Base de dados : LILACS
Pesquisa : Estudos de Psicologia (Campinas) - LILACS
Referências encontradas : 837 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 84 ir para página                         

  1 / 837 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-840527
Autor: SEIDL-DE-MOURA, Maria Lucia; PESSÔA, Luciana Fontes; MENDES, Deise Maria Leal Fernandes; RAMOS, Dandara de Oliveira; FIORAVANTI-BASTOS, Ana Carolina Monerat; CARVALHO, Rafael Vera Cruz de; BROOKING, Luciana; VICTOR, Tânia Abreu da Silva.
Título: Concepções sobre autonomia em faixas etárias diversas / Conceptions of autonomy in different age groups
Fonte: Estud. psicol. (Campinas);34(2):293-303, May.-June 2017. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Autonomia e relação são tendências universais desenvolvidas ao longo da ontogênese, concomitantes com distintas fases psicossociais. A autonomia é compreendida como uma necessidade psicológica que não exclui a de relação com os outros e proximidade interpessoal. Assim, o objetivo deste estudo foi analisar as crenças e concepções sobre autonomia em diferentes faixas etárias. Participaram 110 sujeitos, dentre eles crianças de 10 a 13 anos de idade; adolescentes entre 15 e 18 anos; jovens e adultos entre 20 e 50 anos; e adultos acima dos 50. Os participantes responderam um questionário de dados sociodemográficos e à questão de evocação de palavras ou expressões relacionadas a autonomia. Utilizando a análise de conteúdo temático-categorial, foram estabelecidas dez categorias, e as respostas foram classificadas de acordo com elas. Diferenças entre as faixas etárias foram encontradas, sendo que as categorias independência e senso de liberdade foram as mais frequentes. Os resultados sugerem o desenvolvimento de um processo contínuo com a construção da identidade se dando ao longo do ciclo vital.

Abstract Autonomy and relatedness are universal tendencies developed during ontogenesis in parallel with distinct psychosocial stages. Autonomy is understood as a psychological need that includes relatedness and proximity to others. The aim of the present study was to analyze the beliefs and ideas about autonomy in different age groups. A total of 110 subjects participated in this study: 10-13yo children; 15-18yo adolescents; 20-50yo adults; over 50yo adults. Participants answered a socio-demographic questionnaire and a question about evocation of words or phrases related to autonomy. Using Thematic-Categorical Content Analysis, ten categories were proposed, and the answers were classified according to them. Differences between age groups were found, and the categories denominated Independency and Sense of Freedom were the most frequent. The results suggest the development of a continuous process with identity construction occurring throughout the life cycle.
Descritores: Adolescente
Adulto
Criança
Desenvolvimento Humano
Autonomia Pessoal
Limites: Criança
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 837 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-840526
Autor: SILVEIRA, Michele Marinho da; PORTUGUEZ, Mirna Wetters.
Título: Analysis of life quality and prevalence of cognitive impairment, anxiety, and depressive symptoms in older adults / Análise da qualidade de vida e prevalência de declínio cognitivo, ansiedade e sintomas depressivos em idosos
Fonte: Estud. psicol. (Campinas);34(2):261-268, May.-June 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The development of anxiety, depressive symptoms, and a decrease in cognitive performance can affect older adults’ quality of life. The objective of this cross-sectional study was to analyze quality of life and determine the prevalence of cognitive impairment, anxiety, and depression symptoms in senior center participants. A total of 120 older adults living in the city of Passo Fundo, RS, Brazil, participated in this study. The convenience sampling technique was used. All participants answered questions relative to socio-demographic variables, quality of life (World Health Organization Quality of Life-Bref), cognitive performance (Addenbrooke’ Cognitive Examination), and emotional state (Geriatric Depression Scale and Beck Anxiety Inventory). The prevalence of anxiety, depressive symptoms, and cognitive impairment were low indicating satisfactory quality of life of the older adults investigated.

Resumo O desenvolvimento de ansiedade, de sintomas depressivos e a diminuição do desempenho cognitivo podem alterar a qualidade de vida do idoso. O objetivo deste estudo transversal foi analisar a qualidade de vida e verificar a prevalência de declínio cognitivo, ansiedade e sintomas depressivos de participantes de grupos de convivência. O estudo teve a participação de 120 idosos do município de Passo Fundo, RS. Utilizou-se o método amostral de conveniência. Todos os participantes responderam sobre condições sociodemográficas, qualidade de vida (World Health Organization Quality of Life Group-Bref), desempenho cognitivo (Exame Cognitivo de Addenbrooke) e estado emocional (Escala de Depressão Geriátrica e Inventário de Ansiedade de Beck). A prevalência de ansiedade, sintomas depressivos e declínio cognitivo foram baixos, repercutindo positivamente na qualidade de vida dos idosos, que se mostrou boa e satisfatória.
Descritores: Idoso
Envelhecimento
Cognição
Depressão
Acontecimentos que Mudam a Vida
Qualidade de Vida
Limites: Seres Humanos
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 837 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Loureiro, Sônia Regina
Texto completo
Id: biblio-840525
Autor: PEREIRA-LIMA, Karina; LOUREIRO, Sonia Regina.
Título: Associations between social skills and burnout dimensions in medical residents / Associações entre habilidades sociais e dimensões de burnout em médicos residentes
Fonte: Estud. psicol. (Campinas);34(2):281-292, May.-June 2017. tab.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.
Resumo: Abstract Medical residency has been considered a stressful, overwhelming period, which can contribute to the development of burnout syndrome. Given the importance of interpersonal interactions for the professional practice of medicine, studies addressing protective factors against burnout focusing on social skills are needed. The objective of the present study was to investigate the associations between social skills and burnout dimensions in medical residents. A total of 305 residents were evaluated using the Inventário de Habilidades Sociais (Social Skills Inventory) and the Inventário da Síndrome de Burnout (Burnout Syndrome Inventory). Significant associations were found between all social skills factors and at least one burnout dimension; odds ratio results indicated a protective relationship, in which the residents with an elaborate repertoire of social skills were less likely to have indicators of burnout. Considering the fact that social skills can be learned, these results can contribute to the introduction of preventive measures.

Resumo A residência médica é um período com características reconhecidamente estressantes que podem contribuir para o desenvolvimento da síndrome de burnout. Configuram-se como lacuna da literatura estudos que abordem condições de proteção ao burnout, colocando em foco as habilidades sociais, dada a relevância das interações interpessoais para o exercício profissional do médico. Objetivou-se verificar as associações entre o repertório de habilidades sociais e as dimensões de burnout de médicos residentes. Trezentos e cinco residentes foram avaliados por meio dos seguintes instrumentos: Inventário de Habilidades Sociais e Inventário da Síndrome de Burnout. Foram verificadas associações significativas de todos os fatores de habilidades sociais com pelo menos uma dimensão de burnout, com valores de odds ratio sugestivos de uma relação de proteção, sendo que residentes com um repertório elaborado de habilidades sociais apresentaram menos chances de apresentarem indicadores de burnout. Considerando-se que habilidades sociais podem ser aprendidas, esses dados podem contribuir para a proposição de medidas preventivas.
Descritores: Esgotamento Profissional
Internato e Residência
Habilidades Sociais
Estresse Psicológico
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 837 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-840524 LILACS-Express
Autor: Nakano, Tatiana de Cássia.
Título: Thematic Section: Psychological Assessment / Seção temática: Avaliação Psicológica
Fonte: Estud. psicol. (Campinas);34(2):199-200, May.-June 2017.
Idioma: en.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 837 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Roazzi, Antonio
Texto completo
Id: biblio-840523
Autor: BASÍLIO, Lysia Rachel Moreira; ROAZZI, Antonio; NASCIMENTO, Alexsandro Medeiros do; ESCOBAR, José Arturo Costa.
Título: Self-concept dialectical transformation: A study in a women's prison / A dialética de transformação do autoconceito: um estudo no cárcere feminino
Fonte: Estud. psicol. (Campinas);34(2):305-314, May.-June 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The present study investigated incarceration as a possible triggering factor of self-concept transformations. Self-concept consists of a set of multiple dimensions organized hierarchically functioning as cognitive schemas. It is a structural complex product of reflective activity, and it is susceptible to changes as the individual encounters new situations, life transitions, and social roles. To investigate the transformations in the self-concept structure, 150 incarcerated women responded to the Feminine Inventory of the Self-Concept's Gender Schemas, Self-Concept Clarity Scale and Situational Self-Awareness Scale. The results showed dynamic and multidimensional organization of self-concept in the women investigated, including various categories of the self. The elements analyzed indicate that prison, an undesirable life event in adulthood, is a driver of transformations in the dynamics of self-concept.

Resumo O presente trabalho elegeu o encarceramento como possível fator desencadeador de transformações no autoconceito. Este é composto por múltiplas dimensões do self organizadas hierarquicamente e funciona como esquemas da cognição. É ainda um produto estrutural complexo da atividade reflexiva, permeável a mudanças promovidas por novas situações, transições e papéis sociais. Para investigar as transformações e estrutura do autoconceito, 150 mulheres encarceradas responderam ao protocolo contendo o Inventário Feminino dos Esquemas de Gênero do Autoconceito, a Escala de Clareza do Autoconceito e a Escala de Autoconsciência Situacional. Os achados demonstraram organização dinâmica e multidimensional do autoconceito das mulheres, onde foram encontradas categorias diversas do self. Os elementos analisados configuram o cárcere como evento da vida adulta impulsionador de transformações na dinâmica do funcionamento do autoconceito.
Descritores:
Prisões
Autoimagem
Mulheres
Limites: Seres Humanos
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 837 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Yoshida, Elisa Medici Pizäo
Texto completo
Id: biblio-840522
Autor: PEIXOTO, Evandro Morais; YOSHIDA, Elisa Medici Pizão.
Título: Escala de Eficácia Adaptativa: evidências de validade com base na estrutura interna e normas interpretativas / Adaptive Efficacy Scale: Validity evidence based on internal structure and interpretative norms
Fonte: Estud. psicol. (Campinas);34(2):233-247, May.-June 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O acúmulo de evidências de validade e precisão traz respaldo aos usuários de instrumentos de avaliação psicológica. Objetivou-se estimar novas evidências de validade da estrutura interna da Escala Diagnóstica Adaptativa Operacionalizada de Autorrelato, assim como avaliar os parâmetros dos itens e características dos participantes e estabelecer normas interpretativas para a escala. A amostra foi composta por 404 estudantes universitários de ambos os sexos (62% mulheres). Análise fatorial confirmatória corroborou a perspectiva teórica de que as escalas Afetivo-Relacional e Produtividade medem facetas complementares do construto eficácia adaptativa. A Teoria de Resposta ao Item, Modelo de Créditos Parciais, forneceu os parâmetros dos itens e características dos participantes: níveis de dificuldades/theta e índices de ajuste. Através dos mapas de pessoas-itens foram estabelecidas normas interpretativas e pontos de corte para a escalas. Considera-se que a Escala Diagnóstica Adaptativa Operacionalizada de Autorrelato seja útil em situações onde entrevistas não sejam possíveis para a avaliação da eficácia adaptativa.

Abstract The accumulation of evidence of validity and reliability provides support to users of psychological assessment instruments. This study aimed to estimate new evidence of internal structure validity of the Escala Diagnóstica Adaptativa Operacionalizada de Autorrelato (Self-Report Adaptive Operational Diagnostic Scale), evaluate the item parameters and participants’ characteristics, and establish interpretative norms for the scale. The sample was composed of 404 undergraduate students of both genders (62% female). Confirmatory factor analysis corroborated the theoretical perspective that the Affective-Relational and Productivity subscales measure complementary facets of adaptive efficacy. The Rasch-Masters Partial Credit Model, an Item Response Theory model, was used to determine the item parameters and characteristics of the participants: item difficulty/theta and adjustment indices. Interpretative standards and cutoff points for the scale were established using item-person maps. The Self-Report Adaptive Operational Diagnostic Scale can be useful to evaluate the adaptive efficacy when interviews cannot be conducted.
Descritores: Adaptação
Testes Psicológicos
Psicologia Clínica
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 837 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-840521
Autor: BENITES, Andréa Carolina; NEME, Carmen Maria Bueno; SANTOS, Manoel Antônio dos.
Título: Significados da espiritualidade para pacientes com câncer em cuidados paliativos / Significance of spirituality for patients with cancer receiving palliative care
Fonte: Estud. psicol. (Campinas);34(2):269-279, May.-June 2017.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Este estudo teve por objetivo compreender as vivências de pacientes com câncer em cuidados paliativos e o significado da espiritualidade ante a dor do adoecimento e a possibilidade de morte. Participaram 10 pacientes adultos e idosos com diagnóstico de câncer avançado, atendidos na enfermaria de cuidados paliativos/dor de um hospital oncológico. Foi utilizado o método fenomenológico para coleta e análise dos relatos, que foram obtidos a partir de entrevistas individuais. Desvelaram-se duas categorias temáticas: Fé como esperança de cura, apoio e confiança e a busca de sentido/ressignificação da vida; e A busca de sentido na morte e nas crenças sobre o pós-morte e a vivência da transcendência. Evidenciou-se a importância da dimensão espiritual na vivência do processo de morrer, possibilitando a busca de sentidos para a vida e para a morte. Este estudo revelou que estar ante a morte leva à veneração da vida, remetendo às crenças pessoais e ao que se busca como sentidos para o viver.

Abstract This study aimed to understand the experiences of cancer patients receiving palliative care and the significance of spirituality when coping with the pain caused by the illness and facing the possibility of death. A total of 10 adults and older adult patients diagnosed with advanced cancer being treated in the palliative care/pain ward of a cancer hospital participated in this study. The phenomenological method was used to collecting and analyzing patients’ reports, which were obtained by individual interviews. Two thematic categories emerged, namely: Faith as hope for healing, support, and trust, and search for life meaning and resignification; and Search for meaning of death and beliefs in an afterlife and in a transcendence realm. The importance of the spiritual dimension was highlighted in the experience of the dying process, allowing the search for the meaning of life and death. The present study revealed that facing death leads people to greatly cherish life, connecting them to their personal beliefs and to their search for a purpose in life.
Descritores: Morte
Neoplasias
Cuidados Paliativos
Espiritualidade
Responsável: BR27.1 - Biblioteca do Campus II


  8 / 837 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-840520
Autor: CUNHA, Marina Isabel Vieira Antunes; XAVIER, Ana Maria de Jesus; ZAGALO, Sofia de Miranda; MATOS, Marcela Salomé Albuquerque Andrade de.
Título: Avaliação do impacto de acontecimentos traumáticos na adolescência: validação da Impact of Event Scale-Revised / Assessment of the impact of traumatic events during adolescence: Validation of the Impact of Event Scale-Revised
Fonte: Estud. psicol. (Campinas);34(2):249-260, May.-June 2017. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O objetivo do presente estudo foi validar a Impact of Event Scale-Revised em uma amostra de adolescentes portugueses. Esta foi constituída por 383 adolescentes com idades compreendidas entre os 12 e os 18 anos. Foram usados outros questionários, que avaliavam a centralidade da memória de vergonha e sintomatologia psicopatológica. Foram testados vários modelos alternativos da estrutura fatorial da Escala do Impacto do Acontecimento através da Análise Fatorial Confirmatória. Os resultados mostraram que o modelo de três fatores com um fator de segunda ordem tem um melhor ajustamento aos dados. A escala e suas subescalas mostraram uma boa consistência interna, adequada estabilidade temporal e validade convergente com medidas de centralidade da memória de vergonha e sintomas de depressão, ansiedade e estresse. A versão portuguesa da Escala do Impacto do Acontecimento para adolescentes é uma medida válida para avaliar respostas gerais de estresse e/ou impacto traumático, em particular de vivências de vergonha.

Abstract The purpose of this paper was to validate the Impact of Event Scale-Revised for Portuguese adolescents. The sample was composed of 383 adolescents aged between 12 and 18 years. Other questionnaires were also used to assess centrality of shame memory and psychopathology symptoms. Alternative factor models of the Impact of Event Scale-Revised were tested using Confirmatory Factor Analysis. Results showed that the three-factor model with a single second-order factor provided the best fit to the data. The Impact of Event Scale-Revised and its subscales demonstrated good internal consistency and adequate temporal stability and convergent validity with measures of centrality of shame memory and symptoms of depression, anxiety, and stress. The Portuguese version of the Impact of Event Scale-Revised for adolescents is a valid measure to assess general stress responses and/or emotional trauma impact, particularly shame feelings.
Descritores: Adolescente
Ansiedade
Depressão
Portugal
Reprodutibilidade dos Testes
Vergonha
Estresse Psicológico
Limites: Seres Humanos
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 837 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-840519
Autor: ELOSUA, Paula.
Título: Avances, proyectos y retos internacionales ligados al uso de tests en Psicología / International advances, projects and challenges in psychological testing
Fonte: Estud. psicol. (Campinas);34(2):201-210, May.-June 2017. graf.
Idioma: es.
Resumo: Resumen El desarrollo de la psicometría y la normalización de la práctica profesional de la Psicología delimitan un espacio marcado por la importancia atribuida al uso correcto de los tests. En entornos sociales y científicos caracterizados por actitudes positivas hacia el uso de tests, disponibilidad de tests de calidad, regulación de la práctica profesional y colaboración internacional, se constituyen las asociaciones de tests nacionales e internacionales. Estas trabajan de forma conjunta en el establecimiento de directrices que, a través de una orientación pragmática, ofrecen guías para la buena práctica. En este trabajo describimos brevemente algunos de los últimos proyectos relacionados con el uso de tests, y apuntamos la importancia de las comisiones y las directrices para mejorar su uso.

Abstract The current development of psychometrics and the standardization of the psychological practice define a context marked by the importance given to the correct use of tests. National and international associations of tests are established in a social and scientific environment characterized by positive attitudes toward the use of tests, availability of quality tests, regulation of professional practice and international collaboration. These associations work together in establishing guidelines that offer guides to best practices by using a pragmatic orientation. In this paper, we briefly describe the latest developments in testing, and we point out the importance of the test commissions and guidelines to improve the use of tests.
Descritores: Prática Profissional
Psicologia
Reprodutibilidade dos Testes
Habilidades para Realização de Testes
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 837 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-840518
Autor: CARVALHO, Lucas de Francisco; SETTE, Catarina Possenti.
Título: Revision of the Criticism Avoidance dimension of the Dimensional Clinical Personality Inventory / Revisão da dimensão Evitação a Críticas do Inventário Dimensional Clínico da Personalidade
Fonte: Estud. psicol. (Campinas);34(2):219-231, May.-June 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The aim of this study was to revise the Criticism Avoidance dimension of the Dimensional Clinical Personality Inventory and to investigate its psychometric properties. The participants included 213 subjects aged 18 to 69 years (Mean = 25.56; Standard Deviation = 8.70), mostly females (N = 159; 74.3%). All participants answered the Dimensional Clinical Personality Inventory and the Brazilian versions of the Revised NEO Personality Inventory and the Personality Inventory for DSM-5. A total of 470 new items were developed and selected using content analysis, and 39 items composed the final version. Based on the parallel analysis and factor analysis, three interpretable factors were found. The internal consistency coefficients showed adequate levels of reliability ranging between 0.80 and 0.91 for the factors. Additionally, expected correlations were found between the Dimensional Clinical Personality Inventory and the other tests. The present study demonstrated the adequacy of the dimension revised to assess pathological characteristics of the avoidant personality functioning.

Resumo O objetivo do presente estudo foi revisar a dimensão Evitação a Críticas do Inventário Dimensional Clínico da Personalidade, investigando, também, suas propriedades psicométricas. Participaram 213 sujeitos, com idade variando entre 18 e 69 anos (Média = 25,56; Desvio-Padrão = 8,70), sendo a maior parte do sexo feminino (N = 159; 74,3%). Todos os participantes responderam o Inventário Dimensional Clínico da Personalidade e as versões brasileiras do Inventário NEO de Personalidade-Revisado e do Personality Inventory for DSM-5. Foram desenvolvidos 470 novos itens e selecionados, por meio de análise de conteúdo, 39 para compor a versão final de aplicação. Com base na análise paralela e análise fatorial, três fatores interpretáveis foram encontrados. Os coeficientes de consistência interna mostraram-se adequados, variando entre 0,80 e 0,91 para os fatores. Foram encontradas, ainda, correlações esperadas entre o Inventário Dimensional Clínico da Personalidade e os outros testes utilizados. Ressalta-se a adequabilidade da dimensão revisada na avaliação de traços patológicos do funcionamento evitativo da personalidade.
Descritores: Personalidade
Transtornos da Personalidade
Psicometria
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 84 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde