Base de dados : ADOLEC
Pesquisa : 310377 [Identificador único]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 ADOLEC  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: 310377
Autor: Guerra, Celso C. C; Guerra, Joäo C. C; Takihi, Irina Y; Lazaro, Robson J; Kuabara, Regina A; Cavagnoli, Kazube S.
Título: Anemia ferropriva na mulher em idade fértil / The iron deficiency anemia among women ina reproductive age
Fonte: Rev. bras. hematol. hemoter;21(2):47-53, maio-jun. 1999. tab.
Idioma: Pt.
Resumo: Este trabalho é o resultado de um estudo realizado no Centro de Hematologia de Säo Paulo, no período de dezembro de 1995 à julho de 1996 em 32 pacientes, mulheres em idade fértil e portadoras de Anemia Ferropriva. Foram levantados dados quanto à idade, procedência, tempo de presença da anemia, resposta terapêutica, sintomalogia, alimentaçäo, duraçäo e tipo de menstruaçäo, papel do mioma, impacto da menstruaçäo sobre a atividade laborativa, resultado do tratamento e análise dos exames laboratoriais. Os nossos resultados revelam: mulheres com idade média de 40 anos por ocasiäo da primeira consulta no Centro de Hematologia de Säo Paulo, procedentes na maioria do Estado de Säo Paulo, näo havendo diferença na taxa de hemoglobina em relaçäo ao tempo anterior à consulta no Centro de Hematologia de Säo Paulo com anemia. Além do cansaço, fraqueza, sonolência e queda de cabelos presentes em mais de 80 por cento dos casos, chama à atençäo a pica em 40 por cento, das pacientes principalmente com o hábito de comer arroz cru e mastigar gelo. A alimentaçäo era adequada e a menstruaçäo aumentada, tanto em dias de duraçäo como pela presença de coágulos. O mioma estava presente em quase metade dos casos e o ginecologista sugere com freqüência a histerectomia. Em nenhum destes casos foi feito tratamento cirúrgico. A terapêutica com sais de ferro apresentou bons resultados com melhora da sintomatologia. Os exames apresentaram anemia hipocrômica microcítica, e o estudo do metabolismo do ferro, a carência deste elemento. O mais importante foi a resposta terapêutica à medicaçäo com aumento da hemoglobina em 2,0g/dl em 4,9 meses e cifras ao redor de 12,5g/dl em seis meses. Em sete casos, devido às reaçöes adversas ao ferro oral foi administrado ferro endovenoso, com bons resultados. O trabalho permitir concluir que a Anemia Ferropriva grave das mulheres, por menstruaçäo abundante, pode ser controlada clinicamente e seu tratamento deve ser contínuo, e prolongado até a menopausa.(AU)
Descritores: Anemia Ferropriva/patologia
Limites: Humanos
Feminino
Adolescente
Adulto
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR408.3 - Biblioteca



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde