Base de dados : LILACS
Pesquisa : Arquivos Brasileiros de Psicoloiga (Rio J., 1979) - LILACS
Referências encontradas : 356 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 36 ir para página                         

  1 / 356 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-415240
Autor: Ribeiro, Cláudio da Silva; Couto, Claudia Borges do.
Título: Possibilidade de uma hermenêutica na relação entre o psicoterapeuta e o seu confidente / The possibility of hermeneuthics practices along the relation between psychotherapist and his confident
Fonte: Arq. bras. psicol. (Rio J. 1979);54(4):427-438, out.-dez. 2002.
Idioma: pt.
Resumo: A hermenêutica é um prática interpretativa de leitura. Das leituras sagradas à procura de Dilthey, chega-se a uma hermenêutica emergente da filosofia de Heidegger: o Dasein. A partir da experiência do ser no ente que o acolhe e dele depende para viver, possibilita um intermezzo entre pessoas, como o analista e o seu paciente? Fenomenologicamente, como decorreria esse processo? A inquirição hermenêutica é essencialmente interativa e implica a autocompreensão do intérprete no processo de compreensão do outro
Descritores: Filosofia
Psicoterapia
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  2 / 356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-415239
Autor: Vianna, Fátima Rocha Luiz.
Título: A hermenêutica de Paul Ricoeur e a terapia centrada no cliente / The Paul Ricoeur's hermeneuthic and the client-centered therapy
Fonte: Arq. bras. psicol. (Rio J. 1979);54(4):412-426, out.-dez. 2002.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo analisa a possibilidade do emprego da hermenêutica de Paul Ricoeur na Terapia Centrada no Cliente, como referencial para a compreensão do discurso oral produzido pelo cliente, enquanto sentido, a partir do conceito de interpretação. A terapia é entendida na perspectiva de uma interlocução transubjetiva entre o terapeuta e o cliente, que permite uma interpretação ricoueriana das experiências que emergem no discurso realizado na situação terapêutica. A utilização, na compreensão empática, da proposta da interpretação de Ricoeur habilita o terapeuta a uma melhor apreensão do sentido do discurso do cliente, a partir do qual ele significa e referencia a si mesmo, o mundo e a realidade
Descritores: Terapia Centrada na Pessoa
Psicoterapia
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  3 / 356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-415238
Autor: Lima, Patrícia Valle de Albuquerque.
Título: O dialogismo como uma metodologia hermenêutica aplicada à psicoterapia / Dialogism as a hermeneutic methodology applied to psychotherapy
Fonte: Arq. bras. psicol. (Rio J. 1979);54(4):399-411, out.-dez. 2002.
Idioma: pt.
Resumo: Muito se tem discutido e conjecturado sobre as conseqüências do momento atual na saúde psíquica e nos relacionamentos sociais do homem contemporâneo. Entre os autores de áreas diversas das ciências humanas, existem aqueles que apontam para uma possível "crise" do sujeito da pós-modernidade. Pensando no caso específico da psicoterapia como uma aplicação dos pressupostos da psicologia clínica, qual o discurso mais apropriado para tratar deste homem e com este homem? Neste trabalho apontaremos a hermenêutica como um recurso metodológico viável para orientar o discurso psicoterápico - discurso este que fala do homem tanto teoricamente quanto é usado como uma ferramenta técnica para promover um canal de comunicação do psicólogo com o sujeito que está a sua frente. Partindo do conceito de hermenêutica ao longo do tempo, e ancorando-se nas propostas de dialogismo enquanto um recurso técnico fundamentado em pressupostos da fenomenologia heideggeriana, nos propomos a apontar um caminho pertinente para uma compreensão complexa e fluida do fenômeno humano em uma abordagem que permita aos profissionais de psicoterapia refletir e se comunicar com este sujeito mutante/transfigurante/re-criante e re-criador do e no ambiente biopsíquicosocial
Descritores: Psicoterapia
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  4 / 356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-415237
Autor: Mansur, Fauzi Nelson.
Título: Hermenêutica e intuição em psicoterapia / Hermeneutics and intuition in psychotherapy
Fonte: Arq. bras. psicol. (Rio J. 1979);54(4):386-398, out.-dez. 2002.
Idioma: pt.
Resumo: O texto busca no relacionamento verdadeiro a compreensão do mundo que se mostra traduzido em cada um. É no movimento de falar, de ouvir, de traduzir, de interpretar, de falar novamente que se desvela a possibilidade de compreensão do outro. Dentre as muitas formas de compreender, a intuição apresenta-se como uma possibilidade de penetrar o sentido mais íntimo do mistério do outro
Descritores: Intuição
Psicoterapia
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  5 / 356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-415236
Autor: Gemino, Alessandro de Magalhães.
Título: Sobre o lugar da teoria na formação do psicólogo clínico: uma abordagem hermenêutica / About the theory's place in the clinical psychology's graduation: an hermeneutical view
Fonte: Arq. bras. psicol. (Rio J. 1979);54(4):377-385, out.-dez. 2002.
Idioma: pt.
Resumo: O presente artigo apresenta uma reflexão sobre o papel da teoria na prática clínica. Não se privilegia nenhuma teoria específica, mas o próprio lugar da teoria como fundamento que legitima a prática clínica entendida em seu sentido amplo. A partir de uma abordagem hermenêutica, busca-se clarificar a importância da pré-compreensão anterior a qualquer teoria como balizador das possibilidades e limites do psicólogo clínico na sua atuação profissional. Através da fenomenologia hermenêutica de Martin Heidegger, o autor propõe uma revisão da relação entre teoria e prática na formação do psicólogo clínico
Descritores: Psicologia Clínica
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  6 / 356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-415235
Autor: Feijoo, Ana Maria Lopez Calvo de.
Título: Hermenêutica e interpretação em psicologia clínica / Hermeneutics and interpretation in clinical psychology
Fonte: Arq. bras. psicol. (Rio J. 1979);54(4):363-376, out.-dez. 2002.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo propõe a hermenêutica como uma modalidade de interpretação na psicologia clínica, buscando o seu sentido original e as modificações que vem sofrendo ao longo do tempo pelos teólogos e filósofos, que reconhecem a hermenêutica como base de toda interpretação da palavra escrita ou falada. Com a proposta de articular a hermenêutica com a psicoterapia, busca-se fenomenologia-hermenêutica de Heidegger e estabelecem-se as relações pertinentes
Descritores: Psicologia Clínica
Psicoterapia
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  7 / 356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-415234
Autor: Sá, Roberto Novaes de.
Título: A psicoterapia e a questão da técnica / The psychotherapy and the question concerning technology
Fonte: Arq. bras. psicol. (Rio J. 1979);54(4):348-362, out.-dez. 2002.
Idioma: pt.
Resumo: Um elemento a ser destacado entre as contribuições que o pensamento de Heidegger pode trazer à psicoterapia é a sua meditação sobre a essência da técnica moderna enquanto um modo histórico de produção de verdade, que se impõe como horizonte de sentido para o mundo contemporâneo. A psicoterapia, enquanto produto e componente da compulsão moderna de organização e administração global da realidade, somente tem chances de se tornar um espaço de meditação liberadora de outras possibilidades históricas na medida em que alcançar algum grau de tematização desse horizonte em que ela se consituiu
Descritores: Psicoterapia
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  8 / 356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-415233
Autor: Maluf, Ued.
Título: Neo-hermenêutica: prolegômenos a uma teoria da interpretação / New-hermeneutics: introduction to a theory of interpretation
Fonte: Arq. bras. psicol. (Rio J. 1979);54(4):337-347, out.-dez. 2002.
Idioma: pt.
Resumo: Um modo particular de interpretação, neo-hermenêutica, é apresentado, como um método para revelar os sentidos ocultos de expressões algébricas, no sentido de representações ontológicas multifacetadas, constituindo o chamado mosaico aritmogeométrico, dentro da perspectiva da teoria das estranhezas. Como ilustração disso, algumas expressões formais (produtos notáveis) recebem representação alternativa, com a respectiva interpretação geométrica [euclidiana]; sendo delas a mais significativa (um Tripleto Pitagórico) esta: a2 + c2 = b2 (4ab +2k2)/2, a
Descritores: Matemática
Psicoterapia
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  9 / 356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Marques, Susi Lippi
Id: lil-405343
Autor: Tanaka, Rodrigo Tagamori; Marques, Susi Lippi.
Título: Estudo psicofísico sobre a gravidade de infrações de trânsito com condutores habilitados antes e após a implantação do novo código brasileiro de trânsito-1998 / Psychophysical study about seriousness of traffic offense with qualified driver before and after the implementation of newly issued brazilian traffic code-1998
Fonte: Arq. bras. psicol. (Rio J. 1979);53(3):138-152, jul.-set. 2001. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Com a indrodução do novo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), implantado em janeiro de 1998, as relações do homem com o trânsito se tornaram conflituosas. Este conflito deriva da nova proposta de comportamento atribuído pelo Código e pelo comportamento inadequado dos condutores de veículos que precisa ser eliminado. O presente estudo teve como objetivo verificar o nível de informação dos condutores em processo de habititação e habilitados antes de 1998 sobre a gravidade das infrações de trânsito em vigor. Métodos psicofísicos foram utilizados para desenvolver este estudo: estimação de categorias e de magnitudes. Os resultados apontaram que as duas formas de estimação são válidas para mensurar a gravidade de infrações de trânsito. Além disso, os condutores em processo de habilitação tendem a valorizar aspectos voltados à cidadania e relações humanas pela maneira como estimaram e categorizaram a gravidade das infrações. Pode-se inferir que esta tendência seja oriunda da proposta de formação de condutores imposta pelo CTB
Descritores: Acidentes de Trânsito/psicologia
Condução de Veículo/psicologia
Comportamento Perigoso
Psicofísica/educação
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  10 / 356 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-405342
Autor: Souza, Ligia Claudia Gomes de.
Título: As representações sociais do carro e o comportamento dos jovens no trânsito / The social representations of the car and the traffic behavior of youths
Fonte: Arq. bras. psicol. (Rio J. 1979);53(3):125-137, jul.-set. 2001.
Idioma: pt.
Resumo: O presente artigo se propõe a discutir o comportamento dos jovens no trânsito e apresentar as representações sociais encontradas em algumas pesquisas que os grupos jovens investigados formam a respeito do carro, discutindo e comparando essas representações sociais encontradas em pesquisas realizadas no Brasil e na França. As variáveis individuais e sociais que influenciam os jovens a adotarem um estilo de direção agressivo e a apresentarem um comportamento de risco no trânsito são discutidas brevemente, com o objetivo de apresentar um perfil dos jovens que comumente se envolvem em acidentes. E finalmente, como objetivo de conduzir a discussão, são apresentadas algumas questões relativas à forma como as representações sociais e as práticas se complementam, gerando o comportamento de risco dos jovens no trânsito
Descritores: Adolescente
Adulto
Acidentes de Trânsito/psicologia
Condução de Veículo/psicologia
Comportamento Perigoso
Psicofísica/educação
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite



página 1 de 36 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde