Base de dados : LILACS
Pesquisa : Rev. Bras. de Desenvolvimento Humano LILACS
Referências encontradas : 792 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 80 ir para página                         

  1 / 792 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-958513
Autor: Melo, Rosa Maria de Souza Barbosa de; Morais, Giovana Barbosa; Morais, Jullyana Barbosa; Leite, Silvana Nair.
Título: Concepção do direito à saúde na perspectiva do profissional técnico de nível médio do Sistema Único de Saúde / Conception of the right to health of mid-level technical professionals of the mid-level of the Unified Health System in Brazil
Fonte: Rev. bras. crescimento desenvolv. hum;28(1):95-104, Jan.-Mar. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: The right to health, one of the achievements guaranteed by the Citizen Constitution promulgated in 1988, came in response to the citizens' struggle for health reform in 1986. The guarantee of this right is established in the Unified Health System. OBJECTIVE: To analyze the conception of the right to health of middle level proffesionals of Unified Health System. METHODS: Qualitative approach research, through 2 focus groups involving 9 graduates of a Health Technical School of the SUS in the north of Brazil, from the courses of clinical analysis, dental hygiene and nursing, working in the Unified Health System. RESULTS: Three categories show the results obtained concluding concepts of health, the right to health and health conceptions; Health practices and access to care; and topics of training, health care and humanization. CONCLUSION: The participants of this study have a conception of the right to health directed to the legislation, their concepts of health approach elements of Unified Health System policy, among others, promotion, prevention, humanization; their conceptions of health are strongly focused on the biomedical model centered on disease and medicine.

INTRODUÇÃO: O Direito à saúde, uma das conquistas garantidas pela Constituição Cidadã promulgada em 1988, veio em resposta aos movimentos de luta dos cidadãos pela Reforma Sanitária em 1986. Na proposta do Sistema Único de Saúde a garantia desse direito está estabelecida. OBJETIVO: Analisar a concepção de direito à saúde no contexto do profissional de nível médio do SUS. MÉTODO: Pesquisa de abordagem qualitativa, através de 2 grupos focais envolvendo 9 egressos de uma Escola Técnica em Saúde do Sistema Único de Saúde do norte do Brasil, dos cursos de análises clínicas, higiene dental e enfermagem, atuando no Sistema Único de Saúde. O tratamento dos dados foi por análise de conteúdo proposta por Bardin (2009), com a definição de 3 categorias RESULTADOS: Três categorias retratam os resultados obtidos congregando conceitos de saúde e de direito à saúde e concepções de saúde; práticas de saúde e acesso à atenção; e ainda, conteúdos da formação, cuidado sanitário e humanização. CONCLUSÃO: Os participantes desse estudo demonstram uma concepção de direito à saúde voltada ao legislado e seus conceitos de saúde abordam elementos da política do SUS, dentre outros, promoção, prevenção, humanização; suas concepções de saúde estão marcadamente voltadas ao modelo biologicista, focado na doença e no medicamento.
Descritores: Sistema Único de Saúde
Direito à Saúde
Reforma dos Serviços de Saúde
-Acesso Universal aos Serviços de Saúde
Credenciamento
Pesquisa Qualitativa
Política de Saúde
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  2 / 792 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-958512 LILACS-Express
Autor: Almeida, Rafael Cunha de; Zachêu, Paulo Roberto Zamfolini; Diniz, Mariana Terra; Dias, Maria Carolina Cozzi Pires de Oliveira; Guiguer, Isabella Cherkezian; Almeida, Ricardo Cunha de; Corrêa, Joao Antonio.
Título: Portuguese translation and Tradução e adaptação cultural do questionário ABC-V (Assessment of Burden in Chronic-Venous Disease) para o Português / Portuguese translation and Brazilian cultural adaptation of the Assessment of Burden in Chronic Venous Disease questionnaire (ABC-V)
Fonte: Rev. bras. crescimento desenvolv. hum;28(1):89-94, Jan.-Mar. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: The Assessment of Burden in Chronic Venous Disease questionnaire (ABC-V) is a valuable tool for assessing the impact that chronic venous disease (CVD) has on patients' quality of life (QL). There was a need for a translated and adapted version suitable for use in the Brazilian population. CVD is becoming a public health issue as the incidence and prevalence are high. The ABC-V can be used to collect information on patients' QL and thus the development of a Brazilian version that facilitates research into the CVD population. OBJECTIVE: To provide translation and cultural validation of the Assessment of Burden in Chronic-Venous Disease (ABC-V) questionnaire for the Portuguese language. METHODS: The ABC-V was translated into Portuguese by two bilingual translators working independently. The translators then created a consensus version, which was translated back into English by two native English speakers. Finally all the versions were analysed by a committee of with expertise in translation and the two cultures involved. The committee produced a draft Portuguese-language version which was tested in a pilot sample of between 30 and 40 people. The committee evaluated feedback from the pilot sample on the clarity and comprehensibility of the draft version RESULTS: The draft version was completed by 31 patients at the Chronic Venous Diseases Department of Padre Anchieta's Teaching Hospital. With the analysis of the questionnaires used in the pre-test, it is possible to observe that in English, unlike Portuguese, verbs are often used in the passive tense. It also emerged that there was a need to use more colloquial terms and expressions so that the question would be easier to understand, whilst preserving the meaning of the original items. Changing the tone of the questionnaire in this way should make it more suitable for use with people from a wide range of socioeconomic levels, especially those with lower social status and less education. Because the questions are qualitative rather than quantitative they are more open to interpretation and elicit more subjective responses. This creates an additional difficulty in adapting the questionnaire for the Brazilian cultural context. The data from pilot-testing of the draft version was used to develop a translated and culturally adapted version of the ABC-V. CONCLUSION: A translated and culturally adapted version of the ABC-V suitable for use in Brazil has been developed and can be used to evaluate changes in the QL of Brazilian patients with CVD.

INTRODUÇÃO: O questionário ABC-V (Assessment of Burden in Chronic Venous Disease) representa uma importante ferramenta na avaliação da carga que a Doença Venosa Crônica (DVC) inflige na qualidade de vida (QV) de seus portadores. No entanto, para que ele possa ser empregado no estudo da população brasileira, primeiramente deve ser submetido a um processo de tradução e adaptação. A DVC apresenta alta incidência e prevalência, se tornando uma questão relevante à saúde pública. Desta forma, o questionário ABC-V ao buscar avaliar a DVC e influência na QV dos pacientes, qualifica diferentes aspectos e cria um parâmetro para que essa população afetada possa ser melhor estudada. OBJETIVO: Prover tradução e validação cultural do questionário Assessment of Burden in Chronic-Venous Disease (ABC-V) para a língua portuguesa. MÉTODO: O questionário ABC-V passou por duas traduções independentes para o português, por dois tradutores bilíngües. Em seguida, os tradutores deram origem a uma versão consensual, que foi retrotraduzida por dois tradutores de língua nativa inglesa, sendo geradas as versões retro traduzidas. Posteriormente, todas as versões foram submetidas à análise por um comitê de profissionais especialistas em tradução e na cultura dos países da versão original e da brasileira, e os tradutores envolvidos. O comitê produziu a versão pré-final em português, para o pré-teste. Consequentemente, deu-se o teste da versão pré-final do questionário, sendo testado em um N entre 30 e 40 pessoas. Finalmente, o comitê anteriormente formado reavaliou todos os relatórios feitos durante o processo e analisou se houve dificuldade de entendimento do questionário por parte dos indivíduos nos quais foi aplicada a versão pré-final. RESULTADOS: Foram entrevistados 31 pacientes na fase de Pré-teste no ambulatório de Doenças Venosas Crônicas do Hospital de Ensino Padre Anchieta. Com a análise dos questionários empregados no Pré teste, pode-se observar o fato de que na língua inglesa usam-se muito os verbos no tempo passivo, diferentemente do que acontece na língua portuguesa. Dessa forma percebeu-se a necessidade de usar termos e expressões mais coloquiais para que houvesse melhor compreensão das perguntas, porém sem alterar o sentido do autor e também para que sua intenção fosse mantida, principalmente para que o questionário possa ser adequado a diferentes níveis socioeconômicos, sobretudo àqueles com nível social e educacional mais baixo. Pelo fato de as perguntas não serem quantitativas e sim qualitativas, elas acabam dando maior abertura a interpretações diferentes e dependem da subjetividade de cada entrevistado, sendo relacionadas muito a "o que você pensa de", "como você percebe tal coisa", e isso também se apresentou como fator de dificuldade para realizarmos a adaptação do questionário à realidade da população brasileira. Com os resultados obtidos da fase de Pré Teste foi então elaborada a versão traduzida e adaptada culturalmente do questionário ABC-V. CONCLUSÃO: O questionário ABC-V foi amplamente traduzido e adaptado culturalmente para a língua portuguesa, estando apto para ser empregado no Brasil para avaliar a melhora da qualidade de vida em pacientes portadores de doença venosa crônica.
Responsável: BR85.1 - Biblioteca Dante Moreira Leite


  3 / 792 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-958499
Autor: Figueiredo, Francisco Winter dos Santos; Adami, Fernando.
Título: Etapas para decisão baseada na análise estatística / Steps for the decision making based on the statistical analyses
Fonte: Rev. bras. crescimento desenvolv. hum;27(3):350-352, 2017. graf.
Idioma: en.
Resumo: Researchers and students in training are uncertain when they need to conclude their research based on results. However, for many reasons, they address their research questions based mainly on p-values. In this article, we present a framework for decision-making, based on statistical analyses, and describe fundamental aspects of rational decisions. Additionally, we discuss several aspects of the obtainment of scientific evidence, for example, how statistical analyses and research questions are related. Finally, we developed a step-by-step framework for decision-making based on statistical analyses. With this article, we intend to contribute to the development of research, and guide researchers and students regarding this important and neglected subject.

Pesquisadores e estudantes em formação ficam inseguros quando precisam concluir suas pesquisas com base nos resultados encontrados. Entretanto, por vários fatores, acabam respondendo suas perguntas de pesquisas baseados principalmente nos valores de "p". Neste artigo, apresentamos um quadro para decisão baseada na análise estatística e descrevemos aspectos fundamentais para a decisão adequada. Além disso, também discutimos aspectos relacionados a construção da evidência científica, como por exemplo, como a pergunta de pesquisa e a análise estatística estão relacionadas. Por fim, desenvolvemos um quadro com o passo a passo para tomada de decisão baseada na análise estatística. Com esse artigo, pretendemos contribuir para o desenvolvimento das pesquisas e orientar os pesquisadores e estudantes no que diz respeito a esse tema tão importante e negligenciado.
Descritores: Bioestatística
Análise Estatística
Técnicas de Apoio para a Decisão
Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  4 / 792 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-958498
Autor: Nascimento, Marcelo de Maio; Pereira, Luiz Gabriel Dantas; Cordeiro, Phillipe Ramon Nogueira; Araújo, Luciana Márcia Gomes de.
Título: Comparação e concordância de critérios à classificação do IMC de idosas fisicamente ativas, residentes no Sertão Nordestino / Comparison and agreement of criteria for the BMI classification of physically active elderly women living in the Backlands, semi-arid Region
Fonte: Rev. bras. crescimento desenvolv. hum;27(3):342-349, 2017. graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: The study of the nutritional status of the elderly merits attention, since there is no consensus regarding the criteria for the evaluation of the Body Mass Index (BMI) of this population. OBJECTIVE: The evaluation of the nutritional status of elderly women practicing regular physical exercise, as well as the comparison of the World Health Organization (WHO) and the Lipschitz criteria for the identification of health risks in order to examine their agreement. METHOD: A descriptive cross-sectional study was conducted with the participation of 76 elderly women taking part in physical exercise groups in Petrolina-PE. The nutritional status was obtained by the calculation of BMI, according to the WHO and Lipschitz criteria. The Variance analysis (ANOVA) was used to compare the variables, followed by Tukey's post hoc. The Kappa statistic established an agreement between the two BMI criteria and the Spearman coefficient determined a correlation between BMI and waist circumference (WC). RESULTS: Elderly women aged 60-79 years old were classified as being overweight by WHO and eutrophic by Lipschitz. Participants 80-89 years old demonstrated eutrophy, according to the Lipschitz criteria, while the WHO criteria diverged for this group between thinness and eutrophy. There was weak agreement between both the criteria, Kappa (0.232, p = 0.002) and a strong correlation between BMI and WC (r = 0.722, p <0.001). CONCLUSION: A divergence between the WHO and Lipschitz criteria was found. The WHO criteria proved to be more sensitive for identifying overweight and obesity, while the Lipschitz criteria were more sensitive for identifying normal weight and malnutrition. The WC measure was more accurate for detecting health risks, especially in elderly eutrophic women.

INTRODUÇÃO: O estudo do estado nutricional de idosos merece atenção, visto que não existe um consenso sobre os critérios ideias à avaliação do Índice de Massa Corporal (IMC) dessa população. OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional de idosas praticantes regulares de exercícios físicos, bem como comparar os critérios da Organização Mundial de Saúde (OMS) e de Lipschitz à identificação do risco de saúde e examinar sua concordância. MÉTODO: Estudo transversal analítico descritivo, realizado com 76 idosas integrantes de grupos de exercícios físicos, em Petrolina-PE. O estado nutricional foi obtido pelo cálculo do IMC, conforme os critérios da OMS e Lipschitz. Utilizou-se a análise de Variância (ANOVA) para comparação das variáveis, seguida pelo post hoc de Tukey. A estatística de Kappa estabeleceu a concordância entre os critérios do IMC, o coeficiente de Spearman determinou a correlação entre o IMC e a medida da circunferência abdominal (CA). RESULTADOS: Idosas entre 60-79 anos foram classificadas, sobretudo, com excesso de peso pela OMS e eutróficas por Lipschitz. Octogenárias demonstraram eutrofia segundo o critério de Lipschitz, a OMS divergiu para este grupo entre magreza e eutrofia. Verificou-se concordância fraca entre ambos os critérios, Kappa (0,232, p=0,002) e forte correlação entre o IMC e a CA (r=0,722, p<0,001). CONCLUSÃO: Existiu divergência entre os critérios da OMS e Lipschitz. A OMS se mostrou mais sensíveis para identificar sobrepeso e obesidade e Lipschitz o peso normal e a desnutrição. A medida da CA foi mais competente para detectar o risco de saúde, principalmente, em idosas eutróficas.
Descritores: Idoso
Antropometria
Estado Nutricional
Obesidade
-Índice de Massa Corporal
Estudos Transversais
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  5 / 792 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-958497
Autor: Borges, Karina Morais; dos Santos Figueiredo, Francisco Winter; Souto, Ricardo Peres do.
Título: Síndrome do comer noturno e estados emocionais em estudantes universitários / Night eating syndrome and emotional states in university students
Fonte: Rev. bras. crescimento desenvolv. hum;27(3):132-139, 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: University students are exposed to many factors related to Night Eating Syndrome (NES), an eating disorder that may be associated with obesity. OBJECTIVE: To determine the prevalence of NES among students from a Brazilian university and evaluate the association of the syndrome behaviours with emotional. biological and environmental factors. METHODS: Cross-sectional study with 200 students from a private higher education institution located in the city of Juazeiro do Norte. Ceará. Brazil. NES was evaluated using the Night Eating Questionnaire (NEQ). considering the NEQ score ≥ 25 as the cut-off value for indication of the syndrome. Depression. anxiety. and stress symptoms were assessed using the Depression Anxiety Stress Scales (DASS-21) questionnaire. Additional information was collected about the participants (gender. age. weight and height). the academic status (enrolled course. study period and year) and the employment status (whether the participant worked at least 4h daily in addition to studying. RESULTS: 30 participants (15%) presented NEQ score ≥ 25. indicative of NES. There was no association between the NEQ score and the variables: gender, nutritional status, work, enrolled course. study period and academic year. There was an association between NEQ score and severity of depression (p=0.0001). anxiety (p=0.0001) and stress (p=0.0218). CONCLUSION: Evidence of a high prevalence of NES was found among Brazilian university students and an association between the behaviours of the syndrome with depressive. anxiety and stress symptoms was found.

INTRODUÇÃO: Estudantes universitários estão expostos a muitos fatores relacionados à Síndrome do Comer Noturno (SCN), um transtorno alimentar que pode estar associado à obesidade. OBJETIVO: Determinar a prevalência da SCN entre estudantes de uma universidade brasileira e avaliar a associação de comportamentos da síndrome a fatores emocionais, biológicos e ambientais. MÉTODO: Estudo transversal realizado com 200 estudantes de instituição de ensino superior privada localizada na cidade de Juazeiro do Norte, Ceará, Brasil. A SCN foi avaliada por meio do Night Eating Questionnaire (NEQ), considerando-se o escore NEQ ≥ 25 como valor de corte para indicação da síndrome. Sintomas depressivos, de ansiedade e de estresse foram avaliados por meio do questionário Depression Anxiety Stress Scales (DASS-21). Informações adicionais foram coletadas sobre os participais (sexo, idade, peso, altura); seu status acadêmico (tipo de curso, período, série); e seu status empregatício (se o participante trabalha ao menos 4h diárias além de estudar. RESULTADOS: 30 participantes (15%) apresentaram o escore NEQ ≥ 25, indicativo da SCN. Não houve associação entre o escore NEQ e as variáveis: sexo, estado nutricional, trabalho, curso matriculado, período de estudo e série cursada. Foi observada associação entre o escore NEQ e a severidade de depressão (p=0,0001), de ansiedade (p=0,0001) e de estresse (p=0,0218). CONCLUSÃO: Foram encontradas evidências de alta prevalência da SCN entre estudantes universitários brasileiros e verificou-se associação dos comportamentos da síndrome com sintomas depressivos, de ansiedade e de estresse.
Descritores: Transtornos de Ansiedade
Estresse Psicológico
Estudantes
Universidades
Transtornos da Alimentação e da Ingestão de Alimentos
Depressão
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  6 / 792 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-958496
Autor: Pegorari, Fabio; Morgado, Flávio; Alves, Beatriz da Costa Aguiar; Azzalis, Ligia Ajaime; Junqueira, Virginia Berlanga Campos; Vicente, Maria Teresa André; Fonseca, Fernando Luiz Affonso.
Título: Nível de satisfação dos profissionais médicos quanto ao seu ambiente de trabalho em organização social de saúde de assistência ao sistema único de saúde do Brasil / Satisfaction level of phisicians working in a social health organization of unified health system in Brazil
Fonte: Rev. bras. crescimento desenvolv. hum;27(3):322-331, 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: The evaluation of a work system is based on the ability to adapt work to the man and the man to the work. One of the aspects that interfere in the capacity of adaptation is the satisfaction in the work as the integration, the autonomy, the motivation, the involvement and the utilization of the physical and mental capacities. OBJECTIVE: To analyze the level of satisfaction of medical professionals regar ding their work environment in a Social Health Organization of Brazilian Unified Health System. METHODS: It is a cross-sectional, exploratory and descriptive study. For data collection, we used a questionnaire mailed through the Google Docs platform, containing 36 questions about indicators: material, personnel, quality and socia.l RESULTS: A total of 51 physicians participated in the study. The findings showed significant associations between their satisfaction of work environment and relationship with their work team, unit manager and performance recognition CONCLUSION: The satisfaction in the work environment of the medical professional in the Social Health Organization is associated with internal factors, as well as the need for their performance recognition by the management policy. The external factors studied, such as multiple job sites.

INTRODUÇÃO: A avaliação de um sistema de trabalho se dá a partir da capacidade de adaptação do trabalho ao homem e do homem ao trabalho. Um dos aspectos que interferem na capacidade de adaptação é a satisfação no trabalho como a integração, a autonomia, a motivação, o envolvimento e a utilização das capacidades físicas e mentais. OBJETIVO: Analisar nível de satisfação dos profissionais médicos quanto ao seu ambiente de trabalho em Organização Social de Saúde de assistência ao sistema único de saúde do Brasil. MÉTODO: Trata-se de um estudo transversal, exploratório e descritivo. Para coleta de dados, utilizou-se um instrumento contendo 36 questões acerca dos indicadores: material, pessoal, qualidade e social, enviado por meio da plataforma Google Docs. RESULTADOS: Participaram da pesquisa 51 médicos. Verificou-se a existência de associações significativas entre satisfação quanto ao ambiente do trabalho do médico e relacionamento com a equipe de trabalho, gerência da unidade e reconhecimento profissional. CONCLUSÃO: A satisfação no ambiente de trabalho do profissional médico na Organização Social de Saúde (OSS) esteve associada aos fatores internos, assim como a necessidade do seu reconhecimento profissional pela política de gestão da OSS.
Descritores: Médicos
Ajustamento Social
Ambiente de Trabalho
Sistema Único de Saúde
Organização Social
Satisfação no Emprego
-Estudos Transversais
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  7 / 792 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-958495
Autor: Brito, Eduardo Sales; Schoen, Teresa Helena; Marteleto, Márcia Regina Fumagalli; Oliveira-Monteiro, Nancy Ramacciotti de.
Título: Estados de identidade de adolescentes em situação de acolhimento institucional / Identity status of adolescents living in institutional shelters
Fonte: Rev. bras. crescimento desenvolv. hum;27(3):315-321, 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: The development of adolescents living outside the environment of their families and residing in institutional shelters presents peculiar characteristics in the interactions established in their daily lives and the constitution of their identities. Erikson's psychosocial theory studies identity formation, observing exploration and commitment. Identity status can be classified as identity diffusion, foreclosure, moratorium, and identity achievement. OBJECTIVE: To evaluate identity status of adolescents living in institutional shelters. METHODS: Eighty-seven adolescents living in institutional shelters (age 12-17) individually responded to the Extended Objective Measure of the Ego Identity Status II (EOMEIS II). The data were analysed using descriptive and inferential statistics which included the following variables: gender, age range, schooling, and time of sheltering. RESULTS: There was a prevalence of the identity diffusion status in both genders, regardless of the length of schooling and despite the time of sheltering. There were differences in the results considering age range (p = 0,033). CONCLUSION: Older adolescents showed greater losses in identity development, with more negative and immature states of identity, indicative of poor preparation for leaving the institution (at age 18)

INTRODUÇÃO: O desenvolvimento de adolescentes que vivem fora do convívio familiar, por situação de acolhimento institucional, tem características peculiares nas interações estabelecidas em suas vidas cotidianas e na constituição de suas identidades. A teoria psicossocial de Erikson estuda o desenvolvimento da identidade observando a exploração e o compromisso. Os estados de identidade podem ser classificados em difusão, pré-fechamento, moratória e identidade estabelecida. OBJETIVO: Avaliar os estados de identidade de adolescentes que vivem em situação de acolhimento institucional. MÉTODO: Participaram 87 adolescentes (de 12 a 17 anos) em situação de acolhimento, que responderam ao Extended Objective Measure of the Ego Identity Status II (EOMEIS II), em aplicações individuais. Dados foram tratados de forma descritiva e inferencial pelas variáveis: sexo, faixa etária, escolaridade, e tempo de acolhimento RESULTADOS: Houve prevalência do estado de difusão de identidade, em ambos os sexos, independentemente do tempo de escolarização, e a despeito do tempo de acolhimento. Houve diferença nos resultados considerando faixa etária (p=0,033). CONCLUSÃO: Os adolescentes mais velhos sinalizaram maiores prejuízos no desenvolvimento da identidade, com prevalência de estados mais negativos e imaturos de identidade, indicativos de despreparo para saída da instituição (aos 18 anos).
Descritores: Adolescente
Criança Acolhida
Crise de Identidade
-Desenvolvimento do Adolescente
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  8 / 792 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-958494
Autor: Del Ciampo, Luiz A; Louro, Adriana L; Del Ciampo, Ieda R L; Ferraz, Ivan S.
Título: Características de hábitos de sono entre adolescentes da cidade de Ribeirão Preto (SP) / Characteristics of sleep habits among adolescents living in the city of Ribeirão Preto (SP)
Fonte: Rev. bras. crescimento desenvolv. hum;27(3):307-314, 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: Adolescence is the period of transition between childhood and adult life, characterized by changes in physical, emotional, sexual and social development. Although during this phase most individuals are healthy, it is known that health status is related to behaviors and habits such as a healthy diet, the regular practice of physical activity and good sleep quality, which contribute to optimum physical and cognitive performance. OBJECTIVE: To determine some sleep characteristics of adolescents living in the city of Ribeirão Preto (SP). METHODS: This was a cross-sectional descriptive study conducted at 14 schools in the city of Ribeirão Preto (SP) including adolescents aged 10 to 19 years who answered a questionnaire about sleep habits. The chi-square test was used to determine differences between genders with the aid of the EPI-INFO 7 software, with the level of significance set at p<0.05. RESULTS: A total of 535 adolescents (65% girls) were included in the study. Of these, 47.7% studied during the morning period and 10.3% had a job and studied in the evening period. Regarding sleep duration, 242 (45%) slept less than 9 hours per night during week days and 256 (48%) during the weekends (Saturday and Sunday), Of the total number of adolescents studied, 75.5% reported that they went to bed when they felt sleepy, 90% reported delay in falling asleep, 84.3% used some type of electronic equipment before going to sleep, and 44% reported that they woke up during the night. In the morning, 70.3% needed to be awakened, and 44.7% reported a delay in waking up. During the daytime, 70% felt somnolent and 34% reported that they slept during the day. Girls reported that they felt more daytime sleepiness (71.3%) and slept more during the day (62.1%) than boys (28.7% and 37.9%, respectively), with the difference being statistically significant (p < 0.05). CONCLUSIONS: Almost half the adolescents investigated sleep less than the minimum time considered ideal. Furthermore, the most of adolescents went to the bed when they felt sleepy, used electronic devices before to sleep, had difficulties to fall asleep, need to be awake in the morning and felt sleepy during the day. A substantial proportion of adolescents studied awoke at night and slept during the day. Compared to boys, girls felt sleepy and slept during the day significantly.

INTRODUÇÃO: A adolescência é o período de transição entre a infância e a vida adulta, caracterizada por mudanças no desenvolvimento físico, emocional, sexual e social. Embora durante esta fase a maioria dos indivíduos seja saudável, sabe-se que o estado de saúde está relacionado a comportamentos e hábitos tais como dieta saudável, prática regular de atividade física e boa qualidade do sono, que contribuem para o desempenho físico e cognitivo ideal. OBJETIVO: Determinar algumas características do sono de adolescentes que vivem na cidade de Ribeirão Preto (SP). MÉTODO: Trata-se de um estudo descritivo transversal realizado em 14 escolas da cidade de Ribeirão Preto (SP), incluindo adolescentes de 10 a 19 anos que responderam a um questionário sobre hábitos de sono. O teste do qui-quadrado foi usado para determinar diferenças entre gêneros com o software EPI-INFO 7, com o nível de significância definido em p <0,05 RESULTADOS: 535 adolescentes (65% meninas) foram incluídos no estudo. Destes, 47,7% estudavam durante o período da manhã e 10,3% trabalhavam e estudavam no período da noite. Em relação à duração do sono, 242 (45%) dormiram menos de 9 horas por noite durante a semana e 256 (48%) durante os fins de semana (sábado e domingo). Do total de adolescentes estudados, 75,5% relataram que foram para a cama quando sentiam sono, 90% relataram atraso em adormecer, 84,3% usaram algum tipo de equipamento eletrônico antes de dormir e 44% relataram que acordaram durante a noite. No período da manhã, 70,3% precisavam ser despertados, e 44,7% relataram atraso no despertar. Durante o dia, 70% sentiram-se sonolentos e 34% relataram que dormiam durante o dia. As meninas relataram que sentiram mais sonolência diurna (71,3%) e dormiam mais durante o dia (62,1%) que os meninos (28,7% e 37,9%, respectivamente), sendo a diferença estatisticamente significante (p <0,05). CONCLUSÃO: Quase metade dos adolescentes investigados dorme menos que o tempo mínimo considerado ideal. Além disso, a maioria dos adolescentes foi à cama quando sentiu sono, usou dispositivos eletrônicos antes de dormir, teve dificuldades em adormecer, precisava ser acordado pela manhã e sentiu sono durante o dia. Uma parcela substancial dos adolescentes estudados ficava acordada à noite e dormia durante o dia. Em comparação com os meninos, as meninas sentiram sono e dormiram durante o dia de forma significativa.
Descritores: Sono
Privação do Sono
Fases do Sono
Adolescente
Estilo de Vida Saudável
-Estudos Transversais
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adolescente
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  9 / 792 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-958493
Autor: Dantas, Renata Poliane Nacer de Carvalho; Simões, Thaisys Blanc dos Santos; Santos, Petrus Gantois Massa Dias dos; Dantas, Paulo Moreira da Silva; Cabral, Breno Guilherme Araújo Tinoco.
Título: Satisfação da imagem corporal em adolescentes com diferentes estágios de maturação / Satisfaction of Body Image in Adolescents With Different Maturity Stages
Fonte: Rev. bras. crescimento desenvolv. hum;27(3):300-306, 2017. ilus, graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: Adolescence is a period marked by intense body modifications that occur differently according to the maturational stage and sex, which can generate different body image perceptions. OBJECTIVE: This study aims to compare and associate body image satisfaction in different maturational stages. METHODS: Overall, 207 adolescents of both sexes aged 10-12 years were evaluated. Maturation was estimated through an equation predictive of skeletal age and for the body image evaluation, the scale of silhouettes was used. The statistical tests used were chi-square and logistic regression (odds ratio) with respective confidence intervals (95% CI). RESULTS: There was a prevalence of body image dissatisfaction of 63.8% (p <0.001). In both sexes, subjects with accelerated maturation had greater body image dissatisfaction (girls p= 0.01, boys p = 0.04), and desire to reduce their silhouette scale (p <0.001). Subjects with accelerated maturation were 2.88 more likely (CI 95% 1.03 - 8.05) of having body image dissatisfaction when compared to normal maturation; however, when adjusting for body mass index, the association lost its significance. CONCLUSION: It could be concluded that body dissatisfaction perceived by young individuals is independent of sex, and there is an association between accelerated maturational stage 2.88 times higher than in the normal maturational stage in relation to body dissatisfaction, in which the body mass index appears to be the main predictor for body dissatisfaction.

INTRODUÇÃO: A adolescência é um período marcado por intensas modificações corporais que ocorrem de forma diferente de acordo com o estágio maturacional e sexo, o que pode gerar diferentes percepções da imagem corporal. OBJETIVO: Comparar e associar a percepção de satisfação corporal de acordo com o desenvolvimento maturacional de adolescentes. MÉTODO: Foram avaliados 207 adolescentes, escolares, de ambos os sexos, com idades entre 10 a 12 anos. A maturação foi estimada através de uma equação preditora da idade óssea e para avaliação da Imagem Corporal foi utilizada a escala de silhuetas. Os testes estatísticos utilizados foram qui-quadrado e regressão logística (odds rattio) com os respectivos intervalos de confiança (IC de 95%). RESULTADOS: Verificou-se uma prevalência de insatisfação com a imagem corporal de 63,8% (p<0,001). Em ambos os sexos os sujeitos que estão com a maturação acelerada possuem maior insatisfação com a Imagem corporal (meninas p=0,01; meninos p=0,04) desejando diminuir a sua escala de silhueta (p<0,001). Os sujeitos com a maturação acelerada têm 2,88 mais chances (I.C 95% 1,03 - 8,05) de insatisfação da imagem corporal quando comparado com o estágio normal, no entanto ao ajustar pelo índice de massa corporal a associação não foi significativa. CONCLUSÃO: Pode-se concluir que a insatisfação corporal percebida pelos jovens é independente do sexo, sendo encontrada uma associação entre o estágio maturacional acelerado 2,88 vezes maior do que no estágio normal em relação à insatisfação corporal, no qual o índice de massa corporal aparenta ser o principal preditor para esta insatisfação.
Descritores: Percepção
Imagem Corporal
Índice de Massa Corporal
Adolescente
Puberdade
Desenvolvimento do Adolescente
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adolescente
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  10 / 792 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-958492
Autor: Magalhães, Rafael de Lima; dos Santos, Natalia Soares; Costa, Roberto Fernandes da; Bones, Vitória; Kruel, Luis Fernando Martins.
Título: Efeitos de dois tipos de treinamento físico de baixo impacto sobre o tempo de tela em adolescentes com excesso de peso / Effects of two types of low impact physical training on screen time among overweight adolescents
Fonte: Rev. bras. crescimento desenvolv. hum;27(3):294-299, 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: The time that adolescents spend in front of some screen as TV, computer, video games and mobile phones, has been considered a risk factor for obesity and non-communicable chronic diseases. OBJECTIVE: To analyze the effectiveness of two types of low impact training on the screen time and the BMI of overweight adolescents. METHODS: Forty-seven adolescents were allocated into three groups: control group (CG); water aerobics group (WG); and rebound training group (RG). The three groups had a weekly session of nutritional guidance; additionally, WG and RG trained 12 weeks with three weekly sessions ranging between 24 and 32 minutes, according to the stage of the training periodization with water aerobics and rebound classes, respectively. Anthropometric measurements were performed, and screen time through a questionnaire created for this study in order to identify the amount of hours that adolescents passed in front of a screen. The questionnaire was carried out before and after the training period, as well as anthropometric assessments. RESULTS: There was no difference pre and post-intervention in screen time for the three groups, however, there was a decrease in BMI in both exercise groups of the pre-training period for post-training. CONCLUSION: There was no reduction of the screen time, however the BMI decreased in the exercise groups.

INTRODUÇÃO: O tempo que adolescentes passam em frente a algum tipo de tela como TV, computador, videogames e celulares, tem sido considerado fator de risco para a obesidade e doenças crônicas não transmissíveis. OBJETIVO: Analisar a eficiência de dois tipos de treino de baixo impacto sobre o tempo de tela e sobre o IMC de adolescentes com excesso de peso. MÉTODO: Foram alocados 47 adolescentes em três grupos: controle (GC); hidroginástica (GH); e jump (GJ). Os três grupos tiveram uma sessão semanal de orientação nutricional; além disso, o GH e GJ treinaram 12 semanas com três sessões semanais variando entre 24 e 32 minutos, conforme fase da periodização do treinamento, com aulas de hidroginástica e jump, respectivamente. Foram realizadas avaliações antropométricas e do tempo de tela por meio de questionário criado para o presente estudo, a fim de identificar a quantidade de horas que os adolescentes passavam em frente de uma tela. A aplicação do questionário foi realizada pré e pós-período de treinamento, assim como as avaliações antropométricas. RESULTADOS: Não houve diferença pré e pós-intervenção no tempo de tela para os três grupos, no entanto, houve redução no IMC em ambos os grupos de exercícios do período pré para o pós-treinamento. CONCLUSÃO: Não houve redução do tempo de tela, entretanto o IMC diminuiu nos grupos de exercícios.
Descritores: Exercício
Índice de Massa Corporal
Avaliação Nutricional
Antropometria
Adolescente
Estilo de Vida Sedentário
Obesidade
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adolescente
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência



página 1 de 80 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde