Base de dados : LILACS
Pesquisa : VS4.002.002.001 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 116 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 12 ir para página                         

  1 / 116 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1104339
Autor: Omaña, Eric; Suárez, Arturo.
Título: Nuevos paradigmas en seguridad y salud en el trabajo / New paradigms in occupational safety and health
Fonte: Salud trab. (Maracay);28(1):61-71, jun. 2020. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Los paradigmas en seguridad y salud en el trabajo (SST) nacieron bajo la influencia de las compañías aseguradoras que alimentaron con su data a Heinrich (1931) quien publicó una obra que durante décadas ha sido la guía del personal de seguridad e higiene ocupacional (SHO), en que hace ver que los daños a la salud y la vida de los trabajadores son responsabilidad de los afectados y no de las condiciones y ambiente de trabajo, de la organización del trabajo, ni mucho menos del objetivo de la reproducción del capital, que ha llevado a que se desarrollan acciones de previsión del efecto, como la dotación de implementos de protección personal y colectiva, así como programas basados en el comportamiento del personal y no la prevención del peligro originado en los materiales, en la máquina, la herramienta, el procedimiento, por lo cual continúan sucediéndose incidentes fatales y graves. Para superar esos paradigmas, luego de analizar como impactan, se plantean algunas propuestas como: desarrollo de la perspectiva holística, uso adecuado del léxico en SHO, incorporación de la práctica de la confiabilidad de equipos y procesos al trabajo y el desarrollo de un modelo de gestión que tome en cuenta: al proceso social de trabajo, al objeto a transformar en un bien o un servicio, el estado de los activos y la caracterización tanto del objeto como de los activos, en una dinámica integradora, impulsada por un proceso de mejora continua(AU)

Paradigms in occupational safety and health (OSH) were born under the influence of the insurance companies that provided Heinrich (1931) with his data, who published a work that for decades has been the guide of OSH professionals. His findings, suggested that damages to the health and life of the workers are the responsibility of those affected and not the conditions and work environment, the organization of work, or much less the objective of the growth of capital. This approach led to the development of actions to mitigate or limit the effects of a hazard, such as the provision of personal and collective protective equipment, as well as employee-based behavioral programs and not the primary prevention of hazards related to the materials, machinery, tools, or tasks; hence fatal, serious incidents continue to occur. To overcome these paradigms, after analyzing their impact, we propose other approaches. Among these, the development of a more holistic perspective, adequate use of the OSH lexicon in OSH, incorporation of equipment reliability of equipment, work processes and management models that consider the social work process, the object to be transformed into a good or a service, the state of the assets and the characterization of both the object and the assets, in an integrative dynamic, driven by a process of continuous improvement(AU)
Descritores: Condições de Trabalho
Programa de Saúde Ocupacional
Riscos Ocupacionais
Saúde do Trabalhador/tendências
Responsável: VE1.1 - Biblioteca Humberto Garcia Arocha


  2 / 116 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-964834
Autor: Perú. Ministerio de Salud; .Dirección General de Salud Ambiental; .Dirección de Salud Ocupacional.
Título: Rol del sector salud en la prevención y erradicación del trabajo infantil en el Perú / Role of the health sector in preventing and errradicación child labor in Peru.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud; 20100000. 62 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El documento técnico contiene: finalidad, objetivos, ámbito de aplicación, procedimientos para la prevención y erradicación de trabajo infantil, disposiciones generales, disposiciones específicas, requerimientos básicos para la intervención de salud en prevención y erradicación del trabajo infantil, consideraciones específicas y anexos para la prevención y erradicación del trabajo infantil Perú.
Descritores: Trabalho Infantil
-Programa de Saúde Ocupacional
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  3 / 116 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-326537
Autor: Bon, Ana Maria Tibiriçá.
Título: Proposta de programas de ensaios de proficiência aplicáveis à realidade brasileira em análises químicas e toxicológicas na área de saúde do trabalhador / A proposal of proficiency testing schemes applicable in Brazilian reality in chemical and toxicological analysis in the area of worker`s health.
Fonte: Säo Paulo; Fundacentro; 2001. 171 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Propor programas de ensaios de proficiência por comparaçäo interlaboratorial aplicáveis à realidade brasileira na área de saúde do trabalhador, de forma a oferecer meios para acompanhar e avaliar o desempenho de laboratórios de análises químicas e toxicológicas, para que eles próprios, instituiçöes de governo e o público em geral possam confiar nos resultados obtidos. Identificar elementos importantes para o controle dos fatores que contribuem com a variabilidade dos resultados de análises químicas e toxicológicas na área de saúde do trabalhador
Descritores: Controle de Qualidade
Laboratórios/normas
Programa de Saúde Ocupacional
-Toxicologia
Credenciamento
Fenômenos Químicos
Saúde do Trabalhador
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; 614.8, 36, L. 42676/2002


  4 / 116 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-303580
Autor: Säo Paulo (Estado). Secretaria da Saúde; Centro de Vigilância Sanitária.
Título: Desenvolvimento de recursos humanos / Staff development
Fonte: In: Säo Paulo (Estado). Secretaria da Saúde; Coordenaçäo dos Intitutos de Pesquisa; Centro de Vigilância Sanitária. Vigilância Sanitária de Säo Paulo: uma trajetória no SUS. Säo Paulo, Säo Paulo (Estado). Secretaria da Saúde, 2001. p.29-40.
Idioma: pt.
Descritores: Desenvolvimento de Programas
Programa de Saúde Ocupacional
Mão de Obra em Saúde
-Vigilância Sanitária
Capacitação em Serviço
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; S239v


  5 / 116 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-291836
Autor: Ferreira Junior, Mario.
Título: Saúde no trabalho: temas básicos para o profissional que cuida da saúde dos trabalhadores / Occupational health: basic topics for occupational health manpower.
Fonte: Säo Paulo; Roca; 2000. 357 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A universalizaçäo do mundo, a reestruturaçäo produtiva e suas conseqüências sobre os determinantes da saúde-doença dos trabalhadores, os padröes de morbimortilidade relacionados ao trabalho, a organizaçäo e as práticas da segurança e saúde no trabalho säo os assuntos abordados. As características e os requisitos dos profissionais que cuidam da saúde dos trabalhadores, a negociaçäo coletiva como meio de produçäo da saúde, a gestäo e gerência dos programas preventivos, além do atraente e polêmico tema sobre ética e responsabilidade dos profissionais implicados nas questöes de saúde dos trabalhadores, säo outros tópicos presentes. Quatro capítulos cuidam de tópicos tradicionais: agentes químicos, dermatoses profissionais, doenças respiratórias e perdas auditivas. Um capítulo é dedicado aos distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho, cada vez mais numerosos em todo o mundo
Descritores: Saúde do Trabalhador
-Doenças Profissionais/prevenção & controle
Programa de Saúde Ocupacional
Serviços de Saúde do Trabalhador/organização & administração
Limites: Humanos
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; 614.85, 225; BR1310.1; L1360


  6 / 116 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-236619
Autor: Säo Paulo(Estado). Secretaria da Saúde. Programa estadual DST/AIDS.
Título: Atualidades em DST/AIDS: ambiente de trabalho / DST/AIDS news: working environment.
Fonte: Säo Paulo; Secretaria da Saúde; 1998. 73 p.
Idioma: pt.
Descritores: Ambiente de Trabalho
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
-Papel do Doente
Mulheres Trabalhadoras
Comportamento
Local de Trabalho/psicologia
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Programa de Saúde Ocupacional/organização & administração
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WD308. S239a


  7 / 116 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-68002
Autor: Costa, Danilo Fernandes; Carmo, José Carlos do; Settimi, Maria Maeno; Santos, Ubiratan de Paula.
Título: Programa de saúde dos trabalhadores: a experiência da zona norte; uma alternativa em saúde pública / Workers' health program: the northern region experience; a public health alternative.
Fonte: s.l; Hucitec; 1989. 382 p. tab. (Saúde em Debate, 19).
Idioma: pt.
Resumo: Foi realizado em Säo Paulo, zona norte, um programa de saúde dos trabalhadores. Tem por objetivo fiscalizar as indústrias, permitindo determinar as condiçöes inseguras, presentes no ambiente. Com base nas informaçöes obtidas, os riscos no trabalho poderäo ser reduzidos ou eliminados
Descritores: Riscos Ocupacionais
Política de Saúde
Programa de Saúde Ocupacional
-Brasil
Responsável: BR71.1 - Biblioteca Doutor Eduardo Gabriel Saad
BR71.1/Xyco Zua (207SP)*C871p


  8 / 116 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Lacaz, Francisco Antônio de Castro
Rocha, Lys Esther
Id: lil-31575
Autor: Freitas, Clarice Umbelino de; Lacaz, Francisco Antônio de Castro; Rocha, Lys Esther.
Título: Saúde pública e açöes de saúde do trabalhador: uma análise conceitual e perspectivas de operacionalizaçäo programática na rede básica da Secretaria de Estado da Saúde / Public health and action for workers' health: a conceptual analysis and perspectives of programatic operationalization in the basic network of Secretaria de Estado da Saúde
Fonte: Temas IMESC soc. dir. saúde;2(1):3-10, jul. 1985.
Idioma: pt.
Resumo: Com o presente estudo, pretende-se buscar o entendimento crítico daquilo que ocorre a nível do discurso; relacionado com as propostas de programa de saúde do trabalhador, dos organismos internacionais ligados ao setor da saúde como a Organizaçäo Mundial de Saúde (OMS) e a Organizaçäo Pan Americana de Saúde (OPAS); bem como da conjuntura sócio-econômica em que surgem, procurando aprender que determinantes influenciam esta nova postura institucional. Tal preocupaçäo coloca-se aos profissionais que militam em Saúde Coletiva, na medida que a incorporaçäo de açöes de saúde do trabalhador pelos órgäos de Saúde Pública - isto é, dos problemas de saúde que se relacionam com as condiçöes de trabalho - é um projeto em implantaçäo em algumas regiöes do Estado de Säo Paulo, na rede de Centros de Saúde da Secretaria de Estado da Saúde. Diante disso, propöem-se estratégias para a operacionalizaçäo de atividades na rede básica de saúde - em áreas urbana e rural -, através de açöes programáticas que, metodologicamente, têm caracterizado a atuaçäo dos órgäos de saúde pública na prevençäo de agravos, ou seja, a Vigilância Epidemiológica, agora aplicada às doenças ocupacionais e do trabalho, objetivando colher elementos que subsidiem medidas de melhoria das condiçöes de trabalho, situando os pressupostos políticos e administrativos para sua viabilizaçäo
Descritores: Doenças Profissionais/prevenção & controle
Programa de Saúde Ocupacional
Saúde Pública
-Brasil
Organização Mundial da Saúde
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 116 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Alexandre, Neusa Maria Costa
Id: lil-360440
Autor: Moraes, Marcos Antonio Alves; Alexandre, Neusa Maria Costa; Guiarardello, Edinéis de Brito.
Título: Equipe multiprofissional reduzindo as queixas relacionadas ao sistema músculo-esquelético em costureiras / A training program designed to reduce complaints related with the musculoskeletal system in needlewoman
Fonte: Rev. enferm. UERJ;7(1):19-26, jan.-jun. 1999. graf.
Idioma: pt.
Resumo: O presente estudo apresenta o planejamento e desenvolvimento de um programa para reduzir a sintomatologia relacionada ao sistema músculo-esquelético de costureiras de um hospital universitário. Esse programa foi realizado por uma equipe multiprofissional e envolveu alterações de determinados aspectos ergonômicos do ambiente de trabalho associados à adoção de orientações posturais e exercícios supervisionados
Descritores: Enfermagem do Trabalho
Programa de Saúde Ocupacional
Serviços de Saúde do Trabalhador
-Postura
Músculo Esquelético
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  10 / 116 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-748562
Autor: Oliveira, Elias Barbosa de; Fabri, Janaina MengalGomes; Paula, Glaudston Silva de; Souza, Silvia Regina Carvalho de; Silveira, Waleska Gambarra da; Matos, Greyciele da Silva.
Título: Padrões de uso de álcool por trabalhadores de enfermagem e a associação com o trabalho / Patterns of alcohol use among nursing workers, and its association with their work / Patrones de uso de alcohol por trabajadores de enfermería y la relación por com el trabajo
Fonte: Rev. enferm. UERJ;21(2,n.esp):729-735, 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se neste estudo descrever os padrões de consumo de álcool por trabalhadores de enfermagem e analisar as repercussões para a saúde do grupo. Método quantitativo, descritivo e exploratório, cujos dados foram coletados mediante um instrumento autoaplicado. Participaram do estudo 90 trabalhadores de enfermagem de um hospital público no Rio de Janeiro (Brasil), em 2013. Dos sujeitos, 70 (77,7%) usaram álcool na vida, 61 (67,7%) no último ano e destes 22 (24,4%) consumiram cinco ou mais doses em uma única ocasião. O uso de álcool foi associado a problemas no trabalho e entre eles: insatisfação, estresse, conflitos no trabalho em equipe. Aqueles que consumiram álcool no último ano, acima do padrão estabelecido (mais de quatro doses em única vez), relataram prejuízos físico, mental e social. Concluiu-se que o consumo de álcool se encontra acima do padrão estabelecido, em parte significativa da amostra. Os resultados evidenciam a importância da aplicação de estratégias preventivas e programas educativos junto aos trabalhadores.

This quantitative, descriptive exploratory study described patterns of alcohol consumption among nursing workers and analyzed its impact on their health. Data were collected in 2013 using a self-applied questionnaire. Ninety nursing workers at a public hospital in Rio de Janeiro (Brazil) took part. Of these, 70(77.7%) had used alcohol at some time, 61(67.7%) during the prior year and, of the latter, 22(24.4%) reported having drunk five or more measures on occasion (excessive consumption). The use of alcohol was associated with problems at work and among the nurses: dissatisfaction, stress, and team work conflicts. Those who had drunk more than the specified amount (up to four measures at a time) in the prior year reported mental, physical and social harm. It was concluded that alcohol consumption is above the specified level in a significant portion of the sample. The results highlight the importance of preventive strategies and educational programs for workers.

Se objetivó en este estudio identificar los patrones de consumo de alcohol por trabajadores de enfermería y analizar las repercusiones para la salud del grupo. Investigación cuantitativa, exploratoria y descriptiva, cuyos datos fueron recolectados mediante un cuestionario autoaplicado. Participaron del estudio 90 trabajadores de enfermería de un hospital público en el municipio de Rio de Janeiro (Brasil), en 2013. De los indivíduos, 70(77,7%) consumiron alcohol en la vida, 61 (67,7%) en el último año y 22 (24,4%) consumiron cinco ou más doses en una única ocasión. El uso del alcohol fue asociado a problemas en el trabajo siendo algunos de ellos: insatisfacción, estrés y conflictos en el trabajo en equipo. Àqueles que consumiron alcohol encima de los patrones establecidos (más de cuatro doses de uma so vez) en lo último año relataron daños físico, mental y social. Se concluye que el consumo de alcohol se encuentra encima de los patrones establecidos en parte significativa de la muestra. Los resultados evidenciaron la importancia de estrategias preventivas y programas educativos junto a los trabajadores.
Descritores: Bebidas Alcoólicas
Consumo de Bebidas Alcoólicas/prevenção & controle
Enfermeiros
Programa de Saúde Ocupacional
Saúde do Trabalhador
-Brasil
Pesquisa
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)



página 1 de 12 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde