Base de dados : LILACS
Pesquisa : Encontro - LILACS
Referências encontradas : 15 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 15 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-457499
Autor: Iyama, Renata; Gomes, Isabel Cristina.
Título: A adoção sob um olhar winnicottiano / The adoption under a Winnicott's look
Fonte: Encontro;10(12):71-78, jul.-dez. 2005.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo foi baseado em pesquisa anterior e tem o objetivo de pensar sobre o modo como as crianças adotivas são olhadas por seus pais. De acordo com o atendimento de psicoterapia breve realizado com alguns pais adotivos, na clínica-escola do IPUSP, percebemos que o olhar deles frente a esses filhos era influenciado por questões como: preconceitos, fantasias e motivações inconscientes ligadas à adoção. Constatamos que em função disso, a percepção desses pais torna-se distorcida, o que os impedia de aproximar do filho real. Nos referimos ao olhar no sentido que Winnicott nos traz, ou seja, aquele relacionado à capacidade de reconhecer as necessidades da criança, bem como de refleti-la. Notamos que a impossibilidade de olhar para o filho, especialmente para os seus aspectos bons, estava relacionada aos sintomas da criança, evidenciando a importância de um olhar mais integrado e continente
Descritores: Adoção
Sintomas Afetivos
Criança
Psicoterapia Breve
-Terapia Familiar
Limites: Seres Humanos
Masculino
Criança
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  2 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Primi, Ricardo
Id: lil-457498
Autor: Primi, Ricardo; Lima, Jacqueline; Petrini, Martha Cristina; Nascimento, Monalisa Muniz; Cruz, Maria Beatriz Zanarella.
Título: Indicadores para avaliação de desempenho de policiais / Indicators for the assesmment of a police job performance
Fonte: Encontro;10(12):58-70, jul.-dez. 2005. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O presente artigo surgiu a partir da necessidade de desenvolver uma escala de avaliação de desempenho para guardas municipais que pudesse ser utilizada como critério de validação para as variáveis do teste de Rorschach. Dessa forma, com o apoio de dois tenentes da guarda municipal, listou-se indicadores de desempenho profissional considerados adequados e inadequados. A partir daí tais indicadores foram agrupados em dois subgrupos: um com 19 características de comportamento consideradas adequadas e inadequadas no exercício da função e outra com 24 ocorrências ou incidentes negativos ou indesejáveis, criando-se a escala de avaliação de desempenho de policiais. Sendo assim, os objetivos principais da pesquisa foram verificar a validade de tal escala, assim como averiguar a existência de precisão entre os avaliadores. Participaram da pesquisa 27 guardas municipais os quais foram avaliados por dois superiores, sendo que um deles foi o que contribuiu na criação dos itens do instrumento. Os dados foram analisados focando a busca de evidência de validade correlacionando duas escalas uma com indicadores mais objetivos de faltas cometidas pelos policiais e outra mais subjetiva contendo características desejáveis e indesejáveis no comportamento de policiais; e precisão pela análise de consistência interna dos itens e pela concordância entre os dois avaliadores. Com relação à validade os resultados mostraram que os dois instrumentos estavam correlacionados significamente com coeficiência ao redor de 0,60. Com relação à precisão de avaliadores há maior concordância em relação aos itens relacionados às faltas, r=0,86, do que as características de comportamento, r=0,66, mas a concordância geral somando-se os dois instrumentos é de 0,81. Dessa forma, a precisão nesse instrumento pode sofrer influência de fatores como a subjetividade, sendo necessária a avaliação de dois superiores na utilização dessa escala, comparando-se a concordância entre eles. Conclui-se que o instrumento apresentou evidências positivas de precisão e validade para ser utilizado na avaliação de policiais
Descritores: Avaliação de Desempenho Profissional
Comportamento
Polícia
Testes de Personalidade/estatística & dados numéricos
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adulto
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  3 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Amazonas, Maria Cristina Lopes de Almeida
Id: lil-457497
Autor: Menezes, Jacqueline Nunes de; Amazonas, Maria Cristina Lopes de Almeida.
Título: Mulheres da geração canguru: entre demandas modernas e padrões clássicos de funcionamento / Kangaroo generation women: between modern demands and classical standards of living
Fonte: Encontro;10(12):48-57, jul.-dez. 2005.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo discute as razões que levam mulheres da camada média da população, entre 25 e 35 anos a prolongar sua permanência na casa dos pais, ainda que, na maioria dos casos, as condições econômico-financeiras para construir seu próprio lar estejam presentes. Foram entrevistadas sete mulheres. Em suas falas encontramos como razões preponderantes, a comodidade e o conforto encontrados na casa dos pais e a espera por um casamento como um rito de passagem para construir sua própria moradia. Com ênfase menor, priorizam uma carreira profissional; desejam manter o mesmo padrão de vida que têm na casa dos pais; há um forte vínculo de dependência afetiva entre pais e filhas. Essas jovens se encontram em meio a valores tradicionais e contemporâneos, tentando afirmar-se como sujeito numa sociedade que lhes apresenta demandas contraditórias
Descritores: Dependência (Psicologia)
Valores Sociais
Mulheres
-Entrevistas como Assunto
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  4 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-457496
Autor: Freire, Giovana Guzzo; Brunetto, Andréa Carla Deuner.
Título: A escolha da profissão na vida de sujeito / The job choices' in person's life
Fonte: Encontro;10(12):42-47, jul.-dez. 2005.
Idioma: pt.
Resumo: O propósito deste trabalho é apresentar a atividade de atendimento psicológico, delineando a passagem de entrevistas iniciais para o início do tratamento em uma mulher com a queixa inicial de estar confusa com seu trabalho e ir à clinica para a realização de um teste vocacional. Neste relato de caso clínico, serão descritos possibilidades diagnósticas e a passagem das entrevistas de anamnese, e entendimento do sujeito, às fases iniciais de entrada no tratamento descrevendo futuras conseqüências trazidas pela paciente devido à escolha de sua neurose. Os atendimentos eram realizados, uma vez por semana, no período entre o mês de fevereiro a outubro de 2004, na clínica Escola de Psicologia da Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal – UNIDERP, em Campo Grande – MS. Durante os meses de atendimento, não foi possível realizar interpretações profundas, no entanto, houve uma menor proporção de angústia e conflitos em relação aos que aparecem no início das sessões, possibilitando assim, a busca de um emprego satisfatório para a paciente. A discussão do diagnóstico estrutural e das modificações que esse breve tratamento operou no sujeito é o que se propõe esse trabalho
Descritores: Aconselhamento
Sujeitos da Pesquisa/psicologia
Orientação Vocacional
-Entrevistas como Assunto
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  5 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-457495
Autor: Chiaradia, Rejinaldo José; Bonato, Mariana; Bernardino, Leda Mariza Fischer.
Título: Psicologia institucional: o que é necessário para ser possível? / Institutional psychology: what is necessary to be possible?
Fonte: Encontro;10(12):32-41, jul.-dez. 2005.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo pretende discutir, a partir de um relato de experiência, os aspectos reflexivos norteadores para um trabalho efetivo da psicologia institucional, visto que tal ambiente, apesar de suprir as necessidades apresentadas pelos indivíduos que usufruem seus serviços, acaba sendo um refúgio cultural-social, caracterizado pela presença de subgrupos. Sabendo que o grupo na instituição é o lugar onde o caráter da mesma se dá a ver, é nele que se encontra a possibilidade de articular mudanças e de se constituir como parte reflexiva. A partir disso, foi realizada uma proposta de trabalho que objetivava integrar a equipe técnica em uma instituição que assiste indivíduos portadores de múltiplas deficiências, visando a construção de uma prática interdisciplinar. Como metodologia, lançou-se mão de técnicas grupais, utilizando-se como operador de leitura, a teoria psicanalítica. O psicólogo na função de facilitador visava possibilitar o aparecimento dos conflitos, objetivando a instrumentalização do grupo e por decorrência da instituição. Pretende-se apresentar reflexões pertinentes sobre esta prática
Descritores: Relações Comunidade-Instituição
Conflito (Psicologia)
Desenvolvimento Institucional
Psicanálise/métodos
Transferência (Psicologia)
-Estudos de Casos e Controles/métodos
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  6 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-457494
Autor: Tessaro, Nilza Sanches; Waricoda, Ana Sayuri Ribeiro; Bolonheis, Renata Cristina Marques; Rosa, Ana Paula Barletta.
Título: Educação inclusiva: visão de alunos com necessidades educativas especiais / Inclusive education: the view of students with special educative needs
Fonte: Encontro;10(12):17-31, jul.-dez. 2005. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O presente estudo trata de questões referentes à inclusão de alunos com necessidades educativas especiais em classes comuns do sistema regular de ensino. Teve como objetivo geral verificar a visão de alunos deficientes mentais, auditivos, visuais e físicos sobre a educação inclusiva. Participaram da pesquisa 40 alunos com experiências diferentes quanto à inclusão (20 de escolas especiais e 20 de escolas públicas doensino básico). Foi utilizado um questionário composto por três questões abertas. Os dados foram examinados mediante análise estatística de conteúdo e dos participantes demonstrou pouca credibilidade à inclusãoescolar. Apontavam várias dificuldades envolvidas nesse processo, destacando-se a falta de preparo dos profissionais, falta de infra-estrutura das escolas e a discriminação social. Os sentimentos decorrentes da inclusão que predominaram entre os participantes foram negativos
Descritores: Pessoas com Deficiência
Educação Especial
Pessoas com Deficiência Mental
Pessoas com Deficiência Auditiva/educação
Pessoas com Deficiência Visual/educação
-Inquéritos e Questionários
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  7 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-457493
Autor: Oliveira, Sandra Mara da Silva Sales; Junqueira, Maria Stella; Fonseca, Wilmara Moraes.
Título: Discriminação racial nas escolas: como se desenvolve o estudo da história e cultura afro-brasileira / Schools racial prejudice: how afro-brazilian history and culture studies work
Fonte: Encontro;10(12):1-16, jul.-dez. 2005. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O presente trabalho apresenta os estudos de avaliação da abordagem da questão racial e do desenvolvimento dos trabalhos de inclusão da temática história e cultura afro-brasileira e africana, pelas escolas da rede de ensino da cidade de Pouso Alegre. O estudo analisa os objetivos da educação e funções da escola; as origens e reflexos do racismo e preconceito racial na atual sociedade brasileira; busca esclarecer a relação entre educação e reprodução social, além das formas de manifestação e conseqüências da discriminação racial contra negros que ocorre no interior das escolas. Utilizou-se como metodologia uma pesquisa de campo, tendo como instrumento um questionário aplicado a 121 profissionais da educação que atuam nas escolas de Pouso Alegre. Confirma-se com este estudo que a questão racial não é abordada satisfatoriamente pelas escolas, que não estão cumprindo a determinação legal imposta pela lei federal nº 10.639, de 09/01/2003 que torna obrigatório o estudo da história e cultura afro-brasileira. Espera-se que os resultados obtidos possam auxiliar as escolas e os educadores na tarefa de educar para a vivência da igualdade, respeito e valorização racial
Descritores: Cultura
Educação/história
História
Preconceito
-Antropologia Cultural
Inquéritos e Questionários
Limites: Seres Humanos
Adulto
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  8 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-457492
Autor: Romero-Rodriguez, Ana Cecília; Vizzotto, Marília Martins.
Título: Saúde mental e relações parentais: Considerações sobre as funções materna e paterna / Mental health and parental relationships: Discussing motherhood and fatherood functions
Fonte: Encontro;10(13):83-94, jan.-jun. 2006.
Idioma: pt.
Resumo: O presente texto discute saúde mental a partir das concepções psicanalíticas da “teoria das relações objetais” postuladas por Melanie Klein e seus seguidores. Enfatiza que a base da saúde mental está nas primeiras relações que se estabelecem desde o nascimento e nos primeiros anos de vida do bebê com seus pais, buscando apontar que, na constituição da saúde, o vínculo afetivo se estabelece a partir das relações parentais cruzadas: do bebê com os pais e destes para com o bebê. Entende-se que o vínculo é uma estrutura que se manifesta internamente em relação aos objetos e externamente por meio das condutas, dos papéis , da comunicação. A construção vincular auxilia o desenvolvimento do aparelho psíquico num quadro de relações intrapsíquicas, interpsíquicas e intersubjetivas. Destaca-se ainda que, ao longo do desenvolvimento, o sujeito vivencia momentos de re-atualização ante cada crise normal ou acidental, tendo oportunidades de elaboração de conflitos primitivos
Descritores: Saúde Mental
Apego ao Objeto
Paternidade
Psicanálise
-Psicanálise/métodos
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  9 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-457491
Autor: Motta, Ivonise Fernandes da.
Título: Observações de fenômenos emergentes na psicoterapia quando a psicoterapeuta está grávida / Comments of emergent phenomena in the psycotherapy while the psychotherapist's pregnant
Fonte: Encontro;10(13):70-82, jan.-jun. 2006.
Idioma: pt.
Resumo: Neste trabalho pesquisou-se os efeitos da gravidez da psicoterapeuta no processo psicoterápico. Os seguintes aspectos nortearam esta investigação: a) possível facilitação e catalização de vivências primitivas com a mãe; b) possível facilitação e catalização de vivências referentes ao rompimento da simbiose com a figura materna, como quando nasce um irmão; c) presença inegável da sexualidade da psicoterapeuta, com possíveis interferências no processo psicoterápico. Foram acompanhados 24 casos, atendidos por três psicoterapeutas grávidas, cujo trabalho psicoterápico era de orientação psicanalítica. Uma das psicoterapeutas acompanhou três clientes adultas do sexo feminino. A segunda psicoterapeuta forneceu dados de sete casos, sendo cinco de clientes adultos de sexo feminino, um de cliente adulto de sexo masculino e o caso de um menino. A terceira psicoterapeuta, autora deste trabalho, acompanhou 14 casos, três de clientes adultos de sexo feminino e 11 crianças púberes (6 meninos e 5 meninas). Os seguintes resultados foram encontrados em relação aos clientes: sentimentos de hostilidade, inveja e ciúme; facilitação de revivescências de faltas primitivas no contato materno; facilitação de vivências depressivas; facilitação de fantasias e angústias relacionadas à sexualidade genital. Esta pesquisa objetivou focalizar maior interesse sobre o tema, pois a melhor compreensão dos fenômenos emergentes na psicoterapia quando da gravidez da psicoterapeuta pode ser valiosa à prática clínica
Descritores: Emoções
Gravidez
Psicanálise
-Psicoterapia
Limites: Seres Humanos
Feminino
Gravidez
Adulto
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  10 / 15 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-457490
Autor: Monteiro, Juliana da Silva.
Título: A neurose obsessiva feminina: a importância do diagnóstico diferencial / The feminine obsessive neurosis: the importance of the distinguishing diagnosis
Fonte: Encontro;10(13):60-69, jan.-jun. 2006.
Idioma: pt.
Resumo: A proposta deste artigo é tratar de questão necessária no que tange à estrutura neurótica obsessiva em mulheres e a clínica diferencial. Apesar de ser freqüente a prevalência do diagnóstico de neurose obsessiva em homens e de histeria nas mulheres, este fator não deve servir para sustentar equívocos que levam muitos profissionais a diagnosticar histéricas indiscriminadamente ou simplesmente confundir histeria e feminilidade. Deste modo, advém uma questão recorrente: afinal, existem mulheres obsessivas?
Descritores: Diagnóstico
Mulheres/psicologia
Transtornos Neuróticos/etnologia
-Psicologia Clínica
Limites: Seres Humanos
Feminino
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde