Base de dados : LILACS
Pesquisa : Psicologia: Teoria e Pesquisa - LILACS
Referências encontradas : 1356 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 136 ir para página                         

  1 / 1356 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-955988 LILACS-Express
Autor: Nozima, Adriana Manso Melchiades; Demos, Bibiane; Souza, Wânia Cristina de.
Título: Ausência de Prejuízo no Reconhecimento de Expressões Faciais entre Indivíduos com Parkinson / Lack of Impairment of Facial Expression Recognition among Individuals with Parkinson Disease
Fonte: Psicol. teor. pesqui;34:e3421, 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO: Entre os sintomas não motores da doença de Parkinson, dificuldades no reconhecimento de expressões faciais emocionais vêm sendo amplamente discutidas, pois as áreas cerebrais relacionadas a tal habilidade podem estar afetadas na doença. Este estudo investigou, em idosos, o reconhecimento das seis expressões emocionais faciais consideradas universais por meio do instrumento Teste de Percepção Emocional de Faces, em que participantes executam uma tarefa de reconhecimento de expressões emocionais faciais. Participaram 41 indivíduos com idade média de 64,9 anos, 27 homens e 14 mulheres. Não foi observada significativa dificuldade no reconhecimento de nenhuma das expressões emocionais por parte dos parkinsonianos. Tal resultado pode indicar a necessidade do desenvolvimento de instrumentos e técnicas mais adequadas para esse tipo de investigação na população brasileira.

ABSTRACT: Among the non-motor symptoms of Parkinson's disease, impairment in the recognition of emotional facial expressions has been widely discussed, as the disease may affect brain areas related to this skill. The current study has investigated, among elderly people, the recognition of the six emotional face expressions considered universal using the instrument Test of Emotional Perception of Faces, where participants performed an emotional facial recognition task. Forty-one participants with an average age of 64.9 years were enrolled to this study, 27 men and 14 women. No significant impairment in the recognition of emotional face expression was observed among the parkinsonians. This result may indicate the need to develop more adequate tools and techniques able to investigate this issue in the Brazilian population.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 1356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-955987 LILACS-Express
Autor: Satuf, Cibele Ventura Vieira; Monteiro, Samuel José Fonseca; Pereira, Henrique; Esgalhado, Graça; Afonso, Rosa Marina; Loureiro, Manuel.
Título: A Influência da Satisfação Laboral no Bem-estar Subjetivo: Uma Perspectiva Geracional / The influence of job satisfaction on subjective well-being: A generational perspective
Fonte: Psicol. teor. pesqui;34:e3451, 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO: Os estudos relacionados ao bem-estar subjetivo e à satisfação laboral indicam uma relação entre os constructos. Contudo, a magnitude dessa relação pode ser influenciada por diversos fatores, entre eles, as gerações. O objetivo deste trabalho foi identificar as diferenças e semelhanças nas dimensões da satisfação laboral que influenciam o bem-estar subjetivo entre as gerações. Foram analisados os dados de 1042 sujeitos brasileiros e portugueses: 376 da geração Y, 400 da geração X e 266 baby boomers. As análises realizadas mostraram diferenças entre as dimensões da satisfação laboral que atuam como preditores do bem-estar subjetivo e indicaram diferenças na magnitude da relação entre as variáveis. Os resultados sugerem diferenças geracionais na relação entre satisfação laboral e bem-estar subjetivo.

ABSTRACT: Studies related to subjective well-being and job satisfaction indicate a relationship between the two constructs. However, the magnitude of this relationship can be influenced by several factors, including differences among generations. The aim of this study was to identify the differences and similarities in dimensions of job satisfaction that influence subjective well-being among generations. Data included 1,042 Brazilian and Portuguese subjects: 376 of generation Y, 400 of generation X, and 266 baby boomers. Analysis showed differences between the dimensions of job satisfaction that predicted subjective well-being and indicate differences in the magnitude of the relationship between the variables. Results suggest generational differences in the relationship between job satisfaction and subjective well-being.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 1356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-955986 LILACS-Express
Autor: Pereira-Silva, Nara Liana; Andrade, Jaqueline Condé Melo; Almeida, Bruna Rocha.
Título: Famílias e síndrome de Down: Estresse, coping e recursos familiares / Family and Down syndrome: Stress, coping and family resources
Fonte: Psicol. teor. pesqui;34:e3445, 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Este estudo objetiva identificar níveis de estresse e coping - ou estratégias de enfrentamento - de genitores de crianças com síndrome de Down (SD), bem como a adequação dos recursos familiares. Quatorze famílias com um(a) filho(a) com SD foram visitadas e os genitores responderam ao questionário de caracterização do sistema familiar, inventário de estresse, inventário de coping e escala de recursos familiares. Os resultados mostram que mães (n=7) e pais (n=6) apresentam sintomas de estresse, nas fases de resistência e quase exaustão. As estratégias de enfrentamento mais utilizadas pelos genitores são resolução de problemas e suporte social. Os dados da escala de recursos indicam certa adequação destes às necessidades das famílias. Ressalta-se a importância de programas de intervenção dirigidos a essas famílias.

Abstract This study aims to identify levels of stress and coping strategies of parents of children with Down syndrome (DS), as well as the adequacy of family resources. Fourteen families with a child with DS were visited. The parents filled out the questionnaire of family system characteristics, the inventory of stress, the coping strategies inventory and the scale of family resources. The results show that mothers (n = 7) and fathers (n = 6) present symptoms of stress in resistance and quasi exhaustion stages. The coping strategies used by parents are problem solving and social support. The data from family resources scale indicate that these are fairly adequate to the needs of these families. We highlight the importance of intervention programs for these families.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 1356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-955985 LILACS-Express
Autor: Galli, Francielli; Bedin, Lívia Maria; Strelhow, Miriam Raquel Wachholz; Sarriera, Jorge Castellá.
Título: Propriedades psicométricas da escala de atitudes ambientais para crianças e da escala infantil de satisfação com o ambiente / Psychometric properties of the children's environmental attitudes scale and the children's environmental satisfaction scale
Fonte: Psicol. teor. pesqui;34:e3454, 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO: O objetivo deste estudo é avaliar as propriedades psicométricas da Escala de Atitudes Ambientais para Crianças (EAAC) e da Escala Infantil de Satisfação com o Ambiente (EISA) por meio de análises de componentes principais, consistência interna e análises fatoriais confirmatórias. Participaram 1.746 crianças (53,5% meninas) com idades entre oito e 13 anos (M = 10,17; DP = 1,492) residentes em Porto Alegre (54,9%) e interior do Rio Grande do Sul. A EAAC apresentou composição unifatorial, consistência interna adequada e bons índices de ajuste. Na EISA, foram identificados dois componentes (Satisfação com o entorno e Conectividade) com consistência interna moderada e índices de ajuste satisfatórios. O estudo contribuiu para o desenvolvimento de instrumentos de mensuração da relação criança-ambiente no idioma português brasileiro.

ABSTRACT: The aim of this study is to evaluate the psychometric properties of the Children's Environmental Attitudes Scale and the Children's Environmental Satisfaction Scale through principal component analysis, confirmatory factor analysis, and reliability analysis. Participants were 1,746 children (53.5% girls) between 8 and 13 years of age (M = 10.17; SD = 1.492) residents of Porto Alegre (54.9%) and inner municipalities of Rio Grande do Sul State. The first scale presented an unifactorial solution, adequate internal consistency and good fit indices. Two components were identified in the second scale (Satisfaction with the environment and Connectivity) with moderate levels of internal consistency and satisfactory fit indices. The study contributed to the development of instruments concerning child-environment relationship in Brazilian Portuguese language.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 1356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Carrara, Kester
Texto completo
Id: biblio-955984 LILACS-Express
Autor: Carrara, Kester; Fernandes, Diego Mansano.
Título: Corrupção e seleção por consequências: uma análise comportamental / Corruption and selection by consequences: a behavioral analysis
Fonte: Psicol. teor. pesqui;34:e3423, 2018. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A corrupção é um fenômeno global. Sob os parâmetros teóricos e metodológicos da Análise Comportamental da Cultura, constitui nosso objetivo compor um panorama descritivo-explicativo da corrupção como prática cultural, mediante uma análise funcional de contingências implicadas em sua instalação e manutenção, particularmente no contexto brasileiro. Examinamos as origens etimológicas do termo corrupção, apresentamos um levantamento histórico sobre o tema nas ciências sociais e na Análise do Comportamento, delineamos o modelo de seleção por consequências e analisamos três situações hipotéticas de corrupção: (1) um exemplo de política institucional; (2) um exemplo de corporação privada em relação com o poder público; e (3) um exemplo de corrupção cotidiana. Concluímos apontando possíveis contribuições da Análise Comportamental da Cultura para prevenção e combate a práticas culturais corruptas.

Abstract Corruption is a global phenomenon. Under the theoretical and methodological parameters of the Behavior Analysis of Culture, our goal is to compose a descriptive explanatory overview of corruption as a cultural practice, through a functional analysis of contingencies involved in its installation and maintenance, particularly in the Brazilian context. We examine the etymological origins of the term corruption, we present a historical survey on the topic in the social sciences and behavior analysis, we outline the consequences for model selection and analyze three hypothetical situations of corruption: (1) an example of institutional policy; (2) an example of private corporation in relation to the government; and (3) an example of everyday corruption. We conclude pointing to possible contributions of the Behavioral Analysis of Culture toward preventing and combating corrupt cultural practices.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 1356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-955983 LILACS-Express
Autor: Lyra, Maria C.D.P.; Ribeiro, Anália K. R.; DeConti, Luciane.
Título: Temporalidade e Interpretabilidade na Análise de Narrativas / Temporality and Interpretability: Analysis of Narratives
Fonte: Psicol. teor. pesqui;34:e3431, 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Destacamos a importância de manter uma consistência vertical nos estudos que versam sobre narrativas para a compreensão da psique humana. Nessa direção, os princípios da temporalidade e sua íntima relação com a interpretabilidade, propostos por autores clássicos como Bruner, Polkinghorne, Ricoeur e Sarbin, são tomados como guias na manutenção dessa consistência. Para ilustrá-la, analisamos duas narrativas versando sobre temas diversos: experiência escolar e supervisão acadêmica em psicoterapia. Na primeira, os processos de segmentação e encadeamento do tempo engajado no mundo da ação constituem elementos-chave de análise na significação da experiência escolar. Na segunda, o interdiscurso entre a estagiária e a supervisora se interliga e cria significado pela própria inter-relação entre tempos narrativos diversos.

Abstract This paper highlights the importance of maintaining vertical consistence in narrative studies investigating human psyche. The principles of temporality and interpretability, proposed by classic authors as Bruner, Polkinghorne, Ricoeur e Sarbin, are taken as guidelines to maintain this consistence. To illustrate this idea, two narratives dealing with different themes are analyzed: one referring to school experience and the other to academic supervision of psychotherapy. For the first one the processes of segmentation and entanglement of the engaging time in the world of action compose the key-elements to analyze the meaning of school experience. For the second, different narrating times - one of the trainee and the other of the supervisor - create an interdiscourse from which meaning emerges as a consequence of the interrelationships of diverse narrating times.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 1356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-955982 LILACS-Express
Autor: Souza, Camila; Moreira, Virginia.
Título: A Compreensão da Experiência de Depressividade na Tradição da Psicopatologia Fenomenológica / Understanding the Experience of Depressivity from the Tradition of Phenomenological Psychopathology
Fonte: Psicol. teor. pesqui;34:e3447, 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Estudos sobre a depressão e a melancolia ocuparam um lugar de importância na tradição da psicopatologia fenomenológica. O desenvolvimento desses estudos esbarrou na descrição da experiência de depressividade como o fundamento constitutivo para a compreensão da própria depressão. Arthur Tatossian foi o teórico que, ao estudar o vivido depressivo, resgatou a experiência de depressividade e a sua importância jaz na saída de um pensamento voltado aos conteúdos materiais do vivido depressivo para a experiência vivida que engloba tal fenômeno. Neste artigo, temos como objetivo compreender a experiência de depressividade, com base no pensamento de Tatossian, e as contribuições da tradição da psicopatologia fenomenológica para o desenvolvimento dessa experiência.

Abstract Studies on depression and melancholy occupied an important place in the tradition of phenomenological psychopathology. The development of these studies stalled in describing the experience of depressivity as the constitutive basis for understanding depression itself. Arthur Tatossian was the theorist who, while studying the experienced depression, rescued the experience of depressivity and its importance lies in the output of a thought directed to the material contents of the experienced depression for the experience that encompasses such a phenomenon. In this this article, we aim to understand the experience of depressivity, based on Tatossian's work, and the contributions of phenomenological psychopathology's tradition to develop this experience.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 1356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-955981 LILACS-Express
Autor: Velludo, Natália Benincasa; Souza, Débora de Hollanda.
Título: Amigos Imaginários: Contribuições para o Desenvolvimento Infantil / Imaginary Companions: Contributions to Child Development
Fonte: Psicol. teor. pesqui;34:e3432, 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo A criação de amigos imaginários é uma manifestação de faz de conta comum na infância, que tem sido pouco explorada na literatura psicológica. A presente pesquisa teve como objetivo investigar a relação entre esse fenômeno e o desenvolvimento da linguagem e da cognição social. Quarenta crianças entre 6 e 7 anos (18 com amigos imaginários e 22 sem) foram avaliadas por medidas de teoria da mente, compreensão emocional e vocabulário, bem como entrevistas para explorar o engajamento em fantasia. Uma entrevista sobre as experiências de fantasia da criança foi feita com 11 pais/responsáveis. Os resultados sugerem que o fenômeno se associa a um vocabulário receptivo mais desenvolvido e não é indicativo de déficits em desenvolvimento sociocognitivo.

Abstract The creation of imaginary companions is a frequent manifestation of pretend play in childhood, which has been little explored in psychological literature. The goal of the present research was to investigate the relation between this phenomenon and language and social cognitive development. Forty children between 6 and 7 years of age (18 with imaginary companions and 22 without) were assessed by theory-of-mind, emotion understanding and vocabulary measures, as well as by interviews exploring engagement in fantasy. An interview on children's fantasy experiences was conducted with 11 parents/caretakers. Results suggest that the phenomenon is associated with a more developed receptive vocabulary and is not indicative of deficits in social cognitive development.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 1356 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Modena, Celina Maria
Texto completo
Id: biblio-955980 LILACS-Express
Autor: Miranda, Jhonatan J.; Rodrigues, Thalita; Martins, Alberto Mesaque; Faria, Mateus Aparecido; Pereira, Douglas Marcos; Silva, Priscila Neves; Modena, Celina Maria.
Título: Discursos de gênero e saúde: Debatendo a PNAISH com seus usuários / Gender and health discourses: Debating PNAISH with users
Fonte: Psicol. teor. pesqui;34:e3444, 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo Este trabalho visa confrontar o corpo instituído pela PNAISH com os corpos performatizados pelos usuários dessa política na Atenção Primária à Saúde (APS) de Belo Horizonte. Através da Análise do Discurso e da teoria da performatividade de gênero, analisou-se o corpus proveniente de entrevistas com 09 homens que utilizam os serviços da APS. Os resultados evidenciam, tanto performances de gênero que, consonantes com a PNAISH, se pautam no corpo genitalizado como forma de resistência ao cuidado; quanto performances de gênero que transgridem as perspectivas desta Política. Procurou-se fomentar as discussões sobre as dificuldades de integração de homens às políticas de saúde.

Abstract The objective of this study was to confront man's body as conceptualized by PNAISH with man's body performatized by male users of this policy in Basic Health Care (BHC) in Belo Horizonte. Using speech analysis and the theory of gender perfomativity, the corpus derived of the interviews with 9 men who use the BHC services was analyzed. The results highlighted gender performance which, consistent with PNAISH, is based on a genitalized body as a way of care resistance, as well as gender performance that transgress the perspectives of this policy. This study sought to encourage discussions about difficulties of men´s integration to health policies.
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 1356 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Camargo, Brigido Vizeu
Texto completo
Id: biblio-955979 LILACS-Express
Autor: Brito, Annie Mehes Maldonado; Belloni, Eleonora; Castro, Amanda; Camargo, Brigido Vizeu; Giacomozzi, Andréia Isabel.
Título: Representações sociais do cuidado e da velhice no Brasil e Itália / Social representations of care and aging in Brazil and Italy
Fonte: Psicol. teor. pesqui;34:e3455, 2018. graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO: Este estudo objetivou comparar as representações sociais de brasileiros e italianos acerca do cuidado ao idoso e velhice. Foram entrevistadas 40 pessoas acima de 65 anos, 20 brasileiros e 20 italianos. Os resultados mostraram que as representações sociais da velhice e do cuidar da pessoa idosa, enfatizam a relevância da autonomia e manutenção da atividade, trazendo o contexto de doenças e dependência como algo indesejável. A vivência da velhice e o cuidar da pessoa idosa parecem mais difíceis em situação de doença, quando os agravos impõe a necessidade de um "cuidador", o que abala a independência da pessoa idosa. Torna-se necessário a implementação de políticas de educação para a saúde, que levem em consideração as necessidades dos idosos.

ABSTRACT: This study aimed to compare the social representations of Brazilian and Italian participants about old age and care of elderly people. It were interviewed 40 people over 65 years old, 20 Brazilian and 20 Italian. The results showed that social representations of old age and care of elderly emphasize the importance keeping one's autonomy and keeping active, bringing the context of disease and dependence as something unwanted. The experience of old age and the care of the elderly seem more difficult in disease situations in which the grievances imposes the need for a "caregiver", which undermines the independence of the elderly. It is necessary to implement education policies for health and aging, which take into account the needs of the elderly.
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 136 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde