Base de dados : LILACS
Pesquisa : Z01.107.567.875.350.350 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 2 [refinar]
Mostrando: 1 .. 2   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 2 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-441339
Autor: Raff, Jennifer; Cook, Della Collins; Kaestle, Frederika.
Título: Tuberculosis in the New World: a study of ribs from the Schild Mississippian population, West-Central Illinois
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;101(supl.2):25-27, Dec. 2006. tab, ilus.
Idioma: en.
Projeto: Indiana University; . NSF IGERT.
Resumo: Vertebral lesions have been the main evidence for infection by the Mycobacterium tuberculosis complex (MTC) in paleopathology. Skeletal involvement is expected in a small percentage of infected individuals. Recently, several authors report a correlation between rib lesions and tuberculosis (TB) complex infection. This study tests the hypothesis that rib lesions can serve as a useful marker for MTC infection within the Mississippian Schild skeletal collection from West-Central Illinois. Ribs from 221 adults and juveniles were examined, and affected individuals were tested for TB complex infection. DNA from rib samples of affected individuals was amplified with primers targeting the IS6110 insertion element, which is common to all members of the TB complex. Although it cannot allow discrimination between different species of TB, IS6110 is present in many copies within their genomes, and its presence is thus an indication of MTC infection. The results support the use of rib lesions as a marker for TB infection. Additionally, we demonstrate that MTC DNA can be recovered from ribs that lack lesions in individuals who have lesions of other bones. We recommend that an examination of ribs be incorporated into investigations for TB.
Descritores: DNA Bacteriano/genética
Mycobacterium tuberculosis/genética
Costelas/lesões
Tuberculose Pulmonar/história
-Elementos de DNA Transponíveis/genética
DNA Bacteriano/química
Illinois
Paleopatologia
Reação em Cadeia da Polimerase
Costelas/patologia
Tuberculose Pulmonar/patologia
Limites: Adulto
Feminino
História Antiga
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Research Support, Non-U.S. Gov't
Research Support, U.S. Gov't, Non-P.H.S.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 2 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Camacho, Aparecido Antonio
Stopiglia, Angelo Joäo
Braile, Domingo Marcolino
Texto completo
Id: lil-383649
Autor: Andrade, James Newton Bizetto Meira de; Camacho, Aparecido Antonio; Santos, Paulo Sérgio Patto; Fantinatti, Alexandra Pinheiro; Nunes, Newton; Stopiglia, Angelo João; Leal, João Carlos; Braile, Domingo Marcolino.
Título: Estudo da função ventricular na técnica de plicatura da parede livre do ventrículo esquerdo em cães / Left ventricular function after plication of the left ventricular free wall in dogs
Fonte: Rev. bras. cir. cardiovasc;19(2):136-143, abr.-jun. 2004. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Projeto: FAPESP.
Resumo: OBJETIVO: Avaliar os efeitos da técnica na função ventricular esquerda em cães hígidos e com cardiomiopatia dilatada induzida pela doxorrubicina. MÉTODO: De 13 cães, oito receberam doxorrubicina até que a fração de encurtamento (FE) fosse menor que 20 por cento. Destes, quatro animais e os cinco não induzidos foram submetidos à plicatura da parede livre do ventrículo esquerdo (PPLVE). Os demais cães não foram operados. Foram avaliados débito cardíaco (DC), pressão arterial, exame físico, eletrocardiografia, sistema "Holter" e ecocardiografia, por 180 dias. RESULTADOS: Houve redução do volume ventricular esquerdo. Os cães induzidos melhoraram após a operação e a fração de ejeção (FEj) retornou aos valores normais para a espécie. O DC e a FE aumentaram após a operação. Um cão foi a óbito. Nos cães não operados, a FE diminuiu e foram a óbito em torno de 40 dias após a indução; nos cães não induzidos, esta não se alterou. Houve extra-sístoles ventriculares, que se resolveram espontaneamente. CONCLUSÕES: A PPLVE sem circulação extracorpórea reduz o volume ventricular esquerdo e melhora a função cardíaca dos cães com cardiomiopatia dilatada induzida pela doxorrubicina, demonstrando baixa morbidade e mortalidade tardia.
Descritores: Estimulação Cardíaca Artificial
Função Ventricular Esquerda/fisiologia
-Biomarcadores/sangue
Catecolaminas/sangue
Seguimentos
Sistema de Condução Cardíaco/metabolismo
Sistema de Condução Cardíaco/fisiopatologia
Sistema de Condução Cardíaco/cirurgia
Ventrículos do Coração/metabolismo
Ventrículos do Coração/fisiopatologia
Illinois
Marca-Passo Artificial
Recuperação de Função Fisiológica/fisiologia
Síndrome do Nó Sinusal/sangue
Síndrome do Nó Sinusal/fisiopatologia
Síndrome do Nó Sinusal/terapia
Volume Sistólico/fisiologia
Fatores de Tempo
Resultado do Tratamento
Limites: Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Research Support, U.S. Gov't, P.H.S.
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde