Base de dados : LILACS
Pesquisa : Z01.542.248 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 9 [refinar]
Mostrando: 1 .. 9   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 9 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-962208
Autor: Almeida, Lígia Moreira; Costa-Santos, Cristina; Caldas, José Peixoto; Dias, Sónia; Ayres-de-Campos, Diogo.
Título: The impact of migration on women's mental health in the postpartum period / O impacto da migração na saúde mental das mulheres no pós-parto
Fonte: Rev. saúde pública (Online);50:35, 2016. tab.
Idioma: en.
Projeto: Fundação para a Ciência e Tecnologia.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE To assess the influence of I mmigration on the psychological health of women after childbirth. METHODS In this cross-sectional study, immigrant and Portuguese-native women delivering in the four public hospitals of the metropolitan area of Porto, Portugal, were contacted by telephone between February and December 2012 during the first postpartum month to schedule a home visit and fill in a questionnaire. Most immigrant (76.1%) and Portuguese mothers (80.0%) agreed to participate and with the visits, thus a total of 89 immigrants and 188 Portuguese women were included in the study. The questionnaire included the application of four validated scales: Mental Health Inventory-5, Edinburgh Postpartum Depression Scale, Perceived Stress Scale, and Scale of Satisfaction with Social Support. Statistical analysis included t-test and Chi-square or Fisher's test, and logistic regression models. RESULTS Immigrants had an increased risk of postpartum depression (OR = 6.444, 95%CI 1.858-22.344), and of low satisfaction with social support (OR = 6.118, 95%CI 1.991-18.798). We did not perceive any associations between migrant state, perceived stress, and impoverished mental health. CONCLUSIONS Immigrant mothers have increased vulnerabilities in the postpartum period, resulting in an increased risk of postpartum depression and lesser satisfaction with the received social support.

RESUMO OBJETIVO Avaliar a influência da imigração na saúde psicológica da mulher após o parto. MÉTODOS Neste estudo transversal, mulheres imigrantes e portuguesas com partos nos quatro hospitais públicos da região metropolitana de Porto, Portugal, foram contatadas por telefone entre fevereiro e dezembro de 2012, durante o primeiro mês pós-parto, para agendar uma visita domiciliar e preencher um questionário. A maioria das mães imigrantes (76,1%) e das mães portuguesas (80,0%) aceitou participar e aceder a visitas domiciliares, totalizando 89 imigrantes e 188 mulheres portuguesas incluídas no estudo. O questionário incluiu a aplicação de quatro escalas validadas: Inventário de Saúde Mental-5, Escala de Depressão Pós-parto de Edimburgo, Escala de Stress Percebido e Escala de Satisfação com o Suporte Social. As análises estatísticas incluíram os testes t-student, Qui-quadrado ou teste de Fisher e o cálculo de modelos de regressão logística. RESULTADOS As imigrantes tiveram risco aumentado de depressão pós-parto (OR 6,444; IC95% 1,858-22,344) e de baixa satisfação com o suporte social (OR = 6,118; IC95% 1,991-18,798). Não houve associação entre migração, stress percebido e saúde mental empobrecida. CONCLUSÕES Mães imigrantes apresentam vulnerabilidades aumentadas no período pós-parto, aumentando o risco de depressão pós-parto e havendo menor satisfação com o apoio social recebido.
Descritores: Depressão Pós-Parto/psicologia
Período Pós-Parto/psicologia
Emigrantes e Imigrantes/psicologia
-Portugal/epidemiologia
Apoio Social
Fatores Socioeconômicos
Brasil/epidemiologia
Grupos Étnicos/estatística & dados numéricos
Estudos Transversais
Entrevistas como Assunto
Fatores de Risco
Saúde da Mulher
Depressão Pós-Parto/epidemiologia
Europa Oriental/epidemiologia
Emigrantes e Imigrantes/estatística & dados numéricos
Promoção da Saúde/métodos
Mães/psicologia
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-770508
Autor: Negoi, Ionut; Paun, Sorin; Hostiuc, Sorin; Stoica, Bodgan; Tanase, Ioan; Negoi, Ruxandra Irina; Beuran, Mircea.
Título: Most small bowel cancers are revealed by a complication / A maioria dos cânceres de intestino delgado são revelados por uma complicação
Fonte: Einstein (Säo Paulo);13(4):500-505, Oct.-Dec. 2015. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: ABSTRACT Objective To characterize the pattern of primary small bowel cancers in a tertiary East-European hospital. Methods A retrospective study of patients with small bowel cancers admitted to a tertiary emergency center, over the past 15 years. Results There were 57 patients with small bowel cancer, representing 0.039% of admissions and 0.059% of laparotomies. There were 37 (64.9%) men, mean age of 58 years; and 72 years for females. Out of 57 patients, 48 (84.2%) were admitted due to an emergency situation: obstruction in 21 (38.9%), perforation in 17 (31.5%), upper gastrointestinal bleeding in 8 (14.8%), and lower gastrointestinal bleeding in 2 (3.7%). There were 10 (17.5%) duodenal tumors, 21 (36.8%) jejunal tumors and 26 (45.6%) ileal tumors. The most frequent neoplasms were gastrointestinal stromal tumor in 24 patients (42.1%), adenocarcinoma in 19 (33.3%), lymphoma in 8 (14%), and carcinoids in 2 (3.5%). The prevalence of duodenal adenocarcinoma was 14.55 times greater than that of the small bowel, and the prevalence of duodenal stromal tumors was 1.818 time greater than that of the small bowel. Obstruction was the complication in adenocarcinoma in 57.9% of cases, and perforation was the major local complication (47.8%) in stromal tumors. Conclusion Primary small bowel cancers are usually diagnosed at advanced stages, and revealed by a local complication of the tumor. Their surgical management in emergency setting is associated to significant morbidity and mortality rates.

RESUMO Objetivo Caracterizar o padrão de neoplasias malignas primárias do intestino delgado em um hospital terciário de Leste Europeu. Métodos Estudo retrospectivo de pacientes com câncer de intestino delgado, internados em um hospital terciário e de emergência, ao longo dos últimos 15 anos. Resultados Foram avaliados 57 pacientes com neoplasias malignas gastrintestinais, o que representou 0,039% das admissões e 0,059% das laparotomias realizadas. Total de 37 (64,9%) pacientes masculinos, média de idade de 58 anos, e de 72 anos para mulheres. Dentre os 57 pacientes, 48 (84,2%) foram internados em situação de emergência: obstrução intestinal em 21 (38,9%), perfuração em 17 (31,5%), hemorragia digestiva alta em 8 (14,8%), e hemorragia digestiva baixa em 2 (3,7%). Houve 10 (17,5%) tumores duodenais, 21 (36,8%) jejunais e 26 (45,6%) ileais. As neoplasias mais frequentes foram tumor estromal gastrintestinal, em 24 (42,1%) pacientes, adenocarcinoma em 19 (33,3%), linfoma em 8 (14%) e carcinoides em 2 (3,5%). A prevalência de adenocarcinoma duodenal foi 14,55 vezes maior do que a do intestino delgado, e a prevalência de tumores estromais duodenais foi 1,818 vez maior do que a do intestino delgado. A obstrução intestinal foi complicação do adenocarcinoma em 57,9% dos casos, e a perfuração foi a principal complicação local (47,8%) dos tumores estromais. Conclusão As neoplasias malignas primárias do intestino delgado foram geralmente diagnosticadas em estado avançado e reveladas por uma complicação local do tumor. O tratamento cirúrgico em situação de emergência está associado à significativa morbimortalidade.
Descritores: Adenocarcinoma/complicações
Tumor Carcinoide/complicações
Hemorragia Gastrointestinal/etiologia
Tumores do Estroma Gastrointestinal/complicações
Neoplasias Intestinais/complicações
Obstrução Intestinal/etiologia
Perfuração Intestinal/etiologia
-Adenocarcinoma/mortalidade
Adenocarcinoma/cirurgia
Tumor Carcinoide/mortalidade
Tumor Carcinoide/cirurgia
Neoplasias Duodenais/complicações
Neoplasias Duodenais/mortalidade
Neoplasias Duodenais/cirurgia
Europa Oriental
Serviços Médicos de Emergência/estatística & dados numéricos
Tumores do Estroma Gastrointestinal/mortalidade
Tumores do Estroma Gastrointestinal/cirurgia
Achados Incidentais
Neoplasias do Íleo/complicações
Neoplasias do Íleo/mortalidade
Neoplasias do Íleo/cirurgia
Neoplasias Intestinais/mortalidade
Neoplasias Intestinais/cirurgia
Neoplasias do Jejuno/complicações
Neoplasias do Jejuno/mortalidade
Neoplasias do Jejuno/cirurgia
Linfoma/complicações
Linfoma/mortalidade
Linfoma/cirurgia
Admissão do Paciente
Prevalência
Estudos Retrospectivos
Centros de Atenção Terciária/estatística & dados numéricos
Limites: Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-746620
Autor: Parente, Daniella Braz.
Título: MDCT in the preoperative staging of gastric adenocarcinoma / O uso da TCMD no estadiamento pré-operatório do adenocarcinoma
Fonte: Radiol. bras;48(2):VII-VIII, Mar-Apr/2015.
Idioma: en.
Descritores: Aves
Reservatórios de Doenças
Infecções Respiratórias/transmissão
Viroses/transmissão
-Europa Oriental
Influenza Humana/transmissão
Infecções por Paramyxoviridae/transmissão
Romênia
Limites: Animais
Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-461323
Autor: Demidchik, Yuri E; Saenko, Vladimir A; Yamashita, Shunichi.
Título: Childhood thyroid cancer in Belarus, Russia, and Ukraine after Chernobyl and at present
Fonte: Arq. bras. endocrinol. metab;51(5):748-762, jul. 2007. graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: Thyroid cancer in children is usually rare, but in the individuals exposed to radiation risk of disease increases considerably. After the Chernobyl accident in 1986, an over 10-fold maximal elevation in the incidence of thyroid cancer was registered about a decade later, cumulatively resulting in more than a thousand of newly diagnosed cases in children who lived in the territories of Belarus, Russia, and Ukraine affected by radioactive fallouts. Experience from the epidemic substantially promoted knowledge in clinical pediatric oncology, pathology and basic sciences. This article overviews epidemiology, clinical features, results of treatment and follow-up of childhood patients with radiation-induced Chernobyl thyroid cancer in comparison to sporadic cases diagnosed at present. In addition, we discuss general issues of pathology and molecular findings in childhood thyroid carcinomas.

O câncer de tiróide é habitualmente raro em crianças, mas em indivíduos expostos a radiação o risco da doença aumenta consideravelmente. Cerca de uma década após o acidente de Chernobil, em 1986, foi registrado um aumento de mais de 10 vezes na incidência de câncer de tiróide, resultando cumulativamente em mais de mil novos casos diagnosticados em crianças que viviam nos territórios da Bielorrússia, Russia, e Ucrânia, afetadas pela chuva radioativa. A experiência com essa epidemia resultou em conhecimento substancial de oncologia pediátrica clínica, patologia e ciências básicas. Este artigo analisa a epidemiologia, os achados clínicos, os resultados do tratamento e a evolução de pacientes pediátricos com câncer de tiróide induzido pela radiação de Chernobil, em comparação com casos esporádicos diagnosticados atualmente. Adicionalmente, serão discutidos tópicos de patologia e achados moleculares no carcinoma de tiróide infantil.
Descritores: Carcinoma
Acidente Nuclear de Chernobyl
Neoplasias Induzidas por Radiação
Neoplasias da Glândula Tireoide
-Distribuição por Idade
Carcinoma/epidemiologia
Carcinoma/genética
Carcinoma/patologia
Carcinoma/terapia
Europa Oriental/epidemiologia
Incidência
Neoplasias Induzidas por Radiação/epidemiologia
Neoplasias Induzidas por Radiação/genética
Neoplasias Induzidas por Radiação/patologia
Neoplasias Induzidas por Radiação/terapia
Liberação Nociva de Radioativos
Neoplasias da Glândula Tireoide/epidemiologia
Neoplasias da Glândula Tireoide/genética
Neoplasias da Glândula Tireoide/patologia
Neoplasias da Glândula Tireoide/terapia
Limites: Adolescente
Criança
Pré-Escolar
Feminino
Humanos
Lactente
Recém-Nascido
Masculino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-455962
Autor: Palumbo, Emilio; Scotto, Gaetano; Faleo, Giuseppina; Cibelli, Donatella Concetta; Saracino, Annalisa; Angarano, Gioacchino.
Título: Prevalence of HBV-genotypes in immigrants affected by HBV-related chronic active hepatitis
Fonte: Arq. gastroenterol;44(1):54-57, jan.-mar. 2007. tab.
Idioma: en.
Resumo: BACKGROUND: The genetic heterogeneity of the HBV genome has been established and eight genotypes can be classified according to the criterion of >8 percent differences in the complete nucleotide sequence of the viral genome. AIMS: To evaluate the prevalence of HBV-infection in a population of immigrants and to determine in patients with detectable serum HBV-DNA the HBV-genotypes. METHODS: Between January 2005 and December 2005 a total of 556 immigrants were tested for HBsAg. In HBsAg positive patients the biochemical and virological activity of infection and the possible presence of co-infections (HCV, HDV, HIV) were evaluated. In patients with detectable serum HBV DNA, the HBV-genotype was determined by INNOLiPA. RESULTS: Among the 556 subjects tested, 60 (10.7 percent) resulted HBsAg positive. All were men, and 42 (70 percent) come from Africa, 10 (16.6 percent) from Asia and 9 (14.4 percent) from East-Europe. 28/60 (46.6 percent) patients presented normal ALT levels (<40 IU/L) and undetectable serum HBV DNA (<100 copies/mL in real-time PCR), while 32 (53.4 percent) patients had ALT levels above laboratory normal values and detectable serum HBV DNA. Genotype distribution was as follow: genotype E, 16 (50 percent), genotype D, 9 (28.1 percent), genotype A, 7 (21.9 percent). CONCLUSION: Our study evidences a moderate prevalence of HBV-infection in immigrants, particularly in sub-Saharan African people, and the potentiality of migratory flow in the introduction of genotype non-D hepatitis B virus, potentially characterized by a different natural history and, possibly, a different response to antiviral treatment.

RACIONAL: A heterogeneidade do genoma do vírus da hepatite B (VHB) foi estabelecida e oito genótipos podem ser classificados de acordo com o critério de diferenças de percentagem maior ou igual a 8 na seqüência completa do nucleotídeo do genoma vira!. OBJETIVOS: Verificar a prevalência da infecção pelo vírus da hepatite B (VHB) em uma população de imigrantes na Itália e determinar os genótipos do VHB em pacientes com níveis séricos detectáveis do VHB-DNA. MÉTODOS: Entre janeiro e dezembro de 2005, o total de 556 imigrantes foram testados para o HbsAg. Se positivos, a atividade bioquímica e viral da infecção e a possível presença de co-infecções (HVC, HVD e HIV) foram examinadas. Nos pacientes positivos para o VHB-DNA, o genótipo do VHB foi determinado pelo método INNOLiPA. RESULTADOS: Entre os 556 pacientes, 60 (10,7 por cento) tinham HbsAg positivo. Todos eram do sexo masculino e 42 (70 por cento), provenientes da Africa, 10 (16,6 por cento) da Asia e 9 (14,4 por cento) do Leste Europeu. 28/60 (46,6 por cento) apresentaram níveis de ALT normais (<40 UI/L) e soro negativo ou indetectável para o VHB-DNA (<100 copies/mL PCR "real-time"), enquanto 32 (53,4 por cento) tinham níveis mais elevados de ALT e soro positivo para VHB-DNA. A distribuição do genótipo foi a seguinte: genótipo E, 16 (50 por cento), genótipo D, 9 (28,1 por cento), genótipo A, 7 (21,1 por cento). CONCLUSÃO: O estudo evidencia a prevalência moderada do HVB em imigrantes, particularmente na população africana, sub-Sahara e o potencial fluxo migratório na introdução da hepatite B, genótipo não-D, potencialmente caracterizada pela história natural e possivelmente levar à diferença no tratamento anti-viral.
Descritores: DNA Viral/genética
Vírus da Hepatite B/genética
Hepatite B Crônica/etnologia
Hepatite B Crônica/virologia
-África/etnologia
Ásia/etnologia
DNA Viral/isolamento & purificação
Emigrantes e Imigrantes
Europa Oriental/etnologia
Genótipo
Hepatite B Crônica/diagnóstico
Itália/epidemiologia
Reação em Cadeia da Polimerase
Prevalência
Limites: Adulto
Humanos
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-441923
Autor: Domínguez Torres, Luis Carlos.
Título: La salud en la era postcomunista: tendencias sanitarias en Europa Central y del Este y en los Nuevos Estados Independientes de la Union Soviética (NEI) frente al reto del ingreso a la Unión Europea / Health in the postcommunist age: sanitary tendencies in eastern and central countries and the newly independient states of the former Soviet Union facing the challenge of the entering the European Union
Fonte: Rev. gerenc. políticas salud;4(8):91-113, jul. 2005. tab.
Idioma: es.
Resumo: El objetivo de este documento es el de mostrar las tendencias recientes de la transición sanitaria de los países de Europa Central, de Europa del Este y de los Nuevos Estados Independientes (NEI) de la Unión Soviética frente al reto del ingreso a la Unión Europea.
Descritores: Saúde Pública
-Europa (Continente)
Europa Oriental
U.R.S.S.
Responsável: CO185.1 - Biblioteca Alfonso Borrero Cabal, S. J.


  7 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-406072
Autor: Kopp, Maria S.
Título: La psicoterapia en diferentes países. Terapias cognitivo-comportamentales en Europa centro-oriental / Psychotherapy toady: Its situation in different countries. Cognitive-behavioural therapies en central-eastern-Europe
Fonte: Rev. argent. clín. psicol;5(1):95-98, abr. 1996.
Idioma: es.
Descritores: Terapia Cognitivo-Comportamental
Europa Oriental
Hungria
Responsável: AR522.1 - Biblioteca


  8 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-300468
Autor: Leon, Ramon.
Título: Rumbo al nuevo mundo: cuatro psicologos de europa oriental en la historia de la Psicologia de America del Sur / Towards the new world: Four Eastern European psychologists in the history of psychology in South America
Fonte: Rev. latinoam. psicol;29(1):9-34, 1997. tab.
Idioma: es.
Resumo: Se estudian la vida y la obra de cuatro psicó1ogos procedentes de Europa Oriental que emigraron a América del Sur. Helena Antipoff (1892-1974) nació en Rusia, se educó en Suiza y emigró a Brasil. Oliver Brachfeld (1908- 1967) fue un húngaro que trabajó en España y luego emigró a Venezuela, donde fundó el Instituto de Psicosíntesis. Waclaw Radecki (1887-1953) nació en Polonia, trabajó activamente en Brasil, Argentina y Uruguay, y organizó el I Congreso Latinoamericano de Psicología en Montevideo en 1950. Bela Szekely (1899-1955) nació en Hungría y emigró a Argentina. Estos cuatro psicó1ogos fueron figuras importantes en el "periodo de nacimiento" de la psicología como ciencia y como profesión en América Latina. Antipoff dio un impulso decisivo a la psicolgía educacional en el Brasil; Brachfeld fue presidente de la Sociedad Interamericana de Psicología; Radecki publicó varios libros y trató de establecer la psicología como profesión en Brasil y Uruguay, sin lograrlo; Szekely fue el autor de dos de las mas importantes obras de referencia de la psicolgía latinoamericana en las décadas de los cincuenta, sesenta y setenta: Los tests, y Diccionario enciclopédico de la psique.
Descritores: Europa Oriental
Psicologia
Psicologia
América do Sul
Tipo de Publ: Artigo Histórico
Responsável: CO176.1 - Biblioteca Jorge Bejarano


  9 / 9 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-298942
Autor: Deppe, Hans-Ulrich; Oliveira, Carlos Roberto.
Título: A política de saúde na europa: As implicações do colapso do Leste europeu (1985-1995) / Politic healt in Europan: The collapse implicatin in lest european ( 1985-1995)
Fonte: An. Acad. Nac. Med;160(2):134-140, 2000.
Idioma: pt.
Descritores: Previdência Social
Política de Saúde/tendências
Política Pública
Previdência Social/tendências
Previdência Social
Medicina Social
Medicina Estatal
-Europa Oriental
Saúde Pública
Responsável: BR9.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde Profa. Susana Schimidt



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde