Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP1.001.002 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1610 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Longo]

página 1 de 161 ir para página                         

  1 / 1610 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-983450
Autor: Pierre, Jon.
Título: Reafirmando a capacidade de governar: o papel esquecido da liderança / Reaffirming the ability to govern: the forgotten role of leadership
Fonte: In: Menicucci, Telma; Gontijo, José Geraldo Leandro. Gestão e políticas públicas no cenário contemporâneo: tendências nacionais e internacionais. Rio de Janeiro, Editora Fiocruz, 2016. p.39-50.
Idioma: pt.
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1, M545g; 320.60981


  2 / 1610 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-983444
Autor: Gerschman, Silvia; Castanheira, Débora.
Título: O poder legislativo na formulação da política de saúde / The legislature in the formulation of health policy
Fonte: In: Gerschman, Silvia; Santos, Angela Moulin S. Penalva. Saúde e políticas sociais no Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, Editora Fiocruz, 2016. p.99-135, tab.
Idioma: pt.
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1, G381s; 361.61098153


  3 / 1610 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-965944
Autor: Recalde, F.
Título: APORTES PARA UNA FILOSOFIA POLITICA DE LA SALUD EN EL PARAGUAY / CONTRIBUTIONS TO A POLITICAL PHILOSOPHY OF HEALTH IN PARAGUAY
Fonte: Rev. salud pública Parag;1(1):[P12-P42], Ene - Jun 2011.
Idioma: es.
Resumo: Este ensayo aborda el tema de la justicia social y su relación con la salud pública, desde los antecedentes generales sobre la justicia social en Paraguay en los inicios del Siglo XX, la débil práctica en los campos de la medicina social, el estado de bienestar y las recientes propuestas de política sanitaria del actual gobierno. El enfoque se centra en las teorías del bienestar basado en las necesidades y las capacidades en salud, se analizan las precondiciones para su aplicación y las críticas más recientes al enfoque predominantemente redistributivo de la justicia social. Se esquematizan las medidas de operacionalización para futuras investigaciones. Palabras clave: Justicia Social, Capacidades en Salud, Salud Pública

This paper addresses the issue of social justice and its relationship to public health from the general background on social justice in Paraguay, in the early twentieth century, the weak practice in the fields of social medicine, the welfare state and recent proposals by the current government health policy. The focus is on the theories of welfare based on the needs and capabilities in health, discusses the preconditions for its implementation and the latest critical to focus predominantly redistributive social justice. Measures are outlined for future research operationalization. Keywords: Social justice, health capabilities, public health
Responsável: PY19.1 - DICE - Departamento de Información y Comunicación Educativa


  4 / 1610 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-774602
Autor: Silva, Patrícia Ferrás Araújo da; Baptista, Tatiana Wargas de Faria.
Título: A Política Nacional de Promoção da Saúde: texto e contexto de uma política / A National Health Promotion Policy: text and context of a policy
Fonte: Saúde debate;39(spe):91-104, out.-dez. 2015. graf.
Idioma: pt.
Resumo: O artigo discute os argumentos presentes nos diferentes textos da Política Nacional de Promoção da Saúde no Brasil, analisando os documentos de 2002, 2006 e 2014 e reunindo elementos para compreender como a promoção da saúde ganhou institucionalidade e entrou na agenda governamental. Conclui-se que os três documentos da Política representam momentos distintos, revelando tensões em sua definição, o que pode tanto reforçar uma tendência prescritiva da saúde como produzir o debate acerca dos determinantes sociais em uma concepção ampliada de saúde. Politizar tal debate é o primeiro passo, para não se correr o risco de se afirmar uma política que, principalmente, culpabiliza e responsabiliza o indivíduo.

The article discusses the arguments present in the various texts concerning the National Policy of Health Promotion in Brazil and analyzes the documents released in the years 2002, 2006 and 2014, bringing together elements so to understand how health promotion achieved a legal knowledge, becoming part of the government agenda. It concluded that the three Policy' texts embodied distinct moments and revealed tensions in the Policy definition, which can either strengthen a prescriptive trend of health as produce the debate about social determinants in an expanded conception of health. Politicizing such debate is the first step, at the risk of stating a policy that, mainly, blames and responsible individual.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 1610 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-946374
Autor: Macedo, João Paulo; Dimenstein, Magda.
Título: A reforma psiquiátrica em contextos periféricos: o Piauí em análise / Psychiatric reform in peripheral contexts: Piauí in analysis
Fonte: Memorandum;22:138-164, abr. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Para contribuir com o debate sobre a reforma psiquiátrica em localidades periféricas, objetiva-se conhecer a realidade piauiense, evidenciando os principais desafios que constituíram seu processo reformista e particularidades perante a realidade nacional e regional. Trata-se de um estudo qualitativo com base no levantamento documental e pesquisa participante para acompanhar as movimentações sociopolíticas mais recentes do contexto investigado. Como resultado, identificou-se que o Piauí foi marcado por significativo atraso quanto à implantação da rede psicossocial. Porém, rapidamente, o Estado alcançou boa cobertura de serviços devido à participação do Ministério Público como principal ator do processo reformista local. Se antes, o desafio era reverter à rede manicomial de serviços para a psicossocial; hoje, mais do que nunca, é urgente fazê-la operar sob tal perspectiva para compor ações de continuidade do cuidado e afirmação da cidadania, especialmente em contextos periféricos ou "minúsculos", onde a cultura manicomial ainda se mantém forte ou absoluta.(AU)

To contribute with the debate about psychiatric reform in peripheral places, this work aims at knowing Piauí reality, highlighting the main challenges that built the reformist process and particularities before national and regional reality. It is a qualitative study based on documental research and oral memory (n=12), combined with participatory research to accompany the most recent sociopolitical movements in the investigated context. As a result, it was identified that Piauí was marked by significant delay on the implantation of the psychosocial net. Nevertheless, it rapidly reached good coverage due to participation of Public Ministration as main actor of local process. If before, the challenge was to reverse the asylum service net to the psychosocial; today, more than never, it is urgent to make it operate under this perspective to compose continuity actions on care and citizenship affirmation, especially in peripheral or "tiny"contexts, where asylum culture is still strong and absolute.(AU)
Responsável: BR654.1 - BIB - Biblioteca Universitária


  6 / 1610 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-941284
Autor: Werkema, Maria Cristina Catarino.
Título: As ferramentas da qualidade no gerenciamento de processos.
Fonte: Belo Horizonte; Editora DG; 1995. 128 p.
Idioma: pt.
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1. 012611, 6. ed. / 1995, W493f; 658.562


  7 / 1610 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-933946
Autor: Gomes, Fátima Meirelles Pereira.
Título: As interfaces entre a clínica, o complexo econômico-industrial da saúde e a organização dos serviços no âmbito do sistema único de saúde: o caso da fase pré-clinica do câncer do colo do útero.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2009. 174 p. map, tab, graf.
Idioma: pt; pt.
Tese: Apresentada a Fiocruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca para obtenção do grau de Mestre Modalidade Profissional em Saúde Pública.
Resumo: O presente estudo teve como objetivo contribuir na formulação da política de controle do câncer do colo do útero junto ao INCA no Brasil e teve como foco a análise das interfaces existentes entre a clínica, o complexo econômico-industrial da saúde (CEIS) e a organização dos serviços no SUS, utilizando como caso a fase pré-clínica do câncer do colo do útero, com ênfase ao tratamento e acompanhamento das lesões precursoras. As justificativas foram: a magnitude epidemiológica, econômica, social e política do câncer de colo do útero no Brasil; o papel estratégico do INCA na formulação da política nacional do câncer e a inserção das ações de controle do câncer do colo do útero no CEIS. O estudo consistiu em uma pesquisa exploratória de cunho descritivo, em que foram privilegiadas as técnicas de coleta e análise quantitativa de dados secundários. O material e método utilizados envolveram dados de sistemas de informações de domínio público divulgados na internet. Os resultados encontrados foram que os aspectos e recursos críticos envolvidos nessa fase pré-clínica estão relacionados às dificuLdades de acesso ao rastreamento. à fragmentação da atenção especializada de média complexidade interferindo sobre o ciclo de atendimento que envolve o tratamento e acompanhamento das lesões precursoras e, por fim. ao tipo de financiamento do SUS para a atenção especializada que não contempla um ciclo de atendimento. O número de municípios com registro de produção no SUS (colposcopia, biópsia do colo do útero CAF) mostrou uma evolução discreta entre os anos de 2000 e 2007, com predomínio do prestador público municipal em colposcopia e biópsia e uma migração para o prestador privado para CAF. Embora os procedimentos ocorram no mesmo município. isso não significa que eles ocorram na mesma unidade. Este fato gera uma fragmentação das ações relacionadas ao ciclo de atendimento. Através do mapeamento das indústrias, observou-se que grande parte delas é de origem brasileira e que seus equipamentos estão atrelados a um conjunto de acessórios para seu funcionamento. Isto caracteriza uma relação de interdependência setorial que traz péssimas conseqüências para o SUS. Por fim. no Brasil. o desenvolvimento tecnológico aplicado às indústrias da saúde tornou-se distante da prática clínica, apresentando um modelo baseado em serviços de acompanhamento à doença, em que se mobilizam recursos para tratar as suas conseqüências - o que muitas vezes não garante uma melhoria de saúde da população. Além do que, o tratamento e acompanhamento das lesões precursoras estão muito relacionados às dimensões que envolvem saúde e desenvolvimento

The present study aimed at the contribulion to lNCA on the formulation of the policy on control of uterine cervical neoplasms in Brazil. lt focused on the analysis of the existing interfaces among clinic, health industrial and economic complex (CEIS) and health services organization and administration at SUS by using the preclinical phase of uterine cervical neoplasms with emphasis on the treatment and precursor Iesions followup.The justifications were the epidemiological economical, social and polítical magnitude of uterine cervical neoplasms in Brazil; the strategic role of INCA in the formulation of cancer national policy and lhe insertion of control actions of uterine cervical neoplasms in CEIS. The study consisted of an exploratory research 'ith descriptive content which priviledged the collection techiniques and quantitative analysis of secondary data. The material and the method used in the research involved data of information systems of public dominion available on the internet. The results were that the aspects and critical resources involved in this preclinical phase are related to the access dificulty to tracking of the illness, to the fragmented specialized attention of medium complexity whih interfers on the care cycle that involves the treatment and precursor lesions follow-up and finally to the sort of SUS financial support to the specialized attention that does not embraces a care cycle. The number of municipalities with a production registration at SUS (coLposcopy, uterine cervical biopsy and CAF) showed a slight evolution between years 2000 and 2007 with predominance of municipal public supplier in colposcopy and biopsy. In relation to CAF lt was observed a migration to the private supplier. Although the procedures occur in tlhe same municipality it does not mean that they occur at the same unit. This fact causes a fragmentation of the actions related to the care cycle. By maping the industries, it was observed that their majority is Brazilian and the equipment they produce is conneeted to a group of accessores to allow their operation. ·111i5 characterizes an interdependent sectorial relation that brings terríble consequences for SUS. Finally, in Brazil, the Technological deveLopment appLied to health industries became distant of practical clinic, presenting a model based on the illness follow-up services in which resources are mobilized to trea its consequences this fact does not mean a better population health. Besides, the treatment and precursor lesions follow-up are deeply related to the dimensions involving health and development
Responsável: BR440.1 - Biblioteca Geraldo Matos de Sá . Hospital do Câncer I
BR440.1


  8 / 1610 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-933167
Autor: São Paulo(Estado). Secretaria da Saúde. Conselho Estadual de Saúde.
Título: 3ª Conferência Estadual de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Estado de São Paulo: relatório estadual.
Fonte: São Paulo; s.n; fev. 2006. 51 p.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Conferência Estadual de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Estado de São Paulo, 3, São Paulo, 3-5 fev. 2006.
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2, 2006, S239g; W3


  9 / 1610 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-933102
Autor: Dau, Denise Motta.
Título: O desafio do diálogo: SUS e relações de trabalho no serviço público - avanços e limites da Mesa Nacional de Negociação Permanente do Sistema Único de Saúde.
Fonte: São Paulo; s.n; 2005. 99 p. tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo (Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O principal objetivo deste trabalho é aprofundar o conhecimento da Mesa Nacional de Negociação Permanente do Sistema Único de Saúde (MNNP/SUS), como instância de negociação entre gestores e representações sindicais sobre as questões relacionadas aos recursos humanos. A Mesa, instalada em 1993, é resultado da mobilização dos atores sociais na construção do SUS nas décadas de 80 e 90. A Mesa apresentou descontinuidade no seu funcionamento até 2002, sendo então retomada pelo novo Governo Federal, a partir de 2003, como elemento estratégico de um Sistema Nacional de Negociação Permanente no âmbito do SUS. A pesquisa buscou identificar os avanços e limites da MNNP-SUS no período entre 1993 e 2004. A metodologia aplicada fez uso de duas técnicas de coleta de dados. A primeira, a análise das atas de dois fóruns de negociação e discussão das políticas de recursos humanos na área de saúde: a MNNP-SUS e o Conselho Nacional de Saúde. A segunda, a aplicação de entrevistas com pessoas que direta e indiretamente estiveram envolvidas com o processo de negociação na MNNP-SUS. A partir da leitura das atas e entrevistas, concluiu-se que a MNNP-SUS é um avanço porque permite que as partes explicitem democraticamente sua pauta de interesses; pratiquem, por meio do diálogo e da negociação, a busca de consensos entre diversos dissensos existentes; sistematizem e troquem informações. Ela possibilita também a institucionalização da participação e negociação como práxis da gestão do Estado; e aponta elementos para a integração dos interesses corporativos com as preocupações e objetivos mais universais das políticas públicas. No entanto, é um avanço ainda limitado, devido ao próprio histórico e cultura da administração pública, e devido à multiplicidade e sobreposição das instâncias de controle social e gestão do SUS. Isto acaba por traduzir-se em aspectos negativos como a morosidade e falta de autonomia de decisão da Mesa. Entre as recomendações...
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2, 2005, D235d; W4


  10 / 1610 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-925095 LILACS-Express
Autor: Brasil. Conselho Nacional de Secretários de Saúde.
Título: Para entender a gestão do SUS.
Fonte: Brasília; CONASS; 2003. 247 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Responsável: BR599.1 - Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI)
BR276.2, e.4, C755p; 614



página 1 de 161 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde