Base de dados : LILACS
Pesquisa : H01.181 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 305 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Longo]

página 1 de 31 ir para página                         

  1 / 305 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-837175
Autor: Jorge, Salomão Dória.
Título: Planejamento, desenvolvimento e estudos de QSAR de derivados benzofuroxânicos com atividade frente Staphylococcus aureus e Trypanosoma cruzi / Design, development and QSAR studies of benzofuroxan derivatives with activity against Staphylococcus aureus and Trypanosoma cruzi.
Fonte: São Paulo; s.n; 2011. 323 p. tab, graf, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A modificação molecular de fármacos do arsenal terapêutico é estratégia promissora no planejamento e desenvolvimento de novas entidades químicas que possam apresentar características pertinentes deste fármaco, e suprimir suas características indesejáveis. Desta forma, na busca por novos compostos com atividade antimicrobiana, uma série de vinte [N'-(benzofuroxan-5-il)metileno]benzidrazidas substituídas, análogas funcionais da nifuroxazida (Passifuril®), foram sintetizadas e sua atividade biológica foi testada frente a cepas padrão e multirresistentes (MRSA e VISA) de Staphylococcus aureus, e frente a formas epimatigotas de Trypanosoma cruzi, agente causal da Doença de Chagas. A escolha dos grupos substituintes foi baseada em suas propriedades físico-químicas, tais como efeito eletrônico e hidrofobicidade, empregando o Diagrama de Craig. Os compostos foram obtidos por rota sintética descrita em literatura, assim como por rotas alternativas a fim de otimizar a metodologia tradicional e melhorar o rendimento dos produtos finais. Todos os compostos foram identificados e apresentam estrutura química inédita. A atividade dos vinte compostos frente S. aureus foi avaliada pelo método de determinação da concentração inibitória mínima (CIM); destes, dezesseis apresentaram os mesmos intervalos de CIM frente as cepas padrão e multirresistentes. O composto dissubstituído 3-CF3,4-NO2 (7t), apresentou a maior atividade com valores de CIM entre 12,7 - 11,4 µg/mL. A avaliação da atividade anti-T. cruzi também foi investigada, e na fase log de crescimento parasitário os compostos substituídos 4-H (7a), 4-CF3 (7n), 3,4-Cl2 (7s), 3-CF3,4-NO2 (7t) demonstraram os melhores resultados. O benznidazol, único fármaco utilizado no tratamento da Doença de Chagas, foi utilizado como referência nas mesmas concentrações. Os compostos que apresentaram melhores atividades nos ensaios realizados na fase estacionária de crescimento foram os compostos substituídos 4-I (7q) e 4-Br (7o) com valores de %IC50 de 6,11 µM e 7,38 µM, respectivamente. A influência das propriedades físico-químicas dos grupos substituintes em ambas as atividades foi observada e, a fim de avaliar quantitativamente suas contribuições para a bioatividade, estudos de QSAR-2D e QSAR-3D foram desenvolvidos, auxiliando assim na predição de novas estruturas com propriedades farmacológicas otimizadas, uma vez que os resultados obtidos indicam o forte potencial destes compostos na identificação de novos candidatos a fármaco antimicrobiano

Molecular modification of drugs from the therapeutic arsenal is a promising strategy for the design and development of new chemical entities that can demonstrate the relevant properties of this drug, and suppressing its undesirable properties. For the research of new leads with potential antimicrobial activity, a new series of twenty substituted [N´-(benzofuroxan-5-yl)methylene]benzohydrazides, nifuroxazide's (Passifuril®) functional analogs, was synthesized and tested against standard and multidrug-resistant Staphylococcus aureus (MRSA and VISA) strains and against epimastigote form of Trypanosoma cruzi, the etiological agent of Chagas' Disease. The selection of the substituent groups was based on their physicochemical properties, such as hydrophobicity and electronic effects, employing Craig's diagram. The designed compounds were obtained by synthetic route described in the literature, as well as by an alternative route, in order to optimize the traditional methodology and also to improve the final compounds yields. All compounds were identified as unpublished chemical structures. Bacterial activity of the twenty compounds against S. aureus was performed by minimal inhibitory concentration method (MIC), and sixteen of them exhibited similar bacteriostatic activity against standard and multidrug-resistant strains. The most active compound was the 3-CF3,4-NO2 disubstituted derivative (7t), which presented a MIC value from 12.7 to 11.4 µg/mL. Anti-T. cruzi activity was also investigated. The substituted compounds 4-H (7a), 4-CF3 (7n), 3,4-Cl2 (7s), 3-CF3,4-NO2 (7t) showed better results at logarithmic growth phase. Benznidazole, that is the only drug available to threat Chagas' disease, was used as a reference drug at the same concentrations of the compounds studied. The most effective substituded compounds were the 4-I (7q) and 4-Br (7o) substituted derivatives having %IC50 values of 6.11 µM and 7.38 µM, respectively, at stationary growth phase. The influence of the substituent's physicochemical properties on in vitro activities was observed, and, in order to establish quantitatively their contributions to bioactivity, 2D-QSAR and 3D-QSAR studies were developed, assisting in the prediction of new leads with improved pharmacological properties, since the results showed benzofuroxan derivatives as potential leads for identifying new drug candidates
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto de Químicas
BR40.1. 30100019168, J82p; T615.19


  2 / 305 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-836708
Autor: Shinagawa, Fernanda Branco.
Título: Avaliação da composição química de óleos brasileiros de semente de uva (Vitis vinífera L) e seu efeito sobre parâmetros bioquímicos e inflamatórios em ratos / Brazilian grapeseed oils (Vitis vinífera L) evaluation and it effect of biochemical and inflammatory parameters in rats.
Fonte: São Paulo; s.n; mar. 2015. 139 p. tab, graf, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O óleo de semente de uva (OSU) caracteriza-se como um importante subproduto do processamento agroindustrial (vinicultura) que vem recebendo destaque como fonte alternativa de óleos vegetais. Os componentes químicos presentes nos óleos vegetais sofrem influência de fatores relacionados ao cultivo e ao processamento industrial. Esses componentes são capazes de modular importantes funções fisiológicas no organismo. Este trabalho objetivou avaliar a composição química de OSU brasileiros e sua influência em parâmetros bioquímicos, de estresse oxidativo e inflamatório sérico e tecidual em ratos. Inicialmente, sete diferentes marcas de OSU disponíveis no mercado brasileiro foram avaliadas e comparadas em relação a dois processos de extração, refino e prensagem a frio. As amostras prensadas a frio apresentaram concentrações significativamente maiores de compostos fenólicos, teores do isômero γ-tocotrienol da vitamina E, de fitosteróis, tendo como principal constituinte o ß-sitosterol, e diversos compostos voláteis característicos. Para a investigação biológica, ratos saudáveis da linhagem Wistar foram suplementados com OSU - amostra comercial que possuía maior teor do isômero γ-tocotrienol e compostos fenólicos; e com o óleo de soja (ODS) - óleo mais consumido no país, utilizado para efeito comparativo. Os dois óleos foram suplementados por intubação orogástrica nas concentrações de 3,0 e 6,0 mL/Kg de peso corpóreo, por 65 dias. Observou-se que os resultados da intervenção não foram dose-dependente para os dois óleos e, apesar do elevado teor de lipídios oferecido aos animais, estes não modificaram o padrão de ganho de peso. Porém, foram observados elevados teores de peroxidação lipídica sérica nos animais tratados com OSU, quando comparados aos tratados com ODS na menor dose administrada. Nos animais do grupo suplementado com OSU na maior dose, verificou-se aumento do peso do tecido adiposo retroperitoneal, caracterizado pela hipertrofia dos adipócitos. Em relação ao tecido hepático, houve maior incorporação do ácido linoleico, principal ácido graxo presente nos OSU e ODS e precursor do ácido araquidônico na cadeia dos eicosanoides, interferindo no aumento da razão das citocinas inflamatórias TNF-α/IL- 4 e IL-6/IL-4, para todos os grupos suplementados com os dois óleos nas maiores concentrações. Quanto aos marcadores de estresse oxidativo no tecido cardíaco, pode-se verificar que os grupos administrados com OSU foram relacionados com a maior atividade das enzimas antioxidantes, acompanhado de maior peroxidação lipídica. Os resultados permitem concluir que os compostos bioativos presentes no OSU não ocasionaram a redução do estresse oxidativo causado pela alta presença do ácido linoleico, porém, os marcadores inflamatórios pouco se alteraram com o tratamento

Grapeseed oil (GSO) is characterized as an important by-product of the agro-industry (winemaking) which has received attention as an alternative source of vegetable oils. Chemical compounds are influenced by cultivation and industrial processing, and these components modulate some important physiological functions in the body. This study aimed to evaluate the chemical composition of Brazilian GSO and its influence on biochemical parameters and inflammation in rats' serum and tissue. Firstly, seven different GSO samples were obtained from Brazilian market and were evaluated and compared for two type of extraction processes, refining and cold pressing. Cold pressed samples showed high significant phenolic concentrations, γ-tocotrienol isomer content and phytosterols concentrations, and presence of several characteristic of volatiles compounds. For biological research, healthy Wistar rats were supplemented with GSO - commercial sample had higher levels of γ-tocotrienol isomer and phenolic compounds; and soybean oil (SBO) - the most consumed oil in the country, used for comparative purposes. Both oils were supplemented daily by orogastric intubation in concentrations of 3.0 and 6.0 mL/kg body weight for 65 days. After intervention was observed no dose dependency behavior for both oils, and despite high level of lipids provided to the animals, they did not change the pattern of the animals weight gain. However, high levels of lipid peroxidation were observed in the animal's serum within GSO treatment when compared to SBO. GSO6 group was an increase of final weight of retroperitoneal adipose tissue, characterized by hypertrophy of adipocytes. Regarding the hepatic tissue, it was observed that there was a greater uptake of linoleic acid, mainly fatty acids present in GSO and SBO and it is a precursor of arachidonic acid in eicosanoids chain, interfering with the ratio increase of the inflammatory cytokines TNF-α/IL-4 and IL-6/IL-4 for all groups supplemented with both oils at higher concentrations. For the parameters of oxidative stress in the cardiac tissue, it can be seen that GSO groups were related to increased activity of the antioxidant enzymes, followed by an increase in TBARS content. The results suggest that the bioactive compounds present in the GSO caused the reduction of the oxidative stress caused by the high presence of linoleic acid, though, inflammatory markers present few changes within treatment
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto de Químicas
BR40.1. 30100021798-F, S556a; T 641


  3 / 305 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-834082
Autor: Melo, Adriane Alexandre Machado de.
Título: Perfil químico e microbiológico, cor, análise polínica e propriedades biológicas do pólen apícola desidratado / Chemical and microbiological profile, color, palynological analysis and biological properties of dehydrated bee-pollen.
Fonte: São Paulo; s.n; nov. 2015. 341 p. tab, graf, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O objetivo deste estudo foi levantar informações a respeito do processo de produção, determinar características físico-químicas, qualidade microbiológica, propriedades biológicas e origem botânica do pólen apícola desidratado, além de avaliar a influência de duas condições de desidratação sobre estes mesmos parâmetros. Para esta pesquisa foram adquiridas 69 amostras produzidas e beneficiadas em nove Estados brasileiros. Foram levantados dados referentes à coleta e processamento dos produtos e realizada a análise polínica para determinar a origem botânica das amostras. Foram determinados os teores de umidade, proteínas, lipídeos, cinzas, minerais, fenólicos totais e flavonoides totais por espectrofotometria, compostos fenólicos por cromatografia líquida de alta eficiência e cromatografia líquida acoplada a espectrometria de massas, capacidade antioxidante [método DPPH (a partir de três extratos) e método ORAC], capacidade antimicrobiana e parâmetros instrumentais de cor, além de um diagnóstico da qualidade microbiológica das amostras. A análise multivariada foi utilizada para estudar a estrutura de dados e procurar por padrões e, ainda, classificar as amostras em grupos. Foram observadas não conformidades em relação à temperatura de desidratação e em 91% das amostras o teor de umidade estava acima do limite de 4% estabelecido na legislação brasileira. Foram identificados 39 tipos polínicos. O teor de proteínas variou de 7,9 a 33,9 g/100 g, lipídeos de 3,1 a 13,5 g/100 g e cinzas de 1,9 a 3,8 g/100 g. A análise de minerais indicou que o potássio foi o composto em maior quantidade e que algumas amostras poderiam ser consideradas fontes ou com alto conteúdo de ferro, manganês, zinco e cobre. O teor de fenólicos totais variou de 5,6 a 29,7 mg EAG/g e flavonoides totais de 0,3 a 19,0 mg EQ/g. A capacidade antioxidante (CA), pelo método DPPH, variou de 9,4 a 199,3 µmol ET/g, com influência do procedimento de extração sobre o resultado. Pelo método ORAC, a CA das amostras variou de 133,1 a 563,0 µmol ET/g. Quanto à capacidade antimicrobiana, observou-se que todas as amostras apresentaram alguma ação, estando a concentração mínima inibitória relacionada com o micro-organismo em teste. A qualidade microbiológica das amostras estava de acordo com dados encontrados na literatura e bactérias potencialmente patogênicas não foram observadas. A análise instrumental de cor indicou variação nos parâmetros L* (42,75 a 72,35), a* (1,03 a 12,98), b* (31,51 a 63,18) e Chroma (31,53 a 64,26) e correlação entre estes parâmetros e a composição química e as propriedades biológicas. A identificação e quantificação dos compostos fenólicos indicou predominância de flavonoides nas amostras, principalmente de compostos glicosilados. Por fim, as amostras desidratadas por liofilização apresentaram maior valor nutricional e potencial biológico em relação às amostras desidratadas em estufa com aquecimento e circulação forçada de ar. Em conclusão, torna-se necessário que os produtores façam ajustes no processo de beneficiamento do pólen apícola para que não haja empecilhos à sua comercialização. A composição do pólen das flores forrageadas pelas abelhas influenciou na composição do pólen apícola desidratado, portanto, pode-se pensar no direcionamento dos apiários para fontes botânicas que resultem em um produto com maior valor nutricional ou biológico

The aim of this study was to obtain information about the production process, to determine physicochemical characteristics, microbiological quality, biological properties and botanical origin of dehydrated bee-pollen, and also to evaluate the influence of two dehydration conditions on these parameters. Sixty-nine samples were acquired from nine Brazilian states. Data were collected regarding the collection and processing of the products and the pollen analysis was performed to determine the botanical origin of the samples. Moisture, proteins, lipids, ashes, minerals, total phenolic compounds and flavonoids by spectrophotometry, phenolic compounds by high-performance liquid chromatography and liquid chromatography coupled to mass spectrometry, antioxidant capacity [DPPH method (from three extracts) and ORAC method], antimicrobial capacity and instrumental color parameters were determined, in addition to a diagnosis of the microbiological quality of the samples. Multivariate analysis was used to study the structure of data and to look for patterns and also to classify the samples into groups. Non-conformities were observed in relation to dehydration temperature and in 91% of samples the moisture content was above the 4% limit established by Brazilian legislation. Thirty-nine pollen types were identified. The protein content varied from 7.9 to 33.9 g/100 g, the lipid content from 3.1 to 13.5 g/100 g and the ash content varied from 1.9 to 3.8 g/100 g. The mineral analysis indicated that potassium was the compound with a higher content in the samples, and that some samples could be considered "source" or "high content" of iron, manganese, zinc and copper. The total phenolic content varied from 5.6 to 29.7 mg GAE/ g and total flavonoids from 0.3 to 19.0 mg QE/g. The antioxidant capacity (AC) by DPPH method ranged from 9.4 to 199.3 µmol TE/g and the extraction procedure influenced the results. The AC by ORAC method ranged from 133.1 to 563.0 µmol TE/g. All samples showed some antimicrobial capacity; however, the minimal inhibitory concentration was related to the microorganism. The microbiological quality of the samples was consistent with results found in the literature and potentially pathogenic bacteria were not detected. The instrumental color analysis indicated variation in the parameters L* (42.75 to 72.35), a* (1.03 to 12.98), b* (31.51 to 63.18) and Chroma (31.53 to 64.26), and correlation between these parameters and the chemical and biological properties. The identification and quantification of the phenolic compounds showed flavonoids predominantly in samples, particularly glycosylated compounds. Finally, the samples dehydrated by lyophilization showed higher nutritional and biological value compared to samples dehydrated in an electric oven with forced air circulation. In conclusion, it is necessary that producers make adjustments to the dehydrated bee-pollen processing to prevent impediments to the marketing. The composition of the pollen collected by bees influenced the composition of dehydrated bee-pollen; therefore, it would be possible to direct the apiaries to botanical sources that result in a product with higher nutritional or biological value
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto de Químicas
BR40.1. 30100021952-F, M528p; T 641


  4 / 305 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 785448
Autor: Gutierrez, Margarita; Alarcón, Julio.
Título: Luis Armando Astudillo Saavedra / Luis Armando Astudillo Saavedra
Fonte: Bol. latinoam. Caribe plantas med. aromát;13(4):309-310, jul. 2014. ilus.
Idioma: es.
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  5 / 305 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: 779324
Autor: Pérez B., Francisco.
Título: Choh Hao Li (1913-1987) / Choh Hao Li
Fonte: Rev. chil. endocrinol. diabetes;7(2):66-66, abr.2014.
Idioma: es.
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  6 / 305 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: 776607 LILACS-Express
Autor: GONÇALVES, A. H; GUIMARÃES, L. G. L; SANTOS, G. R. S; PEREIRA, A. S.
Título: Atividade fungitóxica in vitro dos óleos essenciais de Lippia sidoides Cham., Cymbopogon citratus(D. C. ) Stapf. e de seus constituintes majoritários no controle de Rhizoctonia solani e Sclerotium rolfsii / Fungitoxicity in vitro of essential oils from Lippia sidoides Cham., Cymbopogon citratus (D. C. ) Stapf. and their major constituents in the control of Rhizoctonia solani and Sclerotium rolfsii
Fonte: Rev. bras. plantas med;17(4,supl.3):1007-1015, 2015. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO O objetivo deste estudo foi avaliar o potencial fungitóxicos dos óleos essenciais de Cymbopogon citratus, Lippia sidoides, e de seus constituintes majoritários, sobre o crescimento micelial dos fitopatógenos Rhizoctonia solani e Sclerotium rolfsii. A caracterização química do óleo de L. sidoides demonstrou a presença do carvacrol (33,27%) e o 1,8-cineol (24,41%) como seus componentes majoritários. Enquanto que o citral (77,6%) foi o constituinte majoritário do óleo essencial de C. citratus. A avaliação do potencial fungitóxico dos óleos essenciais e de seus constituintes majoritários foi realizada por meio de ensaios in vitro, avaliando a inibição do crescimento micelial dos microrganismos. Ambos os óleos essenciais inibiram totalmente o crescimento micelial de R. solani na concentração de 400 µg mL-1. O crescimento micelial de S. rolfsii foi inibido pelo óleo essencial de C. citratus na concentração de 300 µg mL-1 e pelo óleo essencial de L. sidoides na concentração de 400 µg mL-1. Em relação aos constituintes majoritários, o 1,8-cineol não apresentou efeito fungitóxico nas concentrações avaliadas. No entanto, o carvacrol e o citral foram mais efetivos que os óleos essenciais havendo ausência de crescimento micelial de R. solani e de S. rolfsii nas concentrações de 200 µg mL-1 e 225 µg mL-1, respectivamente.

ABSTRACT The objective of this study was to evaluate the fungitoxic potentials of the essential oils of Cymbopogon citratus, Lippia sidoides, and of its major constituents, on the mycelial growth of phytopathogens Rhizoctonia solani and Sclerotium rolfsii. The chemical characterization of L. sidoides oil showed the presence of carvacrol (33.27%) and of 1,8-cineole (24.41%) as its major components, whereas citral (77.6%) was the major constituent of C. citratus essential oil. The evaluation of the fungitoxic potential of the essential oils and of its major constituents was performed through in vitro assays, the microorganisms mycelial growth inhibition. Both essential oils totally inhibited the mycelial growth of R. solani at 400 µg mL-1. Regarding the major constituents, the 1,8-cineole did not show fungitoxic effect at the concentrations evaluated. However, the carvacrol and the citral were more effective than the essential oils and there was no mycelial growth of R. solani and of S. rolfsii at the concentrations of 200 µg mL-1 and 225 µg mL-1, respectively.
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto de Químicas


  7 / 305 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: 760796
Autor: Acros Organic.
Título: Reference Handbook: of fine chemicals.
Fonte: Geel; Acros Organic; 2006. 2112 p.
Idioma: en.
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR


  8 / 305 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: 760562
Autor: O'Neil, Maryadele J(edt).
Título: The Merck Index: and encyclopedia of chemicals, drugs, and biologicals.
Fonte: Whitehouse Station; Merck; 2006. 1756 p.
Idioma: en.
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR


  9 / 305 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: 742929 LILACS-Express
Autor: PALIOTO, G. F; TONIN, L. T. D; ROCHA, C. L. M. S. C; ALMEIDA, V. V; MENDES, M. P; SILVA, C. F. G.
Título: Composição centesimal, compostos bioativos e atividade antioxidante de frutos de Morinda citrifolia Linn (noni) cultivados no Paraná / Proximate composition, bioactive compounds and antioxidant activity of fruits of Morinda citrifolia L. (noni) cultivated in Paraná, Brazil
Fonte: Rev. bras. plantas med;17(1):59-66, Jan-Mar/2015. tab.
Idioma: pt.
Projeto: Fundação Araucária do Paraná.
Resumo: O fruto de noni (Morinda citrifolia L.) é consumido há milênios na medicina popular polinésia devido aos benefícios nutricionais e terapêuticos. O consumo de noni em outros países, incluindo o Brasil, cresceu vertiginosamente nos últimos anos em decorrência das atividades biológicas atribuídas a ingestão do suco da fruta, principalmente pela propriedade anticâncer. Contudo, a composição química da planta, que está relacionada com suas propriedades biológicas, é determinada pelo seu local de origem, e por influência do clima e do solo onde é cultivada. Neste sentido, este trabalho teve como objetivo analisar a polpa extraída de frutos maduros de noni cultivados em Maringá-PR. A análise da polpa in natura apresentou 89,16% de umidade, 0,75% de cinzas, 2,10% de proteínas, 2,19% de lipídios e 5,81% de carboidratos. Dos compostos bioativos, foram analisados antocianinas (1,39 mg.100 g-1 polpa), flavonoides amarelos (13,01 mg.100 g-1 polpa), carotenóides (0,45 mg.100 g-1 polpa) e vitamina C (12,16 mg.100 g-1 polpa). Para fenólicos totais e atividade antioxidante foram preparados diferentes extratos, sendo que os maiores teores de fenólicos totais foram encontrados no extrato aquoso (1143,56 mg equivalente de ácido gálico (EAG).100 g-1), seguido do extrato etanólico (966,96 mg EAG.100 g-1), metanol/acetona (820,88 mg EAG.100 g-1) e metanólico (306,33 mg EAG.100 g-1). Os melhores resultados para antioxidantes, determinado pelo EC50 - concentração do extrato necessária para reduzir 50% do radical DPPH, foram encontrados nos extratos metanol/acetona (EC50 de 25,18 mg.mL-1) e metanólico (EC50 de 25,96 mg.mL-1). A atividade antioxidante dos frutos pode estar relacionada com o conteúdo de vitamina C, uma vez que os extratos com um menor conteúdo de fenóis totais foram aqueles que apresentaram menores valores de EC50.

The noni fruit (Morinda citrifolia L.) has been consumed for millennia in the Polynesian folk medicine because of its nutritional and therapeutic benefits. The consumption of the noni fruit in other countries, including Brazil, has increased in recent years because of the biological activities attributed to the ingestion of noni juice, especially the anticancer effect. However, the chemical composition of the plant, which is related to its biological properties, is determined by its geographical origin and is influenced by climate and soil. Therefore, this study aimed to analyze the pulp extracted from noni fruit grown in Maringá, state of Paraná, Brazil. The fresh pulp analysis showed 89.16% of moisture, 0.75% of ash, 2.10% of protein, 2.19% of fat and 5.81% of carbohydrates. The bioactive compounds analyzed were anthocyanins (1.39 mg.100 g-1 pulp), yellow flavonoids (13.01 mg.100 g-1 pulp), carotenoids (0.45 mg.100 g-1 pulp) and vitamin C (12.16 mg.100 g-1 pulp). For the analysis of total phenols and antioxidant activity, different extracts were prepared. The highest total phenolic contents were found in the aqueous extract (1143.56 mg EAG.100 g-1), followed by the ethanol extract (966.96 mg EAG.100 g-1), methanol/acetone extract (820.88 mg EAG.100 g-1) and methanol extract (306.33 mg EAG.100 g-1). The results for the antioxidant capacity were determined by the EC50, which is concentration of extract required to reduce 50% of the DPPH radical. The best results for the antioxidant capacity were found in the methanol/acetone extract (EC50 of 25.18 mg.mL-1) and in the methanol extract (EC50 of 25.96 mg.mL-1). The antioxidant activity of the fruit may be related to its vitamin C content, since the extracts with lower total phenolic content were those that had lower EC50 values.
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto de Químicas


  10 / 305 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: 742927 LILACS-Express
Autor: PESSOA, S. M; HEREDIA ZÁRATE, N. A; VIEIRA, M. C; SILVA, L. R; FORMAGIO, A. S. N; POPPI, N. R; CARDOSO, C. A. L.
Título: Total biomass and essential oil composition of Ocimum gratissimum L. in response to broiler litter and phosphorus / Produção de biomassa e composição do óleo essencial de Ocimum gratissimum L. cultivado em solo com cama-de-frango e fósforo
Fonte: Rev. bras. plantas med;17(1):18-25, Jan-Mar/2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The aim of this experiment was to evaluate the biomass yield and chemical composition of the essential oil of clove basil in response to doses of broiler litter (0, 5, 10, 15 and 20 t ha-1) added in presence of triple superphosphate (200 kg ha-1) or without it. Before the first harvest, the height of the plants increased significantly (34.42 cm) when 15 tonnes ha-1 broiler litter were added to the soil. However, after resprouting, the plant heights ranged only as a function of the vegetative cycle, with maximum height (76.0 cm) observed at 60 days. Phosphate fertilization also significantly influenced the leaf area (1.771 cm2 plant-1) during the first harvest. The fresh weight of leaves increased linearly in response to the addition of broiler litter (20 ton ha-1) with maximum yields of 1,709 and 7,140 kg ha-1 during the first harvest and regrowth, respectively. On average, the oil content of the leaves was 0.7%, with maximum performance (3.8 L ha-1) when 20 tonnes ha-1 of broiler litter were added on the soil. Eugenol was found to be the major compound of the essential oil (71.65%).

O objetivo do trabalho foi avaliar a produção de biomassa e a composição do óleo essencial da alfavaca-cravo cultivada com adição ao solo de cama-de-frango de corte, na ausência ou presença de fósforo. Foram estudadas cinco doses de cama-de-frango semi-decomposta (0, 5, 10, 15 e 20 t ha-1), na ausência ou presença de fósforo (200 kg ha-1), na forma de superfosfato triplo. A altura das plantas na primeira colheita foi maior sob a dose de 15 t ha-1 de cama-de-frango (34,42 cm), ou sem o uso de fósforo (32,4 cm); na rebrota, a altura variou apenas em função do ciclo, sendo máxima (76,0 cm) aos 60 dias após a rebrota. A adubação fosfatada influenciou significativamente a área foliar da primeira colheita, que foi maior com fósforo (1.771 cm2 planta-1). As produções de massas frescas de folhas cresceram linearmente com as doses de cama-de-frango, com máximas de 1.709 e 7.140 kg ha-1 na primeira colheita e na rebrota, respectivamente, sob 20 t ha -1. O teor de óleo essencial foi em média de 0,7% e o rendimento máximo de 3,8 L ha-1 sob a dose de 20 t ha-1 de cama-de-frango; o principal constituinte foi o eugenol, com teor médio de 71,65%.
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto de Químicas



página 1 de 31 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde