Base de dados : ADOLEC
Pesquisa : 178534 [Identificador único]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 ADOLEC  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Andreollo, Nelson Adami
Lopes, Luiz Roberto
Yamanaka, Ademar
Id: 178534
Autor: Collaguazu, Pablo M. Cacuango; Andreollo, Nelson Adami; Lopes, Luiz Roberto; Santos, José Olympio Meirelles dos; Yamanaka, Ademar; Magalhäes, Antonio Frederico; Brandalise, Nelson Ary; Almeida, Jazon Romilson De S.
Título: A importância da endoscopia terapêutica na hemorragia aguda por úlcera péptica: estudo retrospectivo em hospital universitário / The importance of therapeutic endoscopy in the hemostasis of bleeding peptic ulcers: retrospective study in the university hospital
Fonte: GED gastroenterol. endosc. dig;12(2):41-6, abr.-jun. 1993. tab.
Idioma: Pt.
Resumo: Com o objetivo de avaliar o valor e a eficácia da endoscopia terapêutica na fase aguda de sangramento, foram analisados no Gastrocentro do Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) 158 pacientes com hemorragia digestiva alta (HDA) por úlcera péptica (UP) no período de 1.8.90 a 15.6.92. Todos foram submetidos a endoscopia até 24 horas após admissao no pronto-socorro, sendo utilizada a classificaçao de Forrest para determinar o tipo e o local de sangramento. Quanto à distribuiçao por sexo, 69,62 por cento pertenciam ao sexo masculino e 30,38 por cento ao feminino; as faixas etárias predominantes foram as 3( à 6( décadas (73,42 por cento). A hematêmese esteve presente em 82,91 por cento dos casos e 93 pacientes sangraram por úlcera duodenal, sendo que 52,68 por cento destes apresentaram úlcera na face anterior do bulbo. Os demais 65 pacientes tiveram HDA por úlcera gástrica, sendo 86,4 por cento localizadas na pequena curvatura antral. Soluçoes vasoconstritoras e esclerosantes (adrenalina, álcool, oleato de etanolamina) foram usadas ern 27 pacientes (l7 por cento), 13 e 14 pacientes, respectivamente com úlcera duodenal e gástrica, obtendo a interrupçao do sangramento na fase aguda em todos os casos. A terapêutica endoscópica foi desnecessária em 131 pacientes (83 por cento). Os autores concluíram que a endoscopia terapêutica utilizando soluçoes vasoconstritoras e esclerosantes é útil para obter a parada da hemorragia digestiva, em especial nos casos de Forrest IA, IB e IIA, além de ser eficaz, de baixo custo econômico, tecnicamente fácil e segura, dando condiçoes ao clínico de estabilizaçao hemodinâmica e de programar uma terapêutica mais adequada ao paciente. (AU)
Descritores: Úlcera Péptica Hemorrágica/terapia
Úlcera Gástrica/complicações
Úlcera Duodenal/complicações
Hemostase Endoscópica
-Resultado do Tratamento
Estudos Retrospectivos
Hospitais Universitários
Idoso de 80 Anos ou mais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde