Base de dados : LILACS
Pesquisa : 1617 [Identificador único]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-1617
Autor: Simöes, Luiz Carlos; Sarachaga, I. H; Quero, M; Casanova, M; Cazzaniga, Mario; Villibre, D.
Título: Prostaglandina E1 em recém-nascidos com cardiopatias "ductus-dependente": revisäo de 40 casos / Prostaglandin E1 in newborn infants with ductus dependent heart diseases: review of 40 cases
Fonte: Arq. bras. cardiol;45(1):31-6, jul. 1985. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A prostaglandina E1 (PGE1) foi utilizada em 40 neonatos com cardiopatias congênitas, 34 cianóticos e 6 acionóticos. Em todos utilizou-se a via venosa (periférica ou central), numa dose inicial de 0,1 micro g/Kg/min nas 3 primeiras horas, à qual se seguiu uma de 0,03 micro g/Kg/min. A grande maioria destes neonatos mostrou uma evidente melhora quase que imediatamente após a injeçäo de PGE1. No grupo de cianóticos, observamos uma variaçäo na pO2 de 23 + ou - 1,4 a 32 + ou - 1,7 (p < 0,001); no pH de 7,24 + ou - 0,04 a 7,35 + ou - 0,009 (p > 0,001) e na pCO2 de 50 + ou - 1,9 a 45 + ou - 1,8 (p > 0,01> antes e depois de uma hora do início da administraçäo de PGE1, respectivamente. O grupo de acianóticos näo demonstrou variaçäo estatisticamente significativa da pO2, pH e pCO2. Nestes as principais alteraçöes observadas foram maior volume urinário e palpaçäo dos pulsos femorais com maior intensidade que antes da PGE1. Foram observados efeitos colaterais em 14 neonatos (35%) e, em 2, foi necessário suspender o PG1 por näo desaparecerem os efeitos colaterais com a reduçäo da velocidade da injeçäo. A utilizaçäo de PGE1 permitiu que 32 de nossos neonatos chegasse à intervençäo cirúrgica em melhores condiçöes clínicas, o que, sem dúvida, influenciou positivamente seu prognóstico
Descritores: Cardiopatias Congênitas/dietoterapia
Prostaglandinas E/uso terapêutico
Vasodilatadores/uso terapêutico
-Gasometria
Canal Arterial/efeitos dos fármacos
Consumo de Oxigênio
Prostaglandinas E/efeitos adversos
Prostaglandinas/metabolismo
Vasodilatadores/efeitos adversos
Limites: Recém-Nascido
Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde