments: description of the active case finding process; exposure of the settings and implementation of the experience, and conclusive analysis of the experience. The main complaints of the interviewees were nasal congestion, burning eyes, sore throat and headache. All the workers reported using Personal Protective Equipment (PPE). However, eight interviewees were referred to the occupational medical service and received guidance on the use of specific PPE. Five of them confirmed following the guidelines and all remained in the same job. Conclusion: The epidemiological and sanitary surveillance of adverse effects of sanitizers among workers and patients of the University Hospital of Maringá hasthe function to identify, analyze and prevent the adverse effects of sanitizers at the hospital and investigate the notifications...

Relatar cómo ocurre la vigilancia epidemiológica de la intoxicación por saneantes utilizando el método de búsqueda activa de trabajadores hospitalarios que sufrieron los efectos adversos. Síntesis de datos: Relato de las actividades de extensión universitaria desarrolladas en el Centro de Control de Intoxicaciones del Hospital Universitario Regional de Maringá (CCI/HUM) en el período de 2010 y 2011 con la aplicación de la tríade educación-vigilancia-asistencia. Participaron Del estudio 25 trabajadores hospitalarios que sufrieron los efectos adversos de saneantes. La recogida de datos se dio a través de una investigación documental, análisis de informes mensuales y fichas de notificación de efectos adversos. Después se utilizo una entrevista semi-estructurada con los sujetos del estudio. Los datos fueron comparados con la literatura y los resultados fueron presentados en tres momentos: descripción del procesode búsqueda activa, exposición del escenario de concepción y ejecución de la experiencia y análisis conclusivo de la experiencia. Las principales quejas de los trabajadores entrevistados consistieron en congestión nasal, ardor ocular, dolor de garganta y cefalea. Respecto al uso de equipo de protección individual (EPI), todos los trabajadores refirieron su utilización, sin embargo, ocho de ellos fueron encaminados al servicio de medicina del trabajo y recibieron orientaciones sobre la utilización de EPI específico. Cinco de ellos confirmaron la adhesión de las orientaciones y todos permanecieron en la misma función. Conclusión: La vigilancia epidemiológica y sanitaria de los efectos adversos de saneantes en trabajadores y pacientes del HUM tiene la función de identificar, analizar y prevenir los efectos indeseables del uso de saneantes en el ámbito hospitalario, además de investigar lãs notificaciones...
Descritores: EPIDEMIOLOGICAL SURVEILLANCE
Saúde do Trabalhador
Envenenamento
Saneantes
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  8 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: lil-711342
Autor: São Paulo (Cidade). Secretaria da Saúde. Coordenação de Vigilância em Saúde.
Título: Orientações sobre produtos saneantes domisanitários / Guidelines on cleaning sanitizing products.
Fonte: São Paulo; SMS; 2007. 61 p. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Controle e Fiscalização de Saneantes
Risco Sanitário
Vigilância Sanitária
Rotulagem de Saneantes
Embalagem de Saneantes
Saneantes
-Segurança de Produtos ao Consumidor
Detergentes
Desinfetantes
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Aulas
Responsável: BR58.1 - Biblioteca
BR58.1; 614.3, S239o. 2172


  9 / 13 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Bugno, Adriana
Texto completo
Id: lil-706164
Autor: Santa Bárbara, Maria Cristina; Miyamaru, Lígia Luriko; Yano, Helena Miyoco; Almodovar, Adriana Aparecida Buzzo; Lima, Renata de França; Auricchio, Mariângela Tiririco; Bugno, Adriana.
Título: Qualidade de saneantes e antissépticos utilizados em hospitais da rede pública / Quality of the sanitizing and products used in public hospitals
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;71(4):650-655, out.-dez. 2012. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Neste estudo, foi avaliada a qualidade de produtos saneantes e antissépticos utilizados em hospitais da rede pública, por terem papel relevante como medida de controle e prevenção das infecções e doenças. O presente estudo, proveniente do Programa de Monitoramento do Município de São Paulo, avaliou 54 produtos, dos quais 47 contidos em embalagens originais lacradas e sete previamente diluídos nos hospitais. Vinte e seis amostras de detergentes e desinfetantes foram avaliadas quanto aos parâmetros microbiológicos, pH e teor de substância ativa; 25 antissépticos e três produtos esterilizantes foram analisados somente quanto ao teor de componente ativo. Cinco das amostras de desinfetantes em embalagem original estavam em desacordo com a legislação vigente, no que diz respeito ao componente ativo, à ausência de atividade antimicrobiana e/ou rotulagem. Sobre as amostras de desinfetantes diluídos nos hospitais, 60 por cento não apresentaram atividade antimicrobiana. Das 13 amostras de detergentes, 30,8 por cento demonstraram contaminação microbiana, e em três amostras foi detectada a ocorrência de Pseudomonas, o que indica a necessidade de melhoria nos processos de fabricação. Os produtos antissépticos e detergentes foram considerados satisfatórios em relação aos demais ensaios realizados. Ressalta-se, ainda, a escassez de publicações de dados de programas de monitoramento de produtos dessas categorias no nosso país.
Descritores: Anti-Infecciosos Locais
Gestão da Qualidade
Hospitais Públicos
Saneantes
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  10 / 13 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-667058
Autor: Oliveira, Vívian Louise Soares de; Caetano, Roberta de Matos; Gomes, Fátima de Cássia Oliveira.
Título: Avaliação da qualidade de saneantes clandestinos comercializados em Belo Horizonte, Minas Gerais / Assessment of the quality of unlicensed home-made sanitizing products sold in Belo Horizonte, Minas Gerais
Fonte: Rev. ciênc. farm. básica apl;33(4), dez. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Os saneantes representam uma variedade de agentes de limpeza, incluindo os desinfetantes. Os saneantes clandestinos não passam por nenhum tipo de avaliação quanto à eficácia e possíveis contaminações, portanto o consumidor não tem segurança ao utilizá-lo. Este trabalho teve por objetivo analisar amostras de saneantes clandestinos comercializadas quanto aos parâmetros de rotulagem, qualidade microbiológica e físico-química e a avaliação da eficácia. A contagem de micro-organismos e a pesquisa de patógenos foram determinadas conforme indicado na Farmacopéia Brasileira. A avaliação da eficácia das amostras foi realizada pela determinação da atividade antimicrobiana de produtos desinfetantes por meio da redução da carga microbiana frente a micro-organismos patogênicos. 91% das amostras apresentaram rótulos em desacordo com a Legislação. O teste de Capacidade Inibitória indicou que, para inibir possíveis contaminações, os saneantes clandestinos possuem maior quantidade de princípio ativo do que o indicado nos rótulos e do que o determinado pela Legislação. Além disso, nove amostras apresentaram como princípio ativo o formaldeído, conservante banido das formulações de desinfetantes. Nove amostras apresentaram contaminação por bactérias e/ou fungos. O teste de eficácia indicou que aproximadamente 50% das amostras não foram eficazes contra micro-organismos testados e que não houve redução da carga microbiana nos tempos testados. As amostras analisadas podem oferecer riscos aos consumidores e fabricantes, uma vez que os resultados indicaram que o processo de produção não segue as Boas Práticas de Fabricação, além de serem importantes para reafirmar as ações preventivas, na conscientização dos fabricantes e consumidores pela busca de produtos de qualidade.

The term sanitizer includes a variety of cleaning agents, including disinfectants. Unlicensed home-made sanitizing products do not undergo any kind of quality control to attest to their effectiveness and lack of contamination, so do not ensure consumer safety. Therefore, the aim of this study was to analyze samples of clandestine home-made sanitizers sold in the local market, to check microbiological and physicochemical quality and labeling and assess their effectiveness. Total viable counts of microorganisms and pathogens were determined as indicated in the Brazilian Pharmacopoeia. Effectiveness was assessed by challenging the product with pathogenic microorganisms and antimicrobialactivity was determined by the reduction of the bacterial load. Results showed that 91% of the samples had labels violating current legislation. The analysis indicated that, to guarantee inhibitory capacity, home-made sanitizers had a higher level of active ingredient than indicated on their labels and than allowed by legislation. In addition, nine samples had formaldehyde as the active ingredient, a preservative banned as a component of disinfectants. Nine samples were contaminated by bacteria and/or fungi. The antimicrobial challenge test showed that approximately 50% of the samples were ineffective against the microorganisms tested, with no reduction in the microbial load. The present study points to home-made sanitizers as risks to consumers and manufacturers. Results indicate that the production process does not follow Good Manufacturing Practice, hence they are very significant in reaffirming preventive practices and making manufacturers and consumers aware of the need to seek products of certified quality.
Descritores: Contaminação
Controle de Qualidade
Saneantes
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde