Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP1 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 464 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Longo]

página 1 de 47 ir para página                         

  1 / 464 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Silva, Ligia Maria Vieira da
Id: biblio-941574
Autor: Silva, Ligia Maria Vieira da.
Título: Avaliação de políticas e programas de saúde.
Fonte: Rio de Janeiro; Fiocruz; 2014. 109 p.
Idioma: pt.
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1. 017715, 2014, S138a; 362.10


  2 / 464 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-938446
Autor: São Paulo (Cidade). Prefeitura Municipal.
Título: São Paulo para todos. Relatório final de governo: 1989-1992.
Fonte: São Paulo; PMSP; dez. 1992. 42 p. graf, tab.
Idioma: pt.
Projeto: SMS. São Paulo Para Todos.
Responsável: BR59.2 - Núcleo de Documentação
BR59.2. 1573, S241re; 35


  3 / 464 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-938444
Autor: São Paulo (Cidade). Prefeitura Municipal.
Título: Relatório bimestral de progresso: setembro-outubro/97.
Fonte: São Paulo; PMSP; s.d. 94 p.
Idioma: pt.
Projeto: Prefeitura Municipal de São Paulo. Secretaria do Planejamento. Visão.
Responsável: BR59.2 - Núcleo de Documentação
BR59.2. 1216, S241rb; 35


  4 / 464 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-938193
Autor: São Paulo (Cidade). Secretaria da Saúde.
Título: Documento norteador: responsabilidades da Rede de Apoio à Implantação do PSF.
Fonte: São Paulo; SMS; out. 2002. 34 p. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Contribui no processo de organização e desenvolvimento da Atenção Básica e aponta um eixo orientado que, reafirmando os princípios e diretrizes do SUS, possa auxiliar na reorientação do modelo de atenção e na busca da integralidade das ações e serviços de saúde
Responsável: BR59.2 - Núcleo de Documentação
BR59.2. 2318, S241do; 614.2


  5 / 464 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-937183
Autor: Boccatto, Márcia.
Título: Guia Rápido de Vigilância Epidemiológica 2006 a 2010.
Fonte: São Paulo; Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo; 2006. 60 p. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Este Guia Rápido de Vigilância Epidemiológica oferece subsídios, conhecimentos, competências e desempenhos para oferecer Assistência de Qualidade às Doenças e Agravos de Notificação Compulsória estabelecidos pelo Ministério da Saúde do Brasil, bem como as respectivas Medidas de Controle
Responsável: BR1909.5 - Coordenadoria Regional de Saúde – Sul
BR1909.5, B664g; 614.4


  6 / 464 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-936869
Autor: Hirano, Edna Miyuki; Linguanotto, Maria José Ribeiro; Donnini, Osvaldo Antonio.
Título: Análise comparativa entre produção e programação pactuada e integrada - PPI de internações hospitalares de média complexidade, no município de São Paulo - 2008 a 2009.
Fonte: São Paulo; São Paulo (Cidade). Secretaria da Saúde; 2010. [4] p.
Idioma: pt.
Responsável: BR996 - Coordenação do Sistema Municipal de Regulação, Controle, Avaliação e Auditoria
BR996, H667a; 614-2


  7 / 464 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-936258
Autor: Uribe Rivera, F. Javier(org); Matus, Carlos(org); Testa, Mario(org).
Título: Planejamento e programação em saúde: um enfoque estratégico.
Fonte: São Paulo; Cortez; ABRASCO; 1992. 222 p.
Idioma: pt.
Responsável: BR276.2 - Biblioteca Doutor Orlando Costa
BR276.2, AG, U76p; 614


  8 / 464 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-932174
Autor: Magagewski, Flávio R.
Título: O processo de tomada de decisões no programa de suplementação alimentar no Município de São João Batista - SC.
Fonte: Florianópolis; UFSC; 1986. 32 p p.
Idioma: pt; pt.
Responsável: BR518.2 - Divisão de Arquivo e Biblioteca da Escola de Saúde Pública
BR518.2, M188p; ESP000008


  9 / 464 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-905814
Autor: Luciani Conde, Leandro.
Título: Lo público no estatal en salud / Public non-state participation in health
Fonte: Investig. psicol;6(1):113-133, 2001. tab..
Idioma: es.
Resumo: El presente artículo reflexiona sobre las características que asume la participación de las Organizaciones de la Sociedad Civil (OSCs), en su articulación con la prestación de servicios públicos sociales, particularmente con aquellos relativos al campo de la salud. El estudio se centra en un nivel local de análisis correspondiente al Municipio de Eldorado, Misiones. En el marco de los intensos procesos de reforma del Estado que atraviesan los países de la región, crecen los márgenes de visibilidad social de una lógica propia de la sociedad civil, orientada hacia la construcción de un espacio de bien público de carácter no estatal. Se plantea como supuesto emergente del proceso de investigación, que la participación en salud de las organizaciones no es significativa en el área de la prestación de servicios de atención médica. Si en cambio en áreas que adquieren un carácter crítico en el contexto local, tales como la nutrición, y la protección, cuidado y asistencia a grupos poblacionales específicos.

In this article, the characteristics of the participation of the Civil Society Organizations (CSOs) in the rendering of the social public services, specially those related to health, are analyzed. The study was carried out at a local level of analysis, i.e. that of the Eldorado Municipality, Misiones. At the same time as the region countries are going through critical processes of state reforms, the social evidence of a logic characteristic of the social society aimed at the creation of space of health care for the community not depending on the state is growing. The assumption resulting from the process of investigation is that the organizations participation is not significant in the rendering of health care services. However, it is substantial in those fields critical at the local level, such as feeding and protection, care of and help to specific population groups.
Responsável: AR81.4 - Biblioteca


  10 / 464 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-882812
Autor: Araújo, Ana Carolina da Costa; Pires, Ronaldo Rodrigues.
Título: Redução de Danos na Atenção Psicossocial: concepções e vivências de profissionais em um CAPS ad / Harm Reduction in Psychosocial Care: conceptions and professional experiences in a CAPS ad / Reducción de daños en atención psicosocial: conceptos y experiencias profesionales en un CAPS ad
Fonte: Tempus (Brasília);11(3):9-21, jul.-set. 2017.
Idioma: en; pt.
Resumo: O presente estudo tem por objetivo compreender a percepção de profissionais de um Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Outras Drogas (CAPS ad) acerca da estratégia de Redução de Danos, bem como identificar os principais desafios para a efetivação dessa política no âmbito da Atenção Psicossocial. Caracterizou-se como uma pesquisa de abordagem qualitativa, onde foram entrevistados treze profissionais e as falas destes foram analisadas a partir do referencial da Análise de Conteúdo. De maneira geral, a Redução de Danos é percebida como uma estratégia ainda recente, com o papel de ampliar as possibilidades no tratamento do usuário de substâncias psicoativas, tornando-o mais autônomo e participativo em seu processo de cuidado, garantindo maior adesão ao tratamento e maior humanização no cuidado. Percebe-se, também, alguns desafios com relação à concretização da Redução de Danos, como o conhecimento insuficiente por parte dos profissionais, familiares e dos próprios usuários acerca da política sobre drogas. No entanto, embora ainda não se sintam capacitados para promover esse cuidado diferenciado, os profissionais têm buscado, junto ao usuário, diferentes possibilidades de práticas que se orientam sob este paradigma.

The aim of this study is to understand the perception of professionals of a Center for Psychosocial Care Alcohol and Other Drugs (CAPS ad) about the harm reduction strategy, furthermore to identify the main challenges for the effectiveness of this policy in the scope of Psychosocial care. It was characterized as a qualitative approach research, where thirteen professionals were interviewed and their speeches were analyzed from a Content Analysis framework. In general, Harm Reduction is seen as a recent strategy, with the role of expanding possibilities in the treatment of users of psychoactive substances, making them more autonomous and cooperative in their care process, ensuring greater adherence to treatment and greater humanization in care. There are also some challenges related to the achievement of Harm Reduction, such as insufficient knowledge about the policy by professionals, family members, and users themselves. However, whilst they do not feel able to promote this differentiated care, professionals have sought, along with the user, several possibilities of practices that are guided by this paradigm.

Este estudio tiene como objetivo comprender la percepción de los profesionales en un Centro de Atención Psicosocial de alcohol y otras drogas (CAPS ad) sobre la estrategia en reducción de daños e identificar los principales desafíos para la eficacia de esta política en la Atención Psicosocial. Se caracteriza por ser una investigación cualitativa donde trece profesionales fueron entrevistados y sus declaraciones analizadas a partir de la referencia del análisis de contenido. En general, la reducción de daños es percibida como una nueva estrategia, que tiene el papel de ampliar las posibilidades en el tratamiento de los usuarios de sustancias psicoactivas, convirtiéndolo en un ser autónomo y participativo en su proceso de cuidado, garantizando una mayor adhesión al tratamiento y humanización del cuidado. También se pudo observar algunos retos en cuanto a la aplicación de la reducción de daños, tales como el conocimiento insuficiente de los profesionales, miembros de la familia y los usuarios acerca de las políticas de lucha contras las drogas. Sin embargo, aunque todavía no se sienten capaces de promover este cuidado especial, los profesionales han buscado, junto al usuario, distintas posibilidades de prácticas que se orientan bajo este paradigma.
Responsável: BR246.1 - Biblioteca Professor Eleutério Rodriguez Neto



página 1 de 47 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde