Base de dados : LILACS
Pesquisa : Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento - LILACS
Referências encontradas : 305 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 31 ir para página                         

  1 / 305 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-913660
Autor: Ferreira, Michelle Cristina; Teixeira, Karla Maria Damiano.
Título: O uso de redes sociais virtuais pelos idosos / The use of virtual social networks by the elderly
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;22(3):153-167, dez. 2017. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Frente às mudanças na estrutura populacional, somada às alterações tecnológicas advindas do crescimento da utilização de redes sociais virtuais (RSV) no dia a dia das pessoas, faz-se necessário uma melhor compreensão sobre o uso destas redes por idosos. Para realizar tal análise, é de grande relevância que se aprofundem estudos sobre os fatores que motivam esse público ao uso das RSV. A academia começou a explorar as características dos usuários de RSV e os motivos de sua utilização. No entanto, a maioria dos estudos tem se limitado a estudar um grupo específico de usuários ­ os jovens ­ deixando, dessa forma, lacunas a respeito de outros grupos etários, como os idosos. Além disso, há um enfoque em tecnologia e inovação e não especificamente na utilização somente de RSV. Nesse contexto, surgiu o interesse em conduzir uma pesquisa com o objetivo de identificar as principais motivações que levam os idosos a adotarem o uso de RSV em seu cotidiano. Para isso, foi realizada uma pesquisa exploratória descritiva, de natureza qualitativa com uma amostra de 21 idosos que possuem perfil em RSV. Os resultados apontaram que uso das RSV proporciona aos idosos, experiências positivas, principalmente relacionadas como um recurso para entretenimento e contato com familiares e amigos. A facilidade de comunicação favorece para que os idosos possuam uma maior e melhor rede de relações, em especial, para que o contato com a família ocorra com mais facilidade e que a saudade entre os membros seja minimizada. (AU)

In view of the changes in the population structure, coupled with the technological changes resulting from the increase in the use of virtual social networks (RSV), people's daily lives require a better understanding of the use of these networks by the elderly. In order to carry out such an analysis, it is of great relevance that studies on the factors that motivate this public to the use of RSV are deepened. The academy began to explore the characteristic of RSV users and the reasons for their use. However, most studies have been limited to studying a specific group of users - the young - leaving, in this way, gaps regarding other age groups, such as the elderly. In addition, there is a focus on technology and innovation and not specifically on the use of RSV alone. In this context, the interest arose in conducting a research with the objective of identifying the main motivations that lead the elderly to adopt the use of RSV in their daily lives. For this, a descriptive, descriptive exploratory research was carried out, with a qualitative nature, with a sample of 21 elderly individuals with RSV profile. The results showed that the use of RSV provides the elderly, positive experiences, mainly related as a resource for entertainment and contact with family and friends. The ease of communication favors the elderly to have a greater and better network of relationships, in particular, so that the contact with the family occurs more easily and that the longing among the members is minimized. (AU)
Descritores: Relações Interpessoais
Motivação
Mídias Sociais/utilização
Rede Social
-Envelhecimento/psicologia
Tecnologia da Informação/utilização
Qualidade de Vida
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  2 / 305 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-913658
Autor: Araújo, Andrea Mendes; Bós, Angelo José Gonçalves.
Título: Qualidade de vida da pessoa idosa conforme nível de institucionalização / Quality of life of elderly people as level of institutionalization
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;22(3):137-152, dez. 2017. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: Pesquisas apontam efeito negativo da institucionalização da pessoa idosa para a sua qualidade de vida. Objetivo: Avaliar possíveis diferenças na qualidade de vida da pessoa idosa em lista de espera para residir em instituição de longa permanência (espera), residente em instituição (residente), e daquele que não está em lista de espera (não espera). Método: Estudo transversal. Entrevistados 50 componentes de cada grupo, pareados por sexo, idade e escolaridade. Utilizados os instrumentos WHOQOL-BREF e WHOQOL-OLD. Resultados: Encontrou-se diferença significativa em todos os domínios e questões do WHOQOL-BREF entre os três grupos, com médias do escore total de: 62,0±10,61, 44,1±13,63 e 68,8±7,07, respectivamente, para residente, espera e não espera. Importantes diferenças também foram identificadas na avaliação do WHOQOL-OLD. O escore total do residente: 60,4±9,88; espera: 48,5±12,15 e não espera: 68,5±7,90 (p<0,0001). Conclusão: A institucionalização não proporciona piora na qualidade de vida da pessoa idosa, a percepção dessa qualidade de vida pode já estar comprometida quando se procura a institucionalização. (AU)

Introduction: Studies shows the negative effect of the elderly´s institutionalization on quality of life. Objective: To evaluate possible differences in the elderly´s quality of life on waiting lists for living in long-term institutions (waiting list), living in institution (resident) and that not in the waiting list (control). Method: Cross-sectional study. Fifty respondents in each group were paired by sex, age and education level. WHOQOL-BREF and WHOQOL-OLD instruments were used. Results: There was significant difference in all domains and issues of the WHOQOL-BREF among the three groups, with the mean total scores of: 62.0±10.61, 44.1±13.63 and 68.8±7.07, respectively for the resident, waitlisted and control groups. Important differences were also identified in the evaluation of the WHOQOL-OLD. The total score for the resident was 60.4±9.88, waitlisted: 48.5±12.15 and control: 68.5±7.90 (p<0.0001). Conclusion: Institutionalization does not worsen the elderly's quality of life; the perception of this quality can already be compromised when seeking institutionalization. (AU)
Descritores: Instituição de Longa Permanência para Idosos/provisão & distribuição
Institucionalização
Qualidade de Vida
-Estudos Transversais
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  3 / 305 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-913657
Autor: Galvão, Natália; Leite, Maysa de Lima; Virgens Filho, Jorim de Sousa das.
Título: Análise de fatores climáticos e doenças do aparelho circulatório em idosos para diferentes localidades do estado do Paraná / Analysis of climatic factors and diseases of the circulatory apparatus for different locations of the state of Paraná
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;22(3):121-136, dez. 2017. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O clima é o principal fator ambiental e tem formas diretas e indiretas de influenciar nas condições de saúde e bem estar humano. Os idosos apresentam maior vulnerabilidade em relação ao clima e as variações climáticas são sentidas mais intensamente nessa faixa de idade. Os idosos têm mais chance de desenvolver patologias, como as doenças cardiovasculares, considerando que com o avançar dos anos o sistema cardiovascular passa por alterações. Este trabalho teve como objetivo avaliar a relação entre a morbidade e a mortalidade de idosos pelas doenças do aparelho cardiovascular (DAC) e variáveis climáticas em sete municípios. A metodologia empregada foi um estudo ecológico, utilizando dados epidemiológicos que foram analisados em formato de taxa de internação e coeficiente de mortalidade juntamente com os dados climáticos pelo teste de Coeficiente de Correlação de Pearson e por Regressão Linear Múltipla. Os testes estatísticos apontaram que a variável climática que mais influência nas internações e óbitos por DAC é a temperatura do ar, e ainda mostraram uma relação mais evidente entre as variáveis climáticas e os óbitos por DAC. Constata-se que o clima atua de forma individualizada nas internações por DAC em cada município, não demonstrando um padrão específico ou sazonal para as setes localidades. Os óbitos por DAC, entretanto, apresentam um padrão de aumento nos meses mais frios (junho, julho, agosto) nas sete localidades. (AU)

Climate is the main environmental factor and has direct and indirect ways of influencing health conditions and human well-being. Older people are more vulnerable to climate and climate variations are felt more intensely in this age range. The elderly are more likely to develop pathologies, such as as cardiovascular diseases, considering the advancing age or cardiovascular system goes through. The objective of this study was to evaluate the relationship between morbidity and mortality of elderly people due to diseases of the cardiovascular system (CAD) and climatic variables in seven municipalities. A methodology used for an ecological study, using epidemiological data that were analyzed in hospitalization rate format and mortality coefficient, with the climatic data by the Pearson Correlation Coefficient test and by Multiple Linear Regression. The statistical tests pointed out that it is a climatic variable that is stronger in the hospitalizations and deaths by CAD and a temperature, and we still show a clearer relation between climatic and optical variables by CAD. It is verified that the climate acts individuallly in hospitalizations for CAD in each municipality, it is not a specific or seasonal pattern for the defined localities. Deaths from CAD, among the most recent patterns in the most recent months (June, July, August) in the seven localities. (AU)
Descritores: Idoso
Doenças Cardiovasculares/mortalidade
Mudança Climática
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  4 / 305 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-913653
Autor: Hiraga, Thaila Maki; Batistoni, Samila Sathler Tavares; Neri, Anita Liberalesso.
Título: Comportamentos relacionados à saúde em idosos brasileiros residentes na comunidade: dados do FIBRA ­ polo UNICAMP / Health-related behaviors in elderly brazilians community dwelling: FIBRA UNICAMP data
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;22(3):99-119, dez. 2017. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Buscou-se descrever e identificar associações entre comportamentos relacionados à saúde entre si e com variáveis sociodemográficas em idosos residentes na comunidade. O estudo, de caráter descritivo, populacional e de corte transversal, é parte das análises do banco eletrônico do Estudo FIBRA ­ polo Unicamp, com amostra probabilística de 2552 idosos, com média etária de 72,3 anos (DP=±5,5), e composta predominantemente por mulheres (66%). Análises de Correspondência Múltipla mostraram associações entre as variáveis, apontando para a tendência de formação de três perfis comportamentais da amostra: 1) "Engajados em comportamentos não-saudáveis", 2) "Engajados em Comportamentos Saudáveis" e 3) "Indiferentes ou passivos frente à saúde". Ratificando a literatura, os comportamentos relacionados à saúde de idosos devem ser considerados de forma multidimensional ao gerar sinergia entre si. Tais informações contribuem para o delineamento de estratégias de serviços em saúde e bem-estar para a população idosa. (AU)

It attempted to describe and identify associations between healthrelated behaviors among themselves and with sociodemographic variables in the elderly community dwelling. The study, descriptive, population character, and cross-sectional analysis, is part of the electronic bank FIBRA Study ­ Unicamp pole ­, with a random sample of 2552 older, with a mean age of 72.3 years (SD = ± 5.5) and consisting primarily of women (66%). Multiple correspondence analysis showed associations between variables, pointing to thetrend of formation of three behavioral sample profiles: 1) "Engaged in unhealthy behaviors", 2) "Engaged in Healthy Behaviors" and 3) "Indifferent or passive front the health". Ratifying the literature, the health-related behaviors of the elderly should be considered in a multidimensional way generating synergy between each other. Such information contributes to the design of strategies in health care and welfare for the elderly. (AU)
Descritores: Comportamentos Relacionados com a Saúde
Promoção da Saúde
Fatores Socioeconômicos
-Estudos Transversais
Estilo de Vida
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  5 / 305 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-913646
Autor: Velôso, Thelma Maria Grisi; Oliveira Filho, Pedro; Henriques, Hamana Daphne Barros; Henriques, Halline Iale Barros; Meira, Marcela Costa.
Título: Descrições sobre a velhice: a identidade terceira idade em depoimentos de idosos / Descriptions of old age: senior citizens' identity as they appear in elderly people's reports
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;22(3):79-97, dez. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: Na contemporaneidade, os mais diferentes discursos sobre uma vida saudável, que prometem felicidade e bem-estar, mas também prescrevem condutas, modos de ser e de viver, são produzidos por especialistas em saúde e veiculados pela mídia. Nesses discursos a velhice é sinônima de doença, e a juventude, de saúde. Cada vez mais, são produzidos discursos que prometem uma velhice sem as marcas que lhe são próprias. Neste artigo, fruto de uma pesquisa mais ampla, apresentamos algumas definições sobre a velhice construídas em discursos de idosos, praticantes e não praticantes de atividades físicas, da cidade de Campina Grande ­ PB. Foram entrevistados cinco homens e nove mulheres, com idades que variaram entre 62 a 88 anos. As entrevistas foram submetidas à Análise de Discurso. Os relatos constroem uma imagem da velhice que contraria a tradicional, segundo a qual os idosos são fracos, impotentes e não têm projetos para o futuro. A velhice, neles, assemelha-se muito à "identidade terceira idade", cada vez mais presente na sociedade e na mídia, uma imagem na qual essa fase da vida aparece como a "melhor idade", um período do ciclo vital pleno de possibilidades. (AU)

There is a great variety of discourses about a healthy way of life today, and they all promise happiness and well-being, besides prescribing behaviors, ways of being and living. They are produced by health specialists and are conveyed by the media. In these discourses old age is synonymous with illness whereas youth is synonymous with health. As a result, new discourses are increasingly produced, promising an old age devoid of its characteristic signs. In this article, the result of a broader research, we will use definitions of old age constructed by discourses of aged people themselves, who either practice or practice physical exercises or not, in the city of Campina Grande, in the state of Paraíba. We interviewed five men and nine women and their ages varied between 62 and 88 years old. These interviews were analyzed according to the principles of Discourse Analysis. These reports construct an image of old age that contradicts the traditional view of it, according to which aged people are weak, impotent and lack projects for the future. For them, old age closely resembles "the identity of the elderly" increasingly present in society and in the media, an image in which this life stage appears as "the best years" a period in the vital cycle full of possibilities. (AU)
Descritores: Idoso/psicologia
Exercício
Saúde/tendências
Narrativas Pessoais
Autoimagem
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  6 / 305 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-913644
Autor: Bess, Roseli; Coluss, Eliane Lucia; Marchi, Ana Carolina Bertoletti de.
Título: Efeitos do jogo de câmbio na capacidade funcional e na atenção de idosos / Effects of exchange volleyball game in elderly functional capacity and attention
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;22(3):63-78, dez. 2017. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Investigar os efeitos do jogo de câmbio na capacidade funcional e na atenção de idosos. Método: Trata-se de um estudo quase-experimental, com pré e pós-intervenção, em que participaram 21 idosos com idades entre 62 a 84 anos. Os jogos com duração de 60 minutos foram realizados duas vezes por semana durante 12 semanas. Para a avaliação da aptidão física foi utilizado o Protocolo Senior Fitness Test, que mede os parâmetros de força, flexibilidade, resistência aeróbica, velocidade, agilidade e equilíbrio. Para a avaliação da atenção sustentada e dividida foi utilizado o Teste de Trilhas Coloridas. Todos os participantes foram avaliados no início da intervenção (pré) e após três meses (pós). Na análise dos dados foram utilizados os testes Postos com Sinais de Wilcoxon e Teste t de student para amostras pareadas. As associações entre variáveis numéricas foram avaliadas com o coeficiente de correlação de Pearson com valor de significância p<0,05. Resultados: Após três meses, o Índice de Aptidão Física Geral dos participantes apresentou melhoras significativas da pré para a pós-intervenção (Tcalc=4,5
Objective: To investigate the effects of adapted volleyball on the functional capacity and attention of the elderly. Method: It is a quasi-experimental study, with pre and post-intervention, involving 21 elderly people aged 62 to 84 years. The games were held twice a week for 12 weeks, lasting 60 minutes. The Senior Fitness Test Protocol was used for Physical fitness assessment. It measures the parameters of strength, flexibility, aerobic endurance, speed, agility and balance. For the evaluation of the sustained and divided attention, the Test of Colored Trails was used. All participants were evaluated at the beginning of the intervention (pre) and after three months (post). The Wilcoxon Signal Test and the Student T test for paired samples were used for data analysis. The associations between numerical variables were assessed using Pearson's correlation coefficient with significance value <0.05. Results: After three months, the participants' IAFG showed significant improvements from pre-post-intervention (Tcalc = 4.5< Tcritic=52), which also occurred in the tests that evaluated strength: lift and sit (p = 0.004), forearm flexion (p<0.001); physical mobility: sitting, walking 2.44m and sitting again (p=0.003); and aerobic endurance: walking 6 minutes (p<0.001). In the analysis of attention, the results showed that the game contributed to the improvement in attention, indicating significant differences in the two tests from pre to post-intervention (Form 1 p<0.001 and Form 2 p<0.001). Conclusion: The adapted volleyball was beneficial to the elderly due to the significant improvement in physical fitness and attention after the intervention, which makes it a viable alternative for the maintenance of the functional capacity of the elderly. (AU)
Descritores: Atenção/fisiologia
Aptidão Física/fisiologia
Esportes
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  7 / 305 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-913641
Autor: Copatti, Sedinei Lopes; Kuczmainski, Adriana Gracietti; Tombini, Fátima Ferretti; Sá, Clodoaldo Antônio de.
Título: Imagem corporal e autoestima em idosos: uma revisão integrativa da literatura / Body image and self-esteem in elderly: an integrative literature review
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;22(3):47-62, dez. 2017. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Trata-se de uma revisão integrativa que teve como objetivo analisar as produções científicas publicadas sobre imagem corporal e autoestima em idosos. A pesquisa foi realizada por meio da busca direta de artigos completos na Biblioteca Virtual em Saúde, resultando num total de 24 artigos. Destes, constituiu-se uma amostra final composta de 14 artigos, os quais atenderam os critérios para inclusão no estudo. A análise possibilitou a subdivisão dos trabalhos selecionados em dois eixos temáticos: a) exercício físico e sua relação com a imagem corporal e autoestima; b) fatores associados à imagem corporal e autoestima em idosos. Por fim, este estudo evidenciou a prática de exercício físico como uma atividade de influência positiva na percepção da imagem corporal e da autoestima dos idosos. Entre os fatores associados à imagem corporal e autoestima, destaca-se a maior insatisfação do sexo feminino e o comprometimento da autopercepção corporal e autoestima em idosos em condições clínicas de adoecimento e tratamento de saúde. Ao final, a presente revisão contribui para a produção científica sobre a temática, servindo como base instrumentalizar os profissionais para uma abordagem multidimensional e de qualidade na atenção à população idosa. (AU)

This paper presents an integrative review method aimed to analyze the scientific productions published on body image, and self-esteem in older people. The survey was carried out through direct research in full articles at the Biblioteca Virtual em Saúde using 24 articles, and resulting in a final sample of 14 articles, which met the criteria for inclusion in the study. The analysis allowed the subdivision of the selected papers in two categories: a) Physical exercise and its relationship with body image and self-esteem; b) Factors associated to the body image and self-esteem in older people. The results of this study showed the physical exercise as a positive influence on the perception of body image and self-esteem in older people. Among the factors associated to the body image and self-esteem it stands out higher dissatisfaction in female older people and the commitment of self-perception and self-esteem in older people in clinical conditions of disease and in health care. Thus, this review contributes to the scientific literature on body image and self-esteem in older people, subsidizing the actions of professionals for a multidimensional approach and quality care to the elderly. (AU)
Descritores: Idoso
Imagem Corporal/psicologia
Autoimagem
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  8 / 305 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-913637
Autor: Bernardo, Lilian Dias.
Título: Intervenções cognitivas em idosos com doença de Alzheimer: uma revisão integrativa da atuação da terapia ocupacional / Cognitive interventions for older adults with Alzheimer's disease: an integrative review of occupational therapy practice
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;22(3):29-46, dez. 2017. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: Idosos com Doença de Alzheimer, conforme a evolução da doença, apresentam alterações cognitivas e prejuízo funcional. Objetivo: Identificar e analisar as técnicas e benefícios da intervenção cognitiva utilizadas por terapeutas ocupacionais no tratamento de idosos com Alzheimer. Métodos: Foi realizada revisão integrativa da literatura, no período de 10 anos (2006 a 2016), nos idiomas inglês, português e espanhol. Optou-se pela busca em oito fontes de informação. Resultados: Foram identificados nove artigos que atenderam aos critérios de seleção, dos quais somente um estudo nacional foi encontrado. Nas intervenções, a terapia de reminiscência, de orientação para a realidade e o treino cognitivo são as técnicas mais utilizadas para melhorar um domínio cognitivo específico e há evidências que atestam benefícios na participação do idoso em ocupações. Recomenda-se maior número de ensaios clínicos para aumentar a confiabilidade dos resultados encontrados nesta revisão. Verifica-se a necessidade de investigar os benefícios dessas técnicas em idosos em estágio mais avançado da doença. Conclusão: A evidência disponível aponta que a intervenção cognitiva parece manter ou resultar em melhora dos déficits cognitivos, mas ainda pouco se sabe sobre a perpetuação e generalização dos efeitos dessas técnicas em idosos com Alzheimer. (AU)

Introduction: Older adults with Alzheimer's disease, according to the evolution of the disease, present cognitive alterations and functional impairment. Objective: Identify and analyse the techniques and benefits of cognitive intervention used by occupational therapists in the treatment of older adults with Alzheimer's disease. Methods: An integrative review of literature was carried out, over a period of 10 years (from 2006 to 2016), in English, Portuguese and Spanish. We chose to search 8 databases which were used as sources of information. Results: Nine articles that met the selection criteria were identified, of which only one national study was found. In interventions, reminiscence therapy, orientation to reality and cognitive training are the most used to gain a specific cognitive domain, as well as benefits in the older adult's participation in occupations. More clinical trials are recommended to increase the reliability of the results found in this review. There is a need to investigate the benefits of these techniques in the older adults at an advanced stage of the disease. Conclusion: Available evidence suggests that cognitive intervention may maintain or result in improvement of cognitive deficits; however, there is a need for more robust studies about the perpetuation and generalization of the effects of these techniques in elderly people with Alzheimer's disease. (AU)
Descritores: Idoso
Doença de Alzheimer/terapia
Cognição
Terapia Ocupacional/métodos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  9 / 305 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-913634
Autor: Engel, Cíntia Liara.
Título: Doença de alzheimer: o cuidado como potencial partilha de sofrimento / Alzheimer's disease: care as potential sharing of suffering
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;22(3):9-27, dez. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: O trabalho tem o objetivo de adensar etnograficamente o que se entende por sofrimento quando se fala em Alzheimer e como esse é tratado e cuidado. Para tanto, discute-se três temas principais: o tortuoso diagnóstico, o itinerário de cuidado cotidiano confinado às relações familiares e a difícil partilha das experiências de morte e mortificações. A reflexão se dá a partir do encontro entre sujeitos esquecidos, familiares e profissionais de saúde de um serviço especializado no Brasil. A metodologia é a pesquisa etnográfica, são comparados os dados de dois momentos de um trabalho de campo no Centro de Referência para portadores da doença de Alzheimer do Hospital Universitário de Brasília. O primeiro momento ocorreu em 2012 nos espaços de grupos terapêuticos para pessoas diagnosticadas e suas cuidadoras e teve duração de seis meses; o segundo ocorreu entre setembro de 2016 a junho de 2017 e centrou-se em consultas médicas de avaliação e acompanhamento e prontuários. Entre os resultados, busca-se dar carne a experiências de cuidadoras e pessoas com Alzheimer, apostando no potencial de contrastá-las a uma narrativa hegemônica e suas decorrentes propostas terapêuticas. A principal conclusão do trabalho é a de que tratar o Alzheimer é cuidar, ou ao menos depende do cuidado; e que legislações e prescrições de formas e modos de cuidar entram em conflito, por vezes, com possibilidades, demandas de auxílio, a complexidade e isolamento do cuidado cotidiano. Intenta-se, assim, uma reflexão sobre o paradigma terapêutico brasileiro a partir do conceito de partilha do sofrimento, cunhado por Donna Haraway. (AU)

The work aims to ethnographically enlarge what is meant by suffering when talking about Alzheimer's and how it is treated and cared for. In order to do so, we discuss three main themes: the tortuous diagnosis, the itinerary of daily care confined to family relationships and the difficult sharing of experiences of death and mortification. The reflection comes from the meeting between forgotten subjects, family members and health professionals of a specialized service in Brazil. The methodology is ethnographic research: the data from two moments of a field work at the Reference Center for Alzheimer's Disease at the University Hospital of Brasília are compared. The first moment occurred in 2012 in therapeutic groups for people diagnosed and their caregivers and lasted six months; the second occurred between September 2016 and June 2017 and focused on the medical consultations for evaluation and follow-up and medical records. Among the results, it is sought to give flesh to the experiences of caregivers and people with Alzheimer's, betting on the potential of contrasting them to a hegemonic narrative and its consequent therapeutic proposals. The main conclusion of the work is that treating Alzheimer's is caring, or at least depends on the care; and that legislations and prescriptions of forms and ways of caring sometimes conflict with possibilities, demands for help, the complexity and isolation of daily care. Thus, we try to reflect on the Brazilian therapeutic paradigm from the concept of sharing the suffering, forge by Donna Haraway. (AU)
Descritores: Doença de Alzheimer/diagnóstico
Cuidadores/psicologia
Morte
Relações Familiares/psicologia
Idoso Fragilizado/psicologia
Estresse Psicológico/psicologia
-Doença de Alzheimer/terapia
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  10 / 305 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-912975
Autor: Soldera, Cristina Loureiro Chaves; Teixeira, Adriane Ribeiro; Bós, Ângelo José Gonçalves.
Título: Utilização de aparelhos de amplificação sonora individual em idosos residentes no estado do Rio Grande do Sul / Use of hearing aids among older adults residents in the state of Rio Grande do Sul
Fonte: Estud. interdiscip. envelhec;21(3):55-67, dez. 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo teve o objetivo de verificar a associação do uso de aparelho auditivo a sexo, faixa etária, atividades sociais/laborais, de lazer e autopercepção de saúde e audição em idosos. Foramentrevistados 7315 idosos em 59 cidades do Rio Grande do Sul. Os dados foram coletados na pesquisa Perfil dos Idosos do Rio Grande do Sul, que foi desenvolvida entre os anos de 2010 e 2011 pelo Instituto de Geriatria e Gerontologia da PUCRS em parceria com a Escola de Saúde Pública do Estado do Rio Grande do Sul. Os critérios de inclusão foram ter 60 anos e mais de idade e aceitar participar da pesquisa. Quando o idoso apresentava comprometimento cognitivo e de comunicação, familiares foram entrevistados. O questionário utilizado foi elaborado a partir do Guia Global Cidade Amiga do Idoso (OMS, 2008). A entrevista incluía questões a respeito da autopercepção de audição e saúde geral, do uso de próteses auditivas, da participação em atividades sociais e/ou laborais, de hábitos de lazer (assistir televisão e ouvir rádio) e de dados sociodemográficos. Verificou-se que apenas 3,8% dos idosos utilizavam aparelho auditivo. Houve associação significativa (p<0,001) entre o uso de aparelho auditivo e faixa etária, atividade laboral e/ou social e autopercepção de saúde e de audição. (AU)

This study aimed to verify the association of the use of hearing aids to gender, age, social/work, leisure and self-perception of health and hearing in the elderly. 7315 elderly people were interviewed in 59 cities of Rio Grande do Sul. The data were collected in the survey Profile of the Elderly in Rio Grande do Sul, which was developed between 2010 and 2011 by the Institute of Geriatrics and Gerontology of PUCRS in partnership with the School of Public Health of the State of Rio Grande do Sul. The inclusion criteria were to be 60 years and over and accept to participate in the research. When the elderly had cognitive and communication impairment, family members were interviewed. The questionnaire used was elaborated from the Global City Guide for the Elderly (WHO, 2008). The interview included questions about self-perception of hearing and general health, use of hearing aids, participation in social and/or work activities, leisure habits (watching television and listening to the radio) and sociodemographic data. It was verified that only 3.8% of the elderly used a hearing aid. There was a significant association (p <0.001) between hearing aid use and age, work and/or social activity and self-perception of health and hearing. (AU)
Descritores: Auxiliares de Audição/utilização
Perda Auditiva
-Atividades Cotidianas
Fatores Etários
Escolaridade
Saúde do Idoso
Atividades de Lazer
Presbiacusia/terapia
Fatores Sexuais
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR574.2 - Biblioteca



página 1 de 31 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde