Base de dados : LILACS
Pesquisa : VS2.004.001.002 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 119 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 12 ir para página                         

  1 / 119 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-901502
Autor: García Ariza, Leidy Lorena; Olaya Montes Quim, Jorge Humberto; Sierra Acevedo, Jorge Iván; Padilla Sanabria, Leonardo.
Título: Actividad biológica de tres Curcuminoides de Curcuma longa L. (Cúrcuma) cultivada en el Quindío-Colombia / Biological activity of three curcuminoids from Curcuma longa L. (turmeric) grown in Quindío, Colombia
Fonte: Rev. cuba. plantas med;22(1), ene.-mar. 2017. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: Curcuma longa L. es una planta de la familia Zingiberaceae distribuida en las regiones tropicales y subtropicales, utilizada en la industria alimentaria, en medicina y en cosmética. Su colorante principal es la curcumina, un polifenol con múltiples efectos medicinales. Objetivos: obtener, caracterizar químicamente y evaluar la actividad biológica de tres curcuminoides de C. longa, cultivada en el Quindío-Colombia. Métodos: se purificaron tres curcuminoides (curcumina (C), demetoxicurcumina (DMC) y bisdemetoxicurcumina (BDMC) desde el rizoma de la planta, en estado seco, por cromatografía en columna y se caracterizaron por punto de fusión, espectroscopía infrarroja (IR), espectroscopía UV-vis y espectrometría de masas. Se evaluó la actividad antimicrobiana en bacterias y hongos por el método modificado de pozos de agar, la citotoxicidad sobre células BHK-21 por el método de bromuro de 3-(4,5- dimetiltiazol-2-ilo)-2,5-difeniltetrazol (MTT) y la toxicidad sobre Artemia salina. Finalmente se determinó el efecto de los curcuminoides en células BHK-21 infectadas con dengue virus 2. Resultados: la curcumina presentó mayor punto de fusión (177,3 ºC-183,2 ºC). El espectro IR reveló los grupos funcionales característicos y el UV-vis indicó máximos de absorción para curcumina, demetoxicurcumina y bisdemetoxicurcumina de 419, 418 y 414 nm en cloroformo, respectivamente. El espectro de masas mostró m/z para C: 368, DMC: 338 y BDMC: 308. Se encontró actividad antimicrobiana frente a Staphylococcus aureus y Staphylococcus epidermidis, se determinó que BDMC presentó menor toxicidad y se evidenció mayor efecto inhibitorio sobre viriones infectivos de dengue con curcumina a 20 y 30 M. Conclusiones: la caracterización de los compuestos confirma su composición como polifenoles, lo cual se relaciona a la actividad biológica de éstos, encontrándose principalmente que la curcumina altera la infección por virus dengue en cultivo celular. Esta investigación confirma la importancia de los principios activos de plantas con amplio espectro farmacológico como C. longa(AU)

Introduction: Curcuma longa L. is a plant from the family Zingiberaceae distributed in tropical and subtropical regions and used in the food industry, in medicine and in cosmetics. Its main coloring substance is curcumin, a polyphenol with many medicinal properties. Objectives: Obtain, characterize chemically and evaluate the biological activity of three curcuminoids from C. longa grown in Quindío, Colombia. Methods: Three curcuminoids (curcumin (C), demethoxycurcumin (DMC) and bisdemethoxycurcumin BDMC) from the rhizome of the plant were purified in a dry state by column chromatography and characterized by fusion point, infrared (IR) spectroscopy, UV-vis spectroscopy and mass spectrometry. Antimicrobial activity against bacteria and fungi was evaluated by the modified agar well method, cytotoxicity to BHK-21 cells by the 3-(4,5-dimethylthiazol-2-yl)-2,5-diphenyltetrazolium bromide (MTT) method, and toxicity against Artemia salina. Finally, determination was made of the effect of the curcuminoids in BHK-21 cells infected with dengue virus 2. Results: Curcumin had the highest fusion point (177.3 ºC-183.2 ºC). IR spectroscopy revealed the characteristic functional groups and UV-vis spectroscopy showed maximum absorption values for curcumin, demethoxycurcumin and bisdemethoxycurcumin of 419, 418 and 414 nm in chloroform, respectively. Mass spectrometry found that m/z values were C: 368, DMC: 338 and BDMC: 308. Antimicrobial activity was observed against Staphylococcus aureus and Staphylococcus epidermidis. BDMC was found to have lower toxicity. A greater inhibitory effect against infective dengue virions was observed with curcumin at 20 y 30 µM. Conclusions: Characterization of the compounds confirms their polyphenolic composition, which manifests in their biological activity, mainly the capacity of curcumin to alter infection by dengue virus in cell cultures. The study corroborated the importance of the active principles of plants with a wide pharmacological spectrum, such as C. longa(AU)
Descritores: Curcuma/efeitos dos fármacos
Produtos com Ação Antimicrobiana
-Vírion
Cromatografia em Camada Delgada/métodos
Colômbia
Limites: Humanos
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  2 / 119 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Valença, Ana Maria Gondim
Texto completo
Id: lil-568481
Autor: Alves, Tallyta Maria Santos; Silva, Camila Alves; Silva, Naiana Braga da; Medeiros, Eliane Batista de; Valenca, Ana Maria Gondim.
Título: Atividade antimicrobiana de produtos fluoretados sobre bacterias formadoras do biofilme dentario: estudo in vitro / Antimicrobial activity of fluoridated products on biofi lm-forming bacteria: an in vitro study
Fonte: Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr;10(2):209-216, maio-ago. 2010.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar a atividade antimicrobiana de produtos fluoretados sobre cepas de referencia de Streptococcus mutans, Streptococcus oralis e Lactobacillus casei. Metodo: Comparou-se os produtos a base de diaminofluoreto de prata (Cariestop© a 12%, Cariostal© a 16% e o Cariestop© a 30%), gel acidulado (Flutop©) e espuma acidulada (Fluor Care©), sob a forma pura e em seis diluicoes (1:2 a 1:64), determinando-se a Diluicao Inibitoria Maxima (DIM) com a clorexidina (controle positivo). Para verificacao a DIM, utilizou-se o metodo da difusao em agar e a tecnica do agar recortado, posterior incubacao em microaerofilia por 48 horas, seguindo-se da mensuracao dos halos de inibicao. Os testes foram realizados em duplicata, procedendo-se a analise descritiva dos dados.Resultados: O Cariostal a 16% teve sua DIM de 25% sobre o S. mutans, evidenciando-se inibicao sobre o S. oralis na sua forma pura. Em relacao ao Cariestop a 30%, constatou-se que ele inibiu o S. mutans e o S. oralis na sua forma pura e na diluicao de ate 1:2, sendo o unico produto testado a formar halo de inibicao para o L. casei (forma pura). A espuma acida nao demonstrou atividade antimicrobiana sobre as cepas testadas enquanto o gel de fluorfosfato acidulado inibiu o crescimento de S. mutans e S. oralis apresentando a DIM de 50% sobre estas bacterias. Conclusao: A maioria dos cariostaticos apresentou atividade antimicrobiana sobre S. mutans e S. oralis. O gel demonstrou acao antimicrobiana sobre S. mutans e S. oralis, nao sendo evidenciado efeito sobre o L. casei enquanto tal atividade nao foi verificada para a espuma sobre as cepas testadas.

Objective: To evaluate the antimicrobial activity of fluoridated products on reference strains of Streptococcus mutans, Streptococcus oralis and Lactobacillus casei. Method: The antibacterial activity of products based on silver diamine fluoride at 12% (Cariestop©), 16% (Cariostal©) and30% (Cariestop©), acidulated phosphate fluoride gel (Flutop©) and acidulated phosphate fluoride foam (Fluor Care©) in their pure form and in 6 dilutions (1:2 to 1:64) was evaluated bydetermination of the maximum inhibitory dilution (MID), having chlorhexidine as the positive control. For determination of the MID, the agar difuusion method and the agar well techniquewere performed, followed by incubation in microaerophilia for 48 hours. The analysis of MID data was based on the measurement of the zones of bacterial growth inhibition (inmm) formed around the wells. All tests were performed in duplicate and the data were analyzed descriptively. Results: Cariostal© presented 25% MID against S. mutans, inhibited of S.oralis in its pure form. Cariestop© inhibited S. mutans and S. oralis in its a form and in dilutions up to 1:2,being the only product that formed an inhibition zone against L. casei (pure form). The acidulated phosphate fluoride foam did not show antimicrobial activity against the tested strains, thewhile acidulated phosphate fluoride gel inhibited the growth of S. mutans and S. oralis, presenting 50% MID against the bacteria Conclusion: Most cariostatic agents presented antimicrobial activity against S. mutans and S. oralis. The acidulated phosphate fluoride gel showed antimicrobial action against S. mutans and S. oralis, but had not effect against L. casei. The acidulated phosphate fluoride foam showed no antimicrobial activity against the tested strains.
Descritores: Cárie Dentária/prevenção & controle
Fluoretos
Técnicas In Vitro
Produtos com Ação Antimicrobiana
Streptococcus mutans
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 119 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-556502
Autor: Moreira, Ana Cristina Azevedo; Pereira, Marlus Henrique Queiroz; Porto, Mariana Ribeiro; Rocha, Leandro Antonio Palmeira da; Nascimento, Bruno Campos; Andrade, Péricles Maia.
Título: Avaliação in vitro da atividade antimicrobiana de antissépticos bucais / Evaluation in vitro of the antimicrobiana activity of buccal antiseptics
Fonte: Rev. Ciênc. Méd. Biol. (Impr.) = J. med. biol. sci;8(2):153-161, maio-ago. 2009. ilus, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade antimicrobiana de antissépticos bucais sobre Streptococcus mutans ATCC 25175, Pseudomonas aeruginosa ATCC 115442, Enterococcus faecalis, Staphylococcus aureus ATCC 6538 e sobre bactérias obtidas de uma amostra de saliva de 10 indivíduos. Foram analisados enxaguatórios com os seguintes antissépticos: gluconato de clorexidina a 0,12%; gluconato de clorexidina a 0,2%; cloreto de cetilpiridínio com e sem flúor; timol; triclosan com flúor; extrato de malva com flúor e xilitol e peróxido de hidrogênio. A técnica utilizada foi por difusão em ágar, método da placa com orifício, com incubação a 37ºC em aerobiose e microaerofilia. Após incubação, observou-se a presença ou a ausência de halo de inibição de crescimento em torno dos orifícios. A formação de halo demonstrou atividade antimicrobiana. Nos enxaguatórios com timol e com flúor associado ao xilitol, não foi evidenciada atividade sobre as bactérias utilizadas. Os outros enxaguatórios apresentaram eficácia sobre as bactérias, com exceção dos que continham cloreto de cetilpiridínio, que não apresentaram atividade sobre Pseudomonas aeruginosa, e do enxaguatório com malva associada ao flúor e xilitol, sem atividade sobre P. aeruginosa, S. mutans e bactérias da saliva. Os enxaguatórios com triclosan com flúor, peróxido de hidrogênio e clorexidina foram os mais efetivos, de acordo com o diâmetro dos halos de inibição formados e a metodologia utilizada. Os resultados obtidos comprovaram que substâncias antissépticas podem constituir-se em opção complementar para o controle do biofilme dental e de infecções bucais, somando-se aos métodos já preconizados e de efeitos comprovados.
Descritores: Antissépticos Bucais
Odontologia
Placa Dentária
Produtos com Ação Antimicrobiana
Responsável: BR337.1 - Biblioteca


  4 / 119 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-873961
Autor: Macêdo-Costa, Maria Regina; Pereira, Maria do Socorro Vieira; Pereira, Luciana Filgueiras; Pereira, Andréia Vieira; Rodriques, Onaldo Guedes.
Título: Atividade antimicrobiana e antiaderente do extrato da Mimosa tenuiflora (Willd). Poir. Sobre microrganismos do biofilme dentário / Antimicrobial and ant-adherent activity of the Mimosa tenuifl ora (Willd) poir extract on dental biofilm microorganisms
Fonte: Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr;9(2):161-165, maio-ago. 2009.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Determinar a atividade antimicrobiana e a capacidade de inibição da síntese do glucano in vitro do extrato da casca de Mimosa tenuiflora (Willd.) Poir. (jurema preta) sobre linhagens formadoras do biofilme dental. Método: Utilizou-se as linhagens Streptococcus mitis (ATCC 9811), Streptococcus mutans (ATCC 25175), Streptococcus sanguinis (ATCC 10557), Streptococcus sobrinus (ATCC 27609) e Lactobacillus casei (ATCC 7469). Os ensaios foram realizados pelas técnicas de ágar-difusão em placas para determinação da Concentração Inibitória Mínima (CIM) e técnica dos tubos inclinados para determinação da Concentração Inibitória Mínima de Aderência (CIMA) ao vidro, na presença de 5% de sacarose. Resultados: As Concentrações Inibitórias Mínimas (mg/mL) do extrato da Mimosa tenuiflora frente ao S. mitis, S. mutans, S. sanguis, S. sobrinus e L. casei foram 1:64, 1:64, 1:16, 1:32 e 1:64 respectivamente. Para as Concentrações Inibitórias Mínimas de Aderência, o extrato da Mimosa tenuiflora apresentou maior efeito inibitório de aderência nas linhagens de L. casei e S. sobrinus na diluição de 1:32 e S. mitis, S. mutans e S. sanguinis na diluição de 1:16. Em estudo comparativo, foi determinada a CIM e CIMA do gluconato de clorexidina a 0,12% frente a esses microrganismos, demonstrando uma efetiva ação inibitória de ambas as substâncias. Conclusão: O extrato da Mimosa tenuifl ora (Willd.) Poir produziu uma significante atividade bactericida e efeito anti aderente in vitro sobre as bactérias formadoras do biofilme dental, o que sugere a utilização dessa substância como meio alternativo e economicamente viável para o controle de infecções em Odontologia.

Objective: To assess the in vitro anti microbial activity and the glucan synthesis inhibition capacity of the extract obtained from the bark of Mimosa tenuiflora (Willd) Poir on dental biofilm-forming microbial strains. Method: The following microbial strains were used: Streptococcus mitis (ATCC 9811), Streptococcus mutans (ATCC 25175), Streptococcus sanguinis (ATCC 10557), Streptococcus sobrinus (ATCC 27609) and Lactobacillus casei (ATCC 7469). The assays were performed by the agar diffusion technique to determine the minimum inhibitory concentration (MIC) and by the inclined tube technique to determine the minimum inhibitory concentration of adherence (MICA) to glass in the presence of 5% sucrose. Results: The MICs (mg/mL) of the Mimosa tenuiflora (Willd) Poir extract against S. mitis, S. mutans, S. sanguis, S. sobrinus and L. casei were 1:64, 1:64, 1:16, 1:32 and 1:64, respectively. Regarding the MICA, the Mimosa Tenuiflora (Willd) Poir extract presented the highest inhibitory effect against L. casei and S. sobrinus in the 1:32 dilution and against S. mitis, S. mutans and S. sanguinis in the 1:16 dilution. In a comparative analysis, the MIC and MICA of 0.12% chlorhexidine gluconate against the test microorganisms were also determined, demonstrating an effective inhibitory action of both substances. Conclusion: The Mimosa tenuiflora (Willd) Poir extract had a signifi cant in vitro bactericidal activity and anti-adherent effect against dental biofilm bacteria, which suggests the use of this substance as an alternative and cost-effective means for controlling dental infections.
Descritores: Fitoterapia
Microbiologia
Mimosa/efeitos adversos
Placa Dentária
Placa Dentária/microbiologia
Produtos com Ação Antimicrobiana
-Análise Estatística
Técnicas In Vitro
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  5 / 119 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: biblio-845111
Autor: Yoko Suzuki, Érika; Caneschi, César Augusto; Costa Fochat, Romário; Fernandes Brandão, Marcos Antônio; Rezende Barbosa Raposo, Nádia.
Título: Antimicrobial activity of essential oil from Baccharis trimera (Less.) DC. (carqueja-amarga) / Aceite esencial de Baccharis trimera (Less.) DC. (carqueja-amarga): actividad antimicrobiana
Fonte: Rev. cuba. plantas med;21(3), jul.-set. 2016. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Introduction: the recent enhancement of interest in green consumerism has given rise to a renewed scientific awareness towards essential oils. Essential oil from Baccharis trimera (Less.) DC. (B. trimera) (Asteraceae) is cited as one of the ten most consumed oils by the cosmetic and other industries in Brazil. Objective: to investigate the antimicrobial activity of the essential oil from the leaves of B. trimera against Staphylococcus epidermidis ATCC 12228, Proteus vulgaris ATCC 13315, Micrococcus luteus ATCC 7468 and Corynebacterium xerosis IAL105, which are the main bacteria responsible for bad perspiration odor. Methods: the gas chromatography (GC) analysis was performed and the antimicrobial activity was evaluated by means of the turbidimetric method, using a microdilution assay. Results: ywenty constituents were identified, being that ß-pinene (23.4 percent) was the major compound found. The minimum inhibitory concentration (MIC) values of the essential oil ranged from 500 µg/mL to 1,000 µg/mL. A detrimental effect of the essential oil was observed on the morphology of cell membranes of the bacteria studied by scanning electron microscopy (SEM). Conclusions: the results demonstrate the essential oil of B. trimera has potential in the application of antimicrobial agents in personal care products(AU)

Introducción: el reciente aumento del interés por el consumo verde ha dado lugar a una renovada conciencia científica hacia a los aceites esenciales. El aceite esencial de Baccharis trimera (Less.) DC. (B. trimera) (Asteraceae) es considerado uno de los diez aceites más consumidos por la industria cosmética del Brasil. Objetivos: valorar la actividad antimicrobiana del aceite esencial de hojas de B. trimera frente al Staphylococcus epidermidis ATCC 12228, Proteus vulgaris ATCC 13315, Micrococcus luteus ATCC 7468 y Corynebacterium xerosis IAL105, que son las principales bacterias responsables del mal olor que es consecuencia de la transpiración. Métodos: se realizó la cromatografía de gases (GG) y la actividad antimicrobiana fué valorada por el método turbidimétrico, usando el ensayo de microdilución. Resultados: se identificarón veinte constituyentes, siendo el ß-pineno (23,4 por ciento) el principal compuesto encontrado. Los valores de la concentración mínima inhibitoria (CMI) del aceite esencial variaron de 500 µg/mL a 1,000 µg/mL. Se observó un efecto perjudicial del aceite esencial en la morfología de las membranas celulares de las bacterias estudiadas por microscopía electrónica de barrido (SEM). Conclusión: los resultados demuestran que el aceite esencial de B. trimera tiene potencial en la aplicación de los agentes antimicrobianos en productos de higiene personal(AU)
Descritores: Plantas Medicinais
Óleos Voláteis/uso terapêutico
Cromatografia Gasosa/métodos
Baccharis
Produtos com Ação Antimicrobiana
Microscopia Eletroquímica de Varredura/métodos
-Brasil
Limites: Humanos
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  6 / 119 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-742469
Autor: Nóbrega, Hilda do Nascimento; Ferreira, Joana Angélica Barbosa; Romão, Célia Maria Carvalho PereiraAraújo; Capasso, Ivano Raffaele Victorio de Filippis.
Título: Atividade antimicrobiana in vitro de produtos antissépticos por meio de técnica time kill / Analysis of in vitro antimicrobial activity of antiseptics products by means of time kill assay
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;72(3):226-233, 2013. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Inúmeros agentes químicos (álcoois, iodóforos, clorexidina, etc.) são utilizados em laboratórios e indústrias.Ao contrário dos desinfetantes, não há padrões e critérios específicos para avaliar a atividade de antissépticos.Neste trabalho foi estudada a atividade antimicrobiana de antissépticos, utilizando-se o ensaio Time Kill (Hobson & Bolsen), que avalia a população de micro-organismos aeróbios em período de tempo específico,diante de agentes antimicrobianos. Foram avaliadas duas metodologias de recuperação dos microorganismos: filtração por membrana e semeadura em profundidade. A filtração por membrana foi menos sensível. A semeadura em profundidade demonstrou maior sensibilidade com maior contagem de colônias.De 25 amostras de produtos, os antissépticos à base de digluconato de clorexidina foram insatisfatórios e ineficazes para todas as cepas de micro-organismos de referência, correspondendo a 20 % das amostras analisadas. Estes produtos apresentaram-se satisfatórios frente às cepas de origem clínica. Portanto, estes produtos devem ser utilizados com cautela e estudos adicionais são necessários, pois são escassas as informações sobre sua eficácia. Os dados deste estudo poderão auxiliar as ações de vigilância sanitária e de saúde pública na elaboração de futuras legislações, pois estes produtos são encontrados no comércio, massem seguir nenhuma legislação específica.

Many chemicals (alcohol, iodophor, chlorhexidine, etc) are used in laboratories and industries. Unlikedisinfectants, no specific norms and criteria have been standardized for evaluating the antiseptics activity.This study analyzed the antimicrobial activity of antiseptics using Time Kill Test (Hobson & Bolsen).This assay assessed the evolution of a population of aerobic microorganisms in a specific period oftime when tested against antimicrobial agents. Two different recovery methodologies were evaluated:membrane filtration and pour plate technique The membrane filtration assay was less sensitive. Pour platetechnique showed high sensitivity with high colonies counts. Of 25 samples of products analyzed, onlythe chlorhexidine digluconate-based antiseptics were unsatisfactory, showing no efficacy on all referencemicro-organisms strains, and corresponded to 20 % of analyzed samples. However, they were efficaciousagainst clinical strains. Therefore, these products should be used with caution and further studies areneeded, as data on its efficacy have still been scarce. These findings might give support to the healthsurveillance and public health in establishing the future legislation, as these products have been availableon the market, but without following any specific legislation.
Descritores: Anti-Infecciosos Locais
Microbiologia
Produtos com Ação Antimicrobiana
-Neutralização
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  7 / 119 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-542099
Autor: Pereira, Cristiane Aparecida; Vilela, Polyana das Graças Figueiredo; Oliveira, Luciane Dias de; Jorge, Antonio Olavo Cardoso.
Título: Ação antimicrobiana in vitro de extratos glicólicos de Psidium guajava L., Syzygium cumini L e Pimpinella anisum L / In vitro antimicrobial action of extracts glicolics of Psidium guajava L., Syzygium cumini L and Pimpinella anisum L
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;68(1):102-108, jan.-abr. 2009. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Várias pesquisas vêm sendo desenvolvidas e direcionadas no descobrimento de novos agentes antimicrobianos provenientes de plantas, para serem aplicados em produtos farmacêuticos. O objetivo deste estudo foi avaliar in vitro a propriedade antimicrobiana de extratos glicólicos (75%) de Psidium guajava L. (goiabeira), Syzygium cumini L. (jambolão) e Pimpinella anisum L. (erva-doce) sobre cepas padrão de Candida albicans, Enterococcus faecalis, Staphylococcus aureus, Streptococcus mutans, Escherichia coli e Bacillus atrophaeus (esporos). Foi determinada a concentração inibitória mínima (CIM) pelo método de microdiluição em caldo, seguindo-se de subcultivos e magar para determinar a concentração microbicida mínima (CMM). Os extratos apresentaram as seguintes CIM e CMM, respectivamente: goiabeira 25% e 50% para C. albicans, E. faecalis e E. coli; 12,5% e 25% para S. mutans, e, 3,12% e 6,25% para S. aureus; jambolão 25% e 50% para C. albicans, 12,5% e 25% para E. faecalis e S. aureus, e, 6,25% e 12,5% para E. coli e S. mutans; erva-doce 12,5% e 25% para C. albicans e S. mutans, 6,25% e 12,5% para E. faecalis e S. aureus, e 3,12% e 6,25% para E. coli. Conclui-se que, apesar da resistência apresentada por B. atrophaeus, os extratos utilizados demonstraram potencial antimicrobiano sobre os demais micro-organismos.
Descritores: Eugenia
Pimpinella
Produtos com Ação Antimicrobiana
Psidium
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  8 / 119 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-620882
Autor: Fonseca, Dimitri Ribas; Souza, Paulo Badaró de; Dumont, Vitor César; Paiva, Paula Cristina Pelli; Gonçalves, Patrícia Furtado; Santos, Maria Helena.
Título: Avaliação anti-microbiológica do ácido peracético como desinfetante para moldes odontológicos / Anti-microbial evaluation of peracetic acid as a disinfectant for dental impressions
Fonte: Arq. odontol;47(3):112-118, 2011. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Esse estudo piloto avaliou a atividade desinfetante do ácido peracético a 0,2% em corpos de prova de hidrocolóide irreversível. Materiais e métodos: Sua ação antimicrobiana foi investigada comparativamente à solução de glutaraldeído 2%, à solução de hipoclorito de sódio 2,5% e ao digluconato de clorexidina agregado à fórmula de um hidrocolóide irreversível. Foram selecionadas cepas de quatro microrganismos, Escherichia coli, Staphylococcus aureus, Bacilus proteus e Candida albicans para inoculação nos meios de cultura. As amostras de hidrocolóide irreversível foram divididas aleatoriamente em cinco grupos...
Descritores: Materiais para Moldagem Odontológica/análise
Ácido Peracético/uso terapêutico
-Desinfetantes/uso terapêutico
Produtos com Ação Antimicrobiana
Responsável: BR365.1 - BIB - Biblioteca


  9 / 119 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-544409
Autor: Albuquerque, Ana Carolina Lyra de; Pereira, Maria do Socorro Vieira; Pereira, Jozinete Vieira; Costa, Maria Regina Macedo; Higino, Jane Sheila.
Título: Efeito antimicrobiano do extrato da lippia sidoides Cham. sobre microrganismos cariogênicos / Antimicrobial effect of the lippia sidoides Cham. extract on cariogenic microorganisms
Fonte: Arq. odontol;44(4):05-10, 2008. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: É fato comprovado que a maior parte das doenças que acomete a cavidade bucal é de origem infecciosa. Várias categorias de agentes químicos têm sido utilizadas no controle químico de biofilme dental, através de estratégias que visem a redução da adesão bacteriana, inibição do crescimento e proliferação dos microrganismos na superfície do dente. A Lippia sidoides Cham. (alecrim-pimenta) é uma planta do Nordeste do Brasil, cujo óleo essencial confere a esta planta forte ação anti-séptica contra fungos e bactérias. A presente pesquisa objetivou avaliar a atividade antimicrobiana in vitro do extrato da folha da Lippia sidoides Cham. sobre microrganismos do biofilme dental. Diante dos resultados alcançados, podemos afirmar que: o extrato da Lippia sidoides Cham. possui atividade antimicrobiana frente aos microrganismos testados.
Descritores: Lippia/efeitos adversos
Placa Dentária/induzido quimicamente
-Produtos com Ação Antimicrobiana
Responsável: BR365.1 - BIB - Biblioteca


  10 / 119 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Queiroz, Lélia Maria Guedes
Texto completo
Id: lil-544394
Autor: Alves, Polliana Muniz; Pereira, Jozinete Vieira; Higino, Jane Sheila; Pereira, Maria do Socorro Vieira; Queiroz, Lélia Maria Guedes.
Título: Atividade antimicrobiana e antiaderente in vitro do extrato de rosmarinus officinalis linn. (alecrim) sobre microrganismos cariogênicos / Antimicrobial and antiadherent activity, in vitro, of rosmarinus officinalis linn. (alecrim) extract tested on cariogenic microrganisms
Fonte: Arq. odontol;44(2):5-10, 2008. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A atividade antimicrobiana e antiaderente in vitro do extrato do alecrim (Rosmarinus officinalis Linn.) foram avaliadas sobre Streptococcus mitis, S. mutans, S. sanguis, S. sobrinus e L. casei. O estudo foi realizado utilizando-se técnicas bacteriológicas. Os ensaios foram realizados pelas técnicas de ágar difusão em placas para determinação da Concentração Inibitória Mínima (CIM) e técnica dos tubos inclinados para a Concentração Inibitória Mínima de Aderência (CIMA). Os resultados mostraram a potencialidade daRosmarinus officinalis Linn. na inibição do crescimento bacteriano e síntese de glucano, sugerindo a sua utilização, como meio alternativo, no controle de bactérias cariogênicas.
Descritores: Cariogênicos/farmacocinética
Técnicas In Vitro
Placa Dentária/fisiopatologia
Rosmarinus/uso terapêutico
-Produtos com Ação Antimicrobiana
Responsável: BR365.1 - BIB - Biblioteca



página 1 de 12 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde