Base de dados : LILACS
Pesquisa : Z01.639.040.218 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 6 [refinar]
Mostrando: 1 .. 6   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 6 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-961125
Autor: Carmona-Torres, Juan Manuel; Carvalhal-Silva, Rosa María; Viera-Mendes, Maria Helena; Recio-Andrade, Beatriz; Goergen, Thomas; Rodríguez-Borrego, María Aurora.
Título: Elder abuse within the family environment in the Azores Islands / Maus-tratos no ambiente familiar contra idosos nas Ilhas dos Açores / Maltrato en el entorno familiar a las personas mayores en las Islas Azores
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);25:e2932, 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objectives: to dimension abuse against vulnerable adults within the family and community environment in the Azores Islands, identify risk factors for abuse and describe the profile of an abused elder. Method: descriptive cross-sectional study. Random sampling. The instruments used were: clinical histories of the users, Mini-Mental State Examination, Index of Independence in Basic Activities of Daily Living, Family APGAR Scale, Elder Abuse Suspicion Index and Social Work Assessment Form. Descriptive statistical analysis was used for qualitative and quantitative variables and multiple logistic regression was used to identify factors associated with elder mistreatment. Results: abuse suspicion was identified in 24.5% of elderly participants. Psychological abuse was the most common type of abuse and sons were the main abusers. Conclusion: being a woman and belonging to a dysfunctional family is associated with an increased risk of becoming a victim of abuse; the high level of domestic violence against the elderly in the Azores Islands is in line with the rest of Portugal.

RESUMO Objetivos: dimensionar os maus-tratos contra as pessoas idosas vulneráveis no ambiente familiar e comunitário nas Ilhas dos Açores, identificar fatores de risco para maus-tratos e definir o perfil do idoso maltratado. Método: estudo descritivo transversal. Amostragem aleatória. Os instrumentos utilizados foram: prontuários dos usuários, Mini Exame do Estado Mental, teste de autonomia para as Atividades Básicas da Vida Diária, Escala APGAR Familiar, Índice de Suspeição de Abuso no Idoso e Formulário de Avaliação de Trabalho Social. Análise estatística descritiva foi usada para as variáveis qualitativas e quantitativas e regressão logística múltipla foi usada para identificar os fatores associados aos maus-tratos. Resultados: suspeita de maus-tratos foi identificada em 24,5% dos idosos participantes. O abuso psicológico foi o tipo de maus-tratos mais comum e os responsáveis por esses maus-tratos foram principalmente os filhos. Conclusão: ser mulher e pertencer a uma família disfuncional está associado com uma maior probabilidade de sofrer maus-tratos; o alto nível de violência doméstica contra os idosos nas Ilhas dos Açores segue o mesmo padrão do resto de Portugal.

RESUMEN Objetivos: dimensionar el maltrato a personas mayores vulnerables en el entorno familiar y comunitario de las Islas Azores, identificar factores de riesgo de maltrato y definir el perfil del anciano maltratado. Método: estudio descriptivo de corte transversal. Muestreo aleatorio. Los instrumentos utilizados fueron: historias clínicas de los usuarios, Mini-Examen Cognitivo, test de autonomía para las Actividades Básicas de la Vida Diaria, Test de APGAR Familiar, Índice de Sospecha de Maltrato hacia Personas Mayores y Formulario de Evaluación de Trabajo Social. El análisis estadístico fue descriptivo para las variables cualitativas y cuantitativas y una regresión logística múltiple para identificar los factores asociados al maltrato. Resultados: se identificó sospecha de maltrato en el 24,5% de los ancianos participantes. El maltrato psicológico fue el tipo de maltrato más común y los desencadenantes de ese maltrato fueron principalmente los hijos. Conclusión: se asocia ser mujer y pertenecer a familia disfuncional con mayor probabilidad de padecer maltrato; el alto nivel de la violencia domestica a los ancianos en las Islas Azores sigue la línea que en el resto de Portugal.
Descritores: Violência Doméstica
Maus-Tratos ao Idoso
-Açores
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-675982
Autor: Soares, Hélia; Pereira, Sandra M.; Neves, Ajuda; Gomes, Amy; Teixeira, Bruno; Oliveira, Carolina; Sousa, Fábio; Tavares, Márcio; Tavares, Patrícia; Dutra, Raquel; Pereira, Hélder Rocha.
Título: Projeto Evidência: investigação e formação sobre acesso a bases de dados de informação científica nos Açores / Project evidência [evidence]: research and education about accessing scientific databases in Azores / Proyecto evidencia: investigación y formación sobre acceso a bases de datos de información científica en las Azores
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;47(2):486-493, abr. 2013. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O projeto Evidência visa estimular os enfermeiros na utilização das bases de dados de informação científica. Este estudo teve por objetivos desenhar uma intervenção formativa facilitadora do acesso a essas bases de dados por parte dos enfermeiros, efetuar avaliação de diagnóstico relativamente aos hábitos dos enfermeiros quanto a esse tipo de ferramenta e determinar o impacto de uma intervenção formativa sobre essas matérias entre os enfermeiros residentes nos Açores. Em termos metodológicos, foi desenhado um projeto de intervenção e realizado um estudo quantitativo, do tipo descritivo, para avaliar esse impacto aos dois e cinco mêses após a formação, em dimensões como o conhecimento, hábitos e objetivos de utilização. No projeto participaram 192 enfermeiros, e os resultados apontam para um impacto positivo dessa formação, não só no aumento da frequência de utilização das bases de dados de informação científica, como na autopercepção de competência na sua utilização e motivos invocados para explorar esse tipo de informação.

Project Evidência [Evidence] intends to promote the use of scientific databases among nurses. This study aims to design educational interventions that facilitate nurses' access to these databases, to determine nurses' habits regarding the use of scientific databases, and to determine the impact that educational interventions on scientific databases have on Azorean nurses who volunteered for this project. An intervention project was conducted, and a quantitative descriptive survey was designed to evaluate the impact two and five months after the educational intervention. This impact was investigated considering certain aspects, namely, the nurses' knowledge, habits and reasons for using scientific databases. A total of 192 nurses participated in this study, and the primary results indicate that the educational intervention had a positive impact based not only on the increased frequency of using platforms or databases of scientific information (DSIs) s but also on the competence and self-awareness regarding its use and consideration of the reasons for accessing this information.

El proyecto Evidencia procura estimular al enfermero a utilizar bases de datos de información científica. Se objetivó ejecutar una intervención formativa para facilitar el acceso a tales bases por parte de enfermeros, efectuar evaluaciones de diagnóstico relativas a hábitos del enfermero respecto de dichas herramientas y determinar el impacto de una intervención educativa sobre el tema entre enfermeros residentes en las Azores. En términos metodológicos, fue diseñado un proyecto de intervención y realizado un estudio cuantitativo y descriptivo, para evaluar ese impacto a los dos y cinco meses luego de la formación, en dimensiones como conocimiento, habitualidad y objetivos de utilización. Participaron 192 enfermeros. Los resultados expresan un impacto positivo de la formación, no sólo en el aumento de frecuencia de utilización de bases de datos, sino también en la autopercepción de competencia en el uso y motivos expresados para abordar este tipo de información.
Descritores: Bases de Dados Bibliográficas
Educação Continuada em Enfermagem
Enfermagem Baseada em Evidências
Pesquisa em Enfermagem
-Açores
Bases de Dados Bibliográficas/estatística & dados numéricos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-640955
Autor: Lacerda, Gonçalo F.; Pinheiro, Paulo S.; Cabral, José M.; Câmara, Jorge G.; Rodrigues, Vítor L..
Título: Cancer in the Azores: initial results from a recently established population-based cancer registry / Câncer nos Açores: primeiros resultados de um registro oncológico de base populacional recentemente criado
Fonte: Rev. bras. epidemiol;15(2):285-297, jun. 2012.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: The Azores archipelago has long been the Portuguese region that presents the highest mortality rates for certain cancers. Lack of incidence data has prevented the evaluation of the actual burden of this disease in the Azorean population. METHODS: Malignant tumours (ICD-O 5th Digit /3) initially diagnosed between the January 1st 2000 and December 31st 2002 were retrieved from the database of the recently established population-based cancer registry. Crude, age-specific and age-standardized rates were calculated and confidence intervals were estimated using Poisson approximation. Relative risks of developing cancer in the Azores when compared to mainland Portugal have been represented by standardized ratios. Quality indicators, including Mortality:Incidence (M:I) ratios, were also assessed. RESULTS: Overall, the data shows a high incidence rate for some malignant diseases, specifically in men. Compared to those living in mainland Portugal, both Azorean men (RR 1.412; 99% CI 1.407-1.416) and women (1.127; 1.125-1.129) presented a significantly higher risk of developing cancer, all sites combined. When compared with other cancer registries, a less favourable cancer survival pattern is reported in the Azores, as emphasized by higher M:I ratios for several cancer sites. CONCLUSIONS: A preliminary analysis of the results suggests the presence of some major risk factors in the Azorean population, namely tobacco smoking in men. Higher M:I ratios would also point to survival disparities between the Azores archipelago and the continent, which should be further studied.

INTRODUÇÃO: O arquipélago dos Açores é a região Portuguesa a apresentar as mais elevadas taxas de mortalidade por câncer desde há alguns anos. A ausência de dados de incidência tem constituído um obstáculo ao conhecimento da distribuição da doença oncológica na população açoriana. METODOLOGIA: Todos os tumores malignos (5º dígito da ICD-O: /3) diagnosticados pela primeira vez entre 1 de Janeiro de 2000 e 31 de Dezembro de 2002 foram retirados da base de dados do Registo Oncológico Regional dos Açores. Foram calculadas as taxas brutas, específicas por idade e padronizadas, e estimados os respectivos intervalos de confiança, bem como os riscos relativos de desenvolver câncer nos Açores, em relação a Portugal continental. Finalmente, foram estabelecidos alguns indicadores de qualidade do Registo, como a razão mortalidade:incidência. RESULTADOS: Em termos globais, os resultados demonstram que alguns cânceres, sobretudo nos homens, apresentam taxas de incidência relativamente elevadas. Considerando todas as localizações, quer os homens (RR 1.412; 99% IC 1.407-1.416) quer as mulheres açorianas (1.127; 1.125-1.129) apresentaram um risco significativamente maior de desenvolver câncer, quando comparados com Portugal continental. No que respeita à razão mortalidade:incidência, os resultados poderão eventualmente apontar para padrões de sobrevivência mais desfavoráveis nos Açores relativamente a outras regiões europeias, incluindo o continente. CONCLUSÃO: Uma análise preliminar dos resultados aponta para a existência de fatores de risco, como o consumo de tabaco, a contribuir para a elevada incidência de câncer do pulmão nos homens açorianos. Eventuais disparidades na sobrevivência por câncer entre os Açores e o continente deverão também ser futuramente estudadas.
Descritores: Neoplasias/epidemiologia
Sistema de Registros
-Açores/epidemiologia
Incidência
Limites: Feminino
Seres Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Langdon, Esther Jean
Texto completo
Id: lil-485725
Autor: Lin, Jaime; Peruchi, Mirella M; Souza, Luciana Hammes de; Furlanetto, Leticia M; Langdon, Esther Jean.
Título: Percepção e expressão de sintomas depressivos em três grupos culturais catarinenses: açorianos, italianos e alemães / Perceptions of the symptoms of depression between members of three ethnic communities in Santa Catarina: azoreans, italians and germans
Fonte: J. bras. psiquiatr;57(1):2-8, 2008. tab.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVOS: Comparar a percepção da depressão, incluindo a percepção dos sintomas e dos tratamentos considerados apropriados, pelos membros de três grupos étnicos (descendentes de açorianos, italianos e alemães residentes em Santa Catarina, Estado da Região Sul do Brasil), assim como a expressão de depressão por meio do Inventário Beck de Depressão nestes grupos. METÓDO: Em um estudo transversal, com uma parte quantitativa e uma qualitativa, foram avaliados 60 indivíduos, sendo 20 de cada uma das comunidades étnicas escolhidas: açoriana, italiana e alemã. Realizou-se uma entrevista semi-aberta, tendo como questões orientadoras: Para você, o que é depressão?; O que pessoas deprimidas devem fazer?; e Qual atividade de lazer você mais gosta de fazer? Depois, foi aplicado o Inventário Beck de Depressão (BDI). Os escores do BDI (subescalas: cognitiva-afetiva e somática) foram comparados entre os diferentes grupos por meio do método ANOVA. No estudo qualitativo, verificaram-se as percepções compartilhadas no discurso dos indivíduos de cada grupo, quanto à depressão e seu tratamento. RESULTADOS: Os principais sintomas relatados por descendência foram: irritabilidade (açorianos), autopunição (italianos) e falta de energia (alemães). Não houve diferença estatisticamente significativa quanto à freqüência de sintomas cognitivos e somáticos nas diferentes comunidades. O padrão de percepção da depressão caracterizou-se nos descendentes de açorianos por isolamento ("... a gente não quer ver ninguém"). Nos italianos, a depressão esteve relacionada a afastamento da família ("Depressão é vontade até de deixar o filho, o marido"), sendo esta vista como a responsável por ajudar na melhora. Já entre os alemães, a depressão esteve relacionada à dificuldade no trabalho ("Depressão é... não ter mais vontade de trabalhar") e este foi relatado como a solução. CONCLUSÃO: De acordo com o grupo étnico, a expressão, a percepção e a busca de tratamento para a depressão...

OBJECTIVES: To compare perceptions of the symptoms of depression and its management between members of three ethnic communities (descendants of Azoreans, Italians and Germans in Santa Catarina, which is a State in the South of Brazil) and to compare the expression of depressive symptoms via the Beck Depression Inventory. METHODS: In a cross-sectional study, with both a quantitative and a qualitative design, 60 individuals (20 of each of the above ethnicities) were interviewed. A semi-structured interview was conducted, oriented by the following questions: In your opinion, what is depression?; How should persons cope with depression? and What is your preferred leisure time activity? After that, the subjects completed the Beck Depression Inventory (BDI). The BDI scores (subscales: cognitive/affective and somatic) were compared among the three groups using ANOVA. In the qualitative study, patterns of perceptions concerning depression were identified analyzing the responses of the individuals to the semi-structured interviews. RESULTS: The most frequent self-reported symptoms according to each ethnicity were: irritability (Azoreans), self-punishment (Italians) and low energy (Germans). There were no statistically significant differences between cognitive or somatic scores among the groups. The Azorean descendants suspected depression if the individuals evidenced social withdrawal ("... we don't want to see anybody"). For the Italian descendants, the family was cited as important in detecting ("Depression is feeling like leaving your son, your husband") and managing depression. The German descendants attributed depression to difficulty with work ("Depression is... not wanting to work") and work was also seen as the solution. CONCLUSIONS: According to ethnicity, the detection, expression of symptoms and search for treatment was related to: the community (Azoreans); the family (Italians) and work (Germans).
Descritores: Comparação Transcultural
Depressão/diagnóstico
Grupos Étnicos/psicologia
Percepção
-Açores
Estudos Transversais
Emigrantes e Imigrantes
Alemanha
Entrevistas como Assunto
Itália
Fatores Socioeconômicos
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR14.1 - Biblioteca Central


  5 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-260429
Autor: Flores, Maria Bernardete Ramos.
Título: Entre a casa e a rua memória feminina das festas açorianas / Between the house and the street feminine memory of açorians parties
Fonte: In: Universidade Federal de Santa Catarina. Seminário de Estudos sobre a Mulher: fazendo gênero. Paraná, Centro de Publicaçöes da Universidade Estadual de Ponta Grossa, 1996. p.161-4.
Idioma: pt.
Descritores: Feminismo
Sexualidade
Mulheres/história
-Açores
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR342.1 - Biblioteca Universitária de Saúde
BR342.1; 616-083:061.3"1996"


  6 / 6 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-126150
Autor: Radvany, Joäo; Camargo, C. H. P; Costa, Z. M; Fonseca, N. C; Nascimento, E. D.
Título: Machado-Joseph disease of Azorean ancestry in Brazil: the Catarina kindred; neurological, neuroimaging, psychiatric and neuropsychological findings in the largest known family, the Catarina kindred
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;51(1):21-30, mar.-maio 1993. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Há, até o momento, notícia de 9 famílias näo aparentadas com o diagnóstico clínico de doença de Machado-Joseph (MJD) no Brasil. Esta é a maior família do mundo com doença. É de origem açoriana e contem 622 indivíduos na árvore fenealógica. Destes, 236 foram examinados. Dois examinadores julgaron 39 como afetados. Respectivamente 12, 23 e 4 pacientes tinham os fenôtipos I, II e III da doença, com idades no início variando entre 10-48, 14-54 e 30-55. Doença tipo I de início juvenil näo mostrou atrofia täo severa nas imagens por ressonância magnética (RM) quanto doença tipo II de duraçäo igual, demonstrando que severidade clínica e grau de atrofia näo caminham paralelamente. Nenhum dos 8 pacientes examinados por RM tinha atrofia olivar ou anormalidades no globo pálido. Doze pacientes e 23 sob risco foram submetidos a avaliaçäo neuropsicológica. A atençäo foi normal em todos. Memória verbal estava pior nos doentes com maior decaimento com o tempo que nos sob risco. Ambos os grupos tiveram pontuaçäo abaixo do normal na identificaçäo de silhuetas e praxia construtiva. Memória visual estava bem abaixo do normal para ambos, com muitas rotaçöes, porém sem omissöes ou confabulaçäo. Padräo peculiar de multiplicaçäo dos detalhes internos, que denominamos o "efeito olho de mosca" foi visto em 6 doentes e 8 sob risco. Discriminaçäo defeituosa de cores, quando múltiplas cores eram apresentadas lado a lado, na ausência de anomia ou cegueira a cores, caracterizável como "simultagnosia a cores", surgiu como achado e foi pesquisada em 29 sujeitos 4/10 doentes e 6/19 sob risco mostram esta dificuldade. Conclui-se que disfunçöes cognitivas na esfera visual säo proeminentes nesta família. Se seriam próprias da doença e manifestaçäo precoce daqueles sob risco, está ainda para ser estabelecido. Depressäo foi avaliada com critérios do DSM III-R e com o Montgomery-Asberg Depression Rating Scale. Näo houve diferença entre doentes e sob risco. Entretanto, os pacientes tiveram menos depressäo do que tinham tido antes ou nas fases precoces da doença. A MJD plenamente instalada parecia exercer efeito protetor da depressäo
Descritores: Degenerações Espinocerebelares/genética
-Açores/etnologia
Brasil
Degenerações Espinocerebelares/diagnóstico
Exame Neurológico
Testes Neuropsicológicos
Linhagem
Escalas de Graduação Psiquiátrica
Espectroscopia de Ressonância Magnética
Fatores de Risco
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde