Base de dados : LILACS
Pesquisa : SP1.001.007.023.010 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1337 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Longo]

página 1 de 134 ir para página                         

  1 / 1337 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-833428
Autor: Stein, Airton Tetelbom; Ferri, Cleusa Pinheiro.
Título: Innovation and achievement for primary care in Brazil: new challenges
Fonte: Br J Gen Pract Open(4), Apr. 18, 2017.
Idioma: en.
Resumo: Brazil occupies half of the South American landmass, and is the fifth largest country in the world. The current population estimate is 207 million. Demographic and epidemiological changes, as well as nutritional transition, have affected mortality and morbidity in the country. The leading causes of disability-adjusted life years (DALYs) in 2010 were ischaemic heart disease, interpersonal violence, lower back pain, stroke, and road injury.(AU)
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 1337 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-833034
Autor: Melo, Jonathas Dias; Trevisol, Daisson José; Fernandes, Níkolas Brasiliense; Pereira, Márcia Regina.
Título: Hipertensão arterial sistêmica e fatores associados na Estratégia Saúde da Família em Imbituba/SC / Systemic arterial hypertension and associated factors in the family health strategy in Imbituba/SC
Fonte: Rev. AMRIGS;60(2):114-114, abr.-jun. 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A hipertensão arterial sistêmica (HAS) é um importante fator de risco para doenças cardiovasculares. Leva à redução da expectativa de vida e possui elevada prevalência, caracterizando um problema de saúde pública, pois é a condição mais comum na atenção básica. Métodos: Foi realizado um estudo transversal, no período compreendido entre dezembro de 2013 e fevereiro de 2014, em 423 indivíduos ≥ 18 anos. Para isso, aplicou-se questionário nas dependências dos postos de saúde, sendo aferidas pressão arterial e medidas antropométricas. Foi definida hipertensão arterial sistêmica (HAS) à média das duas medidas ≥ 140 x 90 mmHg ou o uso de medicação anti-hipertensiva. Resultados: A média de idade foi de 50 anos (± 16,5). A prevalência de HAS foi de 37,6% (IC 95% 32,9-42,3). Quanto aos fatores associados à HAS, as variáveis que permaneceram com significância estatística após análise multivariada foram: idade (p < 0,001), tabagismo (p = 0,016), circunferência abdominal alterada (p = 0,014) e diabetes (p < 0,001). Apenas 59,9% dos hipertensos obtiveram um controle apropriado da doença. O medicamento mais utilizado para tratamento da HAS foi losartana (33,33%). Conclusão: Observou-se que mais de um terço da população estudada é hipertensa e possui um controle insatisfatório da doença. Verificou-se a necessidade de programas preventivos voltados à população masculina, a fumantes, a diabéticos, àqueles com obesidade central e a mulheres menopausadas(AU)

Introduction: Systemic arterial hypertension (SAH) is an important risk factor for cardiovascular disease. It leads to reduced life expectancy and has a high prevalence, featuring a public health problem, as it is the most common condition in primary care. Methods: A cross-sectional study was conducted from Dec 2013 to Feb 2014 of 423 individuals ≥ 18 years of age. For this, a questionnaire was administered to the participants on the premises of health centers, where blood pressure and anthropometric measurements were carried out. Systemic arterial hypertension (SAH) was defined as the average of the two measures ≥ 140 x 90 mm Hg or use of antihypertensive medication. Results: The mean age was 50 years (± 16.5). The prevalence of hypertension was 37.6% (95% CI 32.9-42.3). As for the factors associated with hypertension, the variables that remained statistically significant after multivariate analysis were age (p<0.001) smoking (p = 0.016), increased waist circumference (p = 0.014) and diabetes (p<0.001) . Only 59,9% of the hypertensives had an appropriate control of the disease. The most widely used drug for treatment of hypertension was losartan (33.33%). Conclusion: It was observed that more than a third of the studied population is hypertensive and has a unsatisfactory control of the disease. It was found a poor control of the disease and the need for preventive programs aimed at the male population, smokers, diabetics, those with central obesity, and menopausal women(AU)
Responsável: BR18.1 - Biblioteca FAMED/HCPA


  3 / 1337 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-832510
Autor: Kemper, Elisandréa Sguario.
Título: Programa mais médicos: contribuições para o fortalecimento da atenção primária à saúde / More medical program: contributions to strengthening primary health care.
Fonte: Brasília; s.n; 2016. tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de Brasília. Faculdade de Ciências da Saúde para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: RESUMO Apesar dos avanços conquistados pela Atenção Primária e a Estratégia Saúde da Família no Sistema Único de Saúde no Brasil, ainda persistem desafios com relação a universalização do acesso e a qualidade dos serviços, tendo como um dos fatores a carência de médicos com perfil para trabalhar na Atenção primária e a distribuição desigual. Como proposta de enfrentamento desses problemas, o Governo brasileiro propôs o Programa Mais Médicos, considerado como um conjunto de medidas para avançar no provimento, fixação e formação de médicos e o investimento em infraestrura das Unidades Básica de Saúde. O objetivo do Programa é fortalecer a Atenção Primária à Saúde e avançar na universalização do acesso as ações e serviços de saúde, com base no direito à saúde. Os sistemas de saúde estão produzindo mudanças no bojo do movimento de renovação da Atenção Primária, visando superar a visão de atenção seletiva e focalizada, para a atenção primária integral prevista na Declaração de Alma-Ata em 1978 e ordenadora da rede de serviços. Da mesma forma para os sistemas de saúde, a nova geração de reformas vem impulsionada pela Cobertura Universal em Saúde, como a mais recente meta para que os países possam alcançar saúde para todos. Nesse contexto se insere este estudo, visando refletir sobre a efetividade do Programa Mais Médicos no fortalecimento Atenção Primária e em que medida o Programa pode contribuir para o Sistema Único de Saúde avançar no alcance da Cobertura Universal. Em que pese as limitações, pelo recente período de implantação, foi possível avaliar como bom desempenho dos serviços de saúde com médicos cubanos do Programa Mais Médicos, apresentando alto grau de orientação à Atenção Primária. A Atenção Primária à Saúde deve ser mantida no centro de debate sobre acesso e Cobertura Universal, por ser a peça fundamental para a estruturação dos sistemas de saúde e o Programa Mais Médicos pode ser um potencializador da Atenção Primária no contexto da Cobertura Universal. (AU)

Despite the advances made by Primary Care and the Family Health Strategy in the Brazilian Unified Health System, there are still challenges related to the universalization of access and quality of services, one of the factors being the lack of physicians with a profile to work in Primary Care and unequal distribution. As a proposal to address these problems, the Brazilian Government proposed the Mais Médicos Program, considered as a set of measures to advance in the provision, fixation and training of physicians and the investment in infrastructure of the Basic Health Units. Strengthen Primary Health Care and advance the universalization of access to health services and actions, based on the right to health. Health systems are producing changes within the Primary Care renewal movement aiming at overcoming the vision of selective and focused attention for the integral Primary Care provided in Alma Ata and the organization of integrated healthcare delivery. Similarly for health systems, the new generation of reforms is driven by Universal Health Coverage as the latest goal for countries to achieve health for all. In this context, this study is inserted in order to reflect on the effectiveness of the Mais Médicos Program in strengthening Primary Care and to what extent the Program can contribute to the SUS to advance in the reach of Universal Coverage. Despite the limitations, it was possible to evaluate how well the health services performed with Cuban physicians of the Mais Médicos Program, with a high degree of orientation towards Primary Care. Primary Health Care should be kept at the center of debate about access and Universal Coverage, as it is the fundamental piece for the structuring of health systems and the Program Mais Médicos can be a pivotal of Primary Care in the context of Universal Coverage. (AU)
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 1337 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Lima, Rita de Cássia Duarte
Texto completo
Id: BIBLIO-831967
Autor: Galavote, Heletícia Scabelo; Franco, Túlio Batista; Freitas, Paula de Souza Silva; Lima, Eliane de Fátima Almeida; Garcia, Ana Cláudia Pinheiro; Andrade, Maria Angélica Carvalho; Lima, Rita de Cássia Duarte.
Título: A gestão do trabalho na estratégia saúde da família: (des)potencialidades no cotidiano do trabalho em saúde / Labour management in the family health strategy: (non-)potentialities in the everyday work of healthcare
Fonte: Saúde Soc;25(4), out.-dez. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo discute os limites e as potencialidades da gestão do trabalho na Estratégia Saúde da Família, a partir do discurso dos gestores formais, ocupantes de cargos de autodireção na gestão municipal da saúde. Trata-se de um estudo do tipo descritivo, exploratório, com abordagem qualitativa. Foram entrevistados 72 gestores, por meio de entrevista semiestruturada com base em um roteiro guia, em 36 municípios. A análise dos dados foi fundamentada no método de análise do discurso. Os resultados apontam limites à constituição da gestão do trabalho nos municípios, com destaque para a interferência política, baixa provisão de profissionais médicos, inoperância das redes de atenção à saúde e o controle financeiro e orçamentário no bojo da macropolítica. Dentre as potencialidades, são citados o vínculo trabalhador-usuário, a gestão compartilhada, o controle de metas e resultados e o Programa Mais Médicos. Nesse sentido, o maior desafio na ativação da potência para a ação do trabalhador consiste na inovação por meio de novos modos de produzir a gestão do trabalho, com base na cogestão com espaços dialógicos de tomada de decisão que tenham a potência de disparar novas formas de vida no gestor e no trabalhador, através da democratização da tomada de decisão.(AU)

This article discusses the limits and potentialities in the management of labor in the Family Healthcare Strategy, starting on the discourse for the formal managers, officers in self-direction positions at the Municipal Healthcare Management. This is a descriptive, exploratory study with a qualitative approach. Seventy two managers, in 36 Municipalities, were interviewed using a semi-structured survey based on a guiding script. The data analysis was founded on the Discourse Analysis Method. The results pointed to the limits of the constitution of labor management in the municipalities, highlighting political interference, low provision of medical professionals, healthcare attention grids that are inoperative, and the financial and budgetary control in the center of macropolitics. Out of the potentialities mentioned, the bond between worker and client, the shared-management, the control of goals and results, and the More Physicians (Mais Médicos) Program were cited. In this sense, the greatest challenge in the activation of power to the worker's action is innovation through new ways of producing the management of the work, based on co-management with dialogical spaces of decision-making that have the power to trigger new forms of life in the manager and the employee, through the democratization of decision-making.(AU)
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 1337 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Mendes, Antônio da Cruz Gouveia
Texto completo
Id: BIBLIO-831805
Autor: Miranda, abriella Morais Duarte; Mendes, Antonio da Cruz Gouveia; Silva, Ana Lúcia Andrade da; Santos Neto, Pedro Miguel dos.
Título: A ampliação das equipes de saúde da família e o programa mais médicos nos municípios brasileiros / Family health team expansion and the more doctors program in brazilian municipalities / La ampliación de los equipos de salud de la familia y lo programa más médicos en los municipios brasileños
Fonte: Trab. educ. saúde;15(1), Jan.-Apr. 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo analisou a evolução das equipes de saúde da família no Brasil, com base em dados secundários do Ministério da Saúde sobre as equipes de saúde da família implantadas em dezembro de 2012 e 2015 no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde, segundo macrorregiões e portes populacionais dos municípios. Também foram analisadas internações por causas sensíveis à atenção primária, com base no Sistema de Informações Hospitalares, tendo como referência o ano de ocorrência da internação. Em 2015, mais de 70% dos municípios tinham aderido ao Programa Mais Médicos (quase 40% das equipes de saúde da família), assegurando a universalização em quase 100% dos municípios de menor porte populacional. Além da expansão, que incluiu mais de vinte milhões de habitantes, observou-se a substituição de equipes antes implantadas, sugerindo redução da rotatividade e fixação dos profissionais, o que pode ter sido estimulado pelo financiamento do Ministério da Saúde, desonerando os municípios. Internações por causas sensíveis à atenção primária reduziram-se ainda mais após a implantação do programa, sugerindo sua contribuição na melhoria do acesso e desempenho da atenção primária. Ainda há importantes desafios, e o programa representa um esforço para se alcançar a universalidade no sistema.(AU)

The study analyzed the development of family health teams in Brazil, based on secondary data from the Ministry of Health on family health teams deployed in December 2012 and 2015 in the National Register of Health Establishments, according to the municipalities' macro regions and population size. Also analyzed were hospitalizations for causes sensitive to primary care, based on the Hospital Information System, with reference to the year hospitalization took place. In 2015, more than 70% of the municipalities had joined the More Doctors Program (almost 40% of the family health teams), ensuring universalization in nearly 100% of the municipalities with smaller populations. In addition to the expansion, which included more than twenty million people, also analyzed was the replacement of the teams that had been deployed before, suggesting less turnover and fixation of the professionals, which may have been encouraged by funding from the Ministry of Health that reduced the municipalities' costs. Hospitalizations for causes sensitive to primary care further reduced after program implementation, suggesting its contribution to improving access to and the performance of primary care. There are still important challenges ahead, and the program is an effort to achieve system universality.(AU)

El estudio que dio origen a este artículo analizó la evolución de los equipos de salud de la familia en Brasil, en base a datos secundarios del Ministerio de Salud, sobre los equipos de salud de la familia constituidos en diciembre de 2012 y 2015 en el Registro Nacional de Establecimiento de Salud, según macrorregiones y volumen de población de los municipios. También se analizaron internaciones por causas sensibles a la atención primaria, en base al Sistema de Información Hospitalaria, tomando como referencia el año de la internación. En 2015, más del 70% de los municipios habían adherido al Programa Más Médicos (casi el 40% de los equipos de salud de la familia), asegurando la universalización en casi el 100% de los municipios de menor volumen de población. Además de la expansión, que incluyó más de veinte millones de habitantes, se observó la sustitución de equipos antes implantados, lo que sugiere una reducción de la rotatividad y fijación de los profesionales, hecho que puede haber sido estimulado por la financiación del Ministerio de la Salud, desgravando los municipios. Las internaciones por causas sensibles a la atención primaria se redujeron aún más tras la implantación del programa, sugiriendo su contribución a la mejora del acceso y desempeño de la atención primaria. Todavía hay importantes desafíos, y el programa representa un esfuerzo para alcanzar la universalidad del sistema.(AU)
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 1337 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-831714
Autor: Andrade, Suzete Socorro Silva.
Título: Estratégia Saúde da Família e sua relação com as internações por condições sensíveis à Atenção Primária em Pernambuco, no período de 2000-2014 / Family Health Strategy and its relationship with th e Hospitalization for Sensitive Conditions to Primary Healthcare in the State of Pernambuco, in the 2000-2014 period.
Fonte: Recife; s.n; 2016. 93 p. Grafico, Tabela.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães para obtenção do grau de Master.
Resumo: O presente estudo teve por objetivo analisar a relação entre a cobertura da ESF e as internações por condições sensíveis em Pernambuco. Estudo descritivo e analítico, quantitativo, com dados dos municípios de Pernambuco, de 2000-2014, agregados segundo porte populacional e região de saúde, além de abordagens considerando sexo, faixa etária e causa de internação. A análise dos dados ocorreu pela construção de séries históricas dos indicadores, análise de tendência e análise de correlação. Percebeu-se redução das taxas de internações sensíveis maior que nas não sensíveis, bem como maior amplitude das variações no período de 2000-2008, coincidindo com o período de maior expansão da ESF. As maiores taxas de internações sensíveis ocorreram nos menores de 1 ano e nos idosos com 60 e mais anos, sendo estes últimos detentores da maior redução do período. Houve taxas mais elevadas no sexo feminino e redução mais relevante no masculino. As gastroenterites infecciosas foram as principais responsáveis pelas internações sensíveis à APS. Os gastos com Icsap, em geral, sofreram redução. Concluiu-se que: após período certa estabilidade na cobertura da ESF, houve nova aceleração do crescimento em 2013 e 2014, fato que pode estar relacionado ao Programa Mais Médicos; há forte relação inversamente proporcional entre a cobertura da ESF e as internações por condições sensíveis; a redução ocorrida nos menores de 1 ano foi relevante, porém inferior ao esperado, tendo em vista a ênfase dada pela atenção primária a essa população; pelo mesmo motivo, não seria esperada a presença das doenças imunopreveníveis e as relacionadas ao pré-natal e parto entre os grupos de causas que sofreram elevações. (AU)

This study aimed to analyze the relationship between Family Health Strategy (FHS) coverage and hospitalizations for sensitive conditions in Pernambuco. Descriptive and analytical study, quantitative with data of counties of Pernambuco, from 2000-2014, aggregated by population size and health region, besides approaches taking into consideration gender, age and cause of hospitalization. The data analysis occured by the construction of historical series of indicators, trend analysis and correlation analysis. It was noticed a reduction in the rates of sensitive hospitalizations greater than in non-sensitive causes, as well as a greater amplitude of variations in the period 2000-2008, coinciding withthe period of greatest expansion of the FHS. The highest sensitive hospitalization rates occurred in children under 1 year and elderly with 60 years or more, the latter holding the greatest reduction of the period. There were higher rates in female sex and more relevant reduction in male sex. Infectious gastroenteritis were the main responsible for hospitalizations sensitive to Primary Health Care. ICSAP spending, in general, were reduced. It was concluded that: after a certain period of stability in FHS coverage, there was a new acceleration of growth in 2013 and 2014, which may be related to the More Doctors Program; there is a strong inversely proportional relationship between FHS coverage and hospitalizations for sensitive conditions; the reduction that occurred in children under 1 year was relevant, butlower than expected, bearing in mind the emphasis given to primary care to this population; for the same reason, it wouldn ́t be expected the presence of vaccine-preventable diseases and the ones related to prenatal and childbirth among the groups of causes that have experienced highs. (AU)
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 1337 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-831612
Autor: Wachholz, Patrick Alexander; Masuda, Paula Yoshiko; Ferrari, Ana Carolina; Boas, Paulo José Fortes Villas.
Título: Factors related to blood pressure control in a prospective cohort of hypertensive outpatients / Fatores relacionados ao controle da pressão arterial em coorte prospectiva de pacientes hipertensos ambulatoriais
Fonte: Acta sci., Health sci;38(1):[57-63]-63tab.
Idioma: en.
Resumo: Previous studies have reported a controversial relationship between inadequate blood pressure control and predictor variables. Current prospective cohort study analyzes the interference of age, gender, diabetes and medication adherence in the control of blood pressure of hypertensive outpatients. Patients were interviewed under blind conditions to determine medication adherence, and clinical variables assessment were standardized. Univariate analysis of variance identified the variables correlated to blood pressure control at the end of the follow-up period. Missing data were excluded from analysis. After adjusting for confounders with univariate analysis, the association between the outcome (BP control rate) with significant factors and the calculated adjusted odds ratios (OR) and their 95% CI was analyzed by logistic regression. No interference by age or medication adherence in blood pressure control was reported. In fact, the higher the number of medications in use, the greater were the chances of having blood pressure control in disorder. Females are associated with a 3.1 increase in odds ratio of poor blood pressure control. Compared with non-diabetic hypertensive patients, hypertensive diabetic ones had a lower chance of poor blood pressure control.

Estudos anteriores encontraram relações controversas entre o inadequado controle da pressão arterial e variáveis preditoras. Nesta coorte prospectiva, objetivamos analisar a interferência da idade, do gênero, da presença de diabetes e da adesão à medicação no controle da pressão arterial em pacientes hipertensos ambulatoriais. Os pacientes foram entrevistados sob condições de cegamento dos avaliadores na mensuração da adesão à medicação, e a metodologia de avaliação das variáveis clínicas foi padronizada. Uma análise univariada identificou quais variáveis correlacionaram-se com o controle da pressão arterial ao final do período de seguimento. Dados faltantes foram excluídos da análise. Após ajuste para variáveis de confusão por meio da análise univariada, analisamos as associações entre o desfecho (controle da pressão arterial) e variáveis preditoras, e calculamos o odds ratio ajustado e seu intervalo de confiança de 95%, utilizando regressão logística. Não encontramos interferência da idade ou aderência aos medicamentos no controle tensional. Constatamos que, quanto maior o número de medicamentos em uso, maiores as chances de apresentar controle tensional fora das metas. O gênero feminino associou-se com o aumento de 3,1 vezes na chance de mau controle da pressão arterial. Comparados com pacientes hipertensos não diabéticos, os hipertensos diabéticos tiveram menores chances de apresentar mau controle tensional.
Responsável: BR513.1 - BCE - Biblioteca Central


  8 / 1337 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-831467
Autor: Rezende, Lilian Cristina.
Título: O cotidiano de uma comunidade quilombola: a(des)construção da integralidade na visão de moradores e equipe de saúde / The daily life of a quilombola community: the (mis) construction of integrality in the point of view dwellers and health professionals.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2015. 109 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Minas Gerais. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O presente estudo objetivou compreender o cotidiano de uma comunidade quilombola na visão de moradores e profissionais da Estratégia Saúde da Família, considerando a integralidade das ações de saúde. Trata-se de um estudo de caso único de abordagem qualitativa, a coleta de dados foi realizada por meio de observação, entrevista com roteiro semiestruturado e técnica do Gibi. Os participantes foram os profissionais da equipe da ESF e moradores da Comunidade Quilombola de Pontinha que usam o serviço de saúde da ESF, totalizando 19 participantes. Os dados foram coletados nos meses de março e abril de 2015 e submetido à Análise de Conteúdo. Emergiram dos resultados três categorias: O cotidiano da Comunidade Quilombola de Pontinha; Caracterização das práticas cotidiana e a produção do cuidado na visão dos profissionais da equipe de saúde da Estratégia Saúde da Família; e, Percepção de usuários sobre as práticas no cotidiano da Estratégia Saúde da Família: entre as necessidades de saúde e o acesso. Os resultados apontaram para uma realidade que precisa ser despertada no que concerne às práticas organizacionais para a efetivação da integralidade no serviço de saúde em comunidades quilombolas rurais. Foi possível identificar que a população da comunidade quilombola encontra-se em condições precárias de vida, relacionadas à moradia, ao saneamento básico, a água tratada, a coleta de lixo, ao acesso às escolas e à saúde e falta de oportunidade ao mercado de trabalho. Quanto às práticas dos profissionais da equipe da ESF, eles apontaram dificuldades relacionadas ao acesso. O acesso é prejudicado em duas formas: a longa distância geográfica das micro áreas a unidade de saúde ligada a insuficiência de veículo para a equipe; e pela limitação de consultas médicas. Considerando a situação mencionada os profissionais buscam planejar as atividades, estabelecendo vínculo com a comunidade, reconhecendo...

This study aimed to understand the daily life of a quilombola community in the point of view dwellers and professionals of the Family Health Strategy, considering the integrality health actions. This is a single case study of qualitative approach, data collection was conduct through observation, individual interviews white semi-structured and Gibi technique. The participants were of the Family Health Strategy team members and residents of the quilombo of Pontinha community who use the health service, totaling 19 participants. Data were collected in March and April 2015 and submitted to content analysis proposed by Bardin. Emerging from the results three categories: The daily life of Quilombo Community Pontinha; Characterization of daily living practices and care production in the vision the professionals of the Family Health Strategy team; and users' perception of the everyday practices in the Family Health Strategy: between health needs and access. The results pointed to a reality that needs to be awakened in regard to organizational practices for the realization of comprehensiveness in the health service in rural quilombo communities. It observed that the population of the quilombo is in precarious conditions of life, related to housing, sanitation, clean water, trash collection, access to schools, health and lack of opportunity to marked job. As the practices of the Family Health Strategy team professionals, they pointed out difficulties related to access the service. Access is harmed in two ways: the long geographic distance from micro areas of the health unit aligned to vehicles insufficient for the team; and the limitation of medical appointments, which leads to user dissatisfaction. Considering the situation mentioned the professionals seek to plan the activities, establishing a link with the community, recognizing the Social Determinants of Health and the particularities of quilombo community. With regard to user needs, they seek for medical...
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG
BR21.1, RECO; T-WA300


  9 / 1337 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-831460
Autor: Queiróz, Evandro de Souza.
Título: Abordagem familiar: uma teoria sobre a experiência de enfermeiros na Estratégia Saúde da Família / The Family Health Strategy: an approach.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2015. 165 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Minas Gerais. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A família sempre esteve na base da abordagem em saúde, mesmo quando as políticas públicas não faziam essa recomendação. No Brasil, os primeiros apontamentos políticos nesse sentido iniciaram-se a partir da criação do Sistema Único de Saúde e, mais especificamente, da Estratégia Saúde da Família (ESF). Apesar do avanço inicial proporcionado por essa estratégia, o que se percebe,atualmente, é o distanciamento das diretrizes originais em relação ao cuidado familiar. Parte-se do pressuposto que a família, como unidade de cuidado e cuidadora, tanto pode ser promotora da saúde de seus integrantes, com ações que proporcionam uma vida saudável familiar, constituindo uma rede social de suporte às pessoas, como também pode contribuir para o processo de adoecimento de seus familiares, com imposição de normas limitantes culturalmente estabelecidas. Em contrapartida, cada família, por sua vez, também pode influenciar no processo saúde– doença. Diante do exposto, alguns questionamentos são apresentados: quais são as concepções de família construídas pelos enfermeiros? Como essas concepções influenciam em sua abordagem familiar? Como, de fato, a família tem sido utilizada como subsídio para a construção dos planos terapêuticos na Estratégia Saúde da Família? Como os enfermeiros percebem a inserção social das famílias assistidas e como esta interfere na abordagem familiar? Esses questionamentos embasam a tese defendida nesta pesquisa: a abordagem familiar pelo enfermeiro parte da sua concepção sobre o que é família, construída a partir de influências recebidas durante sua vida, que mantém relação direta com a sua forma de cuidar das famílias. Ainda,os fatores conjunturais aos quais as famílias estão socialmente submetidas conferem uma dinâmica específica ao conceito de família, que os profissionais inseridos na Estratégia Saúde da Família não têm conseguido acompanhar, não incorporando essas mudanças à sua forma de abordar as famílias...

The family has always been the basis for health care, even when public policies did not make that recommendation. In Brazil, the first political appointments for the family started up from the creation of the Public Health System and the Family Health Strategy. Currently, despite the initial break through provided by this strategy, what we see is the distance of the original guidelines in relation to family care. Thus, the objective of this research was to build theory about the family approach carried outby the nurse in the Family Health Strategy. It is a qualitative study, with theoretical framework in Symbolic Interaction and methodological framework on Grounded Theory. They interviewed 26 nurses working in the Family Health Strategy. The result was the creation of the Family Theory Approach for nurse in the Family Health Strategy, with four main categories. The first, called Family Conceptions, presents the concept of family originated from the nurses experiences. The second, named Social Conjuncture, defines the context where the family concepts are determined and the family approach occurs. The third, called Health Conjuncture, presents the situational elements in health that have influence on the family approach. And the last, the very Family Approach, presents the elements that involve the care provided by nurses in this scenario. The main contributions of this study are intended for Nursing and the Family Health Strategy, through the systematic theory about the family approach. This study also presents considerations about the use of familiar approach tools, the training of nurses for the work in the family health strategy and policy documents for family health in Brazil.
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG
BR21.1, QUAB; T-WA308


  10 / 1337 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: BIBLIO-831415
Autor: Galvão, Teresa de Lourdes Araújo; Oliveira, Kalyane Kelly Duarte de; Maia, Clécio André Alves da Silva; Miranda, Francisco Arnoldo Nunes de.
Título: Assistência à pessoa com parkinson no âmbito da estratégia de saúde da família / Assistance to the person with parkinson carrier in the context of familyhealth strategy / La asistencia a la persona con parkinson dentro de la estrategia salud de la familia
Fonte: Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online);8(4):5101-5107, out.-dez. 2016.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objective: To analyze the conceptions that the bearer of the Parkinson Disease about the comprehensive care performed by nurses. Method: The research is descriptive and exploratory with a qualitative approach. Data collection was carried out through a semi-structured interview. Five patients with PD were interviewed receiving care in the Family Health Strategy (ESF) in the city of Acari/RN. Results: it was evident the need to implementactions to health DP carrier in individually and collectively in the city´s ESFs, and carry out the work of nurses as responsible for health promotion and prevention in primary care providing comprehensive care based on the principle of integrality. Conclusion: it is concluded that there are not therapeutic plan execution directed to the health of DP carriers individually and collectively in the ESFs. Thus, the nurse's role is being responsible for health promotion and prevention in primary care is performed.

Objetivo: Analisar as concepções que o portador da Doença de Parkinson (DP) detém sobre a assistência integral realizada pelo enfermeiro. Método: a investigação é descritivo-exploratória, com abordagem qualitativa. A coleta de informações realizou-se por meio de uma entrevista semiestruturada. Foram entrevistados cinco acometidos pela DP que recebem assistência na Estratégia de Saúde da Família (ESF) do município de Acari/RN. Resultados: evidenciou-se a necessidade da implementação de ações voltadas a sua saúde, em âmbito individual e coletivo nas ESF do município, e efetivar a atuação do enfermeiro como responsável pela promoção e prevenção à saúde na atenção primária prestando assistência integral baseada no princípio da integralidade. Conclusão: concluiu-se que não ocorre execução de plano terapêutico direcionado à saúde da pessoa com DP em âmbito individual e coletivo nas ESFs. Desta forma,deve-se efetivar a atuação do enfermeiro como responsável pela promoção e prevenção à saúde na atenção primária.

Objetivo: Analizar las concepciones que el portador de la Enfermedadde Parkinson tiene sobre la atención integral realizada por enfermeras. Método: la investigación es descriptiva y exploratoria con un enfoque cualitativo. Los datos se recogieron en octubre mediante entrevistas semi-estructuradas. Entrevistamos a cinco Pacientes con enfermedad de Parkinson que reciben atención en la Estrategia de Salud de la Familia (ESF) en la ciudad de Acari/RN. Resultados: se evidenció la necesidad de acciones para el soporte de la salud de los DP en forma individual y colectiva en las ESF de la ciudad, y llevar a cabo el trabajo de las enfermeras responsable de promoción de la salud y la prevención en la atención primaria de la atención integral basado en el principio de la integralidad. Conclusión: se concluye que no se da soporte al DP en la salud en el plan terapéutico en forma individual y colectiva en las ESF. De este modo, el papel de la enfermera es ser responsable de promoción de la salud y la prevención en la atención primaria.
Responsável: BR1208.1 - Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutrição



página 1 de 134 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde