Base de dados : LILACS
Pesquisa : Cadernos de Terapia Ocupacional da UFSCar - LILACS
Referências encontradas : 324 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 33 ir para página                         

  1 / 324 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-664939
Autor: Lancmam, Selma.
Título: Reflexões sobre uma trajetória na Terapia Ocupacional / Reflections on a trajectory in Occupational Therapy
Fonte: Cad. Ter. Ocup. UFSCar (Impr.);20(3):471-478, set.-dez. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Esse texto é parte do memorial apresentado como requisito para o concurso de professor titular em Terapia Ocupacional na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. As reflexões apresentadas procuram traçar minha trajetória contextualizada nos diversos períodos e instituições por onde passei, apresentando meus percursos e como eles se misturaram com o próprio desenvolvimento acadêmico da Terapia Ocupacional. Procuro discorrer ainda sobre o processo de solidificação de minha formação como pesquisadora e os produtos daí advindos.Tais percursos em pesquisa se construíram e culminaram na linha de pesquisa Saúde Mental e Trabalho e suas interfaces com a Terapia Ocupacional. Por todo o texto, reflito sobre o desenvolvimento acadêmico e científico da área de Terapia Ocupacional sendo que, por fim, aponto discussões acerca da necessária consolidação da área na pesquisa, na pós-graduação e, consequentemente, na divulgação do seu conhecimento por publicações indexadas e de relevância para a área. Acredito que o texto seja simultaneamente um relato pessoal e certo retrato do próprio desenvolvimento da profissão no Brasil, nos últimos trinta anos.

This text is part of the memorial presented as a requirement of the contest for full professor position in Occupational Therapy at the School of Medicine from the University of Sao Paulo. The reflections presentedaim to trace the trajectory contextualized in different periods and institutions where the writer has worked, and how they have blended with the academic development of Occupational Therapy itself. The text also seeks to discuss the solidification process of the writer?s training as a researcher and the results arisen thereof. These courses were built on research and culminated in the Mental Health and Work search line and its interfaces with Occupational Therapy. Across the text, the academic and scientific development in the of occupational therapy is reflected and, finally, discussions are pointed out on the necessary consolidation of the area in research and graduate studies and, therefore, in the dissemination of knowledge by publications indexed and relevant to the . The text is both a personal account and a true representation of the profession development in Brazil in the past thirty years.
Descritores: Pesquisa
Trabalho
Saúde Mental
Terapia Ocupacional
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  2 / 324 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-664938
Autor: Pelosi, Miryam Bonadiu.
Título: Blog: ferramenta terapêutica ocupacional / Blog: occupational therapy tool
Fonte: Cad. Ter. Ocup. UFSCar (Impr.);20(3):463-469, set.-dez. 2012. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Um blog é um sítio eletrônico cuja estrutura permite a atualização rápida, a partir da postagem de artigos, ou posts. Em um blog podem ser combinados textos, imagens, vídeos e links para outros blogs, e o que torna o blog uma ferramenta potencial de trabalho terapêutico são as facilidades de uso que os sistemas de criação e edição disponibilizam, dispensando o conhecimento de recursos mais complexos de programação. Como em toda atividade, o profissional precisa conhecê-la para usá-la como um recurso terapêutico, mas essa é gratuita, simples, pode ser realizada em etapas e com diferentes graus de complexidade. O blog pode ser utilizado como organizador de ideias, um local onde o usuário tem que decidir o que é pertinente ser postado, com qual vocabulário e para qual público; como um espaço para dividir experiências ou como parte integrante da elaboração de um livro de história. Para apoiar essa discussão, três casos, onde o blog foi utilizado como recurso terapêutico, foram apresentados. No primeiro, um menino de 12 anos, com diagnóstico de síndrome de Asperger, construiu um blog sobre personagens infantis; no segundo, um grupo de adolescentes, com dificuldades no processo de inclusão escolar e de inserção social, criou um blog para contar suas aventuras; e, finalmente, o terceiro caso relatou a história de uma moça com quadro de paralisia cerebral, que escreveu e publicou um livro e um blog com auxílio das estratégias de comunicação alternativa. Como argumentos para a discussão foram abordados temas como: a atividade como recurso terapêutico; os diferentes usos do blog pela rede mundial de computadores; e a possibilidade de utilização do blog como recurso terapêutico ocupacional para pessoas com histórias de vida singulares, com habilidades, limitações e desejos tão diversos.

A blog is a site whose structure allows fast articles postage update, or posts. In a blog, texts, images, videos and links to other blogs can be combined, and what makes it a potential therapeutic working tool are the users' friendly resources provided for creating and editing systems, which do not require complex knowledge of programming resources. As in any activity, the professional needs to know it well before being able to use it as a therapeutic resource, but this one is free of charge and it can be performed in gradual steps at different complexity levels. A blog can beused as an idea-organizer, a site where the user decides what is pertinent to be posted, which vocabulary to be used, and the target public, as in a space to share experiences or an integral part in the elaboration of a history book. To support this discussion, three cases where blogs were used as therapeutic resources were presented. In the first case, a12-year-old boy diagnosed with Asperger's Syndrome created a blog about children characters; on the second, a group of adolescents with school and social inclusion difficulties developed a blog to tell their adventures; finally, the third case told the story of a girl with cerebral palsy who wrote and published a book and a blog with the help of alternative communication strategies. The following themes were addressed as topics for the discussion: activity as therapeutic resource; the different uses of blogs in the worldwide computers net; and the possibility of using blogs as occupational therapeutic resources for people with singular life histories, with very diverse abilities, limitations and desires.
Descritores: Terapêutica
Terapia Ocupacional
Internet
Blogging
Rede Social
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  3 / 324 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-664937
Autor: Alcântara, Débora Barbosa e; Brito, Cristiane Miryam Drumond de.
Título: Projeto brincar e contar: a terapia ocupacional na atenção básica em saúde / Project "play and tell": occupational therapy in primary health care
Fonte: Cad. Ter. Ocup. UFSCar (Impr.);20(3):455-461, set.-dez. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo relata uma experiência de um grupo de contação de histórias e brincar ocorrida nas dependências de uma Unidade Saúde da Família do município de São Carlos, SP. Esse grupo foi constituído a partir da avaliação da terapeuta ocupacional no contexto da atenção básica à saúde de forma ampliada que considerou a vida cotidiana dos envolvidos: as crianças, uma usuária do serviço e a equipe de saúde. Através do olhar da terapia ocupacional para as problemáticas do território foram propostas intervenções que articulavam o cuidado individual, o cuidado coletivo e a corresponsabilização da comunidade e da equipe na busca da ressignificação do cotidiano desses atores. Trata-se de um exemplo concreto de mudança de paradigma do modelo de saúde existente para os preceitos da Estratégia Saúde da Família com o envolvimento de usuários e profissionais de várias áreas. A terapeuta ocupacional identificou diferentes demandas do território: a necessidade de transformação do cotidiano e da rotina de uma usuária, a necessidade de espaços de lazer e brincadeiras para as crianças no território e o desejo da equipe de construir esse espaço através de uma brinquedoteca. A possível junção das realidades cotidianas da usuária, das crianças e da equipe constituiu um projeto de intervenção baseado na visão da clínica ampliada. O ?Brincar e Contar? foi capaz de transformar na prática o modelo de atenção à saúde.

This paper reports the experience of a "storytelling and playing" group that took place in a Family Health Unit in Sao Carlos, State of Sao Paulo. The group was formed as from the evaluation of the occupational therapist in the context of Primary Health Care, which broadly considers the daily lives of the actors involved: children, one user of the system, and the health team. From the viewpoint of Occupational Therapy, with focus on the problems of the territory, interventions linking the following matters were proposed: individual care, collective care, and co-responsibility of the community and staff in pursuit of the resignificance of the everydaylives of the actors involved. This is a concrete example of paradigm shift from the existing health model to the precepts of the Family Health Strategy, with the involvement of users and professionals from various areas.The occupational therapist identified different demands of the territory: the need for transformation of daily life and routine of a user; the need for children?s leisure; and the desire of the health team to build this spacethrough a playroom. The possible combination of the user, children and the team?s everyday realities composed an intervention project based on the vision of the clinic expanded. The ?playing and storytelling? was able toactually transform the health care model.
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Criança
Saúde da Família
Terapia Ocupacional
Terapia Recreacional/psicologia
Limites: Seres Humanos
Criança
Adulto
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  4 / 324 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-664936
Autor: Bassi, Bianca Gonçalves de Carrasco; Malfitano, Ana Paula Serrata; Bianchi, Pamela Cristina.
Título: O Terapeuta Ocupacional na Atenção Básica em Saúde: a representatividade em revistas e nos congressos brasileiros da área / The occupational therapist in Primary Health Care: representation in journalsand Brazilian congresses
Fonte: Cad. Ter. Ocup. UFSCar (Impr.);20(3):443-454, set.-dez. 2012. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Nos anos 2000, impulsionadas pela Estratégia Saúde da Família e pelos investimentos governamentais em seu entorno, vimos emergirem reflexões ascendentes sobre a Atenção Primária em Saúde (APS), no Brasilchamado de Atenção Básica à Saúde (ABS). Como parte integrante de nossas pesquisas nesse âmbito, colocamos o foco sobre a questão da atuação profissional terapêutico-ocupacional nessa área. Neste artigo objetivamos apresentar um mapeamento da discussão da categoria acerca de sua intervenção nesse contexto, elegendo para tal os dois periódicos nacionais de maior circulação entre os terapeutas ocupacionais, assim como o fórum nacional de maior importância para a categoria: os congressos brasileiros de Terapia Ocupacional. Buscamos artigos publicados na temática no período de 2000 a 2011, assim como o conhecimento científico apresentado nos últimos sete congressos, no período de 1999 a 2011. Encontramos 21 artigos completos publicados sobre a temática nas revistas científicas especificadas no período. A análise dos artigos mostrou que a maioria referia-se à atuação do terapeuta ocupacional junto às pessoas com deficiência na ABS e principalmente resultados advindos de ações de pesquisa e ensino ligadas às universidades paulistas. Com relação aos trabalhos apresentados nos congressos, dos 3.755 trabalhos apresentados no período de 1999 a 2011, 191 deles referiam-se à Atenção Básica em Saúde, ou seja, cerca de 5%. Os dados revelam uma ascendência de discussões da categoria sobre essa temática no período estudado. Conclui-se que o tema vem sendo enfocado no interior da profissão, requerendo o aprofundamento de pesquisas que se dediquem à produção de conhecimento nesse campo

In the 2000's, supported by governmental investments in the Family Health Strategy, reflections on the subject of Primary Health Care (PHC) began to arise, which in Brazil was called Basic Health Care. As part of the research in the Primary Health Care matter, an analysis on the occupational therapy work in this context was carried out. This article seeks to present a discussion map of the category about its intervention in the areabased in two national Journals of Occupational Therapy and the main local forum of discussion, the Brazilian Congress of Occupational Therapy. Articles with this thematic published between 2000 and 2011, as well as the scientific knowledge presented in the last seven congresses (1999-2011) were searched. Twenty-one full articles on this theme published in specialized Periodicals during this period were selected. The investigation showed that most articles related to the assistance of the occupational therapist to disabled people in Primary Health Care, mainly results of research and education studies carried out by universities from the State of Sao Paulo. With respect to the papers presented in the congresses, from a total of 3755, 191 (5%) scientific congress presentationsconcerned Primary Health Care. Results showed an increase in the discussions on this theme during the study period. It was possible to conclude that more importance has been given to this theme and more comprehensive researches are needed to support knowledge improvement in this field
Descritores: Atenção Primária à Saúde
Terapia Ocupacional
Publicações de Divulgação Científica
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  5 / 324 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-664935
Autor: Ruyz, Mirela de Souza; Maxta, Bruno Souza Bechara.
Título: Terapeutas Ocupacionais na Saúde Suplementar no município de Jundiaí-SP / Occupational Therapists in the Supplemental Health care in the municipalityof Jundiai, State of São Paulo
Fonte: Cad. Ter. Ocup. UFSCar (Impr.);20(3):435-441, set.-dez. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: INTRODUÇÃO: A saúde suplementar tem se mostrado como campo emergente de atuação da Terapia Ocupacional. OBJETIVO: O presente trabalho objetiva reconhecer as atuais formas de participação e as propostas de atenção à saúde de terapeutas ocupacionais envolvidos na saúde suplementar no município de Jundiaí-SP. MÉTODO: Foi realizada uma pesquisa qualitativa em saúde de caráter exploratório e descritivo envolvendo a análise temática sobre a conjuntura da prática do terapeuta ocupacional. RESULTADOS: A participação dos terapeutas ocupacionais ocorre pela vinculação do profissional em clínicas prestadoras de serviço às operadoras de saúde. A atuação dos terapeutas ocupacionais se faz em espaço ambulatorial, domiciliar e escolar, concentrada no atendimento de crianças e adultos. A abordagem de cuidado valoriza as necessidades da pessoa e a multiprofissionalidade. CONCLUSÕES: Apesar do movimento da atual Agência Nacional de Saúde Suplementar em regulamentar o setor,são desafios aos profissionais o vínculo às operadoras de planos de saúde, a apresentação de suas práticas e a sua aproximação com as atuais diretrizes de organização e cuidado da saúde suplementar no Sistema Único de Saúde.

INTRODUCTION: Supplemental Health has become an emergent of Occupational Therapy practice. OBJECTIVES: This study aims to identify the current forms of participation and proposals of the occupationaltherapists involved in the Supplemental Health care in the municipality of Jundiai, State of Sao Paulo. METHOD: A qualitative research on occupational therapy practice was carried out. RESULTS: The participation of occupational therapists in the Supplemental Health care occurs in private clinics that render service to the health medical organizations - HMOs. The occupational therapists? activities are concentrated in the childrenand adult outpatient clinics and in the domiciliary and school spaces. Its approach values personal needs and multi-professional actions. CONCLUSIONS: Despite the actual movement of the National Agency of Supplemental Health in regulating the sector, occupational therapists face the following professional challenges: becoming contractors of the HMOs, presenting their professional practices and approaches to the Supplementary Health guidelines of the Unified Health System.
Descritores: Prática Profissional
Sistema Único de Saúde
Terapia Ocupacional
-Brasil
Limites: Seres Humanos
Adulto
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  6 / 324 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-664934
Autor: Borges, Flora; Leonia, Tamiris Freitas; Coutino, Isa.
Título: Terapia Ocupacional no contexto hospitalar: um delineamento da profissão em hospitais gerais e especializados na cidade de Salvador, BA / Occupational Therapy in the hospital context: an outline of the profession ingeneral and specialized hospitals in Salvador, Bahia State
Fonte: Cad. Ter. Ocup. UFSCar (Impr.);20(3):425-433, set.-dez. 2012. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Esta pesquisa descreve as áreas de atuação da Terapia Ocupacional no contexto hospitalar nos hospitais gerais e especializados em Salvador, BA. Tem como objetivo conhecer o perfil deste profissional, além de identificar os procedimentos mais realizados. Trata-se de um estudo transversal, descritivo de abordagem quantitativa, ocorrido no período de março a novembro de 2010. A amostra constitui-se de 23 (67,5%) terapeutas ocupacionais (2 homens e 21 mulheres) de um universo de 34 profissionais que atuam em hospitais na capital baiana. Como instrumento de coleta foi utilizado um questionário elaborado previamente para a pesquisa, contendo 19 questões. Estas se concentraram em três categorias: dados de identificação dos terapeutas, áreas de atuação e procedimentos realizados e Terapia Ocupacional e multidisciplinaridade. Os principais resultados demonstram que 95,2% dos entrevistados eram mulheres e formados pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. As áreas de pediatria, UTI e Unidades de Queimados foram as que mais contemplaram atuação do terapeuta ocupacional. Com relação aos ciclos de vida, nove (39,1%) dos terapeutas ocupacionais trabalham com mais de um ciclo. Já os procedimentos mais utilizados foram as avaliações e orientações. Com relação a multidisciplinaridade, mais da metade, 13 (56,5%), revelam que esta é de extrema importância para suaprática, bem como traz resultados positivos na recuperação dos pacientes. Conclui-se que a prática do terapeuta ocupacional nesse contexto está em processo de expansão. O número de profissionais de terapia ocupacional no contexto hospitalar na Bahia ainda é pequeno comparando-se com outros estados. Há necessidade de uma descrição mais detalhada que abranja todas as possíveis áreas de atuação e os procedimentos que são realizados pelos terapeutas ocupacionais nos hospitais da Bahia.

The aim of this research is to describe the acting areas of Occupational Therapy in the hospital context of the General and Specialized Hospitals in Salvador, State of Bahia. The specific objectives are to identify theprocedures performed by the occupational therapist and know the profile of this professional in this context.It is a transversal descriptive study of quantitative approach carried out between March and November 2010. Thesample consists of 23 occupational therapists (2 men and 21 women), 67.5% of all area professionals working in hospitals in Salvador. A questionnaire with 19 questions previously elaborated for this research was used as data collection instrument. The questions focused on three categories: identification of therapists; acting areas and procedures performed; and Occupational Therapy and multidisciplinary work. Results showed that 95.2% of the professionals who work in the city?s hospitals are women graduated at the State Medicine and Public Health School (?Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública?). Regarding the Life Cycles, nine of the occupational therapists (39.1%) work with more than 1 cycle. Evaluations and guidelines were the most used procedures. Concerning multidisciplinary work, more than half (56.5%) responded that working together with other professionals is very important to their practice, as well as to their patients? recovery. The specific areas where there is predominance of occupational therapists are pediatrics, intensive care and burn units. It was possible to conclude that the practice of O.T. in this context is under expansion. The amount of professionals working inhospitals in the State of Bahia is still very small in comparison to other states. There is need for a more detailed description involving all possible areas of performance and the procedures realized by Occupational Therapy in the hospitals of the State of Bahia.
Descritores: Terapia Ocupacional
Recursos Humanos
Serviços Técnicos Hospitalares
-Brasil
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  7 / 324 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-664933
Autor: Rocha, Letícia Figueiredo da; Simonelli, Angela Paula.
Título: A utilização da análise ergonômica do trabalho como ferramenta do terapeuta ocupacional no estudo da atividade de trabalho de cabeleireiros / The use of ergonomic job analysis as a tool for the occupational therapist inthe study of the labor activity of hairdressers
Fonte: Cad. Ter. Ocup. UFSCar (Impr.);20(3):413-424, set.-dez. 2012. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa que objetivou analisar a atividade de trabalho de cabeleireiros, bem como demonstrar a utilidade do método da Análise Ergonômica do Trabalho (AET) como base metodológica para o terapeuta ocupacional atuar em situações de trabalho, a fim de diagnosticar os riscos ergonômicos da situação estudada e desenvolver um caderno de encargos com recomendações de melhoria. O estudo foi realizado em um salão de beleza localizado em Curitiba, PR, no período de março a outubro de 2010. A categoria profissional estudada foi ?cabeleireiro? e a atividade de trabalho analisada foi ?escova?. Observou-se que o trabalho é realizado através da adoção de posturas inadequadas, movimentos repetitivos adicionando-se a ausência de pausas para a recuperação das estruturas musculotendíneas e/ou osteomusculares. Evidenciou-se a necessidade de intervir no ambiente de trabalho, focando-se na sua organização e pôde-se concluir que desvios observados nas atividades de trabalho desenvolvidas nesse setor de serviços refletem-se em consequências para a saúde e bem-estar dos trabalhadores.

This article presents the results of a research that aimed to analyze the labor activity of hairdressers, as well as to demonstrate the usefulness of Ergonomic Job Analysis (EJA) work-study method as a methodologicalbasis for the occupational therapist to act in different job situations. Through this method, the therapist is able to diagnose the ergonomic risks of the situation studied and develop a booklet of duties with improvementrecommendations. The research was carried out in a hair salon located in the municipality of Curitiba, State of Parana, from March to October 2010. ?Hairdressing? was the occupational category chosen and ?hair straightening? was the work activity analyzed. It was possible to observe that the activity is performed with the adoption of inadequate posture, repetitive movements, and lack of pauses to allow the recovery of the musculotendinous and/or osteomuscular structures. The need to intervene in this working environment is noticeable, focusing on its organization. In conclusion, the disorders observed in the work activities developed in the Third Services reflect in consequences to the health and welfare of workers.
Descritores: Transtornos Traumáticos Cumulativos
Terapia Ocupacional
Ergonomia
-Brasil
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  8 / 324 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-664932
Autor: Rocha, Julie Souza de Medeiros; Bonorandi, Alessandra Dounis; Oliveira, Leilane Silva de; Silva, Maria Natália Santos da; Silva, Viviane Ferreira da.
Título: Avaliação do desempenho motor em crianças com mucopolissacaridose II / Motor development evaluation in children with mucopolysacharidosis II
Fonte: Cad. Ter. Ocup. UFSCar (Impr.);20(3):403-412, set.-dez. 2012. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A mucopolissacaridose (MPS) é uma doença multissistêmica decorrente da incapacidade do organismo em realizar um processo metabólico específico da degradação lisossômica dos glicosaminoglicanos (GAGs). O acúmulo progressivo de GAG em vários órgãos e tecidos resulta em desordens funcional e estrutural no indivíduo acometido pelas MPS. A MPS do tipo II trata-se de uma doença metabólica hereditária, ligada ao cromossomo X, cujo principal comprometimento é o atraso no desenvolvimento neuropsicomotor. O objetivo do estudo foi avaliar o desenvolvimento motor de crianças com MPS II. Foi realizado um estudo de caso com duas crianças, atendidas na APAE de Maceió (AL). Para a coleta de dados utilizou-se a Escala de Desenvolvimento Motor, e a análise de dados foi realizada por meio da comparação entre a idade cronológica de cada criança. Os resultados apontaram que as crianças apresentam perfil motor classificado em ?Muito Inferior?, corroborando com os achados na literatura e destacando a necessidade de intervenção precoce através da redução de danos e manutenção das habilidades remanescentes. O presente estudo também observou a característica progressiva dessa doença genética ainda pouco estudada. Dessa forma, destaca-se a importância de estudos sobre o desempenho motor, visando conhecer ao desenvolvimento de crianças com MPS II em diferentes etapas evolutivas, para fundamentar a prática clínica auxiliando na redução dos déficits funcionais, contribuindo, consequentemente, no desenvolvimento cognitivo, afetivo e social.

Mucopolysaccharidosis (MPS) is a multisystem disease caused by the body?s inability to perform a metabolic process specific to lysosomal degradation of glycosaminoglycans (GAGs). The progressive accumulationof GAG in various organs and tissues results in functional and structural disorders in individuals affected by MPS. MPS type II is an inherited metabolic disease, linked to the X chromosome, whose main impairment isthe delay in neuropsychomotor development. The purpose of this study was to evaluate the motor development of children affected by MPS II. A case study was carried out with two children, attending the ?APAE Maceio? institution. The Scale of Motor Development was used for data collection and data analysis was performed by comparing the chronological age of each child. Results showed that the children present motor profile classified as ?Very Low?, confirming the findings in the literature, highlighting the need for early intervention through harmreduction and maintenance of the remaining skills. This study also observed that the progressive characteristic of this genetic disease is still poorly studied. Therefore, the importance of studies on motor performance should be highlighted in order to determine the development of children affected by MPS II at different evolutionary stages to support the clinical practice in helping to reduce functional deficits, thus contributing to the cognitive, affective and social developments.
Descritores: Desenvolvimento Infantil
Mucopolissacaridose II/psicologia
Atividade Motora
Limites: Seres Humanos
Masculino
Criança
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  9 / 324 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-664931
Autor: Paiva, Michelle Helena Pereira de; Frizzo, Heloísa Cristina Figueiredo.
Título: Concepções de terapeutas ocupacionais acerca da linha do cuidado em saúde mental / Occupational therapists' conceptions on mental health care line
Fonte: Cad. Ter. Ocup. UFSCar (Impr.);20(3), set.-dez. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: A linha do cuidado preconizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) deve ser realizada por todo profissional da área, pelo meio social e pelo sujeito. Este estudo visou conhecer as concepções dos terapeutas ocupacionais acerca da linha do cuidado em saúde mental. Os dados desta pesquisa foram obtidos a partir de um questionário encaminhado via rede virtual de contatos e técnica bola de neve. Os dados foram submetidos à análise quali-quantitativa. Os participantes são em sua maioria formados na região sudeste, com mais de cinco anos de formados. Atuam especialmente em hospitais psiquiátricos, Centros de Atenção Psicossocial (CAPS II) eAmbulatórios de Saúde Mental. Não houve registro de atuação em Serviços Residenciais Terapêuticos (SRT) e em Unidade de Atenção Básica à Saúde (UBS). Em relação à concepção da linha do cuidado, seis participantes não responderam e cinco desconhecem a expressão, seguida da concepção relacionada aos princípios da reabilitação psicossocial e do projeto terapêutico - apenas uma resposta identificou que se trata de uma prática baseada na gestão do cuidado com princípios de acolhimento e articulação de redes sociais e serviços. Os resultados evidenciaram que as práticas dos profissionais são pouco pautadas na lógica da linha do cuidado, no entanto destaca-se a necessidade de sistematização da atenção segundo esta para efetuação da Reforma Psiquiátrica, na busca da melhoria da qualidade de vida e resgate da cidadania das pessoas em sofrimento psíquico, na medida em que além de otimizar a rede de atenção também promove o cuidado integral e humanizado e a contratualidade social.

The care line recommended by the Brazilian Health System - SUS must be attained by every professional of the area, milieu and subject. This study aimed to know the occupational therapists? conceptions about the lineof care in mental health. The data of this study were obtained from a questionnaire sent via virtual network of contacts and snowball technique. Data were subjected to qualitative and quantitative analysis. Most participants were professionals from the southeast region of the country with over five years of training. They exercise the professional activity mainly in Psychiatric Hospitals, Psychosocial Assistance Centers ? CAPS II and Mental Health Clinics. There was no registry of professional performance in Residential Therapeutic Services - SRT and Outpatient Clinics - UBS. Regarding care line, six participants did not respond and five were unaware of the term, followed by the psychosocial rehabilitation principles and therapeutic project; only one answer identified care line as a practice based on care management with reception principles and articulation of social networks and services. Results showed that the professionals? practices are little guided in care line logic; however, thereis the need systematization of the assistance according this logic in order to apply the Psychiatric Reform, searching the quality of life improvement and reestablishment of the citizenship of people with psychologicaldistress insofar as, in addition to optimizing the care network, which promotes comprehensive humane care and social contractualism.
Descritores: Saúde Mental
Terapia Ocupacional
Políticas Públicas de Saúde
Assistência à Saúde Mental
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  10 / 324 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Matsukura, Thelma Simöes
Texto completo
Id: lil-664930
Autor: Alves, Ana Cristina de Jesus; Matsukura, Thelma Simões.
Título: O uso de recursos de tecnologia assistiva por crianças com deficiência física na escola regular: a percepção dos professores / The use of assistive technology resources for disabled children in regularschooling: the teachers? perception
Fonte: Cad. Ter. Ocup. UFSCar (Impr.);20(3):381-392, set.-dez. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: O Censo Escolar realizado no Brasil no ano de 2010 mostrou que o número de deficientes matriculados no ensino regular foi de 702.603. O uso de recursos de tecnologia assistiva no contexto escolar vem sendo indicado para favorecer a execução de tarefas, o acesso aos conteúdos pedagógicos e aos ambientes escolares auxiliando, consequentemente, a aprendizagem dos indivíduos com deficiência. Porém, poucos são os estudos que apontam as repercussões trazidas pelos recursos no processo de escolarização da criança com deficiência física. O objetivo desse estudo foi identificar as contribuições e dificuldades no uso de recursos de tecnologia assistiva no contexto da escolarização no ensino regular do aluno com paralisia cerebral mais comprometido motoramente a partir do ponto de vista do professor. Participaram deste estudo cinco professores de alunos com paralisia cerebral que faziam uso de recurso de tecnologia assistiva na execução de tarefas de escrita e/ou comunicação. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas e os dados obtidos foram analisados a partir da técnica do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC). Os resultados evidenciaram que os recursos de tecnologia assistiva já estão inseridos na escola regular e que os mesmos trouxeram contribuições ao processo de escolarização da criança com paralisia cerebral em classe comum, porém, estão sendo implementados sem sistematização, acompanhamentos e/ou parcerias. O estudo apontou para a necessidade de considerar as opiniões e necessidades dos principais envolvidos no contexto em que o recurso de tecnologia está inserido.

The national School Census revealed that 702,603 disabled people were enrolled in regular education in 2010. The use of assistive technology resources in the school context has been indicated to favor the executionof tasks and the access to educational content and school environments and, consequently, help disabled individuals? learning. However, there are few studies showing the impact of these resources in the educationprocess of children with physical disabilities. The aim of this study was to identify, from the teacher?s viewpoint, the contributions and difficulties in the use of technology resources with students with cerebral palsy, focusing on those with severe motor impairment, attending regular education. The study included five teachers of these students who were using assistive technology resources in the execution of writing and/or communication assignments. Semi-structured interviews were conducted and data were analyzed following the Collective Subject Discourse (CSD) technique. Results indicated that assistive technology resources are already included in regular schools and that they have brought contributions to the education process of children with cerebralpalsy in regular class; nevertheless, they are being implemented without systematization, monitoring and/or partnerships. The study pointed to the need to consider the opinions and requirements of the people involved inthe context where the use of technology is inserted.
Descritores: Equipamentos de Autoajuda
Paralisia Cerebral/psicologia
Educação Especial
Docentes
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite



página 1 de 33 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde