Base de dados : LILACS
Pesquisa : D05.750.078.562.855.750 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 72 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Longo]

página 1 de 8 ir para página                    

  1 / 72 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-986949
Autor: Melo, Dhara Ribeiro; Silva, Pedro Henrick Teles da; Rigoto, Renata Patrícia; Sottoriva, Heloysa Maria; Cintra, Fernanda Fregato; Trento, Júlia Postal; Castro, Aletéia Leal de; Alves, Gilberto.
Título: Quark cheese produced with kefir and agave inulin / Queijo quark produzido com kefir e inulina de agave / Queso quark producido con kefir e inulina de agave
Fonte: Arq. Ciênc. Vet. Zool. UNIPAR (Online);21(3):87-92, jul-set. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: Quark cheese is fresh cheese obtained by the coagulation of milk through the action mainly of lactic bacteria, resulting in fresh-flavor cheese with high acidity. A specific starter culture is used for its commercial production. However, in this work, this culture was replaced by kefir, a symbiotic system of lactic acid bacteria and yeasts, which is considered a probiotic product. Agave inulin is a soluble fiber regarded as prebiotic with the ability to improve the balance of the intestinal flora. The purpose of this work was to develop Quark cheese using kefir as a starter culture, with supplementation by agave inulin. Cheese was produced using 24-h fermentation at 25 ºC followed by drainage of the whey, with the addition of 3% inulin to the supplemented cheese. After whey drainage, the cheese was kept in plastic pots under refrigeration until analysis. Microbiological, pH and acidity parameters were analysed at 1, 7 and 14 days after manufacture. The results of the physical-chemical analyses remained close to those found in literature. The resulting cheese presented high counts of Lactobacilli indicating their probiotic potential. The addition of agave inulin decreased the amount of those microorganisms; however, they remained in high counts. It can be verified that the use of kefir in the production of Quark cheese is feasible, mainly in artisanal productions since it is usually inexpensive and easy to maintain, and the Lactobacilli remained stable during the storage period.(AU)

O queijo Quark é um queijo de massa fresca obtida por coagulação do leite pela ação principalmente de bactérias láticasobtendo-se um queijo de sabor refrescante, em sua produção comercial é empregada uma cultura starter específica para a produção de queijos, no presente trabalho essa cultura foi substituída pelo kefir, um sistema simbiótico de bactérias láticas e leveduras e que é considerado um produto probiótico. A inulina de agave é uma fibra solúvel considerada prebiótica com capacidade de melhorar o equilíbrio da flora intestinal. O objetivo desse trabalho foi desenvolver queijo Quark empregando kefir como cultura starter e suplementado com inulina de agave. Os queijos foram produzidos por fermentação durante 24h/25ºC seguido por drenagem do soro, no queijo suplementado com inulina foi adicionada 3%, após a dessoragem, os queijos foram mantidos em potes plásticos sob temperatura de refrigeração até o momento das análises, sendo que as microbiológicas, acidez e pH foram realizadas em 1, 7 e 14 dias após a fabricação. Os resultados das análises físico-químicas mantiveram-se próximos aqueles encontrados na literatura. Os queijos obtidos apresentaram altas contagens de Lactobacilli indicando potencial probiótico, a adição de inulina de agave diminuiu o número destes microrganismos, mesmo assim mantiveram-se em altas contagens. Pode-se constatar que o uso de kefir na produção de queijo Quark é viável, principalmente em produções artesanais uma vez que ele normalmente não possui custo e é de fácil manutenção e os Lactobacillimantiveram-se estáveis durante o período de armazenamento.(AU)

El queso Quark es un queso de masa fresca obtenido por coagulación de la leche y acción principalmente de bacterias lácticas, obteniendo un queso de sabor refrescante. En su producción comercial se utiliza un cultivo iniciador específico para producción de quesos, en el presente trabajo esa cultura fue reemplazada por kéfir, un sistema simbiótico de bacterias del ácido láctico y levaduras, que se considera un producto probiótico. La inulina de agave es una fibra soluble considerada prebiótica con la capacidad de mejorar el equilibrio de la flora intestinal. El objetivo de esa investigación ha sido desarrollar queso Quark, usando kéfir como cultivo inicial y complementado con inulina de agave. Los quesos se produjeron por fermentación durante 24h / 25ºC seguido de drenaje del suero, en el queso suplementado con inulina se añadió 3%, después del drenaje del suero y se mantuvieron en macetas de plástico a temperatura de refrigeración hasta el momento del análisis, siendo que las microbiológicas, el pH y la acidez se realizaron a los 1, 7 y 14 días después de la fabricación. Los resultados de los análisis fisicoquímicos se mantuvieron cerca de los encontrados en la literatura. Los quesos mostraron altos conteos de Lactobacilli indicando su potencial probiótico, la adición de inulina de agave disminuyó el número de estos microorganismos, sin embargo, permanecieron en conteos altos. Se puede verificar que el uso de kéfir en la producción de queso Quark es factible, principalmente en las producciones artesanales, ya que por lo general es económico y de fácil manutención. Los lactobacilos se han mantenido estables durante el período de almacenamiento.(AU)
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 72 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-657710
Autor: Mileib Vasconcelos, Christiane; Rodrigues Minim, Valéria Paula; Paes Chaves, José Benício.
Título: Yogur bajo en calorías añadido con harina de yacón: desarrollo y evaluación físico-química / Low-calorie yogurt added with yacon flour: development and physicochemical evaluation
Fonte: Rev. chil. nutr;39(3):65-71, set. 2012. graf, tab.
Idioma: es.
Resumo: Yacon flour has been used in several food products due to its high fructooligosaccharides and inulin contents, compounds that present health promoting properties. In this study, yacon flour was used as an ingredient in light yogurt in the following concentrations: 1.58; 2.56; 3.00 and 3.86%. Centesimal composition, pH, soluble solids, acidity and apparent viscosity of the yogurt supplemented with yacon were determined. Results were evaluated through analyses of variance and regression. Centesimal composition of the yogurts allowed for their classification as low-fat foods, presenting low carbohydrate content and containing dietary fiber, especially those supplemented with more than 2.56% yacon flour, which may be considered as sources of fiber and, consequently, prebiotics. Physicochemical analysis revealed significant (p<0.05) changes in analysis of color, soluble solids, acidity and viscosity at the temperatures of 10 and 25 °C with the increase in yacon flour.

La harina de yacón se ha utilizado en muchos productos alimenticios, debido a su alto contenido de fructooligosacáridos y inulina, compuestos que tienen propiedades promotoras de la salud. En este estudio, la harina de yacón fue utilizada como ingrediente en yogur "light" en las siguientes concentraciones: 1,58, 2,56, 3,00 y 3,86%. Se determinaron la composición centesimal, pH, sólidos solubles, acidez y la viscosidad del yogur suplementado con yacón se determinaron. Los resultados fueron evaluados mediante un análisis de varianza y de regresión. La composición centesimal de los yogures permite que los clasifiquen como alimentos bajos en grasa, con bajo contenido de carbohidratos y que contenga fibra dietética, particularmente aquellos suplementados con más de 2,56% de harina de yacón, que puede considerarse como fuente de fibra y, en consecuencia, prebióticos. El análisis físico-químico reveló cambios significativos (p <0,05) en el análisis de color, sólidos solubles, viscosidad y acidez a temperaturas de 10 y 25 °C con la harina de yacón en aumento.
Responsável: CL334.1 - Biblioteca UBO


  3 / 72 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-996687
Autor: Serbai, Daiane; Ballard, Cíntia Reis; Manhani, Maria Raquel; Santos, Elisvânia Freitas dos; Novello, Daiana.
Título: Adição de prebiótico em barras de cereais: caracterização físico-química e aceitabilidade sensorial entre praticantes de lutas marciais / Adding prebiotic in cereal bars: physico-chemical characterization and sensory acceptability among practitioners of martial arts
Fonte: Mundo saúde (Impr.) = Mundo saude (Impr);40(3):343-352, maio, 2016. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do trabalho foi verificar a aceitabilidade sensorial de barras de cereais adicionadas de inulina entre praticantes de lutas marciais. Também, determinar a composição físico-química da formulação padrão e daquela com maior teor de inulina e aceitação semelhante à padrão. Foram elaboradas cinco formulações de barras de cereais: F1 (padrão, com 0% de inulina) e as demais contendo 2% (F2), 4% (F3), 6% (F4) e 8% (F5) de inulina. Participaram da avaliação sensorial 100 provadores não treinados, de ambos os gêneros, com idade entre 18 e 60 anos. Na análise físico-química foram avaliados os teores de umidade, cinzas, proteínas, lipídios, carboidratos, calorias e fibra alimentar. Não houve diferença significativa (p>0,05) entre as amostras para os atributos aparência, aroma e cor. Contudo, F5 apresentou menor aceitabilidade que a formulação padrão nos atributos sabor e textura, bem como aceitação global e intenção de compra. Considerando esse contexto, F4 foi a amostra com maior teor de inulina e aceitação similar à padrão na maioria dos atributos avaliados, sendo selecionada juntamente com a formulação padrão para avaliação da composição físico-química. Não houve diferença entre os teores de umidade, cinzas, proteínas e lipídios para a formulação padrão e F4. Menores conteúdos de calorias e maiores de carboidratos e fibra alimentar foram verificados em F4 comparando-se com a amostra padrão. Conclui-se que um nível de adição de até 6% de inulina em barras de cereais foi bem aceito pelos provadores, obtendo-se aceitação sensorial semelhante ao produto padrão e com boas expectativas de comercialização

The objective this study was to verify the sensory acceptability of cereal bars added inulin between practitioners of martial arts. Also, to determine the physico-chemical composition of the standard formulation and that more inulin content and standard similar to acceptance. Five formulations were prepared cereal bars: F1 (standard with 0% inulin) and the other containing 2% (F2), 4% (F3), 6% (F4) and 8% (F5) inulin. Participated in the sensory evaluation 100 untrained panelists, of both genders, aged between 18 and 60 years. The physico-chemical analysis evaluated the moisture, ash, protein, lipids, carbohydrates, calories and dietary fiber content. There was no significant difference (p>0.05) between samples for appearance, aroma and color attributes. However, F5 had lower acceptability than the standard formulation in taste and texture attributes, and global acceptance and purchase intent. Considering this context, F4 was the sample with the highest inulin content and similar acceptance to the standard in most of the evaluated attributes being selected along with the standard formulation for evaluation of physico-chemical composition. There was no difference between the moisture, ash, protein and lipids content to the standard formulation and F4. Lower content of calories and higher carbohydrate and dietary fiber were found in F4 comparing it with the standard sample. It is concluded that a level of addition of up to 6% inulin into the cereal bars was well accepted by tasters to give sensory acceptance similar to standard product with good market expectation
Responsável: BR599.1 - Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI)


  4 / 72 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-971927
Autor: Pontes, Ana Georgina Oliveira.
Título: Estudo farmacognóstico das raízes de ipeca-da-praia (Pombalia calceolaria (L) Paula-Souza)aspectos botânicos, químicos e farmacológicos.
Fonte: Fortaleza; s.n; 2016. 94 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Ceará para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Pombalia calceolaria L., Violaceae, popularmente conhecida por ipeca-da-praia, ipecabranca, ipecacunha dos raizeiros é uma Pombalia calceolaria L., Violacea e, popularmente conhecida por ipeca-da-praia, ipecabranca, ipecacunha dos raizeiros é uma herbácea perene, predominante no sertão nordestino. Embora não existam dados na literatura comprovando sua atividade farmacológica, pordécadas, suas raízes são preparadas na forma de decocto, lambedor e maceração, cujas principais indicações populares são para tosse, expectoração, como vermífugo, antidiarréico epara dentição. O presente estudo teve por objetivo realizar a caracterização farmacognósticadas raízes de P. calceolaria nos aspectos botânicos, químicos e farmacológicos. Aimportância da caracterização morfoanatômica está no fato de que não há registro em literatura descrevendo o perfil botânico desta espécie vegetal. Assim, as raízes recém coletadas de P. calceolaria foram caracterizadas morfologicamente com vista desarmada e em seguida realizada a caracterização anatômica através de secção histológica, reação histoquímica, registro fotomicrográfico em campo de luz claro, onde foi evidenciado que araiz em estudo apresenta o xilema secundário oriundo do câmbio com dimorfismo no tamanho dos vasos e floema secundário constituído de poucas camadas circundando o xilema. Noparênquima cortical foi visualizado e fotomicrografado, sob luz polarizada, a presença decristais de inulina...

Commonly known as “ipeca-da-praia”, “ipeca-branca” or “ipecacunha dos raizeiros”,Pombalia calceolaria L., a perennial herb of the family Violaceae, is predominant throughoutthe Northeast Brazilian drylands. Despite the absence of studies demonstrating itspharmacological properties, P. calceolaria has for decades been used in traditional medicineas expectorant, cough medicine, anthelmintic, antidiarrheal and teething relief, in the form ofdecoction, syrup and maceration. The aim of this study was to draw a pharmacognostic profileof the roots of P. calceolaria, including botanical, chemical and pharmacological aspects. Theimportance of morphoanatomical is the fact that there is no record in the literature describingthe botanical profile of this plant species. Therefore, newly collected roots of P. calceolariawere characterized morphologically with the naked eye. Then histological sections weresubmitted to anatomical and histochemical study documented by non-polarized lightphotomicrography...
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde
BR6.1


  5 / 72 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-889222
Autor: Battistini, Carolina; Gullón, Beatriz; Ichimura, Erica Sayuri; Gomes, Ana Maria Pereira; Ribeiro, Eliana Paula; Kunigk, Leo; Moreira, José Ubirajara Vieira; Jurkiewicz, Cynthia.
Título: Development and characterization of an innovative synbiotic fermented beverage based on vegetable soybean
Fonte: Braz. j. microbiol;49(2):303-309, Apr.-June 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: São Paulo Research Foundation.
Resumo: Abstract Soymilk was produced from vegetable soybean and fermented by probiotics (Lactobacillus acidophilus La-5, Bifidobacterium animalis Bb-12) in co-culture with Streptococcus thermophilus. The composition of the fermented beverage and oligosaccharides content were determined. The effect of fructooligosaccharides and inulin on the fermentation time and viability of probiotic microorganisms throughout 28 days of storage at 5 °C were evaluated. The soymilk from vegetable soybeans was fermented in just 3.2 h, when pH reached 4.8. Fermentation reduced the contents of stachyose and raffinose in soymilk. Prebiotics had no effect on acidification rate and on viability of B. animalis and S. thermophilus in the fermented beverage. The viable counts of B. animalis Bb-12 remained above 108 CFU mL-1 in the fermented soymilk during 28 days of storage at 5 °C while L. acidophilus La-5 was decreased by 1 log CFU mL-1. The fermented soymilk from vegetable soybeans showed to be a good food matrix to deliver probiotic bacteria, as well as a soy product with a lower content of non-digestible oligosaccharides.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 72 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-880122
Autor: Lévano Salazar, Maria Luisa.
Título: Efecto de la Inulina extraído de la raíz de Cichorium intybus L. sobre el perfil lipídico en ratas dislipidémicas / Effect of Inulin extracted from the root of Cichorium intybus L. on the lipid profile in dyslipidemic rats.
Fonte: Lima; s.n; 2011. 75 p. tab, graf, ilus.
Idioma: es.
Tese: Apresentada a Universidad Nacional Mayor de San Marcos para obtenção do grau de Maestría.
Resumo: La inulina está presente en la raíz de la achicoria (Cichorium intybus L.), que es poco usada en nuestro país, sin embargo presenta propiedades farmacológicas importantes. El objetivo fue determinar el efecto hipolipemiante de la inulina de la raíz de Cichorium intybus L. en ratas dislipidémicas. Se utilizaron 6 grupos de 8 ratas Holtzmann cada uno, el grupo 1 sin inducción a dislipidemia, grupo 2 con dislipidemia inducida por la administración oral de una suspensión alcohólica de colesterol 120mg/Kg, el grupo 3 con administración oral de atorvastatina 2mg/Kg, los grupos 4,5 y 6 con dosis de 215, 430 y 860 mg/kg de inulina respectivamente, la atorvastatina y la inulina se administraron desde el día 31 y hasta el final del estudio. Al grupo 2, se evaluó el perfil lipídico al inicio y final del experimento. En los resultados se observó que el método usado para la inducción de la dislipidemia es adecuado ya que hubo un aumento del colesterol total (+18%), LDL colesterol (+23%), una disminución del HDL colesterol (-36.1%) y que al administrar inulina disminuyó el Colesterol total (-17%), LDL colesterol (-21%), lípidos totales (-14%), y el HDL colesterol aumento (+34.2%), en ratas dislipidémicas que recibieron inulina 860 mg/Kg (p<0,05). No se observaron diferencias significativas sobre los niveles de triglicéridos, colesterol VLDL. Se puede concluir que la inulina de la raíz de Cichorium intybus L. disminuye los niveles de colesterol total, lípidos totales y colesterol LDL, mantiene los niveles de triglicéridos y eleva el colesterol HDL, con efectos similares a los de la atorvastatina.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 72 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-878453
Autor: Santos, Douglas Xavier dos.
Título: Synbiotic aerated dessert: diet product development and evaluation of the intake effects in individuals with metabolic syndrome / Sobremesa aerada simbiótica: desenvolvimento do produto diet e avaliação dos efeitos da ingestão sobre indivíduos com síndrome metabólica.
Fonte: São Paulo; s.n; 2017. 177 p. tab, graf.
Idioma: en.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: The objective of this work was to adapt a synbiotic aerated diet dessert, produced with the addition of a probiotic culture of Lactobacillus acidophilus La-5 and prebiotic ingredients (fructooligosaccharides and inulin), from the previously developed sucrose-containing formulation, and to evaluate the effects of its ingestion on adult volunteers with metabolic syndrome (MetS) during a period of 8 weeks of intervention. In addition, to improve the resistance of the probiotic to simulated gastrointestinal conditions, a microencapsulation process was optimized. For the development of the product, the formulations were produced in triplicates, in which probiotic culture survival, instrumental texture and sensory acceptability were evaluated up to 112 days of storage under freezing (-18 °C). Subsequently, a randomized, double-blind, placebo-controlled trial was carried out in which the product developed was administered to forty-five volunteers with MetS assigned into two groups, each receiving 40 g/day of: synbiotic diet mousse (SDM) (n=23) and placebo diet mousse (PDM) without pro- and prebiotics (n=22). Fasting blood samples were collected at the beginning and after 8 weeks of daily consumption of both mousses to determine the anthropometric, biochemical, haematological, inflammatory, and immunological parameters. Afterward, with the goal of improving the survival of L. acidophilus La-5 to in vitro simulated gastrointestinal conditions, the microencapsulation process conditions of the probiotic strain via spray drying were optimized using inulin as the encapsulating agent. The viability of L. acidophilus La-5 incorporated into SDM was above 7.8 log CFU/g and remained stable throughout storage. PDM showed lower acceptability (5.77-6.50) after storage than SDM (6.67-7.03). The texture was the most appreciated attribute and hardness of the SDM increased during storage, but remained stable for PDM. The clinical trial revealed significant reductions of total cholesterol and HDL-cholesterol, as well as of immunoglobulins (A and M), and interleukin-1ß in both groups during the intervention period. However, regarding intergroup changes, there were not any significant differences for all parameters evaluated (p>0.05). After the optimization of the microencapsulation process of the probiotic culture (80 mL/min, 82% and 10%, respectively for feed flow, aspiration rate, and inulin concentration), the microencapsulated probiotic strain incorporated in the SDM mousse showed the highest in vitro gastrointestinal survival (p<0.05) in the different stages of the assay, as follows: after the gastric phase: 5.68 log CFU/g (83.3%), the enteral phase I: 5.61 log CFU/g (82.3%), the enteral phase II: 5.56 log CFU/g (81.4%). Therefore, these results suggest that the presence of probiotic and prebiotics in SDM did not provide an additional effect on the health of volunteers with MetS. Additionally, the results confirm the appropriateness of the spray drying process to microencapsulate L. acidophilus La-5 using inulin as coating agent, providing increased resistance to the microencapsulated probiotic strain under in vitro gastrointestinal stress

O objetivo deste trabalho foi adaptar uma sobremesa aerada simbiótica diet do tipo musse, processada com a adição de uma cultura probiótica de Lactobacillus acidophilus La-5 e de ingredientes prebióticos (fruto-oligossacarídeos e inulina), a partir da formulação contendo sacarose desenvolvida anteriormente, e avaliar os efeitos de sua ingestão em voluntários adultos com síndrome metabólica (MetS) durante um período de 8 semanas de intervenção. Adicionalmente, para melhorar a resistência do probiótico frente às condições gastrintestinais simuladas, otimizou-se um processo de microencapsulação da cepa probiótica. Para o desenvolvimento do produto, as formulações foram produzidas em triplicata, em que se avaliou a sobrevivência da cultura probiótica, a textura instrumental e a aceitabilidade sensorial até 112 dias de armazenamento sob congelamento (-18 oC). Em seguida, foi realizado um estudo randomizado, duplo-cego e controlado por placebo, no qual o produto desenvolvido foi administrado a quarenta e cinco indivíduos com MetS divididos em dois grupos, cada um recebendo 40 g/dia de: mousse simbiótica diet (SDM) (n=23) e musse placebo diet (PDM) sem componentes pro- e prebióticos (n=22). As amostras sanguíneas foram coletadas em jejum no início e após 8 semanas de consumo diário de ambas as musses para a determinação dos parâmetros antropométricos, bioquímicos, hematológicos, inflamatórios e imunológicos. Posteriormente, com o intuito de melhorar a sobrevivência do L. acidophilus La-5 em condições gastrointestinais simuladas in vitro, as condições de processo de microencapsulação da cepa probiótica via spray drying foram otimizadas, utilizando inulina como agente encapsulante. A viabilidade de L. acidophilus La-5 incorporados na SDM foi superior a 7,8 log UFC/g e se manteve estável ao longo do armazenamento. A PDM mostrou menor aceitabilidade (5.77-6.50) após o armazenamento do que a SDM (6.67-7.03). A textura foi o atributo mais apreciado, sendo que a dureza da SDM apresentou elevação, enquanto a da PDM manteve-se estável. O ensaio clínico revelou reduções significativas de colesterol total, colesterol-HDL, imunoglobulinas (A e M) e interleucina1ß em ambos os grupos durante o período de intervenção. Entretanto, no que se refere às mudanças intergrupos, não se observou diferenças significativas para todos os parâmetros avaliados (p>0,05). Após a otimização do processo de microencapsulação da cultura probiótica (80 mL/min, 82% e 10%, respectivamente para o fluxo de alimentação, taxa de aspiração e concentração de inulina), a cepa probiótica microencapsulada incorporada a amostra SDM apresentou a maior sobrevivência gastrointestinal in vitro (p<0,05) nas diferentes etapas do ensaio, a saber: após a fase gástrica: 5,68 log UFC/g (83,3%); fase entérica I: 5,61 log UFC/g (82,3%); fase entérica II: 5,56 log UFC/g (81,4%). Portanto, esses resultados sugerem que a presença de probiótico e prebiótico na SDM não apresentou efeitos adicionais na saúde dos voluntários com MetS. Adicionalmente, os resultados confirmaram a adequação do processo de spray drying para a microencapsulação de L. acidophilus La-5 utilizando inulina como agente de revestimento, proporcionando uma maior resistência da cepa probiótica microencapsulada às condições gastrintestinais simuladas in vitro.
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T664, X3s. 30100022368-F


  8 / 72 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-870956
Autor: Coelho, Fernanda Oliveira.
Título: Efeitos renais da exposição crônica a nicotina em camundongos com deficiência de Klotho / Renal effects of chronic nicotine exposure in klotho deficient mice.
Fonte: São Paulo; s.n; 2015. [68] p. ilus, tab, graf.
Idioma: en.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A nicotina é o principal componente do tabaco e dos cigarros eletrônicos. A exposição crônica a nicotina, em quantidades semelhantes às atingidas pelo tabagismo humano, é responsável por piora da lesão renal aguda e da doença renal crônica. O gene klotho, predominantemente expresso no rim, foi descoberto após uma mutação insercional, com o surgimento de um fenótipo semelhante ao envelhecimento humano nos camundongos homozigotos para esse transgene. A proteína Klotho transmembrana tem ação de co-receptor do fator de crescimento fibroblástico 23 (FGF-23) e sua forma secretada atua em diversas vias intracelulares e em órgãos a distância. A deficiência de Klotho ocorre no envelhecimento, em situações que levam a lesão renal aguda e na doença renal crônica. A expressão reduzida de Klotho também agrava lesão renal aguda e participa da progressão da doença renal crônica, enquanto o seu aumento, ou a sua reposição, protegem dos processos inflamatórios e do estresse oxidativo. Neste estudo, objetivamos avaliar os efeitos renais, hemodinâmicos e sobre a expressão de Klotho da exposição crônica a nicotina e quais os efeitos dessa exposição nos animais haploinsuficientes para o transgene klotho (Kl+/-). Utilizamos para estas avaliações camundongos Kl+/- e seus controles wild type (Kl+/+), que foram expostos a nicotina (200 mcg/mL) ou veículo (sacarina 2%) diluídos em água por 28 dias. Ao final do estudo foram avaliados diurese, eletrólitos plasmáticos e urinários, ureia, aldosterona, ADH, FGF-23 e PTH intactos plasmáticos, expressão protéica renal de Klotho, alfa7-nAchR, NHE3, ENaC, NKCC2, AQP2, e-NOS, VEGF, MnSOD e renina, expressão genica renal de klotho, interleucinas, TBARS e GSH em tecido renal, taxa de filtração glomerular por FITC-inulina, pressão arterial e frequência cardíaca invasivas, sensibilidade baroreflexa e modulação autonômica cardíaca e periférica por análise espectral. Após a exposição a nicotina, os animais Kl+/+ apresentaram redução da expressão...

Nicotine is a major compound of tobacco and electronic cigarettes. Chronic exposure to nicotine concentrations that are similar to human smoke worsens acute kidney injury and chronic kidney disease. The klotho (Kl) gene is expressed predominantly by the kidney and was discovered after an unintentional insertional mutation that resulted, in transgenic homozygous mice, in a phenotype similar to human aging. Klotho transmembrane protein acts as a co-receptor to fibroblastic growth factor 23 (FGF-23) and the secreted form interacts in multiple intracellular pathways, with effects in distant organs. Klotho deficiency occurs in aging and in multiple acute kidney injury and chronic kidney disease etiologies, whereas klotho upregulation and replacement protect from inflammation and oxidative stress. Here, we investigated renal and hemodynamic effects of chronic nicotine exposure, its effects over renal expression of Kl, and compared wild type (Kl+/+) and Kl haploinsufficient mice (Kl+/-) in terms of the effects of that exposure. Kl+/- and Kl+/+ mice received nicotine (200 ?g/ml) or vehicle (saccharine 2%) in drinking water for 28 days. We evaluated diuresis, ions in serum and urine, urea, plasma and urinary levels of cotinine, aldosterone, plasma antidiuretic and parathyroid hormone, plasma FGF-23, protein expression of (immunoblotting for) Klotho and ?7 nicotinic acetylcholine receptor, NHE3, NKCC2, ENaC, aquaporin-2, e-NOS, VEGF and renin, klotho mRNA, kidney interleukines, TBARS and GSH, glomerular filtration rate by fluorescein isothiocyanate-inulin clearance, mean arterial pressure, heart rate, baroreflex sensitivity and autonomic cardiac and peripheral modulation by spectral analysis. After nicotine exposure, Kl+/+ mice showed decreased Klotho protein and mRNA and a tendency towards an elevation in plasma FGF-23, which were associated with both diuresis and glomerular filtration rate reductions, without modifications in ADH levels. Besides that, Kl+/+ animals...
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação
BR66.1


  9 / 72 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-846950
Autor: Oliveira, M. G. X; Porretta, M. C; Itaya, N. M; Oliveira, M. C. V; Reple, J. N; Cunha, M. P. V; Sanches, L. A; Davies, Y. M; Menão, M. C; Borges, J. C. S; Polaquini, L. E. M; Knöbl, T.
Título: Utilização do yacon ( Smallanthus sonchifolius ) na proteção contra colonização intestinal de frangos de corte infectados por Salmonella Enteritidis / Use of yacon (Smallanthus sonchifolius) protect against intestinal colonization of broilers infectes by Salmonella Enteritidis]
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);69(3):695-703, jun. 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Os frutanos do tipo inulina são oligossacarídeos que favorecem a multiplicação de determinados gêneros bacterianos no intestino, promovendo um efeito prebiótico. Este trabalho avaliou o efeito da inulina extraída de raízes de yacon (Smallanthus sonchifolius) sobre a colonização intestinal de frangos de corte experimentalmente infectados por Salmonella Enteritidis. Sessenta frangos de corte com um dia de idade foram divididos em três grupos de tratamento, com duas repetições, criados até 21 dias. As aves do grupo yacon receberam 100mg de inulina/dia, via oral, por três dias consecutivos. No sétimo dia de vida, as aves tratadas e o controle positivo foram desafiados pela via oral com uma cultura de S. Enteritidis. Não foram observadas diferenças de desempenho zootécnico entre os grupos. O índice de infectividade das aves suplementadas com yacon foi menor até o sexto dia após o desafio, mas, ao término do experimento, foi superior ao controle positivo. Os dados deste trabalho demonstram que o uso da inulina nos três primeiros dias de vida promoveu uma redução da colonização intestinal dos frangos por Salmonella Enteritidis na primeira semana após o desafio. Novos estudos são necessários para determinar a dose e o tempo de tratamento ideal para um efeito protetor de maior duração.(AU)

The fructan inulin-type oligosaccharides favor the multiplication of some bacterial genera in the intestine, promoting a prebiotic effect. This study evaluated the effect of inulin extracted from yacon roots (Smallanthus sonchifolius) on intestinal colonization of broilers experimentally infected with Salmonella Enteritidis. Sixty-one day old chicks were grouped into three treatments, with two replicates, and reared until 21 days. Birds in the yacon group received 100mg of inulin/day orally for three consecutive days. On the seventh day of life the treated birds and the positive control were challenged orally with a culture of S. Enteritidis. There were no differences between groups in live performance. The infectivity index of the chicks supplemented with yacon was lower until the sixth day after the challenge, but at the end of the experiment it was higher than the positive control. Data from this study show that the use of inulin during the first 3 days of life caused a reduction of intestinal colonization of chickens by Salmonella Enteritidis in the first week after challenge. Further studies are needed to determine the dose and the ideal time of treatment necessary for a longer protective effect.(AU)
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  10 / 72 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-837288
Autor: Lobo, Alexandre Rodrigues.
Título: Biodisponibilidade de minerais em ratos alimentados com frutanos do tipo inulina / Mineral bioavailability in rats fed inulin-type fructans.
Fonte: São Paulo; s.n; 2008. 84 p. tab, graf, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Neste estudo foi avaliado o efeito de frutanos do tipo inulina (FTI) na biodisponibilidade de minerais em ratos, com particular enfoque para o Ca e o Fe. Foram realizados dois ensaios: no primeiro utilizou-se um modelo fatorial 2×2×2, com dois níveis de Fe (0 e 35 mg/kg), Ca (0 e 5 g/kg) e FTI (0 e 100 g/kg) nas rações; no segundo, utilizou-se um modelo de repleção de Hb em ratos anêmicos. As fontes de FTI foram a Raftilose P95 (ensaios 1 e 2), fonte purificada, e a farinha de yacón (FY; ensaio 2); os sais de Fe utilizados foram o Fe4(P2O7)3 (ensaios 1 e 2) e o FeSO4 microencapsulado com alginato (ensaio 2). No primeiro ensaio foram avaliados parâmetros bioquímicos de Fe, concentração de minerais nos ossos, fígado e baço, e parâmetros de resistência e histomorfometria óssea. Após 33 d, não foram observados efeitos na retenção óssea de Ca, porém observou-se maior volume trabecular ósseo e parâmetros histomorfométricos de formação óssea nos animais deficientes em Fe alimentados com os FTI. No segundo ensaio foram determinados parâmetros hematológicos, de biodisponibilidade de Fe, e parâmetros intestinais (balanço mineral; pH, ácidos graxos de cadeia curta e espécies de Fe no conteúdo intestinal). A FY recuperou os animais da deficiência de Fe mais rapidamente do que a Raftilose. Esse efeito ocorreu em função de alterações intestinais provocadas pelo aumento da fermentação desses carboidratos, que afetou a solubilidade do Fe da dieta. Concluiu-se que os FTI aumentaram a biodisponibilidade de minerais, possivelmente por influência da concentração do mineral e pelas interações entre os minerais presentes na ração, pelo tempo de ensaio, pela matriz alimentar, e pelo modelo experimental utilizado

This study evaluated the effect of inulin-type fructans (ITF) on mineral bioavailability in rats, focusing mainly on Ca and Fe. Two experiments were carried out: the first one considered a 2×2×2 factorial model using two levels of Fe (0 and 35 mg/kg), Ca (0 and 5 g/kg) and ITF (0 and 100 g/kg) in the diets; the second experiment considered a Hb repletion model in anemic rats. Raftilose P95 (experiments 1 and 2; purified source) and yacon flour (YF; experiment 2) were used as ITF sources; the Fe salts used were Fe4(P2O7)3 (experiments 1 and 2) and microencapsulated FeSO4 with alginate (experiment 2). In the first experiment, Fe biochemical parameters, mineral concentration in the bones, liver and spleen, bone strength and histomorphometrical parameters were evaluated. After 33 d, no effects on bone retention were observed, but a larger bone volume and larger bone-formation parameters were observed on Fe-deficient animals fed with ITF. In the second experiment, hematological, Fe bioavailability and intestinal parameters (mineral balance, pH, short-chain fatty acids and Fe species in the intestinal content) were determined. Fe-deficient animals fed with YF recovered more rapidly than those fed with Raftilose. This effect took place as a function of intestinal alterations caused by the increased fermentation of these carbohydrates, which affected dietary Fe solubility. It can be concluded that ITF increased the bioavailability of minerals, possibly due to the influence of mineral concentration and interactions between minerals in the diet, experiment duration, food matrix and experimental model used
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T641.1, L799b. 30100019268



página 1 de 8 ir para página                    
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde