Base de dados : LILACS
Pesquisa : Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento - LILACS
Referências encontradas : 331 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 34 ir para página                         

  1 / 331 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1010382
Autor: Rebelo, Emanuelle Bittencourt; Oliveira, Keila Marilda Ribas de; Lobato, Thays Milena Xavier; Silva, Wilcinea Gomes da; Bandeira, Clívia Cristiane Amaral; Rocha, Rodrigo Santiago Barbosa; Rocha, Larissa Salgado de Oliveira.
Título: Exposição solar e envelhecimento precoce em trabalhadores praianos do município de Salinópolis/PA / Solar exposure and early aging in beach workers of the municipality of Salinópolis/PA
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;23(3):159-173, dez. 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Identificar a presença do envelhecimento precoce de pele em pescadores de Salinópolis/PA. Métodos: A pesquisa foi realizada com 275 pescadores, de 18 a 59 anos, no período de março a maio de 2016, sendo aplicados dois questionários: "Protocolo de Avaliação Facial ­ PAF" e "Hábitos de exposição e fotoproteção solar", ambos modificados pelas pesquisadoras. Resultados: Foi observada prevalência de trabalhadores praianos de 26 a 35 anos (36%), pele parda (70%), fototipo III (64%) e com a presença de fotoenvelhecimento (61%), que se expunham diariamente ao sol (97%), não possuíam cuidados com a pele (91%) e não usavam protetor solar (92%). Os voluntários relataram que não gostavam de aplicar protetor solar (59%) e desconheciam que a radiação ultravioleta causava envelhecimento da pele (60%), manchas na pele (54%) ou câncer (56%). Conclusão: A maioria dos pescadores não utilizavam fotoprotetores e apresentavam fotoenvelhecimento com predisposição a desenvolver câncer de pele. (AU)

Objective: To identify the presence of precocious skin aging in fishermen in Salinópolis/PA. Methods: The research was carried out with 275 fishermen, from 18 to 59 years of age, from March to May 2016. Two questionnaires were applied: "Facial Evaluation Protocol ­ PAF" and "Habits of exposure and solar photoprotection", both modified by the researchers. Results: The prevalence of beach workers from 26 to 35 years of age (36%), of brown skin (70%), phototype III (64%) and photoaging (61%), who were exposed daily to the sun (97%), did not have skin care (91%) and did not use sunscreen (92%). The volunteers reported that they did not like to apply sunscreen (59%) and were unaware that ultraviolet radiation caused skin aging (60%), skin blemishes (54%) or cancer (56%). Conclusion: Most fishermen did not use photoprotectors and presented photoaging with a predisposition to develop skin cancer. (AU)
Descritores: Neoplasias Cutâneas/etiologia
Protetores Solares/administração & dosagem
Raios Ultravioleta/efeitos adversos
Envelhecimento da Pele/efeitos da radiação
Pesqueiros
-Luz Solar/efeitos adversos
Estudos Transversais
Limites: Seres Humanos
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  2 / 331 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1010360
Autor: Locatelli, Jamille; Araújo, Daniel Júlio de; Sena, Heitor Nunes de; Prado, Ida Berenice Heuser do.
Título: Capacidade aeróbica, força e resistência musculares de idosas praticantes de ginástica / Aerobic capacity, muscl estrength and resistance of the elderly women practitioners of gymnastics
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;23(3):145-157, dez. 2018. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo desse estudo foi avaliar o efeito de 12 semanas de um programa de exercícios de ginástica sobre os níveis de condicionamento aeróbico, força de preensão manual e força e resistência musculares de membros inferiores de idosas praticantes de ginástica. Foram avaliadas 25 idosas, sendo 9 sedentárias (70 ± 7 anos) e 16 já praticantes de ginástica (70 ± 5 anos). As praticantes de ginástica foram submetidas a um programa de exercícios aeróbicos e de resistência muscular por um período de 12 semanas (2x/semana, 50 min/sessão). Antes do início do programa de exercícios, foram aplicados testes de caminhada de 6 minutos (avaliação da capacidade aeróbica), de dinamometria manual (avaliação da força de preensão manual) e levantar e sentar na cadeira em 30 segundos (avaliação da força e resistência musculares de membros inferiores). Ao final de 12 semanas, os testes foram reaplicados e os resultados demonstraram aumento significativo nos valores de metros caminhados em 6 minutos (514 ± 26 m vs. 457 ± 40 m), nos valores de quilograma-força (24,4 ± 4,3 kgf vs. 20,8 ± 4 kgf) e no número de repetições em 30 segundos (13 ± 2 vs. 9 ± 2 repetições) para o grupo praticante de ginástica. Em contrapartida, o grupo controle não mostrou alteração em nenhuma variável após 12 semanas. Conclui-se que um programa regular de exercícios de ginástica aeróbicos e de resistência muscular, com duração de 12 semanas, é capaz de proporcionar benefícios aos componentes da aptidão física relacionada à saúde de idosas. (AU)

The aim of the study was to evaluate the effect of 12 weeks of a gymnastic exercise program on the levels of aerobic conditioning, hand-grip strength and muscular strength and endurance in the lower limbs of elderly women practitioners of gymnastics. Twenty-five elderly women were evaluated, 9 sedentary (70 ± 7 years) and 16 practitioners of gymnastics (70 ± 5 years). The practitioners of gymnastics were submitted to aerobic and muscular endurance exercises for 12 weeks (2 times/week, 50 minutes/session). Before the beginning of the gymnastics exercise program, the 6-minute walk test (aerobic capacity assessment), the dynamometry manual (hand- -grip strength assessment) and the sit-up chair test in 30 seconds (muscular strength and endurance in the lower limbs assessment) were applied. At the end of the program, the tests were reapplied, and the results showed a significant increase in the values of meters walked in 6 minutes (514 ± 26 m vs. 457 ± 40 m), in the values of kilogram-force (24.4 ± 4.3 kgf vs. 20.8 ± 4 kgf) and in the number of repetitions in 30 seconds (13 ± 2 vs. 9 ± 2 repetitions) for the practitioners of gymnastics group. In contrast, the control group showed no change in any variable after 12 weeks. It can be concluded that a 12-week regular aerobic and muscular endurance exercise is able to provide benefits to the physical fitness components related to the health of the elderly. (AU)
Descritores: Resistência Física/fisiologia
Força Muscular/fisiologia
Ginástica/estatística & dados numéricos
-Aptidão Física
Limites: Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  3 / 331 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1010356
Autor: Zanesco, Camila; Bordin, Danielle; Santos, Celso Bilynkievycz dos; Fadel, Cristina Berger.
Título: Fatores associados a emergências médicas domiciliares em idosos brasileiros / Factors associated with household medical emergencies in elderly brazilians
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;23(3):129-144, dez. 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do estudo consiste em analisar os fatores associados à vivência de emergências domiciliares por idosos brasileiros. Estudo de caráter transversal, quantitativo, com fonte de dados secundária ­ Pesquisa Nacional de Saúde ­ 2013. A amostra foi composta por indivíduos com 60 anos ou mais (n = 23.815). A variável desfecho foi nomeada "Emergência domiciliar" e foram incluídas 56 variáveis independentes. Os dados foram tratados, e posteriormente foi realizada redução de dimensionalidade no software Waikato Environment for Knowledge Analysis. As variáveis fortemente associadas com situações de emergência domiciliar foram analisadas através da regressão logística para mensurar a intensidade da ligação. Os achados apontam que as situações de emergência domiciliar envolvendo idosos têm maior probabilidade de acontecer quando o indivíduo precisou ser internado nos últimos 12 meses (OR = 7,02), teve dificuldade em ir ao médico sozinho (OR = 2,10), autopercebeu-se em situação negativa de saúde (OR = 2,00), teve dificuldade em administrar as próprias finanças (OR = 1,71), teve dificuldade de sentar-se ou levantar-se de uma cadeira (OR = 1,67), deixou de realizar qualquer atividade habitual por motivo de saúde (OR = 1,66), procurou o mesmo médico ou serviço de saúde quando precisou de atendimento (OR = 1,34) e teve frequência superior a quatro consultas médicas nos últimos 12 meses (OR = 1,39). A interpretação dos presentes achados compõe uma importante base para o planejamento e desenvolvimento de ações preventivas e promotoras de saúde. (AU)

The objective of the study is to analyze the factors associated with the experience of household emergencies by Brazilian elderly. Cross- -sectional, quantitative study with secondary data source ­ National Health Survey ­ 2013. The sample consisted of individuals aged 60 years or over (n = 23,815). The outcome variable was named "Household emergency", 56 independent variables were included. The data were processed, then the dimensionality reduction was performed in the Waikato Environment for Knowledge Analysis software. The variables strongly associated with home emergency situations were analyzed through logistic regression, to measure the intensity of the connection. The findings indicate that home emergency situations involving the elderly are more likely to occur when the individual had to be hospitalized in the last 12 months (OR = 7.02), had difficulty going to the doctor alone (OR = 2.10), self-perceived negatively their health (OR = 2.00), has difficulty managing their own finances (OR = 1.71), has difficulty sitting or getting up from a chair (OR = 1.67), has failed to perform any usual activity (OR = 1.66), had sought the same physician or health service when they needed care (OR = 1.34) and had a frequency of more than four medical visits in the last 12 months (OR = 1.39). The interpretation of the findings presents an important basis for the planning and development of preventive and health promotion actions. (AU)
Descritores: Idoso
Nível de Saúde
Fatores de Risco
Emergências
Assistência Domiciliar/estatística & dados numéricos
-Estudos Transversais
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  4 / 331 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1010350
Autor: Bandeira, Vanessa Adelina Casali; Gewehr, Daiana Meggiolaro; Colet, Christiane de Fátima; Oliveira, Karla Renata de.
Título: Identificação do uso e fatores associados ao consumo de medicamentos potencialmente inapropriados por idosas / Identification of the use and associated factors with the consumption of potentially inappropriate medications by elderly women
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;23(3):111-128, dez. 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo objetiva identificar o uso de medicamentos potencialmente inapropriados por idosas e os fatores associados. Realizou-se delineamento transversal, retrospectivo e analítico. A amostra foi constituída por mulheres, com idade igual ou superior a 60 anos, em uso de no mínimo um medicamento. Para a definição e identificação dos medicamentos potencialmente inapropriados, foram empregados os critérios de Beers. Participaram do estudo 79 idosas, com idade média de 63,44 ± 2,39 anos, as quais utilizavam um total de 225 medicamentos, dos quais 72 (35,1%) foram classificados como medicamentos potencialmente inapropriados, utilizados por 44 (55,7%) mulheres. O número de medicamentos em uso e o relato de insônia e depressão apresentaram-se associados ao uso de medicamentos inapropriados. Os inibidores da bomba de prótons, benzodiazepínicos e anti-inflamatórios não esteroides foram as classes de medicamentos inapropriados mais frequentes. Os resultados evidenciam que mais da metade das idosas estão em uso de no mínimo um medicamento inapropriado. Nesse contexto, destaca-se a necessidade da divulgação dos critérios de Beers entre os profissionais de saúde como estratégia para a promoção da farmacoterapia segura e eficaz à população idosa. (AU)

This study's objective is to identify the use of potentially inappropriate medications by elderly women and associated factors. 125Estud. interdiscipl. envelhec., Porto Alegre, v. 23, n. 3, p. 111-128, 2018. A R T I G O S A cross-sectional retrospective and analytical design was carried out. The sample consisted of women aged over 60 years in use of at least one medication. For definition and identification of potentially inappropriate medications, the Beers criteria were used. The study included 79 elderly women, whose mean age was 63.44 ± 2.39 years and whom used a total of 225 medications, of which 72 (35.1%) were classified as potentially inappropriate medications, used by 44 (55.7%) women. The number of medications in use, the reporting of insomnia and depression were associated to the use of inappropriate medications. Proton pump inhibitors, benzodiazepines, and non-steroidal anti- -inflammatory drugs were the most common classes of inappropriate medications. The results evidenced that more than half of the elderly women are using at least one inappropriate medication. In this context, it's important to bring to attention the need to disseminate the Beers criteria among health professionals as a strategy for the promotion of safe and effective pharmacotherapy to the elderly population. (AU)
Descritores: Fatores de Risco
Uso Indevido de Medicamentos sob Prescrição/estatística & dados numéricos
-Lista de Medicamentos Potencialmente Inapropriados/estatística & dados numéricos
Limites: Seres Humanos
Feminino
Meia-Idade
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  5 / 331 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1010349
Autor: Wollmann, Patrícia Galdino de Andrade; Coelho, Stéfane Araújo; Boaventura, Laura Garcia; Murici, Beatriz Guimarães Murici; D'Oliveira, Geórgia Danila Fernandes; Melo, Gislane Ferreira de.
Título: Associação entre a autopercepção do envelhecimento e a autopercepção da saúde / Association between the self-perception of aging and the self-perception of health
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;23(3):95-110, dez. 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A autopercepção da saúde é um determinante multidimensional e subjetivo do indivíduo para análise de sua própria saúde, considerado um fator para evidências de declínio funcional e de mortalidade. O objetivo deste estudo foi verificar a associação da autopercepção do envelhecimento e autopercepção da saúde. Trata-se de um estudo com delineamento transversal, descritivo e de associação. A amostra foi constituída de 224 indivíduos com idade igual ou superior a 60 anos, de ambos os sexos, sendo 64,4% indivíduos femininos e 35,5% masculinos, todos residentes no Distrito Federal. A coleta de dados foi realizada por meio de questionário sociodemográfico e pelo Questionário de Autopercepção do Envelhecimento (QAPE), versão brasileira. Foram realizadas análises descritivas, comparativas de grupo e correlações. Verificou-se que não ocorreu diferença estatística significativa entre a autopercepção do envelhecimento e a autopercepção da saúde, contudo, os dados demonstram que quanto melhor a autopercepção da saúde, melhor a autopercepção do envelhecimento. (AU)

The self-perception of health is a multidimensional and subjective, determinant factor for an individual to analyze their own health, considered part of evidence of functional decline and mortality. The objective of this study was to investigate the association between self-perception of aging and self-perception of health. It is a cross-sectional, descriptive and associative study. The sample consisted of 224 individuals over 60 years of age, of both sexes, with 64.4% female and 35.5% male individuals, resident in the Federal District. Data collection was performed using a demographic questionnaire and the Aging Self- -Perception Questionnaire (QAPE), Brazilian version. Descriptive, comparative analysis group and correlations were performed. It was verified that there was no significant statistical difference between the self-perception of aging and the self-perception of health, however, the data shows that the better the self-perception of health, the better the self-perception of aging. (AU)
Descritores: Autoimagem
Envelhecimento/psicologia
Nível de Saúde
-Qualidade de Vida/psicologia
Doença/psicologia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  6 / 331 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1010253
Autor: Lacerda, Jennifer; Gomes, Angélica Bezerra; Chariglione, Isabelle Patriciá Freitas Soares; Melo, Gislane Ferreira de; Chiarello, Marileusa Dosolina.
Título: Comportamento alimentar e idosos: um estudo sobre a estética e a gastronomia / Eating habits and the elderly: a study on aesthetics and gastronomy
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;23(3):77-93, dez. 2018. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo desta pesquisa foi avaliar a percepção de diferentes preparações gastronômicas entre idosos. Participaram desta pesquisa 38 idosos (idade = 67,65, DP = ± 6,15), que degustaram uma preparação montada de duas formas, uma mais e outra menos estética. Esses idosos responderam a um questionário semiestruturado para os dados sociodemográficos, além de medidas hedônicas relacionadas às preparações e medidas psicológicas para avaliação dos estados de humor. Para análise dos dados, foram utilizados os testes Shapiro-Wilks, Wilcoxon, Mann Whitney e Kruskal-Wallis. Além disso, optou-se por trabalhar com o delta da diferença com três grupos, de acordo com a sua preferência de prato, utilizando o teste Qui-Quadrado (Monte Carlo). Os resultados demonstraram que o prato mais estético foi melhor avaliado por todos os idosos (p = 0,000), que o prato mais estético foi percebido como maior quantidade de sal quando dividido por faixa etária (p = 0,020), não havendo diferença entre idosos e idosas (p ≥ 0,05). Também não foram encontradas diferenças quanto às percepções pelo fato de o idoso cozinhar ou não, tampouco pela presença de ansiedade e depressão, visto que o grupo tinha baixos escores dessas. Assim, a utilização de pratos mais estéticos na gastronomia pode vir a favorecer a melhora do comportamento alimentar neste grupo, assim como melhorar a percepção de gostos, especialmente do salgado, que é diminuído no processo de envelhecer. (AU)

The objective of this research was to evaluate the perception of different gastronomic preparations among the elderly. Thirty-eight elderly (age = 67.65, SD = ± 6.15) participated in this study, who tasted a preparation assembled in two ways, one more and one less aesthetic. Those elderly filled in a semi-structured questionnaire for sociodemographic data, as well as hedonic measures related to the preparation and psychological measures to assess mood states. For data analysis, the Shapiro-Wilks, Wilcoxon, Mann Whitney and Kruskal-Wallis tests were used. In addition, we chose to work with the difference delta with three groups, according to their plate preference, using the Chi-square test (Monte Carlo). The results showed that the most aesthetic dish was better evaluated by all the elderly (p = 0.000), that the more aesthetic dish was perceived as having a greater amount of salt when divided by age group (p = 0.020), and that there was no difference between elderly men and elderly women (p ≥ 0.05). Also, no differences on perceptions were found regarding the fact of whether the elderly cooked or not, as well as whether they had anxiety and depression, since the group had low anxiety and depression scores. Thus, the use of more aesthetic dishes in the gastronomy may favor the improvement of the food behavior in this group, as well as improve the perception of tastes, especially the salty one, that is diminished in the aging process. (AU)
Descritores: Percepção Visual
Estética/psicologia
Comportamento Alimentar/psicologia
Preferências Alimentares
-Ansiedade/epidemiologia
Estudos Transversais
Fatores Etários
Culinária
Depressão/epidemiologia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  7 / 331 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1010245
Autor: Porto, Camila Feldberg; Rezende, Edson José Carpintero.
Título: Experiência de aplicação do Guia Global da Cidade Amiga do Idoso em uma região de Belo horizonte ­ MG / Experience of applying the Global Age-friendly Cities Guide in a region of Belo Horizonte ­ MG
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;23(3):47-75, dez. 2018. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A população idosa cresce e as áreas urbanas se expandem mundialmente. Esta realidade interfere na qualidade de vida dos idosos, o que pode afetar sua saúde. Por esta razão, a questão vem sendo discutida pela Organização Mundial da Saúde, que criou o "Guia Global da Cidade Amiga do Idoso", no intuito de identificar pontos fracos e fortes de cidades e localidades quanto à sua amigabil idade ao envelhecimento. Assim, este estudo conduz uma pesquisa qualitativa, utilizando-se da técnica de grupo focal e das diretrizes do guia, para diagnosticar uma região da cidade de Belo Horizonte quanto a seus aspectos amigáveis aos idosos lá residentes. Contou com a participação de mais de 30 pessoas, idosas e não idosas, e concluiu que a região tem potencial para ser considerada amiga do idoso. (AU)

The elderly population grows, and the urban areas expand worldwide. This reality interferes with elderly's life quality, which may affect their health. For this reason, this issue has been discussed by the World Health Organization, which created the document "Global Age-Friendly Cities: a Guide", in order to identify strengths and weaknesses of cities and localities regarding their age-friendliness. Thus, this study conducts a qualitative research, uses the focus group technique and the Guide's guidelines to diagnose a region of Belo Horizonte city concerning its age-friendly aspects. Over 30 individuals, older and younger, participated in the research. The conclusion is that the region has potential to be considered age-friendly. (AU)
Descritores: Saúde do Idoso
Cidades
Planejamento de Cidades/métodos
Envelhecimento Saudável
-Organização Mundial da Saúde
Brasil
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  8 / 331 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1010237
Autor: Ferreira, Simone Oliveira; Lavinsky, Andréa Evangelista; Levi, Talita Machado; D'Alencar, Raimunda Silva.
Título: A velhice no olhar dos acadêmicos de enfermagem, direito e pedagogia / The old age through the view of academics of nursing, law and pedagogy
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;23(3):27-46, dez. 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo propõe analisar os significados da velhice atribuídos por acadêmicos da Universidade Estadual de Santa Cruz, considerando a importância dessa temática, visto que a velhice faz parte do processo de evolução humana e esta tem se tornado um fenômeno global. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, realizada no período de 2014 a 2016 por meio de entrevista semiestruturada, que contou com a participação de vinte e dois acadêmicos dos cursos de Enfermagem, Pedagogia e Direito. Os dados analisados revelaram que a maioria dos acadêmicos apresenta uma maneira singular de entender a velhice. As expectativas estão voltadas para uma vida longeva, um envelhecimento ativo e pautado no respeito. O fato de envelhecer não vem expresso nas falas como algo negativo, mas foram direcionadas preocupações para uma velhice não compartilhada, com ausência do núcleo familiar e a falta de mecanismos na sociedade que garantam de forma efetiva os direitos dos idosos. Apesar das significações e representações positivas no que se refere à velhice, percebeu-se em alguns relatos a falta de proximidade com essa fase. Esta pesquisa mostrou a necessidade de se discutir enquanto sociedade sobre as questões que envolvem os idosos, assim como sobre o preparo do envelhecimento enquanto pessoa que também está envelhecendo, haja vista os reflexos para uma sociedade de idosos, que já é uma realidade. (AU)

This study proposes an analysis of the meanings of old age attributed by academics of the State University of Santa Cruz, considering the importance of this subject, since old age is part of the process of human evolution, which has become a global phenomenon. This is a qualitative research, carried out from 2014 through 2016 by means of a semi-structured interview, which was attended by twenty-two academics from the Nursing, Pedagogy and Law courses. The data analyzed revealed that most academics present a unique way of understanding old age. Expectations are focused on a long life and on an active and respectful aging. The fact of aging is not expressed in the speeches as something negative, but concerns were directed towards an unshared old age, with absence of the family nucleus, and the lack of mechanisms in society that effectively guarantee the rights of the elderly. Despite the positive meanings and representations regarding old age, it has come to attention in some reports the lack of proximity to this phase. This research showed the need to discuss the issues that involve the elderly as a society, as well as discuss the preparation of aging as a person who is also aging, taking into account the reflexes on an elderly society that is already a reality. (AU)
Descritores: Estudantes/psicologia
Envelhecimento/psicologia
Educação Superior
-Percepção Social
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  9 / 331 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1010226
Autor: Moura, Wanderlanya Cristina Silva de; Aquino, Paula Marques Lima Pessoa de; Aquino, Thiago Antonio Avellar de.
Título: Consciência da finitude e valores humanos: um estudo com idosos em instituições de longa permanência / Consciousness of finitude and human values: a study with elderly persons in long-stay institutions
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;23(3):9-25, dez. 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O presente estudo teve como objetivo identificar o impacto da consciência da finitude na estrutura valorativa nos idosos. Participaram do estudo 50 idosos residentes de duas Instituições de Longa Permanência para Idosos, sendo a maioria do sexo feminino (72%), com idade média de 76 anos e majoritariamente católicos (80%). Como instrumentos de coleta foram utilizados o Questionário de Valores Básicos (QVB), o Questionário de Sentido da Vida (QSV), a Escala de Atitudes Religiosas (EAR-20), a Escala de Percepção Ontológica do Tempo e um questionário sociodemográfico. Os resultados foram discutidos à luz da Logoterapia e Análise Existencial de Viktor Frankl, relacionando a consciência da finitude da vida com a estrutura valorativa, a percepção ontológica do tempo, a atitude religiosa e a percepção da temporalidade na busca e presença de sentido. (AU)

This work has had as primary purpose to identify the impact of the consciousness of finitude in elderly's structure of values. A total of 50 elderly individuals, residents of long-stay institutions, most of them women (72%), with an average age of 76 years of age, in most part catholic (80%), took part in this study. The instruments of data collection were Basic Values Questionnaire (BVQ), Meaning in Life Questionnaire (MLQ), Religious Attitudes Scale (RAS-20), Ontological Time Perception Scale (OTPS) and a sociodemographic questionnaire. The results have been discussed according to the Logotherapy and Existential Analysis by Viktor Frankl, relating the consciousness of finitude to the structure of values, the ontological time perception, the religious attitude and the temporality perception in the pursuit and presence of meaning. (AU)
Descritores: Valores Sociais
Percepção do Tempo
Atitude Frente à Morte
Espiritualidade
Saúde do Idoso Institucionalizado
-Filosofia
Instituição de Longa Permanência para Idosos
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  10 / 331 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1010221
Autor: Silva, Suelane Renata de Andrade; Marques, Ana Paula de Oliveira; Leal, Márcia Carréra Campos; Torres, Kydja Milene Souza; Araújo, Janaína Gabriela Coêlho de.
Título: Pessoas com 50 anos e mais com HIV/AIDS no Brasil: quem são? / People 50 years old and over with HIV/AIDS in Brazil: who are they?
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;23(2):149-165, ago. 2018. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: O presente estudo teve como objetivo identificar as evidências científicas sobre quem são as pessoas envelhecidas com HIV/AIDS nos estudos brasileiros, à luz dos aspectos clínicos e epidemiológicos. Caracteriza-se como uma revisão integrativa da literatura, desenvolvida nas bases de dados SCOPUS, SciELO e LILACS com uso dos descritores "HIV", "Epidemiologia", "Idoso" e "AIDS", em português e em inglês, publicados nos últimos 10 anos. Resultou em 15 estudos, que tiveram os dados descritos em três subcategorias: aspectos sociodemográficos, epidemiológicos e clínicos. Concluiu-se que é necessária uma melhor identificação desses pacientes para que se possa nortear caminhos para prevenção, diagnóstico precoce, proteção e controle do agravo e reformulações nas ações de saúde para garantir a qualidade de vida dos idosos. (AU)

The present study aimed to identify the scientific evidence about who are the people aged with HIV/AIDS in Brazilian studies in light of clinical and epidemiological aspects. It is characterized as an integrative review of the literature, developed in the databases Scopus, SciELO and LILACS using the descriptors "HIV", "Epidemiology", "Elderly" and "AIDS", in Portuguese and in English, published in the last 10 years. It resulted in 15 studies, which had the data separated into three subcategories: socio-demographic, epidemiological and clinical aspects. It was concluded that a better identification of these patients is necessary in order to guide ways for prevention, early diagnosis, protection and control of the disease and reformulations in health actions to guarantee the quality of life of the elderly. (AU)
Descritores: Perfil de Saúde
Idoso
Envelhecimento
Infecções por HIV/epidemiologia
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/epidemiologia
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR574.2 - Biblioteca



página 1 de 34 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde