Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP1.001 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1400 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Longo]

página 1 de 140 ir para página                         

  1 / 1400 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Silva, Eliete Maria
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-970774
Autor: Pinho, Eloísa Aparecida; Leite, Tânia Maria Coelho; Daólio, Edilaine; Silva, Eliete Maria.
Título: Analisando criticamente a formação de auxiliares e técnicas de enfermagem no Brasil / Nursing aides in Brazil - an analisis of personnel resources training / Analizando criticamente la formación de auxiliares y técnicos de enfermería en Brasil
Fonte: Rev. Paul. Enferm. (Online);29(1/3):117-126, nov. 14, 2018. quadros.
Idioma: pt.
Resumo: Nos processos de globalização identificamos mudanças nos comportamentos e necessidades das populações, bem como, no mundo do trabalho. Nosso objetivo foi refletir, numa perspectiva histórica, sobre a legislação e a necessidade de formação em enfermagem no nível médio no Brasil. Trata-se de uma reflexão teórica sobre a formação de auxiliares e técnicas de enfermagem para a qual realizamos levantamento histórico das legislações pertinentes, textos científicos e discutimos a partir de nossa vivência profissional, desde o início da formação de auxiliares, regulamentada em 1949, até 2009. Concluímos que a formação em nível médio persiste na enfermagem como resposta às necessidades sociais, presentes na estrutura educacional e nos serviços de saúde

In the globalization processes we identify changes in the behaviors and needs of populations as well as in the world of work. Our objective was to refl ect, in a historical perspective, on legislation and nursing's needs for training in the middle level of education in Brazil. It is a theoretical refl ection on the training of nursing auxiliaries and techniques by historical surveys of relevant legislation, scientifi c texts and discussions based on our professional experience, from the beginning of the training of auxiliaries, regulated in 1949, until 2009. We conclude that the middle level training is maintained in nursing as a response to social needs, present in the educational structure and health services

En los procesos de globalización identificamos cambios en los comportamientos y necesidades de las poblaciones, así como en el mundo del trabajo. Nuestro objetivo fue reflexionar, en una perspectiva histórica, sobre la legislación y necesidad de educación en enfermería en el nivel medio. Se trata de una reflexión teórica sobre la formación de auxiliares y técnicas de enfermería por realización de levantamientos históricos de las legislaciones relevantes, textos científicos y discusiones a partir de nuestra vivencia profesional, desde el inicio de la formación de auxiliares, regulada en 1949, hasta 2009. Concluimos que la formación a nivel medio se mantiene en enfermería como respuesta a las necesidades sociales, presentes en la estructura educativa y en los servicios de salud
Responsável: BR30.1 - Biblioteca


  2 / 1400 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-954283
Autor: Granada, Daniel; Carreno, Ioná; Ramos, Natália; Ramos, Maria da Conceição Pereira.
Título: Discutir saúde e imigração no contexto atual de intensa mobilidade humana / Debating health and migrations in a context of intense human mobility / Discutir sobre salud e inmigración en el contexto actual de intensa movilidad humana
Fonte: Interface (Botucatu, Online);21(61):285-296, abr.-jun. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo aborda as relações entre imigração e saúde no Brasil, partindo de uma abordagem histórica que busca contextualizar o debate no país desde o século XIX até os dias atuais. A problematização dessas relações destaca os desafios das políticas sociais de acolhimento e integração dos imigrantes no mundo globalizado. Por meio da revisão bibliográfica sobre imigração e saúde no contexto brasileiro e internacional, buscamos prioridades que se impõem à saúde coletiva em face da intensa mobilidade humana atual. As desigualdades socioeconômicas marcam a experiência de parte dos imigrantes, expondo estas populações a uma maior vulnerabilidade, adoecimento e menor qualidade de vida. Apontamos a necessária promoção da equidade de acesso à saúde, prevenção contra a discriminação, ampliação das políticas públicas, formação dos profissionais e oferta de serviços adaptados, abordando a temática das migrações como determinante social de saúde.(AU)

This paper discusses the relationship between immigration and health in Brazil, from a historical approach seeking to put in context this debate from the nineteenth century to the present day. These relationships highlight the challenges of social policies of reception and integration of immigrants in a globalized world. Through literature review on immigration and health both in the Brazilian and the international context, we seek to reveal essential priorities to public health emerging from the present intense human mobility. Socioeconomic inequalities are the hallmark of the immigrants' experience, exposing these populations to greater vulnerability, illness and a reducing their quality of life. We conclude on the much needed promotion of equitable access to health, discrimination prevention, expansion of public policies, adequate training of professionals and offering services that are fitted to migrants, from the point of view of migration as a social determinant of health.(AU)

Este artículo aborda las relaciones entre inmigración y salud en Brasil, partiendo de un abordaje histórico que busca la contextualización del debate en el país desde el siglo XIX hasta los días actuales. La problematización de esas relaciones subraya los desafíos de las políticas sociales de acogida e integración de los inmigrantes en el mundo globalizado. Por medio de la revisión bibliográfica sobre inmigración y salud en el contexto brasileño e internacional, buscamos prioridades que se imponen a la salud colectiva frente a la intensa movilidad humana actual. Las desigualdades socio-económicas marcan la experiencia por parte de los inmigrantes, exponiendo a esas poblaciones a una mayor vulnerabilidad, enfermedad y menor calidad de vida. Señalamos la necesaria promoción de la equidad de acceso a la salud, prevención contra la discriminación, ampliación de las políticas públicas, formación de los profesionales y oferta de servicios adaptados, abordando la temática de las migraciones como factor determinante social de salud.(AU)
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação


  3 / 1400 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-893353
Autor: Brandão Junior, Pedro Moacyr Chagas; Canavêz, Fernanda; Ramos, Patricio Lemos.
Título: Entre saúde e educação: sobre um ambulatório de saúde mental infantojuvenil / Between health and education: a clinic for youngsters and children's mental health / Entre la salud y la educación: sobre un ambulatorio de salud mental infanto-juvenil
Fonte: Interface (Botucatu, Online);21(62):699-709, jul.-set. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: O trabalho discute a função da assistência ambulatorial regida pelos princípios da Reforma Psiquiátrica a partir da experiência de uma equipe interdisciplinar do ambulatório infantojuvenil de Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, Brasil. O objetivo é relatar uma experiência pautada na lógica de uma assistência ambulatorial ampliada em articulação com o campo da educação. O matriciamento foi a metodologia utilizada nesta experiência. Trata-se de uma forma de produzir saúde pela construção do compartilhamento de responsabilidade entre duas equipes; neste caso, a equipe de saúde mental infantojuvenil e a equipe de agentes pedagógicos de educação especial da Secretaria Municipal de Educação de Nova Iguaçu.(AU)

This paper discusses the role of ambulatory health care governed by the principles of psychiatric reform based on theexperience of an interdisciplinary team caring for children and teen outpatients in Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, Brazil. Its objective is to report an experience guided by the logic of an expanded ambulatory care in related to the educational domain. The matrix support was the methodology used in the reported experience as a way to produce health through the construction of shared responsibility between two teams, in this case the child and youth mental health ambulatory team and the team of pedagogical agents of special education of the correspondent Municipal Department of Nova Iguaçu.(AU)

El trabajo discute la función de la asistencia ambulatorial regida por los principios de la Reforma Psiquiátrica a partir de la experiencia de un equipo interdisciplinario del ambulatorio infanto-juvenil de Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, Brasil. El objetivo es relatar una experiencia pautada en la lógica de una asistencia ambulatoria ampliada en articulación con el campo de la educación. La matriciación fue la metodología utilizada en esta experiencia. Se trata de una forma de producir salud por la construcción de compartir responsabilidad entre los dos equipos; en este caso el equipo de salud mental infanto-juvenil y el equipo de agentes pedagógicos de educación especial de la Secretaría Municipal de Educación de Nova Iguaçu.(AU)
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação


  4 / 1400 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-987541
Autor: Guilherme, Fábio José de Almeida.
Título: O estágio extracurricular remunerado em enfermagem no serviço de atendimento médico de urgência de campus da Universidade do Grande Rio - UNIGRANRIO / The paid extracurricular internship in nursing in the emergency medical service of campus of the University of Grande Rio - UNIGRANRIO.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; out. 2014. 106 f p. tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Rio de Janeiro. Escola de Enfermagem Anna Nery para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A oferta de Estágio Extracurricular pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência de Campus - SAMUC é disponibilizada para alunos do curso de graduação em Enfermagem, através de um edital de Seleção, gerenciada pelo Departamento de Recursos Humanos ­ DRH, da Universidade do Grande Rio - UNIGRANRIO. O objeto dessa pesquisa é a Identidade do Eu profissional dos Acadêmicos de Enfermagem que participam do Estágio Extracurricular Remunerado - EER no SAMUC. Os objetivos da pesquisa são: Identificar a atuação do acadêmico de enfermagem inserido no EER do SAMUC. Identificar as atividades do acadêmico de enfermagem inserido no Estágio Extracurricular do Serviço de Atendimento Médico de Campus ­ SAMUC. Discutir a Identidade do Eu Profissional do acadêmico de enfermagem durante as atividades do EER no SAMUC. Analisar a autonomia do acadêmico de enfermagem diante das atividades desenvolvidas durante o EER do SAMUC. O referencial teórico tem como base o conceito da Teoria da Ação Comunicativa de Habermas e a construção da Identidade do Eu profissional. Os participantes da pesquisa foram os Acadêmicos de Enfermagem integrantes do Programa de EER desenvolvido pela UNIGRANRIO no SAMUC, localizado no Campus I ­ Duque de Caxias ­ RJ. Realizamos a pesquisa através do estudo exploratório do tipo descritivo, através da abordagem metodológica qualitativa. Utilizamos como técnicas para coleta de dados a entrevista semiestruturada, observação participante apoiada por um diário de campo e análise documental. Realizamos a análise temática do conteúdo a partir da triangulação dos achados. A partir da triangulação foi realizada a construção das categorias de análise. Categoria 1 - Decisões e Ações dos Acadêmicos de Enfermagem no Serviço de Assistência Médica de Campus - SAMUC. Essa categoria apresenta o cotidiano das ações realizadas pelos alunos no decorrer do EER no SAMUC, o ambiente de atuação, a rotina diária do serviço, bem como a utilização de conteúdos abordados nas disciplinas da graduação no desenvolvimento das atividades. Categoria 2 - O Desenvolvimento dos Estágios do Eu profissional do Acadêmico de Enfermagem durante as atividades no SAMUC. Nessa categoria identificamos, de acordo com os estágios do Desenvolvimento do Eu profissional, que os acadêmicos participantes do EER no SAMUC podem ser denominados no estágio Egocêntrico, com tendências para o Sócio-Cêntrico-Objetivista, à luz dos conceitos habermasianos. Destacamos que o SAMUC precisa incorporar as mudanças adotadas pelo Governo Federal para o atendimento de urgência nas ações de atenção primária em saúde, enquanto Política Pública de Saúde, para proporcionar ao estagiário extracurricular essa vivência e reflexão, integrando-o aos serviços de atenção primária que a universidade disponibiliza para a população, e aproximando-se da academia, através da interação com disciplinas teóricas e ao próprio Projeto Político Pedagógico do Curso de Enfermagem. (AU)
Responsável: BR442.1 - Biblioteca Setorial de Pós-Graduação
BR442.1; T846 EEAN


  5 / 1400 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-514497
Autor: Cardoso, Claudia Lins; Féres-Carneiro, Terezinha.
Título: Sobre a família: com a palavra, a comunidade / About the family: the community speaking
Fonte: Estud. pesqui. psicol. (Impr.) = Estud. pesqui. psicol;8(2):523-539, ago. 2008.
Idioma: pt.
Resumo: O presente estudo discute questões relacionadas à família que vive em contexto de pobreza e às políticas públicas a ela destinadas. Ele decorre da experiência adquirida no projeto de extensão intitulado “Inserção do Psicólogo no Programa Saúde da Família”, desenvolvido em Vespasiano (MG), junto a pessoas diabéticas e hipertensas freqüentadoras do PSF daquele município. O trabalho pretende contribuir para um maior esclarecimento acerca da experiência de família em contexto de pobreza na perspectiva de seus membros. Para isso, apresenta fragmentos de relatos dos participantes dos grupos terapêuticos, realizados ao longo do desenvolvimento do projeto, cujo objetivo era investigar a experiência de família dos mesmos. Evidenciou-se a ênfase dos participantes nos aspectos interpessoais da dinâmica da família e na qualidade das relações entre seus membros, e não nas suas características estruturais, tais como suas formas de organização e funcionamento, aspectos estes mais ressaltados na literatura sobre o tema

This paper argues questions about families that live in poverty context and about the public politics applied to them. It is originated from the project Insertion of the Psychologist in the Program of Family Health, developed in Vespasiano (MG), with patients with diabetes and hypertension that participated on the program. This paper intends to contribute to a major elucidation of the poor families experience from the perspective of their members. In order to do that, it shows narratives fragments of the participants of the therapeutical groups, developed in the project, whose aim was to investigate their family experience. It was clear the emphasis of the members on the inter-personal aspects of the family dynamics and on the quality of the relationships between their members, more than the emphasis on the structural characteristics, like those organization and operation styles, which where the features more pointed out on the literature about poor families
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  6 / 1400 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-980106
Autor: Machado, Flávia Christiane de Azevedo; Silva, Janmille Valdivino; Almeida, GerlieneMaria Silva Araújo de; Filgueira, Ana Cristina Gondim; Medeiros, Ideíze de Barros; Nascimento, Thiago Antonio Raulino do.
Título: Construção participativa de uma política de saúde para institutos federais / Participatory construction of a health policy for Federal Institute
Fonte: Rev. Ciênc. Plur;4(2):38-59, 2018. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução:No Brasil, quando se mencionam serviços públicos de saúde nos remetemos aos serviços do Sistema Único de Saúde ­SUS. Contudo, há instituições públicas, não integrantes do SUS, que disponibilizam serviços de saúde e, assim, fariam jus a uma política de saúde específica. Objetivo: Reportar a estruturação de uma política de saúde para a assistência estudantil do Instituto Federal Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) mediante construção de uma matriz de indicadores.Métodos:Estudo de avaliação cujo processo de criação da política foi: análise documental para definir missão e atribuições dos setores de saúde/IFRN; consulta a inquéritos nacionais (SB Brasil, Saúde na Escola, CENSO), relatório socioeconômico aluno/IFRN e análise dos recursos/IFRN (questionário Google forms®) para o diagnóstico situacional; Definição de diretrizes/objetivos/problemas-alvo; Construção de matriz de indicadores; validação da matriz por coordenadores/profissionais de saúde/IFRN via técnica conferência consenso; criação de instrumentos de monitoramento (programação anual de saúde, relatório de execução).Resultados: As diretrizes foram legitimadas, 01 objetivo foi excluído e 01 modificado. Quanto aos indicadores, houve redução de 42 para 37 tidos como pertinentes/válidos/oportunos.Conclusão:Para viabilização da política são necessárias estratégias para institucionalização da educação em saúde, da pesquisa científica, dos processos de avaliação/planejamento/monitoramento, normatização do funcionamento dos serviços e o desenvolvimento de açõesintersetoriais (AU).

Introduction: In Brazil, when referring to public health services we usually refer to the services of the Unified Health System -SUS. However, there are public institutions, not members of the SUS, that provide health services and should hav a specific health policy.Objective: To report the structuring of a health policy for the student assistance of the Federal Institute of Education, Science and Technology of Rio Grande do Norte (IFRN) through the construction of a matrix of indicators.Method: Evaluation study whosepolicy creation process was: document analysis to define IFRN health sector ́s mission and responsibilities; consultation on national surveys (OH Brazil, School Health; CENSUS), to IFRN student ́s socioeconomic report and analysis of IFRN ́s resources (Google forms® questionnaire) for the situational diagnosis; definition of guidelines/objectives/target problems; construction of an indicator's matrix; validation of the matrix by IFRN ́s coordinators/health professionals by technical consensus conference; creation of monitoring instruments (annual health programming, implementation report).Results: The guidelines were legitimized, 01 objective was excluded and 01 was modified. As for the indicators, there was a reduction of 42 to 37 taken as relevant/valid/timely.Conclusion: Implementing the policy requires necessary strategies to institutionalize health education process, scientific research, assessment/planning/monitoring process, standardization of service ́s operation and the development of intersectoral actions (AU).
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  7 / 1400 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-980090
Autor: Oliveira, Francijane Diniz de; Santos, José Guilherme Wady; Soares, Uemenson da Silva; Melo, Ricardo Henrique Vieira de; Melo, Mércia Lima de; Medeiros Junior, Antônio.
Título: A influência dos movimentos de educação permanente em saúde na prática do agente comunitário de saúde / The Influence of Movements of permanent education in health in the work of the community health agent
Fonte: Rev. Ciênc. Plur;4(2):6-20, 2018. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução:a Política Nacional de Educação Permanente em Saúde ampliou os aspectos pedagógicos utilizados para expressar as relações entre ensino e serviços, buscando tornar a rede pública de saúde em uma rede de ensino-aprendizagem no trabalho. Objetivo:Relatar a experiência do uso da Educação Permanente em Saúde como propulsora de questionamentos no agir e no pensar do processo de trabalho em equipe na Estratégia Saúde da Família. Métodologia: A experiência, iniciada em 2014 e perene na atualidade, foi desenvolvida a partir da problematização de situações cotidianas dos Agentes Comunitários de Saúde através de Rodas de Conversa e Tenda do Conto, enquanto instrumentos promotores de reflexão e debate sobre temas mobilizadores. Os encontros foram mediados por preceptores e profissionais que atuam em uma unidade de saúde da família do distrito Sanitário VII na cidade do Recife.Resultados: A vivência trouxe reflexões sobre a prática do agente comunitário fundamentadas no referencial da educação permanente enquanto propulsora de movimentos capazes de gerar mudanças no mundo do trabalho; favoreceu a criação de uma caixa de ferramentas para sistematizar o trabalho desse profissional, permitindo a proposição de mudanças na dinâmica de visitação domiciliar enquantodispositivo de reflexão trazido a partir das necessidades dos usuários da Estratégia Saúde da Família.Conclusões: Os processos de Educação Permanente serão exitosos somente se gerados juntos de propostas de mudança institucional na qual a mesma educação possa se inserir como estratégia. Esta experiência nos permite afirmar que este tipo de educação pode ser efetiva na modificação dos processos de trabalhos, assumindo papel de instrumento revelador das necessidades reais de transformação das práticas uma vez que o turbilhão de ideias disparadas a partir de cada encontro promovem, no itinerário de suas ondas e dobras, a necessidade de revisitar as práticas e repensá-la criticamente a luz das necessidades dos usuários e do serviço (AU).

Introduction:the National Policy of Permanent Education in Health has extended the pedagogical aspects used to express the relationships between teaching and services, seeking to become thepublic health network a network of teaching and learning at work.Objective: to report the experience of use of permanent education in health as a promoter of questions on the act and on the thinking of the process of teamwork in the family health strategy.Methodology: the experience, starting in 2014 and perennial today, was developed from the problematization of everyday situations of community health agents through round of conversation and tent of the tale, as instruments of promotersreflection and debate on matters mobilisers. The meetings were mediated by tutors and professionals who work in a family health unit Health VII District in the city of Recife.Results: The experience brought reflections on the practice of community agentsbased on Permanent Education frame while movements able to generate driving changes in the world of work; favoured the creation of a toolbox to systematize the work of this professional, allowing the proposal of dynamic changes of home visitation while the reflection device brought from the needs of the users of The family health strategy.Conclusions: The processes of Permanent Education will be successful only if raised together proposals for institutional change in which the same education can enter as a strategy. This experience allows us to affirm that this kind of education can be effective in modifying the work processes, assuming role of developer tool of the real needs of transformation of practices as the "pororoca", or tidal bore fired from each encounter promote, on the itinerary of its waves and folds, the need to revisit and rethink practices critically to light the needs of users and the service (AU).
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  8 / 1400 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-987582
Autor: Nery, Alves Adriana; Carmo, Assunção Érica; Oliveira, da Silva Juliana; Rios, Andrade Marcela; Silva, Rafaela Almeida da; Constâncio, Oliveira Souza Tatiane de; Abreu Santos , Felipe; Norberto Santos, Quésia dos.
Título: Internações hospitalares por causas externas no município de Jequié, Bahia, Brasil / Hospitalization for external causes in the municipality of Jequié, Bahia, Brazil / Hospitalizaciones por causas externas en el municipio de Jequié, Bahia, Brasil
Fonte: Rev. urug. enferm;13(1):46-56, jun.2018.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Descrever as internações hospitalares por causas externas no município de Jequié, Bahia, Brasil, quanto à evolução temporal, características dos indivíduos, do evento e das internações.Métodos: trata-se de um estudo transversal, realizado com dados extraídos dos prontuários de vítimas de causas externas internadas em um hospital geral, no município de Jequié, Bahia, Brasil no período de 2009 a 2013. As variáveis analisadas foram referentes ao indivíduo (sexo; faixa etá-ria); ao evento (tipo de causas externas; característica da lesão; seguimento corporal afetado) e da internação (dia da semana; tempo de internação; evolução).Resultados: Identifi cou-se 5.532 internações por causas externas, das quais 73,6% eram do sexo masculino e 22,0% do grupo etário de 20 a 29 anos; 37,3% das internações decorreram de acidentes de transporte, com predominância dos acidentes motociclísticos (59,7%); 27,1% tiveram como cau-sa da internação as quedas, com destaque para queda do mesmo nível (61,2%). As fraturas foram as principais lesões ocasionadas (43,5%), sendo os membros inferiores o segmento corporal mais afetado (29,9%). Conclusão: constatou-se que os acidentes de transporte, em especial os envolvendo motocicletas são as principais causas externas de morbidade, acometendo principalmente a população jovem e do sexo masculino. Dessa forma, é necessário que a equipe de enfermagem seja capaz de atuar na prevenção das causas externas, bem como na realização de uma avaliação criteriosa para identifi -car situações de risco para o paciente, visando assim redução das taxas de morbimortalidade por causas externas.

Objective: To describe hospital admissions due to external causes in the municipality of Jequié, Bahia, Brazil, regarding the temporal evolution, characteristics of the individuals, the event and hospitalizations.Methods: This is is a cross-sectional study, carried out with data extracted from the medical records of victims of external causes hospitalized in a general hospital in the municipality of Jequié, Bahia, Brazil, from 2009 to 2013. The analyzed variables were related to the individual (gender, age group); to the event (type of external causes, characteristic of the lesion, aff ected body follow-up) and hos-pitalization (day of the week, length of stay, evolution).Results: A total of 5,532 admissions for external causes were identifi ed, of which 73.6% were male and 22.0% of the 20-29 age group; 37.3% of hospital admissions were due to transportation acci-dents, with motorcyclist accidents predominating (59.7%); 27.1% had falls due to hospitalization, with a drop of the same level (61.2%). The fractures were the main lesions (43.5%), the lower limbs being the most aff ected body segment (29.9%).Conclusion: it was found that transport accidents, especially those involving motorcycles are the main external causes of morbidity, aff ecting mainly the young male population. Thus, it is neces-sary that the nursing team be able to identify and intervene with patients, aiming at reducing the morbidity and mortality rates due to external causes. Thus, it is necessary for the nursing team to be able to act in the prevention of external causes, as well as in the performance of a careful eval-uation to identify situations of risk to the patient, aiming at reducing the morbidity and mortality rates due to external causes.

Objetivo: Describir las internaciones hospitalarias por causas externas en el municipio de Jequié, Bahia, Brasil, en cuanto a la evolución temporal, características de los individuos, del evento y de las internaciones.Métodos: Se trata de un estudio transversal, realizado con datos extraídos de los prontuarios de víctimas de causas externas internadas en un hospital general, en el municipio de Jequié, Bahia, Brasil en el período de 2009 a 2013. Las variables analizadas fueron referentes al individuo (sexo, grupo de edad); (tipo de causas externas, característica de la lesión, seguimiento corporal afectado) y de la internación (día de la semana, tiempo de internación, evolución).Resultados: Se identifi caron 5.532 internaciones por causas externas, de las cuales el 73,6% eran del sexo masculino y el 22,0% del grupo de edad de 20 a 29 años; El 37,3% de las internaciones se derivaron de accidentes de transporte, con predominio de los accidentes motociclísticos (59,7%); El 27,1% tuvo como causa de la internación las caídas, con destaque para la caída del mismo nivel (61,2%). Las fracturas fueron las principales lesiones ocasionadas (43,5%), siendo los miembros inferiores el segmento corporal más afectado (29,9%).Conclusión: se constató que los accidentes de transporte, en particular los que involucra motoci-cletas son las principales causas externas de morbilidad, afectando principalmente a la población joven del sexo masculino. De esta forma, es necesario que el equipo de enfermería sea capaz de actuar en la prevención de las causas externas, así como en la realización de una evaluación rigu-rosa para identifi car situaciones de riesgo para el paciente, buscando así reducción de las tasas de morbimortalidad por causas externas.
Responsável: UY7.1 - Biblioteca


  9 / 1400 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-970038
Autor: Campos, Roberta de Freitas.
Título: A cooperação internacional para o fortalecimento do direito à saúde: as estratégias da União das Nações Sul-americanas (Unasus) / International cooperation for the strengthening of the right to health the strategies of the Union of South American Nations (Unasur).
Fonte: São Paulo; s.n; 2018. 240 p.
Idioma: es.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Nutrição para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A presente tese versa sobre a cooperação internacional em saúde como um mecanismo de fortalecimento do direito humano à saúde, de forma específica no bloco regional da União das Nações Sul-Americanas (Unasul). Desde 1945, quando a Organização das Nações Unidas (ONU) é criada, a cooperação internacional se fundamenta como propósito e postulado jurídico para o alcance dos direitos humanos. Ainda assim, à luz da Teoria das Relações Internacionais, os Estados podem se relacionar de maneira conflituosa ou de maneira cooperativa. As formas mais extremas dessas duas possibilidades são a guerra e a integração. Artigo 1º - Os propósitos das Nações Unidas são: (...)3. Conseguir uma cooperação internacional para resolver os problemas internacionais de caráter econômico, social, cultural ou humanitário, e para promover e estimular o respeito aos direitos humanos e as liberdades fundamentais para todos, sem distinção de raça, sexo, língua ou religião (...). No caso desta pesquisa, a hipótese aplica-se na assertiva de que a cooperação internacional em saúde entre os países membros da Unasul - bloco regional de integração política - contribui para o fortalecimento do direito à saúde. No contexto dessa tese, compreendemos que o fortalecimento se dá com a adoção de mecanismos e processos de garantia do direito à saúde, tais como a criação de órgãos e instituições especializados no tema, a adoção de resoluções, de recomendações e demais instrumentos jurídicos que reconheçam a saúde como um direito, e que orientem e apoiem os países na formulação de políticas públicas em saúde. O fortalecimento do direito à saúde via cooperação, no contexto do bloco regional, ocorrerá na medida em que (i) se desenvolvam as relações entre esses países através do intercâmbio de experiências e da propositura de metas e estratégias comuns para o enfrentamento de problemas de saúde; (ii) proporcione uma compreensão e reconhecimento conjunto quanto à saúde como direito humano; e (iii) se estabeleçam órgãos e instituições especializados no tema

This thesis deals with international health cooperation as a mechanism for strengthening the human right to health, specifically in the regional bloc of the Union of South American Nations (Unasur). Since 1945, when the United Nations (UN) was created, international cooperation is founded as purpose and legal postulate for the achievement of human rights 1. Still, in the light of International Relations Theory (DE LOMBAERDE; VAN LANGENHOVE, 2013), States may relate in a confrontational or cooperative way. The most extreme forms of these two possibilities are war and integration. Article 1 - The purpose of the United Nations are: (...) 3. To achieve international cooperation to solve international problems of economic, social, cultural or humanitarian law caracter, and to promote and encourage respect for human rights and fundamental freedoms for all, without distinction of race, sex, language or religion (...). In the case of this research, the hypothesis applies in the statement that international cooperation in health among the Member countries of Unasur - regional bloc of political integration - contributes to the strengthening of the right to health. In the context of this thesis, one understands that strengthening is with the adoption of mechanisms and processes to guarantee the right to health, such as the creation of specialized bodies and institutions on the subject, the adoption of resolutions, recommendations and other instruments recognize legal health as a right, and to guide and support the countries in the formulation of public health policies. The strengthening of the right to health via cooperation, in the context of the regional bloc, shall occur to the extent that (i) relations among these countries are developed through the exchange of experiences and the bringing of common goals and strategies for dealing with health problems; (ii) an understanding and recognition set as to health as a human right is provided; and (iii) specialized bodies and institutions on the subject are established
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; DR1433


  10 / 1400 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
Campos, Gastao Wagner de Sousa
Texto completo
Texto completo
Id: lil-787846
Autor: Rizzotto, Maria Lucia Frizon; Campos, Gastão Wagner de Sousa.
Título: O Banco Mundial e o Sistema Único de Saúde brasileiro no início do século XXI / The World Bank and the Brazilian National Health System in the beginning of the 21st century
Fonte: Saúde Soc;25(2):263-276tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este ensaio tem o objetivo de atualizar as discussões sobre a perspectiva política e o papel desempenhado pelo Banco Mundial na elaboração de políticas públicas de saúde no Brasil, procurando identificar continuidades e mudanças no modo de agir dessa instituição e sugerir hipóteses sobre as estratégias de ação neste início de século. Para isso, analisam-se dois documentos, um de 2007 e outro de 2013, publicados por essa instituição, e levantam-se dados sobre projetos financiados pelo Banco no período de 2000 a 2015 no Brasil, com destaque para o setor de saúde. Conclui-se que os mecanismos tradicionais de intervenção não se alteraram em relação aos utilizados nas décadas de 1980 e 1990, tampouco mudaram os princípios orientadores: o que se observa é um deslocamento das ações do Banco da esfera nacional para as esferas estadual e municipal. Aponta-se a necessidade de estudos específicos dos contratos firmados entre o Banco e os governos subnacionais, uma vez que o modelo federativo brasileiro e o próprio sistema nacional de saúde permitem implementar mecanismos de gestão descentralizados que podem alterar a configuração do Sistema Único de Saúde.

This essay has the aim of updating discussions on the political perspective and the role played by the World Bank in the development of public health policies in Brazil, seeking to identify continuities and changes in the way this institution acts and suggest hypotheses about action strategies in this new century. To do this, we analyzed a 2007 and a 2013 document published by that institution, and gather data on projects funded by the World Bank from 2000 to 2015 in Brazil, with emphasis on the healthcare industry. We concluded that the traditional mechanisms of action have not changed from those used in the 1980s and 1990s, as well as the guiding principles; what we observed is that the World Bank's actions have shifted from the national level to the state and municipal level. We indicate the need for specific studies of the agreements between the Bank and subnational governments, since the Brazilian federative model and the national health system itself allow implementing decentralized management mechanisms that can alter the setting of the Unified Health System.
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência



página 1 de 140 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde