Base de dados : MEDLINE
Pesquisa : (K01.316$ OR L01.143 OR L01.143.050 OR L01.143.230 OR L01.143.320 OR L01.143.320.800 OR L01.143.443 OR L01.143.474 OR L01.143.506.423.796 OR L01.143.506.423.906 OR L01.143.506.423.906.215 OR L01.399 OR L01.453) AND (L01.178.682$ or L01.737$) OR (L01.178 OR L01.178.590 OR L01.178.682 OR L01.178.682.099 OR L01.178.682.099.183 OR L01.178.682.099.308 OR L01.178.682.099.325 OR L01.178.682.099.434 OR L01.178.682.192 OR L01.178.682.192.836 OR L01.178.682.192.900 OR L01.178.682.389 OR L01.178.682.492 OR L01.178.682.608 OR L01.178.682.608.526 OR L01.178.682.759 OR L01.178.682.759.150 OR L01.178.682.829 OR L01.178.682.829.481 OR L01.178.682.829.678 OR L01.178.682.920 OR L01.178.820.090 OR L01.178.820.500 OR L01.178.820.900 OR L01.737 OR L01.737.150 OR L01.737.360 OR L01.737.471 OR L01.737.484 OR L01.737.498 OR L01.737.498.500 OR L01.737.498.550 OR L01.737.640 OR L01.737.684 OR L01.737.787 OR L01.737.813 OR L01.737.840) [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 121402 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 12141 ir para página                         

  1 / 121402 MEDLINE  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Tanaka, Oswaldo Yoshimi
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
[PMID]:27849292
[Au] Autor:Bousquat A; Tanaka OY
[Ad] Endereço:Departamento de Prática de Saúde Pública. Faculdade de Saúde Pública. Universidade de São Paulo. São Paulo, SP, Brasil.
[Ti] Título:Health Policy on the pages of Revista de Saúde Pública.
[So] Source:Rev Saude Publica;50(0):65, 2016 Nov 10.
[Is] ISSN:1518-8787
[Cp] País de publicação:Brazil
[La] Idioma:eng; por
[Ab] Resumo:We carried out a narrative review of the scientific production in the area of Policy, Planning and Management in Revista de Saúde Pública (RSP), between 1967 and 2015. All the fascicles of RSP, in the period, were accessed via SciELO platform, which provides all articles online. We selected and classified the articles according to the main topics of scientific production in the area of Policy, Planning and Management. Revista de Saúde Pública has published 343 articles on this subject, with significant growth in the last two decades. The most discussed topics were Health Economics, Primary Health-care, Access and Use of Health Services, and Evaluation of Services and Programs. In the last decade, the topics of Policy and Access to Medicines and Public-Private Relationship, including judicialization, gained importance. The pages of RSP embraced the vast and diverse production of Policy, Planning and Management in its first 50 years, contributing to the consolidation of the area in Brazil. RESUMO Foi realizada revisão narrativa da produção científica do campo de Política, Planejamento e Gestão veiculada na Revista de Saúde Pública (RSP), entre 1967 e 2015. Todos os fascículos da RSP, no período, foram acessados via plataforma SciELO, que disponibiliza todos os artigos online. Foram selecionados e classificados os artigos segundo os principais temas da produção científica da área de Política, Planejamento e Gestão. Foram publicados 343 artigos, com crescimento expressivo nas últimas duas décadas. Economia da Saúde, Atenção Primária à Saúde, Acesso e Utilização de Serviços de Saúde e Avaliação de Serviços e Programas foram os temas mais abordados. Na última década, os temas Política e Acesso a Medicamentos e Relação Público-Privado, incluindo a judicialização, ganharam importância. As páginas da RSP abrigaram vasta e diversa produção de Política, Planejamento e Gestão nos seus primeiros 50 anos, contribuindo para consolidação da área no Brasil.
[Mh] Termos MeSH primário: Política de Saúde
Administração de Serviços de Saúde
Publicações Periódicas como Assunto
[Mh] Termos MeSH secundário: Bibliometria
Brasil
Humanos
Programas Nacionais de Saúde
Saúde Pública
Administração em Saúde Pública
[Pt] Tipo de publicação:JOURNAL ARTICLE; REVIEW
[Em] Mês de entrada:1701
[Cu] Atualização por classe:170106
[Lr] Data última revisão:
170106
[Sb] Subgrupo de revista:IM
[Da] Data de entrada para processamento:161116
[St] Status:MEDLINE


  2 / 121402 MEDLINE  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
[PMID]:27849291
[Au] Autor:Schraiber LB; Barros C; d'Oliveira AF; Peres MF
[Ad] Endereço:Departamento de Medicina Preventiva. Faculdade de Medicina. Universidade de São Paulo. São Paulo, SP, Brasil.
[Ti] Título:Revista de Saúde Pública in scientific publications on Violence and Health (1967-2015).
[So] Source:Rev Saude Publica;50(0):63, 2016 Nov 10.
[Is] ISSN:1518-8787
[Cp] País de publicação:Brazil
[La] Idioma:eng; por
[Ab] Resumo:This article retrieved the publications from the Revista de Saúde Pública journal (from 1967 to 2015) on violence and health, on the SciELO and PubMed bases, by searching for the terms "violence", "suicide", "aggression", "bullying", and "external causes", registered in any part of the text. We found 130 articles (the first one published in 1974). We observed: increase of publications over time, with decrease in the last five years; similar production volume in lethal and non-lethal violence; later publication of the latter; few studies in qualitative research; mostly descriptive production; and visualization of the problem more by the acts than by contexts or motivations and aggressors. Social markers were little approached, appearing, from largest to smallest frequency, social class, gender, race/ethnicity, and generation. Human rights were little used and only recently used as analytical framework, connected more to gender than to social class. Although Revista de Saúde Pública has registered the theme in its publications, consolidating it as scientific production line, there is still great explanatory theoretical rarefaction and little intersectionality between violence, social inequalities, and human rights. RESUMO A produção da Revista de Saúde Pública (de 1967 até 2015) sobre violência e saúde foi recuperada nas bases SciELO e PubMed utilizando-se os termos "violência", "suicídio", "agressões", "bullying" e "causas externas", registrados em qualquer parte do texto. Foram encontrados 130 artigos (o primeiro deles publicado em 1974). Constatou-se: aumento das publicações no tempo, com decréscimo nos últimos cinco anos; volume similar de produção em violência letal e não letal; publicação mais tardia desta última; poucos estudos em pesquisa qualitativa; produção majoritariamente descritiva; e visibilização do problema, mais pelos atos que pelos contextos ou motivações e agressores. Os marcadores sociais foram pouco tematizados, aparecendo da maior para a menor frequência, classe social, gênero, raça/etnia e geração. Direitos humanos foi pouco, e apenas recentemente, usado como referencial analítico, conectado mais ao gênero do que à classe social. Embora a Revista de Saúde Pública tenha inscrito o tema em suas publicações, consolidando-o como linha de produção científica, há, ainda, grande rarefação teórica explicativa e pouca interseccionalidade entre violência, desigualdades sociais e direitos humanos.
[Mh] Termos MeSH primário: Bibliometria
Comunicação
Publicações Periódicas como Assunto/estatística & dados numéricos
Violência/estatística & dados numéricos
[Mh] Termos MeSH secundário: Agressão
Brasil
Bullying
Humanos
Saúde Pública
Suicídio
Violência/classificação
[Pt] Tipo de publicação:JOURNAL ARTICLE; REVIEW
[Em] Mês de entrada:1701
[Cu] Atualização por classe:170106
[Lr] Data última revisão:
170106
[Sb] Subgrupo de revista:IM
[Da] Data de entrada para processamento:161116
[St] Status:MEDLINE


  3 / 121402 MEDLINE  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
[PMID]:27849249
[Au] Autor:Navas AL; Silva RG
[Ad] Endereço:Faculdade de Ciências Médicas, Santa Casa de São Paulo - São Paulo (SP), Brasil.
[Ti] Título:Editorial.
[Ti] Título:Editorial..
[So] Source:Codas;28(5):489-490, 2016 9-10.
[Is] ISSN:2317-1782
[Cp] País de publicação:Brazil
[La] Idioma:por; eng
[Mh] Termos MeSH primário: Publicações Periódicas como Assunto
Patologia da Fala e Linguagem
[Mh] Termos MeSH secundário: Políticas Editoriais
Humanos
[Pt] Tipo de publicação:EDITORIAL; INTRODUCTORY JOURNAL ARTICLE
[Em] Mês de entrada:1701
[Cu] Atualização por classe:170106
[Lr] Data última revisão:
170106
[Sb] Subgrupo de revista:IM
[Da] Data de entrada para processamento:161116
[St] Status:MEDLINE


  4 / 121402 MEDLINE  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
[PMID]:27812674
[Au] Autor:Ruston FC; Moreti F; Vivero M; Malebran C; Behlau M
[Ad] Endereço:Centro de Estudos da Voz - CEV - São Paulo (SP), Brazil.
[Ti] Título:Cross-cultural adaptation of the Chilean version of the Voice Symptom Scale - VoiSS.
[So] Source:Codas;28(5):625-633, 2016 9-10.
[Is] ISSN:2317-1782
[Cp] País de publicação:Brazil
[La] Idioma:eng; spa
[Ab] Resumo:This research aims to accomplish the cross-cultural equivalence of the Chilean version of the VoiSS protocol through its cultural and linguistic adaptation. After the translation of the VoiSS protocol to Chilean Spanish by two bilingual speech therapists and its back translation to English, we compared the items of the original tool with the previous translated version. The existing discrepancies were modified by a consensus committee of five speech therapists and the translated version was entitled Escala de Sintomas Vocales - ESV, with 30 questions and five answers: "Never", "Occasionally", "Sometimes", "Most of the time", "Always". For cross-cultural equivalence, the protocol was applied to 15 individuals with vocal problems. In each question the option of "Not applicable" was added to the answer choices for identification of the questions not comprehended or not appropriate for the target population. Two individuals had difficulty answering two questions, which made it necessary to adapt the translation of only one of them. The modified ESV was applied to three individuals with vocal problems, and there were incomprehensible inappropriate questions for the Chilean culture. The ESV reflects the original English version, both in the number of questions and the limitations of the emotional and physical domains. There is now a cross-cultural equivalence of VoiSS in Chilean Spanish, titled ESV. The validation of the ESV for Chilean Spanish is ongoing. RESUMEN Este estudio tuvo como objetivo realizar la equivalencia cultural de la versión Chilena del protocolo Voice Symptom Scale - VoiSS por medio de su adaptación cultural y lingüística. Después de la traducción del VoiSS para el Español Chileno, por dos fonoaudiólogos bilingües, y de la retro traducción para el inglés, se realizó una comparación de los ítems del instrumento original con la versión traducida, surgiendo discrepancias; tales divergencias fueron resueltas por un comité compuesto por cinco fonoaudiólogos, que llegaron a un consenso de donde surgió la denominada Escala de Síntomas Vocales - ESV, compuesta de 30 preguntas y 5 respuestas: "Nunca", "Casi nunca", "A veces", "Casi siempre", "Siempre". Con el objetivo de lograr la equivalencia cultural, la ESV fue aplicada a 15 individuos con problemas vocales. A cada pregunta se le agregó la opción "No aplicable" en las elecciones de respuesta, con el fin de identificar preguntas incomprendidas o inapropiadas para la población en cuestión. Dos de los individuos tuvieron dificultades en el momento de contestar dos preguntas, haciéndose necesario adaptar solamente la traducción de una de ellas. La ESV modificada fue aplicada a tres personas más con problemas vocales, no encontrándose preguntas incomprendidas o inapropiadas para la cultura Chilena. La ESV refleja la versión original de inglés, tanto en la cantidad de preguntas como en la limitación de los dominios emocional y físico. Existe una equivalencia cultural del VoiSS para el Español Chileno, que recibe el nombre de ESV. La validación de la ESV para el Español Chileno está en proceso de conclusión.
[Mh] Termos MeSH primário: Comparação Transcultural
Inquéritos e Questionários
Traduções
Distúrbios da Voz/diagnóstico
[Mh] Termos MeSH secundário: Chile
Humanos
Autoavaliação
Voz/fisiologia
[Pt] Tipo de publicação:JOURNAL ARTICLE; VALIDATION STUDIES
[Em] Mês de entrada:1701
[Cu] Atualização por classe:170106
[Lr] Data última revisão:
170106
[Sb] Subgrupo de revista:IM
[Da] Data de entrada para processamento:161104
[St] Status:MEDLINE


  5 / 121402 MEDLINE  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
[PMID]:27783712
[Au] Autor:Marques MC; Dolci MC
[Ad] Endereço:Departamento de Prática de Saúde Pública. Faculdade de Saúde Pública. Universidade de São Paulo. São Paulo, SP, Brasil.
[Ti] Título:Boletim and Arquivos: scientific communication until the creation of the Revista de Saúde Pública.
[So] Source:Rev Saude Publica;50(0):62, 2016 Oct 24.
[Is] ISSN:1518-8787
[Cp] País de publicação:Brazil
[La] Idioma:eng; por
[Ab] Resumo:Based on historical references of scientific communication, we analyzed the issues of the Boletim do Instituto de Higiene de São Paulo and of the Arquivos da Faculdade de Higiene e Saúde Pública da Universidade de São Paulo. Published respectively from 1919 to 1946 and from 1947 to 1966, they totaled 120 issues. In their 48 years of publication, their goal was to disseminate the scientific production of the institution and to legitimize the theoretical debate of the field, in addition to supporting the public health intervention models, written by leading researchers of the institution and by contributors and managers in the field of public health. Both the Boletim and the Arquivos were recognized as scientific communication of national reference, and have laid the foundations for the creation of the Revista de Saúde Pública, in 1967. RESUMO Com base em referenciais históricos da comunicação científica, foram analisadas as edições do Boletim do Instituto de Higiene de São Paulo e dos Arquivos da Faculdade de Higiene e Saúde Pública da Universidade de São Paulo. Publicadas respectivamente de 1919 a 1946 e de 1947 a 1966, totalizam 120 edições. Em seus 48 anos de publicação, o objetivo era disseminar a produção científica da instituição e legitimar o debate teórico do campo, além de apoiar os modelos de intervenção de saúde pública, escrita por importantes pesquisadores da instituição e colaboradores e gestores do campo da saúde pública. Tanto o Boletim como os Arquivos foram reconhecidos como comunicação científica de referência nacional e lançaram as bases para a criação da Revista de Saúde Pública, em 1967.
[Mh] Termos MeSH primário: Comunicação
Publicações Periódicas como Assunto/história
Saúde Pública
[Mh] Termos MeSH secundário: Academias e Institutos/história
Brasil
História do Século XX
História do Século XXI
Humanos
[Pt] Tipo de publicação:HISTORICAL ARTICLE; JOURNAL ARTICLE
[Em] Mês de entrada:1701
[Cu] Atualização por classe:170106
[Lr] Data última revisão:
170106
[Sb] Subgrupo de revista:IM
[Da] Data de entrada para processamento:161026
[St] Status:MEDLINE


  6 / 121402 MEDLINE  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
[PMID]:27683831
[Au] Autor:Santos CF
[Ad] Endereço:Universidade de São Paulo - USP - Bauru (SP), Brazil.
[Ti] Título:Letter to the editors.
[So] Source:Codas;28(5):666, 2016 9-10.
[Is] ISSN:2317-1782
[Cp] País de publicação:Brazil
[La] Idioma:eng
[Mh] Termos MeSH primário: Políticas Editoriais
Publicações Periódicas como Assunto
[Mh] Termos MeSH secundário: Humanos
Patologia da Fala e Linguagem
[Pt] Tipo de publicação:LETTER
[Em] Mês de entrada:1701
[Cu] Atualização por classe:170106
[Lr] Data última revisão:
170106
[Sb] Subgrupo de revista:IM
[Da] Data de entrada para processamento:160929
[St] Status:MEDLINE


  7 / 121402 MEDLINE  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
[PMID]:27683830
[Au] Autor:Rossi NF; Lindau TA; Gillam RB; Giacheti CM
[Ad] Endereço:Universidade Estadual Paulista - UNESP - Marília (SP), Brasil.
[Ti] Título:Cultural adaptation of the Test of Narrative Language (TNL) into Brazilian Portuguese.
[Ti] Título:Adaptação cultural do Test of Narrative Language (TNL) para o Português Brasileiro..
[So] Source:Codas;28(5):507-516, 2016 9-10.
[Is] ISSN:2317-1782
[Cp] País de publicação:Brazil
[La] Idioma:por; eng
[Ab] Resumo:Purpose: To accomplish the translation and cultural adaptation of the Test of Narrative Language (TNL) into Brazilian Portuguese. Methods: The TNL is a formal instrument which assesses narrative comprehension and oral narration of children between the ages of 5-0 and 11-11 (years-months). The TNL translation and adaptation process had the following steps: (1) translation into the target language; (2) summary of the translated versions; (3) back-translation; (4) checking of the conceptual, semantics and cultural equivalence process and (5) pilot study (56 children within the test age range and from both genders). Results: The adapted version maintained the same structure as the original version: number of tasks (both, three comprehension and oral narration), narrative formats (no picture, sequenced pictures and single picture) and scoring system. There were no adjustments to the pictures. The "McDonald's Story" was replaced by the "Snack Bar History" to meet the semantic and experiential equivalence of the target population. The other stories had semantic and grammatical adjustments. Statistically significant difference was found when comparing the raw score (comprehension, narration and total) of age groups from the adapted version. Conclusion: Adjustments were required to meet the equivalence between the original and the translated versions. The adapted version showed it has the potential to identify differences in oral narratives of children in the age range provided by the test. Measurement equivalence for validation and test standardization are in progress and will be able to supplement the study outcomes.
[Mh] Termos MeSH primário: Transtornos da Linguagem/diagnóstico
Inquéritos e Questionários
Traduções
[Mh] Termos MeSH secundário: Brasil
Criança
Pré-Escolar
Comparação Transcultural
Feminino
Humanos
Testes de Linguagem
Masculino
Narração
Semântica
[Pt] Tipo de publicação:JOURNAL ARTICLE
[Em] Mês de entrada:1701
[Cu] Atualização por classe:170106
[Lr] Data última revisão:
170106
[Sb] Subgrupo de revista:IM
[Da] Data de entrada para processamento:160929
[St] Status:MEDLINE


  8 / 121402 MEDLINE  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Antunes, José Leopoldo Ferreira
PubMed Central Texto completo
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
[PMID]:27598787
[Au] Autor:Antunes JL; Toporcov TN; Bastos JL; Frazão P; Narvai PC; Peres MA
[Ad] Endereço:Departamento de Epidemiologia. Faculdade de Saúde Pública. Universidade de São Paulo. São Paulo, SP, Brasil.
[Ti] Título:Oral health in the agenda of priorities in public health.
[So] Source:Rev Saude Publica;50:57, 2016 Sep 01.
[Is] ISSN:1518-8787
[Cp] País de publicação:Brazil
[La] Idioma:eng; por
[Ab] Resumo:This study describes the scientific production on oral health diffused in Revista de Saúde Pública, in the 50 years of its publication. A narrative review study was carried out using PubMed, as it is the search database that indexes all issues of the journal. From 1967 to 2015, 162 manuscripts specifically focused on oral health themes were published. This theme was present in all volumes of the journal, with increasing participation over the years. Dental caries was the most studied theme, constantly present in the journal since its first issue. Periodontal disease, fluorosis, malocclusions, and other themes emerged even before the decline of dental caries indicators. Oral health policy is the most recurring theme in the last two decades. Revista de Saúde Pública has been an important vehicle for dissemination, communication, and reflection on oral health, contributing in a relevant way to the technical-scientific interaction between professionals in this field. RESUMO Este estudo descreve a produção científica sobre saúde bucal veiculada na Revista de Saúde Pública, nos cinquenta anos de sua publicação. Foi realizado estudo de revisão narrativa, utilizando o PubMed como mecanismo de busca que indexa todos os fascículos da revista. De 1967 a 2015, foram publicados 162 manuscritos com foco específico em temas de saúde bucal. Essa temática esteve presente em todos os volumes da revista, com participação crescente ao longo dos anos. Cárie dentária foi o tema mais estudado, marcando presença constante na revista desde seu primeiro fascículo. Doença periodontal, fluorose, oclusopatias e outros temas emergiram antes mesmo do declínio dos indicadores de cárie. Políticas de saúde bucal é o tema mais recorrente nas duas últimas décadas. A Revista de Saúde Pública tem sido importante veículo de divulgação, comunicação e reflexão sobre saúde bucal, contribuindo de modo relevante para a interação técnico-científica entre os profissionais da área.
[Mh] Termos MeSH primário: Saúde Bucal
Publicações Periódicas como Assunto
Saúde Pública
[Mh] Termos MeSH secundário: Brasil
Cárie Dentária
Humanos
[Pt] Tipo de publicação:JOURNAL ARTICLE; REVIEW
[Em] Mês de entrada:1701
[Cu] Atualização por classe:170106
[Lr] Data última revisão:
170106
[Sb] Subgrupo de revista:IM
[Da] Data de entrada para processamento:160907
[St] Status:MEDLINE


  9 / 121402 MEDLINE  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Alves, Marcia Guimaraes de Mello
Rotenberg, Lúcia
PubMed Central Texto completo
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
[PMID]:27355466
[Au] Autor:Vasconcellos IR; Griep RH; Portela L; Alves MG; Rotenberg L
[Ad] Endereço:Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública. Escola Nacional de Saúde Pública. Fundação Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
[Ti] Título:Transcultural adaptation to Brazilian Portuguese and reliability of the effort-reward imbalance in household and family work.
[So] Source:Rev Saude Publica;50, 2016 Jun 27.
[Is] ISSN:1518-8787
[Cp] País de publicação:Brazil
[La] Idioma:eng; por
[Ab] Resumo:OBJECTIVE: To describe the steps in the transcultural adaptation of the scale in the Effort-reward imbalance model to household and family work to the Brazilian context. METHODS: We performed the translation, back-translation, and initial psychometric evaluation of the questionnaire that comprised three dimensions: (i) effort (eight items, emphasizing quantitative workload), (ii) reward (11 items that seek to capture the intrinsic value of family and household work, societal esteem, recognition from the spouse/partner, and affection from the children), and (iii) overcommitment (four items related to intrinsic effort). The scale was included in a sectional study conducted with 1,045 nursing workers. A subsample of 222 subjects answered the questionnaire for a second time, seven to 15 days thereafter. The data were collected between October 2012 and May 2013. The internal consistency of the scale was evaluated using Cronbach's alpha and test-retest reliability analysis, square weighted kappa, prevalence and bias adjusted Kappa, and intraclass correlation coefficient. RESULTS: Prevalence and bias-adjusted Kappa (ka) of the scale dimensions ranged from 0.80-0.83 for overcommitment, 0.78-0.90 for effort, and 0.76-0.93 for reward. In most dimensions, the values of minimum and maximum scores, average, standard deviation, and Cronbach's alpha were similar in test and retest scores. Only on societal esteem subdimension (reward) was there little variation in standard deviation (test score of 2.24 and retest score of 3.36) and in Cronbach's alpha coefficient (test score of 0.38 and retest score of 0.59). CONCLUSIONS: The Brazilian version of the scale was found to have proper reliability indices regarding time stability, which suggests adapting it to be used in population with characteristics that are similar to the one in this study. OBJETIVO: Descrever as etapas da adaptação transcultural da escala do Effort-reward imbalance model to household and family work para o contexto brasileiro. MÉTODOS: Efetuou-se a tradução, retrotradução e avaliação psicométrica inicial do instrumento composto por três dimensões: (i) esforço (oito itens, enfatizando a carga quantitativa de trabalho), (ii) recompensa (11 itens que buscam captar o valor intrínseco da família e do trabalho doméstico, a estima social, o reconhecimento do cônjuge ou companheiro e a afeição dos filhos) e (iii) o excesso de comprometimento (quatro itens relacionados ao esforço intrínseco). A escala foi incluída em um estudo seccional aplicado em 1.045 trabalhadoras de enfermagem. Uma subamostra de 222 participantes respondeu ao questionário pela segunda vez, com intervalo de sete a 15 dias. Os dados foram coletados entre outubro de 2012 e maio de 2013. A consistência interna da escala foi avaliada pelo coeficiente de alpha de Cronbach e a confiabilidade teste-reteste, pelo índice kappa ponderado quadrático, pelo kappa ajustado pela prevalência e pelo coeficiente de correlação intraclasse. RESULTADOS: A confiabilidade ajustada pela prevalência (ka) das dimensões da escala variou de 0,80-0,83 para o excesso de comprometimento, 0,78-0,90 para o esforço e 0,76-0,93 para a recompensa. Na maioria das dimensões, os valores do escore mínimo e máximo, média, desvio-padrão e alpha de Cronbach no teste e no reteste foram semelhantes. Somente na subdimensão estima social (recompensa) houve pequena variação no desvio padrão (2,24 no teste e 3,36 no reteste) e no coeficiente de alpha de Cronbach (0,38 no teste e 0,59 no reteste). CONCLUSÕES: A versão brasileira da escala apresentou índices adequados de fidedignidade quanto à estabilidade temporal, o que sugere a adequação da escala para uso em populações com características semelhantes à do estudo.
[Mh] Termos MeSH primário: Características da Família
Estresse Psicológico/diagnóstico
Inquéritos e Questionários
Traduções
[Mh] Termos MeSH secundário: Brasil
Feminino
Humanos
Linguagem
Reprodutibilidade dos Testes
Fatores Socioeconômicos
Trabalho
[Pt] Tipo de publicação:JOURNAL ARTICLE
[Em] Mês de entrada:1701
[Cu] Atualização por classe:170106
[Lr] Data última revisão:
170106
[Sb] Subgrupo de revista:IM
[Da] Data de entrada para processamento:160630
[St] Status:MEDLINE


  10 / 121402 MEDLINE  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Assis, Simone Gonçalves de
PubMed Central Texto completo
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Saúde Pública
[PMID]:27355464
[Au] Autor:Pires T; Assis SG; Avanci JQ; Pesce RP
[Ad] Endereço:Departamento de Estudos sobre Violência e Saúde Jorge Careli. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Fundação Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
[Ti] Título:Cross-Cultural adaptation of the General Functioning Scale of the Family.
[So] Source:Rev Saude Publica;50, 2016 Jun 27.
[Is] ISSN:1518-8787
[Cp] País de publicação:Brazil
[La] Idioma:eng; por
[Ab] Resumo:OBJECTIVE: To describe the process of cross-cultural adaptation of the General Functioning Scale of the Family, a subscale of the McMaster Family Assessment Device, for the Brazilian population. METHODS: The General Functioning Scale of the Family was translated into Portuguese and administered to 500 guardians of children in the second grade of elementary school in public schools of Sao Gonçalo, Rio de Janeiro, Southeastern Brazil. The types of equivalences investigated were: conceptual and of items, semantic, operational, and measurement. The study involved discussions with experts, translations and back-translations of the instrument, and psychometric assessment. Reliability and validity studies were carried out by internal consistency testing (Cronbach's alpha), Guttman split-half correlation model, Pearson correlation coefficient, and confirmatory factor analysis. Associations between General Functioning of the Family and variables theoretically associated with the theme (father's or mother's drunkenness and violence between parents) were estimated by odds ratio. RESULTS: Semantic equivalence was between 90.0% and 100%. Cronbach's alpha ranged from 0.79 to 0.81, indicating good internal consistency of the instrument. Pearson correlation coefficient ranged between 0.303 and 0.549. Statistical association was found between the general functioning of the family score and the theoretically related variables, as well as good fit quality of the confirmatory analysis model. CONCLUSIONS: The results indicate the feasibility of administering the instrument to the Brazilian population, as it is easy to understand and a good measurement of the construct of interest. OBJETIVO: Descrever o processo de adaptação transcultural da escala de Funcionamento Geral da Família, subescala da McMaster Family Assessment Device, para a população brasileira. MÉTODOS: A escala de Funcionamento Geral da Família, original no idioma inglês, foi traduzida para o português e aplicada a 500 responsáveis de crianças do segundo ano do ensino fundamental de escolas públicas do município de São Gonçalo, Rio de Janeiro. Os tipos de equivalências investigados foram: conceitual e de itens, semântica, operacional, e mensuração. O estudo envolveu discussão com especialistas, traduções e retraduções do instrumento e avaliação psicométrica. Foi realizado estudo de confiabilidade e validade, por testagem da consistência interna (alpha de Cronbach), da correlação pelo método de split-half de Guttman e do coeficiente de correlação de Pearson, e por análise fatorial confirmatória. Associações entre Funcionamento Geral da Família e variáveis teoricamente associadas ao tema (embriaguez do pai ou da mãe e violência entre os pais) foram analisadas por estimação de razão de chance. RESULTADOS: A equivalência semântica encontrada foi entre 90,0% e 100%. O alfa de Cronbach variou de 0,79 a 0,81, indicando boa consistência interna do instrumento. O coeficiente de correlação de Pearson oscilou entre 0,303 e 0,549. Encontrou-se associação estatística entre o escore de funcionamento geral da família e as variáveis teoricamente relacionadas e constatou-se boa qualidade dos ajustes do modelo de análise confirmatória. CONCLUSÕES: Os resultados obtidos indicam a aplicabilidade do instrumento na população brasileira, que se mostra de fácil compreensão e boa aferição do constructo de interesse.
[Mh] Termos MeSH primário: Comparação Transcultural
Relações Familiares
Inquéritos e Questionários
Traduções
[Mh] Termos MeSH secundário: Adolescente
Adulto
Brasil
Criança
Feminino
Humanos
Linguagem
Masculino
Escalas de Graduação Psiquiátrica
Reprodutibilidade dos Testes
[Pt] Tipo de publicação:JOURNAL ARTICLE
[Em] Mês de entrada:1701
[Cu] Atualização por classe:170106
[Lr] Data última revisão:
170106
[Sb] Subgrupo de revista:IM
[Da] Data de entrada para processamento:160630
[St] Status:MEDLINE



página 1 de 12141 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : MEDLINE Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde