Base de dados : LILACS
Pesquisa : VS4.001.001.003.001.001.001 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 2 [refinar]
Mostrando: 1 .. 2   no formato [Longo]

página 1 de 1

  1 / 2 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-912082
Autor: Silva Neto, Sabino Pereira da; Santos, Antonio Clementino dos; Leite, Raimundo Laerton de Lima; Dim, Valdinéia Patrícia; Neves Neto, Durval Nolasco das; Silva, José Expedito Cavalcante da.
Título: Variação espacial do teor de matéria orgânica do solo e produção de gramínea em pastagens de capim-marandu / Spatial variation of the content of soil organic matter and production of pasture grass marandu
Fonte: Biosci. j. (Online);28(Supplement 1 - XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo):41-53, 2012.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste estudo foi quantificar e descrever a variabilidade espacial, visando o mapeamento das características agronômicas da gramínea e do teor de matéria orgânica do solo (MOS) em pastagens de Brachiaria brizantha cv. Marandu cultivadas em Neossolo Quartzarênico Órtico típico com diferentes níveis de degradação. As coletas das plantas e do solo foram realizadas em malha de amostragem regular com distâncias de 5 x 5 m em área de 900 m². A produção de massa seca de folhas verdes (MSFV), colmo (MSC), material morto (MSMM), massa seca total (MST) e o teor de MOS das pastagens foram submetidos às analises de estatística descritiva, à comparação de média pelo teste de Tukey ao nível de 5% de significância, ao estudo geoestatístico e interpolação por krigagem ordinária. A variabilidade espacial da produção de MSFV, MSC, MSMM e MST e a MOS foram observadas dentro e entre as áreas de pastagens de capim-Marandu com nível baixo, médio e alto de degradação. A grade de 5 x 5 m é adequada para quantificar e descrever a variabilidade espacial bem como mapear as características agronômicas de pastagens de capim-Marandu com nível de degradação baixo e alto. O teor de MOS em todos os níveis de degradação da pastagem apresentou variabilidade espacial definida permitindo assim seu mapeamento. Já em área com nível médio de degradação a grade de 5 x 5 m é pouco eficiente para para quantificar, descrever e mapear a variabilidade espacial das variáveis MSC e MST devido aos baixos coeficientes de determinação e altas somas do quadrado dos resíduos além da ausência de dependência espacial para a MSMM.

The aim of this study was to quantify and describe the spatial variability, with a view to mapping of the agronomic properties of the grass and organic matter content of soil in Brachiaria brizantha grass cultivar Marandu grown in Typic Quartzipsamment with different level of degradation. The collections of plants and soil were carried out in regular grid with distances of 5 versus 5 m area of 900 m². The dry mass of green leaves (MSFV), stem (MSC), dry matter (MSMM) and total dry mass (MST) and the content of soil organic matter (MOS) of pasture were analyzed for descriptive statistics, comparison of average by Tukey at 5% significance, geostatistical analyses and interpolation by ordinary kriging. Spatial heterogeneity of production MSFV, MSC, MSMM, MST and MOS were observed within and between areas of Marandu grass with low grade, middle and high degradation. The grid of 5 versus 5 m is adequate to quantify, describe and map of spatial variability of agronomic properties and the content of pasture grass MOS level of degradation with low and high. The MOS content in all levels of degradation of pasture was defined spatial variability thus allowing its mapping. Already in the area with the average level of degradation of the grid 5 x 5 m is ineffective for to quantify, describe and map the spatial variability of variables MSC and MST because of low coefficients of determination and large sums of squared residuals and the absence of spatial dependence for MSMM
Responsável: BR396.4


  2 / 2 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-911444
Autor: Kato, Eiyti; Ramos, Maria Lucrecia Gerosa; Vieira, Débora de Faria Albernarz; Meira, Anete Dutra; Mourão, Viviane Coutinho.
Título: Propriedades físicas e teor de carbono orgânico de um latossolo vermelho-amarelo do cerrado, sob diferentes coberturas vegetais / Physical properties and organic carbon of a savannah red-yellow latossol under different plant covers
Fonte: Biosci. j. (Online);26(5):732-738, Sept.- Oct. 2010.
Idioma: pt.
Resumo: Os Latossolos têm sido largamente utilizados para a produção agrícola no Brasil. Nestes solos, cada vez mais a vegetação nativa vem sendo substituída por culturas agrícolas, pastagens e, nos últimos anos, grandes áreas têm sido plantadas com essências florestais. Este trabalho teve objetivo de avaliar o efeito de diferentes usos: cerrado, pastagem, pinus e eucalipto, nas propriedades físicas de um Latossolo Vermelho Amarelo. Foram avaliadas a estabilidade de agregados, teor de matéria orgânica, densidade do solo e de partículas e porosidade do solo. Os resultados mostraram que houve influência do uso do solo em algumas propriedades. O diâmetro médio ponderado (DMP), em geral, foi menor na camada de 20-30 cm, com exceção da área sob pinus, que apresentou resultado maior. O DMP no cerrado apresentou menor valor, a partir da camada de 10-20 cm. O teor de matéria orgânica foi maior na camada de 0-5 cm e semelhante nas outras camadas em todos os sistemas de uso. A densidade do solo (Ds) foi maior e a densidade de partículas (Dp) foi menor na área sob pastagem. Para todas as coberturas avaliadas, a Dp foi menor na camada de 0-5 cm. A porosidade do solo diminuiu a partir da camada de 10-20 cm, com exceção na pastagem que apresentou porosidade semelhante em todas as camadas estudadas.

The oxisol has been widely used for agricultural productivity in Brazil. On these soils, native vegetation has been substituted for crops, grasses and in the last years a huge area has been planted with forest plants. The aim of this paper was to evaluate the effect of different uses: savannah, grasses, pinus and eucalyptus, in different depth on soil properties of a red-yellow Latossol. The soil properties evaluated were: aggregate stability, soil organic carbon, bulk and particle density and porosity. The results showed that there was effect of the different plant covers in the depth on all soil properties studied. The mean weight diameter (DMP), in general, was lower at layer of 20-30 cm, with exception of pinus area which showed similar results in all layers. The DMP at savannah area showed lower values from layer of 10-20 cm. Soil organic carbon was higher at layer 0-5 cm and similar in the other soil layers for all plant covers. The bulk density (Ds) was higher and the particle density (Dp) was lower on soil under grasses. In layer of 0-5 cm the Dp was lower in the all plant covers. Soil porosity decreased from layer of 10-20 cm for all plant covers, with exception of grasses which had similar soil porosity at all studied soil layers.
Responsável: BR396.4



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde