Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP1 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 489 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Longo]

página 1 de 49 ir para página                         

  1 / 489 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-698365
Autor: Souza, Telma de Almeida; Mattos, Flávio de Freitas.
Título: Representação social de adultos sobre tabagismo e suas implicações para a saúde: estudo realizado em comunidade rural - MG / The social representation of smoking among adults and its implications for health: study conducted in a rural community in the state of Minas Gerais
Fonte: Arq. odontol;48(3):159-165, Jul.-Sep. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Apreender a representação social de adultos de uma comunidade rural sobre o tabagismo e suas implicações para a saúde e, por conseguinte, fornecer subsídios para planejamento das ações dos serviçosde saúde. Materiais e Métodos: Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com 15 adultos (fumantes, exfumantes e não-fumantes), entre 30 a 59 anos, moradores de uma região rural em Santa Bárbara-MG e usuários do serviço de saúde municipal, para uma análise utilizando a abordagem qualitativa dos dados. Resultados:Foi possível classificar e separar os discursos em três grandes temas: Iniciação do Tabagismo; Influência naQualidade de Vida e Cessação do Hábito. Os entrevistados consideraram importante que os profissionais desaúde tenham maior ação no apoio à cessação do tabagismo. Há concordância de que é necessário não apenasmanter as propagandas antitabaco nos maços e ampliar o número de áreas restritivas ao cigarro, bem comoa intensificação destas medidas. Conclusão: Deve-se aumentar as ações direcionadas aos jovens e à família,pois ambos interferem fundamentalmente na iniciação ao fumo. A criação de grupos de convivência podeauxiliar na cessação do hábito de fumar. Diminuir as formas de pressão social aos grupos em situação devulnerabilidade social pode ajudar na diminuição do número de fumantes.
Responsável: BR365.1 - BIB - Biblioteca


  2 / 489 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-904462
Autor: Sobral, Lorena Franco; Barros, Évelin Lúcia; Carnut, Leonardo.
Título: A área de política, planejamento e gestão em saúde nas graduações em saúde coletiva no brasil / The health policy, planning, and management in the collective health area in undergraduate education in brazil / El área de política, planificación y gestión en salud en el pregrado en salud colectiva en brasil
Fonte: Trab. educ. saúde;15(3):879-894, set.-dez. 2017. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Com a instrumentalização da área de política, planejamento e gestão em saúde, o ethos político do sanitarista vem sendo posto em questão em sua formação. Assim, buscou-se caracterizar os componentes curriculares relacionados com essa área nos cursos de graduação em saúde coletiva do Brasil. Em junho de 2014, fez-se um levantamento de dados secundários das matrizes curriculares pelo site do Ministério da Educação, cuja unidade de análise foi o componente curricular, usando-se o termo de referência para os cursos de graduação em saúde coletiva como parâmetro. Os cursos apresentam 'saúde coletiva' como principal denominação (60%). A maior parte dos cursos se divide nas regiões Norte e Sudeste (27%) e em instituições públicas (93%). Sobre os conteúdos nas nomenclaturas, 'planejamento em saúde' é o mais citado (até sete vezes em uma mesma matriz) e em 60% do total dos cursos; 87% dos cursos não apresentam o termo 'Sistema Único de Saúde' como denominação de componente. Concluiu-se que sem uma padronização curricular, os futuros sanitaristas terão perfis diferenciados, atuando em uma perspectiva mais específica com tendência a um formato de gestão mais planificador e apresentando lacunas no que se refere aos conteúdos políticos e da defesa ideológica do Sistema Único de Saúde.

Abstract With the instrumentalization of the health policy, planning, and management area, the public health physicians' political ethos has been being put into question in their training. Thus, we aimed to characterize the curricular components related to this area in undergraduate courses in collective health in Brazil. In June 2014, a secondary data survey of the curricular matrices was carried out on the Ministry of Education's website, the unit of analysis of which was the curricular component, using the reference term for undergraduate courses in collective health as a parameter. The courses present 'collective health' as the main denomination (60%). Most of the courses are spread in the Northern and Southeastern regions (27%) and in public institutions (93%). On the contents in the nomenclatures, 'health planning' is the most cited (up to seven times in the same matrix) and in 60 percent of the total courses; 87 percent of the courses do not feature the term 'Unified Health System' as a component name. It was concluded that without a curricular standardization future public health physicians will have different profiles, acting in a more specific perspective leaning towards a more planning management format and with gaps regarding the political contents and the ideological defense of the Unified Health System.

Resumen Con la instrumentalización del área política, planificación y gestión en salud, el ethos político del profesional de la salud está sobre la mesa desde su formación. Así, se buscó caracterizar los componentes curriculares relacionados con esta área en los cursos de pregrado en salud colectiva en Brasil. Se realizó un relevamiento de datos secundarios en junio de 2014 de las matrices curriculares a través del sitio del Ministerio de Educación, cuya unidad de análisis fue el componente curricular, siendo utilizado el término de referencia para los cursos de pregrado en salud colectiva como parámetro. Los cursos presentan 'salud colectiva' como principal denominación (60%). La mayor parte de los cursos se encuentra en las regiones Norte y Sudeste (27%) y en instituciones públicas (93%). Sobre los contenidos en las nomenclaturas, "planificación en salud" es el más citado (hasta siete veces en una misma matriz) y en el 60% del total de los cursos; el 87% de los cursos no presentan el término 'Sistema Único de Salud' como denominación de componente. Se concluyó que sin una normalización curricular, los futuros profesionales de la salud tendrán perfiles diferenciados, actuando en una perspectiva más específica con tendencia a un formato de gestión más planificador y presentando vacíos en lo que se refiere a los contenidos políticos y de la defensa ideológica del Sistema Único de Salud.
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  3 / 489 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1002314
Autor: Aciole, Giovanni Gurgel.
Título: O Projeto Mais Médicos para o Brasil e a construção de mitos: uma leitura bartheana / The More Doctors in Brazil Project and the construction of myths: a Barthean reading / El Proyect "Más Médicos para Brasil" y la construcción de mitos: una lectura bartheana
Fonte: Interface (Botucatu, Online);21(supl.1):1157-1168, 2017.
Idioma: pt.
Resumo: O Projeto Mais Médicos para o Brasil (PMMB) tenciona prover recursos humanos para o Sistema Único de Saúde por meio da melhoria da infraestrutura da rede de saúde; da ampliação das reformas educacionais dos cursos de Medicina e residência médica; e da provisão de médicos para áreas vulneráveis. A implantação do projeto enfrentou reações contrárias à proposta, envolvendo principalmente as instituições médicas do país. Inspirados no conceito de mito, realizamos uma leitura dos discursos com que o Conselho Federal de Medicina sustentou o debate, por meio da análise do Jornal Medicina durante os primeiros 24 meses da implantação do PMMB. O mito é revelador de como práticas discursivas introduzem no imaginário coletivo alegorias que demarcam espaços ideológicos e permite analisar o processo de disputa social e das condições históricas de formulação e implantação de um programa governamental.

The aim of the More Doctors in Brazil Project (MDBP) is to supply human resources to the Brazilian National Health System by improving the infrastructure of the healthcare network; expanding educational reforms in medical courses and residencies; and supplying physicians to vulnerable areas. The implementation of the MDBP faced strong opposition, especially from Brazilian medical institutions. Inspired by the concept of "myth," the present study conducted a reading of the discourse used by the Brazilian Federal Board of Medicine to support its arguments, by analyzing editions of the Medicina newletter published by the Board in the first 24 months of the project's implementation. The myth reveals how discursive practices introduce allegories into the collective imagery that define ideological spaces and enable an analysis of the process of social dispute and the historical conditions behind the formulation and implementation of a government program.

El objetivo del proyecto "Más Médicos para Brasil" (PMMB) es proporcionar recursos humanos para el Sistema Brasileño de Salud, por medio de la mejora de la infraestructura de la red de salud, de la ampliación de las reformas educativas de los cursos de Medicina y residencia médica y de la provisión de médicos para áreas vulnerables. La implantación del proyecto enfrentó reacciones contrarias a la propuesta, envolviendo principalmente a las instituciones médicas do país. Inspirados en el concepto de mito, realizamos una lectura de los discursos con que el Consejo Federal de Medicina sostuvo el debate, por medio del análisis del Jornal Medicina durante los primeros 24 meses de introducción del PMMB. El mito es un factor revelador de como las prácticas discursivas introducen en el imaginario colectivo alegorías que demarcan espacios ideológicos y permite analizar el proceso de disputa social y de las condiciones históricas de formulación e implantación de un programa gubernamental.
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação


  4 / 489 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-998589
Autor: Souza, Fabiana Cambricoli de.
Título: Gestão público-privada nos serviços de Atenção Primária à Saúde no município de São Paulo / Public-private management in Primary Health Care services in the city of São Paulo.
Fonte: São Paulo; s.n; 2019. 99 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Prática de Saúde Pública para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução: A gestão público-privada na saúde brasileira, fortalecida após a criação das Organizações Sociais (OSs) no País, em 1998, se intensifica também na rede de atenção primária da cidade de São Paulo. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, das 449 UBSs existentes na capital paulista em 2014, 280 (62,3%) eram administradas via contrato de gestão ou convênios com entidades sem fins lucrativos. Faltam, no entanto, estudos que explorem o impacto da adoção desse modelo nas unidades de atenção primária. Objetivos: Analisar estrutura, processo e resultado das unidades de atenção primária da cidade de São Paulo segundo a modalidade de gestão e a entidade gestora. Métodos: Foi adotado estudo descritivo e exploratório em que foram analisados três bancos de dados do segundo ciclo do Programa Nacional para Melhoria do Acesso e Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) referentes às Unidades Básicas de Saúde da cidade de São Paulo, o que significou uma amostra de 264 unidades/911 equipes. Foram escolhidos 28 indicadores para análise (um de estrutura, dez de processo e 17 de resultado). As UBSs e equipes de atenção primária foram classificadas de acordo com sua modalidade de gestão e entidade gestora e os resultados de cada grupo em cada um dos indicadores foram separados. Foram realizados testes estatísticos (quiquadrado e Anova) para verificar a significância das diferenças encontradas. Resultados: Dos 28 indicadores analisados, 10 registraram diferença significativa entre equipes com diferentes modalidades de gestão. Em oito deles, houve melhor desempenho das equipes de unidades com gestão público-privada. Já na análise por entidade gestora, 25 dos 28 indicadores analisados tiveram diferenças significativas, com diferenças importantes entre unidades de administração públicoprivada, mas com entidades gestoras diferentes. Conclusões: Os resultados indicam que a contratualização na atenção básica pode colaborar com o aumento do acesso e produtividade dos serviços. No entanto, as evidências não são fortes o suficiente para concluir que um modelo é superior ao outro. Ficou claro que a entidade gestora parece ter um peso maior no desempenho das unidades e equipes do que simplesmente a modalidade de gestão

Introduction: Public-private management in Brazilian healthcare system, strengthened after the creation of Social Organizations (OSs) in the country in 1998, is also strong in the primary care services of the city of São Paulo. According to the Municipal Health Department, from the 449 primary care services of the state capital in 2014, 280 (62.3%) were administered by non-profit entities through agreements with the government. There are, however, few studies that explore the impact of adopting this model in the primary care services. Objectives: Analyze structure, process and outcomes of primary care services in the city of São Paulo according to the management modality and the management entity. Methods: A descriptive and exploratory study was carried out in which three databases of the second cycle of the National Program for Improving Access and Quality of Primary Care (PMAQ-AB) were analyzed for the Basic Health Units of the city of São Paulo, Brazil. which meant a sample of 264 units / 911 teams. We selected 28 indicators for analysis (one of structure, ten of process and 17 of outcomes). The UBSs and primary care teams were classified according to their management modality and managing entity and the results of each group in each of the indicators were separated. Statistical tests (chisquare and Anova) were performed to verify the significance of the differences found. Results: From the 28 indicators analyzed, ten registered a significant difference between teams with different management modalities. In seven of them, there was better performance of the teams of units with public-private management. In the analysis by management entity, 25 of the 28 indicators analyzed had significant differences, with significant differences among public-private administration services with different management entities. Conclusions: The results indicate that contracting in primary care may contribute to increased access and productivity of services. However, the evidence is not strong enough to conclude that one model is superior to the other. It became clear that the management entity seems to have a greater weight in the performance of the services and teams than simply the management modality
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; Mtr. 380; BR67.1; Mtr. evisada. 380


  5 / 489 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-879533
Autor: Oliveira, Vinicius Gomes de; Queiroz, Fernanda Navarini; Araújo, Bruno Pereira; Silva, Cássio Marques Menezes; Silva, Flávio Dias.
Título: Medicina de Família e Comunidade: breve histórico, desafios e perspectivas na visão de discentes de graduação / Family and Community Medicine: a brief history, challenges, and perspectives in the view of undergraduate students / Medicina Familiar y Comunitaria: breve historia, desafíos y perspectivas desde la visión de los estudiantes de pregrado
Fonte: Rev. bras. med. fam. comunidade;9(30):85-88, jan./mar. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: A Medicina de Família e Comunidade (MFC) é fundamentada em princípios que estão diretamente vinculados à Atenção Primária à Saúde (APS), que é a base de um sistema para otimizar recursos e serviços em saúde. O presente artigo procura analisar a atual conjuntura da MFC na visão de discentes de graduação em medicina, com enfoque na APS. Faz-se, então, um breve resgate dos principais eventos históricos que nortearam a criação dessa especialidade no Brasil, tais como conferências, programas de Residência Médica e criação do Sistema Único de Saúde (SUS). Por fim, retorna-se aos dias de hoje, para se estabelecer uma conexão entre as propostas iniciais e o contexto atual da saúde, oferecendo uma visão crítica acerca desses aspectos. Procura-se destacar o programa Mais Médicos e o Programa de Valorização da Atenção Básica (PROVAB), ambos propostos recentemente pelo governo federal, com o intuito de corroborar as estratégias traçadas há algumas décadas.

Family and Community Medicine (FCM) is grounded on principles that are directly linked to Primary Health Care (PHC), which is the basis of a system to optimize resources and health services. In this article, we analyze the current situation of FCM in the view of undergraduate medical students with a focus on PHC. We then present a brief account of the major historical events that guided the creation of this specialty in Brazil, such as conferences, medical residency programs, and the inception of the Unified Health System (SUS). Finally, we return to our present time to establish a connection between the initial proposals and the current context of health care, offering a critical view of these aspects. We seek to highlight the "Mais Médicos" programme and the "Programa de Valorização da Atenção Básica" (PROVAB), both recently launched by the Brazilian Federal Government, in order to corroborate the strategies outlined a few decades ago.

La Medicina Familiar y Comunitaria (MFC) se fundamenta en principios que están directamente vinculados a la Atención Primaria de Salud (APS), que es la base de un sistema para optimizar los recursos y servicios de salud. En este artículo se analiza la situación actual del MFC desde la visión de los estudiantes de pregrado en medicina, con un enfoque en la APS. A continuación se hace un breve rescate de los principales acontecimientos históricos que guiaron la creación de esta especialidad en Brasil, tales como conferencias, programas de residencia médica y la creación del Sistema Único de Salud (SUS). Por último, se vuelve a la actualidad, para establecer una conexión entre las propuestas iniciales y el contexto actual de la salud, ofreciendo una visión crítica de estos aspectos. Se pretende dar a conocer el programa Más Médicos y el Programa de Valorización de la Atención Básica (PROVAB), ambos propuestos recientemente por el Gobierno Federal Brasileño, con el fin de corroborar las estrategias esbozadas hace algunas décadas.
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  6 / 489 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Bordin, Ronaldo
Texto completo
Id: lil-576196
Autor: Azevedo, Jorge de; Fisher, Paul Douglas; Bordin, Ronaldo.
Título: Mudança de comportamento de médicos com transferência passiva de informações / Change of physicians' behavior with passive transfer of information
Fonte: Rev. bras. educ. méd;34(4):573-579, out.-dez. 2010. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Avaliou-se a mudança de comportamento de um grupo de médicos empregando-se a mala direta como estratégia de divulgação de informações, objetivando otimizar o uso de "Serviços Auxiliares de Diagnose e Terapia - SADT" numa regional de cooperativa médica do Sul do Brasil. Do total de 176 médicos, 130 constituíram a amostra para estudo quase-experimento. Utilizando-se o método Audit and Feedback, mensalmente durante um ano, a relação SADT solicitados/consultas atendidas (aqui denominada "Índice de Solicitação de SADT - IsSADT") retornou em forma de gráficos aos médicos. Para análises, os respondentes foram estratificados de diferentes formas, compararam-se os IsSADT pré e pós-intervenções e entre e intraestratos com testes de Wilcoxon, Mann-Whitney e Kruskall Wallis. Apesar de as solicitações de SADT que vinham sendo praticadas serem o quádruplo do estimado para a população de beneficiários, o comportamento do grupo estudado não se modificou com o fornecimento de informações desacompanhadas de outras medidas administrativas.

This study evaluated the change of behavior in a group of physicians using direct mailing as a strategy for disseminating information, aimed at the optimization of the use of "Ancillary Diagnostic and Treatment Services" in a regional division of a medical cooperative in southern Brazil. Of the total of 176 physicians, 130 comprised the quasi-experimental study sample. Using the Audit and Feedback method monthly for a year, the ratio between diagnostic and treatment services ordered and consultations provided was fed back to the physicians in the form of graphs. For the analyses, the respondents were stratified in different ways, and the pre and post-intervention and inter and intra-stratum ratios were compared using the Wilcoxon, Mann-Whitney, and Kruskall Wallis tests. Although the orders for ancillary diagnostic and treatment services were fourfold the expected number for the portfolio of policy-holders under the medical cooperative, the group's behavior did not change by providing information without other accompanying administrative measures.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 489 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-980321
Autor: Gutiérrez-Valverde, Juana Mercedes; Núñez-Rocha, Georgina Mayela.
Título: La participación de enfermería en la formulación de políticas de salud / Nursing participation in the health policies
Fonte: Rev. enferm. Inst. Mex. Seguro Soc;17(1):59-60, Ene.-Abr. 2009. tab.
Idioma: es.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 489 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-980317
Autor: Landeros-Olvera, Erick; Núñez-Rocha, Georgina Mayela.
Título: Implementación de políticas en salud y la intervención de enfermería / Implementation of health policies and nursing intervention
Fonte: Rev. enferm. Inst. Mex. Seguro Soc;17(1):55-58, Ene.-Abr. 2009. tab.
Idioma: es.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 489 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Cunha, Isabel Cristina Kowal Olm
Texto completo
Id: lil-699112
Autor: Kalinowski, Carmen Elizabeth; Massoquetti, Reinaldo Miguel Dolny; Peres, Aida Maris; Larocca, Liliana Müller; Cunha, Isabel Cristina Kowal Olm; Gonçalves, Luciana Schleder; Calixto, Riciana do Carmo.
Título: Metodologias participativas no ensino da administração em Enfermagem / Participative methods in teaching administration within nursing / Metodologías participativas en la enseñanza de la administración en enfermería
Fonte: Interface comun. saúde educ;17(47):959-967, out.-dez. 2013.
Idioma: pt.
Resumo: O trabalho relata a experiência de docentes da área de administração e gerência em saúde no processo de construção e desenvolvimento de uma prática de aprendizagem significativa e participativa, desenvolvida no segundo semestre de 2010, com 23 estudantes de um curso de graduação em Enfermagem, na cidade de Curitiba-PR. As estratégias de trabalho em grupo e a dramatização na modalidade do role playing foram escolhidas por facilitarem a participação e a motivação para a aprendizagem. O sistema de saúde, planejamento em saúde e funções gerenciais foram temáticas definidas para compor a prática. O aprendizado permitiu o exercício das funções gerenciais em uma situação real, concreta e com significados a todos, e, ainda, o destaque das docentes sobre a construção de práticas de aprendizagem com metodologias participativas, que requerem tempo, motivação, dedicação e comunicação, mas, sobretudo, a mudança do processo de trabalho.

This paper reports the experience of teachers within the field of healthcare administration and management in the process of building and developing practices of participative and meaningful learning, which took place in the second semester of 2010, with 23 students in an undergraduate nursing program in the city of Curitiba, Paraná. Strategies for group work and dramatization through role playing were chosen, since these facilitate participation and motivation for learning. The healthcare system, healthcare planning and managerial functions were the themes defined for constituting the practice. The learning experience allowed managerial functions to be performed in a real and concrete situation, with meaning for all participants. The teachers' role in constructing learning practices was highlighted, with participative methods that required time, motivation, dedication, communication and, especially, changes to their work processes.

El trabajo relata la experiencia de docentes del área de administración y gestión en salud en el proceso de construcción y desarrollo de una práctica de aprendizaje significativa y participativa, desarrollada en el segundo semestre de 2010, con 23 alumnos de un curso de graduación en Enfermería, en la ciudad de Curitiba, Estado de Paraná. Se eligieron las estrategias de trabajo en grupo y la dramatización en la modalidad de role playing porque facilitaban la participación y la motivación para el aprendizaje. El sistema de salud, planificación en salud y funciones de gestión en una situación real, concreta y con significados para todos, y también el destaque de las docentes sobre la construcción de prácticas de aprendizaje con metodologías participativas que requieren tiempo, motivación, dedicación y comunicación pero, sobre todo, el cambio del proceso de trabajo.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 489 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-954287
Autor: Padilla, Beatriz.
Título: Saúde e migrações: metodologias participativas como ferramentas de promoção da cidadania / Health and Migration: participative methodologies as tools to promote citizenship / Salud y migraciones: metodologías participativas como herramientas de promoción de la ciudadanía
Fonte: Interface (Botucatu, Online);21(61):273-284, abr.-jun. 2017. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O campo de estudo "saúde e migrações" é relativamente novo, tanto entre as ciências da saúde como nas ciências sociais, quer a problemática seja abordada com metodologias quantitativas e/ou qualitativas tradicionais. O recurso a metodologias participativas tem sido uma exceção, embora estas ofereçam uma oportunidade concreta de intervenção, quer com os usuários dos serviços de saúde como com os profissionais de saúde. Recorrendo a um caso específico de investigação sobre saúde materno-infantil e reprodutiva nas populações migrantes, este artigo pretende contribuir para o debate sobre o uso dessas metodologias e os desafios e as possibilidades que oferecem como ferramenta metodológica em investigação direcionada à mudança social.(AU)

The field of "health and migration" is relatively new, both among health sciences and social sciences, using either traditional quantitative and/or qualitative methodologies. The use of participative methodologies has been an exception although they provide an opportunity for intervention, both with users of health services or with providers. Using an example of research in the field of maternal-child and reproductive health among migrant populations, this paper hopes to contribute to the debate about the use of participative methodologies, their challenges and possibilities as a methodological tool in applying research for social change.(AU)

El campo de estudio "salud y migraciones" es relativamente nuevo, tanto entre las ciencias de la salud como en las ciencias sociales, tanto si la problemática es abordada con metodologías cuantitativas y/o con metodologías cualitativas tradicionales. Recurrir a metodologías participativas ha sido una excepción, aunque ellas ofrezcan una oportunidad concreta de intervención, tanto con los usuarios de los servicios de salud como con los profesionales de salud. Recurriendo a un caso específico de investigación sobre salud materno-infantil y reproductiva en las poblaciones migrantes, este artículo pretende contribuir al debate sobre el uso de estas metodologías y los desafíos y las posibilidades que ofrecen como herramienta metodológica en investigación dirigida al cambio social.(AU)
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação



página 1 de 49 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde