Base de dados : LILACS
Pesquisa : 272297 [Identificador único]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Andreatini, Roberto
Id: lil-272297
Autor: Andreatini, Roberto.
Título: O teste de cor-palavra de stroop filmado como modelo de ansiedade induzida experimentalmente / The Stroop color-word test recorded as a model of experimentally-induced anxiety.
Fonte: São Paulo; s.n; 1999. 122 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Säo Paulo. Escola Paulista de Medicina para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A corroboraçao de um provável efeito ansiolítíco de uma droga psicotrópica é obtida através de estudos controlados (randomizado, duplo-cego, comparativo com placebo) com pacientes com transtorno de ansiedade. Entretanto, o emprego de procedimentos em laboratório que eliciem aumento da ansiedade em voluntários normais é uma estratégia útil tanto para avaliaçao inicial de uma nova droga como para o estudo dos mecanismos psicobiológicos da ansiedade e dos transtornos de ansiedade. Estes modelos de ansiedade induzida experimentalmente apresentam como vantagens: rapidez de execuçao, facilidade de recrutamento de voluntários, maior controle e "pureza" da ansiedade, assim como dos possíveis efeitos colaterais. O teste de cor-palavra de Stroop tem sido empregado com esta finalidade. Entretanto, tem-se observado algumas dificuldades com sua utilizaçao, entre elas uma inconsistência na resposta ansiogênica ao teste. Determinou-se que a execuçao do teste com limitaçao do tempo e sinalizaçao de erros foi eficaz em eliciar aumento de ansiedade estado somente em voluntários com grau alto de ansiedade traço. Contudo, esta populaçao, composta dos chamados 'voluntários sintomáticos" (que corresponde a pequena parcela dos voluntários), já apresentam valores elevados de ansiedade estado e a simples administraçao de drogas ansiolíticas acarreta reduçoes significativas nesses valores. Por outro lado, a simulaçao de falar em público tem sido bastante empregada como método de induçao de ansiedade. Entretanto, além de alguns resultados negativos com drogas ansioiíticas, nao existe uma boa padronizaçao (p.ex. do tópico a ser selecionado). Portanto, o objetivo do presente estudo foi o de avaliar a influência da simulaçao da execuçao pública do SCWT (SCWT filmado) nos valores de ansiedade estado de voluntários com grau médio de ansiedade traço. Também foram avaliados os possíveis fatores ansiogênicos do teste, bem como a resposta fisiológica (pulso, pressao arterial sistólica e diastólica e cortisol salivar) ao SCWT. Finalmente, desde que um procedimento válido deve ser capaz de detectar o efeito ansiolítico de uma droga clinicamente eficaz, avaliou-se o efeito da administraçao de diazepam (em comparaçao com placebo) na resposta de ansiedade estado ao SCWT filmado. No Experimento I observou-se que o SCWT nao filmado nao foi capaz de provocar aumento nos valores de ansiedade estado de voluntários com grau médio de ansiedade traço, enquanto que o ..(au)
Descritores: Ansiolíticos
Ansiedade
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central
BR1.2; 4018



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde