Base de dados : LILACS
Pesquisa : Z01.252.245.500.795 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 5 [refinar]
Mostrando: 1 .. 5   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 5 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-769879
Autor: Hakimoglu, Sedat; Karcioglu, Murat; Tuzcu, Kasim; Davarci, Isil; Koyuncu, Onur; Dikey, Ismail; Turhanoglu, Selim; Sari, Ali; Acipayam, Mehmet; Karatepe, Celalettin.
Título: Assessment of the perioperative period in civilians injured in the Syrian Civil War / Avaliação do período perioperatório em civis feridos na Guerra Civil Síria
Fonte: Rev. bras. anestesiol;65(6):445-449, Nov.-Dec. 2015. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: BACKGROUND: wars and its challenges have historically afflicted humanity. In Syria, severe injuries occurred due to firearms and explosives used in the war between government forces and civilians for a period of over 2 years. MATERIALS AND METHODS: the study included 364 cases, who were admitted to Mustafa Kemal University Hospital, Medicine School (Hatay, Turkey), and underwent surgery. Survivors and non-survivors were compared regarding injury site, injury type and number of transfusions given. The mortality rate found in this study was also compared to those reported in other civil wars. RESULTS: the mean age was 29 (3-68) years. Major sites of injury included extremities (56.0%), head (20.1%), abdomen (16.2%), vascular structures (4.4%) and thorax (3.3%). Injury types included firearm injury (64.4%), blast injury (34.4%) and miscellaneous injuries (1.2%). Survival rate was 89.6% while mortality rate was 10.4%. A significant difference was observed between mortality rates in this study and those reported for the Bosnia and Lebanon civil wars; and the difference became extremely prominent when compared to mortality rates reported for Vietnam and Afghanistan civil wars. CONCLUSION: among injuries related to war, the highest rate of mortality was observed in head-neck, abdomen and vascular injuries. We believe that the higher mortality rate in the Syrian Civil War, compared to the Bosnia, Vietnam, Lebanon and Afghanistan wars, is due to seeing civilians as a direct target during war.

JUSTIFICATIVA: Historicamente, as guerras e seus desafios afligem a humanidade. Na Síria, lesões graves ocorreram devido às armas de fogo e explosivos usados na guerra entre as forças governamentais e civis durante um período de mais de dois anos. MATERIAIS E MÉTODOS: O estudo incluiu 364 pacientes, admitidos no Hospital da Universidade Mustafa Kemal da Faculdade de Medicina (Hatay, Turquia) e submetidos à cirurgia. Os sobreviventes e não sobreviventes foram comparados quanto ao local e tipo da lesão e número de transfusões administradas. A taxa de mortalidade encontrada neste estudo também foi comparada àquelas relatadas em outras guerras civis. RESULTADOS: A média de idade foi de 29 (3-68) anos. Os principais locais de lesão incluíram extremidades (56,0%), cabeça (20,1%), abdome (16,2%), estruturas vasculares (4,4%) e tórax (3,3%). Os tipos de lesões incluíram ferimento de arma de fogo (64,4%), lesão causada por explosão (34,4%) e ferimentos diversos (1,2%). A taxa de sobrevivência foi de 89,6%, enquanto a taxa de mortalidade foi de 10,4%. Observou-se uma diferença significativa entre as taxas de mortalidade neste estudo e aquelas relatadas para as guerras civis da Bósnia e Líbano; e a diferença ficou extremamente significativa quando comparada com as taxas de mortalidade relatadas para as guerras civis do Vietnã e do Afeganistão. CONCLUSÃO: Dentre as lesões relacionadas à guerra, a maior taxa de mortalidade foi observada em lesões de cabeça-pescoço, abdome e vasculares. Acreditamos que a maior taxa de mortalidade na Guerra Civil da Síria, em comparação com as guerras da Bósnia, Vietnã, Líbano Afeganistão, se deva ao fato de os civis terem sido vistos como alvo direto durante a guerra.
Descritores: Guerra
Ferimentos e Lesões/mortalidade
-Síria
Período Perioperatório
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1042238
Autor: Truzzi, Oswaldo.
Título: Sírios e libaneses no oeste paulista - décadas de 1880 a 1950 / Syrian and Lebanese in Western São Paulo / Sirios y libaneses en el oeste de San Pablo
Fonte: Rev. bras. estud. popul;36:e0086, 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O artigo busca explorar os condicionantes e características distintivas da inserção socioeconômica de sírios e libaneses no interior paulista, entre as décadas de 1880 e 1950. Do início difícil como mascates, portadores de uma cultura distante, os sírios e libaneses lograram se firmar como comerciantes, aproveitando as oportunidades que suas redes (de parentes e conterrâneos) e a economia cafeeira em expansão ofereciam, estabelecendo-se sobretudo nos ramos de roupas, tecidos e armarinhos de secos e molhados e de gado e cereais. Tomando como fonte principal uma série de obras - acadêmicas e memorialísticas -, nas quais o imigrante sírio e libanês é retratado no interior, o artigo indica ainda as principais regiões do oeste paulista nas quais o grupo se concentrou, discute trajetórias que ilustram algumas das possibilidades de mobilidade, a formação de lideranças, o modo como as práticas religiosas se transformaram e a mobilidade acentuada - como doutores e políticos - conquistada por estratos da primeira geração nascida no Brasil.

The article seeks to explore the conditions and distinctive characteristics of the socioeconomic insertion of Syrians and Lebanese in the interior of São Paulo between the 1880s and 1950s. From the difficult beginning as peddlers with a distant culture, Syrians and Lebanese managed to establish themselves as merchants, seizing the opportunities that their networks (of relatives and of countrymen) and the expanding coffee economy offered, establishing themselves mainly in the sectors of clothing, linen and fabrics, cattle and cereals. Taking as main source a series of works in which the Syrian and Lebanese immigrants are portrayed in the interior, the article also indicates the main regions of west of São Paulo where the group mainly concentrated, and discusses trajectories which illustrate some of the possibilities of mobility, formation of leadership, the way religious practices have been transformed and the marked mobility - as doctors and politicians - achieved by strata of the first generation born in Brazil.

El artículo busca explorar los condicionantes y las características distintivas de la inserción socioeconómica de sirios y libaneses en el interior paulista entre la década del ochenta del siglo XIX y la del cincuenta del siglo XX. Del inicio difícil como vendedores ambulantes, portadores de una cultura distante, los sirios y libaneses lograron establecerse como comerciantes, aprovechando las oportunidades que sus redes;de parientes y de compatriotas; y que la economía cafetalera en expansión ofrecía se establecieron sobre todo en las ramas de ropa y tejidos, de mercería, y de ganado y cereales. Tomando como fuente principal una serie de obras en las que el inmigrante sirio y libanés es retratado en el interior, el artículo indica además las principales regiones del oeste paulista en las que el grupo se concentró, discute trayectorias que ilustran algunas de las posibilidades de movilidad, la formación de los líderes, el modo en que las prácticas religiosas se transformaron y la movilidad acentuada;como doctores y como políticos; conquistada por estratos de la primera generación nacida en Brasil.
Descritores: Classe Social
Síria/etnologia
Revisão
Comércio
Emigração e Imigração
Líbano
-Religião
Mobilidade Social
Migrantes
Desenvolvimento Econômico
Árabes
Características Culturais
Mercado de Trabalho
Limites: Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  3 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-670983
Autor: Mourad, Jamil; Monem, Fawza.
Título: Associação do alelo HLA-DRB1 com suscetibilidade a artrite reumatoide e gravidade da doença na Síria / HLA-DRB1 allele association with rheumatoid arthritis susceptibility and severity in Syria
Fonte: Rev. bras. reumatol;53(1):51-56, jan.-fev. 2013. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: INTRODUÇÃO: A artrite reumatoide (AR) é uma doença crônica multifatorial complexa. A importância do sistema de antígenos leucocitários humanos (HLA) como fator significativo de risco genético para AR foi estudada no mundo. Embora amplamente distribuídos em diferentes áreas na Síria, faltam estudos sobre o papel dos HLA. OBJETIVO: O objetivo de nosso estudo foi determinar a associação dos alelos HLA-DRB1 com a suscetibilidade a AR e sua gravidade na Síria. PACIENTES E MÉTODOS: Foram genotipados 86 pacientes com AR e 200 controles normais, usando-se reação em cadeia da polimerase com sequência de primer específico (PCR-SSP). Anticorpos anti-CCP foram determinados por ELISA. Fator reumatoide (FR), proteína C-reativa (PCR), velocidade de hemossedimentação (VHS) e o índice de atividade da doença (DAS-28) foram obtidos nos registros médicos e utilizados para avaliar a gravidade clínica dos pacientes. RESULTADOS: Os alelos HLA-DRB1 *01, *04 e *10 mostraram forte associação com suscetibilidade à doença (OR = 2,29, IC 95% = 1,11-4,75, P = 0,022; OR = 3,16, IC 95% = 2,08-4,8, P < 0,0001; e OR = 2,43, IC 95% = 1,07-5,51, P = 0,029, respectivamente), enquanto a frequência dos alelos HLA-DRB1 *11 e *13 foi significativamente mais baixa nos pacientes com AR do que nos controles (OR = 0,49, IC 95% = 0,3-0,8, P = 0,004; OR = 0,32, IC 95% = 0,15-0,69, P = 0,002, respectivamente). Os outros alelos HLA-DRB1 mostraram diferença significativa. A frequência dos anticorpos anti-CCP foi maior em pacientes epítopo compartilhado (EC) positivos do que em pacientes EC-negativos (OR = 5,5, IC 95% = 2-15,1, P = 0,00054). O índice DAS-28 de pacientes com AR não mostrou diferença significativa entre os grupos EC-negativo e EC-positivo. CONCLUSÃO: Nossos resultados indicam que os alelos HLA-DRB1 *01, *04 e *10 estão relacionados com AR, enquanto os alelos HLA-DRB1 *11 e *13 protegem a população síria contra a AR.

INTRODUCTION: Rheumatoid arthritis (RA) is a complex multifactorial chronic disease. The importance of human leukocyte antigen as a major genetic risk factor for RA was studied worldwide. Although it is widely distributed in different Syrian areas, studies of human leukocyte antigen (HLA) alleles' role are absent. OBJECTIVE: The aim of our study was to determine the association of HLA-DRB1 alleles with the susceptibility and severity of RA in Syria. PATIENTS AND METHODS: Eightysix RA patients and 200 healthy controls from Syria were genotyped using polymerase chain reaction with sequencespecific primer (PCR-SSP). Anti-CCP antibodies were measured by ELISA. Rheumatoid factor (RF), C-reactive protein (CRP), erythrocyte sedimentation rate (ESR), and disease activity score 28 (DAS-28) values were obtained from patients' medical records. DAS-28 was used to assess the clinical severity of the patients. RESULTS: The HLA-DRB1*01, *04, and *10 frequencies showed a strong association with the disease susceptibility (OR = 2.29, 95% CI = 1.11-4.75, P = 0.022; OR = 3.16, 95% CI = 2.0 -4.8, P < 0.0001; OR = 2.43, 95% CI = 1.07-5.51, P = 0.029 respectively), while the frequencies of HLA-DRB1*11, and *13 were signifi cantly lower in RA patients than in controls (OR = 0.49, 95% CI = 0.3-0.8, P = 0.004; OR = 0.32, 95% CI = 0.15-0.69, P = 0.002, respectively). The other HLA-DRB1 alleles showed no signifi cant difference. The frequency of anti-CCP antibodies was higher in shared epitope (SE) positive patients compared with SE-negative patients (OR = 5.5, 95% CI = 2-15.1, P = 0.00054). DAS-28 of RA patients didn't show signifi cant difference between the SE negative and the SE positive groups. CONCLUSION: Our results indicate that HLA-DRB1*01, *04, and *10 alleles are related with RA, while HLA-DRB1*11 and *13 protect against RA in the Syrian population.
Descritores: Artrite Reumatoide/genética
Predisposição Genética para Doença
Cadeias HLA-DRB1/genética
Índice de Gravidade de Doença
-Estudos de Casos e Controles
Síria
Limites: Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Barros, Rui Toledo
Texto completo
Id: lil-640219
Autor: Balbo, Bruno Eduardo P.; Silva, André Albuquerque; Amaral, Andressa Godoy; Malheiros, Denise M. A. C.; Onuchic, Luiz Fernando; Barros, Rui Toledo.
Título: Abdominal pain, arthritis, and nephrotic syndrome in a Syrian patient
Fonte: Clinics;67(6):685-688, 2012. ilus, tab.
Idioma: en.
Descritores: Dor Abdominal/etiologia
Amiloidose/complicações
Artrite/etiologia
Febre Familiar do Mediterrâneo/diagnóstico
Febre Familiar do Mediterrâneo/genética
Síndrome Nefrótica/etiologia
-Síria
Limites: Adulto
Feminino
Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 5 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-130730
Autor: Ferreti D., Ricardo.
Título: El hombre y las pestes / The man and the plagues
Fonte: Rev. chil. enferm. respir;8(2):115-22, abr.-jun. 1992. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Doenças Transmissíveis/história
História Antiga
Peste/história
-Egito/epidemiologia
Espanha/epidemiologia
Etiópia/epidemiologia
França/epidemiologia
Líbia/epidemiologia
Síria/epidemiologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde