Base de dados : LILACS
Pesquisa : C16.614.166 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 121 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Longo]

página 1 de 13 ir para página                         

  1 / 121 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: biblio-991335
Autor: García Méndez, Luis Rolando; Rodríguez García, Luismer; Díaz Olivera, Greysi.
Título: Divertículo de Meckel. A propósito de un caso / Meckel's diverticulum. Apropos of a case
Fonte: Rev. medica electron;41(1):173-179, ene.-feb. 2019. graf.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN El divertículo de Meckel es una evaginación en dedo de guante del borde antimesentérico del íleon, constituido por sus capas, debido a una persistencia embriológica del extremo proximal del conducto onfalomesentérico. Forma una bolsa a manera de tubo y que puede extenderse hasta la región umbilical, su inflamación (diverticulitis) produce un cuadro clínico semejante al de la apendicitis aguda, por lo que su diagnóstico preoperatorio es raro. Por lo infrecuente, los médicos no piensan seriamente en esta patología y su diagnóstico definitivo se realiza durante el transoperatorio. Se presentó un caso por lo infrecuente que resulta lo cual aporta conocimiento a la comunidad médica sobre el tema. Paciente de 68 años, acude al centro con dolor tipo cólico, taquicardia y fiebre de 38.5C°, con 24 h de evolución. Refiere que el dolor se le hizo fijo hacia fosa iliaca derecha, el cual se fue intensificando. Se decidió su ingreso para tratamiento quirúrgico. Se realizó apendicectomia y resección y anastomosis en la zona del divertículo. Se recibió biopsia informando diverticulitis de Meckel.

ABSTRACT Meckel's diverticulum is an evagination resembling a glove finger of the ileum anti-mesenteric edge, formed by layers due to an embryologic persistence of the proximal end of omphalo-mesenteric duct. It forms a sac like a tube that may extend up to the umbilical region; its inflammation (diverticulitis) has clinical characteristics similar to the acute appendicitis ones, making its pre-surgery diagnosis very unusual. Due to its frequency, doctors often do not take this disease into account, and it is definitely diagnosed during the trans-operative. The case was presented due to its infrequency, bringing knowledge on the theme to medical community. A patient aged 68 years assisted the hospital with a colic-like pain, tachycardia and fiver of 38.5oC after 24 hours of evolution. He refers that the pain became fixed in the right iliac fosse and got more intensity. The decision was entering him for surgical treatment. Appendectomy, resection and anastomosis were carried out in the area of the diverticulum. The received biopsy informed Meckel's diverticulum.
Responsável: CU424.1 - Centro Provincial de Información de Ciencias Médicas


  2 / 121 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Costa Rica
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-891477
Autor: Castillo Ramírez, Marisol; Vargas Durán, Katy.
Título: Efectividad del masaje en el área abdominal para la reducción de los cólicos del lactante / Effectiveness of massage in the abdominal area to reduce infant colic / Eficácia da massagem na região abdominal para reduzir cólica infantil
Fonte: Enferm. actual Costa Rica (Online) = Rev. electron. enferm. actual Costa Rica(32):79-89, ene.-jun. 2017. tab, ilus.
Idioma: es.
Resumo: ResumenIntroducción. El cólico del lactante es una afección benigna que pueden experimentar los menores de seis meses; no obstante, aunque no pone en peligro su vida, puede convertirse en una experiencia traumática para los padres y la familia, además de resultar muy molesto para el mismo lactante.Método. Para el desarrollo de este trabajo se utilizó la metodología investigativa de práctica de enfermería basada en la evidencia (PEBE), se planteó una pregunta clínica y se realizó búsquedas electrónicas en MEDLINE, SIBDI, Google académico, PubMed, Cochrane Library Plus. Después de establecer los criterios de inclusión y exclusión y análisis crítico, se seleccionó cuatro documentos que respondieran a la pregunta clínica.Resultados. Ningún estudio respondió directamente a la pregunta, sin embargo, varias investigaciones confirman que el masaje reduce las horas de llanto, influye en el estado de ánimo del lactante y promueve un cambio de actitud de los padres ante los eventos benignos de los cólicos del lactante.Conclusión.El cólico del lactante es uno de los principales problemas que enfrentan los padres y los lactantes sanos menores de seis meses, por lo que es una consulta para los profesionales de salud que los atienden. No existe base científica de que el masaje abdominal modifique en algún aspecto orgánico el tracto digestivo, pero sí existe evidencia de cambios en el comportamiento de los lactantes, reducción de las horas de llanto y mejoramiento de las horas de sueño, además mejora la actitud de los padres ante las molestias que los lactantes pueden experimentar durante los periodos de cólicos.

AbstractIntroduction. Infantile colic is a benign condition that may experience less than six months; however, although not life threatening, it can become a traumatic experience for parents and family, as well as being very annoying for the same infant.Method. For the development of this work practice research methodology based on evidence (PEBE) was used nurses, a clinical question was raised and electronic searches of MEDLINE, SIBDI, Google Scholar, PubMed, Cochrane Library Plus. After establishing the criteria for inclusion and exclusion and critical analysis, four documents to answer the clinical question he was selected.Results. No study directly answer the question, however, several studies confirms that massage reduces hours of crying, influences mood infant and promotes a change in attitude of parents to benign events colic infant.Conclusion. Infantile colic is one of the main problems that parents and children six months healthy infants face, so it is a query for health professionals who serve them. There is no scientific basis that abdominal massage alter some organic aspect the digestive tract, but there is evidence of changes in the behavior of infants, reduction of hours of crying and improving sleep, and improves attitude parents to the discomfort that infants may experience during periods of colic.

ResumoIntrodução. Cólica infantil é uma condição benigna que pode experimentar menos de seis meses; No entanto, embora não seja uma ameaça à vida, ela pode se tornar uma experiência traumática para os pais e familiares, bem como sendo muito irritante para a mesma criança.Método. Para o desenvolvimento desta metodologia de pesquisa prática de trabalho com base em evidências (PEBE) foi utilizado enfermeiros, uma questão clínica foi levantada e buscas eletrônicas do MEDLINE, SIBDI, Google Scholar, PubMed, Biblioteca Cochrane Plus. Depois de estabelecer os critérios de inclusão e exclusão e análise crítica, quatro documentos para responder à pergunta clínica ele foi selecionado.Resultados. Nenhum estudo responder directamente à questão, no entanto, vários estudos confirmam que a massagem reduz as horas de choro, influências humor infantil e promove uma mudança de atitude dos pais para eventos cólica benigna infantil.Conclusão. cólica infantil é um dos principais problemas que as crianças os pais e crianças de seis meses saudáveis enfrentam, por isso é uma consulta para profissionais de saúde que os atendem. Não há base científica que a massagem abdominal alterar algum aspecto orgânico do trato digestivo, mas não há evidências de mudanças no comportamento das crianças, redução da jornada de choro e melhorar o sono e melhora a atitude pais para o desconforto que as crianças podem experimentar durante os períodos de cólica.
Responsável: CR1.1 - BINASSS - Biblioteca Nacional de Salud y Seguridad Social


  3 / 121 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-895331
Autor: Souza, Taciane M; Lopes, Thiago V; Wajnsztejn, Henry; Pazdiora, Raul D; Riet-Correa, Franklin; Fujihara, Rodrigo I; Mansur, Igor M; Schons, Sandro V.
Título: Timpanismo gastrointestinal em equídeos alimentados com Panicum maximum com alto conteúdo de amido / Intestinal bloat in equids fed with Panicum maximum of high starch content
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;37(10):1079-1084, out. 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Projeto: INCT.
Resumo: Timpanismo intestinal agudo em cavalos e mulas introduzidos em pastagens de Panicum maximum cv. Tanzânia, cv. Massai e cv. Mombaça são relatados na região norte do Brasil, durante o período das chuvas. As causas são desconhecidas, porém, tem sido sugerido que estão associados a um maior armazenamento de carboidratos não fibrosos na gramínea. Este trabalho teve por objetivos realizar um levantamento epidemiológico dos surtos de cólicas ocorridos no Estado de Rondônia, assim como contribuir com o estudo da ação dos carboidratos de P. maximum na ocorrência da doença. Para isso foram realizadas visitas em 10 propriedades que apresentaram casos da enfermidade. Em duas propriedades foram introduzidos equinos no mês de março e foram coletadas amostras de pastagens para a determinação de energia digestiva, lisina, matéria seca, carboidratos solúveis em água, carboidratos solúveis em éter, carboidratos não fibrosos, fibra de detergente neutra, fibra de detergente ácido, lignina, amido, gordura e proteína bruta. Essas determinações foram realizadas, também, em amostras de pastagens de P. maximum de outras propriedades onde não estavam ocorrendo cólicas e das pastagens de Cynodon dactylon de onde provinham os equinos. Os resultados mostraram que os surtos de cólica ocorrem na época de chuva, quando as pastagens estão rebrotando com uma morbidade de 31,6%, e letalidade de 86,1%. As análises bromatológicas mostraram uma diferença significativa nas concentrações de amido (P=0,0072) do P. maximum que causou cólica (8,3 % e 9,2%), quando comparado com o P. maximum das outras propriedades (0,9% e 4,3%) e com o Tifton, utilizado previamente na alimentação dos mesmos equinos (0,2% e 0,8%). Em outra fazenda a doença foi reproduzida experimentalmente em um equino, no mês de março administrando P. maximum cortado contendo 6,5% de amido. A mesma pastagem não causou cólica quando foi administrada a equinos entre os meses de novembro a fevereiro, com 2,7% a 5,1% de amido. Estes resultados sugerem que a causa das cólicas em equídeos em pastagens de P. maximum, na época de rebrote, é o alto conteúdo de amido das mesmas.(AU)

Acute intestinal bloat occurs in horses and mules introduced into sprouting Panicum maximum cv. Tanzania, cv. Massai and cv. Mombaça pastures in northern Brazil during the rainy season. It has been suggested that the disease is due to high concentrations of non-structural carbohydrates in this grass. The paper aimed to study outbreaks of colics in the state of Rondônia, Brazil and contribute to the knowledge of the carbohydrates contained in P. maximum as the cause of the disease. For this, ten farms which had cases of intestinal bloat were visited. On two farms, horses were introduced into such a toxic pasture. Samples of pasture were collected for determination of digestible energy, lysine, dry matter, water soluble carbohydrates, ether soluble carbohydrates, non-fiber carbohydrates, neutral detergent fiber, acid detergent fiber, lignin, starch, and fat. Samples of P. maximum pastures from neighboring farms, where the disease was not occurring, and from Cynodon dactylon pastures where the horses had been grazing before were also collected. The results showed that colics occur in the rainy season in sprouting pasture with a morbidity of 31.6%, and lethality of 86.1%. The pastures which induce colic showed significantly (P=0.0072) higher starch concentration (8,3 and 9,2%) than pastures of P. maximum which did not cause colic (0,9 and 4,3%) as well as the Cynodon dactylon pastures ingested previously by the horses (0.2 and 0.8%. On another farm, the disease was produced experimentally in a horse receiving in the feeder P. maximum collected from a toxic pasture with 6.5% of starch. The same pasture did not cause colic from November to February with starch content of 2.7 to 5.1%. It is suggested that the cause of colic in equids ingesting sprouting pasture of P. maximum is the high starch content of this pasture during the groth period.(AU)
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  4 / 121 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-773525
Autor: Pereira Junior, José Carlos; Hallinan, Márcia Pradella; Pessoa, José Hugo de Lins.
Título: Excessively crying infants are more common among children of parents with restless legs syndrome / Bebes com choro e agitação excessivos têm mais comumente pais com síndrome de pernas inquietas
Fonte: MedicalExpress (São Paulo, Online);2(6), Nov.-Dec. 2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: We have frequently observed that infants presenting with excessive crying and fussing, or colic at night have parents with Restless Legs Syndrome. Our objective was to determine if these infants are more likely to have parents with Restless Legs Syndrome (Willis-Ekbom Disease). METHODS: We interviewed 67 families with infants and children, in search of a history of excessive crying and fussing during their first four months of life. Their parents were investigated for Restless Legs Syndrome. RESULTS: Among the 134 interviewed parents, 39 (29%) had Restless Legs Syndrome. Among the 96 children, 37 (38%) presented excessive crying and fussing. Of these, 28 (76%) had at least one parent with Restless Legs Syndrome. Among the 59 children without excessive crying and fussing only 14 (24%) had at least one parent with Restless Legs Syndrome. The association between events (children of parents with vs. without Restless Legs Syndrome) was measured by the phi coefficient (0.510), indicating a more than trivial association. The estimated association was 75.7 vs. 27.7, Odds Ratio = 10 at 95% confidence interval, 3.82-26.15). CONCLUSION: Children with excessive crying and fussing were more likely to have at least one parent with Restless Legs Syndrome. The present evidence is insufficient to conclude that infantile excessive crying and fussing is equivalent to a a probable diagnosis of parental Restless Legs Syndrome. However, they provide information as well as the necessary motivation to undertake more extensive studies of infants with excessive crying and fussing.

OBJETIVO: Temos frequentemente observado que infantes que apresentam choro excessivo e agitação ou cólicas noturnas têm pais com Síndrome de Pernas Inquietas. Nosso objetivo foi determinar se estes infantes são mais propensos a terem pais com a Síndrome de Pernas Inquietas. MÉTODOS. Foram entrevistadas 67 famílias com infantes e crianças em busca de uma história de choro excessivo e agitação durante os primeiros 4 meses de vida. Seus pais foram investigadas para Síndrome de Pernas Inquietas. RESULTADOS: Dentre os 134 pais entrevistados, 39 (29%) tinham doença Willis-Ekbom. Entre as 96 crianças avaliadas 37 (38%) apresentaram choro excessivo e agitação. Destas, 28 (76%) apresentaram pelo menos um dos pais com Síndrome de Pernas Inquietas. Entre as 59 crianças sem choro excessivo e agitação, apenas 14 (23, 7%) apresentaram pelo menos um dos pais com a Síndrome de Pernas Inquietas. A associação entre os eventos (crianças de pais com ou sem Síndrome de Pernas Inquietas) foi medida pelo coeficiente phi (0,510), indicando uma associação mais do que trivial. As crianças com choro excessivo e agitação mostraram-se mais propensas a ter pelo menos um dos pais com a doença Willis-Ekbom (75,7 vs. 27,7, “Odds Ratio” = 10, com intervalo de confiança de 95%, 3,82-26,15). CONCLUSÃO: A evidência gerada por este estudo não é suficiente para concluir que o choro infantil excessivo e agitação é equivalente a um diagnóstico provável da doença Willis-Ekbom parental. No entanto, eles fornecem informações, bem como a motivação necessária para empreender estudos mais extensos sobre bebês com choro excessivo e agitação.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 121 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-797992
Autor: Laskoski, Luciane M; Locatelli-Dittrich, Rosangela; Sousa, Renato S; Brum, Juliana S; Cristo, Thierry G; Montiani-Ferreira, Fabiano; Beltrame, Olair C; Valadão, Carlos A. A.
Título: Laminar lesions in horses with systemic oxidative stress, committed by experimentally induced or naturally occurring gastrointestinal disorders / Lesões laminares em cavalos com estresse oxidativo sistêmico, acometidos por doenças gastrintestinais experimentalmente induzidas ou de ocorrência natural
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;36(8):694-700, Aug. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: Laminitis in horses can be associated with lesions in multiple organs secondary to sepsis. Twenty-one horses suffering from gastrointestinal disorders were used in the experiment; 7 horses with experimentally induced endotoxemia and intestinal ischaemia, and 14 horses suffering from naturally occurring colic syndrome. Tissue samples of lungs, liver, heart, brain, cerebellum and hoof laminar tissue were collected for histopathological and oxidative stress evaluation using nitrotyrosine and superoxide dismutase (SOD2) immunostaining. The horses were divided into two groups: the non-oxidative lesions group (NOLG), with 7 horses showing weak immunostaining in lungs, liver and kidney, and the oxidative lesions group (OLG), with 14 horses showing immunostaining indicating systemic oxidative stress in multiple organs. The horses from OLG showed increase of laminar lesions and SOD2 immunostaining in multiple organs when compared to the horses from the NOLG. No differences were found ln regard to laminar immunostaining by nitrotyrosine and SOD2 between experimental groups. It was concluded that systemic oxidative stress can be associated with the development of laminar lesions, and that the laminar tissue does not respond to oxidative stress with increase of SOD as occurs in other organs.(AU)

A laminite em equinos pode estar associada à lesão em múltiplos órgãos secundária a sepse. Foram utilizados 21 cavalos com afecções gastrintestinais, sendo sete com endotoxemia e isquemia intestinal induzidos experimentalmente, e 14 cavalos com síndrome cólica de origem natural. Amostras teciduais de pulmão, rim, fígado, coração, cérebro e cerebelo e de tecido laminar do casco foram coletadas para avaliação de lesão histopatológica e estresse oxidativo, pela imunomarcação de nitrotirosina e superóxido dismutase (SOD2). Os animais foram divididos em dois grupos: grupo sem lesão oxidativa (NOLG), com sete cavalos com fraca imunomarcação em pulmão, fígado e rim, e grupo lesão oxidativa (OLG), contendo 14 cavalos com imunomarcação indicando estresse oxidativo em múltiplos órgãos. Os cavalos do grupo OLG apresentaram aumento de lesões laminares e imunomarcação para SOD2 em múltiplos órgãos, quando comparados ao NOLG. Não houve diferença sobre a imunomarcação laminar para nitrotirosina e SOD2 entre os grupos experimentais. Conclui-se que o estresse oxidativo sistêmico está associado ao desenvolvimento de lesões laminares, e que o tecido laminar não responde ao estresse oxidativo com aumento de SOD como ocorre nos outros órgãos.(AU)
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 121 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-778618
Autor: Saavedra, Maria Amália.
Título: Doutor: meu filho chora. ele tem cólica? / Doctor: my baby cries. does it have colics?
Fonte: Pediatr. mod;51(7), jul. 2015.
Idioma: pt.
Resumo: A cólica do lactente tem uma prevalência alta no atendimento pediátrico. A condução médica adequada ao problema da cólica pode prevenir o uso inadequado de medicações, desmame precoce, desnutrição, alterações do desenvolvimento do lactente, entre outros. Trata-se, então, de uma revisão de literatura sobre a definição do quadro clínico, fatores etiológicos e diagnóstico diferencial. Aborda-se também condutas médicas para o problema. Analisaram-se publicações de periódicos cadastradas nas bases de dados informatizadas Medline, Pubmed, Lilacs, SciELO e IBECS (Espanha), utilizando palavras-chave: cólica do lactente, alergia alimentar, colic baby, cuidado do lactente, cólica/dietoterapia, cólica/etiologia, choro do lactente e um livro texto.
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  7 / 121 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-748592
Autor: Ramos, Elizia Moraes; Silva, Liliane Faria da; Cursino, Emilia Gallindo; Machado, Maria Estela Diniz; Ferreira, Dayanna Santos de Paula.
Título: O uso da massagem para alívio de cólicas e gases em recém-nascidos / The use of massage to relieve colic and gases in newborns / El uso del masaje para aliviar cólicas y gases en recién nacidos
Fonte: Rev. enferm. UERJ;22(2):245-250, mar.-abr. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se analisar as possibilidades do uso da técnica de massagem para alívio de cólicas e gases em recém-nascidos pelas mães. Estudo qualitativo descritivo, realizado no alojamento conjunto de um hospital universitário do Rio de Janeiro, através de entrevistas semiestruturadas com 10 mães. Os dados, coletados em 2013, foram submetidos à análise temática de conteúdo. O conhecimento das mães acerca de métodos para alívio de cólica e gases é diversificado. Algumas conhecem a massagem, mas nem sempre a utilizam. Em contrapartida, é recorrente o uso de métodos farmacológicos, muitas vezes sem orientação adequada. Elas se mostraram receptivas à demonstração da técnica de massagem por ser de fácil utilização e apontaram as possibilidades e impossibilidades de seu uso no domicílio. Concluiu-se que o ambiente do alojamento conjunto é propício para o enfermeiro ensinar a técnica de massagem para alívio de cólicas e gases em recém-nascidos.

This descriptive qualitative study, which examined possibilities of mothers' using massage techniques to ease cramps and stomach gas in newborn babies, was conducted at a rooming-in facility at a university hospital in Rio de Janeiro, through semi-structured interviews of 10 mothers. Data were subjected to thematic content analysis. The mothers' knowledge about methods to ease cramps and stomach gas varied. Some were familiar with massage, but did not always use it. On the other hand, there was recurrent use of drug methods, often without proper supervision. They were receptive to demonstration of the massage technique, because it is easy to use, and pointed out the possibilities and impossibilities of using it at home. It was concluded that the rooming-in environment is favorable for nurses toteach the massage technique to ease newborn babies' cramps and stomach gas.

Este estudio tuvo como objetivo examinar las posibilidades de utilizar la técnica de masaje para aliviar cólicas y gases en los recién nacidos por las madres. Estudio cualitativo y descriptivo hecho en el alojamiento conjunto de un hospital universitario en Río de Janeiro-Brasil, a través de entrevistas semiestructuradas con 10 madres. Los datos fueron sometidos al análisis de contenido temático. Es diversificado el conocimiento de las madres acerca de los métodos para aliviar cólicas y gases. Algunas conocen el masaje pero no la utilizan siempre. En contraste, es recurrente el uso de métodos farmacológicos, a menudo sin la debida orientación. Ellas se mostraron receptivas a la demostración de la técnica de masaje por ser fácil de usar y señalaron las posibilidades e imposibilidades de su uso en el hogar. Se concluyó que el alojamiento conjunto es propicio para el enfermero enseñar la técnica de masaje para aliviar cólicas y gases en los recién nacidos.
Responsável: BR1366.1 - Biblioteca Biomédica B - CB/B (Odontologia e Enfermagem)


  8 / 121 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-718070
Autor: Nogueira, A. F. S; Di Filippo, P. A; Anai, L. A; Vieira, M. C; Simplício, K. M. M. G; Santana, A. E.
Título: Establishment of peritoneal liquid electrophoretogram from healthy horses and horses submitted to experimentally induced intestinal obstruction / Estabelecimento do eletroforetograma do líquido peritoneal de equinos hígidos e daqueles submetidos à obstrução intestinal experimental
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;66(3):665-671, 06/2014. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The initial inflammatory stages of the colic syndrome include changes known as acute phase response. The aim of this study was to contribute with the establishment of reference values concerning the electrophoretogram of peritoneal liquid from healthy horses and horses submitted to experimentally induced intestinal obstruction. Twenty-one horses were allotted in four groups: duodenal obstruction (DG), ileum obstruction (IG), left-dorsal colon obstruction (MG), and control group (CG). Peritoneal liquid was sampled before obtruction (T0), with 3 hours of obstruction (T3) and 6, 30, 102 and 174 hours after desobstructing (T6, T30, T102 and T174, respectively). Total protein levels were determined by the biuret method and protein fractions were obtained by SDS-PAGE electrophoresis. The acute phase proteins (APP) identified were Immunoglobulin-A, ceruloplasmin, transferrin, albumin, α1-antitrypsin, heavy and light chains of immunoglobulin-G, haptoglobin, α1-acid glycoprotein and a still unnamed protein, which was called P24. There was no difference (P>0.3) in protein levels among groups, although a significant difference (P>0.05) was observed between distinct experimental moments in each group evidencing a higher response of the APP in the obstructed groups. The APP fractioning of the peritoneal liquid was standardized to establish a standard curve for healthy equines and those submitted to induced intestinal obstruction. Moreover, it was verified that the SDS-PAGE electrophoresis was sensitive and effective to help diagnose abdominal inflammatory processes...

Na cólica equina, os estágios iniciais da inflamação incluem alterações denominadas resposta de fase aguda. O objetivo deste estudo foi contribuir para o estabelecimento de valores de referência do proteinograma do líquido peritoneal de equinos hígidos e daqueles submetidos à obstrução intestinal experimental. Vinte e um animais foram distribuídos nos grupos: obstrução de duodeno (GD), íleo (GI), cólon dorsal esquerdo (GM) e controle instrumentado (GC). As colheitas das amostras de líquido peritoneal foram realizadas antes (T0), durante as obstruções (T3) e após as desobstruções (T6, T30, T102 e T174 horas). A proteína total foi determinada pelo método do biureto, e as frações proteicas obtidas por eletroforese em SDS-PAGE. Identificaram-se as proteínas de fase aguda (PFA): IgA, ceruloplasmina, transferrina, albumina, α1-antitripsina, cadeias pesada e leve de imunoglobulina-G, haptoglobina, alfa-1-glicoproteína ácida e uma proteína nominalmente não identificada, que foi chamada P24. Não houve diferença (P>0.3) nas concentrações proteicas entre os grupos, somente entre tempos dentro de cada grupo (P>0.05), evidenciando uma resposta maior das PFA dos grupos obstruídos. O fracionamento eletroforético das PFA, presentes no líquido peritoneal, foi padronizado de modo a estabelecer a curva-padrão para equinos hígidos e para aqueles submetidos à obstrução intestinal; ademais, verificou-se que o referido fracionamento proteico mostrou-se sensível e eficaz no auxílio ao diagnóstico de processos inflamatórios abdominais...
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  9 / 121 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-691701
Autor: Cardoso, Ary Lopes.
Título: Constipação e cólicas na infância: causas e manejo terapêutico / Constipation and colics in infancy: causes and therapeutic management
Fonte: Pediatr. mod;49(4), abr. 2013.
Idioma: pt.
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  10 / 121 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-673103
Autor: Canola, P A; Lacerda Neto, J C; Canola, J C.
Título: Rolling technique for treatment of left displacement of the large colon in horses: 11 cases (2004-2009) / Técnica do rolamento para o tratamento de deslocamento à esquerda do cólon maior em equinos: 11 casos (2004-2009)
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;65(2):329-334, abr. 2013.
Idioma: en.
Resumo: The left displacement of the large colon, a condition that commonly occurs in horses, has two clinical manifestations. Different treatments including medical treatment, rolling the horse under general anesthesia or surgical correction have been recommended. The diagnosis can often be made by rectal examination and confirmed by percutaneous ultrasonography. During the period between 2004 and 2009, 11 horses were treated for left displacement of the large colon by rolling the horses under general anesthesia, using a slightly different technique than the ones previously described. The clinical case selection was based on rectal palpation confirmed with ultrasonogram. Nine animals were successfully treated and two had to be submitted to surgery after three attempts of rolling. No short or long term complications were observed after the procedure. Only one animal had a recurrence of the clinical manifestation 10 months after the first treatment and was successfully rolled once again. Despite a bit different from the other rolling procedures, this also proved to be an effective procedure. Rolling a horse even when attempted more than once showed to be a safe procedure, however, we reinforce the need for special attention following the procedure in order to establish proper emergency procedures in case complications occur.

Durante o período de 2004 a 2009, 11 animais foram tratados para o deslocamento à esquerda do cólon maior, por meio da técnica de rolamento sob anestesia geral, com uma técnica distinta das demais previamente descritas. A seleção dos casos foi baseada nos achados da palpação retal e confirmada ultrassonograficamente. Nove animais foram tratados com sucesso e dois foram submetidos ao tratamento cirúrgico após três tentativas de rolamento. Não foram observadas complicações decorrentes do procedimento a curto e a longo prazos. Somente um animal apresentou recidiva do quadro clínico 10 meses após o tratamento e foi novamente submetido ao rolamento. Apesar da diferença com relação às outras técnicas, esta também se mostrou eficaz. O rolamento, mesmo quando realizado mais de uma vez, mostrou ser um procedimento seguro, porém enfatiza-se a necessidade de cuidados especiais aos animais após a sua realização, pois medidas emergenciais podem ser necessárias caso complicações decorrentes desta técnica ocorram.
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 13 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde