Base de dados : LILACS
Pesquisa : VS4.002 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 104 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 11 ir para página                         

  1 / 104 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1282031
Autor: Ivancko, Giovanna Mendonça; Querino, Rosimár Alves; Silva, Gabrielly Cristiny Soares; Borges, Rafaela Defendi; Limongi, Jean Ezequiel.
Título: Estratégia Saúde da Família e Vigilância em Saúde: conhecimento de médicos de família e comunidade sobre Vigilância Sanitária, Vigilância em Saúde Ambiental e Vigilância em Saúde do Trabalhador / Family Health Strategy and Health Surveillance: knowledge of community and family physicians on Sanitary Surveillance, Environmental Health Surveillance and Surveillance of the Workers Health / Estrategia de Salud Familiar y Vigilancia en Salud: conocimiento de los médicos de familia y comunitarios en Vigilancia Sanitaria, Vigilancia em Salud Ambiental y Vigilancia de la Salud del Trabajador
Fonte: Rev. bras. med. fam. comunidade;16(43):2733, 20210126. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A interação entre os setores do Sistema Único de Saúde, particularmente a Atenção Básica (AB) e a Vigilância em Saúde (VS), é essencial para que ações com foco na integralidade sejam operacionalizadas nos serviços. Para isso, é necessário, além de outros fatores, o conhecimento mútuo entre as áreas, sobre seus escopos de atuação. Objetivo: analisar o conhecimento de médicos de equipes da Estratégia de Saúde da Família sobre Vigilância em Saúde Ambiental (VIGIAM), Vigilância Sanitária (VISA) e Vigilância em Saúde do Trabalhador (VISAT). Métodos: Estudo com abordagem qualitativa, realizado com oito médicos de equipes saúde da família de municípios do interior de Minas Gerais. Empregou-se a técnica de grupo focal conduzida com uso de situação-problema. A análise de conteúdo temática guiou o tratamento dos dados. Resultados: A VIGIAM e a VISAT foram as vigilâncias com menor familiaridade entre os médicos, sendo associadas superficialmente ao controle de fatores ambientais e à fiscalização do trabalho, respectivamente. A VISA foi associada à fiscalização de produtos. Maior integração das equipes com os agentes de controle de endemias e capacitação em VS foram propostas para a melhoria da integração. Ações intersetoriais foram sugeridas, principalmente quando relacionadas à VISAT. Conclusões: Diante da baixa familiaridade sobre VS, a educação permanente constitui estratégia fundamental para a integração da AB e VS. Considerando que as ações destes setores são descentralizadas, espera-se maior protagonismo e proatividade dos gestores locais para que ocorra a devida capilaridade da VS na principal porta de entrada do sistema público de saúde brasileiro

Introduction: The interaction between the sectors of the Unified Health System, particularly Primary Health Care (PHC) and Health Surveillance (HS), is essential for actions that focus on integrality to be operationalized in services. For this, it is necessary, in addition to other factors, mutual knowledge between the areas, about their scope of action. Objective: The aim of the study was to analyze the knowledge of physicians from the Family Health Strategy teams on Environmental Health Surveillance (EHS), Sanitary Surveillance (SS) and Surveillance of the Workers Health (SWH). Methods: Study with a qualitative approach, conducted with eight physicians from family health teams in cities in the interior of Minas Gerais. The focus group technique was used using a problem-situation. Thematic content analysis guided the treatment of the data. Results: EHS and SWH were the surveillances with less familiarity among physicians, being superficially associated with the control of environmental factors and labor inspection, respectively. SS was associated to product inspection. Greater integration of the teams with agents of endemic control and training in Health HS were proposed to improve integration. Intersectoral actions were suggested, especially when related to SWH. Conclusions: In view of the low familiarity with HS, permanent education is a fundamental strategy for the integration of PHC and HS. Considering that the actions of these sectors are decentralized, greater protagonism and proactivity is expected from local managers in order to reach the proper capillarity of HS at the main gateway to the Brazilian public health system.

ESF e Vigilância em SaúdeRev Bras Med Fam Comunidade. Rio de Janeiro, 2021 Jan-Dez; 16(43):27332Introdução Um importante pilar na saúde pública brasileira é a Vigilância em Saúde (VS), cujas primeiras medidas remontam desde o período colonial, mas que teve sua sistematização apenas no século XX1, 2. A VS tem como função principal buscar soluções para os problemas ocorrentes no âmbito da saúde, a partir de uma estratégia flexível para cada situação e população, além de ser responsável pelo controle de doenças transmissíveis e não transmissíveis, prevenção de doenças e fatores de risco, formulando uma análise mais completa da situação geral de saúde da população3.Em 12 de julho de 2018, foi instituída a Política Nacional de Vigilância em Saúde (PNVS), por meio da Resolução no 588/2018 do Conselho Nacional de Saúde (CNS)4. Na PNVS, a Vigilância em Saúde é entendida como processo contínuo e sistemático de coleta, consolidação, análise de dados e disseminação de informações sobre eventos relacionados à saúde, visando o planejamento e a implementação de medidas de saúde pública, incluindo a regulação, intervenção e atuação em condicionantes e determinantes da saúde, para a proteção e promoção da saúde da população, prevenção e controle de riscos, agravos e doenças4.Ademais, a VS se divide em áreas específicas, com atribuições particulares e interligadas entre si, quais sejam: Vigilância em Saúde Ambiental (VIGIAM), Vigilância em Saúde do Trabalhador (VISAT), Vigilância Epidemiológica (VIGEP), Vigilância Sanitária (VISA), além da análise de situação de saúde, promoção da saúde e ações laboratoriais que são atividades transversais e essenciais no processo de trabalho da VS4. Introducción: La interacción entre los sectores del Sistema Único de Salud, en particular la Atención Primaria (AP) y la Vigilancia en Salud (VS), es fundamental para que las acciones que se enfocan en la integralidad sean operacionales en los servicios. Para ello, es necesario, además de otros factores, el conocimiento mutuo entre las áreas, sobre su ámbito de actuación. Objetivo: analizar el conocimiento de los médicos de los equipos de la Estrategia de Salud Familiar en Vigilancia en Salud Ambiental (VSA), Vigilancia Sanitaria (VISA) y Vigilancia de la Salud del Trabajador (VISAT). Métodos: Estudio con abordaje cualitativo, realizado con ocho médicos de equipos de salud de la familia en ciudades del interior de Minas Gerais. Se utilizó la técnica de grupo focal, utilizando situaciones problemáticas. El análisis de contenido temático guió el tratamiento de los datos. Resultados: VSA y VISAT fueron las vigilancias menos familiarizadas entre los médicos, asociándose superficialmente con el control de factores ambientales y la inspección del trabajo, respectivamente. VISA se asoció con la inspección de productos. Se propuso una mayor integración de equipos con agentes de control de enfermedades endémicas y formación en VS para mejorar la integración. Se sugirieron acciones intersectoriales, especialmente en lo relacionado con VISAT. Conclusiones: Ante la baja familiaridad con la VS, la educación permanente es una estrategia fundamental para la integración de AP y VS. Considerando que las acciones de estos sectores son descentralizadas, se espera más protagonismo y proactividad de los gestores locales para que la capilaridad adecuada de la VS se produzca en la principal puerta de entrada al sistema público de salud brasileño.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Colaboração Intersetorial
Estratégia Saúde da Família
Agência Nacional de Vigilância Sanitária
Vigilância Sanitária Ambiental
Vigilância em Saúde do Trabalhador
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  2 / 104 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1247794
Autor: Rio Grande do Sul (Estado). Secretaria da Saúde.
Título: Transtornos mentais relacionados ao trabalho (TMRT) e redes de atendimento / Work-related mental disorders (TMRT) and service networks.
Fonte: Porto Alegre; s.n; 2021.
Idioma: pt.
Descritores: Saúde do Trabalhador/normas
Vigilância em Saúde do Trabalhador
Transtornos Mentais/epidemiologia
Doenças Profissionais/epidemiologia
Medicina do Trabalho/normas
-Brasil/epidemiologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: GOVERNMENT PUBLICATIONS
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 104 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1247789
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador.
Título: Distúrbio de voz relacionado ao trabalho: DVRT / Work-Related Voice Disorder: DVT.
Fonte: Brasília; Brasil. Ministério da Saúde; 2018. (Saúde do Trabalhador, 11).
Idioma: pt.
Descritores: Riscos Ocupacionais
Distúrbios da Voz/epidemiologia
Saúde do Trabalhador
Vigilância em Saúde do Trabalhador
-Brasil/epidemiologia
Protocolos Clínicos/normas
Limites: Humanos
Tipo de Publ: GOVERNMENT PUBLICATIONS
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 104 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1247772
Autor: Rio Grande do Sul (Estado). Secretaria da Saúde.
Título: Cartilha para gestores municipais (2021-2024) referente à Vigilância em Saúde do Trabalhador / Booklet for municipal managers (2021-2024) regarding Occupational Health Surveillance.
Fonte: Porto Alegre; s.n; 2021.
Idioma: pt.
Descritores: Saúde do Trabalhador/normas
Gestão em Saúde
Vigilância em Saúde do Trabalhador
Doenças Profissionais
Serviços de Saúde do Trabalhador/organização & administração
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Guia
GOVERNMENT PUBLICATIONS
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 104 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Vasconcellos, Luiz Carlos Fadel de
Texto completo
Texto completo
Id: lil-533922
Autor: Vasconcellos, Luiz Carlos Fadel de; Almeida, Carmen Verônica Barbosa de; Guedes, Dimitri Taurino.
Título: Vigilância em saúde do trabalhador: passos para uma pedagogia / Surveillance in occupational health: steps toward a pedagogy
Fonte: Trab. educ. saúde;7(3):445-462, nov. 2009-fev. 2010.
Idioma: pt.
Resumo: A Vigilância em Saúde do Trabalhador (Visat) compõe um conjunto de práticas legalmente inscritas no Sistema Único de Saúde (SUS) e recomendadas pelas diretrizes políticas que tratam das relações saúde-trabalho no Brasil. Entretanto, a Visat ainda é inusual e, quando existe, depende de atitudes voluntaristas de alguns profissionais no nível dos serviços. Afora a omissão gerencial do sistema de saúde para a sua implementação, uma das razões para que isso ocorra é a falta de capacitação técnica de agentes públicos para efetuá-la. O artigotrata de uma proposta metodológica para a capacitação em Vigilância em Saúde do Trabalhador, a partir de experiências desenvolvidas há algunsanos, no campo de ensino em serviço. Para isso, são discutidas as bases teórico-conceituais que norteiam a construção do campo da saúde do trabalhador e a pedagogia problematizadora utilizada no processo de educação permanente do SUS.

Surveillance in Occupational Health (Visat) comprises a set of practices legally entered in the National Health System (SUS) and recommended bythe policy guidelines that address the health-work relations in Brazil. However, the Visat is still uncommon and, when available, depends on proactive attitudes of some professionals at the service level. Asidefrom the failure of the management of the health system to implement Visat, another reason it is not implemented is the lack of technical capacity of public officials. The article presents a methodological proposalfor the training of Surveillance in Occupational Health using experiences developed some years ago in the of education in services.We discuss the theoretical and conceptual foundations that guidethe development of the of occupational health and the problem-based pedagogy used in the process of continuous education of the SUS.
Descritores: Capacitação Profissional
Capacitação em Serviço
Sistema Único de Saúde
Vigilância em Saúde do Trabalhador
-Brasil
Ensino
Saúde do Trabalhador
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  6 / 104 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1145365
Autor: Gomes, Rita de Cassia Lopes.
Título: Perfil de competência: contribuições para a construção de aprendizagem significativa nos processos de trabalho / Competence profile: contributions to the construction of meaningful learning in work processes.
Fonte: São Paulo; s.n; 2016. 29 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Sírio Libanês de Ensino e Pesquisa - IEP/HSL para obtenção do grau de Especialista.
Descritores: Sistema Único de Saúde
Educação Continuada
Capacitação de Recursos Humanos em Saúde
Vigilância em Saúde do Trabalhador
-Vigilância em Saúde Pública
Responsável: BR2149.1 - Biblioteca


  7 / 104 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1145362
Autor: Andrade, Andréa Garboggini Melo.
Título: Atenção Primária à Saúde: tecendo a rede de cuidado do usuário-trabalhador no território / Primary Health Care: weaving the user-worker care network in the territory.
Fonte: Salvador; s.n; 2019. 197 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal da Bahia. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-graduação em Saúde, Ambiente e Trabalho para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O reconhecimento do usuário-trabalhador na interação com os profissionais da Atenção Primária à Saúde é uma etapa fundamental para a implementação das ações de saúde do trabalhador na Rede de Atenção à Saúde do Sistema Único de Saúde. Este estudo se propôs compreender como se dá o processo de interação do usuário trabalhador com os profissionais de saúde de uma Unidade de Saúde da Família, analisando as demandas de saúde relacionadas ao trabalho que emergem deste contato, quanto às barreiras para tal reconhecimento. Adotou-se a perspectiva etnográfica, com foco na etnografia de saúde, para produção dos dados, priorizando a observação participante e entrevistas situadas com usuários e profissionais de saúde. O trabalho de campo ocorreu no período de abril a outubro de 2018. O processo analítico e interpretativo tomou as cenas produzidas, guiadas pelas conversações, emergindo o (não)reconhecimento de demandas de saúde do trabalhador no contexto de trabalho daqueles profissionais de saúde como hipótese campo. Por outro lado, foram identificados disparadores que despertam interesse do profissional de saúde em saber se o usuário trabalha, o que faz, há quanto tempo, ou se tem tempo de contribuição para aposentadoria, demonstrando que há sim um reconhecimento do "usuário-trabalhador" pelo profissional de saúde no contexto da Atenção Primária à Saúde. Porém, o estudo revela que a maneira como tais informações são tratadas no contexto da unidade de saúde da família se mostram insuficientes para a produção do cuidado à saúde do trabalhador nos moldes do que é preconizado pela Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora. A análise apontou que, para além da abordagem queixa-conduta do profissional de saúde, há uma diversidade de aspectos que se constituem como barreiras para a abordagem do "usuário-trabalhador" neste nível de atenção à saúde. Tais aspectos foram agrupados de modo a demonstrar diferentes camadas (política, territorial, trabalho real e individual), sobrepostas, que contribuem para ofuscar a visão do profissional, retardar ou interditar a sua ação (identificação, atendimento, coordenação do cuidado). O estudo contribui para "desembaraçar" os fios e articular os pontos da Rede de Atenção à Saúde para o cuidado integral à saúde do trabalhador no SUS, a partir da Atenção Primária à Saúde
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Sistema Único de Saúde
Saúde do Trabalhador
Pessoal de Saúde/organização & administração
Vigilância em Saúde do Trabalhador
Integralidade em Saúde
-Política de Saúde
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR2149.1 - Biblioteca


  8 / 104 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1100126
Autor: Fernández Russo, Gustavo A. H.
Título: Nuestra guardia de cada día: esa delgada línea roja / Our daily guard: that thin red line
Fonte: Inmanencia (San Martín, Prov. B. Aires);3(2):64-66, dic. 2014.
Idioma: es.
Resumo: Los gestos violentos se reiteran, aumentan en frecuencia y ferocidad, pueblan lo cotidiano y naturalizan lo indeseable. El autor comparte su opinión sobre la violencia relacionada con el quehacer médico. Ofrece la reflexión que incluyó en Facebook a fines del año 2010. Presenta un abanico de viñetas y recuerda hechos acontecidos. Efectúa observaciones que resultan totalmente actuales
Descritores: Violência
Agressão
Assistência Hospitalar
Vigilância em Saúde do Trabalhador
Violência no Trabalho
Limites: Humanos
Responsável: AR392.1 - Biblioteca


  9 / 104 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Lautert, Liana
Texto completo
Id: lil-594015
Autor: Meneghini, Fernanda; Paz, Adriana Aparecida; Lautert, Liana.
Título: Fatores ocupacionais associados aos componentes da síndrome de Burnout em trabalhadores de enfermagem / Occupational factors related to Burnout syndrome components among nursing personnel / Factores ocupacionales asociados con los componentes del síndrome de Burnout en los trabajadores del enfermería
Fonte: Texto & contexto enferm;20(2):225-233, abr.-jun. 2011. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo é identificar os fatores ocupacionais associados com os três componentes da Síndrome de Burnout em trabalhadores de enfermagem que atuam em assistência hospitalar. É um estudo transversal, realizado em um hospital da Serra Gaúcha. A amostra é de 164 trabalhadores de enfermagem. Para análise utilizou-se a estatística analítica. Os resultados apontam que os componentes da Síndrome de Burnout apresentaram associações estatísticas significativas (p<0,05) com as seguintes características ocupacionais: sobrecarga de trabalho, falta de motivação para o trabalho, conflito de valores pessoais com institucionais, falta de possibilidades de recompensas, ter a mesma função em instituições diferentes, e dificuldade em conciliar os empregos. Conclui-se que a manutenção de condições adversas ao trabalho gera estresse, obrigando o trabalhador a desenvolver mecanismos adaptativos que, por vezes, não são eficazes, e que acabam por conduzi-lo ao desenvolvimento da Síndrome de Burnout.

The objective of this study is to identify occupational factors associated with the three components of Burnout Syndrome among nursing workers who work in hospital care. It is a cross-sectional study carried out in a hospital located in the Serra Gaucha, RS, Brazil. Analytical statistics were applied to a sample of 164 nursing personnel. The results indicate that Burnout Syndrome components showed statistically significant associations (p<0.05) with the following occupational characteristics: work overload, lack of work motivation, conflicts of personal versus institutional values, lack of opportunity for reward, having the same task in different institutions, and the difficulty in conciliating different jobs. We conclude that maintaining adverse work conditions generates stress, forcing the employee to develop adaptive mechanisms which sometimes are not effective. Together, these factors lead to the development of Burnout Syndrome.

El objetivo es el de identificar los factores ocupacionales que están asociados con los tres componentes del Síndrome de Burnout en los enfermeros que trabajan en la atención hospitalaria. Se trata de un estudio transversal realizado en un hospital en la Sierra Gaucha. La muestra fue de 164 trabajadores del equipo de enfermería. Para el análisis de los datos se utilizó la estadística analítica. Los resultados señalan que los tres componentes del Síndrome de Burnout presentaron asociación estadística significativa (p<0,05) con las siguientes características ocupacionales: sobrecarga de trabajo, falta de motivación para trabajar, conflicto entre los valores personales y los institucionales, falta de recompensas y dificultad para conciliar su trabajo en dos instituciones diferentes. Se concluye que el mantenimiento de condiciones adversas en el trabajo genera estrés, obligando a los trabajadores a desarrollar mecanismos de adaptación, que a veces no son eficaces y que, en última instancia, conducen al desarrollo del Síndrome de Burnout.
Descritores: Esgotamento Profissional
Saúde do Trabalhador
Enfermagem
Vigilância em Saúde do Trabalhador
Limites: Humanos
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  10 / 104 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1129292
Autor: Bahia. Secretaria da Saúde. Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde. Diretoria de Vigilância e Atenção à Saúde do Trabalhador. Centro Estadual de Referência em Saúde do Trabalhador.
Título: Orientações técnicas para ações de vigilância de ambientes e processos de trabalho em Postos de Revenda de Combustíveis - SUS/Bahia / Technical guidelines for actions to monitor environments and work processes at fuel resale stations - SUS / Bahia.
Fonte: Salvador; CESAT/DIVAST; 2014. 76 p. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Riscos Ocupacionais
Vigilância em Saúde do Trabalhador
Posto de Combustível
-Sistema Único de Saúde
Vigilância do Ambiente de Trabalho
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR2149.1 - Biblioteca



página 1 de 11 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde