Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP1.001.007.023.010 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1401 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Longo]

página 1 de 141 ir para página                         

  1 / 1401 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-853707
Autor: Campos, Maria Inês da Cruz Campos; Henriques, Karen Ayupe Mota; Campos, Celso Neiva.
Título: Nível de informação sobre a conduta de urgência frente ao traumatismo / Level of information about the urgent procedurs in dental traumatism with avulsion
Fonte: Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr;6(2):155-159, Mai.-Ago.2006. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Avaliar o nível de informação de estudantes, comidade média de 12 anos, seus pais e professores, de escolas públicas e particulares, quanto à conduta de urgência frente ao traumatismo dental com avulsão. Método: A amostra foi constituída de 990 indivíduos, aos quais foi aplicado um questionário fechado, devidamente orientado, que, após análise e avaliação por dois endodontistas e uma patologista bucal, foram classificados em quatro níveis alto, razoável,baixo e muito baixo. Resultados: Do total de entrevistados,apenas 6,77 por cento apresentaram um alto nível de conhecimento;16,26 por cento apresentaram um nível razoável; 51,13 por cento um nível baixo, enquanto 23,84 por cento apresentaram um nível deconhecimento muito baixo. Não foi estabelecida uma correlação significativa entre escolas públicas e particulares.Conclusão: É baixo o nível de conhecimento sobre a condutade urgência frente ao traumatismo dental, tornando necessária a inclusão do tema nos programas de prevenção à saúde bucal.
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  2 / 1401 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-853673
Autor: Ayach, Carlos; São Paulo; São Paulo.
Título: Evaluation of the Degree of Satisfaction of Dental Service Users of Family Health Units
Fonte: Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr;14(4):313-324, out. 2014. tab.
Idioma: en.
Resumo: Objective:To assess the degree of user satisfaction with oral health services in the National Health System. Material and Methods:This is a descriptive cross-sectional study with a quantitative approach. Overall, 325 users were interviewed in dental service units of the family health strategy in the Municipality of Aquidauana, MS, using exclusion criterion patient under the age of 15 years and any inability to answer the instrument used. The results were processed using the Epi Info statistical software using data frequency analysis. Results:Users reported treatment as the main reason for seeking dental services (39.4%), followed by pain (28.3%) and review and prevention (26.8%). It was observed that 49.2% of patients seek the service on their own (25.2%) were referred by Community Health Agent; (19.1%) by a family member or friend and (3.7%) by the dentist. Respondents showed greater satisfaction with the location of Units; with the way they were received at the Unit; with the time of service and the scheduling of consultations in primary care. In relation to self-assessment on the oral health status, 40% of users considered good and 39.4% as regular.Conclusion:The satisfaction rates with oral health services offered in the National Health System were high, and most users who were in treatment, sought the service on their own and in need for treatment
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  3 / 1401 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-853664
Autor: Ramos, Germana Martins Sá; Castro, Leandro Bonfim de; Sobral; Sobral.
Título: Pregnant Women's Knowledge of Baby's Oral Health in aBasic Health Unit, Fortaleza, Brazil
Fonte: Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr;14(3):239-248, jul. 2014. tab.
Idioma: en.
Resumo: Objective:To assess the knowledge of pregnant women on the oral health of the baby. Material and Methods:The study sample consisted of pregnant women who took prenatal exams in the period of data collection (n=125), randomly selected while using the service at the health unit. Data were collected using a form with open-and closed-ended question about pregnant women's identification, socioeconomic characteristics and knowledge of oral health of the baby.All information collected was processed in Epi-Info version 3.5.1 TM, for Windows, and were presented with absolute and relative frequency.Results:Data analyses showed that the surveyed women were aware of the importance of breastfeeding and the need for early implementation of hygienic measures. However, they were unaware of some fundamental concepts for effective promotion of oral health of the baby, such as caries transmissibility, the optimal timing for the first dental visit, use of bottle and etiological factors of dental caries. Furthermore, 81.6% of the women were notinstructed on oral health during prenatal care. Conclusion:It is necessary to implement a strategy focused on oral health care for pregnant women, because during pregnancy the woman is more receptive to new information and changes habits that,in turn, will reflect in the promotion of their children's oral health
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  4 / 1401 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Costa, Iris do Céu Clara
Texto completo
Id: biblio-850623
Autor: Barbosa, Aldenísia Alves Albuquerque; Brito, Ewerton William Gomes; Costa, Iris do Céu Clara.
Título: Saúde bucal no PSF, da inclusão ao momento atual: percepções de cirurgiões-dentistas e auxiliares no contexto de um município / Oral health care in the family health program, from its implementation to today's moment: Perceptions of dentists and assistants in municipality context
Fonte: Ciênc. odontol. bras;10(03):53-60, jul./set.2007. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: O presente trabalho caracteriza-se como uma pesquisa-ação, com enfoque qualitativo. Refere-se especificamente àsEquipes de Saúde Bucal (ESB) que foram inseridas no Programa Saúde da Família (PSF) implantadas no ano de 2001no município de São Gonçalo do Amarante – RN. Tem como objetivo descrever este processo de implantação, identificandoa percepção dos profissionais de saúde bucal com relação às atividades desenvolvidas, ao processo de trabalhoe à expectativa de melhoria das condições de saúde bucal das famílias adscritas. A coleta de dados foi realizada atravésde uma entrevista semi-estruturada onde os sujeitos de pesquisa eram os cirurgiões-dentistas e auxiliares de consultóriosdentários das sete ESB, sendo entrevistados 92,85% do total destes profissionais. Os principais resultados encontradosforam os anseios de mudanças das práticas realizadas no modelo tradicional, bem como, a interação dos profissionaisque compõem as ESB, na perspectiva de propiciar aos usuários do serviço uma assistência integral e resolutiva. Destacasetambém a necessidade da valorização dos profissionais como parte integrante das Equipes de Saúde da Família.Conclui-se que a mudança do quadro epidemiológico em saúde bucal a partir da inclusão das ESB no PSF é uma dasmetas a ser alcançada, bem como a melhoria do acesso dos usuários, à medida que esta estratégia possibilitará ofereceruma assistência à saúde universal e igualitária.
Responsável: BR243.1 - Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação


  5 / 1401 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-850522
Autor: Tonello, Aline Sampieri; Zuchieri, Maria Angélica Botega Ortuzal; Pardi, Vanessa.
Título: Assessment of oral health status of pregnant women participating in a family health program in the city of Lucas do Rio Verde û MT û Brazil
Fonte: Braz. j. oral sci;6(20):1265-1268, Jan-Mar. 2007. tab.
Idioma: en.
Resumo: The aim of this study was to assess the oral health status of pregnant women. Eighty-eight (88) women who frequented the Pre-Natal program of the six Family Health Programs in the municipality of Lucas do Rio Verde-MT, Brazil, were assessed by clinical exam using the DMFT and CPI indexes. A DMFT index of 11.08 was found, and with regard to CPI, 40% of the pregnant women presented a sextant with bleeding. It was concluded that it is necessary to reinforce knowledge about oral health of the pregnant women examined, by means of preventive/educational programs with the purpose of improving the DMFT and CPI indexes.
Responsável: BR28.1 - Serviço de Biblioteca e Documentação Professor Doutor Antônio Gabriel Atta


  6 / 1401 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-850207
Autor: Coelho, Júlia Marques; Frauches, Marileny Boechat; Rodrigues, Suely Maria; Almeida, Thays Silva de; Fernandes, Elaine Toledo Pitanga.
Título: Direitos relativos ao atendimento odontológico: a visão dos usuários da estratégia de saúde da família / Rights regarding dental care: the view of family health strategy users
Fonte: Arq. odontol;51(04):186-193, 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: O presente estudo teve como objetivo identificar o conhecimento dos usuários da Estratégia de Saúde da Família (ESF) de um município de médio porte do estado de Minas Gerais, a respeito de seus direitos básicos relacionados ao atendimento odontológico. Material e Métodos: O universo foi constituído por 64.224 indivíduos com 18 a 59 anos, cadastrados nas30 unidades de ESF, do município estudado, contempladas com Equipe de Saúde Bucal (ESB). O tamanho da amostra foi calculado baseado no método de estimativa para proporção, totalizando 384 usuários. A coleta dos dados foi realizada por meio de um questionário aplicado na forma de entrevista. Resultados: Os resultados demonstraram que 86,4% dos entrevistados não participavam de nenhuma organização social em seu bairro e apenas 11,5% dos usuários conheciam o Conselho Municipal de Saúde. A quase totalidade dos usuários (90,6%) afirmou conhecer o direito à saúde garantido pela Constituição Federal Brasileira. Quanto ao acesso ao tratamento odontológico 86,7% dos usuários declararam conhecer o processo para se conseguir uma vaga. Observou-se que 72,1% dos entrevistados argumentaram que fariam uma reclamação diante de uma insatisfação, mas 38,8% destes declararam desconhecer o local onde reclamar. Conclusão: Diante dos resultados pode-se concluir que a comunidade entrevistada apresenta características de grupo consciente dos direitos relativos ao atendimento odontológico. No entanto, identificou-se uma postura contraditória dos entrevistados em relação ao exercício pleno desses direitos. Descritores: Direito à saúde. Poder (Psicologia). Participação comunitária.
Responsável: BR365.1 - BIB - Biblioteca


  7 / 1401 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-850177
Autor: Junqueira, Simone Rennó; Araújo, Maria Ercília; Fonsêca, Graciela Soares; Zilbovícius, Celso.
Título: A realidade como instrumento pedagógico: problemas bucais e uso de serviços odontológicos / Reality as pedagogical skill: oral health problems and use of oral health services
Fonte: Arq. odontol;50(03):121-130, 2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Para contribuir com a discussão sobre a percepção dos problemas odontológicos e uso dosserviços específicos e, simultaneamente, favorecer a reflexão relacionada às mudanças na formação em saúde bucal, o trabalho buscou revelar e analisar os problemas de saúde bucal e uso dos serviços odontológicos a partir do formulário sobre morbidade de saúde referida, aplicado junto aos moradores do entorno de duas Unidades de Saúde (US), desenvolvido pelos grupos de Educação Tutorial do Programa de Educação pelo Trabalho para aSaúde (PET-Saúde). Materiais e Métodos: Trata-se de estudo quantitativo, transversal, realizado como estratégia pedagógica para estudantes de cursos da área da saúde participantes do PET-Saúde da Universidade de São Paulo.A amostra foi composta por 1.318 indivíduos residentes nos domicílios de áreas mais vulneráveis ou novasáreas cadastradas pelas US. A análise foi realizada com base na estatística descritiva e analítica, pelo programaEpiInfo versão 6.0. Fatores relacionados ao acesso ao cirurgião-dentista (CD) foram verificados pelo teste Quiquadrado, com resultados expressos como razão de prevalência (nível de significância de 5%). Resultados: Os problemas mais referidos foram: cárie (17,2%), ausência de dentes (8,6%). Embora 81,3% da população relatouter procurado serviços odontológicos, apenas 8% acessou os serviços públicos para a resolução dos problemasreferidos, recorrendo ao serviço privado (16,3%). O acesso ao CD esteve significativamente associado ao gênerofeminino (p = 0,0315) e posse de automóvel (p = 0,0001). Conclusão: Dentre os problemas de saúde bucalidentificados pelos moradores das áreas de abrangência específicas desse estudo, os mais citados foram a cárie ea ausência de elementos dentários. Foi evidenciado ainda o pouco uso dos serviços públicos odontológicos pelapopulação do entorno das US...
Responsável: BR365.1 - BIB - Biblioteca


  8 / 1401 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-850035
Autor: Santiago, Warner Kwasnicka; Weneck, Marcos Azevedo Furquim; Ferreira, Efigênia Ferreira e.
Título: O processo de inserção da Odontologia no PSF de Belo Horizonte/MG: um estudo qualitativo com base na visão da equipe de Coordenação de Saúde Bucal e cirurgiões dentistas do Programa Saúde da Família / The process of implementing dental care within the Family Health Care Program in Belo Horizonte/MG: a qualitative study based on the perception of the Oral Health care Coordination Team and Dental Surgeons from the Family Health Care Program
Fonte: Arq. odontol;45(04):211-219, 2009.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo investigou o processo de implantação das ações de saúde bucal no Programa BH Vida, em 2003, sob o ponto de vista de um grupo de profissionais da Equipe de Coordenação de Saúde Bucal e dos Cirurgiões-dentistas das Equipes de Saúde da Família de Belo Horizonte/MG. Utilizou-se a Metodologia de Pesquisa Qualitativa, por ser mais apropriada para as abordagens em que se procuram estudar conceitos eatitudes das pessoas. O trabalho desenvolveu-se por meio de entrevistas com oito Cirurgiões-dentistas e oito membros da Coordenação de Saúde bucal. Observou-se que não houve um amplo debate da proposta de implantação do Programa BH Vida, principalmente em relação aos Cirurgiões-dentistas que atuam na “ponta do serviço”, revelando uma contradição entre o que foi proposto e o que, de fato, ocorreu na prática. A equipe de Saúde Bucal ainda não conseguiu se integrar efetivamente à Equipe de Saúde da Família, de forma a possibilitar o desenvolvimento de ações interdisciplinares na produção do cuidado em saúde, afetando o potencial do BH Vida em produzir mudanças no modelo assistencial. O processo de trabalho da Equipe de Saúde Bucal não apresentou alterações impactantes, pois ainda se encontra baseado na geração de procedimentos curativos, reproduzindo o modelo curativista. Permanece a dificuldade de acesso ao atendimento odontológico devido à demanda reprimida e, principalmente, à pequena alteração no processo de trabalho das equipes. Conclui-se ser necessária uma revisão da implantação do BH Vida, a fim de se corrigirem os problemas apontados e, com isso, garantir a efetividade do Programa.
Responsável: BR365.1 - BIB - Biblioteca


  9 / 1401 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-850033
Autor: Paula, Adrianne Calixto Freire de; Ferreira, Raquel Conceição; Rodrigues Neto, João Felício; Paula, Alfredo Maurício Batista de.
Título: Percepção dos usuários do Sistema Único de Saúde de Montes Claros/MG quanto à saúde bucal e ao serviço público odontológico / Patient perception of the Brazilian Public Health Care System in the town of Montes Claros / MG, concerning oral health and public oral healthcare
Fonte: Arq. odontol;45(04):199-205, 2009.
Idioma: pt.
Resumo: Esse estudo avaliou a percepção dos usuários quanto à saúde bucal e ao serviço público odontológico no município de Montes Claros/MG. Os participantes foram selecionados de uma lista dos usuários adultos agendados para tratamento odontológico no Programa de Saúde da Família (PSF). Após assinatura do termo de consentimento, os usuários foram entrevistados, sendo suas falas gravadas, transcritas e submetidas à análise de conteúdo. Os usuários relacionaram saúde bucal com saúde sistêmica, cuidados com a boca e aparência. Muitos desconheceram o significado de PSF, bem como sua lógica de funcionamento. Para os usuários, o PSF favoreceu a proximidade com o profissional de saúde, contribuindo para o acolhimento satisfatório. Houve reflexões sobre universalidade. Os agentes comunitários e as reuniões coletivas foram considerados facilitadores do acesso ao serviço odontológico. No discurso sobre os fatores limitantes do acesso houve referência do grande número de usuários e do tempo de espera para atendimento odontológico.
Responsável: BR365.1 - BIB - Biblioteca


  10 / 1401 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-849034
Autor: Oliveira, Rinaldo Eduardo Machado de; Baldoni, Nayara Ragi; Ueta, Julieta; Franco, Laercio Joel.
Título: Diferenças de gênero na utilização dos serviços de saúde por indivíduos com diabetes mellitus tipo 2 / Gender differences in the use of health services by type 2 diabetes mellitus individuals
Fonte: Espaç. saúde (Online);18(1):107-107, jul. 2017. Tabelas.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Analisar as diferenças de gênero na utilização dos serviços de saúde dos indivíduos com diabetes tipo 2. Métodos: Trata-se de um estudo transversal realizado com 100 mulheres e 100 homens em Unidades de Saúde da Família de Ribeirão Preto, São Paulo. As variáveis de interesse foram sociodemográficas, estilo de vida e clínicas. Resultados: Predominou-se a autopercepção da saúde como muito boa/boa nos homens (61%) e mulheres (51%). O consumo do álcool foi maior nos homens (28%) que nas mulheres (4%). O tabagismo foi três vezes mais frequente entre os homens (18%). A maioria dos homens (73%) e mulheres (67%) utilizavam as Unidades de Saúde da Família para o tratamento do diabetes. A média de doenças autorreferidas associadas ao diabetes foi de 2,5 nas mulheres e 1,6 nos homens. Conclusões: Verificaram-se diferenças na relação entre gênero e cuidados em diabetes (AU).

OBJECTIVE: To analyze the gender differences in the use of health services by type 2 diabetes individuals. METHODS: This is a cross-sectional study with 100 women and 100 men in Family Health Units of the city of Ribeirão Preto, state of São Paulo. The variables of interest were the sociodemographic, lifestyle and clinical ones. RESULTS: Health self-perception as very good/good predominated in men (61%) and women (51%). Alcohol consumption was higher in men (28%) than in women (4%). Smoking was three times more frequent among men (18%). Most men (73%) and women (67%) went to the Family Health Units to treat diabetes. The mean number of self-reported diabetesassociated diseases was 2.5 in women and 1.6 in men. CONCLUSIONS: There were differences in genderdiabetes care relationship (AU).
Responsável: BR512.1 - Biblioteca Setorial do Centro de Ciências da Saúde



página 1 de 141 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde